Blogs e Colunistas

28/04/2012

às 6:29

O TRIUNFO DA VERDADE: e os ratos pariram… mais ratos! Inquérito sobre Demóstenes vaza na íntegra e evidencia o que os decentes já sabiam: jornalista da VEJA estava apenas fazendo seu trabalho. Ou: como senador tentou abafar repercussão de reportagem da revista sobre a Delta a pedido de Cachoeira

Leiam com muita atenção!

O ministro Ricardo Lewandowski autorizou o envio à CPI da íntegra do inquérito que investiga as relações do senador Demóstenes Torres (sem partido-GO) com Carlinhos Cachoeira. A investigação corre em sigilo de justiça. A imprensa publicar informações que estão nessa condição NÃO É NEM DEVE SER crime. Mas vazá-las é, sim, ato criminoso! E, no entanto, se as informações chegam aos jornalistas, a sua obrigação é divulgá-las. Nesse caso —  curioso, não? —, ninguém indagou: “Qual é a fonte?” Gente que respeita a lei é que não é, certo? Mas a informação veio para o bem. Os ratos, mais uma vez, pariram, como lhes é natural, ratos. Atenção! NÃO HÁ, PORQUE NÃO HOUVE, E VOCÊS PODEM VER POR CONTA PRÓPRIA, UMA SÓ INFORMAÇÃO, UMA SÓ CONVERSA, UM SÓ DIÁLOGO que revelem o jornalista da VEJA a fazer qualquer outra coisa que não buscar informações que eram do interesse público. Não há uma só sugestão que deixe o profissional da revista em situação incômoda, vexatória ou algo assim. Muito pelo contrário.

AQUILO QUE OS VAGABUNDOS PROMETERAM — O FIM DOS TEMPOS, O SUPOSTO CONLUIO ENTRE A REVISTA E ALGUNS CRIMINOSOS — ERA, EVIDENTEMENTE, FALSO! Ao contrário: nas vezes em que a reportagem de VEJA falou com Carlinhos Cachoeira ou alguém de seu esquema, estava interessada em obter informações que protegiam os cofres públicos da ação de larápios. É uma fantasia idiota a história de que ele era a única fonte. Quando chegou a vez de o próprio Cachoeira virar reportagem, a revista não hesitou. Foi a primeira a publicar matéria sobre os vínculos do senador Demóstenes Torres com o bicheiro. E isso é apenas fato, que petralha nenhum consegue eliminar da história.

Um repórter honesto pode falar com uma fonte suspeita 10, 20, 200 vezes (esse número, aliás, é uma fantasia!). E NÃO se corrompe nas 10, nas 20, nas 200 vezes. Se Lula falou alguma vez com Carlinhos Cachoeira, isso eu não sei. O que é fato? Na CPI dos Bingos, Rogério Buratti, amigo de Antônio Palocci, denunciou que o PT recebeu R$ 1 milhão do contraventor pelo caixa dois — os tais recursos não-contabilizados. A fonte é um petista!

O caso Delta, Demóstenes e VEJA
Os ratos se deram mal. O inquérito evidencia justamente o contrário do que eles vinham alardeando. E de modo muito impressionante! Prestem atenção! A revista que começou a chegar aos leitores no dia 7 de maio de 2011 trouxe a primeira grande reportagem sobre o fantástico crescimento da Delta (aqui e aqui). Aliás, é a revista em que dois empresários denunciam a “promiscuidade total” entre Sérgio Cabral e Fernando Cavendish — as fotos de Paris são muito eloquentes a respeito, não?  Pois bem… Basta ler o inquérito para notar que Carlinhos Cachoeira e seus rapazes se mobilizaram para “abafar” a repercussão da reportagem. E quem se encarregou da operação abafa, embora, publicamente, parecesse fazer o contrário, foi justamente Demóstenes Torres. Leiam este trecho do diálogo (em vermelho).

RESUMO
Conversam sobre a reportagem da VEJA relacionada à DELTA. CARLINHOS orienta DEMÓSTENES a evitar tocar no assunto.

CARLINHOS: oi, doutor.
DEMÓSTENES: fala professor. E aí tudo bem?
CARLINHOS: bom demais, a sogra não resistiu.
DEMOSTENES: é (… )
CARLINHOS: viu a matéria da DELTA aí?
DEMÓSTENES: isso, estou te ligando por isso, avisar o pessoal que está todo mundo em cima, ALVARO DIAS, não sei que, pan, pan…. E o que vai acontecer lá não tem jeito de aprovar nada, certo?, nós vamos fazer um requerimento, mas requerimento é convite, o cara pode recusar, agora o grande negócio é que chama a atenção do ministério público prá cima deles.
(…)
CARLINHOS: é mas eu não gosto da (…) A coisa é o seguinte: eu convivo com eles direto, não tem essa ligação com o ZE DIRCEU, ele comprou a empresa daqueles dois bandidos lá. E os caras dizendo que ele não pagou, e fez isso aí.
DEMÓSTENES: eles vão fazer barulho, vai sair um requerimento prá convidar, talvez o FERNANDO se antecipasse soltando a nota, dizendo que isso é mentira, que é um problema empresarial, que nunca teve isso e tal, tal. E pula fora, melhor alternativa. Agora o grande assunto no congresso vai ser isso, tentando chamar, tentando fazer isso e tal, já avisei a imprensa que não tem jeito de convocar, só tem jeito de convidar, porque não é autoridade, numa dessa aparece esses dois bandidos querendo palco e faz o regaço.
CARLINHOS: mas parece que eles não vão…

Voltei
O que o diálogo acima evidencia é justamente Carlinhos Cachoeira infeliz com uma reportagem da VEJA que punha em maus lençóis os seus amigos da Delta. E a razão é simples: QUEM EDITA A VEJA NÃO SÃO AS SUAS FONTES, SEJAM ELAS PESSOAS DE ÍNDOLE DUVIDOSA OU AS CARMELITAS DESCALÇAS. Das fontes, VEJA quer informações. Ponto.

O que me impressiona nessas conversas, confesso, mesmo depois de tudo o que sabemos, é a atuação de Demóstenes. O diálogo acima é do dia 8 de maio de 2011. No dia seguinte, a imprensa noticiava, como se vê abaixo, num trecho do jornal O Globo, que o senador iria pedir investigação. Leiam (em azul):

Os líderes da oposição no Senado querem ouvir os empresários Fernando Cavendish, presidente da Delta Construções, e os ex-donos da Sigma Engenharia,José Augusto Quintella Freire e Romênio Marcelino Machado, para que ele falem sobre o suposto tráfico de influência do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu. Em reportagem da revista Veja desta semana, Freire e Machado afirmam que Dirceu foi contratado por Cavendish, para que o ex-ministro o aproximasse de pessoas influentes no governo do PT.
A reportagem afirma ainda que Cavendish teria dito que, com “alguns milhões seria possível comprar um senador” para conseguir um bom contrato com o governo.
O líder do DEM no Senado, Demóstenes Torres (GO), vai procurar o PSDB e o PPS para, numa ação conjunta da oposição, apresentarem requerimento de convite aos empresários. Para Demóstenes, caberia requerimento à Comissão de Constituição e Justiça ou à de Fiscalização e Controle.”Vamos conversar com os senadores da oposição, para tentar um requerimento conjunto. O problema é que não temos número suficiente para aprovar na comissão, caso o governo queira impedir. Se nada vingar, vamos pedir que o Ministério Público averigue as denúncias”, disse Demóstenes.

Não é impressionante? Eu mesmo reproduzi trecho da matéria do Globo no clipping do blog. Ocorre que o senador estava dando um jeito, como revelam as conversas, justamente de impedir qualquer investigação. No dia 9, em nova conversa com Cachoeira, ele mostra satisfação porque a matéria da VEJA “não deu em nada” e faz alusão justamente à reportagem do Globo, que reproduzo acima:

RESUMO
CARLINHOS diz que DEMOSTENES vai trabalhar nos bastidores do SENADO para abafar a reportagem da VEJA relacionada à DELTA.

DEMÓSTENES: ah num deu em nada não cê viu né? Eu arrumei um… uma maneira de fragilizar o discurso. Eu… Única coisa que saiu foi no GLOBO dizendo que eu ia procurar o PPS e o PSDB, pra fazer um convide pros empresários, mas eles rumaram no DIRCEU. Todo mundo, e o resto num saiu porra nenhuma, e hoje eu num vou lá, é capaz que esse trem daqui pra quarta morre, falou?
CARLINHOS: é, ta bom. Eles viram a reportagem do GLOBO e me ligaram já.
DEMÓSTENES: É, num saiu nada, fala pra eles que num saiu nada que o trem era. Eles queriam um barulhão, falou?
CARLINHOS: tá bom. Obrigado aí.
DEMÓSTENES: um abraço, tchau.

E então? O senador parece orgulhoso de ter levado a imprensa no bico, de ter enganado todo mundo. Como se vê, a relação de Carlinhos Cachoeira com a cúpula da Delta é de absoluta proximidade. Ele foi procurado pelo comando da empresa — conversaram até sobre a matéria do Globo. E um dado relevante: notem que o contraventor estava garantindo que os dois empresários que denunciaram Cavendish e que acusaram a proximidade da empresa com Zé Dirceu, se convidados, não iriam ao Senado. Isso é preocupante. Dois dias depois de a matéria da VEJA ter sido publicada, a conversa sugere que ambos já tinham sido “contatados”…

Eu me orgulho de dizer que acreditei em Demóstenes ao ler no Globo, naquele dia, que ele queria investigar o esquema da Delta. Orgulho-me porque todos os valores que ele enunciava e anunciava no Senado estavam e estão corretos. Eu e milhões de pessoas achamos isso. Parece que ele não levava aquelas convicções a sério, o que não depõem contra elas, mas contra ele. Como resta evidente das duas conversas, também o seu empenho em investigar não era verdadeiro. Ao contrário: ele estava atuando a pedido de Cachoeira para impedir que a apuração prosperasse. Fui o único enganado??? Acho que não… Chego a duvidar de que ele tenha noção do mal que fez e que está fazendo não exatametne à oposição, mas aos valores da democracia liberal que ele dizia encarnar.

Agora, a imprensa
Mais uma vez, fica evidente que a tentativa de linchamento de jornalistas da VEJA é obra de obscurantistas, que odeiam, na verdade, a liberdade de imprensa. Algumas estrelas do jornalismo investigativo, que têm até uma associação, deveriam vir a público para dizer se fontes que revelaram algumas das maiores falcatruas destepaiz, como diria aquele, estavam no convento das Carmelitas Descalças. Aliás, uma personagem emblemática estará na CPI do Cachoeira: o senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL). Eram anjos aqueles todos que forneceram aos petistas, que os vazaram para a imprensa, documentos contra o governo? São decentes alguns “companheiros” infiltrados em bancos públicos, que quebram o sigilo de desafetos do partido? Jornalistas que passaram anos sustentado a veracidade do Dossiê Cayman estavam dialogando com professores de Educação Moral Cívica? VEJA só publica reportagens depois de apurar os fatos.

Eurípedes Alcântara já escreveu um detalhado texto a respeito dos procedimentos da revista. A qualidade moral da fonte não faz a qualidade da informação. Como eu já havia escrito anteriormente neste blog, falar com o papa não nos faz santos; falar com bandidos não nos torna criminosos.  Em qualquer dos casos, há de haver apuração. As de VEJA são rigorosas — ou Dilma, supõe-se, não teria demitido seis ministros e uma penca de funcionários do Dnit. Mas é compreensível, claro!, que Lula, cuja campanha recebeu R$ 1 milhão de Cachoeira pelo caixa dois, segundo revela um companheiro seu, esteja empenhado agora em tirar a Delta da CPI para investigar a imprensa… Investigar por quê? O inquérito já é público. Qual é acusação? Qual é a suspeita? O que há além da tentativa de intimidação?

“Ah, segundo a Polícia Federal, foi o pessoal do Cachoeira que forneceu a fita do circuito interno do hotel em que Zé Dirceu aparece se reunindo com autoridades da República…” E daí? Se foi ou não, a Constituição protege o sigilo da fonte. Que jornalista nestepaiz, de posse daquela fita, não a tornaria pública? Se um ex-deputado, cassado por corrupção, chamado pelo Procurador Geral da República de “chefe de quadrilha” e hoje notório lobista — o nome politicamente correto é “consultor” — despacha com figurões do governo e do Congresso, em reuniões clandestinas, a informação deveria ser amoitada, ainda que tivesse mesmo sido fornecida por alguém de índole suspeita? Ora…

O profissional de VEJA não precisa que um inquérito da Polícia Federal ateste que faz o seu trabalho dentro das regras do jogo e de acordo com a ética da profissão. Durante alguns dias, no entanto, a vagabundagem a soldo especulou à vontade. Eis aí!

O que sai de relevante do inquérito no que diz respeito à VEJA é o esforço de Carlinhos Cachoeira para abafar reportagem da revista sobre a Delta. Sempre a Delta — a construtora que os petistas não querem investigar. Petistas, sempre os petistas — aqueles que, confessadamente, receberam R$ 1 milhão pelo caixa dois de Carlinhos Cachoeira.

E o joio, Reinaldo? E o trigo? Ah, terei de fazer mais um post. Este já foi longe demais.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

141 Comentários

  • irenildo A. silva

    -

    12/6/2012 às 11:41 pm

    FERNANDO COLLO DE MELO ao lado de LULA e um APRENDIZ.EU tenho ha esperança que antes da minha morte, ver um artigo falando e revelando quem e o verdadeiro LULA.

  • Merval Júnior

    -

    11/6/2012 às 11:11 am

    Reinaldo Azevedo e sua equipe Deus abençõe a família e a vida de vocês parabéns pelo trabalho.

  • Danúzio Alves

    -

    5/5/2012 às 3:30 am

    Sr. Reinaldo, não o conheço, como também não conheço Lula, Dilma, José Dirceu, Collor, e tantos outros que de quando em vez estão, de uma forma ou outra, a acusar ou a se defender publicamente. Mas, uma coisa eu aprendi nos meus já não poucos anos de vida nesta terra Brasil, onde nasci, Editora Abril, Veja, Isto É, Globo, O Globo, PT, PSDB, Carta Capital, até os gibis da Turma da Mônica, se duvidar, estão envolvidos em projetos de poder político oníricos que, subrepticiamente, alijam grande parte da nossa sociedade brasileira. Estas empresas e partidos não passam disso: empresas e partidos, cujos objetivos são singelos, lucro e poder. Cada grande empresa, principalmente as midiáticas, como (de)formadoras de opinião que são, ombreiam-se ao projeto político que melhor lhe convier. Se Abril e Veja não estão juntas ao PT, paciência, devem ter lá suas razões. Mas, somente ingênuos creem que estas são de cunho cidadão ou ético. No fundo, são simplesmente negócios. Quanto à sua explanação eivada de exclamações ao defender o jornalista e, por tabela, Veja, somente mostra o quanto valoriza seu posto, vestindo a camisa da empresa que, com certeza, lhe paga muito bem para desempenhar seu papel nesta ópera bufa.
    Infelizmente, nosso povo, mesmo a parcela mais letrada, a ver pelos miseráveis comentários do blog, não está preparada para refletir, criticamente, sobre essas chicanas proporcionadas pelo tripé políticos, empresários e mídia. Para mim, vocês são todos “farinha do mesmo saco” ou, copiando-lhe, roedores da mesma prole.

  • PARTIDO - PÊQUEPÊ

    -

    1/5/2012 às 7:50 pm

    .
    CARISSIMO REINALDO,
    .
    SABEMOS COMO O MAL (MAU) AGE, NAO ? ELE SE FINGE DE BOM, ORAS BOLAS
    .
    O MAU É “BOM” NO QUE FAZ. NAO HA PECADO EM SER ENGANADO. HA PECADO EM ENGANAR E EM ENGANAR A SI MESMO E NAO É O CASO
    .
    VOCE SEMPRE FAZ O QUE ACHA CORRETO. O TAL DO DEMOSTENES É PROBLEMA DE DEMOSTENES. SABEMS QUE VOCE SEMPRE DEFENDE OS VALORES. OS PRINCIPIOS
    .
    ABRAÇOS
    .

  • conceiçâo

    -

    29/4/2012 às 11:02 pm

    OBS.:SE O BRASIL CONTINUAR ASSIM SERÀ UM PAÌS SEM LEIS E DA IMORALIDADE!!! TEMOS QUE PASSARMOS O BRASIL À LIMPO!!! E HORA È AGORA! BOA NOITE REINALDO DEUS TE ILUMINE!!!

  • conceiçâo

    -

    29/4/2012 às 9:04 pm

    Demóstenes você traiu o povo brasileiro e á oposição!! OS PTRALHAS estão rolando de alegria! SABE o que OS ptralhas querem darem o nome desta cpmi? Cpmi do Demóstenes!! ESTÀ VENDO COMO ELES ESTÀO QUERENDO usar você, para esquecer a delta e o mensalão?? SE foi capaz, para nos enganar com tantas sabedorias! Covivendo com estas gentes pudores, que estão levando o BRASIl para IMORALIDADE total! Você JÀ sujou o seu mais valioso de um ser humano! á honra! JÀ QUE ESTES DITADORES ESTão te tratando assim; faça um grande favor para o povo brasileiro? CONTA TUDO O QUE VOCê sabe! DE VERDADE! POIS O povo BRASILEIROS HÀ mais de dez anos estão sendo enganados por estes ditadores comunistas!!!! SE continuarem assim, o BRASIL, CAIRÀ EM UM PAÌS SEM DA DESONESTIDADE!!!

  • José Antônio

    -

    29/4/2012 às 7:20 pm

    Fico tranquilo e confiante em saber que a imprensa Brasileira continua incomodando e recebendo pedradas dos políticos.

  • lorem

    -

    29/4/2012 às 3:33 pm

    esse imperio está ficando cada vez maior e o pior, com a nossa ajuda; POVO BRASILEIRO!

  • Leda

    -

    29/4/2012 às 12:53 pm

    Demóstenes parece o Rei Midas, com pequenas adaptações. Ele, com suas mãos poderosas não transforma nada em ouro e sim, em grande corrupção. Traidor!!!!!!!

  • locol

    -

    29/4/2012 às 12:44 pm

    o senador cara de madeira trabalhou para o crime entao deve devolver o salario e todas as verbas que recbeu afinal que paga ele é o mafioso

  • Giggio

    -

    29/4/2012 às 12:04 pm

    Gostaria de saber a quem pertence a Delta.

  • Pietro Guerriero

    -

    29/4/2012 às 11:51 am

    Reinaldo e colegas, ainda sobre o aspecto da qualidade da fonte, um episodio recente me veio ‘a memoria. Uma das operacoes da PF (Castelo de areia ?) resultou em diversos indiciamentos e gente grauda prestes a responder a inquerito policial. De repente, o STJ jogou tudo fora. Provas, relatorios, evidencias, tudo foi para a lata do lixo. Motivo: a tal operacao teria partido de uma denuncia anonima. A qualidade das provas, a robustez dos inqueritos, a clareza da participacao dos implicados tudo isso perdeu sentido diante do fato da denuncia ter sido anonima. Imagine se a VEJA aplicasse o mesmo criterio. Estariamos lendo receita de bolo.

  • SILVIO VIEIRA

    -

    29/4/2012 às 11:50 am

    O GRANDES INIMIGOS DE UM ESTADO DITATORIAL, EM QUALQUER LUGAR DO MUNDO É A IMPRENSA LIVRE E UMA OPOSIÇÃO ATUANTE. COM O ADVENTO DA SUBIDA DO PT AO PODER, O BRASIL ESTA ORFAO DE UMA OPOSIÇÃO INIDONEA O BASTANTE PARA LHE FAZER FRENTE. ASSIM O PT AVANÇA EM SEU OBJETIVO DE TORNAR O BRASIL UMA DITADURA “SOCIALISTA”, CONTRA A IMPRENSA. GRAÇAS A DEUS A ESTRUTURA DE NOSSAS INSTITUIÇÕES NÃO TEM PERMITIDO ISTO, BEM COMO, ME PARECE, A CUPULA DA MÁFIA PETISTA NÃO TEM ENCONTRADO APOIO EM DILMA COMO ACHOU COM LULA, MOTIVO PELO QUAL ELA A ATUAL PRESIDENTE ALCANÇA INDICE DE APROVAÇÃO MAIOR QUE LULA E FERNANDO HENRIQUE JUNTOS. É UMA OBRIGAÇÃO DE NOSSA SOCIEDADE “AINDA LIVRE”, LUTAR PARA PRESERVAR A LIBERDADE DE IMPRENSA DE FORMA IRRESTRIDA, POSTO SER ELA A ULTIMA BALIZA ENTRE NOSSA ESTREITA DEMOGRACIA E A DITADURA QUE O PT INTENTA IMPLANTAR EM NOSSO PAÍS.

  • *anônimo

    -

    29/4/2012 às 11:39 am

    Ninguém sabe o tamanho da quadrilha do Cachoeira que já é uma Foz do Iguaçu, lembra um dito petralha: “quanto mais se mexe , mais fede. A malta assinou o pedido de CPMI crente que só os oposicionistas seriam extirpados da política por 8 anos.
    O alto comando dos ratos não imaginavam que a PF que sempre foi leniente com os ratos petralhas tivessem feito descobertas que atingissem PT et caterva, com governador e prefeito do Rio de Janeiro, o Agnelo Queiroz, governador distrital e muitos aliados podem estar no balaio de RATOS.
    Dilma não atingiu os inimigos principais e a desratização prometida pela CPMI aumentou a popularidade da presidente.
    -
    * * * * * * * *

  • Virginia Oliveira

    -

    29/4/2012 às 11:34 am

    Isso tudo explica o discurso dos integrantes da CPI em recomendar cautela com o andamento da mesma, eu fico assistindo eles descaradamente dizer que tem que ter cuidado com o rumo das investigações, que não deve não teme, não é mesmo? De antemão já estão confessando que os trabalhos serão boicotados se começar a aparecer a podridão, que com certeza, estão atolados muitos integrantes do governo atual e passado. Na verdade eu nunca acreditei em CPI, é muito barulho por nada.

  • Anônimo

    -

    29/4/2012 às 9:49 am

    Demóstenes, o maior elo da bandidagem entre Cachoeira e os demais políticos e empresas privadas inclusive a Delta.

  • Abigail

    -

    29/4/2012 às 9:37 am

    Demóstenes, diante das gravações da PF, já demonstrou ser um dos políticos mais sujo da atualidade. Um enganador, que pregava a moralidade e fazia as sujeiras na calada.

  • Zélia

    -

    29/4/2012 às 9:31 am

    A intimidade do Cabral com Fernando Cavendish, dono da Delta Contrutora, dá até para pensar que ele dançaram em Paris, o KUDURO, entre outras asquerosidades prováveis. Imaginem as obras, como foram tratadas.

  • Alex

    -

    29/4/2012 às 3:14 am

    Este Demóstenes é safado de primeira devia de ser um companheiro de arma desfasado de oposição ,mas caiu do cavalo pelo próprio de PT que vai levar o Dirceu junto.

  • Valdo

    -

    29/4/2012 às 1:45 am

    Nao tenho mais palavras para expressar a minha indignacao em relacao a estes politicos safados que se encontram em brasilia e espalhados pelo Brasil.
    Desde os tempos de menino escuto falar em corrupcao no governo,ja estou com 52 anos e nada mudou,os ladroes continuam roubando de geracao a geracao,isto e uma lastima,um cancer incuravel,que triste!!!

    Esta na hora do povo deixar de lado a covardia e sair as ruas,cobrando uma posicao da presidente Dilma,afinal de contas,foi o povo na sua maioria que a colocou no cargo.

    Esses crapulas da politica,escaparam e continuam a escapar da justica dos homens,mas certamente nao escaparao da justica de DEUS!!!

  • dpiresmont

    -

    29/4/2012 às 1:27 am

    Sinceramente, Demóstenes é um Lula letrado. Agiu da mesma forma que Lula e seu PT durante décadas, arrotando moralidade, ética, valores, apontando e pedindo investigações e na verdade, tinham outra face, uma identidade secreta.

  • GEORGE HALLS

    -

    29/4/2012 às 12:33 am

    É Sr Reinaldo, lembro-me de quando em seu blog foi discutido a falta de empenho da oposição no congresso.
    E agora digo, ainda bem que temos a Veja, o Sr o seu blog e outros sites serios que nos mantem bem informados caso contrario estariamos já num regime PeTralhista-lulista-Dirceuzista e sei la mais o que.
    Ainda bem que temos neste blog pessoas, visitantes deste blog, que se preocupam realmente com os rumos de nosso país, pessoas que como eu cada dia se preocupa e se decepciona com nossos politicos aos quais entregamos a chave do cofre para que eles(os politicos) se enriqueçam ilicitamente, com o dinheiro que sai de nosso suor.
    Ai me lembro do tempo que diziam “Brasil, o último que sair apague a luz”

  • Nerah

    -

    28/4/2012 às 11:53 pm

    Eu sinto nojo do Senador Demóstenes, aliás Senador não, ele nao merece este titulo. Até quando o Brasil estará sujeito a ações destes “políticos bandidos”?
    Do Canadá, país em que moro, acompanho todos os acontecimentos do Brasil e sinto repulsa por essa gente, o país e os brasileiros não merecem a safadeza dessa gente.

  • Luiz

    -

    28/4/2012 às 11:50 pm

    Cadê o comentário que eu postei pela manhã? Foi censurado?

    REINALDO RESPONDE
    Quem censura é o estado. Neste blog, que é meu, mando eu. Se eu não quero seu comentário, recuso. É simples. Quando você proíbe alguém de entrar em sua casa, não está cometendo ilegalidade,certo?
    A propósito: havia um comentário seu publicado às 17h51. Por distração! Ainda bem que você resolveu ter esse faniquito. Se entrar lá agora, encontrará a seguinte mensagem:

    REINALDO AVISA

    Reinadox pegou a cascuda

  • Paola

    -

    28/4/2012 às 11:29 pm

    Mestre Reinaldo, noto que Lula e o PT, antes de conquistarem a Presidência do Brasil, tinham a mesma aura de honestidade que tinha Demóstenes Torres. Acusavam os outros de corruptos, desonestos, depois da eleição provaram que eram capazes de cometer os piores crimes contra o País para enriquecer e se manter no poder. Demóstenes cometeu várias infrações mas se percebe claramente que estão superdimensionando as mesmas para encobrir a verdadeira quadrilha que tomou de assalto toda a riqueza que este País possui e está devolvendo migalhas ao Povo que é o verdadeiro dono do Brasil. ACORDA BRASIL! Abraço. Paola.

  • jose roma

    -

    28/4/2012 às 11:07 pm

    cadeia no chefe da gang chamado Lula e sedu aluno chamado Jósé Dirceu. Democracia já e ditadura da corrupção fora.

  • Paulo Baptista

    -

    28/4/2012 às 10:38 pm

    Parabéns a VEJA!A “concorrência”está morrendo de raiva porquê a melhor revista do brasil não tem envolvimento com esses marginais,o que seria um prato cheio para elas, principalmente CARTA CARADEPAU.

  • jose afonso

    -

    28/4/2012 às 10:35 pm

    Errata:
    Onde se lê “se relacionam”, leia-se “se relaciona”
    Onde se lê “preciona”, leia-se “pressiona”

  • jose afonso

    -

    28/4/2012 às 10:12 pm

    Prezado Reinaldo, no andar de cima, onde pairam os homens do poder republicano não há trigo, somente joio.
    Transcrevo o link desta entrevista do Estadão que responde muitas de nossas perguntas. Dá nojo:
    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,o-pt-deu-um-tiro-no-pe-ao-apostar-que-a-cpi-vai-ofuscar-o-mensalao,866589,0.htm
    De todo modo, venho trazer questionamentos sobre os fatos recentes, diga-se, típicos de uma verdadeira república de bananas.
    Primeiramente, vale ressaltar que defendo insistentemente que não há sigilo, intimidade a ser protegida pela Estado, quando um magistrado autoriza a interceptação de conversas telefônicas e abertura das contas bancárias e nesta conversas e contas somente há o planejamento do roubo e o fruto do mesmo. Em suma, crime não foi feito para ficar encoberto, ainda mais de quem foi roubado, ou seja, o povo.
    A partir desta premissa, pergunto qual a causa destas conversas vazarem próximo ao julgamento do mensalão? Não deviam vazar, deveriam ser públicas, não concorda?
    Assim, o vazamento “irregular” se relacionam com a reportagem do Estadão? Está algum Ministro do Supremo, que vai julgar o mensalão sobre pressão do escândalo Cachoeira?
    Este circo somente é possível devido ao fato de não nunca fecharmos os ciclos, ou seja, a corrupção impune. Basta voltar ao passado recente, e questionar por qual motivo a imprensa não preciona veementemente contra o enterro das operações da policia federal, todas enterradas solenemente pelo STJ por alegação de quebra ilegal de sigilo. Diga-se, quebra ilegal autorizada por seus pares, os Magistrados de Primeira Instância.
    Convenhamos que pelo andar da carruagem, sem trigo, somente joio, discutir corrupção no Congresso é circo, só que os palhaços somos nós, os contribuintes.
    Portanto, defendo que temos que centrar energias é nas Cortes Superiores para a mudança de paradigmas e punições exemplares. Que a Espiritualidade Maior ilumine a cabeça destes Ministros para que percebam a responsabilidade do bom exemplo em suas mãos. Assim, cadeia para todos.
    Parabéns para a imprensa pelo brilhante trabalho, mas não deviam perder a esperança e esquecerem o passado mal resolvido, pois a sucessão de escândalos não pode ser mais um fator a favor da impunidade. A caneta corrupta do agente público é uma arma que mata mais que a de fogo. Não é no Congresso que vamos parar isto, é na Justiça…

  • trabalhador comunizado pelo PT

    -

    28/4/2012 às 10:01 pm

    O ilustre Senador Álvaro Dias poderia convencer seus colegas e propor uma LEI estabelecendo que os recursos financeiros recuperados pela justiça e indicados pela CPI/CPMI da DELTA, como desviados dos cofres públicos, sejam repassados ao Congresso Nacional para controle da aplicação desses recursos em obras de verdadeiro interesse da população em SAÚDE PÚBLICA, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA PÚBLICA, por meio de emendas parlamentares e a efetiva comprovação do emprego dos recursos em demonstrativos publicados nos jornais. Porque o GOVERNO FEDERAL se tornou totalmente incompetente e desonesto permitindo o desvio desse dinheiro por quadrilhas chefiadas por criminosos e fichas-sujas, como o chefe da sofisticada quadrilha do mensalão e as suas consultorias junto a DELTA.

  • sidney

    -

    28/4/2012 às 9:55 pm

    Reinaldo
    Mil mil mil mil !!!!
    Vergonha Nacional !!!!
    Eeee um dos – POSTS – que devemos guardar com – CARINHO – ; obra prima que – desmonstra….. rsrs … infelizmente o descaso etc etc com que sao exercidos os cargos dessa republica de plantao !!!!
    Ate quando ???
    Mais CLARAS….. que estao as COISAS… – e principalmente – os FATOS… expostos ate os ossos todos esses dias ( sem contar o que ficou na fila neee ) … nao eeee possivel que NAO TENHAM PUNICAO ????
    O Brasil e o Mundo acompanham o desenrolar ( ou sera enrolar/tumultuar,escamotear,blindar,esconder etc etc ) de tudo isso e , claro a conduta dos ORGAOS RESPONSAVEIS !!!!
    Oxala , muita gente envolvida etc etc , beneficiada antes durante depois e principalmente agora !!! seja mesmo punida e responsabilizada por esses todos desmanados.
    Esta e sabemos , empossado um unico governo !!! vergonha saber-mos que interferencias – DESCARADAS – ABSURDAS – e ANTI CONSTITUCIONAIS escancaram nos diversos orgao de comunicacao ainda nao contaminados e subservientes !!!
    Siga em frente Reinaldao , estaremos proximos o suficiente para acompanha-lo , aplaudi-lo tentando balizar os rumos DEMOCRATICOS dessa linda Nacao que – INCAUTOS e VERDADEIROS APROVEITADORES ; querem desde a muito , se tornarem DONOS e tomarem conta !!!
    Baita abraco

  • ZE DO NORTE

    -

    28/4/2012 às 9:55 pm

    Graças a Deus, VEJA existe. Muitas vezes nos sentimos desiludidos ao ver que geralmente não dá em nada as denúncias feitas. Mas pelo menos nos resta o sentimento da (in)certeza que que isso um dia há de acabar. UM DIA OS RATOS HÃO DE SER PULVERIZADOS. A justiça divina não falha

  • Paulista Indignado

    -

    28/4/2012 às 9:35 pm

    Paulo-28/04/2012 às 17:52
    Paulo-28/04/2012 às 17:55
    Paulo-28/04/2012 às 18:00
    .
    Petralha disfarçado.
    Vá procurar sua turma!!!Fora,petralhas!

  • Newton Rabelo

    -

    28/4/2012 às 9:35 pm

    A VEJA tem o dever moral,para deleite e informação dos seus leitores ir a fundo neste mar lama e podridão. O sonho”maior” dos PeTralhas é amordaçar a imprensa livre deste País. Não se deixem intimidar.

  • Luiza

    -

    28/4/2012 às 8:14 pm

    Meu protesto contra toda essa roubalheira. Fico mais indignada ainda de ler que o Senador Demóstenes ao se referir ao Cachoeira, o trata por PROFESSOR. Professor de que é esse contraventor? Professores não merecem isso, chamem-no de contraventor, bandido, picareta, menos de professor, que é profissão digna,embora, péssimamente remunerada.Fica o protesto!

  • Aparecida Almino

    -

    28/4/2012 às 7:48 pm

    Veja a Veja, Anote e Comprove o fato escrito, VErdade JAmais desmentida, reportagem suficiente para afirmaçoes em letras que comandam de imediato a exoneraçoes de membros corruptos públicos sem brechas,assumidos e demitidos os seus adePTos.Nós leitores de suas colunas agradecemos suas colaboraçoes, cerébros artificiais do povo em bolsas e mais bolsas de enrolaçoes.

  • Enock Santos

    -

    28/4/2012 às 7:16 pm

    Cada vez me convenço que o verdadeiro canibal de Garanhuns é o próprio Lulla da Silva.

  • Araujo

    -

    28/4/2012 às 6:58 pm

    Se Demóstenes fosse do PT, certamente seria homenageado pelo partido por causa do seu desempenho como enganador, não como senador. Fosse ele um petista, ficaria muito rico depois desses escândalos e passaria para o rol de pilantras seniors do partido onde já estão: Lula, Dirceu, Pallocci, Genoíno, Rui Falcão, Erenice…

  • Flavio

    -

    28/4/2012 às 6:45 pm

    E o mensalão? Não vamos esquecer!

  • Filipe

    -

    28/4/2012 às 6:45 pm

    Reinaldo meu comentário foi censurado e alterado criminosamente dia 28/04/2012 as 12:41 horas (…)

    REINALDO RESPONDE
    Não, seu tonto! Seu comentário foi excluído, fulminado com Reinaldox.

  • Mário Bola

    -

    28/4/2012 às 6:31 pm

    O fato de ter jornalistas deste quilate é um dos fatores que torna Veja a semanal mais vendida.

  • Hellyétt F.

    -

    28/4/2012 às 6:13 pm

    E o Oscar vai para Demóstenes Torres… que desempenho, enganou a todos por muito tempo.Que vergonha de mim por ter admirado este senhor como exemplo de político honesto.Que decepção!

  • Paulo

    -

    28/4/2012 às 6:00 pm

    e agora acabou o dinheiro de arrumar os asfalto estamos fudido…sim bem q nunca arrumou so queria roubar tbm…mas se o Marcone sair dessa deve ter sobrado um pokimmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm……

  • BARATA CASCUDA

    -

    28/4/2012 às 5:55 pm

    Game over – 28/04/2012 às 10:56 – REINALDOX NELA!!!

  • Paulo

    -

    28/4/2012 às 5:52 pm

    e o Marconi ta no meio tbm….

  • Luiz

    -

    28/4/2012 às 5:51 pm


    REINALDO AVISA

    Reinadox pegou a cascuda

  • junes marta paris

    -

    28/4/2012 às 5:47 pm

    Pois é, amigo, a que ponto chegamos… Olha, se é verdade que a imprensa é o quarto poder, posso afirmar que ela é ainda, o único poder em que podemos confiar. Outro dia, postaram no meu face uma revista Veja vazia, sem nada escrito, num tom de deboche…. eu não sei quem foi, mas respondi alguma coisa parecida com o que disse acima.

  • jesus

    -

    28/4/2012 às 5:35 pm

    Olá Reinaldo tudo bem! Eu acho que se o “PJ”for chamado pra depor na CPMI vai ser uma grande injustiça, afinal mesmo nas conversas dele com o carlinhos não falam em dinheiro,mas em reportagens que irá colocar “fogo na república” e isto não tem problema nenhum quem sabe queima estes “PETRALHAS”
    Abraços!!

  • Raissa Pedra

    -

    28/4/2012 às 5:32 pm

    Reinaldo,boa tarde.
    MAIS UM TEXTO PARA A POSTERIDADE,
    elucidativo,claro,preciso,mostrando inclusive a fibra de um jornalista respeitável e responsável.
    Tenho por habito colher as informações e decidir por mim o que acho bom ou não.
    Ainda jovem era profunda admiradora de um jornalista competente,corajoso e chegava a compara-lo a um “Dom Quichote”,no bom sentido.Permito-me não declinar o seu nome,pois creio que prestou grandes serviços à coletividade,embora hoje tenha arrefecido aquela admiração
    após verificar sua queda pelo petismo.Esse jornalista sempre escrevia a “suja Veja”,e devido a inexperiência,
    propria da idade,não lia a Revista,o que hoje me arrependo.Meu dentista,pessoa a quem muito admiro e com o qual trocamos ideias sobre os acontecimentos,é assinante da Veja e a elogiava,o que me levou a ler enquanto esperava,quando passei a tirar minhas próprias conclusões e tornar leitora assídua pois é um dos poucos órgãos da Mídia que imforma com firmesa,precisão e convicção, além de português claro.Leio outros meios de comunicação,mas o principal é a VEJA.
    Decepções com pessoas,vamos adquirindo ao longo da vida,o que sem dúvida nos amadurece e nos torna seletivos e moderados nos julgamentos.Tinha no Senador Demóstenes um politico competente corajoso,mas sentia que era um pouco escorregadio,sem aquela transparência e firmeza que caracterizam os Senadores Álvaro Dias e Pedro Simon que não tentam contornar uma resposta embaraçosa.Sinceramente,
    não é um político em que votaria consciente de que teria feito o certo,dai ter havido decepção,nada que abalace meu humor.
    A VERDADE SEMPRE APARECE,ASSIM ESPERAMOS QUE A VEJA CONTINUE A ESCLARECER Á SOCIEDADE,MESMO QUE OS INFORMANTES NÃO SEJAM ANJOS.

  • toninho malvadeza

    -

    28/4/2012 às 5:11 pm

    VEJA a verdadeira exterminadora de ratos destepaiz.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados