Blogs e Colunistas

10/06/2012

às 7:56

O dia em que José Dirceu e Eduardo Paes se uniram contra a “mídia” e as leis para dar um pé no traseiro dos fatos. Ou: “Quem te viu, quem te vê”

O que esta foto faz aqui?

eduardo-paes-segura-faixa
Já explico. Antes, algumas considerações necessárias. No dia 11 de maio, escrevi um post intitulado “José Dirceu, acreditem!, prevê massas nas ruas se for condenado pelo STF!!! Ou: na raiz da pantomima do Zé está a briga pelo espólio do PT. A lenta sucessão no partido já começou“. Revelei, então, o que o Zé andava dizendo a seus interlocutores. Como as tais “massas” não sabem direito quem ele é — e a parte que sabe o repudia —, resta-lhe apelar à militância que mama nas tetas do governo e que se locupleta da coisa pública (os espertalhões dizem que é para construir o socialismo, sabem?) para pressionar o STF. Dirceu, como é sabido, numa ação combinada com Lula, agiu para tentar desmoralizar o Supremo Tribunal Federal. Como a operação foi malsucedida, pretende agora criar um falso clamor público em favor da sua absolvição.

Foi o que fez ontem. Ele era um dos convidados do 16º Congresso Nacional da União da Juventude Socialista (UJS), um dos braços do PCdoB, que aconteceu na Universidade do Estado do Rio (ver posts abaixo). Chamou o julgamento do mensalão de “batalha política”, que tem de ser “travada nas ruas”, para enfrentar, segundo disse, o “monopólio da mídia”. Convocou a UNE a sair em sua defesa.

Sim, meus caros, a UNE é aquela entidade dirigida pelo PCdoB que recebeu milhões do governo federal para tocar alguns projetos e que apresentou notas frias na prestação de contas. Com o dinheiro, a boa juventude socialista andou comprando uísque, tanquinho, freezer e pagando contas em bares e restaurantes. O Congresso também aprovou um repasse de R$ 30 milhões para a reconstrução da sede daquela que já foi a representação máxima dos estudantes. Até agora, a coisa não saiu do papel. Daniel Iliescu, o tiozinho-presidente, deu de ombros. Segundo ele, a UNE é uma entidade privada e não tem de prestar contas da grana.

Dirceu não foi o único convidado a falar no evento, não! Também o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), compareceu. E deu a sua contribuição ao grotesco. Referindo-se à prestação de contas eivada de irregularidades apresentada pela UNE, Paes deu seu apoio ao presidente da entidade, Daniel Iliescu, que estava presente, nestes termos:
“Daniel, é assim mesmo. O problema é o seguinte: as eleições estão chegando. Como a UNE se posiciona, fica difícil não apanhar. Então, casca grossa, vai em frente que a UNE é maior do que tudo isso”.

A convivência com Sérgio Cabral — ou sua real natureza, que antes não se revelava — está fazendo com que Paes perca a noção de limites e o senso de ridículo. Fala o que dá na telha. Como está sendo bem-sucedido até aqui, é possível que prossiga nessa trilha. O dedicado  ex-integrante da CPI dos Correios (a do mensalão) e ex-secretário-geral do PSDB, hoje convertido ao PMDB e ao lulismo fanático, está acusando de eleitoralismo o Tribunal de Contas da União e o Ministério Público Federal, que apontam as irregularidades, e claro!, a imprensa que noticia os fatos. Outra estrela do evento era Orlando Silva, ex-ministro do Esporte, pasta que, ora vejam…, havia deixado de cobrar da UNE a prestação de contas — coisa de “camaradas”, vocês sabem…

E agora volto àquela foto lá do alto, do dia 25 de maio de 2005. Na ponta direita, vemos o então deputado tucano Eduardo Paes segurando uma faixa em que se via o logo do PT e se lia a expressão “Quem te viu, quem te vê”. À sua esquerda, os deputados Jutahy Jr. (PSDB-BA) e Carlos Sampaio (PSDB-SP). Ao microfone, discursa o também tucano Alberto Goldman, líder do partido na Câmara. Exige a instalação da CPMI dos Correios, que o governo tentava a todo custo abafar. Reportagem da VEJA havia demonstrado a cobrança de propina na estatal. No dia 6 de junho, a Folha publicou a entrevista com Roberto Jefferson, denunciando o mensalão, e o resto é história.

Paes resolveu mudar de lado, bandear-se para o petismo, fazer mea-culpa, arrepender-se de ter sido oposição um dia, lastimar o seu passado, tudo para atingir a glória? Que o fizesse! Ninguém poderá negar que, sob certo ponto de vista, fez a escolha correta, não é mesmo? Eis aí o prefeito, com excelentes chances de se reeleger. Pode ambicionar o lugar de Cabral daqui a dois anos.  Caso logre esse intento, terá sido uma carreira meteórica do jovem que começou na política pelas mãos de César Maia, em 1993, como subprefeito da Barra da Tijuca e Jacarepaguá. Era, então, do PV. Migrou para o PFL, foi para o PTB, voltou para o PFL, voou para o PSDB e dali migrou para o PMDB. Quando o fez, era nada menos do que secretário-geral do partido, o segundo cargo na hierarquia.

Paes foi um dos mais aguerridos membros da CPI dos Correios, conhecida como CPI do Mensalão. Sete anos depois, ele e Dirceu discursam no mesmo evento, e suas respectivas falas têm um mesmo vetor moral. Nota fria, como sabe o prefeito, não é questão de opinião e de lado. Seja ele tucano ou peemedebista, se fria, fria é. O que quero dizer com isso é que as pessoas podem até mudar de posição em razão da conjuntura política ou, sei lá, porque passaram por uma crise de consciência ou chegaram à conclusão de que estavam erradas. Mas nem por isso precisam justificar a lambança, a trapaça, a sem-vergonhice. Na semana passada, Lula participou de uma inauguração no Rio ao lado do prefeito e, mandando às favas a lei, fez campanha eleitoral. “Casca grossa, Paes, vá em frente…”

Dito isso, republico a foto. Quem te viu! Quem te vê!

eduardo-paes-segura-faixa1

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

203 Comentários

  • Marcos Pontes

    -

    12/6/2012 às 12:05 am

    Eduardo Paes vc perdeu… perdeu feio meu irmão….
    “O que me preocupa não é nem o grito dos corruptos, dos violentos, dos desonestos, dos sem caráter, dos sem ética… O que me preocupa é o silêncio dos bons.”
    Martin Luther King

  • Mauro Vaz

    -

    11/6/2012 às 11:48 pm

    Depois dessa. deixa eu ir ali no banheiro, vomitar. argh…

  • Roberto K.

    -

    11/6/2012 às 8:13 pm

    Eu gostaria mesmo de ver nas ruas os que apoiam o Zé Desceu. Vamos poder contá-los todos, um a um e vai caber numa viatura policial.

  • gilson

    -

    11/6/2012 às 7:59 pm

    Só há uma forma de mostrar nossa indignação: VOTO NULO!!!!

  • eliaquim

    -

    11/6/2012 às 5:51 pm

    Mais um que,assim como Mino,renega o passado.Eita prefeito sem vergonha na cara!

  • Angelo

    -

    11/6/2012 às 5:18 pm

    Senhores,A vergonha dos politicos há muito foi perdida,
    a sem-vergonhice imoral foi hasteada como bandeira neste
    País,não há mais retôrno,a união dos famigerados,está aí,
    para quem quizer ver dando um pé no trazeiro da”midia e das leis”com a conivência daqueles que acham as imoralidades o explendor de suas mediocridades,pobre
    nação brasileira.

  • Sandra Tay

    -

    11/6/2012 às 5:05 pm

    O cachê do Dudu foi de 30 milhões também?

  • Premeditando o Breque

    -

    11/6/2012 às 4:55 pm

    Dizem, não sei se é verdade, que para ser político a primeira coisa de que o sujeito tem que abrir mão é da vergonha, era para ser só vergonha-acanhamento e não da vergonha-moral. Acho que confundiram tudo e já partiram para o literal: não pode prestar.

  • Helter Skelter

    -

    11/6/2012 às 4:31 pm

    É MUITO SOL NA CABEÇA, ELE ANDA “SURFANDO” COM TECO PADARAZ…

  • Thiago Hart

    -

    11/6/2012 às 4:18 pm

    O mesmo ocorre com Gustavo Fruet!!! Pobre Brasil!!

  • dr drauzio

    -

    11/6/2012 às 3:40 pm

    a oposição parece entorpecida, caida nas cordas.
    foram vítimas da coleção de “bolsas” ofertadas pelo PARTIDO DOS TRABAIDÔ…. brincaram com coisa séria, deu no que deu.
    agora para reverter a cabecinha dos bolsistas não vai ser fácil.
    mas nunca é tarde para recomeçar…..MUNIÇÃO NÃO FALTA PARA A OPOSIÇÃO….SÓ FALTA CORAGEM PARA ENCARAR….enquanto isso , o povão TOP TOP TOP.

  • Marcos

    -

    11/6/2012 às 2:30 pm

    Tá difícil votar no Rio.
    O asfalto liso do sr. Paes só dura um ano. Na Lapa, 1 semana depois de terem refeito as calçadas já estava tudo quebrado com tapumes. O asfalto da zona norte está perigosíssimo, principalmente pra motos. Em meio a um asfalto novo bueiros desnivelados e crateras mal remendadas que após a primeira chuva viram buracos!

  • Aí tem Jacutinga

    -

    11/6/2012 às 11:48 am

    Huumm !!! Zé Dirceu e Paes na UNE, já senti a catinga…
    Realmente em se tratando de Zé Dirceu, Eduardo Paes, Cabral, Orlando Silva e Juventude socialista, alguma coisa os UNE. São membros de um conjunto regido pelo “maestro” LULA: OS FILHOS DA BATUTA …

  • ESQUERDA BARRAQUEIRA

    -

    11/6/2012 às 11:31 am

    Como bom pemedebista (ou pemedeBESTA) que é, Eduardo Paes tem de andar ao sabor das conveniências.
    Assim sendo, Paes agora quer ser “casca grossa”, mas com cabeça oca!!!

  • celia

    -

    11/6/2012 às 10:21 am

    Paes, Cabralzinho e outros menos avisados ficam tentando copiar o apedelta. Ai, né, quando abrem a boca só sai…
    Convocar a une é piada! Essa une safada? Pega mal Zé! Não se desespere Zé. Bastos está ao seu lado. Que país é esse? Que vergonha!

  • Lilibus

    -

    11/6/2012 às 10:21 am

    Que grande verdade: cada homem tem seu preço e este Paes pelo visto vale qualquer tostão furado. Sem vergonha!!! O Dirceu é mais autentico e sincero que esse safado.

  • Boladão

    -

    11/6/2012 às 10:15 am

    Agora, a despeito de não gostar dele e nem colocar a mão no fogo pelo Paes, quando ele era subprefeito da Barra fez um bom trabalho.

  • Boladão

    -

    11/6/2012 às 10:09 am

    O Paes é isso aí mesmo. Não compraria um carro usado dele.

  • celia pereira

    -

    11/6/2012 às 8:08 am

    Cabe aos cariocas dizerem ao lambe-botas de plantão (afinal são 2 espertalhões, o Cabral que é o Lulla carioca, e o Paes que é o engomadinho aprendiz de Lulla carioca) se são palhaços ou não.

  • Vales

    -

    11/6/2012 às 8:04 am

    Caro RA. As Autoridades Policiais do Rio e de Brasília, devem ter em mãos, fotos e documentos dos participantes da reunião na UNE, para responsabilizá-los caso ocorram tumultos pelo país.Tanto a imprensa como o STF,devem enquadrar o Zé Dirceu e Eduardo Paes por essas estupidezas.Abs.

  • carlos alfredo

    -

    11/6/2012 às 6:22 am

    Se os cumpanhêros da UNE forem para às ruas lutarem pela absolvição do capo-chefe e seus comparsas têm que lutarem também por Fernandinho beira mar, Alexandre Nardoni,beatificar Luz vermelha e transformar o dia da morte de Lampião em feriado acional.

  • Anónimo

    -

    11/6/2012 às 6:18 am

    Tem muita gente no Brasil que imagina que o facismo que se instalou entre nós deve ser combatido com palavras e gestos. Ledo engano e estão fazendo o mesmo que os alemães fizeram com o Hitler. Só um lorde inglês é que falava incansavelmente quem de fato era este e o primeiro ministro inglês continuou incrédulo mesmo depois que as bombas começaram a cair na cabeça deles. Aqui, o Lula aderiu de corpo e alma ao comunismo internacional via Foro de São Paulo e até hoje tem gente por aí que acha que essa gente tem a melhor intenção do mundo.

  • tucano roxo

    -

    11/6/2012 às 4:55 am

    Não estou preocupado com as estrepolias da esquerda, mas sim com o definhamento da direita. Agora é César Maia que cai na Lei da Ficha Limpa. Na Bahia não temos sequer um vereador em Salvador, cidade que deveria ser o feudo dos ACM. Em São Paulo temo que um palanque com o desconhecido Haddad, mais Dilma e Lula, ameacem nosso presidenciável José Serra.
    Gostaria de ver alguma liderança de fato se impor na direita brasileira, alguém que seja honesto e independente. Será que não existe nem um?

  • anonimo

    -

    11/6/2012 às 4:45 am

    O nosso líder César maia não deixará que o Rio continue nas mãos dos comunas! Pau neles, César Maia, o mais honesto de toda a direita brasileira!

  • anticorruptos e anticorruptores

    -

    11/6/2012 às 4:19 am

    Prezado Reinaldo Azevedo, peço que você veja: http://www.youtube.com/watch?v=csbyN33Mfqo
    .
    Descrição do vídeo acima, realizado pelo nefasto PT:
    “Vídeo institucional VAZADO do PT (PREDADORES TERRORISTAS), relata explicitamente o golpe institucional de DERRUBADA DO CAPITALISMO e a IMPLANTAÇÃO DO COMUNISMO.”

  • Alberto Cruz Cabral

    -

    11/6/2012 às 3:06 am

    Apesar de acompanhar a cena política do Brasil desde minha adolescência, e, até com certo interesse masoquista pela trajetória desses braileiros que conseguem se parpetuar na vida pública, se me perguntarem todos os partidos que Eduardo Paes foi filiado, eu não saberia dizer. Apesar de inteligente,sempre foi ambicioso no pior sentido da palavra,carreirismo,inclusive, que explica sua mania de pular de galho em galho.Está brincando de Pereira Passos aqui no Rio, e junto com o Governador Sérgio Cabral, representa uma verdadeirao perigo para o Rio Antigo. Nunca vi tantas autorizações de demolições de prédios antigos como no seu governo.Com todos os seus exageros e excentricidades,é preciso que se faça justiça a César Maia,não me lembro de nenhuma autorização sequer de demolição em todos os seus tres mandatos na cidade´. É uma pena, pois percebo no Paes um sentido de ordem urbana(talvez uma influência do próprio César,seu antigo mentor)e uma visão mais racional sobre a problemática da favelização. Agora, se mais carocas não botar a boca no trombone, ele será um dos grandes vilões na destruição da memória da cidade.

  • jeremias-no-deserto

    -

    11/6/2012 às 2:52 am

    Pobre Rio, quem diria que depois de um Cabral ainda viria coisa pior: o CASCA GROSSA PAES!

  • O Asno

    -

    11/6/2012 às 2:14 am

    quando
    a revista “OLHE” outrora publicou zilhões de reportagens das mazelas dos outros governos,
    porque todo governo tem acertos e desacertos,
    exceto o govereno deLLes, claro, que só tem “acertos”…
    quando
    a revista “OLHE” falava das peraltices do caçador de maracujás e de tantas outras traquinagens,
    então
    a revista “OLHE” não era chamada por eLLes,
    nem mesmo por MIMO,
    de “imprensa golpista”?
    Era assim, era?
    Será
    que tem algum arquivozinho da revista “OLHE” para provar isso, heim?
    Será que tem, heim?
    Bom.
    Agora
    só porque a revista “OLHE” publicou, dentre outras zilhões de reportagens,
    aquela
    reportagem do flagrante dos dólares verdes e verdadeiros encontrados sitiados
    nos fundilhos duma cueca não genuína, porém genérica,
    então
    por isto a revista “OLHE” passou a ser considerada por eLLes, com muito MIMO,
    como imprensa “golpista”, foi?
    Foi assim, foi?
    Diga se foi… diga se foi… diga se foi, viu?
    Sei… entendi… claro… ocê tem razão, viu?
    Pois é…
    as vezes chego a pensar,
    aqui comigo mesmo e meus botões,
    que
    tudo é muito ingênuoeingenuínodemaisdacontaquenãobate…
    agora,
    doravante,
    qualquer que seja o criminoso que for julgado e condenado em última instância pelo Egrégio Tribunal,
    poderá convocar “ativistas” às ruas,
    inclusive até mesmo pagando do próprio bolso à “ativistas”,
    para que gritem bem altão que seu julgamento foi “político”?
    É
    assim agora, é? É assim, é? É assim?
    Sei… sei… sei…
    e
    mesmo para
    o caso hiptético, claro,
    porque esse caso hiptético abaixo relatado nunca aconteceu de acontecer na estória destepaiz,
    claro como a luz solar…
    o caso hipotético
    dum criminoso qualquer que participou dalgum governo, que contribuiu para a liberação de zilhões à sociedades civis que “defendem” “pobres e oprimidos”, direitoszumanus e direitosdosmanus,
    poderá aludido hipotético criminoso convocar esses “ativistas” às ruas para gritem bem muitão altão que eLLe foi “injustiçado” por julgamentos e condenações do Egrégio Tribunal?
    É assim agora, é?
    Sei… entendo… claro… ocê tem razão de novo, viu?
    Ei!

    acabaram com o estoque de cavilações, já?
    Será, heim?
    Será
    que tem fim esse estoque de cavilções, heim?
    Ei!
    Vou toscanejar um pouquinhozinho…
    adespois vorto, viu?
    Vorto só para dizer asnices… só asnices…
    porque só “seio” dizer asneiras…
    fazer o quê, não é?
    Fazer o quê?

  • Odilo

    -

    11/6/2012 às 1:15 am

    Bando de cananhas!!! Deveríamos fazer uma especíe de Revolução Brasileira (a Revolução Francesa em terras tupiniquins). Minha formação cristã iria me reprovar, mas o sangue e carne que estão em meu corpo iam adorar em ver muitos petistas e o restante de sua cambada de aceclas serem guilhotinados em praça pública.
    Fora PT!!!
    Fora Rede Globo!!!
    Fora Corrupção!!!
    Fora impunidade!!!

  • Oração do Senhor Lula

    -

    11/6/2012 às 1:03 am

    Minha intenção não é de modo algum ofender o cristianismo. O que gostaria de transmitir é que Lula, a sua maneira, quer parecer o Senhor de tudo. Por favor, fique à vontade para descartar esse comentário.

    Pai Lula que estás no Brasil
    Inimputável seja o vosso nome
    Venha a nós o vosso Mando
    Seja feito o vosso Interesse
    Assim no PT como no Brasil
    A Bolsa nossa de cada dia nos daí hoje
    Perdoai as nossas corrupções
    Assim como nós perdoamos
    A quem nos tenha roubado
    E não nos deixei cair na oposição,
    Mas livrai-nos do PSDB

    Amém

  • Iara

    -

    11/6/2012 às 12:58 am

    UNE – União Nociva Esperta

  • toninho malvadeza

    -

    11/6/2012 às 12:26 am

    A farra do Cabral em Paris foi amplamente divulgada ,e hoje a população do Rio sabe que o Paes é pelego do Governador.Não vence mesmo.

  • Sofia Maria

    -

    11/6/2012 às 12:25 am

    Tenho tanta, mas tanta ANTIPATIA deste sujeitinho, o prefeito do Rio, que nao quero nem mencionar o nome do dito cujo! Eu o conheci durante a CPI do mensalao, passei a admira-lo por sua postura de cobrancas e achava que ele tinha um futuro promissor.Mas quem diria que aquele jovem rapaz que me parecia tao seguro fosse se transformar nisto, nesta coisa ignobil e sem carater! Fora traidor, vira casaca, puxa saco, chaleira!

  • Agnes

    -

    10/6/2012 às 10:47 pm

    Reinaldo.

    E esssa Rio +20?Quanto custa e quem paga?
    Bando de aproveitadores.A terra vai esfriar e estes Desocupados se reunem e NADA irá mudar .Com ou sem essa gastança,a natureza vai seguir seu caminho.Vai evoluir inteligentemente.Vão morrer menos pessoas com mudanças climáticas que ocorrem naturalmente desde que o mundo existe,do que nas guerras e assassinatos por causa das drogas.
    O mundo vai melhorar quando cada um dentro de si melhorar.Quando eu fizer para o próximo o que eu queria para mim.
    E não fui eu quem falou isso,foi dito faz mais de 2 mil anos….

  • Blumenau

    -

    10/6/2012 às 10:34 pm

    Rei.
    Acabei de ver a cristiana lobo,falando no Jornal das dez na globo news.
    ela fez campanha pro lulla e pt,descaradamente.Mais parecia um fantoche com cara de pau.Que nojo.
    Tá aí o joio.
    Imagine o que elles fazem com o povão ignorante que engolem qualquer asnice que elles inventam.
    FORA pt.
    Assassinos e bandidos.MENTIROSOS.CRETINOS.
    O lugar de petralhas é Cadeia.

  • Sylvio Haas

    -

    10/6/2012 às 10:22 pm

    Notícias sobre o que acontece no mundo político do Brasil deveriam ser dadas só após às 22 h, com aviso de impropriedade para menores. Durante o dia e até esse horário podem exibir A Família Soprano.

  • PARTIDO - PÊQUÊPÊ

    -

    10/6/2012 às 10:16 pm

    .
    CARISSIMO REINALDO,
    .
    EU TENHO DISLEXIA, POR SINAL É DIFICIL ESCREVER dislexia
    .
    TODA HORA QUE LEIO O TITULO EU PARO NO : … JOSE DIRCEU E EDUARDO PAES SE URINAM … rsrs DE VERDADE
    .
    MAS NO fundo , É O QUE ELES FAZEM
    .
    PARTIDO EM DOIS, ELES FORMAM UM SO rsrs EU EIM, O didi JA ENCHEU BEM O SACO , JA ESTA RICO E FICA AI COM ESSA GANANCIA HORROROSA TIPICA DAQUELES DIGNOS DE UM EXORCISMOZINHO BASICO
    .
    VAO CATÁ COQUINHO, SEUS DISCUMUNGADO ! O pt , CUJA BANDEIRA COR DE CARNE (como dizia Richy), COR DE SANGUE COM UMA COISA PARECIDA COM UMA ESTRELA BEM NO MEIO, DETENTORES DA ÉTICA (PRENDERAM A ÉTICA), MUDARAM MUITO
    .
    ÃNTES, ÂNTAES, ELES ERAM MUITO DIFERENTE. HAVIA MESMO GENTE BEM INTENCIONADA E ETC E TAL MAS DE UM BOM TEMPINHO PRA CA, ELES SÓ GERAM MAL ESTAR. PORQUE SAO OS QUE FICARAM, APESAR DE TUDO, APESAR DE TUDO ELES FICARAM OU ENTRARAM, AQUELES QUE URINAM-SE NESTES ULTIMOS 10 ANOS. O QUE HAVIA DE BOM ALI, JA SAIU OU DEVE SOFRER IGUAL A UM CAO. AQUILO É UM COVIL, UMA ALCATEIA, UMA RÉCOVA
    .

  • renato

    -

    10/6/2012 às 10:11 pm

    O segundo da esquerda pra direita é o ex-deputado Paldernei Avellino do PFL-Amazonas.

  • SOBRE A DECISÃO DO PP EM PORTO ALEGRE

    -

    10/6/2012 às 9:59 pm

    SOBRE A DECISÃO DO PP EM PORTO ALEGRE
    Percival Puggina

    O Partido Progressista de Porto Alegre decidirá, no próximo dia 11, qual o candidato que apoiará na eleição de outubro para a prefeitura da Capital. Sou convencional, mas estou em viagem e não terei retornado até aquela data.

    Embora minha posição já tenha sido expressa dentro e fora do partido antes de viajar, considero oportuno reafirmá-la e formalizá-la quando se aproxima a data da importante decisão.

    A lista de coisas inadmissíveis, em política, é extensa. E coligações como a pretendida com o PCdoB fazem parte dessa lista. Um partido político pode renunciar a muitas coisas. Pode renunciar a cargos, a projetos de poder, a candidaturas. Pode, até, renunciar ao próprio nome como o PP fez ao deixar de ser PDS. Mas não pode renunciar ao conjunto de seus princípios, nem unir-se com quem tem princípios que lhe sejam totalmente opostos. Aliás, foi a unidade nos dois conjuntos – no das coisas que o partido defende e no das coisas que rejeita – que permitiu ao grupo partidário continuar unido e sendo quem sempre foi, malgrado as mudanças de nome. A identidade sempre foi sólida no plano essencial das convicções.

    Há duas administrações consecutivas o PP vem participando, de modo continuado, do governo municipal de Porto Alegre. Nos últimos anos, exerceu a liderança na Câmara de Vereadores. Essa tarefa foi confiada ao admirável homem público que é o vereador João Dib. Unir-se agora à oposição não é algo que se faça sem insuportável constrangimento! Já vi outros partidos agindo assim e sempre considerei deplorável tal prática. Definitivamente, não nos imagino fazendo a mesma coisa. Não, essas práticas do lulismo ainda não nos seduziram!

    Estou convencido de que venceremos as eleições com uma coligação já testada, em torno do prefeito José Fortunatti. Mas, ainda que não fosse assim, se o caminho para uma vitória em outubro fosse uma coligação pelo lado oposto, com o PCdoB, essa seria uma vitória que eu preferiria não ter. Um partido é algo que se demora a fazer. Mas se desmancha facilmente com casuísmos, cisões internas e renúncias a valores irrenunciáveis.

    Iniciada a campanha, os eleitores porto-alegrenses logo compreenderão quem sabe a que vem. E quem vem ao que não sabe, porque, até hoje, só atravancou o desenvolvimento da cidade, estimulou invasões de bens públicos e particulares, agindo contra a ordem e contra o progresso.

    Não me seduzem demonstrações de afeto nascidas do interesse eleitoral. Tampouco me mobilizam os anúncios de reciprocidade. Passo, agradeço e desconfio. Logo ali, em 2014, haverá decisões tomadas vários andares acima deste em que hoje estamos. Haverá outros atores, outros projetos de poder, outros interesses e novas circunstâncias. Aqueles que hoje nos pedem apoio têm todo o direito de fazê-lo. Mas não nos tomem por ingênuos.

    Muito sucesso aos candidatos a vereador, ao prefeito Fortunati. Todo o respeito ao meu partido. Todo o respeito ao partido, como eu o conheci. Com os valores que há quase 20 anos venho me dedicando a difundir. Que Deus inspire a decisão dos convencionais para que ela não nos comprometa com aqueles que O rejeitam.

    Percival Puggina

    (Autorizada a reprodução)

  • marta

    -

    10/6/2012 às 9:46 pm

    Alguém pode me dizer há quantos anos esse tal Daniel Iliescu é estudante universitário? Só curiosidade…

  • Anónimo

    -

    10/6/2012 às 9:41 pm

    Todos têm os terroristas que merecem. Os norte-americanos têm o Obama Bin Laden e nós o Dirceu que deseja ser também Bin Laden.

  • carioca

    -

    10/6/2012 às 9:39 pm

    O fato cristalino são os BILHÕES desviados dos cofres públicos, só falta o Zé Dica de Róbar dizer que foi uma mágica e o dinheiro evaporou…nos autos do processo do mensalão apenas como referência registrou-se como provas desvios de R$ 2 BILHÕES, sabendo-se que o roubo foi muito maior. A DELTABRAS e BILHÕES usados no MENSALÃO, atualmente, provam a existência de um crime continuado, somente a cadeia(presídio federal de segurança máxima para todos os mensaleiros) fará com que se interrompa essa sangria de dinheiro público enriquecendo a companheirada.

  • abbeyhell

    -

    10/6/2012 às 9:25 pm

    Como carioca fico muito feliz ao ver as luzes da verdade finalmente incidirem sobre este Paes.Como subprefeito da Barra,ele que mora no Recreio dos Bandeirantes,teve o nariz quebrado por conta da desativação de uma aberração encravada nas areias da praia chamada’Kananga do Hillos”que nada mais era que uma espécie de discoteca super mal frequentada por bicheiros,policiais banda podre,jogadores de futebol decadentes e mulheres de vida fácil.etc.Pois bem,o tal de Hillos deu-lhe um soco quebrando seu nariz,fato documentado nos jornais da época.Pois bem,aquele que se apresentava como fervoroso defensor da ordem urbana,do respeito as regras da civilização,hoje não combate a expansão das favelas que crescem a olhos vistos,tornando os bairros daquilo que chamam pejorativamente de “asfalto”,em qualquer coisa parecida com “Bombaim”.

  • João Batista

    -

    10/6/2012 às 8:41 pm

    O tiozinho da UNE está enganado. Se é recurso público tem que prestar contas sim. De pensar que um dia cheguei a admirar esse Eduardo Paes. Achava até meio exagerado os xingamentos que ele fazia ao ex-presidente Lula. Vai ser falso assim pra lá!!

  • Vera L.

    -

    10/6/2012 às 8:02 pm

    Reinaldo,
    Vi hoje no Globo as declarações de Paes e pensei, que CARA DE PAU. Então o jornal O Globo que PUBLICOU as LAMBANÇAS e ROUBALHEIRAS da UNE está contra Paes?. TODOS ficaram sabendo da UNE e de LULA aqui no RJ porque o Globo publicou. Na matéria sobre a inauguração do Ligeirão, ( esse apelido do BRT serve MUITO para Eduardo Paes, ligeirão ele..) o jornal pegou leve com Paes e Lula. E todo mundo sabe também que Paes é o queridinho das Organizações Globo, ele e Cabral. Por isso tem tenta boa vida aqui. Tem “muitas parcerias” com a Globo. Às vezes eu penso que a Globo é que GOVERNA o RJ, pelas “parcerias” parece que é…
    Antes de cair o helicóptero Cabral vivia na esbórnia das viagens e NUNCA ninguém sabia que estava viajando, só se descobria DEPOIS de uma tragédia e o Cabral NÃO estava para dar explicações. Onde estava? VIAJANDO… E Paes também VIAJOU MUITO e fez muita lambança, uma das primeiras com a previdência da Prefeitura. Muito estranho aquelas gravações do Fantástico DESAPARECEREM do nada. Não estão mais com a Globo…e tem a DELTA que está em quase TODAS as obras da Prefeitura. Eu fico imaginando se fosse Garotinho ou Cesar Maia, saberíamos de TUDO e mais um pouco. Depois de TUDO da DELTA repassou dinheiro para a DELTA! Este é o Dudu de Dirceu…
    Esse PILANTRA do Paes está na companhia da altura dele, José Dirceu, CHEFE DA QUADRILHA do MENSALÃO, pedindo para os PELEGOS na UNE saírem às ruas. Paes nem pode sair muito às ruas. É bem falsa essa popularidade dele. Na reinauguração do Hospital Pedro II chamou um senhor de idade de BÊBADO porque ele queixou-se que NÃO foi atendido no hospital! O hospital recém inaugurado e SEM MÉDICOS!
    Queria muito ver esses “estudantes” de Dirceu nas ruas do RJ com CARTAZES do CHEFE DA QUADRILHA do MENSALÃO pedindo absolvição… Sei não, mas acho que seriam LINCHADOS…
    Não fosse as fotos de Garotinho TODOS estariam aí mais FACEIROS do que nunca. Os secretários de Cabral com uma AVENIDA para se elegerem em 2014 e os de Paes agora. Não foi a IMPRENSA do RJ que SUJOU a barra dos dois pilantras. Foi a CERTEZA da IMPUNIDADE de que ninguém descobriria e saíram pelo mundo fotografando as FARRAS como o dinheiro do contribuinte. As fotos foram parar nas mãos de Garotinho por OBRA de alguém do GOVERNO de Cabral que se sentiu “traído”. Assim como ROBERTO JEFERSON com o CHEFE da QUADRILHA José Dirceu. Eles fazem as lambanças e aí a IMPRENSA é a culpada…PILANTRAS.

  • Joao nascimento

    -

    10/6/2012 às 7:59 pm

    Estudates brasileiros vocês estão vendia bandalheira do ensino no governo do Pt
    nao embarque nesta pois eles nao respeitai o povo brasileiro e sim seus bolsos e familia

  • Alexandre Newton

    -

    10/6/2012 às 7:49 pm

    Em 92 a juventude brasileira foi à rua, os “caras pintadas”, para exigir o impechmant do x-Pres. Collor (um tremendo pilantra está comprovado ainda hoje). Agora o Zé Dirceu quer os “pseudos” estudantes da UNE e da UJS nas ruas para apoiá-lo durante o julgamento do Mensalão. Trata-se de um grupelho, na verdade bando de desocupados à sôldo do govêrno do PT que tenta transparecer para a sociedade que estarão defendendo uma causa justa. Dos 30 Milhões que receberam não fizeram nem as fudações do edifício de sua sede. Como êles acham que os jovens brasileiros irão confiar nesses canalhas? A Internet e a mídia séria estão aí, os tempos são outros bando de picaretas.

  • Moi

    -

    10/6/2012 às 7:19 pm

    E o Cachoeira? Tá preso porque?

  • SidneyCWB

    -

    10/6/2012 às 7:08 pm

    E aqui em Curitiba temos outro tucano que foi bastante contundente na CPI do mensalão e agora se bandeia para o lado do PT, inclusive já tendo se reunido com Lula para pedir “perdão” por ter sido tão combativo contra os santos petistas!!! Haja traíra, viu?

  • Auri

    -

    10/6/2012 às 6:45 pm

    Um político pode até mudar de partido isso é legítimo, agora, ficar mudando de partido toda hora isso não é crise de identidade isso é falta de ideologiá, é pura incongruência.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados