Blogs e Colunistas

21/03/2013

às 18:34

Na base do berro, da intimidação e da violência. Mas tudo em nome do bem! Ou: Os 13 mil votos de Jean Wyllys valem mais do que os 212 mil de Feliciano?

Vejam esta foto.

 

Já explico o que ela faz aí. Antes, algumas considerações.

O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), resolveu pegar carona no processo de demonização do deputado Marco Feliciano (PSC-SP) — que só está na presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorias por obra do PMDB e do PT — e lhe deu e a seu partido uma espécie de ultimato: tem de renunciar ao posto. Não há forma legal de tirar o deputado de lá. O PSC é que está sendo pressionado. Certamente o partido é alvo de ameaças de retaliação. Feliciano diz que não sai. Tendo a achar que será muito difícil resistir.

Também a ministra Luíza Bairros, da  Secretaria de Política de Promoção Social da Igualdade Racial, disse no programa “Bom dia, ministro”, que o PSC deve reavaliar a indicação: “Toda mobilização em torno da manutenção [de Feliciano no comando da comissão] coloca na mão do PSC uma decisão que é de reavaliar se é coerente com o histórico de direitos humanos no Brasil manter uma pessoa com as convicções do deputado na presidência de uma comissão tão importante”.

Certo! Luíza Bairros é aquela senhora que foi flagrada chegando em carro oficial a um encontro promovido pelo PT, conforme se vê na foto abaixo.

Farra motorizada – em sentido horário, a assessora da ministra Ideli Salvatti; Luiza Barros, da Secretaria de Igualdade Racial; a senadora Ana Rita e a prefeita Lucimar, de Valparaíso (GO). É o estado a serviço do poder feminino… do PT!

“O que uma coisa tem a ver com outra, Reinaldo?” Tudo. Parece que um grupo político, no Brasil, tem não só o monopólio dos direitos como também o das ilegalidades. E olhem que estão tentando tirar Feliciano da comissão por delito de opinião — se a opinião é imbecil ou errada, isso é outra coisa.

O futuro
Não adianta tentar me patrulhar, acusando-me de apoiar o pastor. É mentira! Aqui ninguém leva nada no grito, não! Deploro algumas falas de Feliciano e já deixei isso claro. Apontei até o seu erro numa citação bíblica. Mas o fato é que, no regime democrático e de direito, não existem monopólios de representação em comissões do Congresso. Apontem uma só ilegalidade que teria sido cometida na sua condução ao posto que ocupa. Zero! Nenhuma!

A imprensa que condescende gostosamente com a bagunça está fazendo uma opção: substituir uma decisão legal e democrática por uma imposição que se dá por meio da baderna. É evidente que os grupos descontentes com a permanência de Feliciano na comissão podem se manifestar, mas não da forma como vêm fazendo (veja sequência de fotos mais adiante).

Henrique Eduardo Alves, empenhado em ficar “de bem” com essa imprensa, que não o tem exatamente na conta de um Varão da República, resolveu pegar carona no linchamento. Se Feliciano for substituído, como está em vias de acontecer, estará dado um norte: bastam 30 ou 40 pessoas, profissionais da baderna, para decidir os rumos de uma comissão. O Congresso deixa de ser um Poder de representação e passa a funcionar na base da “ditadura direta” fantasiada de “democracia direta”, já que esses 30 ou 40 militantes — essa gente já tem a vida ganha? Não precisa trabalhar? — imporão a sua vontade a quem chegou lá pelo voto popular.

Digam-me aqui: os 212 mil votos de Feliciano valem menos do que os 13 mil de Jean Wyllys (PSOL-RJ)? Não! Não estou dizendo que o mais votado tem sempre razão. Fosse assim, Tiririca seria Schopenhauer. Estou afirmando que é preciso respeitar a representação popular. Ainda que a sociedade não possa e não deva se conformar apenas com esse processo formal, sem ele, é fato, não existe democracia digna desse nome. Partimos para a luta de todos contra todos.

As fotos
A foto que está lá no alto pertence a uma sequência publicada na Folha Online, de autoria de André Borges, da Folhapress.  Antes que aquele rapaz de amarelo exibisse aqueles dizeres, ele já havia se movimentado a valer, nesta quarta, na sala que abriga a comissão, que,  mais uma vez, não conseguiu levar adiante a sessão. Vejam.

 

Ele é só o elemento mais buliçoso do grupo que dá as cartas por ali. Ainda que não tenha sido eleito por ninguém, ainda que, segundo os critérios da democracia, não represente ninguém, ele se impõe sobre o voto popular, não é? Isso é evidente. Curioso o Congresso Brasileiro, de tantas e tão conhecidas maracutaias e sem-vergonhices! A população ignora boa parte dos temas que são debatidos por ali. São assuntos arcanos para a larga maioria. Uma Comissão de Direitos Humanos, no entanto, é entregue ao controle das “minorias” porque isso cria um arremedo de democracia direta.

“Democracia”? Leiamos os dizeres daquela folha exibida pelo rapaz de amarelo. Lá está escrito em maiúsculas: “CADÊ A ONU PARA FECHAR O CONGRESSO NACIONAL???” Duvido que ele tenha muita clareza sore a indagação que faz, mas é inegável que existe ali um conceito embutido: “Ou o Congresso faz o que nós, que estamos aqui, queremos, ou ele pode ser fechado”. Outra foto também chama a minha atenção. Vejam.

 

Embora a imagem sugira que o rapaz se comporta de modo educado (não estava lá e, portanto, não posso garantir), seu questionamento é mais interessante, talvez, do que ele mesmo imagine: “Maldição é ser desrespeitado por quem deveria nos representar”.

Pois é, meu jovem! O chato é que Feliciano, na democracia que ainda temos, “representa”, sim — não necessariamente os seus anseios, mas representa! O fato de que a pauta dele não seja a sua não o torna ilegítimo. E vou lhe explicar, meu bom jovem, por que isso é uma garantia também para você: ou bem se considera que toda representação, no escopo do estado de direito, da legalidade, é legítima no Congresso, ou bem se considera que certos grupos não têm o direito de existir.

Nesse segundo caso, rapaz, você abre as portas para que, amanhã ou depois, uma nova maioria ou uma nova “verdade influente” casse o seu próprio direito de se manifestar. Entendeu como funciona a democracia? O democrático não é o que eu quero; o democrático não é o que os outros querem; o democrático é haver regras pactuadas — também de forma democrática! — para que todos esses quereres possam se articular e conviver.

Impor-se na base do berro e da intimidação física não está entre as regras.

Encerro com uma pergunta ao deputado Henrique Eduardo Alves: a tolerância com a gritaria e a violência só vale para esse grupo que ora se manifesta, ou qualquer outro que resolva inviabilizar o funcionamento de uma comissão conta com o apoio da presidência desta Casa? Que tal, presidente, fazer uma espécie de manual listando os grupos que têm licença  especial para partir para a porrada e para a intimidação?

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

341 Comentários

  • Arnaldo Ribeiro

    -

    27/12/2013 às 7:25 pm

    (JB.13.34) – NOVO MANDAMENTO VOS DOU:QUE VOS AMEIS UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI: (IS.1.19) – SE QUISERDES E ME OUVIRDES, COMEREIS O MELHOR DESTA TERRA;(GL.5.15) – SE VÓS, PORÉM, VOS MORDEIS E DEVORAIS UNS AOS OUTROS, VEDE QUE NÃO SEJAM MUTUAMENTE DESTRUIDOS; (JR.44.23) – COMO HOJE SE VÊ:
    Na verdade, a violência que ceifa vidas inocentes na SIRIA, á exemplo do resto do mundo; decorre da indiferença humana para a Santa Advertência resumida no conteúdo da seguinte parábola bíblica:

    (Am.) – AMÓS: AMEAÇAS CONTRA DIVERSAS NAÇOES
    (São 31 letras e 4 sinais evidenciando que):
    MÁS AÇÕES NO SER: A TRAÇA COME NAS VIDAS.

    (MC.21.33) – Atentai noutra parábola:

    (JR) – JEREMIAS: A VOCAÇÃO DE JEREMIAS.
    (São 26 letras e 3 sinais que confirmam isto):
    CRIEI A AÇÃO DO SER: VEJAM E SEJAM.

    (PV.25.2) – A GLÓRIA DE DEUS É ENCOBRIR AS COUAS, MAS A GLÒRIA DOS REIS É ESQUADRINHA-LAS: (RM.10.19) – PORVENTURA NÃO TERÁ ISSO CHEGADO AO CONHECIMENTO DE ISRAEL? (TG.3.18) – ORA, É EM PAZ QUE SE SEMEIA O FRUTO DA JUSTIÇA, PARA OS QUE PROMOVEM A PAZ.

  • Samya

    -

    15/5/2013 às 7:27 pm

    Impeachment para essa Presidente do Brasil e fechem o congresso para balanço…E esses politicos corruptos$$$$$ que por troca de votos… estão aceitando tudo???
    E nós cidadãos de bem? Que pagampos os impostosdigo os mais caros do mundo… E pior não temos retorno desse imposto…VERGONHA e como diz minha tia o anticristo já está no BRASIL…Parece que o povo brasileiro adora ser feito de TROUXA…E ninguém faz NADA…Os criminosos fuzilando pessoas honestas e trabalhadoras…E esses picaretas no congresso zombando de todos os brasileiro? aonde vamos parar? Politicos corruptos dando bolsa de tudo por troca de votos? Aonde estão os politcos bons desse país? VERGONHA

  • Maurício Correia

    -

    23/4/2013 às 5:43 pm

    Infelizmente, o que temos visto no nosso país, é que os valores morais, estão se deteriorando a cada dia, e a mídia brasileira, ao invés de ajudar a sociedade brasileira, antes, está contribuindo para que tamanha baderna, confusão, desrespeito, continuem a contecendo, como temos visto no caso que envolve a pessoa do deputado federal, pastor Marcos Feliciano, pois, o que é pior? É ter um pastor a frente da pasta de Direitos Humanos ou termos a frente de orgãos competentes, homens que não merecem o nosso voto, a nossa dignidade, pelo fato de serem o que são, o que não preciso nem mencionar? O nosso Brasil, na verdade é o país da impunidade, mas um dia tudo isso irá acabar, porque os homens podem até escapar da justiça feita por eles mesmos, mas não poderão escapar da justiça divina ou seja das mãos de Deus, aí da terra porque um grande juízo lhe está reservado.

  • Cledson Barreto

    -

    7/4/2013 às 8:52 pm

    Reinaldo Azevedo mostra aqui e em vários outros artigos, o exemplo a ser seguido pela mídia do nosso país, imparcial, apenas isso, se os meios de comunicação fossem do mesmo jeito dele, com certeza o Brasil era outro. Fora Petralhas do poder, pois enquanto estão se importando tanto com alguém que disse que Africanos descendem de ancestral amaldiçoado por Noé, ele não generalizou que africano é amaldiçoado, e no meio da bagunça colocam os negros, pois quem acha que na África só tem negro tá muito enganado, são ignorantes, mas deixam Renan, Genoíno, Maluf, João Paulo e outros fazerem a festa.

  • Cristina

    -

    7/4/2013 às 1:56 pm

    Disse tudo Azevedo.

  • White Rabbit

    -

    5/4/2013 às 12:07 am

    O movimento e ativismo gay na internet busca uma alternativa em que os gays se tornem intocáveis. Mas isso não vai acontecer. Se querem se casar, pois bem espero que tenham esse direito. Agora, o direito de opinião das pessoas discordarem disso não vai mudar. Opinião não é crime e não existe “crime de opinião”. Ninguém pode ser acusado de “opiniões homofóbicas”. A discriminação só acontece quando julgam que pela opção sexual, alguém é menos capaz ou pior do que o outro, apenas. Fora isso, ninguém precisa aceitar nada. Todos tem direito de ser contra ou a favor do que quiserem. Inclusive, tenho o direito de apoiar a heterossexualidade tanto quanto os gays apoiam os seus próprios movimentos. Os gays não apoiam o movimento heterossexual. Porque os héteros deveriam apoiar o movimento gay? Respondam se forem capazes.

  • césar de brito

    -

    5/4/2013 às 12:05 am

    Realmente você tem toda a razão Reinaldo.Será que nossos deputados estão com medo deste grupo que não tem voto e nem foi eleito? Sou contra a prática do homossexualismo, mas penso que faz falta ali o falecido Clodovil, que era homossexual, mas totalmente contra este tipo de conduta deles. Infelizmente,ou nossos deputados estão fazendo média com os homossexuais, ou não querem parecer politicamente incorretos perante os nossos artistas e figurões que andam fazendo manifestações por ai a fora. Esta é a cara do pt e destes partidos anões que gostam de apoiar estes grupos só pra se passarem por bons, mas são uns corruptos podares.

  • Linda Bárbara

    -

    3/4/2013 às 3:56 pm

    Brilhante!

  • francisco

    -

    1/4/2013 às 12:16 pm

    Aquele que está do lado do porquinho de amarelo é o “negro”, Reinaldo?

  • dirce

    -

    1/4/2013 às 11:30 am

    Engraçado pq estamos vivendo numa sociedade de valores invertidos.Hj se brigarmos com uma pessoa gay é preconceito, essa turma so pensa no direito que eles tem, mais pisar no dos outros nao tem problema. Se eles escolheram ser Gays, que vivam a vida respeitanto o proximo.Agora agente engolir tudo isso que eles fazem nao é justo. Força Feliciano! Deus é com vc e vai te exaltar diante dessa luta.

  • Ieda

    -

    29/3/2013 às 11:44 pm

    excelente analise. Não precisamos concordar para respeitar.
    Merece meu respeito e de todo o povo cristão e os que defendem a democracia.

  • Gerson

    -

    29/3/2013 às 9:25 pm

    Concordo com você em em gênero, número e grau. Estes ativistas gay são manobrados pelo Jean Willys e o PT. Este carinha de amarelo deveria ter sido expulso da sala para ser exemplo para os outros. Se outros quisessem interferir deveriam ser presos. E com relação ao Alvaro Monteiro parece mais um portuga que não sabe o que diz. Seja, brasileiro e defenda o Brasil Leigo ou Laico.

  • Cristina

    -

    29/3/2013 às 3:00 pm

    Parabéns ao Reinaldo Azevedo pelas sábias colocações. Se estes baderneiros acham que são os únicos que podem se manifestar, estão enganados. Os cristãos são povo ordeiro e sabem respeitar a opinião alheia. Mas se for preciso iremos a Brasília (uma multidão) reivindicar nossos direitos também, pois os cristãos sempre foram vítimas de preconceitos, principalmente na política. Por que o Feliciano não pode e o José Genoíno pode?

  • clair alves menezes

    -

    29/3/2013 às 1:44 pm

    esta perceguição ao deputado feliciano é ,mais uma armação dos corrupto tirando o foco do renan calheiros um barrulho uzando o proprio povo como cempre fizeram,VERGONHA NACIONAL UM COMDENADO ASSUMINDO CARGO DO GOVERNO,SERA QUE ELE ESTA EM COMDICIONAL? OU ESTERNO ?SIM PORQUE SE FOI COMDENADO TEM CADEIA A CUMPRIR MAS SAIU PARA ROUBAR MAIS ZONBANDO DO POVO. [ LAMENTAVEL ]BRASIL MOSTRA TUA CARA QUERO VER QUEM PAGA PRA GENTE VIVER ASIM.

  • paulo sena

    -

    29/3/2013 às 5:00 am

    sou seu fam Reinaldo azevedo pela forma que expoe seus pensamento e como ver a democracia

  • ederson

    -

    28/3/2013 às 11:30 pm

    esta afronta aberta ao DEPUTADO Marco não atinge somente a democracia brasileira,mas também atinge em cheio o alvo do deputado Jean e seus mercenários da baderna;que são os milhões de crentes evangélicos no brasil,que diferente desta minoria ativista(que em nome da igualdade e do direito tentam impor a sua vontade pela força e bagunça)são um povo sensato,equilibrado e pacificadores.Pois imaginem só; se o Deputado Marco for destituído em nome da democracia aos berros da intolerância ( ou burrice)ideológica de uma minoria ,abrirá caminho para uma grande maioria(diga se de passagem que são milhões)para invadirem Brasilia exigindo a destituição imediata dos seus desafetos políticos.Pois é que jean e outras marionetes politicas coloquem as barbas bigodes e cavanhaques de molho,POIS COLHERÃO OS FRUTOS (da intolerância)QUE ESTÃO SEMEANDO.Parabéns REINALDO PELA BRILHANTE E IMPARCIAL MATÉRIA.

  • Adair dos Santos Chicuta

    -

    28/3/2013 às 11:02 pm

    grato sou á Deus por existir um sabio homem que mesmo sem querer esta fazendo muito mais que muitos cristãos. defender e ser justo eis o que falta em muitos que se dizem católicos e evangélicos.

  • Gustavo

    -

    28/3/2013 às 5:26 pm

    Boa tarde,
    -
    -

    Parabéns, Sempre. “Reinaldo Azevedo”
    ..
    ..
    ..
    Eu consigo imaginar uma possível situação “futurista” Um monte de crente, cristão, protestante, evangélico e católicos radicais por atrito,
    criando grupos extremistas e atacando os contrários, de forma real com muita morte e sangue, acredito eu que o ativismo gay vai atirar no pé do seu filho adotado da origem de sua união homoafetiva.
    -
    -
    -
    -

  • Silvano Baptista

    -

    28/3/2013 às 3:48 pm

    O meu respeito e a minha admiração pela postura de um verdadeiro jornalista, coerente e imparcial.

  • karla

    -

    28/3/2013 às 1:31 pm

    já estava acompanhando o caso e achava exagerado a forma com q esses ativistas gays estao fazendo o manifesto deles, diante do texto q li vi q a situaçao é bem pior em vários sentidos, um grupo de maria barraqueira sem dialogo fazendo pressao por interesse de guerra religiosa, absurdo essa manipulaçao q os homossesuxais estao fazendo!!!

  • José Luiz

    -

    28/3/2013 às 1:17 pm

    Direitos??? Isso foi uma coisa que não existiu para o Pastor, tampouco os direitos das pessoas que se faziam presentes foram respeitados alí. Excelente artigo Reinaldo Azevedo. Eu sou militar. Tenho uma opinião diferente de como lidar com pessoas excessivamente exaltadas. O Estado, se quiser, tem força para torná-los, em menos de cinco (5) minutos, como cordeirinhos.

  • lucas

    -

    27/3/2013 às 8:57 pm

    bando de desocupados que ficam tentando levar as coisas na pressão isso não vai funcionar vcs não podem ter direitos diferentes do resto do mundo…. força feliciano

  • Anónimo

    -

    27/3/2013 às 10:24 am

    vamo lutar pelos nossos direitos com decencia,cambada de baderneiro!!!

  • Andreza

    -

    27/3/2013 às 10:22 am

    Parabéns ao autor, sua abordagem sobre o assunto foi clara, sensata, inteligente e detalhada. Ótima!!! ….

  • Fagner Sousa

    -

    27/3/2013 às 10:14 am

    Quem me dera toda a imprensa brasileira fosse sensata em suas reportagens, artigos e publicações como V.S. foi..

  • Analy Andrade

    -

    27/3/2013 às 9:16 am

    Até que enfim uma visão inteligente e coerente em meio a todo esse tumulto feito em cima desse assunto!

  • Munique

    -

    26/3/2013 às 5:54 pm

    Meu Deus eu acho q em meio as últimas notícias e publicações lidas, essa é sem dúvida a matéria mais inteligente, bem escrita, clara que eu já li nos últimos dias… Parabéns ao autor … Viva a democracia, e que o congresso se preocupe em dicutir pautas que sirvam para ajudar o povo brasileiro!

  • Jair Guilherme

    -

    26/3/2013 às 1:16 pm

    O que estamos presenciando é uma grande perseguição religiosa, por um grupo de intolerantes religiosos, liderados pelos deputados simpatizantes da causa Gay, o PSC não pode se acovardar diante da pressão dos crentofobicos que tentam ganhar no grito. Vergonha quando vemos o Governo apoiando estes cafajeste sanguessugas.

  • André Longo

    -

    25/3/2013 às 11:19 pm

    Nem todos se perderam neste país.Sr. Reinaldo Azevedo, V.Sa. foi fantástico, e aliviou-me da sensação de loucura que me consumia. Parabéns pela clareza, pois demonstra aqui, que o assunto mais importante a ser observado é a preservação de nossa democracia. Abaixo a minoria xiita deste país.

  • RUBENS TADEU MACHADO

    -

    25/3/2013 às 10:01 pm

    UM GRUPO DE PESSOAS QUE DEFENDEM O IMORAL A PROSTITUIÇÃO DO HOMEM ,COM TODO O RESPEITO QUE POSSAM MERECER ; NUNCA TERÃO O APOIO QUE QUEREM. DEUS FEZ MACHO E FEMEA NADA MAIS

  • Adelar

    -

    25/3/2013 às 9:51 pm

    Parabéns pelo excelente comentário, demonstraste que algumas pessoas não querem a democracia, mas sim a badernagem. Estes baderneiros ja estão indo longe demais, querem impor suas idéias no grito e na ignorância.

  • Walfrido Moura

    -

    25/3/2013 às 1:39 pm

    Muito bom seu comentário Reinaldo, gostaria que alguns de nossos políticos se manifestasse, saíssem de sua zona de conforto, com medo da imprensa se calam covardemente, respeito a democracia é o que falta ao PT.

  • calvet neto.

    -

    25/3/2013 às 12:50 pm

    Definitivamente devo admitir que, sua explicação democrática e sobre a propria democracia tão levantada como bandeira, tão estardalhadamente defendida, foi relevante e merece apreço. Mesmo que tenham tantas pessoas que preferem silenciar ou ignorar com sua ignorancia e truculência. O que de fato estão fazendo com o marco feliciano é algo que beira a incompreensão e tapa o sol da clara visibilidade da razão… Não posso concordar com aquilo que Pr Felciano se opõe ou crer…mas querer que ele venha, goela abaixo aceitar as minhas convicções, é rasgar a democracia ou torna-la às avessas…haja vista, o meu ponto de vista ser hostil, mas que esse ponto de vista causou algum dano???? feriu o regime democático de morte??? Claro que não…O linchamento…é moral…ou físico…Mas aí eu fico com o ensinamento do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, quer o Jean wyllys concorde comigo ou nao…rsrsr “aquele que não tiver pecado que atire a primeira pedra.

  • fernando camargo dos santos

    -

    25/3/2013 às 11:43 am

    parabéns !!! enfim uma imprensa sensata !

  • Lais Miranda

    -

    25/3/2013 às 10:05 am

    Parabéns!!! Matéria de extrema lucidez.

  • Luis Silva

    -

    25/3/2013 às 1:01 am

    este pequeno grupo não sabe o que é democracia, são um monte de demagogos, hipócritas, tentando assumir uma identidade mentirosa, homosexuais tentando assumir uma feminilidade que não tem, sevestem de mulher e até trocam de identidade estelionatários, pois se são homens e dão nome de mulher, é uma atitude ilegal, e vivem fazendo baixaria e tentando influenciar a maioria, onde se se vive uma situação Caótica de violencias e atentado ao pudor, manda esses moleques se ajuntarem cada um tirar 10% do salario todo mês e ajudar aos irmãos gays deles que estão sofrendo com doença veneras, aids sifilis, e se forem realmente homens de bem de caráter assumam uma postura digna de alguem que realmente quer o bem deste pais, deixe este homem trabalhar em paz, vamos primeiro ver as suas verdadeiras intenções, para ai sim poder julga-lo pelas suas atitudes.

  • ADEMIR GOMES

    -

    24/3/2013 às 5:29 pm

    Se toda essa balbúrdia tivesse a coerência do nobre reporter, talves não tivesse chegado nesse extremismo .parabéns pela reportagem.

  • Juliano

    -

    24/3/2013 às 5:00 pm

    Na base do berro, da intimidação e da violência, Parasitas Sugam milhoes do governo, dinheiro o qual poderiamos melhorar escolas e hospitais, gastam para terem privilegios proprios.

  • AURÉLIO JÚNIOR

    -

    24/3/2013 às 2:20 pm

    Excelente reportagem. Imparcial e comedida. Podemos poderar quando esse grupo do Deputado Jean Willys PSOL-RJ, é o mais reacionário. Assemelha-se um tanto com os xiitas. Parabéns Reinaldo Teixeira. Fico torcendo pela continuação do Deputado Marcos Feliciano à frente da Comissão.

  • OSWALDO

    -

    24/3/2013 às 2:09 pm

    PARABENIZO O JORNALISTA POR ESSA EXPLICAÇÃO DE DEMOCRACIA E PELA REPORTAGEM.

  • chael

    -

    24/3/2013 às 12:37 pm

    Parabéns o Sro. escreveu tudo com uma visão de brasileiro que entende do assunto. Não defendendo mas, mostrando que a democracia não é conseguida de qualquer jeito. Todos temos nossas opiniões defendemos ela até o fim.
    Marcos Feliciano não renuncie fique ai pois, ao amanhecer vc terá a vitoria…

  • Alessandro

    -

    24/3/2013 às 12:22 pm

    Parabenizo o Jornalista Reinaldo Azevedo pela matéria. Isso nos mostra mais uma vez que é muito difícil viver em um país onde os direitos das maiorias são sempre desrespeitados descaradamente por grupos que buscam seus próprios interesses sem se preocupar com a “ordem e progresso”. O Brasil saiu da trágica ditadura militar para cair em outras ditaduras igualmente prejudiciais aos direitos dos cidadãos.

  • FRANCISMAR

    -

    23/3/2013 às 11:39 pm

    É muito sério, não somente a questão do que anda acontecendo no CONGRESSO, é lamentável a situação em que o BRASIL se encontra;em quase todos os estados do país.Decadência moral.Autoridades envolvidas com corrupção e até com o crime organizado.Enquanto a mídia conduz tais assuntos ao humor e a comédia. O brasileiro na sua boa índole aceita sem reação.É preciso acender e aumentar o fogo da panela pra que ela esquente. Ou lenha na fogueira…

  • SWAI

    -

    23/3/2013 às 11:14 pm

    Parabéns, Reinaldo, por ser praticamente o único jornalista desse país a ter a coragem de dizer a verdade sobre o que acontece aqui em Brasília! Queria dizer que, para manifestar nossa indignação em relação a esse rapaz, estamos montando um bloco carnavalesco: Buliçosos de Amarelo! Quem quiser junte-se a nós!!!

  • luis duarte

    -

    23/3/2013 às 8:39 pm

    Deputado Marco Feliciano em nome da familia e da democracia não renuncie!!!!!!!!

  • luis duarte

    -

    23/3/2013 às 8:34 pm

    em nome da Democracia e da familia espero que o Dep Marco Feliciano não renuncie…..

  • Ping

    -

    23/3/2013 às 8:28 pm

    Sendo o voto secreto, os eleitores secretos não podem aparecer para defenderem seus candidatos, pois se aparecerem, aí deixam de ser secretos, sendo assim eleitor secreto é o mesmo que nada

  • Samuel Santos

    -

    23/3/2013 às 8:13 pm

    Parabéns.
    Fico satisfeito em ler um artigo imparcial e que traz, ao leitores, importantes informações.
    Quero apenas deixar minha indignação contra uma minoria autoritária que, na base da falta de respeito e anarquia querem enfiar de goela abaixo, o que eles “acham” o que é certo.

  • cosme

    -

    23/3/2013 às 7:14 pm

    Meu caro Reinaldo, eu comparo o Congresso a uma montanha
    de … eu indago! o que pode fazer a oposição, num cenário, onde
    as forças que dominam este triste Pais são os guardiões
    dessas …
    um abraço

  • marcos pereira

    -

    23/3/2013 às 6:43 pm

    Caso o Deputado Marco Feliciano renuncie – creio e torço para que não o faça – SIGNIFICA, que as manifestações de minorias não representativas ou anárquicas é que está dando as cartas em nossa democracia.
    Absurda a atitude de um presidente da câmara – com quantos votos será que o seo Henrique foi eleito???- tomar partido dos anarquistas. Não é ele que preside a câmara dos representantes formais do Legislativo Federal? Que negócio é esse de ficar apoiando baderneiros? Tiririca com seu milhão de votos tem muito mais dignidade que a maioria desses picaretas que foram eleitos com alguns míseros votos.
    Como o tal de jean uilis pode ser deputados federal com apenas 11000 votos? Ou forçamos a reforma política, respeitando a máxima:1 CIDADÃO 1 VOTO, ou nossa democracia vai inexoravelmente para o buraco. Que absurdo!!
    DEPUTADO MARCOS FELICIANO, NÃO RENUNCIE. NÃO SE DEIXE INTIMIDAR POR ESSA CATERVA DESPRESÍVEL E INÚTIL.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados