Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Moro bane cúpula da Odebrecht dos negócios e sugere acordo de leniência

Se decisão do juiz for confirmada nas demais instâncias, diretores condenados não terão como voltar ao comando das empresas, inclusive Marcelo Odebrecht

Por: Reinaldo Azevedo

Por Graciliano Rocha e Bruno Fávaro, na Folha:

Ao sentenciar a 19 anos e 4 meses de prisão o presidente afastado e herdeiro do quarto maior conglomerado privado do país, Marcelo Odebrecht, o juiz Sergio Moro traçou uma linha divisória entre os executivos condenados por um esquema de pagamento massivo de propinas na Petrobras e o grupo.

Ele frisou que foram pessoas, não as empresas do grupo, que receberam as penas por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa. A cautela de segregar os executivos condenados do grupo é uma resposta de Moro a críticos recorrentes, como a presidente Dilma Rousseff, de que a Lava Jato pode deixar como legado a devastação do setor de infraestrutura no país.

Colosso com faturamento de R$ 107 bilhões em 2014, Odebrecht toca seis das dez maiores obras do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e empregava diretamente 181 mil funcionários em 2013 (último dado disponível).

Além da sentença de prisão, o juiz Moro usou um artigo da lei antilavagem de dinheiro para banir Marcelo Odebrecht e outros quatro antigos integrantes da cúpula do grupo do mundo dos negócios.

Além de Marcelo, Alexandrino Alencar, Cesar Rocha, Márcio Faria e Rogério Araújo foram condenados a não voltar a exercer cargos de gerência ou direção ou integrar o conselho da Odebrecht pelo dobro do tempo da pena de prisão.

No final da sentença, Moro recomendou que o grupo feche um acordo de leniência –uma espécie de delação premiada para as empresas– como “primeiro passo para superar o esquema criminoso e recuperar sua reputação”.
(…)

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. J.Gildo

    Queria ver se esses executivos seriam tão prosperos se não se valessem de meter a mão nos cofres do governo (se bem que foi com o total consentimento do Molusco e Anta), ser considerado otimo executivo mas com a mão dentro da cumbuca, até o Lulinha faria da Odebrecht um Imperio.
    A Grande verdade é que com esses executivos sem vergonhas na cadeia, o MOLUSCÃO vai perder os rendimentos e o pavor dele é ter que um dia Trabalhar para ganhar o suado dinheirinho.

  2. angelo

    Senhores, Boa tarde.- Sérgio Moro e sua equipe estão fazendo uma operação Cirúrgica na Odebrecht. Muito bem feita,
    afastando pessoas desqualificadas e criminosas que agiam a seu bel prazer. – Moro e sua equipe estão apenas
    salvando a Empresa Odebrecht ,superando o esquema criminoso e recuperando sua reputação,para isso, RECOMENDA até
    que o grupo feche um acordo de leniência.- Quanto a DILMA ,essa figura INCOMPETENTE e Criminosa, JUNTO COM A MAIOR
    QUADRILHA DESTE PAÍS , deixará sim como legado de seu DESGOVERNO,a Maior DEVASTAÇÃO MORAL, na Política/Jurídica/
    nas CONTAS PÚBLICAS ,ECONOMIA, SAÚDE, SEGURANÇA e em toda INFRAESTRUTURA desta Nação, que ainda Não chega
    a ser um País,devido ao grande número de apátridas em seu seio.

  3. cJ

    Na hora que houver confirmação de condenação em 2a instância dos executivos a Odebrecht vai fazer o que? Parece que grandes criminalistas ainda garantem o sucesso da empreitada criminosa já comprovada.

  4. lula, o LADRÃO do Brasil

    O almofadinha da odebrecht DEVE APODRECER na cadeia por acobertar um BANDO de LADRÕES chefiada pelo amigo do seu pai, lula.

  5. Ricardo

    Parabéns ao Dr. Moro , fazendo a lei e aplicando da forma como todos deveriam fazer.

  6. Kalil Boanova

    Santo Moro, esse é o homem do Brasil,Marcos Aurélio morrendo de ciúme,mostre trabalho em prol do Pais Ministro que assim ,você aparece.

  7. Cirval

    Qualquer ser humano pode errar e o Juiz Moro não poderia ser diferente, mas sabe o que está fazendo. Ele tem toda razão, pois a empresa deve sobreviver, malgrado sem a participação dos condenados. É claro que isso ocorre só no formal porque no informal o condenado continuará mandando, embora não no papel.

  8. kátia

    ao meu ver, a lava-jato está cuidando da infra-estrutura básica do país, está saneando os canos, é de lula, dilma e quadrilha, e não da polícia, a responsabilidade por todos estes crimes, por todos estes escândalos. dia 13, fora pt.

  9. Newton

    Na minha opinião a perfeição da Justiça se dá quando além dela ser feita o resultado também é salomônico. Isso é “Jurisprudência”.

  10. SEPARAR O JOIO DO TRIGO? SERÁ?

    SERÁ POSSÍVEL?
    NÃO ESTÁ TUDO
    CONTAMINADO?
    COM O PT/PMDB
    AINDA NO GOVERNO,
    ACREDITO QUE NESTE
    EXATO MOMENTO A
    CORRUPÇÃO
    CONTINUA
    A PLENO VAPOR!
    COMO SEMPRE!

  11. Gelson

    Este sim é o caminho para sair da crise.

  12. luiz

    Parabéns ao Dr. Moro ,a unica resposta é a lei !

  13. Evandro César

    Caro Reinaldo, em um outro artigo seu, eu chamei atenção para um fato deveras intrigante: a não-adesão à colaboração premiada pelo Marcelo Odebrecht. Descobre-se agora que, em apenas uma das ações penais nas quais figura como réu, ele é condenado à pena de 19 anos e 4 meses em regime fechado. Com as outras condenações – iminentes e inevitáveis, não se sabe qual será o total da pena. Isso torna mais denso esse mistério: por que ele, inteligente e bem assessorado como é, concluiu pela não conveniência da colaboração premiada, capaz de reduzir drasticamente suas penas? Num primeiro momento, poder-se-ia pensar no receio de vir a ser vítima de “queima de arquivo”, a exemplo de Celso Daniel. Mas não pode ser isso: ele é rico mais do que o suficiente para contratar o melhor time de proteção pessoal (por ex., ex-agentes do SAS britânico, ou das equipes de Kidon do Mossad israelense…). Essa providência desestimularia qualquer tentativa de silenciá-lo. Mais do que isso: tornaria possível a captura de um ou mais eventuais executores vivos – o que seria contraproducente para os mandantes! Portanto, não se trata de medo de ser assassinado. O QUE seria, então? A lógica torna lícito inferir que só existe uma resposta: ele praticou ilícitos penais muito mais graves do que aqueles que ensejaram as atuais ações criminais. Ilícitos ainda não descobertos pela força-tareja da Lava-Jato. Se for assim, essa é uma aposta de altíssimo risco: se (ou quando) esses ilícitos forem descobertos, poderá ser tarde demais. Até porque, a essa altura, a delação premiada poderá não mais convir ao MPF. Aguardemos os próximos capítulos. Grande abraço.

  14. CLAUDIUS

    Muitos se assustam quando um Magistrado aplica a norma para réus com vivência no Mundo dos negócios. A Lei foi elaborada para tanto. Até o Marco Aurélio Mero repetindo a arrumação PGR/STF/CGU/MJ vemos que apareceu a margarida do STF vituperando. Vai dormir ou tomar um vinho Ministro Marco Aurélio. Lúcio Sérgio Marco Aurélio de Melo Cantilina só uma basta para as Cantilinárias. Ainda há um Cícero em Berlim.
    .

  15. BRASIL DECENTE X BRASIL CONIVENTE

    Reinaldo,
    Li, não sei se ontem ou hoje, que um avião da Força Aérea Venezuelana fez um “pouso forçado” no aeroporto de Brasília. Hoje, olha o que a Polícia Rodoviária apreendeu em SP……. COINCIDÊNCIA ???? ESTAVA SAINDO OU ENTRANDO ????
    ////////////
    terça-feira, março 08, 2016
    MISTÉRIO: POLÍCIA RODOVIÁRIA APREENDE CERCA DE R$ 6 MILHÕES EM DINHEIRO VENEZUELANO NO INTERIOR DE SÃO PAULO
    http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2016/03/misterio-policia-rodoviaria-apreende.html

  16. Didi

    Fez o certo o Juiz Moro em separar o “joio do trigo”.
    O que me espanta e Sr.Marcelo se manter calado todo este tempo, o que guarda? Quais são seus segredos ? O que motiva um empresário de tal magnitude se manter par e passo com uma jararaca que todos sabem ser da pior índole ? Espero que estas sejam as cemas do proximo capitulo com este acordo de leniência.