Blogs e Colunistas

30/08/2010

às 19:54

Lula e Cabral transformam favela em atração turística; gringo, agora, vai pagar para subir o morro e ver as habilidades do nosso povo amestrado

Juro que não é sem certa vergonha, constrangimento mesmo, que escrevo o que vou escrever. Não que eu me sinta pessoalmente representado por essa gente, mas, legalmente, sou, fazer o quê? Trata-se do governo do meu país. Já conversamos aqui sobre o que significa a tal “polícia pacificadora” de Sérgio Cabral. Curiosamente, ela não prende bandido. Das três, uma: ou eles se convertem, ou só mudam de lugar, ou ficam onde sempre estiveram, mas vivendo de forma “pacificada” com a policia, entenderam? Nesse caso, a UPP — Unidade de Polícia Pacificadora — seria nada mais do que uma UPTD: Unidade de Polícia para o Traficante Decoroso. O trabalho é convencer a bandidagem a não ficar exibindo armas no morro, o que atrai a atenção da imprensa… Ou Cabral exibe os bandidos presos ou convertidos, ou não resta dúvida do que está em curso no Rio. Mas essa introdução é só para situar o tema. A minha pegada neste texto é outra.

Lula esteve hoje no morro Dona Marta. Para quê? Para, acreditem, lançar um programa chamado Rio Top Tour. O Ministério do Turismo adotou a Unidade de Polícia Pacificadora do local, e se promoverão excursões de turistas para conhecer uma “favela pacificada”. É um troço asqueroso!

Fico aqui a imaginar o que não estaria escrevendo a imprensa bem-pensante do Brasil se um programa como esse tivesse surgido na cachola de um tucano: “Olhe, tenho uma idéia genial! Por que a gente não ‘pacifica’ os traficantes do morro e depois exibe a exuberante miséria dos morros cariocas aos estrangeiros, demonstrando que, de fato, aquela gente é pobre, mas é, acima de tudo feliz?”

Imagino o que não escreveria Elio Gaspari — este “amigo do povo”, espécie, assim, de um Carlos Lacerda que descobriu tardiamente a literatura política de de Marat —, usuário daquela metáfora tão encantadora para descrever a luta de classes brasileira: “andar de cima e andar de baixo”. Nesse caso, seria legal porque, vejam só, a turma “de baixo”, mas que é o “andar de cima”, vai subir o morro para ver a “turma de cima”, que, não obstante, é o “andar de baixo”. Sempre achei que essa metáfora do Gaspari ainda acabaria se encontrando com a dialética. Aconteceu!!! Ele não deve escrever nada a respeito porque está ocupado em provar que o DEM não gosta do povo. Quem gosta é Lula.

Imaginem os discursos indignados no Congresso dos petistas: “Estão exibindo os pobres como se estivessem num circo”. E, com efeito, não falta muito para tanto. Os morros estão cheios de ONGs que já ensinam o povo a fazer o que o povo já sabe fazer: bater lata,  criar versos com rima e sem solução, “quebrar tudo” no funk, puxar um sambinha…  Na cabeça desses iluminados, muitos deles com grana que vem de fora, pobre tem de ser é artista. Agora, o palco será o próprio morro.  A pobreza passa a ser um ativo, não é? Assim como um pedinte expõe uma chaga na perna para pedir a esmola, os morros brasileiros terão de exibir a sua carência para despertar a curiosidade do turista.

Lula discursou, numa quadra esvaziada, para menos de 100 pessoas. E ameaçou:
“O que foi feito aqui pelo governo do Estado do Rio é um exemplo que está sendo seguido por outros Estados, e eu acho que é um exemplo que a gente vai conseguir implantar nos próximos anos em todo o território nacional”.
É isso aí: Lula, com efeito, pacificou os pobres. Transformou-os em atração turística. Em breve, os americanos, os europeus e mesmo os nativos com grana poderão subir o morro para ver essa curiosa espécie nativa, que brota naquelas encostas. Há anos critico certos “pensadores” brasileiros que vêem os miseráveis como uma variante antropológica. Há até quem defenda que eles têm direito, assim, à sua própria cultura…

Vocês sabem que este blog tem paixão também pela história — contra o esforço dos petistas de derreter o cérebro dos vivos. Um dos clássicos do samba-protesto, celebrizado primeiro na voz de Nara Leão, foi  “O Morro (Feio Não É Bonito). Era um dos hinos da esquerda descolada. A letra é esta, cheia de ironia:

Salve as belezas desse meu Brasil
Com seu passado e tradição
E salve o morro cheio de glória
Com as escolas que falam no samba
Da sua história

Feio, não é bonito
O morro existe
Mas pede pra se acabar
Canta, mas canta triste
Porque tristeza
E só o que se tem pra contar
Chora, mas chora rindo
Porque é valente
E nunca se deixa quebrar
Ah, ama, o morro ama
Um amor aflito, um amor bonito
Que pede outra história
Salve as belezas desse meu Brasil
Com seu passado e tradição
E salve o morro cheio de glória
Com as escolas que falam no samba
Da sua história

Feio, não é bonito
O morro existe
Mas pede pra se acabar
Canta, mas canta triste
Porque tristeza
E só o que se tem pra contar
Chora, mas chora rindo
Porque é valente
E nunca se deixa quebrar
Ah, ama, o morro ama
Um amor aflito, um amor bonito
Que pede outra história

No áudio abaixo, vocês podem ouvir a música a partir dos 59 segundos, na voz de Elis Regina. Sigo depois.

Voltei
É claro que se trata do retrato de um tempo em que as esquerdas viam o povo com paternalismo. Desse caso, fica evidente o olhar compadecido do “homem consciente”, que acredita que haverá a grande virada da história, quando, então, aquele “povo” vai se libertar etc. É claro que era um visão estúpida do processo social e político — e que teve um desfecho trágico. Mas havia ali, concedo, certa boa-fé essencial, ainda que aqueles crentes na “revolução” fossem vítima da má consciência esquerdista.

O feio, definitivamente, se transformou numa coisa “bonita”. A polícia de Cabral adestra o narcotraficante, ensinando-lhe regras de bom comportamento. E Lula adestra o povo do morro, transformando-o em atração turística. Quando os gringos se cansam do nosso sambinha ou do nosso funkinho, vão procurar os leões e as zebras da África do Sul, os pandas da China e os dragões de Comodo.

É o que certa vagabundagem intelectual no Brasil tem chamado de “nova era democrática”. A esquerda brasileira é uma impostura particular dentro de uma fraude geral.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

133 Comentários

  1. Felipe Junkes Corrêa

    -

    31/08/2010 às 17:00

    Vai trabalhar Lulla !!!

  2. Reinaldo Cozer

    -

    31/08/2010 às 16:54

    Prezado Reinaldo

    A proposta é absurda e surreal, se voce fosse discipulo de Kafka ou Ionesco seria um prato cheio, mas o seu texto segue uma mesma linhagem com o eterno compromisso da verdade. Ah! escutar sambas cantados por Elis e Jair Rodrigues é pra la de bom, mas ver no dia 03 de Outubro o novo CD “Dois na fossa ” com Dilma e Lulla não tem preço.
    Abraços

  3. Weimar

    -

    31/08/2010 às 13:46

    “EU ACHO…”

    Lula acha, Dilma acha, eles acham. Sempre. Nós não achamos nada. Diacho! É muito achado dessa gente.

    Lula gosta de ximbira e é da terra do xaxado, e isto poderia explicar, ou só rimar. Mas, enxerido, pergunto eu: “Por que a Dilma também acha tanto?” É muita xeba e xenhenhém achando tanto, mas o fiofó, no final das contas, acho eu, é do povo.

    Weimar

  4. Gustavo

    -

    31/08/2010 às 13:33

    Tio Rei!
    Só falta o Min. do Turismo abrir um pacote turístico para Europeus, Americanos e Asiáticos de temporada à caça nos morros espalhados pelo eixo Rio-São Paulo como se fosse uma caça aos Leões da Africa do Sul – Chamada “Está aberta à caça de Índios Brasileiros: pobres miseráveis, pessoas sem oportunidades na vida que não faz diferença no desenvolvimento da economia nacional”. Deus tenha piedade de todos os cidadãos brasileiros (todas as raças, credos e cor) ACORDA BRASIL!!!

  5. jo

    -

    31/08/2010 às 12:55

    Tá ai um gancho bom pra detornar o meliante: “Lulla acha que pobre é atração de circo pra gringo”!! Pô, pelo jeito não sobrou dignidade alguma pro brasileiro! Mais uma “obra” do desgoverno Lulla: depois da bolsa esmola, bolsa verbinha publicitária estatal, bolsa BLOG-Nassif-Botinhas cor-de-rosa, Bolsa “erois-da-lutcha”, Lulla lança a “bolsa favela-circo amestrado” para gringos!! Isso sim é “pograma soççiau”!!!

  6. leo

    -

    31/08/2010 às 12:02

    Da dupla Ignácio e Cabral:

    Este é o samba de uma nota só
    te preto e pobre não tenho dó
    burguês aqui não tem nenhum
    a nota do nosso samba é “pum”

    Este é o samba de uma nota só
    no povo em geral a gente dá um nó
    vai ficar mais feio do que feio está
    pobre não adestrado a gente chega e “pá”

    Esta é a dupla Ignácio e Cabral
    mandando pro Brasil um salve geral
    co’a Dilma em quatro notas cês vão sambá
    quem este samba não dança, vai “ra-ta-ta-tá”.

    (desculpe, foi o melhor que consegui hoje)

  7. Ricardo Alexandre da Silva

    -

    31/08/2010 às 11:21

    Reinaldo:

    Bom dia!

    A iniciativa é absurda, não há dúvida. Pobre do país no qual floresce uma ideia assim.

    Não entendi, contudo, a referência irônica a Elio Gaspari como um “Carlos Lacerda que descobriu tardiamente a literatura política de Marat”.

    A ironia, parece-me, pressupõe certa reserva ao grande líder udenista. Elio Gaspari seria um demagogo, tal qual Lacerda, mas que, à diferença deste, teria lido Marat e se transformado em “amigo do povo”, oposto, portanto, ao “inimigo do povo” demonizado pelas esquerdas.

    Se for isso, então me parece que Lacerda foi injustiçado. Se não for, apenas me enganei.

    Saudações,

    Ricardo.

  8. Jmendes

    -

    31/08/2010 às 10:45

    Gringo já visita favela, aqui no Rio, de forma organizada, faz pelo menos uns 8 anos. Provavelmente mais.

  9. Jmendes

    -

    31/08/2010 às 10:43

    Eu voto no Cabral. E digo mais, este negócio de turismo em favela sempre existiu, inclusive na Rocinha, que é dominada por traficantes. O gringo gosta de fazer favela-tur. Se o gringo quer, então tá. Cabral é o melhor governador que o Rio teve, desde que o Brizola iniciou a destruição do estado.

  10. Antonio Ahmed Jamal

    -

    31/08/2010 às 10:42

    Uma coisa é querermos sempre o melhor para o nosso povo. Outra, totalmente diferente, é querermos moldá-los ao que entendemos como “bom” para eles. Favela é cultura, já se incorporou às nossas características. Para mais, leia os livros “Carnavais, Malandros e Heróis”, de Roberto da RMatta, e “O Povo Brasileiro” de Darcy Ribeiro. Dois profundos conhecedores da alma brasileira.

  11. O.Geid

    -

    31/08/2010 às 10:28

    É. E certas espécies brasileiras ficariam melhor se expostas em jaulas…
    Se poderia dizer: “nunca antes neste planetinha se exibiu um molusco marítimo enjaulado…”

  12. Antonio Ahmed Jamal

    -

    31/08/2010 às 10:25

    Sobre as UPP’s, o papel da polícia não é apenas repressivo como muitos imaginam. Mas também persuasivo e dissuasivo, na medida em que se coloca uma unidade militar em uma favela, obviamente que a criminalidade cairá vertiginosamente, como de fato vem caindo. Esse projeto não é de hoje, não é do Cabral, vem da época quando Luis Eduardo Soares foi sub-secretário de segurança, do qual também participei como aluno de políticas públicas na área de segurança.

  13. Assad

    -

    31/08/2010 às 10:23

    Reinaldo, Vc Supera Sempre!!!

  14. P Mike Paulista

    -

    31/08/2010 às 10:20

    Brasileiros,
    O jeito lula pt de governar,
    ao invés de tirar os Brasileiros da favela, dar-lhes condições mais Dignas, que é o Mínimo que teria de fazer, ainda quer a Polícia lá,
    Políciais aguardem o que os espera,
    qto descabimeneto!!!

  15. Antonio Ahmed Jamal

    -

    31/08/2010 às 10:13

    Há mais de uma década, o turismo por favelas cariocas já vem sendo praticado. Foi um filão de mercado surgido espontaneamente, devido a curiosidade natural dos estrangeiros que desembarcam na cidade. Pessoalmente, eu repudio desordem, principalmente a urbana, pois minha natureza é citatina. Mas se eu fosse um turista alemão, por exemplo, acostumado com limpeza, ordem e organização, obviamente que iria querer conhecer o exótico e o diferente. Se o Lula fundou essa tal empresa turística, foi apenas um meio de tentar capitalizar politicamente. Na favela da Rocinha, lugar onde nunca fui, sabe-se que lá vai do forró ao samba de raiz, do Soul ao Funk. E turista gosta disso. E os moradores ainda saem lucrando com a visita.

  16. Ana Maria Maria

    -

    31/08/2010 às 9:41

    Quem precisa ser “amestrado” é o Lula urgente!!! Os gringos agora vão pagar para entrar no morro. Arre que barbaridade!Será que é para o caixa do PT?Povo do Morro do Rio de Janeiro, vocês não são animais para ser visitados,como num zoológico, não aceitem isso, eles tem que lhes dar segurança e prender bandidos. A nossa constituição nos dar o direito de ir e vir, e liberdade de expressão, que é isso que esse bando quer tirar de vocês.Deus se és brasileiro, sente e chore!!!

  17. Renata

    -

    31/08/2010 às 8:53

    Já adestraram os índios para serem atração turística pra gringo ver. Agora adestram os pobres…

  18. DROGA, MANIA NACIONAL

    -

    31/08/2010 às 8:19

    Perfeito! Esta sua dissertação é mais uma excelente fonte de pesquisa para quem deseja conhecer o perfil canalha de mentes doentias como as de Elio Gaspari, Sérgio Cabral e do campeão dos campeões do embuste e da ignorância Lullalau. É mais uma das suas irrebatíveis argumentações que ficarão bem arquivadas no meu computador e na minha memória. Irei mostrá-las aos meus descendentes. O brasileiro que desconhece a sua história está definitivamente condenado a repetir as aberrações do passado.

  19. Anónimo

    -

    31/08/2010 às 7:30

    É aqule avelha história: se vc não consegue resolver o problema, transforme-o em algo bom e engane o povão.

  20. Anti comuna

    -

    31/08/2010 às 7:12

    É por isso que a miséria no Brasil nunca vai acabar. Os poplíticos demagogos e safados tentam transformar favela em coisa boa, assim como uma bela atração turística. E nosso povo, que adora se sentir bajulado, acha lindo, como se favela tivesse alguma beleza, perpetuando sua existência. O povo favelado deveria repudiar essa atitude do governo, pois que mora ali, vai acabar virando macaco de circo pra turista ver. Bando de tontos.

  21. Marcus Meyer

    -

    31/08/2010 às 6:46

    Tudo muito lógico. Lula está tentando o primeiro passo para legalizar o tráfico de dorgas nos morros cariocas. Vocês não acharam que ele iria gastar uma dinheirama em estradas na Bolívia para melhorar o escoamento da produção de entorpecentes para depois perder toda a carga nas mãos da polícia, não é mesmo? É só vasculhar quem financia estes políticos e vocês irão achar dinheito do PCC, CV, FARC, Cartéis Bolivianos…

  22. cleide bragliollo

    -

    31/08/2010 às 4:50

    É isso aí Reinaldo.
    Com o modelo de política de segurança de Cabral exportado para todo o Brasil e com o “poste” Mercadante eleito em S.Paulo, também poderemos ter o nosso programa “SP ‘top-top’ Tur”, que organizará visitas de turistas ao território de Campo Limpo, Grajáu e extremos da Zona Leste.
    Não poderá ser tão ampliado quanto no Rio, já que aqui favelas e zonas de guerra existem em número bem mais reduzido, por culpa desse PSDB que não coopera…
    Mas o paulista não vai deixar isso acontecer por aqui.
    “Porque é valente
    E nunca se deixa quebrar “

  23. Recifense

    -

    31/08/2010 às 3:59

    A proposta é simples, cínica e cruel: O governo faz acordo em que os traficantes trabalham em silencio e sem incomodar a cidade, e em troca o governo garante o acesso dos clientes (turistas) aos fornecedores sem qualquer impecilho. Estará sendo iniciado o turismo do pó!

  24. ricardo

    -

    31/08/2010 às 3:40

    assombroso! repudio essa ideia desde a época em que transformaram favelas em “comunidades”…e acredite, muita gente passou a ter orgulho de morar nos morros a partir dai, mesmo nada tendo mudado a não ser o termo para designar um dos maiores absurdos desse país…

  25. Jeremias-no-deserto

    -

    31/08/2010 às 2:36

    Concordo com seu leitor La Résistance, embora não seja fácil admitir o tom derrotista que se abate sobre nós todos que ainda temos um mínimo de dignidade e consciência política.Conheço pessoas que viveram em situação insuportàvelmente pior que a do Brasil atualmente, mas que tiveram a coragem inaudita de reagirem à dominação da besta fera e conseguiram a vitória final. Vivemos sob a égide da pluralidade democrática e seus princípios, os quais nos obrigam a aceitar que uma maioria despolitizada, semi analfabeta, desinteressada dos bastidores da política acabe justamente sendo a indutora das mundanças e o verdadeiro centro da decisão do poder em nosso país.Bastou um breve período de bonaça econômica e algumas benesses recebidas, para que esse povão mergulhasse a nós todos, que já havíamos conquistado a duras penas um pequeníssima parcela do bem estar social em uma nova aventura que se avizinha como trágica para toda a população.

  26. jefferson

    -

    31/08/2010 às 2:20

    Sempre achei isso uma safadeza desse povo de ong, por que não sobem o morro para dar aulas de reforço de matemática, português, física e química? isso sim seria útil para a população carente que não tem bons professores pois estão ocupados demais fazendo greves.

  27. Elah

    -

    31/08/2010 às 2:01

    Que vergonha, meu Brasil! Não bastasse todos os temores e sofrimentos de quem é obrigado a viver miseravelmente em uma favela, e agora, ainda querem transformar aquelas pessoas em atração circense! É lamentável e indigno!
    Quanto ao Lula, está fazendo o papel do bêbado chato que não vai embora mesmo depois que a festa acabou…um mala-sem-alça!

  28. Marcjaguar

    -

    31/08/2010 às 1:50

    Mestre

    Depois ainda querem que fiquemos indignados quando o Marombeiro Sessentão “Rambo Stallone” diz que aqui no Brasil ele vem, explode coisas, dá tiro p/ todos os lados e no final ainda agradecem a ele e lhe dão um macaco…

    Diga lá se o sujeito tem ou não razão? O Mulla e o Cabralóide só estão pegando carona nesse estereótipo muito bem definido pelo Rocky, o Lutador…

    Abraços, Reinaldo!

  29. Twittesoteric

    -

    31/08/2010 às 1:44

    Os vídeos do @votoserio acabaram de sair do forno : http://www.youtube.com/votoserio

  30. raissapedra

    -

    31/08/2010 às 0:59

    É com tristeza que manifesto meu pensamento,não pelo seu texto que traduziu uma triste realidade não só do Rio mas de todo o Brasil A EXPLORAÇÃO DA POBRESA PELOS POLÍTICOS.
    Lula,Dilma,Cabral,Eduardo Paes quando sobem o morro é para
    fazer política e com tudo já acordado entre os promotores da visita e os representantes das Comunidades,grande parte
    deles cabos eleitorais.É revoltante essa iniciativa de expor a miséria das pessoas para turistas,pois pensa ele que as pessoas moram do morro por opção,para terem uma linda vista?Que todos os moradores são traficantes e bandidos? Mostra não ter o menor conhecimento da realidade
    dos morros cariocas para propor um absurdo desses.O morro
    cantado pelos poetas,sambistas romantícos é uma coisa e o morro do dia-a-dia outra muito doida.Querem fazer com os
    morros cariocas o que fazem com a falta de água nordeste, criando instituições de combate as secas,que nada mais são
    do que fonte de rendas para os coronéis?
    ÍNDIO DA COSTA ESTA É PARA VOCÊ,BATE COM GOSTO!!!

  31. Pensador

    -

    31/08/2010 às 0:46

    Reinaldo, você acertou o alvo – UPTD!!! É sabido que nas favelas com UPTD o “arrego” permanece. No Morro Dona Marta, por exemplo, é de R$ 20 mil por semana.
    Realmente não se vê mais traficantes armados(acordo deles com o governo Cabral), mas o comércio de drogas continua. Por que a imprensa não faz reportagem investigativa para comprovar isso? Qualquer morador, sob o anonimato, comprovará tal situação. Lembre-se dos R$60 mil no caso recente de São Conrado.

  32. Renato Villar

    -

    31/08/2010 às 0:34

    Olha a farsa das UPP’s sendo desmantelada Reinaldo.
    Dá só uma olahda na manchete do jornal o dia de 6ª feira passada.
    Bandidos roubam carros e aterrorizam moradores em acesso ao Dona Marta
    A REPORTAGEM NA ÍNTEGRA SEGUE ABAIXO:
    http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2010/8/bandidos_roubam_carros_e_aterrorizam_moradores_em_acesso_ao_dona_marta_106276.html

  33. Ney

    -

    31/08/2010 às 0:30

    Não me parece longe o dia em que irão instalar um pavilhão de tiro-ao-alvo nas favelas para treinarem a pontaria dos marginais e evitarem, assim, as tais balas perdidas.
    As soluções nesse governo são sempre as mais estapafúrdias.

  34. Cris Caça Petralhas

    -

    31/08/2010 às 0:26

    Em fila:

    silvinha
    -

    30/08/2010 às 20:44

    augusto
    -

    30/08/2010 às 20:47

    #

    montenegro
    -

    30/08/2010 às 20:49

    MODERADOR AGRADECE E COMENTA:
    Cris, e você acredita que as três baratas saíram do mesmo buraco! Era um ninho!

  35. Cris Caça Petralhas

    -

    31/08/2010 às 0:09

    Um petralha cheio de graça!

    Le Corbeau
    -

    30/08/2010 às 22:32

  36. Luiz Eduardo

    -

    30/08/2010 às 23:44

    Tudo faz muito sentido. É mais fácil deixar o pobre onde está e botá-lo como totem turístico, assim como dá muito trabalho ensinar a escrever e interpretar direito. E vamos nos fechando em nossa mediocridade…

    Ah sim: o Rio Top Tour pretende levar os incautos pra conhecer os esquecidos subúrbios daqui do Rio ou eles não são pacificados o suficiente?

  37. LCMarques

    -

    30/08/2010 às 23:22

    Lembrei do filme Maverick, com Mel Gibson, onde ele se passa por um indio para ser caçado pelo Embaixador Russo, em troca de dinheiro. Atração surrealista.

  38. anonimo

    -

    30/08/2010 às 23:11

    A licitação da DataFalha, ops, da gráfica da Falha de São Paulo (exame do ENEM) foi suspensa novamente pela justiça, mas cabe recurso.

    Próxima pesquisa da candidata virá com quantos % a mais??

  39. joseph dias . neto

    -

    30/08/2010 às 23:09

    REINALDO, COM TODO RESPEITO QUE VOCE ME MERECE, ACHO QUE ESTÁ SEMEANDO EM SOLO ÁRIDO….

    MELHOR FARIA PARA O PAÍS, PARA A DEMOCRACIA À BEIRA DO ABISMO, SE EM VEZ DE FICAR APLACENTANDO A IRA DOS DESCONTENTES COM SEUS TEXTOS, BEM ESCRITOS POR SINAL, JUNTASSE OS JORNALISTAS, EMPRESÁRIOS, MEMBROS DAS ENTIDADES EMPRESARIAIS E CIVIS E RELIGIOSSAS PARA QUE ESSA VISÃO QUE TEM DO QUE É MELHOR PARA O PAÍS, COM A QUAL CONCORDO, POSSA TER RESSONÂNCIA, OBJETIVIDADE E CONSEQUENCIA, EM VEZ DE FICAR APENAS LIMITADO NESTE PEQUENO ESPAÇO, LIDO POR POUCAS PESSOAS…..

    UM ABRAÇO..

  40. Fred

    -

    30/08/2010 às 23:00

    Esse pessoal do pt parece aqueles liliputianos, sem empáfia ou falsa modéstia, acham-se.
    Mas são apenas seres pequenininhos, em tudo que defendem.
    Uma caricatura do Brazil, hoje.

  41. Ziu

    -

    30/08/2010 às 22:58

    Reiandlo,
    Pobre de verdade é Lula e Cabral, dois indigentes morais e intelectuais que não se deram conta que o engodo não dura para sempre.
    No momento em que os hipossuficientes economicamente, mas ricos na percepção da malandragem, se derem conta do engodo a que foram submetidos por estas figuras, quero ver quem será o pobre nesta história.
    Vai faltar pedra, granito, cascalho… Corra Lula, corra Cabral, corra…

  42. Nelson

    -

    30/08/2010 às 22:57

    Tio Rei, artigo irretocável, exceto, na minha humilde opinião, pela parte referente a mudança de localidade dos bandidos. Isto me parece uma boa estratégia; a bandidagem atualemnte está se concentrando no Complexo do Alemão, Jacarezinho, Rocinha/ Vidigal, etc., e não há espaço para todos. Só entra quem tem seu próprio fuzil. Acho a experiência das UPPs positiva. Por ter parentes em comunidade, tenho de frequentar uma favela carioca quase que semanalmente. O desejo mais externado pelos moradores que conheço é exatamente esse: uma UPP. O Beltrame tem dito, e, como estratégia, tenho que concordar… quando entrar nessas megafavelas, é para entrar de uma vez só e ficar. A comunidade que frequento é pequena e impressiona a quantidade de armas, mas essas as milícias conseguiam tomar sozinhas sem o aparato do Estado. Nas maiores, é simplesmente aterrador. Enfim, SE REALMENTE FOREM NO FUTURO ENTRAR NESSAS FAVELAS GIGANTES, não acho uma estratégia ruim. Agora, se não forem, é tudo isso que você disse. PS: A polícia não entra no Complexo do Alemão tem mais de um ano, devido às obras do PAC… gente vivendo sob tirania das armas para o lula fazer obra e aparecer na tv… é uma pouca vergonha mesmo.

  43. Dirceu

    -

    30/08/2010 às 22:55

    Já fui petista!! Sim, é verdade!! Desde a fundação do partido !!! Antes fui do “partidão” . Bem , embora discorde em muitos pontos do Sr. Reinaldo Azevedo, devo reconhecer no que diz respeito à falta de ética, populismo desenfreado, oportunismo e obscurantismo em geral, do governo Lula, concordo em genero , número e grau com o nobre jornalista. Ao qual leio já há um bom tempo, mas nunca me atrevi a tecer quaisquer comentários, por pura preguiça . Confesso!! O tempo é implacável!!! Certo???!!! Corrói não só os neuroônios , mas também a disposição intelectual!! Mas, vamos lá , agora que comecei vamos um pouco mais adiante. Uma das coisas que me envergonham no atual discurso da “esquerda” brasileira e de um certo setor da imprensa é quanto ao famigerado ” bolsa família” . Bem , ao fazer a referência ao público atendido, falam em ” bolsÕes de pobreza” ou ” grotôes de pobreza” . Engraçado , na época da ditadura militar, esse tipo de ação assistencialista era fortemente combatida pela ” esquerda brasileira” . Havia algumas eminências pardas do regime , representantes do coronelismo no nordeste, cujas práticas não eram muito diferentes do ” bolsa famìlia” , como: Cesar Cals, adauto Bezerra e um outro que já não me recordo o nome. Esses coronèis , tinham uma prática assistencialista e eram execrados pela “esquerda brasileira” e por boa parte da imprensa do sul-sudeste. Ocorre, que à épocatodos referiam-se a tais práticas como formadores de “currais eleitorais” , bem diferentes dos “bolsões e grotões ” de hoje. Mudaram a “nomenclatura” , mas a prática é a mesma.

  44. Jean Paul

    -

    30/08/2010 às 22:47

    A Inez falou tudo, estão usando da “pobresa” pra se promoverem. Como disse o Le Corbeau, e o La Resistence, essa ralé tem é que tomar porrada pra aprender. Concordo também com o Ratoeira. Todos sabemos que a Folha de SP é um órgão infestado de petistas. Tenho “certesa” que até o Tavinho Frias vai votar na Dilma. Absurdo!

  45. Vera L.

    -

    30/08/2010 às 22:46

    Reinaldo,
    Sempre achei o fim da picada, transformar favela em ponto turístico. Olhe só a HIPOCRISIA, na Linha Vermelha ESTÃO ESCONDENDO A FAVELA da MARÉ. Lá quando o Gringo chega pelo Galeão, colocaram uns painéis ao logo da via que dificulta à visão da favela. Deram a desculpa de que é para diminuir o RUÍDO para os moradores. ESGOTO a CÉU ABERTO PODE TER A VONTADE, agora RUÍDO NÃO. Quando vi logo pensei, imagina qualquer governo que NÃO fosse a DUPLA- Eduardo Paes e Cabralzinho fazer um negócio daqueles, seria o fim do mundo, no entanto a “intelectualidade carioca” NÃO disse nada. Eu particularmente não achei ruim, acho que dá mesmo um aspecto melhor para o local. Eu NÃO ACHO BONITO MISÉRIA, preferia ver lá casas, moradias dignas, para as pessoas habitarem com saneamento, com iluminação, com tudo o que o poder público pudesse oferecer, aí não seria preciso “painéis” para ESCONDER O FEIO do lugar.

    E CONCORDO INTEIRAMENTE COM O ANTICOMUNISTA-RJ -21:36.
    Tudo o que ele disse é VERDADE. A Polícia descobriu que os traficantes que derrubaram o helicóptero foram CONDECORADOS pelos próprios BANDIDOS com PONTOS DE VENDA DROGAS!!! Descobriu mas ninguém foi PRESO!! Existe o Rio REAL e o RIO DE CABRAL E LULA. O pior de tudo que a farsa se alastra e agora tem uma NOVA versão para a UPP. Dia desses ouvi Sérgio Beserman falando com Lucia Hippolito na CBN (ele faz parte da “intelectualidade carioca” e é um “entusiasta” das UPPs) dizendo que o tráfico, VENDA DE DROGAS É OUTRA HITÓRIA, é ALGO MAIS COMPLEEEEEEXO, o que houve mesmo foi o TERRITÓRIO que foi TOMADO DOS BANDIDOS!!! Resumindo, ele CONFIRMA o que você diz, PACIFICARAM os BANDIDOS. Só que na visão dele o Rio de Cabral mesmo assim é uma MARAVIIIIILHA!!

  46. Ratoeira

    -

    30/08/2010 às 22:46

    Reinaldo, desculpe a insistência. Gostaria que você comentasse o que a Folha Online fez, AO DISTORCER UMA DECLARAÇÃO EM BENEFÍCIO DE DILMA! NUNCA SE DEVE DISTORCER NADA. Mas distorcer para AJUDAR É O CÚMULO DA SERVILIDADE! Uma pessoa que lê APENAS a manchete VAI PENSAR QUE DILMA DESCARTOU DIRCEU, MAS ISSO NÃO É VERDADE!!!

  47. Emily

    -

    30/08/2010 às 22:44

    Esta história de turista visitar favela é antiga. Não é de hoje que sinto vergonha ao ver uns jipes enormes cheios de gringos subindo a Marquês de São Vicente para visitar a Rocinha. “Feio, não é bonito / O morro existe / mas pede pra se acabar” há muito tempo… tanto tempo…

  48. wilson

    -

    30/08/2010 às 22:43

    Rei tem também do Zé Keti : Pode me prender pode me bater!
    Que daqui do morro eu não saio não….
    Favela,morro, RJ e patacoada é a Industria da Seca Morena.

  49. CEKA

    -

    30/08/2010 às 22:39

    Faz alguns anos li, numa coletânea de contos fantásticos de Alfred Hitchcock uma história igualzinha. Se passava num tempo, no futuro, onde todos os problemas sociais já haviam sido resolvidos e a vida se tornara monótona. Foi inventado, então, um meio de trazer mais “frisson” à vida daquelas pessoas tão bem aventuradas: uma máquina de viajar no tempo que levava as pessoas às épocas onde haviam acontecido grandes catástrofes,guerras, pestes, etc…Aquele grupo de pessoas pagava pela viagem, ia aos locais, mas não podiam interferir para ajudar, mesmo que soubessem ( como sabiam, já que tinham vindo do futuro)como evitar aquelas catástrofes.Eram apenas turistas frios e desinteressados, divertindo-se com a dor das pessoas presas num passado maldito…Nunca pensei que aquele conto, que li há quase trinta anos e achei fantástico, quase de terror, pudesse se transformar em realidade. Mas Deus é grande!

  50. Ratoeira

    -

    30/08/2010 às 22:35

    Parece que a Folha está dando uma “FORCINHA” PARA QUE OS ELEITORES DA DILMA NÃO MUDEM DE OPÇÃO! Ela NÃO DISSE QUE DIRCEU ESTÁ FORA DOS PLANOS, MAS A FOLHA COLOCA UMA MANCHETE COMO SE A DILMA TIVESSE DITO ISSO!

  51. Marc

    -

    30/08/2010 às 22:35

    Mariana, não se preocupe. Tenho uns amigos que trabalham no jornal e eles me disseram que no próximo fds vem bomba. Eles só não soltam agora, porque ainda esperam as notícias do último fds reverberar… Mas o assunto não morreu, parece que outros sigilos quebrados vão aparecer… mal posso esperar.

  52. Le Corbeau

    -

    30/08/2010 às 22:32

    REINALDOXXX!!!

  53. Inez

    -

    30/08/2010 às 22:31

    Isso me dá nojo primeiro porque é para tentar esconder a realidade por causa da Copa de 2014, segundo e principal motivo é o fato de usarem a pobresa para se promoverem.

  54. mariana

    -

    30/08/2010 às 22:25

    Do final da semana para cá não se falou muita coisa a respeito da quebra de sigilo dados da receita (Mauá). Acho estranho, nada resolvido e o assunto já é coisa do passado?

  55. La Résistance

    -

    30/08/2010 às 22:25

    No meu ambiente diário percebo um conformismo com a situação mesmo dos que têm consciência do estupro da democracia prestes a ocorrer. O Brasil talvez precise sofrer o mal das guerras e dos estados totalitários para então evoluir e chegar a ser o País do futuro. Somente países que tiveram e sofreram estes males tem em seu DNA a capacidade de rejeitar estes aventureiros de plantão. O brasileiro acha lindo continuar com o PT, quero ver estes empresários que financiam o PT experimentarem o estouro da bolha econômica e ter que contar com a total incapacidade da candidata se eleita. A bolha vai estourar e os cofres já estão vazios. Disso não tenham dúvida, o País vai precisar de gente muito competente para sairmos deste buraco que o Lula criou em 8 anos de roubo, corrupção e muita idiotice. A culpa é também dos empresários que financiam a maior quadrilha que o País já teve com ilustres e comprovados terroristas, ladrões, assassinos, ignorantes, racistas, seqüestradores, assaltantes, etc. Pergunto aos nobres financiadores desta ditadura do proletariado, como dormem a noite sabendo do que os aguarda se a DIlma continuar esta excrescência iniciada por Lula ?

  56. Ratoeira

    -

    30/08/2010 às 22:14

    Veja a palhaçada da Folha Online. Dilma NÃO NEGOU QUE DIRCEU PARTICIPARIA DE UM GOVERNO DELA. Apenas disse que ACHAVA “pouco provável”. MAS A FOLHA ONLINE COLOCA UMA MANCHETE GIGANTE DIZENDO QUE DILMA “NEGARIA” A PRESENÇA DE DIRCEU NO GOVERNO, O QUE É A MAIS VAGABUNDA DISTORÇÃO PORQUE ELA NÃO DISSE ISSO! Posteriormente, ela disse que “ele não tem participação porque” ela “não está discutindo o governo”. Ou seja, SE ESTIVESSEM DISCUTINDO O GOVERNO – COISA QUE ELES ESTÃO, MAS NÃO ADMITEM -, tal afirmação significa que DIRCEU ESTARIA NO PÁREO. CONFIRA:

    “30/08/2010 – 20h49
    Dilma nega participação de José Dirceu em eventual governo

    Publicidade

    ANA FLOR
    DE SÃO PAULO

    Atualizado às 21h26.

    A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, negou uma eventual participação do ex-ministro José Dirceu em seu governo.

    “Não acho muito provável”, afirmou a petista sobre o ex-ministro de Lula de quem herdou a Casa Civil e réu do mensalão.

    “Ele não tem participação porque eu não estou discutindo governo”, disse.

    Acompanhe a Folha Poder no Twitter
    Conheça nossa página no Facebook

    Ela também rebateu críticas de que tira proveito de obras nas favelas de Paraisópolis e Heliópolis, em São Paulo, enquanto o governo federal colocou valores “irrisórios” no local.

    Ela também atacou seu principal oponente, José Serra (PSDB), por esconder “sistematicamente” o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, de quem foi ministro, na sua campanha.

    Dilma reconheceu que os investimentos em saneamento e moradia ainda não são “suficientes”.

    “Se me perguntar: ‘é suficiente?’ Eu falarei para vocês: ‘está longe de ser suficiente’. Nós ainda temos um caminho longo para percorrer, [mas] eu lamento muito que exista este nível de distorção a respeito da obra de Paraisópolis e de Heliópolis”, afirmou a petista.

    Dilma disse que vai continuar investindo “pesadamente” em saneamento, mas evitou se comprometer com metas.

    “Não posso assumir [compromisso de uma meta pré-estabelecida na área de saneamento] em nome de todos os prefeitos, é um processo que ou é feito em parceria, ou não acontece.”

    Perguntada se estava ‘sentando na cadeira’ antes da hora –por causa dos boatos de que já estariam em negociação cargos em um eventual governo– a petista afirmou que aquele é uma “característica do PSDB”.

    “Quem literalmente sentou na cadeira antes da eleição foi o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que ele [Serra] esconde sistematicamente”, disse.

    Ela voltou a dizer que não fará ajuste fiscal “sob hipótese alguma” e criticou o endividamento do país durante a gestão tucana (1995-2002), apesar de privatizações.

    Segundo Dilma, o Brasil vive “o momento de uma nova era”, porque “a inflação está sob controle, nós temos 255 bilhões de dólares de reservas, nós temos uma queda da dívida líquida sobre PIB”. Disse ainda que “controlar gastos públicos” é “obrigação”. “[se não controlar os gastos públicos] é um governo que não merece esse nome”.

    Segundo Dilma, suas prioridades, caso eleita, será as reformas tributária e política.”

  57. Terêncio Desmatamento Zero

    -

    30/08/2010 às 22:05

    Caro Reinaldo,
    Que tal um dia, quem sabe, adotar a última frase deste artigo como epígrafe do blog?

  58. Artur Cohen

    -

    30/08/2010 às 22:01

    Reinaldo, eleicão só começa depois da parada, já dizia o ex-governador mineiro Hélio Garcia, referindo-se ao 7 de setembro. Aqui em Minas a virada já está acontecendo. O Datafolha de hoje mostra que Anastasia já pulou na frente na pesquisa espontânea: 17% a 14%. O Serra esteve hoje ao lado de Anastasia e Aécio no interior, fazendo campanha. Quem sabe o alto astral da campanha de Minas possa dar novo ânimo à campanha de Serra e levá-lo ao 2º turno? Tudo pode acontecer. Não é fácil, mas temos ainda um mês de campanha pela frente. Um abraço.

  59. De Honduras

    -

    30/08/2010 às 22:01

    Sr. Reinaldo, tenho raízes na cidade Maravilhosa, vi o chamado complexo do alemão (alemão, grota ou joaquim de queiroz, adeus, baiana, nova brasília, etc)nascer e crescer. Na época construíram um conjunto habitacional (av. Itararé), e transferiram moradores de outros bairros (favelas), resultado, mesmos problemas existentes nas “comunidades” de origem. A questão: condições sócio-econômicas e educacionais (também), pois não se muda um modelo padrão apenas mudando o endereço, é necessário promover a transformação desde a fonte, porém, isso consome muitos recursos e tempo. Qual a finalidade da atual proposta? Todos sabem. O que estão fazendo, alguns não escreveriam, é uma prosopopeia com os moradores nessa situação. Desculpe-me, mas, essa é a sensação que fica. Por que escrevo isso: visitem o RJ e vejam a construção do teleférico na região dos bairros de Ramos, Bonsucesso, e Olaria. Mesma região do complexo do alemão. Dirão que facilitará o transporte, mas, com a proposta atual, servirá para o turista, a partir da estação Bonsucesso, percorrer todo o complexo nos carros/bondes do sistema e tirar as fotos dos “nativos” (entendem). Agora a proposta faz sentido: “Simba Safari”. Deixo bem claro, não é o que desejo, mas, é uma situação difícil de aceitar, a maldade com a cidade e com moradores. O Rio de Janeiro e o Brasil não mereciam isso, mas, ainda há tempo para mudança. Vamos lá.

  60. Camada von Ozonio

    -

    30/08/2010 às 22:00

    SAMBINHA, CAIPIRINHA E JUROS….É SÓ ESQUENTAR A CHAPA , ATÉ PEDRA VIRA MACACO…PRONTO, TÁ TUDO AMESTRADO.

  61. G.A.T.

    -

    30/08/2010 às 22:00

    Essa idéia de UPP no morro mais parece um “laboratório piloto” a fim de estudar como a “rapaziada do pó” interage com a comunidade sem que haja grandes sobressaltos. Com a experiência adquirida, fica mais fácil a implementação de “empreendimentos em economia de escala” e portanto mais rentáveis, garantindo assim o financiamento da Revolução Bolivariana, que se não abrirmos os olhos, chegará até os nossos lares e filhos.

  62. Janine

    -

    30/08/2010 às 21:59

    A Rocinha nao tem UPP e os turistas fazem esse passeio ha muitos anos.
    Ate essa ideia o Presidente quer roubar …
    Delirio … so pode ser delirio essas coisas que temos que escutar!!!

  63. Anónimo

    -

    30/08/2010 às 21:54

    Vejam no Blog do Augusto Nunes(Veja) um vídeo do Yutube
    com o jornalista Jorge Kajuru no programa do Raul Gil.Ele não tira o chapeu para o Babalorixá e o público delira. Esse povo dos 4% não tem jeito mesmo, não é Kostcho?

  64. Eduardo

    -

    30/08/2010 às 21:54

    O Brasil continuará a ser um país subdesenvolvido, onde os pobres vão continuar no andar de baixo, devido a falta de oportunidades geradas por governos demagogos, fisiológicos e oportunistas, onde os próprios mandatários não possuem educação, ética e apreço pelos princípios democráticos de direito.

  65. Sergio S. Oliveira

    -

    30/08/2010 às 21:54

    Rei, conversando com amigos e vendo um vídeo de youtube neste fim de semana, que falava da facilidade de adulteração de votos nas urnas eletrônicas, gostaria de sugerir este assunto e ver qual a sua opinião sobre as eleições informatizadas no Brasil. Do jeito que é, você confia? Você não teme que, depois de tantos escândalos envolvendo receita e polícia federal, dossiês e secretárias, você confia plenamente neste pleito? Afinal, a gente não tem como saber se o nosso voto foi mesmo para o candidato que marcamos, não é? Não ficamos com um “comprovante”! Você confia, mesmo sabendo que quem está no poder é o PT e quer eleger a criatura eleitoral, o poste, a todo custo? Você confia? Como disse a Regina Duarte: tenho medo! Tenho medo de serem fraudados os votos da oposição. Será que “eles” teriam peito de fazer, de tentar ao menos? Será? Fica aqui esta sugestão.

  66. La Résistance

    -

    30/08/2010 às 21:48

    Esta eleição será o maior roubo anunciado da história das eleições. Todos os abusos possíveis foram praticados pelo Presidente e a campanha da Besta. Falta apenas o roubo dos votos na urna. Tenho absoluta certeza que isso irá ocorrer em grande volume pelo Brasil afora. O PT só se estabelece desta forma porque muitos brasileiros são tão corruptos quanto a ideologia fajuta destes mercenários. A falta de oposição é um dos grandes problemas, mas este foi criado pela corrupção endêmica que, arrombando os cofres públicos, permitiu a compra dos eleitos por nossos votos e o aparelhamento das instituições. Sei que tudo isso acima é óbvio para muitos, mas poucos percebem que é um método com propósito claro de exterminar com a democracia e impor a República Bolivariana do Brasil ou outro nome tão escroto como este. Vai ter muita gente reclamando e sentindo falta da ditadura militar. Eu não, pois sempre preferi a liberdade de expressão e o livre pensar. A similaridade da lógica dos petistas e a lavagem cerebral nítida dos militantes remonta o “duplo pensar” de George Orwell em sua obra prima: “..que faz com que a realidade sempre seja moldada de acordo com a teoria ou com as decisões programáticas do partido…” Fonte: http://educaterra.terra.com.br/voltaire/politica/bigbrother.htm

  67. Sergio S. Oliveira

    -

    30/08/2010 às 21:48

    É de uma mau gosto exorbitante. Pobre Rio de Janeiro, cidade maravilhosa reduzida a uma mixórdia sem fim. Mas os cariocas também têm o seu quê de culpa, por elegerem determinado tipo de políticos. Cidade tão linda, de encantos tamanhos, de um povo maravilhoso e hospitaleiro, merecia coisa melhor. Espero que os “Leandros” não se calem, saiam às ruas e tirem destes políticos, os mandatos que os reduzem a nada.

  68. ALVARO

    -

    30/08/2010 às 21:44

    TIO REI JÁ ESTÁ SABENDO QUE A GRÁFICA DO DATAFRAUDE ESTÁ FORA DA LICITAÇÃO DA PROVA DO ENEM POR DETERMINAÇÃO DA JUSTIÇA

    http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2010/08/trf-suspende-liminar-que-mantinha-grafica-plural-na-licitacao-do-enem.html

  69. Marcos F

    -

    30/08/2010 às 21:41

    Preço: 1 Cabral.
    Direitos: Assalto fake, 2 fotos com traficante, 1 foto com bunda de mulata, beijo em criancinha, benzeção, raminho de alecrim na orelha.

  70. Renato

    -

    30/08/2010 às 21:40

    Rei,

    Também não gostei dessa iniciativa de fazer turismo na merda.

    Não vejo nela a solução para o que considero a maior denúncia a céu aberto, as favelas do Rio.

  71. Jorge Eustáquio

    -

    30/08/2010 às 21:37

    Rei,
    A ilustre que se ocupará da acabeças das bonecas, está usando uma pulseira com uma medalha de “olho grego” (e eu sei lá que mandinga é essa)para – segundo seus ilustres personnals stylist sobrenaturalys – evitar inveja. Já vimos essas coisas ali pelos lados da Casa da Dinda. Isso não vai acabar bem!

  72. Camada von Ozonio

    -

    30/08/2010 às 21:37

    DA FAVELA AO HIGH , A BAIXARIA É A MESMA…PRONTO…
    NIVELAMOS SOCIALMENTE AS ANGÚSTIAS E EUFORIAS.
    AH, ESQUECI, TEM UNS CARA AQUI DOWNTOWN QUE TRAFICAM DINHEIRO, ALGUEM PRECISA PACIFICAR ESSES CARAS…….

  73. Tião Barbaridade de Erechim

    -

    30/08/2010 às 21:37

    TCHÊ, REINALDO!
    CARIOCA TEM FAMA DE SER “MALANDRO”. MAS O MOLÚSCO E O CABRAL TÃO DANDO DE 10 A ZERO NA CARIOCADA. AQUI NO RIO GRANDE O MOLUSCO NUNCA GANHOU ELEIÇÃO. SIRVAM NOSSAS FAÇANHAS DE MODELO. QUE EXEMPLO O RIO TÁ MOSTRANDO PARA O MUNDO?… O TURISTA ESTRANGEIRO, CADA VEZ MAIS, DESVIA O RIO DE JANEIRO. ESPERO QUE OS VERDADEIROS CARIOCAS DÊEM UM BASTA NESSA “MALADRANGEM” MOLUSCA/CABRALESCA.
    TCHÊ!… QUE BARBARIDADE!

  74. ANTICOMUNAS RJ

    -

    30/08/2010 às 21:36

    Ao Walter Decker, das 20:52.Que papo de politiqueiro esquerdista!o senhor mora na Suíça? cadê os bandidos presos nas favelas, agora pacificadas? estão todos Zonas Norte, Oeste, Baixada e no Complexo do Alemão e da Penha.Não sei onde o senhor reside? mas é provável que, não more no Rio ou nem ande pela cidade à noite e de madrugada, pela cidade maravilhosa.Uma Sugestão: já que o Rio está uma maravilha na área segurança pública com o Cabral e o D.Lula. Ande de carro na madrugada na linha amarela, na altura da favela da maré, na Av. Brasil, na Suburbana, na altura do jacarezinho.Talvez, abra seu horizonte bem “estreito” e demagógico.O senhor ainda lembra do helicóptero abatido(parecia, tiro ao pato)este ano no Engenho Novo pelos bandidos, os “bondes” dos vagabundos que nos finais de semanas atravessam a cidade com armas de grosso calibre.Está muito esquecidinho.

  75. A LÍNGUA! - DENUNCIA

    -

    30/08/2010 às 21:33

    ESTE É O PAÍS DO CULTO À POBREZA PORQUE A POBREZA E A PORQUICE SE MESCLAM, E AMBAS SÃO FRUTOS DA PREGUIÇA. OS COMUNISTAS FAZEM O POVO ACREDITAR QUE A POBREZA É BOA PARA ESCONDER A PREGUIÇA DESSES NARCO-POLÍTICOS DE TRABALHAR. ASSIM QUE O POVO SE CONFORMA COM A POBREZA, O POVO NÃO MANDA ESSES VAGABUNDOS TRABALHAR.

  76. Luigi Agnoli

    -

    30/08/2010 às 21:32

    Essas UPPs consistem no seguinte:
    Acordo com os traficantes para traficarem à vontade, sem confrontos, sem alarde.
    E o Lula agora quer mudar o nome das favelas para bairros. É como tudo nesse (des) governo, mudam se as moscas, mas a merda continua a mesma.

  77. Fatima

    -

    30/08/2010 às 21:30

    Nuncaantiznahistoriadestepaiz o morro foi tao SUBJUGADO pelo PODER que tomou o PODER da Republica, com o narcotrafico e o terrorismo AMEACANDO o MORADOR do BAIRRO, onde se EXIGE permissao para ENTRAR…que saudade do tempo em que se vislumbrava a LIBERDADE do morro, HOJE lula considera como UMA FONTE DE RENDA TURISTICA, embora SEJA: um EXEMPLO de DISCRIMINACAO ECONOMICA e de EXPLORACAO SOCIAL, que ENVERGONHAM a NACAO BRASILEIRA.

  78. fontana

    -

    30/08/2010 às 21:27

    Falta uma coisa: As placas de sinalzação alertando aos gringos que é proibido dar frutas e doces para o “pessoal” do morro.Parece a história do pau de vento: “chamar de pau de vento vá lá , agora pedir para encher o pneu da bicicleta aí é abuso”.Mentir vá lá, agora expor uma comunidade como expõe animais em zoológico, aí é o fim da picada. Acho que isso é brincadeira, não é? Ou é sério mesmo?…hem 80%?

  79. zoot

    -

    30/08/2010 às 21:26

    No Rio hoje sai um político ruim e entra um horroroso. É um circo macabro. Essa cidade está apodrecida.

  80. Não entendi ...

    -

    30/08/2010 às 21:25

    Foi a Eleonora Fleury, às 20:51, que escreveu, ou foi a candidata vermelha!? Tentei localizar qual foi a sacada genial, mas, ficou difícil, com os gritos.
    O WAlter Decker, Às 20:52, deve ter conversado com a Eleonora.
    O único Cabral que tirou os criminosos foi o que chegou na caravela, trouxe de Portugal para o Brasil.

  81. nayanna morais

    -

    30/08/2010 às 21:23

    http://www.politicapb.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=6246&Itemid=9999

    http://www.luis torres.com.br

    http://www.ricardo40.com.br/2010/8/30/representacao-tre

    Reinaldo, estou te escrevendo porque tenho respeito e admiração pela forma como você faz jornalismo. Sou paraibana e hoje pela manhã acordamos com uma bomba em nossas mãos, a caracterização de compra de pesquisas eleitorais com a finalidade de influenciar os eleitores. Não é de hoje que isso acontece por aqui, nas últimas duas eleições para o governo de nosso estado as pesquisas indicavam vitória dos adversários de Cássio Cunha Lima, quando as urnas foram abertas mostrou-se o contrário. Pessoas esclarecuidas já desconfiavam dessa prática (compra de pesquisas) por parte do PMDB estadual, mas agora pelo que se vê há uma comprovação desse tipo de fraude e crime. O atual governador e candidato à reeleição amordaçõu toda a imprensa e opinião pública paraibanas, ou seja, trocou apoio em troca de empregos para familiares e todo tipo de vantagem econômica que se possa imaginar. Isso também ocorre com o TRE paraibano, dos 07 juizes que o compoem, 05 têm filhos, esposas, e outos parentes empregados no Governo Estadual, um absurdo! Os links acima mostram um pouco sobre o escândalo das pesquisas aqui, peço-te encarecidamente que dê uma olhada nisso, para que de alguma forma possamos divulgar esse absurdo. Somos um estado pequeno, que há tempos tenta livrar-se de práticas antigas e fraudulentas, ajude-nos nessa batalha. Ah! Acredito que Serra possa estar sendo vítma do mesmo golpe, pois a grande(grande mesmo) maioria das pessoas que conheço declaram voto nele, e olhe que sou nordestina! Abraço Tio Rei.

  82. MINEIRIN INVOCADIN

    -

    30/08/2010 às 21:19

    REINALDO,ASSIM COMO OS TRAFICANTES DE ANIMAIS,OBJETOS DE ARTES E PEDRAS PRECIOSAS, O DESGOVERNO mulla E o miquinho amestrado do realejo,”cabrão”,LANÇARAM A SORTE E ESCOLHERAM OS “NOVOS PRODUTOS” A SEREM TRAFICADOS,SÓ QUE NUM “DELIVERY ÀS AVESSAS”:OS “CLIENTES” SÃO INDUZIDOS A SUBIR MORROS À CATA DE “NOVIDADES”,COM OS GUETOS TRANSFORMADOS EM IMENSAS VITRINES,QUIÇÁ UM GRANDE “PRESÉPIO”(DE REPENTE,O TERMO MAIS CONSENTÂNEO COM A SITUAÇÃO DE RIDÍCULO A QUE SERÃO EXPOSTOS OS MORADORES-OBJETO,NUMA “PRESEPADA” DA CORJA GOVERNAMENTAL!)É A DEGRADAÇÃO HUMANA TRANSFORMADA EM TROFÉU PELOS CAÇADORES ENSANDECIDOS,NUMA CRUEL VERSÃO HODIERNA DO “JURASSIC PARK”!

  83. veiaco

    -

    30/08/2010 às 21:17

    A pesquisa do Kajuru no youtube no programa do Raul Gil liquidou com o Ibope e institutos de pesquisa. Panaca é quem não quer ver.

  84. Bruno

    -

    30/08/2010 às 21:17

    A história sempre se repete. Em Roma o povo era iludido e acalmado com o famoso Páo e Circo. No Brasil parece que o Lula aprendeu a líçao. O páo = é o bolsa familia e o circo sáo as palhaçadas praticadas pelo chefe-mor e seus comparsas……Tristes trópicos já dizia Levi-Strauss

  85. Roberto Xavier

    -

    30/08/2010 às 21:15

    “Visitem nosso ZOOLOGICO de especialidades e ganhem de recordação um macaquinho amestrado que dança pagode”. Stallone estava coberto de razão.

  86. Bruno

    -

    30/08/2010 às 21:12

    Por que os Petralhas ficam lendo o Reinaldo Azevedo para depois escreverem um monte de estultices….Comparar Governos o melhor Presidente, fala sério…. O seu lugar náo é aqui. Vá ouvir a suave voz de uma anta.

  87. Uber

    -

    30/08/2010 às 21:11

    Sobre o alerta anterior, quero precisar o alvo, é o comentário mais novo.
    Não gosto de citar nomes, eles não merecem nem isso.

  88. anonimo

    -

    30/08/2010 às 21:10

    E o espanto mor vai mudar o nome de favela para bairro – como sempre, escondendo a sujeira em baixo do tapete.

    Vai ser por decreto, MP, lei ou como?

    Não seria mais adequado proporcionar ensino de qualidade, saúde decente, moradia em local seguro e emprego?

    Arre!!!!

  89. Memyself

    -

    30/08/2010 às 21:09

    Sempre se disse que “se cobrir vira circo”. Começaram a esticar a lona.

  90. Bruno

    -

    30/08/2010 às 21:08

    Seria ingenuidade de minha parte acreditar que algum dia o Brasil será um país de primeiro mundo. Só na mente imunda do Governante Lula. A distancia entre as classes é gigantesca náo digo economicamente mas intelectualmente um povo que ignora a própria ignorancia.E os abutres aproveitam……

  91. A LÍNGUA! - DENUNCIA

    -

    30/08/2010 às 21:07

    NINGUÉM PERCEBE QUE TRAFICANTE É PARA LULA COMO VENDEDOR DE CARNÊS É PARA SÍLVIO SANTOS?
    .
    AGORA ENTENDEM A RAZÃO PARA TAMANHO PROTEÇÃO AO NARCOTRÁFICO?
    .
    QUANTAS VEZES VOU TER DE DIZER AQUI E NO MEU BLOG QUE BERIA, O ESCRITOR DO MANUAL DE IMPLANTAÇÃO DO COMUNISMO AFIRMOU QUE “”"”" PARA EXISTIR COMUNISMO TEM QUE EXISTIR NARCOTRÁFICO, SEM NARCOTRÁFICO, NÃO HÁ COMUNISMO “”"”" ????

  92. anonimo

    -

    30/08/2010 às 21:06

    Zoológico humano – até isso conseguem!!

    E o dinheiro arrecadado na bilheteria vai para quem?

  93. Rose

    -

    30/08/2010 às 21:05

    Moro em Florianópolis e, não sei se na cidade de vocês também é assim, me impressiona a quantidade de placas enormes com a imagem sorridente de Lula, com as candidatas Dilma e (aqui no caso)Ideli. É como erva daninha, estão por todos os cantos.

  94. Alzira 1

    -

    30/08/2010 às 21:03

    O bugre beiçudo da Venezuela não faria melhor…Que nojo eu tenho deste brasil, cada vez mais bolivariano!

  95. dilmasia

    -

    30/08/2010 às 21:03

    Movimento ”Dilmasia” tem primeiro ato oficial em BH

    Isabella Souto – Estado de Minas

    Publicação: 30/08/2010 18:12 Atualização: 30/08/2010 18:41

    Aliados da presidenciável Dilma Roussef (PT) e do candidato à reeleição, governador Antonio Augusto Anastasia, integrantes do PDT promoveram, nesta segunda-feira, o primeiro ato de campanha oficial a favor do “Dilmasia”. Com a presença do ministro do Trabalho Carlos Luppi – presidente nacional da legenda -, os pedetistas estiveram no início da noite na Praça 7, Centro de Belo Horizonte, para pedir votos para os candidatos. Um carro de som anunciava os nomes de Dilma e Anastasia.

  96. la Résistance

    -

    30/08/2010 às 21:02

    A história se repete para aqueles que não aprenderam com a história:

    http://educaterra.terra.com.br/voltaire/politica/bigbrother.htm

    O futuro já chegou, estamos em 1984.

  97. Ronaldo

    -

    30/08/2010 às 21:01

    A burguesia do capital alheio agora se apropria da pobreza alheia!
    Quanto mais eles avançam, mais acredito no Calendário Maia.

  98. heidi

    -

    30/08/2010 às 21:01

    A respeito da crítica recebida de José Serra, sobre estar sentada precocemente na cadeira presidencial, rebateu:

    - Não só é injusto, como ele está passando para mim uma característica do PSDB. Quem literalmente sentou na cadeira foi o o ex presidente FHC, que ele esconde sistematicamente

  99. Hadriel

    -

    30/08/2010 às 20:57

    Reinaldo, nesse governo ridículo têm-se toda adoração à pobreza e às favelas pois pelo próprio raciocínio do tal presidente, bairros ricos, casas decentes, gente com dignidade é coisa da burguesia. Veja a que ponto chegamos. Que degradação.

  100. REBOLATION

    -

    30/08/2010 às 20:53

    No Chile, Michele Bachelet tinha 80% de aprovação, mas não conseguiu fazer o sucessor. Por quê? Porque ele tinha passado. Já tinha concorrido. Quando você concorre, você pega experiência por um lado, mas a pessoa deixa de ser virgem, politicamente falando. Sempre há brigas que você tem que comprar e vem a rejeição. No caso da Dilma, o fato de ela nunca ter concorrido, ter sido sempre uma gestora, uma técnica, precisando só exercitar o seu lado político, ajudou muito.

  101. Anônimo

    -

    30/08/2010 às 20:52

    Brizola começou a passar a mão na cabeça de bandido,cabral,pacifica…Gostei!

  102. Eleonora Fleury

    -

    30/08/2010 às 20:51

    Reinaldo Azevedo,

    Aquí há uma informação a mais que tenho da coisa . VERAZ E REALMENTE MARAVILHOSA e que pode lhe dar o conhecimento da coisa toda.Existe uma política cultural embutida nisso, pensada acertadamente pelo Gilberto Gil que é a de possibilitar por meio de Pontos de Memória, um soerguimento socio cultural das Favelas, como um todo.Conhecí pessoas maravilhosas empenhadas nesses Projetos, exatamente agora, há apenas um mês no último 4 FORUM NACIONAL DE MUSEUS EM BRASÍLIA. ISSO é parte de um “Do IN ANTROPOLÓGICo” , como o GILBERTO GIL bem definiu a coisa.De forma muito original , mas, muito própria para poder ter um resultado possivel e absolutamente factível, a partir de resultados já estabelecidos e conseguidos.É UMA IDÉIA REALMENTE GENIAL E MUITO SIMPLES, REALMENTE MARAVILHOSA !ESSE MÉRITO E ESSA SACADA O LULA TEVE. TER ESCOLHIDO UM MINISTRO DA CULTURA, CAPAZ DE INSPIRAÇÕES LUMINOSAS COMO ESTAS e que que teve um CORPO PROFISSIONAL A FRENTE DE UM MINISTÉRIO QUE TRABALHOU COM EMPENHO EM TAL META HUMANÍSTICA. E COMO TIVE A GRATA SATISFAÇÃO DE CONSTATAR E CONHECER NO IBRAM.E QUE COM UM ESFORÇO CASADO COM OUTROS ESFORÇOS, PODE SIM TRANSFORMAR UM PROBLEMA INSOlÚVEL EM UMA SOLUÇÃO EXEMPLAR.

  103. Anônimo Paulistano

    -

    30/08/2010 às 20:49

    É a estatização da miséria.

  104. Lucaveira

    -

    30/08/2010 às 20:49

    Meu caro Reinaldo, eu não me sinto representado por essa gente, e não me sinto ligado aquela outra gente.
    Que virem atração turística e continuem votando em quem os rouba.
    Nestepaiz só o que muda é o supositório, a bunda é sempre a mesma.

  105. montenegro

    -

    30/08/2010 às 20:49

    REINALDOXXX!!!

  106. augusto

    -

    30/08/2010 às 20:47

    REINALDOXXX!!!

  107. silvinha

    -

    30/08/2010 às 20:44

    REINALDOXXX!!!

  108. ANTICOMUNAS RJ

    -

    30/08/2010 às 20:44

    Reinaldo, brilhante. Parabéns.

    O Rio e, o Brasil do pão e circo e, do Cabral “pacificador” ao Lula “demagogo”.Quando o turista enjoar, do turismo das favelas da Zona Sul do tambores e artistas circenses, sugiro um passeio bem agradável pelas favelas da Zona Norte , já pacificadas e, com excelente vista para a pobreza do Rio.

  109. la Résistance

    -

    30/08/2010 às 20:44

    O maior picareta do Brasil vai mudar ou tirar do dicionário as palavras que ofendem o regime petista. Favela: será bairro, negro: será afro-descendente, terrorista: será combatente da democracia, roubar: será tomar posse do capital ilícito das elites, etc. É a novilíngua, o Super Estado, o Big- Brother, é o 1984 de George Orwell chegando a olhos vistos. O patrulhamento é tão grande que as pessoas estão com medo até de por o adesivo do Serra ou fazer campanha contra o regime. As pesquisas são maquiadas, as regras e leis não são seguidas por quem deveria dar o exemplo, as instituições foram aparelhadas, os partidos e os políticos foram comprados com cargos. Tá tudo dominado e nem precisa que a Dilma ganhe, a ditadura chegou antes e poucos se deram conta.

  110. Beatriz (a que não é de Dante)

    -

    30/08/2010 às 20:40

    Só para registrar: “Feio não é bonito” é de autoria de Carlos Lyra e Gianfrancesco Guarnieri.

  111. JR

    -

    30/08/2010 às 20:40

    Eu acredito nesta pesquisa do Kajuru e no maracanã na época do Pan , onde o lulla tomou uma vaia dolorosa.

    Vejam a pesquisa que o Kajuru fez no Programa Raul Gil .

    http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/direto-ao-ponto/a-plateia-nao-tirou-o-chapeu-para-lula/

  112. Jacor1976

    -

    30/08/2010 às 20:39

    Poh Reinaldo,

    Assim não dá… Vc. já é o meu entomólogo preferido… agora vai virar tb. o meu “sambista” predileto, ainda por cima com “dialética” … assim não pode …assim não dá…como diria um saudoso… melhor presidente que este País já teve…

  113. Braflokan

    -

    30/08/2010 às 20:39

    Ah, Reinaldo, novamente a infelicidade destas teclas “o” e “0″ tão perto uma da outra… Peço corrigir “enc0ntrando”. E parabéns pelos seus textos!

    REINALDO AZEVEDO
    Já corrigi. Obrigado!
    Abs,
    R.

  114. Helo

    -

    30/08/2010 às 20:36

    é, se cobrir, vira circo; se cercar, vira hospicio…

  115. Nelson Filho

    -

    30/08/2010 às 20:30

    Reinaldão, a sua consideração sobre a UPP do Rio também pode ser aplicada ao “Pacto pela Paz” de Pernambuco. Só se ouve falar de chacinas e coisa e tal… Bandido preso, nos termos da lei, nada.
    Abraço.

  116. M@theus

    -

    30/08/2010 às 20:29

    Rei, aqui está errado.

    “Você sabem que este blog tem paixão também pela história”
    O Sr esqueceu do S

    REINALDO AZEVEDO
    Já corrigi. Obrigado!
    Abs,
    R.

  117. sergio

    -

    30/08/2010 às 20:28

    Senado – Corregedor da Receita rejeita convite para depor

    Gabriella Guerreiro, Folha.com

    O corregedor da Receita Federal, Antônio Carlos Costa D’Ávila, rejeitou convite da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado para depor aos parlamentares sobre as investigações em torno da quebra de sigilo do vice-presidente-executivo do PSDB, Eduardo Jorge.

    Em ofício encaminhado à comissão nesta segunda-feira, Costa alegou que as investigações na Corregedoria são sigilosas –por isso não pode revelar detalhes do caso aos senadores.

    O depoimento de Costa estava marcado para amanhã, na CCJ. Além do corregedor, também foram convidados o ex-presidente da Previ Sérgio Rosa e o ex-gerente executivo do fundo Gerardo Xavier Santiago –que recusou o convite.

  118. Anônimo

    -

    30/08/2010 às 20:28

    Reinaldo, se der um passeio no que é hoje a Esplanada dos Ministérios, sentirá mais vergonha do que imagina. Aquilo lá já foi um lugar respeitável e não passa hoje de algo indescritível. Você já entrou numa tapera. O destino da Esplanada dos Ministérios é virar uma tapera e não falta muito. Tem um conhecido que fala que são como porcos e no máximo que fazem é afastar da próxima marquise que irá cair.

  119. O Locutor

    -

    30/08/2010 às 20:26

    Quando tocava essa, lembrei na época, o delegado Fleury , com o seu casaco preto, atrás dos estudantes de esquerda festiva. Estava vindo de uma reunião lá do largo São Francisco, onde o Geraldo Vandré tinha acabado de discursar e estava indo para o Teatro na Brigadeiro, quando a polícia chegou. Molecada some que a coisa vai ficar feia!!!

  120. Netto

    -

    30/08/2010 às 20:25

    Boa noite Reinaldo. Há se o povão abduzido se inteirasse da realidade lulista. Como seria benéfico para o seu próprio futuro.
    Bem, vejam o video do Kajuru não tirando o chapeu para o nosso guia e para as pesquisas eleitorais:
    http://www.youtube.com/watch?v=jsTu84BoGA4&feature=player_embedded

  121. reynaldinho

    -

    30/08/2010 às 20:22

    Polícia é polícia e ladrão é ladrão.ladrão não anda com polícia e polícia não anda com ladrão.político é outra coisa.

  122. Anônimo Paulistano

    -

    30/08/2010 às 20:22

    E quem vai administrar este zoológico humano? Sei de um carinha com alguma experiência que trabalhava no zoo mas que agora tá envolvido nuns lances mais elevados, pode ser que com o fim da mamata paterna ele tope tocar a bilheteria do exótico zoológico humano, este zoo que papis tirou da cartola mágica.

  123. Kes

    -

    30/08/2010 às 20:21

    Eu confesso que fico feliz de não me achar mais um ser do outro mundo por achar (e sempre ter achado) um absurdo essa idéia de turismo em morro. Ah, gostei muito do último parágrafo, Reinaldo. Gostei mesmo…

  124. Samuel

    -

    30/08/2010 às 20:21

    “A esquerda brasileira é uma impostura particular dentro de uma fraude geral”

    Essa é nova, não? Mais uma máxima para um país mínimo.

  125. Cil

    -

    30/08/2010 às 20:20

    Esqueci… o homé num tem 80% de popularidade? Onde estava o povo que ele só discursou para 100 gatos pingados????

  126. Cil

    -

    30/08/2010 às 20:18

    Pois é, meu Rei! E ainda teve quem criticasse o Stallone! No fundo, no fundo… o que o eterno Rambo disse acertou em cheio a verdade e muita gente se indignou. Ele estava certo… com dinheiro o que não se faz nesse bananal que precisa de muito ainda para ser promovido de volta a categoria de país!

  127. jorge gaúcho

    -

    30/08/2010 às 20:18

    Deve ser “lindo” mostrar um país que tem 50.000 mortes violentas ao ano. Deve ser “lindo” ver um país que tem a saúde pública “perfeita” falida, atrás até a da Somália. Deve ser “lindo” ver um país cuja infraestrutura parece a da Europa alguns meses depois do final da 2ª grande guerra. Deve ser “lindo” ter um país onde os jovens que completam 8 anos de estudo são quase tão analfabetos quanto o presidente da república e deve ser “lindo” saber que depois do rinoceronte cacareco, em continuidade etológico-evolutiva, foi eleito o Lula e pode ser eleita a Dilma, Estela, Vanda ou seja lá quem for este ser.Cada país tem a fauna que merece, mas não precisávamos cair tanto em tão pouco tempo.

  128. POLYANA

    -

    30/08/2010 às 20:11

    Vejam Kajuru detona Ibope,DataFolha, VoxPopuli,Lula e Bolsa Família no http://www.youtube.com/watch?v=sHK-7JyNHEM&feature=player_embedded#

  129. Indignada!

    -

    30/08/2010 às 20:06

    Cidadão pantaneiro, disse-o bem. Ainda… por enquanto estamos em uma democracia. Meu Rio de Janeiro merecia destino melhor.

  130. Indignada!

    -

    30/08/2010 às 20:03

    Coitado do meu Rio de Janeiro. Esses políticos só vêm pra cá para tirar proveito político. Estamos abandonados a própria sorte.

  131. cidadão pantaneiro

    -

    30/08/2010 às 20:02

    Reinaldo, chega de tanta embromação deles, os bichos do pantanal já fizeram sua opção http://www.serra45.com.br
    José Serra Presidente do Brasil.
    Então para aqueles que vem aqui comentar sem engajar, tá na hora, os bichos do pantanal e o Serra precisam de vocês, acesse, cadastre-se, sem medo, ainda estamos numa Democracia.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados