Blogs e Colunistas

12/03/2012

às 22:50

Líder do governo na Câmara manda o Supremo plantar batatas. Dada a situação do governo, foi muito oportuno…

É, queridos… A coisa não vai nada bem. A presidente Dilma Rousseff já demonstrou a intenção de trocar também o líder do governo na Câmara, Candido Vaccarezza (PT-SP). A declaração que este senhor fez hoje indica que a decisão virá, se vier, tarde. Nunca antes na história destepaiz alguém na sua posição resolveu dar uma banana para o Supremo Tribunal Federal. Vaccarezza fez isso. Como é o “líder do governo” na Casa, é como se fosse o governo conclamando os parlamentares a uma rebelião contra a Justiça. Leiam o que informa Maria Clara Cabral na Folha. Volto em seguida:

MPs continuarão a ser aprovadas sem passar por comissão, diz Vaccarezza
A despeito de decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a tramitação de medidas provisórias, o líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), afirmou que as MPs continuarão sendo aprovadas sem passar por uma comissão mista no Congresso. Para o líder, a Corte tomou uma decisão de “reavivar uma coisa que era lei de letra morta”. “Essa é uma questão interna corporis. O Supremo não pode se meter nesse assunto”, afirmou. “A Constituição não obriga, ela estabelece um rito”, completou.

Questionado se sua declaração significava um enfrentamento, o petista afirmou que estava apenas “dizendo o que vai acontecer” devido ao rito da Casa. “Qualquer pessoa que entende do rito do Parlamento sabe que isso vai acontecer”. O petista ironizou ainda o recuo do Supremo sobre o assunto: “Se o Supremo entender que deve tornar inconstitucional uma medida, decida. Se eles decidirem errado, eles voltam atrás, como voltaram. Quem voltou atrás não fomos nós.”

Na semana passada, a Corte decidiu que as MPs precisam passar por uma comissão mista de deputados e senadores antes de ir a voto nos plenários das duas Casas. O problema é que essa regra constitucional sempre era ignorada pelos congressistas, que votavam as MPs diretamente nos plenários.
(…)

Voltei
Vaccarezza falta escandalosamente com a verdade quando dá a entender que a MP passar ou não por uma comissão é só uma questão interna corporis. Desde a aprovação da
Emenda Constituição nº 32, em 2001, o Parágrafo 9º do Artigo 62 da Constituição ganhou esta redação:
§ 9º Caberá à comissão mista de Deputados e Senadores examinar as medidas provisórias e sobre elas emitir parecer, antes de serem apreciadas, em sessão separada, pelo plenário de cada uma das Casas do Congresso Nacional.

Não se trata de uma questiúncula meramente regimental. Não! Tanto é que se votou e se aprovou uma Proposta de Emenda Constitucional só para cuidar desse assunto. E foi uma proposta de parlamentares justamente para o Congresso resguardar o seu poder.

Ao fazer a declaração que fez, Vaccarezza afrontou o Judiciário e o próprio Poder Legislativo.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

88 Comentários

  • Desbravador

    -

    13/3/2012 às 10:48 pm

    Olhaí amigo Reinaldo, esse tal de Vaccarezza assinou para sí mesmo, um Diploma de BABACA. Puxou o saco na hora errada. Ele quiz explicar que as Leis do órgão que ele faz
    parte como deputado faz, não valem para merda nenhuma.
    Ele, se não fosse um bunda móle, deveria festejar o fato
    de o Congresso discutir e fiscalizar as besteiras que este
    governo, do seu partido, faz. E tem mais, nas “negociações
    para aprovar uma medida provisória, quanto cada deputado
    não vai “mamar” para votar a favor? Vai ser mais uma têta
    milionária prá quem ganha 16° salario, sem somar auxílio
    paletó, auxilio celular, auxílio carta, auxílio sapato
    auxílio plano de saúde, auxílio passagem de avião
    auxílio pensão prá ex-mulher. E essa cambada ainda vota
    reajuste de cinco reais para o salário/mínimo e NADA
    para os apoentados do país morrerem à míngua.
    O salário/mínimo de fome e a merréquinha que os aposenta-
    dos ganham tem que dar prá comprar tudo o que esses
    larápios sem moral compram com o dinheiro roubado do povo.

  • claudio papa

    -

    13/3/2012 às 9:00 pm

    Este Vaccarezza é a representação mais bem acabada do que o PT pretende quando tomar completamente o poder.

  • Tomás Marabo

    -

    13/3/2012 às 8:12 pm

    Reinaldo, em outro post tu disseste que a Dilma contou uma “inverdade” (A Janela de Overton…); agora, dizes que o Vaccareza “falta escandalosamente com a verdade”.

    Por que não colocas logo que eles MENTIRAM????? Parece até que estás usando de eufemismos como os “malfeitos”… Por quê??? Dizer que MENTIRAM retrata bem melhor a situação do que “contou uma “inverdade”” ou “falta escandalosamente com a verdade”.
    Abraço,

  • Ros

    -

    13/3/2012 às 7:53 pm

    De primeira,a última instância a muito já sabemos que tribunais julgam a favor do poder, seja ele qual for constituidao ou não.
    Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada;
    quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores;
    quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você;
    quando perceber que a corrupção é recompensada e a honestidade se converte em auto-sacrifício;
    então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada.
    Ayn Rand

  • Aldo Matias Pereira

    -

    13/3/2012 às 6:40 pm

    Reinaldo,
    Mas, e daí? Agora vão usar isso como mais uma importantíssima medida daquela vetusta senhora que não gostou da forma como seu subalterno se dirigiu ao Supremo. Foi um ato majestático da czarina ciosa de seus poderes no reino de banânia. Assim a Janela de Overton vai se movmentando docemente sob os olhares embevecidos da oposição e dos amaziados, porque o país está sendo construindo como o dono dele mandou, à sua imagem e semelhança!

  • Otário do DF

    -

    13/3/2012 às 5:10 pm

    Já escrevi outras vezes. Lembremos que na Venezuela, Hugo Chaves começou assim desmoralizando o Judiciário, o Legislativo e a Imprensa. Talvez este Sr deputado Cândido Vaccarezza esteja sendo mandado para findar com o Judiciário. Aí vai aVaccalhar tudo. O nosso Legislativo já era, a Imprensa que se cuide, porque já tentaram controlá-la, e vão continuar tentando. BRASIL, país rico sem grandeza!!!!!!!!!!

  • Paulo Cezar França Marinho

    -

    13/3/2012 às 5:06 pm

    Para mim, isto é apenas um sintoma, visto que o próprio STF, no julgamento da Lei de Inelegibilidade (Ficha Limpa), deu tratamento retroativo a própria lei; provocando com isto um descumprimento de princípio fundamental da própria Constituição Brasileira.

  • -

    13/3/2012 às 4:27 pm

    Nosso Parlamento, salvo alguns de seus membros, está virando um “depósito de coisas inúteis = Limbo” – segundo o perseguido Houaissn- um daqueles livros perseguidos pelos maluquetes de desocupados populistas vermelhos e mal-intencionados que infestam “como nunca antes” este nosso Brasil.

  • indignada

    -

    13/3/2012 às 3:43 pm

    É REINALDO, UM PODER COMO O JUDICIÁRIO, QUE ATUALMENTE É PAU MANDADO DO EXECUTIVO, TEM QUE OUVIR E FICAR CALADINHO O QUE DISSE O LÍDER DO GOVERNO. QUANDO UM PODER NÃO SE DÁ AOS RESPEITO, QUANDO UM PODER VOLTA ATRAS DE UMA DECISÃO ANTES TOMADA, NÃO TEM MORAL. VACAREZZA É PT, PORTANTO SABE MUITO BEM COMO AGE O PT. OS TOGADOS É QUE PRECISAM DEFENDER A LEI E A CONSTITUIÇÃO DEIXANDO DE LADO PREFERÊNCIAS PARTIDÁRIAS OU SERVIR A UM PARTIDO QUE ORA ESTÁ NO PODER.
    ESTAMOS EM UM PAÍS QUE NÃO CUMPRE AS LEIS. O PT QUER IMPLANTAR AS SUAS. O PAÍS ESTÁ À MERCÊ DE UMA QUADRILHA TRAVESTIDA DE PARTIDO.

  • G. Gaiotti

    -

    13/3/2012 às 3:28 pm

    É típico de quem, por ideologia política, se julga acima da Lei e das Instituições.

  • anonimo

    -

    13/3/2012 às 3:09 pm

    Os podres tomaram conta dos três poderes que representam uma democracia. Nem ladrão de fortunas da Nação vai para cadeia. Temos um caso exemplar na CBF. Queremos é futebol, carnaval, um carrinho e umas latinhas de cerveja. Poderia estar ocorrendo diferente? Cultura ditada pelos grandes meios de comunicação. Agora a globo quer enviar goela abaixo da população a tal de UFC. Coisa tal bizarra quanto esse tal de BBB.

  • José Carlos Colodette

    -

    13/3/2012 às 2:25 pm

    Meu caro Rei!, convenhamos, se eu não me dou o devido respeito, não terei o respeito de ninguém. E, os ministros do STF, bem, você sabe o que esses senhores andaram fazendo com o respeito que deviam a si próprios. A mim parece que essa gente não merecia estar onde está. Principalmente aquele senhor chamado Lewandowski. Não merecemos isso e, nestes tristes tempos, o que mais deveríamos ter é um Supremo que se fizesse respeitar para impor o devido respeito a esse bando de facínoras que comanda hoje nosso país. Lula apodreceu o Brasil moralmente e politicamente – com as bençãos do STF, inegavelmente.

  • Hélio Silvestri

    -

    13/3/2012 às 2:03 pm

    Se a Vaca-reza for pro brejo, já vai tarde. No brejo ou fora do brejo não se aproveita nada desse animal . Ele só atrapalha mesmo, é inútil. Aqui na minha região se chama um animal igual a esse de “sem serventia”.

  • CAPIVARA DO LAGO DISSE

    -

    13/3/2012 às 1:38 pm

    Tudo podemos, mas ficar alardeando isso por aí não é conveniente. Leia-se , dois pontos- Não cutuque com vara curta, Vaccareza

  • José

    -

    13/3/2012 às 1:33 pm

    Reinaldo:
    Isto ainda é pouco, diante do que eles planejam.

  • ZE MANE

    -

    13/3/2012 às 1:32 pm

    Pensa que vai ficar so nisso?
    Vem coisa muito pior, pois a canalha esta com o poder e o povinho brasileiro está bem representado pelos Lulas, Vagarezas, Genoinos, Mercadantes, Dilmas, Hadads, Dirceus, Delubios, etc etc

  • Roberto K.

    -

    13/3/2012 às 1:29 pm

    Nada detém um idiota!

  • Anônimo

    -

    13/3/2012 às 1:18 pm

    A Lei virou letra morta para o PT. E agora ????? Foi o próprio judiciário que permitiu chegar a esse ponto. Por que o mensalão petista ainda se encontra na estrada da morte?????

  • call me ismael

    -

    13/3/2012 às 1:17 pm

    Diante da ação pusilânime do STF não era de se esperar mesmo outra coisa…

  • Frederico

    -

    13/3/2012 às 12:28 pm

    Caro Rei…
    Me perdoe o trocadilho, mas pelas notícias de hoje, a Presidente mandou ‘a vaca’ do Vaccarezza já foi pro brejo!!!!

  • Raissa Pedra

    -

    13/3/2012 às 12:27 pm

    Reinaldo.
    Quem mandou o STF ser benevolente com essa turma do PT? Se
    tivessem mantido a decisão de anular as MPs,parte do Gov.
    FHC,integralidade do de Lula e parte da Dilma teriam muitos programas anulados,com consequências desastrosas,pois foram 500 MBPs irregulares.Fizeram para merecer o deboche, pois coerência e gratidão são palavras desconhecidas dos petralhas,dentro muitas outras que levem
    à ética.
    O líder do PT não esta inovando,mas seguindo o exemplo dado pelo EX que sempre desconheceu o que manda a Lei Maior,e fez piada na presença de um Juiz que preferiu a técnica do avestruz.
    A única inovação que Vaccareza traz é colocar o RITO,(no caso,rotina de andamento do processo)acima da Lei Maior.
    A MANEIRA PT DE GOVERNAR!

  • Daniel, o pensaudor

    -

    13/3/2012 às 12:16 pm

    Hoje, o Vaccarezza esculacha o Supremo e fica por isso mesmo. Amanhã, pode até fazer pior, a tolerância está permitindo isso. Depois quee o PT aparelhou tudo, vale qualquer coisa.

  • Sherlock

    -

    13/3/2012 às 12:09 pm

    Rei,

    Acabou de sair a confirmação: depois do Jucá, agora foi a vez do Vaccarezza dançar.
    Com certeza não sentiremos falta de um ou de outro, mas, ao contrário do que diz o Tiririca, sempre pode ficar pior. É esperar pra ver.

  • Paulo

    -

    13/3/2012 às 11:58 am

    Bom pessoalmente acho que nosso supremo é composto por um bando de politiqueiro aja vista decisões anteriores que são terrorismo puro a Constituição. Mas fora este fato o que esperar de um petralha. É isso ai está demonstrado o nível de conhecimento e desrespeito as leis que a petralhada acha que é o certo. Por isso quando lula fala não sei nada (“sobre o mensalão”) sabe sim e deveria estar na cadeia, que é lugar de ladrão. “Mas com um judiciário como o nosso”

  • Henrique

    -

    13/3/2012 às 11:35 am

    Tio Rei,
    .
    Do jeito que está, estepaiz está uma esbórnia. Estado de Direito é só para inglês ver.
    .
    Um deputado, e ainda por cima líder do govêrno na Câmara, resolve declarar que a Lei é letra morta.
    .
    Ou restabelecemos o império da Lei, ou vai mesmo tudo pro vinagre e nos tornamos uma ditadura do PT — que é o que eles sempre quiseram, mas até agora não tiveram o peito de bradar alto e bom som.
    .
    Aliás, não me venham com essa balela de querer poupar quem quer que seja dentro do PT, muito menos aqueles e aquelas que pegaram em armas para acabar com a ordem constituída nas décadas de 60 e 70. São todos farinha do mesmo saco, todos fazem apologia do totalitarismo de esquerda.
    .
    Repito: TODOS e TODAS. Já está na hora de dar o nome aos bois (e vacas…).
    .

  • Jokão

    -

    13/3/2012 às 11:34 am

    Parece que só os militares da CONFAMIL tiveram coragem para desafia-llos

  • ricardo moreira

    -

    13/3/2012 às 11:25 am

    Ele é pau mandado. Era a favor da PEC 300 depois ficou contra. E agora é contra ou a favor?

  • maria-maria

    -

    13/3/2012 às 11:17 am

    É outro que está na dança das cadeiras do desgoverno. Seria a glória, se essa dança fosse um ensaio para o Baile da Ilha Fiscal, ou da Ilha Retiro, no lago Paranoá e anunciasse o fim da dinastia lullista.

  • Nilson

    -

    13/3/2012 às 11:12 am

    Como disse Nelson Jobim, antigamente os idiotas eram mais discretos. Depois que um deles se tornou Presidente da República, os demais perderam a vergonha na cara.

  • Sônia

    -

    13/3/2012 às 10:59 am

    Se depender do PT eles acabam com o Judiciário, são loucos por uma ditadura, querem mamar sem a interferência de um outro poder… Não é, Dilma… não é, Lula, não é, petralas?

  • Estado de Direito, JÁ!

    -

    13/3/2012 às 10:51 am

    -
    -

    Geral
    Justiça mantém indenização de R$ 40 mil para Geisy
    A ex-estudante de Turismo foi cercada e ameaçada dentro do câmpus de São Bernardo da Uniban por usar um vestido rosa.
    -

    GRANDE NOVIODADE.. qualquer já sabia disto……
    -
    -

  • Angelo

    -

    13/3/2012 às 10:38 am

    Senhores,Respeitável Público,o Circo está montado e continua
    com suas atrações diárias,o lider no governo falou,está
    falado,se o STF,decidir errado,eles voltam atrás como
    voltaram,o exemplo fará a diferença.

  • Conceição

    -

    13/3/2012 às 10:17 am

    Enquanto ainda podemos falar:

    http://www.youtube.com/watch?v=N08kBi6EHps&list=UUoo2OBayHmuV4bubfDWH4cg&index=1&feature=plcp

  • Paulão

    -

    13/3/2012 às 10:15 am

    Bom dia Reinaldo,
    A pergunta que nÃo quer calar: QUEM é esse cara? um político medíocre, insignificante, descartável, alçado a um cargo simbólico por ter perdido uma eleição interna na câmara, um verme petralha paraquedista.
    Quem ele pensa que é para afrontar tão descaradamente o STF? Os idiotas, verdadeiramente, já perderam a modéstia, o pudor e a vergonha na cara.
    Pelo noticiário, é mais um que vai levar um solene pontapé no traseiro da sensível senhora presidAnta, não pela estultice, mas pela incompetência MESMO!
    E ABAIXO A DEMOCRACIA!!!!

  • Alex

    -

    13/3/2012 às 10:12 am

    Se não bastasse o legislativo ignorar a letra da constituição, o supremo, seu guardião também viola a letra da lei, primeiro passo para a ditadura, silencioso, complacente, no futuro será homicida? Mais uma “Janela de Overton”? Vamos violando a letra legal até que o público aceite que não existem leis? Ou que elas não devem ser cumpridas conforme a quem ela seja aplicada? Os cidadãos “diferenciados”!

  • Eduardo

    -

    13/3/2012 às 10:11 am

    vaca reza ou vagareza. Vagarezza na ora de entender, na ora de obedecer, na ora de ser político. Só e esperto na ora de receber…

  • Alex

    -

    13/3/2012 às 10:06 am

    Fico abismado como certas declarações passam incólumes sem que a mídia comece a gritar, aliás, excelente texto sobre a “Janela de Overton”, ela explica o comportamento do governo, mas não a adesão da mídia, que em parte é venal a outra boçalmente ideológica, e ambos respondem à mesma pauta, alinham-se ao estalo do mesmo chicote. Se não estivéssemos falando de política, tenderia a colocar tais declarações sob a classificação de literatura surrealista de má qualidade, mas não, estas declarações aviltantes povoam a página do que seria um folhetim factual.
    A fala de vacarezza enseja mais do que absurdo, configura crime, violação da lei. O rito das mps é matéria constitucional, não optativa, na lei não há as que devem ou não ser seguidas, e pensem bem, isto veio da boca de um dos membros do legislativo. A mesma carta que contém o rito das mps, contém a representatividade fictícia do tal deputado, se não segue uma, deveria não seguir a outra e abdicar de seus poderes. O nível de absurdo desta fala ultrapassaria qualquer bom senso, se o silêncio da mídia não fosse mais absurdo. Um membro do legislativo destrói todo o sistema pelo qual existe governo e o substitui pela ditadura, sim, ditadura, pois é assim que agem, tem cartas que estão abaixo da decisão dos governantes, mera figuração.
    A prática legislativa é tão podre que o parlamentar não tem nem idéia do absurdo das palavras que proferiu.
    Ainda ontem vi membros legislativos do Maranhão justificar seus altíssimos salários dizendo que as pessoas vem a eles pedindo auxílio, e precisam do salário para atender aos pedidos! Não é o cúmulo, ver um membro legislativo admitir crime em cadeia nacional de televisão, sem sequer ser contestado? Eles ajudam os cidadãos legislando, este é seu trabalho, ajudar com dinheiro ou outro tipo de auxílio é crime eleitoral! Configura compra de votos!
    Eles estão tão viciados em uma prática legislativa nociva, que nem percebem quando confessam crimes como práticas comuns.
    Surrealismo, absurdismo ou a puríssima cara de pau?

  • Sergio

    -

    13/3/2012 às 9:57 am

    Mau sinal. Um judiciário de joelhos, um legislativo subserviente. Isso tem cheiro de totalitarismo. Uma a uma as instituições republicanas vão caindo.

    “One Ring to rule them all, One Ring to find them, One Ring to bring them all and in the darkness bind them”.

  • Mário Sérgio

    -

    13/3/2012 às 9:34 am

    Bem-feito para STF que se acovardou diante da enormidade de MP irregulares vigentes. No entender do Ministro do STF, considerar inconstituicionais as tais MP geraria um caos no judiciário, tamanha a quantidade de irregularidades a serem desfeitas. É nisso que deu, ficaram com medo de expor o Executivo ao vexame das inconstitucionalidades praticas ao longo de 10 anos… agora tem que engolir um sapo deste tamanho, dos próprios petistas que quiseram proteger. Bando de juizes covardes!!!

  • claudio

    -

    13/3/2012 às 9:29 am

    Meus caros,
    O horror inominável está na frase “lei de letra morta” dita pelo líder do governo no legislativo. O que catzo isto significa? É muito pior quando lembramos que ele está desafiando a constituição e não alguma lei ordinária. Mas já seria extremamente ruim se ele estivesse se referindo a uma lei ordinária ainda em vigor. “Lei de letra morta”! É o horror! Agora, vejamos quantos analistas políticos e econômicos vão dar destaque a isto.
    Saudações

  • roberto

    -

    13/3/2012 às 9:11 am

    Isso ocorre porque o governo do PT nomeia sindicalistas para cargos que exigem alguma sapiência e conheçam os ritos do cargo.

  • viva galt!

    -

    13/3/2012 às 8:54 am

    Reinaldo. no título não seria manda ao invés de mandar?
    abs

  • VERME

    -

    13/3/2012 às 8:53 am

    SEM DELONGAS E FALSIDADES, APOIO O LIDER DO GOVERNO AO MANDAR TODOS OS IMORTAIS DO SUPREMO ‘PLANTAR BATATAS’. SERIA REALMENTE UM PAPEL MAIS UTIL AO PAIS, DA PRODUÇÃO AGRICOLA, PLANTAR BATATAS DO QUE FICAR CRIANDO FANTASIAS E NOVELAS EM PLENARIO, VERDADEIRO NHEM, NHEM, NHEM, COISA PARA INGLES VER, PURA FANTASIA.

  • Roberto Flores Martins

    -

    13/3/2012 às 8:25 am

    Nosso Supremo parece estar bem desmoralizado.Não bastou puxar o saco do governo soltando o Cesare Battisti, ou puxar o saco do movimento gay no caso do ¨casamento¨gay, puxar o saco dos ambientalistas extrangeiros no caso da Reserva Raposa Serra do Sol ,agora tem que se submeter as exigências do executivo no caso das medidas provisórias!Ô Supremo, não dá ¨prá voltᨠao que está escrito na Constituição?¨Pôxa, prᨠque que serve tudo isso que está escrito nela?

  • Roberto Campos

    -

    13/3/2012 às 8:22 am

    Pois é. O Ministério Público da União é composto pelo Ministério Público Federal, o Ministério Público do Trabalho, o Ministério Público Militar e o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios. Cada ramo do MPU, na respectiva área de atuação, defende os interesses da sociedade e zela pelo respeito à lei.
    Certo?

  • Siará Grande

    -

    13/3/2012 às 8:07 am

    Quem disse que no PT só tem analfa? Vejam só o latinorum do Vaccarezza! Mandar plantar batatas em latim é muito respeitoso.

  • marcus

    -

    13/3/2012 às 8:03 am

    atualmente a CF não obriga nada só “estabelece”, mas não sei, estabelecer na minha cabeça até hoje é ulgo que obriga, ordena, institui; enfim, devo estar errado, afinal tudo hoje é relativizado em razão de uma vontade suprema. sabemos onde isto dá, e o que já causou, mas, esqueceram-se de tudo.

  • Anonimo

    -

    13/3/2012 às 7:58 am

    Não há novidade na afronta do VACCAREZZA ao judiciário. O que eles do PT ainda NÃO AFRONTARAM?????

  • Ary Portella

    -

    13/3/2012 às 7:56 am

    Senhor Reinaldo Azevedo.

    O STF, é suscetível de erros próprios da fabilidade humana, que não é exceção e sim regra. Só Jesus é perfeito, mesmo assim foi cruxificado. Vacareza demonstra enorme dificuldade em conviver com a Democracia, desrespeita a Corte Cnstitucional Brasileira um dos Poderes da República. Está em curso uma ação de uma minoria sectária para PRESSIONAR o Excelsor Pretório a revogar a pacificada Lei da Anistia, causando espécie, figurar na empreitada alguns membros do MPF, estes em notória rebeldia a mencionada Corte, a qual já dera o veredicto final sobre a matéria.

  • Marcos F

    -

    13/3/2012 às 7:56 am

    Então temos que o Dono do Poder Legislativo, por ser amigo da Dona do Poder Executivo, decidiu que só ele sabe o que é Constitucional, e que se houver dúvida, ele é quem tem razão.
    OK. Sobrou o que para o STF? E para a Democracia?

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados