Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Gilberto Carvalho 2 – As palavras aparentemente doces de um ministro que, na prática, quer relativizar a propriedade privada e cassar prerrogativas da Justiça

Por: Reinaldo Azevedo

Há tempos vocês perceberam que três ministros da presidente Dilma disputam o meu coração: Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), José Eduardo Cardozo (Justiça) e Maria do Rosário (Direitos Humanos) — Ideli Salvatti concorre em outra categoria. Tudo bem pesado, ninguém supera Carvalho no absurdômetro, até porque ele é, tenho de admitir, mais inteligente que a soma dos outros dois e mais poderoso também — é a maior influência no PT depois de Lula. Mais: é o interlocutor de toda a ala vermelha da Igreja Católica — e não me refiro, é claro!, ao sangue de Cristo, para o qual a dita-cuja não dá a menor bola.

Na quarta-feira, como já vimos, Carvalho participou de um seminário no Ministério da Justiça sobre mediação de conflitos. Foi lá que andou exercitando a sua fala perigosa. Censurou o estado brasileiro — o Executivo também, do qual ele próprio faz parte — por cultivar “uma mentalidade que se posiciona claramente contra tudo aquilo que é insurgência”.

Ou por outra: para Carvalho, o bom seria se o estado, ora vejam!, incentivasse a insurgência, entenderam? E ele deixou isso claro! Expressou o seu desconforto com o fato de o governo ser obrigado a tomar medidas com as quais não concorda — aquelas, sabem?, de manutenção da lei e da ordem. Vejam o vídeo com sua fala aparentemente mansa. Volto em seguida.

O vídeo não dá conta do contexto. O encontro que se fazia ali, meus caros, vituperou, entre outras coisas, contra decisões do Judiciário que determinam, por exemplo, a reintegração de posse de áreas privadas invadidas — áreas essas, no mais das vezes, de pessoas que têm títulos legais de propriedade; áreas que, depois de 100, 200 anos, em razão da militância de ONGs, voltam a ser… “indígenas”!

O vídeo deixa claro de que lado está Carvalho: contra os proprietários. A sua proposta, vejam lá, é aumentar a “mediação”. O nome parece bacana. Na prática, o que se quer é igualar “invasor” e “invadido”, de sorte que, entre partes supostamente iguais e legítimas — um para tomar o que é legalmente do outro, e esse outro para se defender do esbulho —, surja o intermediário, que buscará um consenso.

Ora, não é preciso ser muito bidu para perceber que, nessa perspectiva, o proprietário vai apenas saber o tamanho da sua perda. Esse é o homem que Dilma escolheu para negociar com “movimentos sociais”.

Fala mansa
Será que Carvalho sempre fala manso assim? Procurem saber como atuou este senhor e seu braço-direito, Paulo Maldos, na desocupação de uma região chamada chamada Marãiwatséde, em Mato Grosso. O tal Maldos foi o coordenador do grupo de trabalho. Nessa área, havia uma fazenda chamada Suiá-Missú, que abrigava, atenção!, um povoado chamado Posto da Mata, distrito de São Félix do Araguaia. Moravam lá 4 mil pessoas. O POVOADO FOI DESTRUÍDO. Nada ficou de pé, exceto uma igreja — o “católico” Gilberto Carvalho é um homem respeitoso… Nem mesmo deixaram, então, as benfeitorias para os xavantes, que já são índios aculturados. Uma escola que atendia a 600 crianças também foi demolida. Quem se encarregou da destruição? A Força Nacional de Segurança. Carvalho e Maldos foram, depois, para a região para comemorar o feito. Republico este vídeo, que mostra o que restou daquela comunidade.

Nota
A Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil emitiu uma nota contra a fala de Carvalho no seminário. Transcrevo a íntegra.
*
É com perplexidade que a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) toma conhecimento, pela imprensa, das manifestações de um ministro de Estado e de um alto funcionário do Ministério da Justiça, desmerecendo o Poder Judiciário brasileiro.

Ao participarem da apresentação de pesquisa sobre conflitos de terra, realizada por uma ONG notória opositora do agronegócio do país, o ministro chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e o Secretário de Reforma do Judiciário do Ministério da Justiça, Flávio Caetano, defenderam a mediação como medida mais eficiente para resolver os problemas fundiários, relegando a um segundo plano o papel da Justiça.

Preocupa especialmente a CNA a defesa, por autoridades, da submissão de conflitos de enorme complexidade a mediadores ideologicamente comprometidos, em substituição a magistrados imparciais, protegidos por garantias constitucionais e selecionados com impessoalidade, por meio de rigorosos concursos públicos. O ministro defende a criação de uma escola de mediadores sem esclarecer qual será o currículo e quem serão os professores destes futuros substitutos de juízes.

Por outro lado, a afirmação, presa a dogmas ultrapassados, de que “a velha figura do latifúndio contra o pequeno proprietário continua existindo no país” mostra desconhecimento da realidade do campo. Baseia-se na noção do latifúndio improdutivo, quando é sobremaneira sabido que a propriedade rural brasileira é altamente produtiva e a principal responsável pelo crescimento econômico.

Estas declarações ganham especial relevância neste momento em que o Ministério da Justiça insiste em não dar cumprimento a decisões judiciais de reintegração de posse, em favor de produtores do sul da Bahia que tiveram suas terras invadidas por índios. As liminares concedidas pela Justiça Federal e confirmadas pelo Tribunal Regional Federal da Primeira Região garantem o direito de propriedade. Nestes casos, a crítica do ministro Gilberto Carvalho quanto à inexistência “de posição neutra no aparelho do Estado brasileiro” é contrária à efetividade da Justiça e ao Estado de Direito.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) repele firmemente tais aleivosias e contra elas lutará, em defesa da Constituição e da ordem jurídica.

Brasília, 20 de fevereiro de 2014.
Senadora Kátia Abreu
Presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

89 comentários
  1. Francisco de Assis Silva

    Eu só tenho a lamentar tudo que está acontecendo com o nosso querido Brasil!!!

  2. JDavid

    Reinaldo.
    A máscara fora da face; Ou quando a máscara cai I.
    O fato.
    Disse aqui, recentemente, que o PSOL ainda vai dar muito trabalho ao PT. O PSOL de espectro político de extrema esquerda, logo, não havendo novidade em suas ações, não, que esteja acima da lei, mas, no entanto, qual lei poderá detê-lo, a lei que vem do PT do governo federal. Qual moral política teria o PT para punir as irregularidades praticadas pelo PSOL, se o PT pratica irregularidades semelhantes e outras, até, originais e com maior poder lesivo ao Estado. Ainda, qual lei do governo vigente poderá parar os baderneiros e as arbitrariedades da extrema esquerda se, o governo pratica os mesmos atos e também, é da mesma ideologia política.
    O PSOL de Marcelo Freixo apareceu e mostrou a cara e suas ligações com os baderneiros, patrocinando os autores dos atentados à ordem e ao patrimônio público, os “mascarados de preto”, mostrou até, suas lideranças, e que faz coisa as claras, que o PT faz às escondidas. O PSOL apareceu, se expôs e novas manifestações já aconteceram, após, o escândalo do príncipe do PSOL da dinastia dos Freixos e seu séquito de artistas e bobos da corte apoiando todo o podre mal feito nas manifestações. Sobre os artistas, se mostraram analfabetos políticos, ou também, talvez, patrocinados, então, que expliquem porque saem em defesa do errado e torto antidemocrático.
    Esta sequência de fatos bagunçou a alta cúpula do PT deflagrando uma briga de cachorros grandes. O PT então, resolveu se mexer, pois, o PSOL está ganhando espaço, o que é uma verdade absoluta. Tem até, um sininho para convidar na hora do lanche da molecada.
    A consequência.
    Este vídeo mostra exatamente, isto. Há muito tempo, que o anzol está na água lamacenta do PT e os pernilongos a nos importunarem, mas, até, que enfim, um grande puxão e eis quem surge um grande bagre petista, consciente, impávido, destemido até, a dizer por que veio. E o grande mentor do caos, começa a responder, por vontade própria, mas, também, como que justificando, ou talvez, até, requerendo, a autoria dos fatos e invasões da propriedade privada, da badernagem explicita e mais, os objetivos ideológicos de onde quer chegar o partidão. Interessante! Por quê? Neste caso, seria um aviso, aos menos avisados. Estamos aqui! Daqui não saio, daqui, ninguém, me tira!
    Mas, porque da sua exposição! balisas, do expansionismo petista, marcar presença, no instante que o PSOL avança na mídia e mostra o seu candidato ao governo de São Paulo com maior presença, mais conhecido e em melhor situação do que o fraco Padilha depois do fracasso do “mais médico”, alias, menos médicos.

  3. JDavid

    Reinaldo.
    A máscara fora da face; Ou quando a máscara cai II.
    Sua presença, quer dizer o que, propaganda ideológica ou simplesmente, para dizer ao PSOL de sua força e presença ou, que ele, o PT o grande líder da esquerda nacional que tem um projeto para salvar a esquerda hidrófoba da América Latina. Isto, antes, que a esquerda caia no precipício da fatalidade ideológica, que aguarda a América Latina se continuar nesse rumo político.
    Eis aí, um vídeo que é uma verdadeira confissão, cujas falas ou falácias, quanto o queira, imagens, que se mostram de grande relevância, por supor, ser a origem ideológica da grande maioria dos problemas, que o Brasil está enfrentando nas grandes cidades, como também, no campo, desde, a criação do famigerado MST ou Movimento Terra de Graça – MGT.
    Eis aí também, um dos principais ideólogos das invasões de propriedades e expulsão de famílias, pelo movimento sob seu comando, como aconteceu em Brasília mostrando-se, com grande liderança entre os manifestantes, dos sem teto do PT e das manifestações de rua, quando estas são de enfrentamento reivindicatório.
    O homem é um verdadeiro especialista em distorção de um contexto lógico e real dos acontecimentos, em substituição, como ele pensa, de um novo construto subversivo ao “status quo” democrático e ao mesmo tempo pedagógico de uma nova ideologia. No entanto, se esquece de todas as prerrogativas jurídicas estabelecidas vigentes e tenta implantar outra, que valha, até se alcançar as bases para perpetuação dos ultrajes cometidos. Isto, porque confia no governo e de onde virá a consubstancializar o antefato, invasivo e arbitrário aos interesses do povo e da segurança nacional.

  4. JDavid

    Reinaldo.
    A máscara fora da face; Ou quando a máscara cai III.
    Sera! Que pensou ele, ser o momento ideal para trazer à público suas aberrações ideológicas. Justamente, em que os holofotes da justiça e da verdade expõem o PSOL e a sua verdadeira faceta de um extremismo angustiante.
    No vídeo, ele constrói uma panaceia verbal e ideológica, daquilo que acredita e ao mesmo instante, tenta passar uma mensagem que justifique todo o aparato de corrupção e irregularidades cometidas exatamente pelo seu partido, desde, o primeiro dia de governo. O velho discurso do lobo e a vovozinha, onde, o objetivo final é estabelecer o poder na consecução das suas ideologias e ideias desprezíveis e de um plano maquiavélico para perpetuar-se, no poder. Nesta embromação o povo entrou com a esperança o sangue e o voto e o governo entrou com a corrupção e o desvio do dinheiro público e na formação de quadrilha partidária.
    A sua ideologia e tudo aquilo que ele acredita trouxe grandes manifestações, e com elas a morte de pessoas, manifestantes, danos ao patrimônio público, baderna e confusão. Colocar os baderneiros nas ruas, quebrar a estrutura vigente material e política, que ai está, para posteriormente implantar, justificar à sua ideologia às multidões ou a sua própria ou do partido como queira.
    E mais, tudo que ele prega é exatamente a raiz maléfica do mal, que estamos vivendo e vivenciando. Um homem de ideias arbitrárias e com o devido apoio e sustentação de muito dinheiro público, sabe-se, lá, onde está sua origem. É muito fácil falar de tudo aquilo, que não se cumpre em fazê-lo.
    O imerecido ataque ao judiciário transparece claramente as ideias de fundo de um pensamento nefasto para qualquer sociedade democrática e de governo republicano como é o caso do Brasil. Prega uma ideologia de extrema esquerda, se alcançada derramará o sangue de irmãos, alias, como já acontecendo na Venezuela e que já aconteceu em terras brasileiras.
    Nas suas palavras, foram ultrajadas a Constituição Federal e o judiciário do Brasil. Na defesa da primeira estará o povo brasileiro e para a segunda, que se coloque à altura o próprio judiciário brasileiro isto, em sua própria honra e defesa.

  5. Flavio de Albuquerque lima

    Não haveria um plano diabólico por trás disto tudo que seria esse povo engrossar as hordas insatisfeitas do MST e apoiar uma reforma agrária como única forma de conseguir novas terras para trabalhar?

  6. Mario teixeira

    Esse tal de Psol é de fato uma excrescência. Será que desejam implantar a guerrilha urbana? Financiar criminosos é próprio de partidos políticos? A morte de Santiago Andrade tem as marcas das mãos sujas desse partido. Queimar bandeira de Israel… Que sabem esses pobres de espírito sobre o povo judeu? Certamente , se pudessem, promoveriam um novo holocausto. Isso é NAZISMO puro! Então, o Freicho é cabo eleitoral do Baba’ ? Que maravilha! Cá pra nós, esse, com licença da ma palavra, ex-deputado, tem mesmo cara de babá de traficante.

  7. Mario teixeira

    Reinaldo, você é a voz de milhões de seus leitores diários. Por favor, não se esmoreça. Não há mal que sempre dure e já se vê uma tênue luz no fim do túnel. Os brasileiros do bem são ainda maioria e se encontrarão nas urnas em outubro, para por fim a essa baderna generalizada e apear do poder essa corja de sanguessugas da pátria. Avante, amigo!

  8. Marta Lopes

    Pois é! Em novembro de ano passado o Deputado Heinze (citado pelo anjo de candura), já dizia como era o Gabinete do dito cujo. Só que – há duas semanas – escolheram crucificar o Deputado pelos malfadados 19 segundos que atingiram as minorias. Nada sobre a violência que ronda a questão agrária, pra falar só nessa. Sr. Reinaldo, o senhor vai dedicar algum tempo pra saber o que continha o restante do vídeo do Deputado e comprovar (mais) que tipo de planos são “bolados” naquele “bunker”?

  9. Lídia

    Meu Deus!!! E nosso povo não entende o que está por vir!!
    A vingança destes homens, contra o Brasil, está sendo alcançada!!!!

  10. Se4rgio

    Tudo pode se esperar do PT.A nossa única arma será usada na próxima eleição.Seria bom os candidatos de oposição mostrar em suas campanhas as barbáries cometidas por esse desgoverno.

  11. Spitfire

    O PT é comunista para se manter no poder. O PT não constrói, só destrói, só divide, só enfraquece para se fortalecer, se manter no poder e assim continuar roubando o dinheiro nosso dos impostos escorchantes. São eles, os petistas incompetentes, ladrões inescrupulosos, que enriqueceram roubando o povão ignorante e que acredita em suas mentiras, por mais absurdas que sejam, que estão causando essa desgraça ao povo brasileiro, com mais de 50.000 assassinatos por ano, falta de saúde, educação, segurança e esperança de progresso.

  12. lima

    Amigo que crueldade fizeram com essas pessoas expulsando de suas casas e deixando-as sem abringo.Esse pt não é o que defende as minorias, os menores infratores e etc? e essas pessoas não merecem ser defendidas? essas pessoas não merece respeito? ministério público socorro!!! e os direitos humanos???

  13. Martha

    É um absurdo que isso aconteça e nenhuma providência seja tomada. As pessoas que trabalham e lutam para ter uma vida digna não têm nenhum valor. O governo quer mais é que elas recebam a bolsa esmola e continuem sob seus cabrestos.

  14. Claudio

    Quando o deputado Luis Carlos Heinze, esse que ele comenta no vídeo, falou que tudo o que não presta no país está no comando de Gilberto Carvalho, foi execrado pela imprensa nacional.

  15. Marta

    Puxa vida,até que enfim Gilbertinho confessou…E este ato sincero,há que se reverenciar!!
    Morte ao comunismo!!!!!!!!!!!!

  16. Anderson Silva

    Só mesmo aqui, num país sem rumo como o Brasil, UM MINISTRO DE ESTADO DEFENDO, AO FIM E AO CABO DE SUA FALA, O FIM DA PROPRIEDADE PRIVADA!
    ISSO É UM ABSURDO!
    QUE A SOCIEDADE ORGANIZADA NÃO ESQUERDISTA SE LEVANTE CONTRA ESSE ESTADO DE COISAS!
    MAIS 4 ANOS DE PETE E ESTAREMOS DE VOLTA À IDADE DA PEDRA!

  17. Aragão

    A coisa é séria e é preciso que se tome providências contra essa atitude desastrosa desse sujeito ordinário. Ele está criando um grande problema nacional contra a ordem pública, contra propriedade privada que tem amparo constitucional. Se ele ou outro estão defendendo o não cumprimento de ordem legal de reintegração de posse, é necessário que sejam presos e processados. Esse elemento é altamente perigoso, é um incitador do crime de desobediência judicial. Isso é muito sério!

  18. Régis

    Quem diria heim, Kátia Abreu já foi citada e desejada para ser candidata a presidente,hoje está fazendo parte da “tiurma”.
    Decepção!

  19. Régis

    Estou com você e não abro nesta lista de preferências, adoroooooo!!!!!! todos os citados

  20. Maria Luz

    Do jeito que as coisas estão se encaminhando, ser branco,classe média e seguir uma religião são motivos para vilipêndio. Proprietários legítimos são vítimas de desapropriação porque a demagogia que só sabe defender minorias considerou por bem ressarcir indígenas que nada fazem com a terra. Eles estão é tornando-se latifundiários de terras improdutivas. São uns folgados.
    Pobres famílias que a iniquidade vitimou. Destruíram-lhes anos de trabalho e dedicação e prejudicaram o futuro das novas gerações. Onde está a ministra dos Direitos Humanos para proteger esses “dimenor”?

  21. Ira Santa

    Barbaridade.

  22. marceloDF

    Esse aí é o tipo mais perigoso de Psicopata.

  23. Luciano Meirelles

    A Chauí, por exemplo, pode dizer que a classe média não presta. Nesse caso, ele aplaudiria.

  24. norton

    PT É SANGUESSUGA DO(A) APOSENTADO(A) DO INSS
    O Governo Dilma, com seu Ministro da Fazenda, ZERA IMPOSTOS para Montadoras Multinacionais de AUTOMÓVEIS E CAMINHÕES, e, nada de ZERAR IMPOSTOS na venda de REMÉDIOS que é produto de PRIMEIRA NECESSIDADE, PRINCIPALMENTE PARA OS IDOSOS. Os que mais necessitam com o avançar da idade, ou passam fome ou compram o remédio.
    .
    VOCÊ CONCORDA COM ESSA COVARDIA PARA OS NOSSOS MEMBROS DA TERCEIRA IDADE????? O IMPOSTO ABSURDO É DE ATÉ 34%.
    .
    PARA OS APOSENTADOS QUE GANHAM MAIS DE 1 SALÁRIO MÍNIMO, OS GOVERNOS LULA E GOVERNO DILMA, NOS TIRARAM 76% DO PODER DE CONSUMO, ISTO É, A DEFASAGEM DO BENEFÍCIO HOJE É DE 76%.
    .
    SABE QUEM ESTÁ PAGANDO OS AUMENTOS REAIS DE QUEM GANHA 1 SALÁRIO MÍNIMO?
    NÓS, OS QUE GANHAM ACIMA DE 1 SALÁRIO MÍNIMO.
    O GOVERNO TIRA DE NÓS E TRANSFERE PARA QUEM GANHA 1 SALÁRIO MÍNIMO.

    PELA FALA DA DILMA/PT, PARECE QUE É ELE, O GOVERNO, QUE ESTÁ DANDO O AUMENTO REAL.
    .
    NÃO TEMOS NADA CONTRA A DAR AUMENTO REAL PARA QUEM GANHA 1 SALÁRIO MÍNIMO.
    VAMOS DESMASCARAR. MAIS UMA MENTIRA.
    .
    PARA QUEM TE O “BENEFÍCIO” ACIMA DE R$ 1.787,77 PAGA AINDA IMPOSTO DE RENDA.
    .
    QUE VERGONHA, QUE ABSURDO TUDO ISTO.
    .
    Por outro lado, são gastos bilhões e bilhões para a COPA de 2014, pagamento de despesas para Comitê da FIFA. Este governo financia bilhões o tirano governo de Cuba.
    Fora toda a robalheira.
    .
    Na eleição de 2014 para Presidente, para o Senado, para Deputado Federal , Governador e Deputados Estaduais, VAMOS TODOS VOTAR NOS CANDIDATOS DA OPOSIÇÃO.
    .
    Quem é aposentado(a)/pensionista do INSS, tem mais de 70 anos, VOTE.
    VOTE para tirar toda esta politicagem do Poder .
    .
    VOTE E PROTESTE. FORA PT/FORA DILMA/FORA PMDB E FORA PARTIDOS DE ALUGUEL.
    .
    Não anule seu voto, não vote em branco, não deixe de votar.
    VAMOS PROTESTAR CONTRA A VERGONHOSA CONDIÇÃO DOS APOSENTADOS –
    VOTANDO CONTRA OS QUE ESTÃO NO PODER.
    .
    QUEREMOS RESPEITO, DIGNIDADE e CONDIÇÕES MELHORES DE VIDA.
    APOSENTADO(A)/PENSIONISTA DO INSS, VAMOS NOS UNIR.
    .
    Você aí que está sentado na frente da tela do computador. Vai só ler? Vai só “curtir”?
    Compartilhe no facebook.
    Copie o texto e envie por e-mail aos seus relacionamentos.
    .
    AJUDE A MUDAR O BRASIL.

  25. marceloDF

    … agora é isso. Em 3 anos a Venezuela parecerá um resort para ricaços perto do Brasil.

  26. Nunca mais...

    Isso é o que se chama de ser leviano.
    Meu Deus!!!! Será que não há ninguém nas oposições ou mesmo fora dela para dizer aos bolsistas que eles teem seu direito assegurado para sempre? Que podem continuar recebendo suas bolsas mas terem suas consciências livres? Com certeza grande parte deles votariam contra o partido que governa este pobre Brasil e seus apaniguados. Precisamos esclarecer os nossos irmãos analfabetos funcionais de que o fato de votar contra o PT não implicará na perda das bolsas a que teem direito vitalício. Afinal, quem recebe do governo federal por mais de 10 anos no mesmo dia é funcionário federal. Meu Deus!!!! É tão simples!!!! Será que estou vendo as coisas como elas não são?

  27. Betho Lins

    Pois é e pensar que essa Senadora filiou-se ao PMDB e apoia Dilma. Nem precisa explicar eu queria entender. E lembrar que participou da CPI dos correios e da dos Cartões Corporativos e conheceu toda essa canalhice de perto e ainda apoia Dilma. Assim fica difícil acreditar no que ela escreve.

  28. angio03

    Será que o PSDB e outros partidos de oposição terão coragem de inserir esses fatos, imagens, ou depoimentos em seu horário político? Faço essa pergunta porque me parece que os políticos de oposição têm lá seus “segredos” que nunca vejo ou ouço eles trazerem esses assuntos para o conhecimento do grande público. Têm medo do quê?

  29. indignada

    Esse Carvalho é o segundo demônio. O primeiro é Lula. Elles querem guerra civil e aí é o que está acontecendo no Brasil.

  30. Paulo

    Meu Deus do céu…

  31. Anônimo

    Reinaldo, estou enviando um artigo que pode ter tudo a ver com o que ocorre atualmente em nosso país. Aliás é um assunto pouquíssimo divulgado, desconhecido para a maioria dos nossos queridos compatricios. Desculpe em enviar em NEGRITO, mas é de interesse geral, se possível divulguem. É longo, mas mostra o que pode estar implícito em tudo que estamos vendo pais afora.

    Holodomor – 80 anos de um terrível genocídio comunista
    Publicado em 3 de junho de 2013 por Da Cia em Da Cia com 27 Comentários
    Uma das formas mais terríveis de se morrer é por fome. Seja pela interrupção abrupta ou gradual de alimentação , o ser humano passa por estágios que o levam ao total estado de bestialidade. Ao se acentuar a falta de nutrientes, o corpo começa a consumir partes menos “importantes” para poder suprir o sistema nervoso central e o miocárdio. É assim que aos poucos vão sendo eliminadas todas a reservas de gordura. Em paralelo, o corpo começa a consumir a musculatura. A consequência imediata é que o ser humano se torna cada vez mais fraco. A redução de atividades motoras colabora com a queda na temperatura, que já se daria naturalmente pela perda de gordura e pelo pouco estoque de energia. O indivíduo começa a sentir constantes e insuportáveis dores estomacais, acompanhadas de diversas dores musculares por todo o corpo. Há um acelerado processo de queda de cabelos, a pele ganha uma aparência cada vez mais pálida, há diarréias. Os olhos parecem saltar do rosto, tonturas são cada vez mais constantes, até que a capacidade de concentração começa a se perder e junto com ela o raciocínio começa a se debilitar. Os mais sortudos morrem logo devido à infecção de qualquer doença que encontre terreno fácil para desenvolver-se diante desse corpo debilitado e sem resistências imunológicas. Todos os outros vão sofrendo aos poucos, têm convulsões cíclicas, alucinações constantes, vão perdendo aos poucos o contato com a realidade até que morram definitivamente pela perda de massa corporal, queda da temperatura ou ausência de proteínas.
    Se na conta individual a morte por inanição já é terrível, tente imaginar essas característias sendo desenvolvidas em uma comunidade inteira. Pessoas até pouco tempo saudáveis, produtivas e levando uma vida normal começam a ver seus vizinhos e parentes morrendo lentamente, e a perceber que eles serão os próximos. Não demora e, na ausência de alimentação para sua subsistência, as pessoas dão vazão aos instintos mais severos de sobrevivência e começam a praticar canibalismo. Na resistência de outros seres para se sujeitarem a servir de refeição, buscam cada vez alvos mais fáceis para a auto-preservação, e é então que começam a atacar os mais indefesos: as crianças!
    Todo esse processo acima é importante para explicar um dos atos mais nefastos já vistos na História da humanidade, provocados tanto pelo ódio desumano do regime comunista como pelos procedimentos e ações pregados por tal ideologia. Estou falando da Grande Fome imposta por Stálin ao até então próspero povo da Ucrânia. Há 80 anos, nesta mesma época, entrava na fase final de inanição a população camponesa ucraniana e cossaca.
    Por ser uma região fértil, produtiva e com fortes sentimentos nacionalistas, a Ucrânia foi das regiões que mais bravamente resistiu às políticas de coletivização da produção implantadas por Stálin. O ditador não perdoava a região por isso, e irritava-se sobremaneira com os “problemas” gerados por ali. A resistência da população fazia com que Stálin cada vez mais acelerasse o processo de coletivização e expropriação da produção, reduzindo cada vez mais a proporção da produção dos camponeses para consumo próprio e replantio. Era necessário suprir o aparelho repressor soviético, seu enorme exército e sua rede de abastecimento.

    Síntese do pensamento totalitário comunista
    Quanto mais Stálin aumentava os confiscos da produção em nome de suas políticas insanas, piores eram os resultados da colheita. E não haviam mais vozes a gritar: Artistas, jornalistas, escritores, todos contra a coletivização haviam sido deportados, presos ou assassinados. Temendo por suas vidas e fracos, os ucranianos não resistiam mais. Com a redução da colheita, maiores eram as necessidades de confisco pelo Estado soviético. Esse círculo vicioso gerava paranóias persecutórias típidas de regimes totalitários: Os fiscais do partido nas lavouras, os responsáveis pela distribuição e também as autoridades policiais acusavam-se mutuamente de incompetência e corrupção, em busca de livrarem a si próprios de condenações do aparelho opressor central. Toda essa fúria desaguava nos camponeses, cada vez mais pressionados. Muitos eram torturados e presos por não conseguirem corresponder às expectativas dos planejadores, enterrar espigas de milho ou escondê-las em casa para sobrevivência, sonegando-as ao Estado. A polícia soviética fazia rondas noturnas nas plantações pois sabiam que muitos produtores agiam na escuridão para tentar reservar o produto de seu trabalho para a própria subsistência Até que chegou-se o momento em que as prisões e campos de concentração não suportavam mais produtores e esses começaram a ser devolvidos a suas lavouras. Mas quando voltavam o cenário não era animador, as outrora áreas produtivas encontravam-se degradadas.
    Diante da subnutrição, as famílias começavam a tomar medidas drásticas. Pegavam seus filhos crianças e fugiam para perto das cidades, abandonando-as ali mesmo à própria sorte na esperança de que elas fossem resgatadas e alimentadas por benfeitores ou pelo aparelho estatal. Os camponeses voltavam à lavoura para esperar a própria morte e acreditavam que era melhor não ter as crianças por perto e abandonadas no campo quando morressem. Só que as crianças não eram salvas por ninguém, mas sim recolhidas para Delegacias. Das delegacias elas eram levadas a postos ferroviários em caminhões. Nesses postos, médicos separavam as que ainda tinham alguma condição de subsistência das que já estavam inchadas e em estado final de inanição. As que tinham alguma resistência iam a acampamentos, verdadeiros campos de concentração, como Holodnaia Gora, enquanto as outras eram levadas para longe da cidade e abandonadas na beira da estrada, para que morressem por ali mesmo e longe dos olhos da população. Nos locais em que as crianças eram despejadas, cavavam grandes fossas para enterrar ali mesmo as que já chegavam ao local mortas, ou aparentemente mortas ( muitas foram jogadas nas fossas mesmo estando respirando ).

    A Fome foi ação deliberada e consciente
    As fugas de camponeses criavam um ambiente desolador nas cidades, e foi então que Stálin ordenou que se fechassem e controlassem todas as estações de trem das regiões atingidas pela fome, para evitar mais e mais famintos vagando nas metrópoles locais. Os mortos de fome acumulavam-se na cidade, toda noite dezenas de corpos eram recolhidos. Nestas coletas de corpos, começou-se a perceber cada vez mais casos de defuntos com a barriga aberta. Mais tarde, alguns dos “amputadores de defuntos” presos confessaram que arrancavam o fígado para fazer patês vendidos nas feiras locais.
    Quando entrou o mês de Junho de 1933, Stálin e todo o Politburo já tinham claro que o castigo estava de bom tamanho, que os impactos já se faziam sentir no racionamento nacional e que não era mais possível seguir com a política de extermínio. Foi então que começou, aos poucos, a liberar grandes lotes de grãos para ucranianos, cossacos e cazaques. Obviamente, os efeitos do ataque genocida não foram eliminados de imediato: Centenas de milhares continuaram a sofrer os efeitos da provação vivida e estima-se que o déficit populacional total tenha superado os 10 milhões de habitantes. Somente na Ucrânia, é certo que mais de 3 milhões de pessoas morreram por consequência das mazelas da fome. A somar-se toda a região, os números ultrapassam 7 milhões. 7 Milhões de mortos por fome em pouco mais de um ano de progressão de políticas socialistas.
    Os historiadores da Ucrânia atribuem os atos puramente ao ódio de Stálin aos ucranianos. Essa visão narra a grande fome imposta à Ucrânia como um ato de guerra. Porém, é necessário dizer que, não obstante esse motivo, o extermínio representa a pura ação político-econômica pregada pelo Socialismo. Ainda que se tenha a particularidade de uma URSS paranóica sob a desculpa de uma inevitável guerra vindoura, e que portanto precisava sempre estocar alimentos para prováveis dificuldades futuras, tudo isso só aconteceu por uma tentativa inconsequente de implantar políticas planejadas em bancos acadêmicos por pessoas que crêem ser possível redesenhar e planificar toda a sociedade, incluindo seus meios produtivos.
    A coletivização, o confisco da produção, o controle total pelo Estado dos meios produtivos e distributivos são políticas totalmente condizentes com o que prega o comunismo. O ódio de classe aos camponeses produtivos e prósperos, tidos por reacionários, o bloqueio e calada de todas as vozes contrárias às ações do Estado e tornar inimigos inaceitáveis todos que não enxergam o Estado como ente supremo de razão também são características típicas da mentalidade socialista. Após 80 anos, se não a totalidade, ao menos algumas dessas políticas continuam a gozar de prestígio. Grandes erros que resultaram em crimes horrendos contra a humanidade não deveriam ser esquecidos.

    PARA MAIS INFORMAÇÕES:
    Documentário “HOLODOMOR” feito pela Radio Quebec, disponível no YouTube;
    Holodomor – O Genocídio Ucraniano – artigo de Luís de Matos Ribeiro para a Associação Internacional de Estudos Ibero-Eslavos, disponível no SCRIBD;
    Livro “The Harvest of Sorrow: Soviet Collectivization and the Terror-Famine“, de Robert Conquest
    Livro “Execution by Hunger: The Hidden holocaust“, do sobrevivente Miron Dolot;

  32. Francisco valdir

    Eu acompanho as notícias pela internet,pois pela Rede esgoto
    e mais umas outras e impossível formar opinião.Porém a cada
    dia,vejo as coisas piorarem neste país.Nao tem mais jeito
    se continuar-mos com estes governantes,iremos ao fundo do
    poço.Temos que se libertar desta quadrilha Petista/Psol/Pcdob

  33. popeye

    Reinaldo,

    Esses caras não desistem nunca. Lembra-se do naufragado “estatuto dos direitos humanos” ou algo assim ? Já propunham que os invasores “sentassem pra negociar” com os donos da propriedades invadidas. Agora, vêm com essa conversa mole de “mediação”.
    Foi assim também com o “estatuto do desarmamento”. Perdem, mas querem impor sua vontade de qualquer jeito.
    Esse Gilberto Carvalho é um meliante.

  34. Fábio

    Esse Gilberto Carvalho deveria ser preso! Um absurdo. Muito triste. Mostra a alma desse govêrno. Esse Carvalho desistiu de ser padre, mas não desistiu de ser demônio. Com a ajuda de Dilma e Lula espalham a desordem e o terror. Pessoas más.

  35. Fábio

    Pela fala desse homem, deve ter se intoxicado até a medula com Derrida e Bakhtin, dois dos pilantras mais estudados nos cursos de Letras. Incrível também essa ideia de mediação de conflitos. Isso é socialismo puro! Transgressão da Justiça. Para quem estudou um pouquinho sobre Nova Ordem Mundial, é exatamente isso que está previsto para o planeta: fim da propriedade privada. É exatamente isso que fazem na África do Sul e no Zimbábue, tomando as terras do brancos. É inaceitável essa ideia de mediação. Estão rasgando a Constituição.

  36. Wagner de Oliveira

    ReinaldoXXXXXXXX na cascuda!

  37. wilson1

    Reinaldo, sobre seu comentário, hoje, na Folha, ai que preguiça, como sempre brilhante. A propósito do Sr. Saffale, quero crer que ele não está mais comentando na TV Cultura. A pensar que ele, um grande admirador do seu chará, Vladimir, fazia comentário numa TV, que pode ter, sim, confrontos de ideias, mas não abrigar um inimigo em suas fileiras. Aliás, falando em inimigo nas fileiras, ela, também, vejam só, abrigava o Sr. Nassif, hein? Para finalizar, ainda, sobre a TV Cultura: ela está de parabéns, pelos comentaristas atuais, apesar de eu ter restrições a um ou outro, mas, também, a gente não pode ser tão egoísta em querer perfeição, né?

  38. francanídeo

    Esse ministro é osso!!

  39. SidneyCWB

    Aí pergunto, de novo: o quê esta senhora está fazendo num partido da base aliada do PT? Sai daí senadora!!!! Não fica bem e a senhora passa por impostora ficando neste troço do Kassab!!! Se candidata a presidente que ganhará milhões de votos, mas antes tem de sair da turma que apoia estes vermelhinhos desgraçados.

  40. Pedro

    Sobre o post anterior, veja Vladimir Safatle sendo espancado (intelectualmente) em debate no IMIL.
    Devemos relevar o que ele diz, o incidente deixou sequelas graves no “filósofo”.
    https://www.youtube.com/watch?v=ekIJikGZU5I

  41. josemar silva dos santos

    Chegou A hora de desconstruir este elemento ao menor ponto possivel,ou NÃO TEREMOS UM PAÍS AMANHÃ! quem lê entenda e aja.

  42. GamoR1

    Não dá mais. Senão vejamos:
    “É com perplexidade que a CNA Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA)
    Estamos vivendo o ocaso?
    “É com perplexidade que a CNA toma conhecimento, pela imprensa da fala do Ministro”. Perplexidade é pouco.
    “…magistrados imparciais”, onde? hoje com raras exceções. O aparelhamento do Estado brasileiro funcionou em todas as instâncias. Se Dilma for reeleita aí ninguém segura mais.
    “A CNA “repele” firmemente tais aleivosias e contra elas lutará, em defesa da Constituição e da ordem jurídica.
    Essa nota tinha que ser mais enérgica. Tinham que promover no horário nobre da televisão uma resposta a altura dessa aleivosia. Essa resposta deveria permanecer pelo menos oito dias sendo divulgada em todos os canais de televisão. Afinal deve-se lutar pela sobrevivência do agro negócio e da propriedade privada. Amigos na Venezuela mandaram-me recado para que ‘os brasileiros não durmam’.
    Sempre Alerta CNA!

    toma conhecimento, pela imprensa

  43. Rodolfo

    O DIABO nunca chega assustando, nunca é uma figura feia, asquerosa…. Vem sempre disfarçado de boa gente, com fala mansa, com propostas aparentemente tentadoras…

  44. J.R.

    *
    De qual sociedade brasileira, habituada a jogar tudo embaixo do tapete, o Gilberto está falando? Do executivo, do legislativo ou do judiciário? Quem são os “dominadores”? É o PT ha 12 anos no poder? E os irmão brasileiros despejados de suas propriedades? Onde ficam seus direitos?
    E o PCC, CV, podem então deixar de aceitar passivamente a “dominação” e lutar por seus direitos?
    Sr Gilberto, o sr pretende elevar todos os dominados a um “status quo” para que sejam os novos dominadores?
    Putz, que discurso covarde, mais uma vez, um membro da elite demonizando as elites. Seja claro, dê nome aos bois.
    Enquanto o Sr defende aqui a insurgência dos “movimentos sociais” o PT de Rui Falssão os condena na Venezuela, dando apoio ao ditador. Porca miséria!
    Entregue tuas propriedades aos índios…seja o exemplo, Sr Gilberto…justifique teu discurso.
    *

  45. Wagner Oliveira

    ReinaldoXXXXXX na cascuda!

  46. Karlão

    – Os homens devem curvarem-se ante a lei ou serão forçados a ajoelharem-se perante os tiranos.
    – Gilberto Carvalho está doidinho para que aconteça a segunda opção e todos venham ajoelhar-se a seus pés ou diante do “pai” Lula.

  47. roby

    É realmente um espanto, Tio Rei. Essa canalha não tem jeito, mesmo.
    Mas venha cá: o que fez Aloizio Mercadante para não constar daquela seleta lista dos que disputam o seu coração? Não bastou ter sido o pior de todos os senadores que São Paulo já elegeu (e concorrendo com nada menos que o casal Suplicy!)? De ser o maior de todos os produtores de dossiês fajutos entre os aloprados profissionais do PT? De ser o eterno papagaio de pirata que há muito tempo trocou a dignidade por um cantinho na mesa do poder, ainda que seja apenas para recolher as migalhas?
    Sinceramente, acho que você está sendo muito injusto com o mais verdadeiro, notável e exemplar petista que pode existir.

  48. Leopoldo Dogher

    A nota da CNA vale tanto quanto os editoriais do Estadão. É só pra inglês ver. Kátia Abreu é amiga da Dilma, é da base governista. Perdeu o meu respeito. Outra coisa: pra ler a sua coluna na Folha é necessário assinar a Folha. Como eu não assino e não quero nem de graça, fico sem ler. Pena.

  49. Maria Gorete

    Senadora Kátia há muito se bandeou para o outro lado.

    Do Estadão:

    Dilma indica nome para Agricultura e PMDB reage

    Escolha de Enio Marques desperta reação em grupos para os quais o médico veterinário, sugerido por Kátia Abreu, ‘não representa a vontade’ do partido
    Débora Bergamasco – O Estado de S. Paulo

    Brasília – A indicação feita pela presidente Dilma Rousseff de que o assessor especial do Ministério da Agricultura, o médico veterinário Enio Marques, será o novo ministro da Agricultura no lugar de Antonio Andrade, desencadeou nesta quarta-feira, 19, uma forte reação em setores do PMDB contrários ao nome.

    A escolha, antecipada pelo blog de Marcelo de Moraes, no estadão.com, tem por objetivo apresentar um nome que aproxime o governo e a campanha da petista do agronegócio. Marques foi sugerido pela presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), principal elo de Dilma com empresários do setor, tradicionalmente avessa ao petismo.

    O nome de Marques foi colocado por Dilma depois que o PMDB da Câmara, descontente com o atraso na reforma ministerial, decidiu não apresentar nenhum nome ao Planalto para substituir os deputados da bancada que ocupam cargos nos ministérios, caso de Andrade e Gastão Vieira (Turismo). Mas foram justamente os deputados peemedebistas que contestaram o nome de Marques.

    O deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) afirmou que se Marques for mesmo nomeado o governo estará comprando uma briga ainda maior com a bancada do PMDB na Câmara. “Já exoneramos o sujeito uma vez, se ela o colocar como ministro, aí vai ser uma agressão ao meu partido”, avisou. “Essa pessoa não representa a vontade do PMDB. Se for ele, então haverá um rompimento do governo com o PMDB da Câmara”, ameaçou Cunha.

    Minas Gerais
    Além disso, a indicação foi considerada prejudicial na articulação montada pelo PT e pelo governo para atrair o PMDB mineiro para a campanha de Dilma e do petista Fernando Pimentel ao governo do Estado. O presidente em exercício da legenda, deputado Saraiva Felipe (PMDB-MG), criticou a escolha.

    “A presidente está conseguindo um feito difícil: montar todos os seus ministérios sem nenhum mineiro como titular. De certo ela não está precisando de votos em Minas, deve achar que vai tirar a diferença no Rio Grande do Sul.” E finalizou: “Isso é só mais um sintoma do prestígio que ela tem por Minas”.

    A indicação de Marques contempla o desejo de Kátia Abreu, que já defendia o nome do futuro ministro para cargos estratégicos no governo desde quando ele ainda comandava a Secretaria de Defesa Agropecuária. A senadora disse que só se pronunciará após ele assumir a pasta.

    Em agosto de 2013, Marques foi exonerado da Secretaria de Defesa Agropecuária após pressão do PMDB, que conseguiu substituí-lo pelo advogado Rodrigo Figueiredo. Na época, houve reação do setor agropecuário, mas peemedebistas ficaram satisfeitos com o novo nome.

  50. Martinha

    Gilberto Carvalho é o porta-voz de Lula no governo. Isso explica tudo…