Blogs e Colunistas

08/10/2013

às 6:41

Enquanto Dilma exaltava as “manifestações” no Programa do Ratinho, o pau comia no Rio e em São Paulo. Estava escrito na estrela

Tomei uma decisão editorial. Sempre que eu escrever sobre a barbárie promovida por fascistas mascarados, a primeira imagem do meu texto será essa. Sim, é Caetano Veloso. Ele é favorável à censura prévia no caso das biografias, mas contra a repressão aos black blocs. Aos fatos da hora.

Enquanto o pau comia nas ruas em São Paulo e no Rio, Dilma Rousseff concedia uma entrevista a Ratinho. Não há nada de errado com o apresentador. Faz o trabalho dele. A questão é saber se ela faz o dela.

Enquanto a presidente dizia no SBT que “os protestos fazem parte do processo da democracia e da evolução social do Brasil”, os mascarados do Black Bloc faziam isto em São Paulo.

Black blocs destroem e viram carro da PM em SP (Foto: Eduardo Anizelli-Folhapress)

Enquanto a presidente dizia a Ratinho que os protestos “têm um sentido positivo”, os black blocs faziam isto no Rio.

Black blocs incendeiam ônibus no Rio (Foto Marcelo Sayão-EFE)

Enquanto a presidente fazia poesia e garantia que os manifestantes querem “mais garantias de direitos” e “mais democracia”, na capital fluminense, assistia-se a esta beleza:

Agência bancária é depredada no Rio por black blocs (foto: Christophe Simon-AFP)

Bomba incendiária é lançada contra a Assembleia Legislativa do Rio (Foto: Pablo Jacob – Agência O Globo)

Enquanto a presidente interpretava os tais protestos como coisa de gente que quer sempre avançar, os “avançados” faziam coisas como esta:

No Rio, Black blocs acendem coquetel molotov para lançar contra PMs (Foto: Christophe Simon-AFP)

Em SP, os black blocs lançam com estilingue artefato incendiário contra policiais (foto: Fábio Braga-Folhapress)

Então vamos ver

O que você sente, leitor amigo, telespectador amigo, quando repórteres e apresentadores de TV recorrem à expressão “manifestação pacífica”? Não está cansado dessa ladainha, dessa mentira escancarada, dessa pilantragem jornalística? Estão querendo enganar a quem? Nesta segunda, a violência estava inscrita na própria convocação dos atos, desde o começo. Questionei aqui: que sentido fazia marcar um protesto em São Paulo em apoio aos grevistas do Rio?

Era o PSOL, que invadiu a Reitoria da USP, se solidarizando com o PSOL que comanda a absurda greve dos professores no Rio. Tanto lá como cá, contava-se com a colaboração dos black blocs, não é? No Rio, como num desfile de escola de samba, criou-se uma comissão de frente, com jovens e uma criança, batizada de “Tropa de Prof”. Parte da imprensa carioca delirou, achou lindo, achou demais, fez poesia, babou de satisfação. Às vezes, tenho a impressão de que há mais black blocs nas redações do que nas ruas. Vejam a foto.

Comissão da Frente da Escola Unidos do Reacionarismo, que fez delirar parte da imprensa carioca (Foto: Christophe Simon-AFP)

Logo atrás, vinha uma outra ala, a dos… black blocs propriamente. E, como é de seu feitio, mandavam a polícia se f…r.

Black blocs estavam na manifestação dos professores desde o começo: eram uma ala do desfile (Foto: Cristophe Simon-AFP)

Respondam, senhores apresentadores de TV.
Respondam, senhores jornalistas de TV.
Respondam, senhores editores de TV.
Respondam, senhores diretores de jornalismo de TV.
Quem, planejando uma “manifestação pacífica”, aceita a colaboração dos black blocs já na própria organização do suposto ato de protesto?

O chato é que a condescendência com a violência e com a desordem não muda o espírito dos que odeiam a imprensa livre e o jornalismo, como se vê na foto abaixo.

Black blocs e professores fundidos num grupo só: hostilidade injustificada à TV Globo

Embora a Globo faça uma cobertura dos eventos de rua que, para ser ameno, é “amigável” com os protestos, os trogloditas continuam a satanizá-la. Se, amanhã, num ato de delírio extremo, a emissora passasse a tratar os black blocs como heróis, eles a acusariam de tentativa de cooptação. Não existem nem amenidade nem adesão o bastante para a fome do gigante.

País estúpido
Leiam este trecho em azul.
A grande mentira é esta: as manifestações nunca foram pacíficas, desde o início. Depois que se decretou que a “culpa é da polícia” e que a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, debaixo de uma artilharia como nunca se viu, foi obrigada a declarar qualquer área da capital território livre para as manifestações — “sem repressão” —, estava, para lembrar imagem que usei aqui, aberta a Caixa de Pandora. Como no mito, só a esperança ficou grudada ao fundo. Os males do mundo escaparam todos.

Mais: teve início outra tese ridícula — a da “maioria pacífica”, uma espécie, como direi?, tautologia conceitual. Quando a maioria não é pacífica, o que se tem é revolução. Aliás, também as revoluções são feitas por minorias. A questão é saber se elas são ou não usadas como instrumento de luta. Ou foram os “pacíficos” que empurraram os governadores e prefeitos contra a parede?
(…)
O governo federal está recuperando a ofensiva no terreno político, e não há muito o que a oposição possa fazer. Com as pessoas comuns um pouco assustadas e de volta a seus lares, sobraram nas ruas a turma da porradaria e os radicais de esquerda, que já se mobilizam para dirigir de modo mais claro os ataques contra a imprensa — a mesma que incensou o movimento. E desqualifico, mais uma vez, uma mentira estúpida: o jornalismo não entrou nessa “para derrubar Dilma”, não! Entrou porque não resiste a qualquer coisa que tenha cheiro de povo.
(…)
Vá lá na Suécia e diga que tudo vale a pena se a disposição não é pequena para ver o que acontece. Lembram-se do furacão Katrina, nos EUA? As vítimas foram mandadas para escolas e alojamentos. Todos estavam unidos na tragédia, não é? Os idealistas esperavam solidariedade, a ajuda mútua etc. As Forças Armadas americanas estavam lá. Mesmo assim, começaram a se multiplicar os casos de estupro, e as autoridades alertaram: “Protejam-se; não temos como evitar esses atos”.

“Ah, então o povo, deixado por sua própria conta…” Sim, é isso mesmo! É por isso que existem governos e pactos sociais. O estado não precisa ser o Leviatã, não! Mas precisa ter legitimadas as suas forças de contenção. Ou é a guerra de todos contra todos. Uma coisa é criticar os maus policiais; outra, como se fez, é deslegitimar as polícias. É visível que as PMs do Brasil inteiro estão com medo de agir. Os policiais temem parar atrás das grades por cumprir sua função.

Se a amiga da presidente Dilma, a tal Rosa Maria, da Comissão da Verdade, elege as PMs como inimigas do povo e dos direitos humanos, então está declarado o vale-tudo. Vale-tudo que setores da imprensa pediram e aplaudiram. E agora? Agora são as próximas vítimas.

Retomo
Este é trecho de um post que escrevi aqui no dia 27 de junho de 2013, há mais de três meses. Quem se orienta segundo princípios inegociáveis não precisa esperar o desenrolar os fatos para dizer “não” ao que merece “não”. E eu digo “não” à violência que é dirigida contra as balizas do regime democrático.

VOCÊS SABEM QUE JAMAIS ME DEIXEI LEVAR PELO CANTO DA SEREIA, NÃO É? APANHEI MUITO POR ISSO, INCLUSIVE DE ALGUNS LEITORES HABITUAIS DO BLOG.

“É necessário ficar lembrando o que você escreveu?” É, sim! Não é sem um custo razoável que se afirmam certas coisas, na contramão, na contracorrente, quando há quase uma unanimidade em sentido contrário. É preciso ter memória.

Volto a Dilma
Na entrevista ao Ratinho, Dilma afirmou que, sem as manifestações, talvez o governo não tivesse conseguido aprovar os 75% dos royalties do pré-sal para a educação e 25% para a saúde e criar o programa “Mais Médicos”. Num caso, conta-se com o ovo na barriga da galinha. No outro, como é sabido, o programa já estava em curso e nada tinha a ver com a saúde dos brasucas, e sim com os cofres de Cuba. Isso é o de menos. O que importa é que o governo se desvinculou dos protestos, como antevi que aconteceria ainda em junho, e largou a barbárie para ser resolvida pelas Polícias Militares, que, prudentemente, cansaram de ser vítimas das milícias politicamente corretas das redações.

Se setores da imprensa, a exemplo de Caetano Veloso, acham que os black blocs “fazem parte”, por que seriam os homens de farda a dizer que não? Eles, convenham, pertencem àquele grupo que detém o monopólio do uso legítimo da força. Se os “companheiros” da imprensa acham que esse monopólio foi transferido para os outros fardados, os mascarados, não há muito o que os policiais, que são apenas o povo de farda, possam fazer. Os respectivos comandos das PMs deveriam mandar seus homens saírem às ruas distribuindo rosas & poesias.

Texto publicado originalmente às 5h05
Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

423 Comentários

  • markos

    -

    12/2/2014 às 8:00 pm

    globo é a maior manipuladora de informações ocultando a verdade do povo brasileiro…

  • EMA

    -

    29/10/2013 às 10:36 pm

    o pt contra os cofre publico, porque os
    mensaleiros não estão na cadeia.

  • Luiz C. Cardoso

    -

    16/10/2013 às 10:42 pm

    BLACK BLOCS – UMA CAMBADA DE MARGINAIS, VAGABUNDOS, VÂNDALOS E SAQUEADORES, QUE COMO QUALQUER BANDIDO, DEVEM SER TRATADOS COM TODO O RIGOR PELA POLÍCIA …

  • Sérgio Henrique

    -

    16/10/2013 às 9:12 pm

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda!

  • Sérgio Henrique

    -

    16/10/2013 às 9:00 pm

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda!

  • Eny Passini Moreno

    -

    10/10/2013 às 8:23 pm

    Eu gostaria de entender porque esses vandalos que destroem o Patrimonio Publico não ficam presos.Em qualquer Pais do mundo,pegariam Cadeia. Deram ate entrevista na Veja. Sera que presos, abririam a boca e falariam quem os comanda? Sera este o motivo de solta-los?.Os manifestantes pacificos se fossem inteligentes, sentariam no chão e deixariam os infiltrados em pe. Ficaria facil para a Policia identifica-los

  • ADÍLIO BELMONTE

    -

    9/10/2013 às 10:33 am

    LULA>DILMA>RATINHO>VALDEMIRO SANTIAGO, todos eles são uma ascensão de ideologia e desígnios de sonhadores com paraísos inexistentes, que seriam formados aqui no Brasil, seja por uma ditadura ultrapassada, seja pelo domínio da mídia, onde a burrice desenfreada está imperando sempre para angariar adeptos em todos os níveis a partir da FIFA até os sem-teto e muitos sem-vergonhas existentes neste país. Precisamos urgente pregar a leitura de uma manual de democracia, pois estão confundido esta com demagogia e anarquia a partir dos órgãos públicos e dos meios de comunicação.

  • Gislaine

    -

    9/10/2013 às 9:19 am

    Se é mascarado é bandido e devem ser tratados assim….. independente de quem é governo, de tudo, deveriam ser presos e responderem pelo que fizeram….chega de palhaçada e destruir as coisas …deveriam destruir a vida deles …se é que tem… acho que são uns vermes, sem pai e sem família….. Se já tivessem prendidos e responsabilizados teria acabado com isto… policia tem que agir sim e com força, não tem caráter aproveita de um ato legal para poder infiltrar e fazer isto, tenho nojo deste pessoal……

  • deaC

    -

    9/10/2013 às 3:29 am

    Estive na parte da manhã na Cinelândia, e nunca vi nada parecido, um verdadeiro campo de batalha. Na verdade houve sim uma guerra e quem perdeu foram os professores. Uma pena.
    Uma vez mais a categoria está sendo levada por aventureiros do sindicato, e lendo e vendo na tv a Sra. Wiria Alcantara e o Sr. Alex Trentino, ambos são simpatizantes dos bandidos mascarados e em nenhum momento condenaram a ação dos meliantes. E quando educadores se juntam, se unem a bandidos mascarados eles se tornam iguais e qualquer reivindicação passa a ser ilegítima.
    Em vez da simpatia do público passaram a ser objetos de desprezo da grande maioria. Prestem atenção senhores professores, estão sendo usados da maneira mais sórdida, PROFESSOR É PROFESSOR E BANDIDO É BANDIDO, NÃO CONVÉM SE MISTURAR.

  • josé

    -

    9/10/2013 às 12:35 am

    DIREITOS HUMANOS PARA HUMANOS DIREITOS.
    Já vi esse filme antes e vi o que foi necessário fazer para acabar com esse tipo de desordem. Pena que após a casa em ordem não deram os rumos adequados, principalmente devido a aplicação do tão falado AI.
    Esses grupos vestidos de negro e com os rostos escondidos, praticando atos criminosos contra o patrimônio público e o privado, infiltrados em manifestações pacíficas provavelmente com o intuito de debilitá-las, não devem continuar afrontando o povo, as autoridades e, por que não, a nossa cambaleante democracia. Esses grupos têm motivação e têm LÍDERES (líderes pro mal). Identificando-se o líder principal, tem-se a motivação e a identidade dos demais membros dos grupos. Cabe a inteligência policial resolver isso.
    Como a presidente está em campanha eleitoral e, por isso, tentando recuperar a queda nas pesquisas recentes, é provável que o seu criador tenha sugerido a sua entrevista em um programa de uma TV, em SP. Aliás, o seu criador já esteve naquele programa. O foco é a eleição de 2014, a violência em manifestações e outros problemas pelos quais está passando o povo da Pindorama, desde que não afetem a sede de poder do seu criador, … (para o inferno).

  • Beto

    -

    8/10/2013 às 11:13 pm

    li tudo…. e acho o seguinte, não necessariamente sobre os dizeres do post, mas também sobre minha visão em relação a questão: Hoje fiquei triste ao ver as cenas do ocorrido em RJ e SP, mas, parece mesmo tudo muito “pré organizado”… estes idiotas mascarados, são pessoas “pau mandado” de grupos com interesses politicos e econômicos tanto no presente quanto no futuro. Eu vi um idiota chutanto e socando uma lixeira no poste, e pensei: ” eis o momento em que o lixo se torna superior àquele “ser humano”. Sou a favor sim das manifestações legitimas, e o que vemos são manifestações “artificiais”, com objetivos alem do que pregam. Estes … mascarados, são oportunistas, e nem sabe o que fazem individualmente, seguem ordens de alguém, que, como disse, tem outros objetivos.

  • Anônimo

    -

    8/10/2013 às 10:09 pm

    Imagine você, um trabalhador honesto, um comerciante, um microempresário gerador de emprego, ter o seu patrimônio depredado por essa corja de vagabundos; e o pior, com o aval do governo, da presidente Dilma Rousseff, de Lula e da oposição covarde. O meu voto é nulo!

  • Fabricio

    -

    8/10/2013 às 9:26 pm

    “Adivinhe” quem é: Um dia ele foi VÍTIMA da DITADURA MILITAR ! Hoje se faz de VÍTIMA DAS ELITES DOMINANTES DO CAPITALISMO (Cujo show não sai por menos de R$ 150.000,00), apoiando “AQUELES ENCAPUZADOS” que só visam a BADERNA, DESTRUIÇÃO E ANARQUIA INFUNDADAS…

  • Marcelo

    -

    8/10/2013 às 9:26 pm

    Esse é um país de palhaços.

  • raul

    -

    8/10/2013 às 8:28 pm

    caros, nao sejamos hipocritas…essa violencia existe hoje nas ruas porque o Brasil sempre foi um pais sem leis. Vide os mensaleiros, os ministros do supremo acobertando tudo e etc… Nao existe respeito pois nao existem exemplos. Vivemos numa republiqueta de terceiro mundo rumando velozmente para o buraco. Nesse cenario, nada mais natural que manifestacoes violentas, e isso ainda vai piorar muito…ou melhorar???

  • João Helio

    -

    8/10/2013 às 8:23 pm

    ReinaldoXXXXXXXX na cascuda!

  • Mauro Magalhães

    -

    8/10/2013 às 8:18 pm

    A Dilma roubou bancos, com arma na mão, participou do assassinato de um policial federal, sequestrou diplomata estrangeiro… Tá pouco ainda para ela…
    Na cabeça de quem tem um pouco de memória, os vândalos assumiram o poder, estão no poder e conquistaram isso com ações ainda mais violentas.

  • Anule Brasil

    -

    8/10/2013 às 8:14 pm

    Artigo 5 da Constituição Fesderal do Brasil
    Parag. IV – É livre o Direito de Manifestação
    Em 2014 ANULE O SEU VOTO.
    ESTE ÉO MELHOR PROTESTO CONTRA A JUSTIÇA; IMPRENSA;
    E TODOS OS POLITICOS SAFADOS QUE QUEREM PERMANECER NO PODER ETERNAMENTE.

  • Seavon

    -

    8/10/2013 às 8:02 pm

    Ainda bem que eu não assisto programa do “tipo ratinho” nem o próprio como tem sido comentado aqui.
    E, se ao mudar de canal chegasse a ver que na programação quem seria entrevistada, não tenho “paciência” para não dizer outra coisa que começa com (s…) e perder tempo com isso…
    Mas já que se fala é sobre de quem não tem cachorro, caça com gato, quem não tem gato caça com rato, ou… como na época dos militares no poder foi dito e punido o humorista que chegou a dizer que: quem não tem rato caça com “ato”. AI-5,3,2,1.
    Eu quero que quem liga pro tal apresentador, saia de lá não com o ato mas, a nota 0 (zero).
    Não estou com raiva nem nervoso, simplesmente estou sendo honesto e dizendo o que sinto como todos têm o direito de defender os mais hediondos crimes cometidos.
    Democracia não é assim, direito de aprovar ou desaprovar em política não são os meios usados para escolher o que for melhor?
    Se estamos convivendo com o pior e só temos como meios de melhorar nossas condições de vida para melhor é acreditar, saber votar e se for pior como está, procurar meios de sair fora o mais depressa possível do governante enganador.
    Vou votar nas próximas eleições para: como todas as vezes anteriores votei procurando acertar.
    Se não acertar, vou ser vítima da minha escolha.
    Mas acredito que pior do que este governo, está para ser inventado.
    Vai gostar de enganar tanto e o tempo todo sem o mínimo se sensatez bem longe de onde meu modesto conceito possa aceitar seus caprichos e modos de proceder sem nenhum sentimento de culpa.
    Isso está passando das medidas.
    E eu, como disse acima, estou muito sem paciência, (s) para tanto!

  • Adauto J. Mendes silva.

    -

    8/10/2013 às 7:32 pm

    Concordo plenamente com as manifestações.Mais gostaria muito de ver essa cambada de bandidos, vândalos e baderneiros serem togos pegos no momento em que aparecerem nas ruas,… seriam todos identificados e responsabilizados severamente pelos aqtos praticados e que pretendessem praticarem. afinal o patrimonio alheio não é para serem depredados por alguém que não colocou um centavo para sua aquisição. …

  • affonso

    -

    8/10/2013 às 7:22 pm

    O Sancho Pança-mor dos trópicos, montado no Rocinante roubado do Dom Quixote, saiu por aí matando o idealismo da juventude.Hoje,de pança cheia,sorri satisfeito com seu materialismo vulgar.Como o sono dos irresponsáveis e dos animais bem alimentados,seu sono é bastante tranquilo.É o primitivismo de sua natureza.

  • Marcos

    -

    8/10/2013 às 7:19 pm

    Doutrinação ideológica na juventude é muito forte, infelizmente o Brasil só sera um país desenvolvido daqui décadas ou nunca, esses manifestantes não entendem nada de politica reproduzem professores marxistas ou leram algumas frases anarquistas e já se consideram intelectuais ou “revolucionários” por virar uma viatura, uma juventude que vive longe dos reais motivos da violência brasileira que é a impunidade e no futuro impunidade em relação a eles tb.

  • wilson

    -

    8/10/2013 às 7:06 pm

    Se essa bandidagem persistir, a população ainda vai implorar para o exército tomar intervir. Muitos acham que já passou da hora. Concordo com eles.

  • Rafael Sfoggia

    -

    8/10/2013 às 7:00 pm

    Prezado senhor,
    Muito embora existam grupos violentos nas manifestações, muito embora a população é facilmente manipulada pelas mais diversas fontes, é evidente a insatisfação e a total falta de qualquer comprometimento dos governantes com o país. Isso é clichê!
    A insatisfação deve ser externada e o endereço claro! Dilma age como se não houvesse ligação nenhuma com as revoltas, bem como seus ministros, senadores, juízes.
    A rede Globo não é uma empresa imaculada, muito pelo contrário, está para o jornalismo como Sarney está para a política.
    Sou contra a censura mas a favor da responsabilidade jornalististica.

  • Onagro.

    -

    8/10/2013 às 7:00 pm

    Reinaldo.

    A voz de de Cícero, após tantos séculos ainda ressoa:

    ” O miseram conditionem, non modo administrandae republicae, verum etiam conservandae!” i.e., Ó mísera condição, não só de administrar a república, mas também de (a) conservar!
    As Catilinárias, Oratio Secunda

  • Primavera

    -

    8/10/2013 às 6:48 pm

    Vandalos mascarados ” protestando ” nas ruas de Moscou, de Havana, Coreia do Norte ou na China ? Nem Pensar ! So mesmo na luloptcracia/socialista/bolivariana brasileira. Continuemos
    entregando o Brasil ao PT e descobriremos todos o que ainda esta por vir.

  • Leandro Oliveira

    -

    8/10/2013 às 6:38 pm

    Não acredito que o governo consiga se desvincular dos protestos, por mais que alguns tenham com a PM um embate direto nós que assistimos isso pelas redes sabemos quando o governo entra e quando sai das manifestações, sabemos quando ele tenta mudar o ruma da história, afinal ele escolhe a manchete do dia seguinte. Mas não estou cego nem embriagado pelas imagens que nos mostram, a verdade é sempre obscura aos olhos dos acomodados, “preferível acabar com essas porcarias de manifestações e voltarmos ao nosso futebol ou novela de cada dia”. Deixa o barco rolar afinal vivemos no país do carnaval, só que não. Que venham os protestos e se o final deles não acabar em flores, fazer o que, não se faz um revolução com rosas. Principalmente num país assassino e corrupto como o nosso.

  • José Eduardo Garotti

    -

    8/10/2013 às 6:33 pm

    Essa história de fazer parte do processo democrático é uma tremenda conversa fiada. Faz 27 anos que estamos nesse processo, e até agora não vi nenhuma evolução, somente estagnação. O U tenho visto não é e nunca foi democracia. Isso é ANARQUIA. Em todos os países democráticos existem leis e ordens, direitos e deveres. Aqui no Brasil só existe direitos e desordens.

  • nena

    -

    8/10/2013 às 6:32 pm

    Reinaldo, não tenho a data, mas você deu esta notícia:
    A “Associação Juízes Pela Democracia” – AJD -divulgou dia desses uma nota-manifesto que sustenta, com todas as letras e tom desafiador, que há homens que estão, sim, acima da lei. Literalmente, escreveu o seguinte:
    “Não é verdade que ninguém está acima da lei, como afirmam os legalistas e pseudodemocratas. Estão, sim, acima da lei, todas as pessoas que vivem no cimo preponderante das normas e princípios constitucionais e que, por isso, rompendo com o estereótipo da alienação, e alimentados de esperança, insistem em colocar o seu ousio e a sua juventude a serviço da alteridade, da democracia e do império dos direitos fundamentais.”
    É por esse critério que tem sido analisads as ações terroristas de agora. Os senhores juízes já então preparavam o terreno.

  • Adilio Faustini

    -

    8/10/2013 às 6:31 pm

    Quem não viveu antes de 1964 está aí um aperitivo.Até o Sendero Luminoso do Perú já está colocando as manguinhas de fora,será que é o filme “O RETORNO”?

  • Aurélio Tasso de Miranda

    -

    8/10/2013 às 6:28 pm

    Dilma exalta as manifestações de rua que estão acontecendo. E ela é a presidente da república …
    Quer dizer que ela quer isso.
    Reinaldo , por favor, registre isso nos seus arquivos.
    Quando estourar uma guerra civil não poderá, ela, dizer que “não sabia”….

  • brasileirinho

    -

    8/10/2013 às 6:06 pm

    Black blocs é uma invenção do PT, para melar as manifestações civilizadas e pacificas que derrubam a popularidade do governo petralha, ameaçando tirá-los do poder, digo, de cima da carne seca e afastá-los das tetas da viúva!
    É só fazer uma investigação seria, para constatar que esses crimes, têm a assinatura do João Santana!
    João Santana é um sujeito sem escrúpulos e terrorista mór;
    Visa, apenas, encher seus bolsos; não é diferente de nenhum assaltante de banco; é, apenas, mais sofisticado!

  • Trè Belle

    -

    8/10/2013 às 6:05 pm

    É a Dilma ou o Lula que vai ganhar as eleições, pois as urnas já estão programadas!!! Na eleição passada ele começaram a festejar o resultado, bem antes de fecharem as urnas. Nunca podemos esquecermos que é uma quadrilha, que faz de conta que governa(administra) o país , mas é só para inglês vê”é tudo de mentirinha, só de fachada) e a gente também finge que acredita!!! Estamos quites!!!!rs!
    PAÍS DAS BANANAS!!!!Vai continuar assim até quando??????

  • marcelo santana

    -

    8/10/2013 às 5:58 pm

    Matou a pau com este texto, comentar mais o que?
    O pior é ver usarem crianças nesse ”protesto”…

    pergunto eu:

    Onde está a vara de infancia e juventude nessa hora?

  • Fernanda Rodrigues

    -

    8/10/2013 às 5:56 pm

    Reinaldo, de fato, a única conclusão diante de tudo isso e, pais estúpido!

  • Andre

    -

    8/10/2013 às 5:56 pm

    ReinaldoXXXXXXXXX na cascuda!

  • luiz

    -

    8/10/2013 às 5:54 pm

    Para mim não passam de um bando de delinquentes.
    A polícia tem moer esses vândalos no pau.

  • Andre

    -

    8/10/2013 às 5:52 pm

    ReinaldoXXXXXXXXX na cascuda!

  • DENISE MAUÁ

    -

    8/10/2013 às 5:39 pm

    Já que nosso país está com os valores e as instituições totalmente destruídas pelo governo do PT, acho que nós e os jornalistas, que conseguimos ver a verdade sem distorções temos a obrigada de pelo menos mudar a nomenclatura dos fatos. Não é vandalismo o que tem acontecido, são crimes bárbaros. Não foi um menor que foi detido no meio dos professores, foi um criminoso, não importa a idade, crime é crime. Não são manifestações que estão acontecendo, são aglomerações de pessoas, poucas sabem a que veio e estão assim como nós perplexas…outras penso fazerem parte da cultura medíocre infelizmente predominante no Brasil.

  • ELEONORA FLEURY

    -

    8/10/2013 às 5:35 pm

    REINALDO AZEVEDO,

    O QUE SE ESPERA DO ESTADO DE DIREITO É QUE AJA COMO ESTADO DE DIREITO. O QUE SE ESPERA DA SEGURANÇA PÚBLICA E DA POLÍCIA É QUE AJA COMO SEGURANÇA PÚBLICA E COMO POLÍCIA, ENQUANTO POLÍCIA.QUANDO EM JUNHO, NO DIA EM QUE HOUVE AQUELA “MANIFESTAÇÃO PACÍFICA” NO MESMO DIA EM QUE TENTARAM INVADIR O PALÁCIO DOS BANDEIRANTES, O SECRETÁRIO GRELLA HAVIA DECLARADO NA VÉSPERA QUE A POLÍCIA NÃO IRIA REPETIR A ATUAÇÃO QUE ESTAVA SENDO CONDENADA… CONDENADA SÓ SE FOR PELOS ADEPTOS DO QUANTO PIOR MELHOR QUE NÃO PODE MAIS TER UM PESO ENORME E GRANDE DEMAIS DA CONTA !VISTO E SABIDO, NA AVENIDA NOVE DE JULHO, NO PRIMEIRO DIA, OS ERROS QUE ASSISTIMOS DE DENTRO DOO ÕNIBUS, NÃO FORAM DA POLICIA. ERROS QUE A IMPRENSA NÃO NOTICIOU. MOTORISTAS SENDO HUMILHADOS E RIDICULARIZADOS POR MANIFESTANTES INAUGURANDO A TEMPORADA DESSAS AGITAÇÕES PRETENSAMENTE CÍVICAS, EM NOME DE UMA LUTA A FAVOR DE ALGUÉM, MAS, CONTRA TRABALHADORES AGREDIDOS SÓ POR ESTAREM A POSTOS, NA CONDUÇÃO DE VEÍCULOS DE EMPRESAS ?! ONIBUS FORAM PICHADOS, VIDROS QUEBRADOS, PASSAGEIROS ASSUSTADOS TENDO QUE ABANDONAR NO CAOS, OS COLETIVOS. MORAL DA HISTÓRIA. SE PARA PROTEGER AUTORIDADES, DECLARAÇÕES PODEM SER REVISTAS, COMO FORAM, PARA COIBIR UMA VIOLÊNCIA PREVISIVELMENTE IMPREVISÍVEL, ENTÃO POR QUE NÃO ENXERGAR QUE A COISA É DE LOUCO MESMO, SE NÃO FOR DIAGNOSTICADA. SE A IMPRENSA NÃO FEZ A PARTE DELA POR MOTIVOS POLÍTICOS OU, FAZ O PAPEL DO AMIGO URSO COM UMA A POPULAÇÃO QUE NO INÍCIO CAIU COMO PATO E AGORA ? ESTAMOS NUMA REVOLUÇÃO MEZZO OBA OBA, MEZZO NADA DESVAIRADA. MAS, NÃO PODEMOS ADMITIR QUE ESTEJAMOS EM ALGUM MATO SEM CACHORRO. GRAÇAS A DEUS, SOMOS UMA DEMOCRACIA E PODEMOS EXIGIR INSTITUIÇÕES QUE ASSEGUREM A ORDEM PÚBLICA. O FATO É QUE HOJE A VOZ DO GOVERNADOR DE SÃO PAULO, GERALDO ALCKMIN EM UM TOM ULTRA PERTINENTE E PROCEDENTEMENTE EXATO E CORRETO, SE FEZ OUVIR E ECOOU DE UMA FORMA EM QUE SUA INACEITAÇÃO A ESSA VIOLÊNCIA TODA, PARECE TER ENCONTRADO A BATUTA DA INDIGNAÇÃO QUE É A DO CIDADÃO COMUM NAS RUAS DE SÃO PAULO ! TÃO INDEFESO E SEMPRE ASSIM, INDO E VINDO DO TRABALHO,ARRISCANDO A VIDA, HÁ MUITO TEMPO E POR TANTOS E DIVERSOS ERROS CRASSOS ACUMULADOS. MAS, QUE AGORA, DESDE JUNHO NÃO TEM E NÃO QUER TER NADA A VER COM ESSA REVOLTA PREDATÓRIA, NEM MUITO MENOS COM QUALQUER FALTA DE PULSO QUE ESTÁ PERMITINDO TUDO ISSO DE FORMA MASCARADA,INCONCEBÍBVEL E CADA VEZ MAIS DISFARÇADAMENTE INSIDIOSA. COM OLHOS BEM ABERTOS E ATENTOS QUE SALTAM PARA FORA, SOB O FOCO PROGRAMADO DE UMA AÇÃO ORQUESTRADA QUE AGE SIMULTÃNEA,EVIDENTE E MUITO MAL INTENCIONADA. .

  • sem noção

    -

    8/10/2013 às 5:30 pm

    PARA TUDO!!!!! Olhem bem as fotos do link abaixo… Claramente se vê as iniciais da facção criminosa do Rio de Janeiro, quer seja em pichações como pelas mãos das “crianças” nas fotos… Demorou, mas apareceu quem dá as ordens no Brasil agora…Que absurdo!!!!!!!!!!

    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2013/10/1353245-manifestantes-atacam-consulado-dos-eua-no-rio.shtml

  • Felipe Moraes

    -

    8/10/2013 às 5:28 pm

    ReinaldoXXXXXXXXXX na cascuda!

  • antonio

    -

    8/10/2013 às 5:18 pm

    não sei porque insistem em denominar estes arruaceiros de VÂNDALOS,tem que chamar é de B A N D I D O S,vandalo é um elogio e uma forma de discriminar os guerreiors escandinavos que tiveram a ousadia de enfrentar roma, e esses bandidos estes bandiso só estão causando prejuizo ao órgaos públicos e privados.
    e ainda conta com a benevolência de parte a imprensa,OAB,artistas etc;
    cada vez que eu vejo estas cenas eu fico vermelho de raiva e de vergonha

  • Lucas Saboia

    -

    8/10/2013 às 5:16 pm

    Eu vi algum de MUITO ERRADO com o apresentador Ratinho sim. Todo metido a corajoso quando comanda seu programa, com críticas até pertinentes em assuntos referentes ao governo, afinou covardemente diante da governanta. Perguntar se ela tem fogão prá fazer uma boquinha à noite no Palácio? Perguntar o que se deve fazer prá diminuir a criminalidade (governo de 11 anos!!)? Aceitar bovinamente as mentiras que ela expôs (ex.: dizer que não há células terroristas no Brasil)? Foi um entrevista patética, escroque, lamentável. Mero palanque. Ratinho não fez o seu trabalho – a menos que ele esteja trabalhando para o governo, o que, para todos os efeitos, seria falso. Seria?

  • sem noção

    -

    8/10/2013 às 5:15 pm

    Caro sandro Barreta Garcia – 08/10/2013 às 15:43
    Muito bons seu links, mas a Lei 7170/83 seria aplicável nesses casos???
    Bem que o Reinaldo poderia nos esclarecer a respeito!!!!
    Abaixo link com a íntegra da Lei:

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l7170.htm

  • LaraAS

    -

    8/10/2013 às 5:15 pm

    Na verdade, essas tentativas de incompatibilizar a população com a polícia não funcionam. Pesquisas de opinião com amostragem científica sempre mostram que a polícia é uma das instituição mais valorizadas pela população. Na verdade me parece que com essas coisas, esse pessoal acaba dando um tiro no pé. Assim como no apoio a grupos contraditórios entre si demais, como por exemplo, apoiou ao mesmo a grupos sindicalistas que querem aumento de salário e ao mesmo tempo apoioa grupos eco-maníacos (não os sérios mas maníacos que 70% dos membros dos partidos verdes políticos)apoio a grupos “anti-consumistas”, ora com um aumento de salário dos pobres e da classe-média baixa o consumo só pode aumentar…pois essas classes são as que menos poupam e mesmo com um aumentos reais de salário de modo algum vai chegar a ser na proporção de que eles comecem a poupar o mesmo que os ricos….E também apoio ao mesmo tempo a feministas e aos islâmicos….no fundo me parece que isso é querer ser experto demais….mas sabe como é….esperteza demais é ingenuidade, e como diz aquele ditado espanhol “La avaricia rompió el saco”. Sem essas extravagancias, o PT seria ainda mais forte do que é hoje. Essas extravagancias só o atrapalham.

  • CW

    -

    8/10/2013 às 5:14 pm

    Me parece que está tudo ensaiado entre a …Globo… e os Black … É só um repórter usar o termo “manifestação pacífica”, que começa a micareta: Coquetel Molotov, banco quebrado, lixeira no rua, dedo no c., orgasmos coletivos, uivos intermináveis sem deixar nadinha para as Hienas. Nada que uma alcatéia não faça em seu ambiente nativo. Toda manada precisa de um macho Alfa para o comando. Quem seria o grande líder? Nove seria a resposta? Rousseau deve estar feliz no inferno!

  • mauro

    -

    8/10/2013 às 5:14 pm

    Excelente ! Bravo !
    “Se a amiga da presidente Dilma, a tal Rosa Maria, da Comissão da Verdade, elege as PMs como inimigas do povo e dos direitos humanos, então está declarado o vale-tudo. Vale-tudo que setores da imprensa pediram e aplaudiram. E agora? Agora são as próximas vítimas”.

  • Carlos

    -

    8/10/2013 às 5:02 pm

    Sou seu fã. Mas cá entre nós, ainda estamos na fase das manifestações pacíficas? Poderíamos dizer que as instituições do Estado democrático de Direito devem (e eu concordo) ser preservadas), mas Reinaldo diga lá quais instituições que o cidadão comum, o professor, o médico, os orgãos representantes de classe podem se socorrer e que realmente ainda sejam “republicanas”? Fica dificil explicar que uma democracia funcione quanto o poder executivo domina e praticamente mada nos outros dois poderes! A democracia é baseada no equilibrio e liberdade entre os tres poders, isto já não existe no nosso Brasil! alguém vai resgatar este equilibrio ou a balança pende cada vez mais para uma ditadura de mídia, onde a censura é aceita e “bem vinda” por artistas e intelectuais que anteriormente defendiam (será mesmo ou era apenas um mote para alavancar suas carreiras, afinal Chico Buarque é um “órfão da ditadura”, desde que ela acabou, se é que hoje não vivemos em uma, o cara não fez mais nada…)a liberdade de expressão (óbvio que são amigos do poder e querem mesmo é reserva de mercado). E a opisição? Sim, e a oposição, existe? Collor foi derrubado por receber uma porcaria de uma perua Elba enquanto o companheiro do PT que recebeu uma LAND ROVER pagou 12 cestas básicas de pena (a LAND ROVER SAIU UM PECHINCHA, CONCORDA? As revoltas e passeatas de hoje eu veja como uma “massa amorfa” sem qualquer bandeira específica, que possivelmente dará em nada, pois quem tudo quer acaba por nada ter. Quanto á questão da passeata pacífica ou violenta, isto creio estar relacionado ao fato de não se saber realmente o que se quer e principalmente ao estágio educacional do povo brasileiro (tenha a curiosidade e converse com alguns professores, são verdadeiros reféns de alunos sem educação e muitos até já cooptados por atividades ilícitas e com um senso dúbio de moral). Enfim, nenhuma revolução ou mudança se faz sem algum preço, o Brasil precisa saber o que quer e não ser dirigido por programas de propaganda que mascaram a realidade e conduzem á desinformação. INFELIZMENTE NÃO ESTOU VENDO BONS HORIZONTES PELA FRENTE.

  • Bom Astral

    -

    8/10/2013 às 4:58 pm

    O Secretário da Segurança Pública de São Paulo anunciou,agora, na televisão,a criação de uma força tarefa,
    com promotor público, para acelerar os processos contra os baderneiros que depredam e atacam policiais militares.
    O Governador de São Paulo condenou a ação dos baderneiros.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados