Blogs e Colunistas

09/03/2012

às 15:43

Em palestra nos EUA, Chalita compara as favelas do Rio à costa grega, que atrai os milionários. Entendi: a Rocinha, um dia, será Mykonos!

Estava sem Internet! Alô, Telefonica! Tá tudo bem por aí? Desde ontem, o Sppedy está uma porcaria!
*

Poucos políticos são tão apaixonados por si mesmos e falam tanta bobagem quanto o deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP), pré-candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo. Atrás daquela fala doce, daquele discurso cute-cute, estão Michel Temer, José Sarney, Renan Calheiros e patriotas do mesmo jaez. Leio na Folha que ele deu uma palestra para brasileiros e latinos em Nova York e que elogiou políticas do PT e criticou o pré-candidato tucano José Serra. Não me digam! Mas qual é o lead? Ah, encontrei: Chalita comparou as favelas brasileiras com a costa turística da Grécia. Santo Deus! É provável que Chalita esteja indo muito a Mykonus e pouco à Rocinha. No mundo ideal, todo político deveria ter direito a uma TMB (Taxa Mensal de Besteira). Esgotou, acabou. Só voltaria no mês seguinte. Num momento de rasgo poético, delirou:
“Algumas favelas se localizam nas áreas mais bonitas da cidade, então as pessoas estão comprando esses barracos e transformando em casas. Analistas dizem que várias dessas favelas estão parecendo com a Grécia pela beleza do oceano, pela montanha e [por] como as casas vão ficando bonitas.”

Um sonho de Chalita - Um dia a Rocinha será assim, como Mykonos, na Grécia! É só a gente amar!

Um sonho de Chalita - Um dia a Rocinha será assim, como Mykonos, na Grécia! É só a gente amar!

 

Que coisa mais bilu!!! Que “pessoas” estão comprado? Quais “analistas” dizem? Para onde estariam indo os que vendem os barracos? Que importa? É Chalita! Ele não está aqui para explicar nada. Seu negócio é fabricar metáforas. Se duvidar, chega em casa e escreve um livro sobre o assunto.

Do mesmo partido do governador Sérgio Cabral, do Rio, Chalita também falou da necessidade de melhorar a segurança de São Paulo. E usou como exemplo virtuoso a cidade do Rio. É uma agressão estúpida, ainda que com bico doce, àquele que vive elogiando para ver se leva a cizânia ao PSDB: o governador Geraldo Alckmin. São Paulo é hoje a capital com o menor número de homicídios por cem mil habitantes — abaixo de 10. No Rio, é quase o triplo.

Na palestra, voltou a falar de sua origem pobrezinha… Seu passado é um verdadeiro “work in progress”. Ele é um pouco confuso sobre o seu passado. Escrevi a respeito em março do ano passado. Ora foi um pobre menino que vendia geladinho em estádio de futebol para sobreviver, ora recebeu uma fabulosa fortuna do pai, o que lhe permitiu comprar uma cobertura no bairro de Higienópolis de 1.000 m² — que teria deixado uma banqueira (dona de banco mesmo!) de queixo caído: “Nem eu tenho uma assim”.

Chalita é um gênio. Em 11 anos, seu patrimônio cresceu 1.925%, mais do que dobrou (crescimento de 115%) só entre 2008 e 2011. No ano passado, a VEJA tentou saber como se operou este milagre.Vejam o que conseguiu. Seguem trechos da reportagem de Fernando Mello então publicada.
*
Esso, esso, esso, Gabriel Chalita é um sucesso. Na literatura, ele é tão prolífico que deixa na lanterna gigantes como Machado de Assis e Honoré de Balzac. Machado produziu 38 obras em 69 anos de vida e o novelista francês, 89 em 51 anos. Chalita já deixou os dois para trás: aos 42 anos, publicou 54 títulos, todos com um estilo marcado pelo forte apego às frases feitas e por um fraquinho pelos diminutivos. Como político, sua trajetória não tem sido menos espetaculosa: eleito vereador aos 19 anos por Cachoeira Paulista, no interior de São Paulo, ele se tornou o terceiro deputado mais votado do Brasil no ano passado, logo atrás do palhaço Tiririca. Hoje, é pré-candidato a prefeito de São Paulo.
(…). A controvérsia e a incógnita marcam as duas faces do deputado e escritor.

Saber, por exemplo, quantos livros Chalita vendeu é uma tarefa árdua. Perguntado, o escritor responde sempre: “Pelos meus cálculos, foram uns 10 milhões”. A marca o colocaria à frente de J.K. Rowling, autora da série Harry Potter (3,6 milhões de exemplares vendidos no Brasil), e próximo de Augusto Cury, fenômeno editorial da década (11 milhões de livros vendidos desde 2002). A pedido de Chalita, suas editoras também não divulgam os seus números de venda. Uma espiada nas planilhas da rede de livrarias Saraiva, no entanto, autoriza a suspeita de que o cálculo não é o forte de Chalita. Considerada um termômetro do mercado editorial, a Saraiva negociou apenas 70.000 exemplares do autor nos últimos três anos.

Se não é bom com números, Chalita tampouco consegue ser preciso em suas citações. No ano passado, ao reeditar “Cartas entre Amigos” – escrito em parceria com o padre Fábio de Melo, seu amigo do peito -, a editora Globo teve de extirpar da versão original duas passagens erroneamente atribuídas a Machado de Assis e Cora Coralina. Infelizmente, para os leitores do deputado, outras escaparam aos olhos dos revisores. Usuário obsessivo do Twitter, Chalita escreve mensagenzinhas a cada quinze minutinhos, em mediazinha. São, em geral, frases de conteúdo “literário-filosófico”, como ele gosta de classificá-las, algumas vezes retiradas de seus próprios livros (“Eu te amo”. Se tiver dúvida, não diga. Se tiver certeza, não economize” ou “Matérias-primas de que somos feitos são duas, paradoxalmente duas: pó e amor! O pó nos iguala. O amor nos identifica”). Sem maldade, pessoal: o pó de Chalita é, no máximo, o de pirlimpimpim.

O deputado não bebe e não sai muito à noite, mas é festeiro à sua moda. Gosta de celebrar cada compra de um imóvel ou reforma de apartamento. Em 2004 (…), convidou seis assessores para uma “inauguração-surpresa” em seu dúplex no bairro de Higienópolis. “Quando chegamos lá, soubemos que a inauguração era da nova banheira de hidromassagem dele”, conta um dos convidados. Vestido com um robe de chambre, Chalita levou o grupo à sua suíte. onde a banheira estava instalada. Lá, anunciou que iria mostrar “como se banha um homem de estado”. Em seguida, tirou o robe e, tchibum-tchibum, de sunga, deslizou para dentro d”água. Para sua decepção, um curto-circuito impediu o funcionamento da hidromassagem e pôs um fim abrupto à celebração.

Católico, Chalita conta que na juventude queria ser padre, mas, com a entrada na política, trocou a batina pelo terno (hoje, ele prefere os Armani). Vaidoso, orgulha-se da “barriga tanquinho”, conquistada à base de muuuita malhação. Um assessor que ele considerou “fora de forma” já teve de acompanhá-lo em uma de suas habituais caminhadas aceleradas de 5 quilômetros em São Paulo – e nem o fato de estar trajando roupa e sapatos sociais o salvou da vigorosa experiência estética.

Na política, guardadas as devidas proporções, Chalita troca de partido quase com a mesma frequência com que lança um livro novo. Até agora, foram três mudanças de sigla. Começou no PDT, foi para o PSDB, passou pelo PSB e acaba de filiar-se ao PMDB. Trata-se de uma união de mútuas e significativas vantagens, em que o deputado já chega com status de pré-candidato a prefeito da maior cidade do país e na qual o PMDB poderá ganhar do PT e do governo federal algo que o interesse – e todo mundo sabe que algo é esse – em troca da desistência da candidatura Chalita.
(…)
Os 741.000 reais em bens que declarava possuir em 2000 transformaram-se em 7 milhões de reais em 2008 e hoje chegam a 15 milhões, uma variação de 1925%. Chalita atribui a prosperidade galopante às palestras que ministra pelo Brasil, aos 10 milhões de livros que “estima” ter vendido e ao “salário impressionante” que recebeu como diretor de escolas e professor de faculdades particulares até o fim da década de 90 (“Uns 20.000 dólares mensais, pelos meus cálculos”). O dúplex onde ele mora em São Paulo está avaliado em 6 milhões de reais. Tem 1.000 metros quadrados, piscina coberta com teto retrátil, oito vagas na garagem e uma academia de ginástica, montada com a orientação de Fabio Sabá, seu ex-personal trainer alçado a secretário adjunto de Educação de São Paulo quando Chalita era titular da pasta.

Há um mês, ele adquiriu um novo apartamento, também no bairro de Higienópolis. A compra do bem lhe custou 4,5 milhões de reais e foi paga à vista. Para fechar o negócio, nem precisou vender seus outros dois imóveis (além do dúplex, tem um apartamento no Rio de Janeiro, cujo preço é 1,5 milhão de reais). Como conseguiu a façanha? “Vendi um apartamento que eu tinha em Santos”, explicou, com a tinta da melancolia no semblante. O flat negociado pelo deputado valia 200.000 reais no ano passado. Como conseguiu multiplicar esse capital por vinte é só mais um dos mistérios de Chalita. Ele é a Capitu da política brasileira.
*
PS – Comentem com moderação!

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado.

154 Comentários

  • Célio Azevedo

    -

    11/10/2014 às 2:07 am

    É muito roubo!

  • Gabriel Chowchow

    -

    11/9/2012 às 1:35 pm

    Quando ele era secretário da Educaçao do Est. de SP mandou por antenas parabólicas em todas as escola, no proj. ëscola on line”. Nunca usadas. Aí fou muito dinheiro…

  • Roberto K.

    -

    13/3/2012 às 2:39 pm

    Para um sem noção, o cidadão é muito experto! Aliás, nuncantesnestepaís surgiu uma leva tão grande de sumidades financeiras como as que temos visto. De Lulinha a Eike Batista, passando pelo Chalitinha, são todos de uma inteligência brilhante e de uma esperteza suspeita.

  • Skylab

    -

    12/3/2012 às 3:39 pm

    Se bem me recordo, houve um político (deputado federal ou senador) chamado Barreto Pinto, que deixou-se fotografar pela revista O Cruzeiro, de fraque e cueca, pelado dentro de uma banheira e de outras formas bizarras. Portanto o Sr. Chalita não está sendo original

  • Renata

    -

    12/3/2012 às 11:37 am

    Ora, tá respondido então: é ele próprio quem está comprando os barracos pra reformá-los no estilo mediterrâneo de Mykonos. Com todo esse $$$…

  • Mariana Deusdará

    -

    12/3/2012 às 9:57 am

    A maior prova de que o Chalita é um babaca é a sua pretensão de ser prefeito de São Paulo. Ele e o seu mundinho de Alice no Mundo das Maravilhas!

  • celia

    -

    12/3/2012 às 9:42 am

    Eu agora tenho certeza que os cariocas pensam que nem Chalitinha. É só chegar uma celebridade no Rio e já tem uma favela escalada para ser o palco da visita. Os cariocas tb têm certeza que um dia todas as favelas serão como as belas cidades gregas. O príncipe Harry deve ter adorado a visitinha… Ele visitou a favela do momento!

  • mts

    -

    12/3/2012 às 8:55 am

    -CHALITA, ONDE VC DESCOLOU ESSA GRANA TODA PRA COMPRAR ESSE ULTIMO APARTAMENTO A VISTA???

    Chalita, responde: com muuuuito amor.

    -AHHH BOM!!!

    E esta tudo explicado.

  • antifav

    -

    12/3/2012 às 2:43 am

    Quem é do Rio vive traumatizado,favelas crescem a nível industrial,bairros de classe média viraram guetos,nada escapa da sanha populista,de Ipanema a Bonsucesso,de Copacabana ao Irajá você se sente estrangeiro na “sua” cidade.Deve ser muito bom morar no Leblon de graça não é.

  • De Honduras

    -

    11/3/2012 às 11:15 pm

    Sr. Reinaldo, desculpe-me, mas, não temos para onde correr, afinal, diga-me com quem chafurda e lhe direi sua fortuna………………….

  • Ségolène

    -

    11/3/2012 às 9:12 pm

    Não tem o que comentar, só concordar e gargalhar

  • Lucia R.

    -

    11/3/2012 às 8:26 pm

    Chalitinha falso. Nunca esqueço aquela cena, Chalitinha ao lado Della na Basílica em Aparecida ensinando a acompanhar a missa. FALSOS. Isso tudo após a polêmica em que Ella disse ser favorável ao aborto. Logo depois desmentiu.Ambos são favoráveis ao aborto. Abafaram.
    Quê patrimônio hein? Como ganhou tanto dinheiro?
    Sou católica, não suporto esse cara e não o considero da minha religião.
    Muitos que conheço ficaram decepcionados e jamais votarão em Chalitinha de novo. Ainda bem.
    SERRA PREFEITO.

  • Anónimo

    -

    11/3/2012 às 5:46 pm

    De onde viria o dinheirinho do fofo? Eis a questão. Tivesse mesmo vendido uns 10 milhões de sua xarapoda, muito mais do que a brilhante autora de Harry Potter, a essas alturas deveria ele mesmo ter se tornado um fenômeno editorial internacional. A fim de viabilizar e administrar uma inescapável carreira no exterior, talvez fosse imperativo, por exemplo, dividir muro com Pau no Coelho lá na Suíça. Confrontada com uma oportunidade dessas, qualquer pessoa inteligente daria uma banana para a política brazuca. Chalitinha, Chalitinha, muito estranha essa sua acumulação…

  • LIXO AUTORITÁRIO

    -

    11/3/2012 às 3:41 pm

    MUITO ESTRANHO ESTE CHALITA. A EXEMPLO DA MARTA, QUE QUESTIONOU SOBRE O PREFEITO KASSAB, EU GOSTARIA DE SABER: É CASADO? TEM NAMORADA?

  • WHK

    -

    11/3/2012 às 11:56 am

    Isto só confirma que chalita é o paulo henrique amorim da política ou vice-versa…

  • Ademar

    -

    11/3/2012 às 11:31 am

    e eu que achava que o Palocci era o rei da multiplicação do patrimônio sem explicação…pois é, vai ver ele tomou muitas lições com Chalita.

  • lavinia

    -

    11/3/2012 às 10:22 am

    SE ESSA HISTÓRIA DA BANHEIRA FOR VERDD (SINCERAMENTE ESTÁ DIFÍCIL DE ACREDITAR), ELE É UM GRANDE LOUCO!ISSO É LOUCURA PURA!NARCISO QUE MORRA DE INVEJA!!!!!!!É CASO PATOLÓGICO DE EXIBIÇÃO DA PRÓPRIA FIGURA.SE SENTIR AMADO, DESEJADO POR QUEM O OBSERVA……..
    E SE AINDA DELIROU ENXERGANDO FAVELA NO RIO ,IGUAL COSTA GREGA,É CASO DE TRATAMENTO SÉRIO.
    NÃO ACHO GRAÇA EM NADA DO QUE FAZEM ESSES POLÍTICOS PSICÓTICOS!!!!!!!!!

  • Adão José

    -

    11/3/2012 às 7:28 am

    Está brincando Tio Rei, o Chalita está chalitando, ou melhor, enlouquecendo. As favelas do Rio estão ainda com bandidos disfarçados de anjos. Dizem que os pacíficos, bandidos mansos, vendem o seu produto sem alarde e a coisa fica por debaixo dos edredons.A coisa ainda é muito feia. Aparece um ou outro cinco estrela para mostrar o seu lado humanitário. Agora comparar alguma coisa da Grécia com as favelas do Rio é brincar com a sorte. É fazer as pessoas de cegas e patetas.

  • Maria

    -

    10/3/2012 às 11:29 pm

    Reinaldo, você tinha conhecimento deste assunto? Seria muito interessante o MP começar a investigar de onde vem a fortuna do playboy.

    http://blogdofavre.ig.com.br/2008/09/gestao-chalita-deixou-rombo-de-r-4-milhoes/

  • Carvalho Gomes

    -

    10/3/2012 às 11:16 pm

    Apenas uma pergunta, meu caro Reinaldo: este senhor alguma vez esteve em uma das favelas do Rio, para fazer esta comparação? Entendo que é mais fácil se basear em “informações” fidedígnas de “assessores” que ouviram alguém falar a respeito e que provavelmente tenham lido algo em relatórios do governo do estado do Rio. A relidade não está nos relatórios oficiais. A “Ilha da Fantasia”, disfarçada de capital federal, está se expandindo e criando filiais. Aonde vamos parar!

  • marcos paula

    -

    10/3/2012 às 11:14 pm

    Comentando com moderação: esse chalita é um babaca.

  • augusto

    -

    10/3/2012 às 10:15 pm

    As pessoas adoram fazer comparações da segurança do rio com os outros estados. As upps são para inglês ver, hihihi. Quem mora fora dessas favelas estão comendo o pão que o diabo amassou. Vem visitar a baixada, São Gonçalo, até a região dos lagos virou zona.

  • cuidado com a patrulha

    -

    10/3/2012 às 9:58 pm

    Gabriel Chalita, o homem que transpira falsidade.

  • wilson

    -

    10/3/2012 às 9:56 pm

    Hum banheira, robe, assessores, massagem, Mykonos Hummmm!
    Não precisa explicar eu só queria entender.

  • kel

    -

    10/3/2012 às 8:53 pm

    Adorei o “comentem com moderação”!

  • Therese

    -

    10/3/2012 às 7:35 pm

    Pergunto a você Reinaldo que é bem informado: que tipo de gente vota no Chalita ?
    Fiquei dando tratos à bola: seus alunos acho que não, tenho conhecidos que foram seus alunos e o acham uma farsa.
    Intelectual também ão, ou os intequituais, será ?
    Gente da Igreja, pode ser.
    Mas tantos ? Ele é sempre bem votado, quem se ilude com ele ?
    Adorei a história da banheira….

  • odair

    -

    10/3/2012 às 5:45 pm

    Robre de chambre, banheira de hidormassagem, seis assessores. Só faltou o cara-cracha da Globo para indentificar _ Isso é uma……

  • Milena

    -

    10/3/2012 às 5:09 pm

    Será que o homem foi alguma vez a Grecia? Só pode ter sido em sonho, que ele viu a favela igualzinha a costa grega. Foi um sonho bem pesado, possivelmente depois de ter comido um grande jantar e bem regado. Só pode

  • Mimi

    -

    10/3/2012 às 4:56 pm

    Nossa como um professor ganha bem no Brasil né? Bom Chalita é um idiota, festa na banheira? Sabia que ele tinha um pouco de Calígula!

  • aposentado

    -

    10/3/2012 às 4:03 pm

    Um deslumbrado fazendo comentários deslumbrados comparando Mykonos com Rocinha e que pretende deslumbrar São Paulo se eleito prefeito. Vade retro ô coisa estranha. O Brasil e São Paulo precisam de seriedade, profissionalismo, respeito e trabalho para a real solução de problemas e sua prevenção. Prefeitura ou cargos públicos não são, ou não deveriam ser, lugar para amadores, sorry Dilma

  • Luiz

    -

    10/3/2012 às 1:46 pm

    Rei, a imbecilidade deste cidadao e’ tao grande que ele nao tem a nocao da besteira e da falta de respeito com as pessoas de bem que moram nas favelas, o sufoco em que vivem e conhecem a fio as dificuldades que passam em seu dia a dia nessas favelas para ter transporte decente, seguranca, lazer, saude, educacao, higiene…e tem a cara-de-pau de comparar com esses lugares…Isso e’ palestra propria de gente corrupta…uma pessoa digna de confianca jamais usaria desse argumento pra agradar um outro politico (Chabral).

  • djalma

    -

    10/3/2012 às 12:56 pm

    Para católicos, a maioria, que ficam criticando evangélicos que elegem “certos candidatos”, não se esqueçam que vocês tem telhado de vidro. Entidades como Canção Nova, Renovação Carismática e outras vivem elegendo essas figuras, tipo Gabriel Chalita. Tem um deputado Federal de Campinas que foi eleito pela Renovação Carismática, depois saiu do partido,pulou para outro, e outro, e continua se reelegendo. Até hoje não conseguimos descobrir o que êle fêz para cidade e região.
    Em tempo, fui católico, hoje acho que não sou mais nada!

  • Gaoto de Ipanema

    -

    10/3/2012 às 11:08 am

    A “Boca de Fumo” e as balas perdidas se parecem com o que mesmo, Seu Chalita?

  • Thogu

    -

    10/3/2012 às 10:33 am

    Esse cara é irmão do Padre Marcelo Rossi. Ou o agradecimento no livro “Agape” é apenas um tratamento afetivo ?

  • roberto

    -

    10/3/2012 às 10:25 am

    São Paulo não pode cair nas mãos de senhor porque ele vai entregar de bandejinha para o PT.

  • Marcilio Felippe

    -

    10/3/2012 às 10:13 am

    Gente esperta. Sabe tirar proveito das situações. Sabe exatamente quem deve lamber e no lugar que deve estar. Descobriu que pode se dar bem, apenas se fazendo de idiota, falando bobagens, por que na verdade, ninguem liga para o que ele fala. Não se compromete e enche o bolso de dinheiro.

  • Mercia Neves

    -

    10/3/2012 às 9:23 am

    Sinto vergonha por existir pessoas dessa naipe.É de uma falta de caráter que nos desanima de viver.Ele se diz católico…Um dos palácios dele que nem chega perto de cracolândias e Rocinhas é do valor de um dos palácios de do José Sarney.Pôxa, Sarney tem 585 anos e até esqueceu de declarar na Receita…Mas não creio que o Chalita já tenha “trabalhado”,e “construido” o mesmo Império com apenas 42 anos.Tudo isso procede mesmo? Chalita deve ser um tipo de mago.Deve ter apreendido com o próprio Cristo o milagre de multiplicação dos “pães”.É isso.

  • Angelo

    -

    10/3/2012 às 8:58 am

    Senhores,diante desses fatos,pode-se dizer que essa figura
    é um “multiplicador”em finanças,deve-se por isso tomar
    extremos cuidados,pois impulsivo como é,trocando de partidos
    com extrema facilidade,dá mostras de como será,se chegar a
    ser prefeito desta cidade,povo paulista abram os olhos.

  • paulo r

    -

    10/3/2012 às 2:55 am

    às vezes, um charuto é só um charuto. um idiota, às vezes, é só um idiota.

  • Giorgio Seixas

    -

    10/3/2012 às 12:45 am

    Tio Rei, em 1989, um certo candidato chamado Antônio Pedreira não era o que prometia pintar as favelas de branco para deixá-las iguais à Riviera Francesa?

  • Executante

    -

    10/3/2012 às 12:28 am

    Mergulho de sunga na banheira com 6 assessores na escolta? Dá licença, vou pegar um Estomazil.

  • Sergio R.

    -

    10/3/2012 às 12:21 am

    Numa palestra Chalita perguntou quem poderia calcular a sua idade, baseado no que acabara de falar naquela ultima hora.
    Um homem respondeu da platéia:
    - Vai fazer 44 anos meu pequeno filósofo.
    Estou impressionado respondeu Chalita. Quais os pontos da palestra usou para o cálculo?
    - Nenhum respondeu o homem. É que meu primo é meio babaca e vai fazer 22 anos.

  • AI COMO EU SOU BANDJIIIDA !!!

    -

    9/3/2012 às 11:47 pm

    CHALITA , PADRE FÁBIO , HADDAD , OS TRÊS MOSQUETEIROS ?? SEI NÃO ???

  • Berg

    -

    9/3/2012 às 11:39 pm

    Quanta boçalidade emana do filósofo xerox-chalita.

  • nena

    -

    9/3/2012 às 11:36 pm

    Credo! que coisa mais brega, imbecil e sebosa essa de inaugurar banheira!!! Nem perua faz mais essa coisa. Mas que fica bem com o estilo challita, ah! isso fica.
    Imagina o cara sendo prefeito de São Paulo… como serão as inaugurações? Quantas por dia? Santo Deus, nos acuda!!!

  • José Gomes

    -

    9/3/2012 às 11:31 pm

    Seis assessores e nenhuma, umazinha sequer, assessôra? Cadê a Liga Brasileira das Lésbicas? Não protesta contra essa evidente discriminação? Agora, SEIS assessores para vê-lo entrar na banheira de robe de chambre? PUUXXAA!

  • José Gomes

    -

    9/3/2012 às 11:01 pm

    Desculpe, Reinaldo. Melhor nem comentar. A não ser que seja um COMENTÀRIOZINHO, bem EDUCADINHO, bem FORMOZINHO.

  • conceicao

    -

    9/3/2012 às 10:47 pm

    È lamentável pessoas que se diz católicas e não ficam com remorço de juntarem com estes petralhas imorais! pelo poder estão espalhando todos tipos de jóios, por todo BRASIL!! estão levando o Brasil para um abismo sem volta! ÀS Igrejas foram enganadas por este imorais! Agora precisamos reconhecermos que fomos enganados!!!

  • leonardo almeida

    -

    9/3/2012 às 10:43 pm

    Finalmente alguém teve coragem de descrever a hipocrisia desse . De longe é fácil falar esse tipo de absurdos. Queria ver Chalita tomar uma cerveja ao pé de qualquer favela brasileira. Excelente texto, obrigado por honrar o jornalismo.

  • PARTIDO - PÊQUEPÊ

    -

    9/3/2012 às 10:37 pm

    .
    CARISSIMO REINALDO,
    .
    NAO CONSIGO EVITAR
    .
    PUFFF…
    .
    ATE HOJE CONFUNDO chalita COM haddad . VAI VER ELES SAO A MESMA PESSOA rsrs
    .
    OUTRO DIA PASSEI DURANTE UM SONHO, COM MEU YATE ALI NA FRENTE DO MORRO E NOTEI MESMO QUE PARECIA A GRECIA … DAQUI HA UNS ANOS, CASO NAO SE RECUPEREM DA CRISE …
    .
    VAI VER O CHALITA ESTA COMPRANDO TERRENOS LA…
    .

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados