Blogs e Colunistas

13/01/2010

às 5:31

ELES TENTAM A TÁTICA DA INTIMIDAÇÃO – AQUI, NÃO FUNCIONA. E EU APONTO SUAS MÃOS SUJAS DE SANGUE

Alguns leitores perguntaram: “Por que ficar buscando essas coisas no passado?” Ora, é a mim que vêm fazer essa pergunta? Trata-se, por acaso, de alguma piada? Não! Eu não lembrei os 130 homicídios (ver atualização abaixo) ou mais praticados pelas esquerdas porque pretendo demonstrar que a tortura e os assassinatos, ao arrepio da lei, tinham razão de ser. Já escrevi umas 300 vezes -  e posso escrever 301: aquelas pessoas que, uma vez presas, foram torturadas ou mortas em dependências do estado ou por agentes a seu serviço têm mesmo de ser indenizadas – ou suas respectivas famílias. Ainda que fossem terroristas, ainda que fossem bandidas. Sob a guarda do estado, passam a ter direito ao devido processo legal – ainda que a legalidade um estado de exceção. Já quem morreu lutando, de arma na mão, fez uma escolha. A indenização deveria ser encarada como ofensa.

Mas isso nada tem a ver com a Lei da Anistia e sua revisão. O perdão a ambos os lados foi uma escolha política, não uma opção por justiça. Quem não entende isso não sabe o que é anistia e não sabe o que é justiça. Até porque, tivesse o país escolhido fazer justiça em vez de fazer política, forçoso teria sido punir criminosos dos dois lados. E, em vez de pacificação, teria havido novo confronto. Com um detalhe: teria prevalecido o mais forte – no caso, os militares, titulares das armas. A conversa de que a Abertura era inevitável é coisa de idealista do miolo mole ou de historiador vigarista. A abertura foi uma escolha e uma construção do regime militar e da oposição de então. Querer, 30 anos depois, jogar no lixo aquele desenho é coisa do bolchevismo adormecido que resolve dar um último espasmo de vida para cuspir.

Publico, sim, a lista das 130 pessoas – até agora – que as esquerdas mataram porque se trata de um fato. E a imprensa não tem de temer os fatos. “E as vítimas da ditadura”? Ora, há 30 anos não se fala de outra coisa. Não há qualquer tentativa de esconder a história. Ao contrário até: notórios assassinos, como Carlos Lamarca e Carlos Marighella, foram transformados em heróis, e suas famílias, indenizadas. Os mortos sem sepultura histórica, submetidos ao processo de apagamento, são os outros; são aqueles que as esquerdas mataram. A imprensa os ignora; os livros didáticos os ignoram; os partidos políticos os ignoram. Tornaram-se, com o tempo, “não-pessoas”.

Freqüentemente, esse apagamento é fruto da ideologia mesmo. Os esquerdistas da imprensa e da academia entendem que os “mortos da direita” certamente foram vitimados por bons motivos. E há também a covardia: o receio de que a lembrança de que houve vítimas do lado de lá se confunda com a defesa da tortura e dos assassinatos extrajudiciais. Com receio de ser “mal interpretado”, o sujeito renuncia à sua obrigação, omite os fatos e permite que prosperem a farsa e a mistificação. Bem, eu não tenho receio nenhum. E estou pouco me importando para o que dizem porque as coisas que escrevo escritas estão. Repudio a tortura, a pena de morte, as execuções extrajudiciais. Mas eu as repudiou de um lado e de outro.

Enquanto alguns jornalistas que se pretendem hoje aiatolás do progressismo estavam de braços dados com soldados e proibiam que seus comandados escrevessem a palavra “ditadura”, eu, modestamente, estava “na luta” – era bem moleque e corria lá alguns riscos, conforme está registrado nas fichas da “repressão”. Por isso, dou de ombros quando esses neoxiitas vêm falar em “vivandeiras”. De puxar saco de militares e granadeiros, eles entendiam bastante quando fazê-lo rendia fonte, poder e prestígio. Depois, tornaram-se especialistas em puxar os países baixos do petismo. Bem, sem querer ser grosseiro, mas sem perder a piada, sempre preferi chutar o saco a puxá-lo. Inclusive no governo FHC. Questão de estilo.

A democracia não foi pro brejo em 1964 porque os demônios de um lado conjuraram forças contra os santinhos do outro lado. A democracia morreu por falta de quem a defendesse de um lado e do outro. Isso é história. Como é história a construção que se fez para a volta da democracia. Querer reinterpretar agora a Lei da Anistia com base em dispositivos constitucionais e leis que lhe são posteriores não é apenas uma canalhice ideológica. Trata-se também de uma aberração jurídica. Que o presidente da OAB, Cézar Britto, esteja nessa, isso, para mim, é só mais uma evidência da aberração. Este senhor é sócio de um escritório que tem o nome fantasia de “Advocacia Operária”. O uso desse tipo de nomenclatura é vedado pelo Estatuto da própria OAB e pelo Código de Ética e Disciplina. Ao menos isso, convenham, ele deveria respeitar no posto em que está. Só faltava agora eu tomá-lo como meu guia, não é mesmo? Sem contar que ele me cheira a futuro político. Vamos ver.

O fato de as esquerdas mistificarem a sua história não tem importância apenas arqueológica, não. Suas conseqüências se estendem aos dias correntes. Justamente porque se sente portadora de uma verdade superior, que falaria em nome ou em defesa dos oprimidos, elas se concedem todas as licenças. Há dias, Zé Dirceu tentou explicar por que o mensalão do PT era diferente das safadezas de outros partidos: segundo ele, as ilegalidades não foram praticadas para enriquecimento pessoal. Ah, bom…  Essa gente se dá o direito de transgredir leis em penca porque estaria sempre ocupada em praticar o bem – e o mal é monopólio dos adversários.

Pra cima de mim? Não mesmo! Assaltaram, mataram, torturaram, executaram pessoas em simulacros de julgamentos feitos por seus próprios facínoras. Não são moralmente superiores àqueles que pretendem transformar em modelos de algoz. Estão todos no mesmo lixo moral, com a diferença de que os “companheiros” diziam querer construir um novo homem, e isso os coloca um tantinho abaixo no reino animal.

Ora, vejam a lista de mortos que publiquei. Procurem lá as vezes em que a ALN – Ação Libertadora Nacional – matou militares e civis que nem sabiam o que estava em curso. Aliás, ela matou gente de seu próprio grupo em justiçamentos. Paulo Vannuchi pertencia à turma. E hoje, valha-nos Deus!, é o homem dos “direitos humanos”. Por isso conseguiu produzir aquela porcaria. Vejam as vezes em que o Colina (de Carlos Minc) e a VPR (de Dilma Rousseff) se meteram em assassinatos – depois todos se juntaram na VAR-Palmares. Procurem as peripécias do MR-8 de Franklin Martins. Como se tivesse os ombros livres, como se não pesassem sobre eles, nem que fosse por afinidade com os assassinos, muitos cadáveres, essa gente vem se oferecer para comandar a revisão história e para falar “na punição de torturadores” do regime?

Olhem aqui: não fosse a aberração jurídica, como já disse; não fosse a canalhice política, como eu também já disse, ESSAS PESSOAS NÃO TÊM AUTORIDADE MORAL PARA FAZER ESSA PROPOSTA. TAMBÉM ELAS ESTÃO AÍ POR CAUSA DA ANISTIA, NÃO PORQUE SÃO INOCENTES.

PS –  Estou sempre pronto a ler argumentos melhores, claro. Alguém se apresenta?

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

357 Comentários

  1. Brasileiro Inconformado

    -

    25/01/2010 às 1:38

    (continuação)… É muito bom ver que existem pessoas que também não coadunam com essa pouca vergonha. Sou do final da década de 60 e vivi o final do Governo Militar como criança e início da adolescência. Mas o que eu me lembro é que a turma que hoje está no poder, e que prega aos quatro ventos que lutou pela Democracia, na verdade estava querendo implantar o comunismo e não a democracia, como mentirosamente pregam. Ou seja, por pior que tenha sido o Governo Militar, que na minha opinião não foi tão ruim para o cidadão que fazia as coisas direitinho, foram os militares que nos conduziram para a Democracia que hoje vivemos e não as ações terroristas daqueles militantes políticos.

  2. Brasileiro Inconformado

    -

    25/01/2010 às 1:27

    Reinaldo, parabéns pelo artigo. Acho que você conseguiu colocar de maneira direta, concisa e simples os absurdos que estão sendo veiculados a muito tempo no Brasil. Eu fico indignado pois, diferente de um tempo atrás, alguns valores como verdade, ética, honra, hombridade e outros estão sendo expurgados da nossa sociedade. Hoje é muito fácil mentir descaradamente, na frente do público e nossa sociedade achar normal. Vemos a degradação moral em que nos encontramos, continuando a eleger políticos que não estão nem aí para a opinião pública. Vemos políticos corruptos que são defendidos por quase todos os seus comparsas do Legislativos e Executivo. Vemos um Judiciário que já se promiscuiu.

  3. Eolisses Leopoldino

    -

    16/01/2010 às 18:21

    De fato, CARLOS EDUARDO, está provado que os comunistas não comiam criancinhas…eles as matavam aos milhões, de fome e com tiro na nuca, em virtude de ter que eliminar determinadas classes sociais “inferiores”.
    Parabéns Reinaldo Azevedo, pela postura corajosa e imparcial que você empresta à imprensa brasileira. Assim como você, tenho ojeriza das mentiras que se pregam para cooptar brasileiros incautos a um destino que se provou desumano, retrógrado e carregado de falácias. Por principio, a esquerda procura o tempo todo dividir o pais. Ricos e pobres, humanos e desumanos, pró-USA e contra-USA, a conciliação jamais é uma opção. Por que não podemos ser “apenas” brasileiros? []s,

  4. Fernando

    -

    16/01/2010 às 0:33

    Ainda bem que existem pessoas como voce, que dá oportunidade para os mais jovens refletirem sobre um pouco da nossa história.
    Viví estes anos e conheço os dois lados da história, porém muitos ainda se deixam enganar por estes falsos “salvadores da pátria”.
    Continue escrevendo com a mesma seriedade e estarei sempre do seu lado.

  5. C.R.

    -

    14/01/2010 às 23:42

    Você presta um grande serviço a todos, apontando os fatos e expondo a realidade da época.
    Além de competente trabalho jornalístico, você é um cara corajoso, um brasileiro de fibra.
    Estou com você, comungo da mesma opinião e indignação.
    Que bom ter alguém da imprensa que use o espaço que possui para dizer a verdade sem se curvar a outros interesses ou à covardias convenientes.
    Parabéns por todo esse trabalho!

  6. Pnetrius

    -

    14/01/2010 às 22:49

    Como já disse anteriormente só você e o Diogo honram a imprensa escrita nessa merda de país. Todo esse imbroglio não vai dar em nada, pois o fdp do lulla confessa que assinou sem ler, então? E bastou uma pressão para ele se abrir. E apertar mais, ele mostra quem é. Um frouxo, sem qualificação como “homem”, como “político”.
    Tá aí, a região Sul e Sudeste f…….. e o apedeuta não libera nada. Nem a dignidade de ir até lá ele teve. Como é cabra safado.
    Vamos f……..na eleição.
    Falando em miséria que está ocorrendo no Haiti, sem querer desgraça para os outros, o terremoto poderia ser em Honduras, só assim Zelaya sairia da Embaixada.

  7. diana

    -

    14/01/2010 às 12:31

    Muito boa todas as reportagens sobre comunistas, terroristas, guerrilheiros, assuntos relevantes do tempo da ditadura. Lembro que nos anos 70 eu ainda era criança e o meu Pai sempre falava que o pessoal comunista do Brasil lutava por uma causa que nem sabiam realmente o “significava o Comunismo”, tudo era ideal e não lutavam a favor do povo coisa nenhuma, eles lutavam em favor de si próprio, estavam a fim de badernar mesmo, fazer barulho. Vejo que não conseguiram muito, os mesmo corruptos estão ai ,e chegando mais para ocupação dos cargos. O PT vai ser prato cheio na próxima eleição com esses fatos vindo a tona, todos querendo bancar os bonzinhos e bacaninhas e não são é de nada.

  8. Fernando

    -

    14/01/2010 às 9:07

    Lula ao assinar o malfadado decreto acabou de colocar uma pá de cal na candidatura de Dilma. Os reflexos dessa celeuma vão ser bastante explorados na campanha eleitoral. O PT ainda vai se arrepender do que tentou fazer. Vanucchi é o maior cabo eleitoral de Serra.

  9. FERNANDO

    -

    14/01/2010 às 2:19

    Nobre Reinaldo, estou impressionado com a precisão e detalhes, e ao mesmo tempo com a coragem que você apresenta e justifica tal atitude e procedimento. Nesse caso jamais um homem ( Você ) deve ser questionado por alguns aqui ou acolá por tal, quiçá pelo excesso?, porém, nunca pela omissão. E não houve e nem há excesso ao mostrar a verdade, doa ela a quem doer, pelo contrário se você ficasse quieto e calado, aí sim, estaria como muitos jornalistas vendidos, se omitindo. Quisera o país se todos jornalistas fizessem o que você e Augusto Nunes estão fazendo. Simplesmente vocês estão mostrando aquilo que os PTralhas, Comunas e Simpatizantes não querem nem ouvir falar, nos assassinatos.

  10. Terrano

    -

    13/01/2010 às 23:33

    Claro!
    Preciso!
    Estamos juntos.

  11. Gláucio

    -

    13/01/2010 às 23:25

    Rei, seus textos são irretocáveis.
    Parabenizo-o pelo trabalho efetuado, trazendo para uma grande parte do povo brasileiro esclarecimentos que eram desconhecidos até o momento.

  12. marcos daniel

    -

    13/01/2010 às 23:08

    Esses 130 mortos pelos terroristas de esquerda não existem. São não-pessoas. Apesar de não serem “desaparecidos”, eles nunca aparecem, nunca são citados, lembrados, mencionados pela mídia esquerdizada.

  13. Um brasileiro comum

    -

    13/01/2010 às 23:04

    Rei, por ser esse espaço permeado pela verdade, digno de todo o respeito daqueles que comungam ética e moral, peço-lhe, por gentileza, para ocupá-lo não para tecer comentários acerca do texto, mas para hipotecar toda a minha solidariedade com o povo do Haiti.
    É um momento de grande dor daqueles que lá se encontram, que em nenhum momento deixa de ser minha também, haja vista o amor fraternal que aflora principalmente nesses momentos tão difíceis.
    Que Deus, na sua máxima bondade e misericórdia, possa amenizar o sofrimento de cada um.

  14. Eu

    -

    13/01/2010 às 22:52

    Há muito tempo a Petrobrás é única e exclusivamente PTbrás e nada mais!!! Que o povo brasileiro aceite isso, são outros quinhentos!!!

  15. Eu

    -

    13/01/2010 às 22:40

    Se os Comuno-Lulo-Petistas, “valentes defensores dos direitos humanos”, Vanucchi, Dilma, Franklin, Minc, “Bacuri” (direto do inferno) e toda turma, imaginassem que os valores indenizatórios e vitalícios do Bolsa-Terrorista, seriam calculados proporcionalmente ao nº de inocentes indefesos executados a sangue frio, teriam direcionado toda sua capacidade de extermínio às Maternidades, Abrigos de Idosos, Orfanatos, Sanatórios (da época) e Hospitais em todo Brasil. Além do tradicional: assaltos a Bancos e congêneres e roubos de armas nos quartéis, sempre com extrema violência e muitas vítmas. Haja grana para tanto “humanismo”.

  16. Kirk

    -

    13/01/2010 às 22:28

    (Continuação…)

    Antes de generalizar,”José Augusto”,às 9:10 am,atribuindo,leviana e equivocadamente,à Santa Igreja Católica toda a responsabilidade pelos deletérios atos e/ou posições assumidas por alguns membros católicos,automaticamente excomungados,adeptos do esquerdismo,sugiro-lhe que estude acerca daquele período,onde a MAIORIA dos membros da Igreja Católica era – e continua sendo – anticomunista!!!

    Leia,por exemplo,sobre o abnegado trabalho de um verdadeiro cruzado do século XX,o católico Plinio Corrêa de Oliveira ( http://64.233.163.132/search?q=cache:T9Ql6FT5iegJ:www.institutopliniocorreadeoliveira.org/+Plinio+Correa+de+oliveira&cd=10&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br ),autor de “Revolução e Contra-Revolução”,entre outos.Leia a obra “Meio século de epopéia Anticomunista”,Coleção Tudo Sobre a TFP!

    Há inúmeros católicos,com suas associações,grupos,organizações etc.,cujo trabalho e dedicação,admiráveis,são desconhecidos pela massa,a mesma massa de parvos e ignaros que tão facilmente responsabilizam a Santa Igreja Católica pelas mazelas que atingiu e atinge o Brasil e o mundo!!!O problema de muitos é,infelizmente,a ignorância!!!Por isso é tão fácil e cômodo culpar,atacar,denegrir etc a milenar e mais importante Instituição caritativa do mundo:a Santa Igreja Católica ( http://www.youtube.com/results?search_query=Igreja+Cat%C3%B3lica%2Ca+construtora&search_type=&aq=o )!!!

    Pergunto aos “José Augusto” da vida:O QUE VOCÊS FIZERAM,como contribuição,em nome da Santa Igreja Católica,a construtora da Civilização Ocidental de moral judaico-cristã???!!!

  17. Messi

    -

    13/01/2010 às 22:26

    Tem mais um “detalhe”: a anistia não tem base apenas legal, mas também constitucional. A Emenda Constitucional nº 26, de 1985, que convocou a Assembléia Nacional Constituinte, repetiu, em seu art. 4º, o texto da lei de anistia.

  18. Sérgio Costa

    -

    13/01/2010 às 22:25

    O caso do Prefeito Toninho do PT de Campinas-SP tambem vai ser analisado pela tal comissão da verdade??????

  19. Pernambucano Atento

    -

    13/01/2010 às 22:24

    Reinaldo, permita-me dar um exemplo simplório, muito utilizado no início dos cursos jurídicos, para ilustrar a dificuldade de se definir o que são “direitos humanos”.

    Conta-se que, na Espanha, próximo à fronteira com a França, o órgão local correspondente ao nosso Ministério Público ajuizou uma ação no intuito de que fosse proibida a realização do tradicional campeonato de “arremesso de anões”, alegando a notória violação dos direitos humanos. Pois bem, sabe quem se opôs à ação? A associação de anões do local, argumentando que os direitos humanos incluíam o direito ao trabalho e que a ação proposta apenas adicionaria o fardo do desemprego a outros que os anões já tinha que suportar.

  20. Artur

    -

    13/01/2010 às 22:23

    Parabens a todos estes assuntos deveriam ser tratados na tv em horario nobre.

  21. Metencapto

    -

    13/01/2010 às 22:20

    Ressuscitem os mortos pela Esquerda que a Direita Fascistóide voltará ao Poder!!!!
    Se Morto votasse, se Reinaldo mandasse, se Serra opinasse, o Brazil seria Petrobrax…

  22. Pernambucano Atento

    -

    13/01/2010 às 22:12

    Caro Reinaldo, parabéns! Texto irretocável!

    Tentam usar o tema dos direitos humanos para realizar todas as barbaridades que você destacou.

    Mas, afinal, cabe a pergunta, o que são “direitos humanos”? Para alguns, um verdadeiro neo-jusnaturalismo, e, portanto, como todo jusnaturalismo, pautado por valores, ideologias e preferências pessoais. Ou seja, no final das contas, caberia aos petralhas e seus lacaios definirem o que são direitos humanos e, portanto, em que situações eles estariam sendo violados.

    Seria a TREVA, no linguajar da menina da novela.

    Um abraço.

  23. beto

    -

    13/01/2010 às 21:51

    vou ser bem franco e objetivo:há muito tempo que os militares deveriam tirar lula e bando do poder!o resto é conversa fiada!

  24. Wilson

    -

    13/01/2010 às 21:41

    Reinaldo
    Você presta um serviço ao país. Reproduzo seus textos e dou conhecimento a uma vasta lista de familiares e amigos que pouco lê. Caminhamos contra o tempo, mas vamos trazer à luz as verdadeiras intenções desses canalhas.
    Parabéns!!!!

  25. Kirk

    -

    13/01/2010 às 21:37

    “José Augusto”,9:10 am,escreveu:

    “Prezado Reinaldo, apenas dois comentários rápidos:

    1 – quando vc critica os que bajulavam os militares em 64 e depois rapidamente mudaram de lado para ganhar prestígio, espero que não esteja falando mal da Santa Madre Igreja Católica que à época empurrava consigo cerca de 80% da população brasileira contra o ateísmo comunista, e depois apoiou esses mesmos bandidos na maioria dos assassinatos;”

    POR QUE VOCÊ GENERALIZA,José Augusto???!!!

    POR QUE TODO esse ódio contra a santa Igreja Católica???!!!

    Você é apenas um anticatólico,apenas, ou é um ateu militante,esquerdista ou Protestante/Evangélico???!!!

    QUAL É A SUA “CAUSA”,José Augusto???!

  26. Fafi

    -

    13/01/2010 às 21:33

    A coragem do profeta que anuncia e denuncia…
    SENSACIONAL!

    Parabéns!

  27. Lucineide

    -

    13/01/2010 às 21:05

    Certa vez,em pleno desenrolar da Revolução de 64,assisti a uma palestra ministrada por um Militar.Alguma coisa foi dita que me marcou nestes anos todos e me fez sempre alerta,por exemplo,para identificar as entrelinhas escritas pelo PT.Reafirmo minha convicção:não fossem os Militares e hoje seríamos uma filial de Cuba,tendo que engolir Fidel Castro como “quase finado” gerente mor.É só remexer um pouquinho a historia anterior a 1964 e verão que não exagerei.Na cúpula governamental não existiria muita diferença(Lula,Franklin,Dirceu,Dilma,Minc,etc).Na vida do povo,evidentemente que sim.Talvez eu não mais existisse;teria morrido com a primeira turma de rebeldes que inaugurou o “el paredon”.

  28. Tres Bien

    -

    13/01/2010 às 20:40

    “PS – Estou sempre pronto a ler argumentos melhores, claro. Alguém se apresenta?”

    Impossível!! Morreu no “JÁ ERA”. rsrs

  29. ZENON

    -

    13/01/2010 às 20:08

    Caríssimo,
    sou de uma geração que nunca viu isso na escola. Nada a respeito da ditadura. Mas sempre desconfiei de tudo o que vi depois, das músicas, às novelas e filmes…
    Erraram os 2 lados, mas se tiver de escolher um lado, meu coturno é 42. Ainda hoje vejo a cantilena dessa gente, me irrita a pergunta que me fazem: “Então você defende a ditadura?”.
    O que eles não entendem é que não defendo ditadura alguma, o queo outro lado também queria. O militares ao menos não têm esse apego todo ao poder, não querem um novo homem. Se bem que esse negócio de quererem um novo homem é recorrente na biografia deles, Lula que o diga.
    Aqui, na terra da jaboticaba, a história é contada pelos perdedores

  30. fernando faria silva

    -

    13/01/2010 às 19:59

    Caso o presidente da OAB federal torne-se um político, como você prevê, estará seguindo o exemplo do presidente da seção de SP, o D’Urso, filiado ao PSDB e já lançado candidato a deputado federal.
    Os advogados deveriam manter-se fora da política partidária enquanto dirigem entidades essencialmente apartidárias.

  31. jfmelo

    -

    13/01/2010 às 19:58

    Caro Rei!

    Já que o apedeuta não lê mesmo o que assina, poderia Deus, pairar abaixo de sua caneta, alguns decretos, tais como: Art. 1º. A partir da publicação deste decreto, todos os brasileiros terão direito à saúde digna, educação, segurança, etc……. Art. 2º. Este que assina, renuncia ao cargo em favor do povo brasileiro. Já pensou que maravilha seria. Assim, bem curto.
    Abraços.

  32. Akhenathon

    -

    13/01/2010 às 19:35

    Vou escrever em caixa alta para que fique bem clara minha opinião:

    NÃO SE ENGANEM. ESSA GENTE, SE TIVER OPORTUNIDADE, VOLTA A COMETER ESTAS BARBARIDADES EM NOME DA IMPLANTAÇÃO DE UM REGIME TOTALITÁRIO.

  33. CARLOS EDUARDO

    -

    13/01/2010 às 19:24

    E agora José? O Comunismo acabou até na Russia. A Russia não vai mais invadir o Brasil. A democracia, neste país, nunca esteve tão sólida como agora. (AGORA JÁ SE SABE QUE COMUNISTA NÃO COME CRIANCINHA). Bem alguém tem que pagar pelos excessos cometidos. Não vem dizer que não custou nada porque não é verdade. Agora é a hora daqueles que roubaram a vida de pessoas inocentes, fundamentados mentiras e em um nacionalismo falso pagarem pelo que fizeram.

  34. gera rodrigues

    -

    13/01/2010 às 18:54

    Quem tiver a curiosidade pode dar uma olhadinha nos horrores que os “Ídolos” dos petistas fizeram na Rússia de 1917 a 1991.
    Lenin:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Vladimir_L%C3%AAnin
    Stalin:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Josef_Stalin

    Note no final do texto do Stalin que são dados os números de mortos durante o sistema que “defendia o povo”.
    Transcreví só uma parte: (mas não deixem de ler o resto)
    * Número de mortos
    – Executados: 1,5 milhão
    – Fome e privações (gulags): cinco milhões
    – Deportados: 1,7 milhão
    – Prisioneiros civis: um milhão
    + Total: aproximadamente nove milhões

    Robert Conquest acreditam em cerca de vinte milhões.

  35. Alice

    -

    13/01/2010 às 18:51

    O Lula vai alterar o documento? Ele tem é que ser cancelado… Eles vão dar um jeitinho, enganar a todos e vai acabar do jeito que eles querem.
    Todas as emendas são inconstitucionais…
    Por que não se respeita a constituição? Por que é tão difícil se respeitar os direitos constitucionais?

    SOU A FAVOR DA ANULAÇÃO DO PNDH III!!!!

  36. Paulo Costa

    -

    13/01/2010 às 18:48

    Errei o nome da Dilma no comentário das 04:48 h; desculpem, não é Dilma URRSef. O correto é Dilma URSSef, uma justa homenagem à União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, que os professores amestrados de História e Geografia andam apontando como o “paraíso perdido”.

  37. gr

    -

    13/01/2010 às 18:45

    Rei

    André Silva disse:
    janeiro 13, 2010 às 5:32 pm

    PETRALHA

    REINALDO RESPONDE
    Já era.

  38. Ronaldo Braz de Araujo

    -

    13/01/2010 às 18:31

    ,Loucura,é os sujos falando dos maus lavados,minha vontade é de vomitar em cima do VANUCCHI,esse bandido oportunista.

  39. RicardoC

    -

    13/01/2010 às 18:13

    E vejam vocês: enquanto essa violência toda tomava conta do Brasil, o deputado cassado José Dirceu vendia cuecas e calcinhas, bem escondidinho de tudo e de todos.

  40. Jeferson

    -

    13/01/2010 às 18:03

    Eu não sabia dessa lista!
    Achei que só em Cuba, na China, Coréia do Norte e lugares assim os esquerdistas tinham assassinados tantas pessoas.
    Agora fico sabendo que aquí no Brasil eles também fizeram isso. E estão no poder, tentando reescrever a história a seu favor.
    São uns Petistas, mesmo!!!

  41. fabio

    -

    13/01/2010 às 18:00

    Reinaldo, você fez muito bem em publicar esta lista. E foi corajoso também, porque tem muita gente envolvida nestes assassinatos que hoje ocupa altos cargos no poder. Essa gente já apagou companheiros e não tem problema nenhum de ameçar pessoas como você.
    Eles estão vendo seu retrato falado publicado neste blog.

  42. ivan

    -

    13/01/2010 às 17:57

    Eu por exemplo achei extremamente didática e oportuna a publicação da relação com os assassinados pela esquerda na dita luta armada.
    Tenho certeza que poucas pessoas sabiam disso ou conheciam esta lista. Tenho certeza que Fraklin Martins, Dilma, Vannuchi, Minc, Genuino e outros que participaram dos grupos que assassinaram estas pessoas, não estão gostando nada de vê-la publicada. Afinal, eles eram os heróis que lutaram contra a ditadura dos malvados.
    Agora sabemos. São bandidos, assaltantes e assassinos qualificados. Assaltaram fábricas, Depósitos de Material de Construção lojas, bancos.
    Tudo dizendo que era para salvar a humanidade…

  43. Mário

    -

    13/01/2010 às 17:45

    Reinaldo,

    Não sei se você sabe, mas Carlos Marighella é atualmente homenageado numa exposição do Centro Cultural da Caixa, no Rio de Janeiro. Na exposição, há um vídeo com depoimentos de personalidades diversas sobre o terrorista, inclusive, como não poderia deixar de ser, o de Antônio Cândido, que sugere candidamente que as escolas o apresentem às novas gerações como um dos grandes heróis da história do Brasil. Se tiver paciência, confira o link:
    http://www1.caixa.gov.br/imprensa/imprensa_release.asp?codigo=6610497&tipo_noticia=26

    Abç
    Mário

  44. Pedro

    -

    13/01/2010 às 17:34

    Texto irrepreensível (o seu e não o malfadado “Programa de Direitos Humanos). A tentação de fazer um “bolivarianismo tupiniquim” vai deixar um legado nefasto do Sr. Lula. Não leu, mas sabe, sim senhor, o que está assinando: um documento anacrônico, arcaico, maniqueísta e de inspiração Gramscista. Esse aparelhamento do Estado começa na sala de aula e enquanto não revertermos esse quadro “Paulo Freireano” que está aí a doutrinação descarada e perversa vai pavimentar o caminho para o totalitarismo e para a falta de liberdade.

  45. lúcia

    -

    13/01/2010 às 17:27

    Reinaldo, graças a você e muitos outros blogueiros, estamos tendo um lampejo de esperança de que os brasileiros acordem de vez e coloquem esses bandidos no lugar que eles merecem.
    Parabéns aos que estão denunciando e aos que comentam.
    Tem muita gente boa neste Brasil.
    Lulla e seus cúmplices estão caindo de podres.

  46. Eu

    -

    13/01/2010 às 17:12

    Os Comuno-Lulo-Petistas escolaram-se em matar e/ou roubar. Como eliminar os seus inimigos pode “prejudicar” a Dilma Tranca-Rua, eles estão se dedicando mais aos assaltos, por enquanto.

  47. Marco Antonio - Curitiba (PR)

    -

    13/01/2010 às 17:09

    Pô, Reinaldo.

    Coitado do Gasparildo… Chutaste-lhe os países baixos. Desse jeito não haverá petista suficiente para assoprar-lhe o órgão dolorido, huá-huá-huá!!!

  48. Porque so para os terroristas?

    -

    13/01/2010 às 17:08

    Reinaldo,
    Fui estudante secundarista e universtário no apogeu do AI-5. Temia tanto os militares quanto os terroristas Cubanos/Chinese/Soviets.
    Não foi uma surpresa ver que você, corajosamente expôs o outro lado da moeda para ser debatido no seu blog. Todos os habitantes do Brasil, independente da nacionalidade, que viveram durante o período da ditadura militar (Ditadura militar Nunca Mais!), sofreram por terem que conviver tanto com lunáticos assassinos terroristas (Ditadura do Proletariado Nunca Mais!) quanto com os poderosos militares e policiais armados, que por engano ou por princípio pensavam estar acima da lei. Viva a DEMOCRACIA e a LIBERDA

  49. PILINCHO

    -

    13/01/2010 às 17:02

    Reinaldo,boa tarde.
    Ao Chico 2 disse, janeiro 13,2010 às 10:57 am:
    Em nome de Deus e da Família, SIM. Em nome do Povo e da Liberdade, NÃO! Como POVO, não autorizei ninguém a MATAR, a FERIR, a MUTILAR e a TORTURAR em meu NOME ou em nome da LIBERDADE! O povo tinha a liberdade plena, até o momento em que os comuno-terroristas INVADIRAM o Brasil, para dar início à matança, com cheiro de charuto “Cubanos”. CHEGA de invocar o nome do povo,da liberdade e da democracia para justificar assassinatos, em nome de uma ideologia exterminadora por excelência.Repressão-política uma ova! Tínhamos uma guerra de guerrilha revolucionária,declarada em ato público da ALN (comunicado de 23/3/71).

  50. Memyself

    -

    13/01/2010 às 17:00

    Reinaldo, li seu texto – magnífico – e li os comentários. Você está prestando um serviço de utilidade pública.

  51. Jorge G.

    -

    13/01/2010 às 16:59

    Deixa ver se eu entendi direito???

    Assaltar bancos e empresas: PODE (POR UMA BOA CAUSA)
    Reagir aos assaltos: NÃO PODE (LEVA BALA PORQUE É ANTIPATRIÓTICO)
    Prender terroristas : NÃO PODE (O MÁXIMO DE ANTIPATRIOTISMO)
    Torturar terroristas : NÃO PODE (A NÃO SER QUE SEJA EX-COMPANHEIRO DESERTOR)
    Matar terroristas : NÃO PODE ( A NÃO SER QUE SEJA EX-COMPANHEIRO DESERTOR)
    Pedir idenização :P ODE ( PS: TEM QUE SER TERRORISTA)
    Participar do governo Lula: PODE (PS: TEM QUE SER TERRORISTA)

  52. Paulo Costa

    -

    13/01/2010 às 16:48

    Essa aberração de decreto – nascida de outra aberração chamada Vanucchi – teve uma vantagem: estourou a barragem.
    Todos que já não aguentavam mais a cantilena dos papagaios de pirata amestrados, repetindo clichês sobre Lula, PT e, agora sobre a Dilma URRSef, e sobre os calhordas terroristas que provocaram a repressão, resolveram contar para as crianças (mentais) que Papai Noel usa vermelho mas não é petista e sequer existe.
    Vamos divulgar o conteúdo do blog.

  53. Eduardo Machado

    -

    13/01/2010 às 16:37

    O site TERNUMA sempre lembra as vítimas dos terroristas. É preciso lembrar sempre desses mortos, para que não fique no ar a mentira de que os esquerdistas daqueles tempos eram gente de bem. Eram terroristas da pior espécie e lutavam, não pela democracia, mas para implantar a ditadura comunista que seria muito pior para todos – menos para eles, é claro. Obrigado, Reinaldo, por mais este trabalho. Você é muito importante, mais do que imagina. Com textos assim, creio que você salva muitas almas das trevas esquerdistas (aconteceu comigo, acontecerá com outros). Aceite um abraço deste seu leitor.

  54. Teo

    -

    13/01/2010 às 16:36

    Grande Reinaldo,

    Se você me permite,

    O site BRASIL ACIMA DE TUDO, reproduz artigos e matérias de
    vários jornalista inclusive do Reinbaldo Azevedo, e também se
    encontra várias matérias relacionadas ao tema GOLPE MILITAR
    e seus derivados.

  55. Odirlei

    -

    13/01/2010 às 16:26

    Pô bicho, gostei!

  56. Marcus

    -

    13/01/2010 às 16:25

    Reinaldo,

    Me permita e perdoe a expressão, mas PUTA QUE PARIU!(grafei certo?)

    Este é um dos textos mais bonitos que eu já li na minha vida! Emocionante,verdadeiro, redentor.

    Quem chora pelos mortos que as esquerdas canalhas produziram? Quem choraria pela democracia que eles certamente apunhalariam e sequestrariam o corpo caso fossem vitoriosas?

    Quem nos defenderia desses indesejáveis “defensores” se não fossem as pessoas que dizem a verdade sem medo,como você?

    Tio Rei, este texto simples,diria que curto para seu padrão habitual,é de uma força tão grande que sozinho desmonta volumes e volumes de empulhação petralha,de mistificação esquerdopata.

    Obrigado, lavaste minh’alma.

  57. Jeremias

    -

    13/01/2010 às 16:21

    Caraca, Reinaldo

    É isso que venho argumentando para alguns amigos meus, que insistem em defender essa caterva, que estão ai dando uma de dono da verdade, e que estão tentando esconder o lixo que eram debaixo do tapete, tentando esconder atras de um decreto assassinatos, sequestros, roubos a bancos e outras cocitas mas.
    Esses caras num tem moral alguma pra falar em justiça, alias eles deveriam sim estar presos por tentarem quebrar a democracia de nosso pais. Parabens pela reflexão é isso que o povo brasileiro precisa entender e saber quem é essa gente que posa de injustiçado.

  58. Bobby

    -

    13/01/2010 às 16:19

    Reinaldo -

    Esse post está excelente. Peço vênia para destacar estas suas palavras:
    Os mortos sem sepultura histórica, submetidos ao processo de apagamento, são os outros; são aqueles que as esquerdas mataram. A imprensa os ignora; os livros didáticos os ignoram; os partidos políticos os ignoram. Tornaram-se, com o tempo, “não-pessoas”.

    Este trecho é IMPORTANTÍSSIMO. Por quê? Porque você, ainda que sem esse desejo, registrou o erro nuclear do comunismo:
    – nessa fanática proposta política NÃO existe lugar para a PESSOA. Eles, os comunas, os petistas e quejandos conhecem INDIVÍDUOS, porém, ignoram as PESSOAS.
    Um solidário abraço -

    Bobby

  59. Jeitao

    -

    13/01/2010 às 16:12

    Daniel disse:
    janeiro 13, 2010 às 3:12 pm
    “O que deve aconter:
    Jobim pressiona e governo altera o texto sobre anistia.
    Katia Abreu pressiona e governo exclui o agronegocio.
    Lula retira o aborto para não afetar a eleição.
    A impressa pressiona e o governo retira o texto sobre a “mídia”
    Enfim, o que sobra… a propriedade urbana quem fica com o abcaxi? a “crasse” média.
    ..Nos ferramos.”

    Acho que voce nao entendeu nada, nao ?
    Nao estamos reclamando para retirar pontos que nao nos agradam.
    Estamos aqui apontando TUDO O QUE O PT E LULLA SAO e nao dizem com todas as letras.
    Estamos aqui, apontando o vies totalitario que ainda hiberna no cerne destes seres esquerdistas.

  60. Estatístico

    -

    13/01/2010 às 16:10

    E ainda não foi efetuado o balanço das mortes de responsabilidade do MST.

  61. Diegão

    -

    13/01/2010 às 16:06

    Quem saíra perdendo na briga do PNDH 3, Lula/Dilma ou os Católicos?
    Basta uma pequena Nota de repúdio da CNBB para que os Católicos digam não a Dilma.
    Às vezes, como diz o ditado, Deus escreve certo por linhas tortas.

  62. lvdovicvs

    -

    13/01/2010 às 16:03

    Caro Reinaldo Tem mais , anistia é perdão sincero , é esquecimento, é paz.Coisas que esta gente não tem na alma. O próprio Prestes,muito maior que estes esquerdistazinhos e morreu brigado com eles , foi beneficiado por uma anistia.Tocou a bola para frente , elegeu-se senador…. O principal problema dos lullas, dilmas, vanucchis é que eles são pequenos. Infelizmente isto acontece também com a maioria dos conservadores de hoje – eles também são menores que os do passado. A reação dos militares no caso, foi bem menor do que a sua Sr. Reinaldo . Limitaram-se a ameaçar sair , com o Jobim, que não é tão pequeno , de porta voz. Deveriam ter sido mais duros com esta afronta ao país e à história.

  63. Tô contigosantos

    -

    13/01/2010 às 16:02

    Essa gentalha boa pra caranba : Dilma, Minc, Martins e o grande filósofo e cabença pensante Vannuchi, estão querendo inaugurar uma nova ordem mundial.. espera ai, estou esquecendo o Zé deceu, que está sempre ligado e comunga de corpo e alma com todas as sujidades governista e o moluscão pai dos pobres de conhecimento.Esta nova ordem esquizofrenica tem como lema : o mentir, o roubar e o matar ou fui só cumplice, mas tudo em prol do futuro da companheirada que hoje está por cima da carne seca. Mas falando em comida, como as hienas, eles estão sempre rindo, mesmo tendo como unico alimento a podridão de sua história.

  64. Adi

    -

    13/01/2010 às 16:00

    Vamos combinar que para um grupo bem menor do que o dos miltares, esses monstros mataram MUITA gente…é questão de proporcionalidade.
    Penso que pior que eles não terem pagado por seus crimes é estarem no governo agora mandando e desmandando….cruzes…da até vontade de vomitar.

  65. Engana que eu gosto

    -

    13/01/2010 às 15:59

    A bem da verdade, Lula quer mesmo o PNDH 3, mesmo com todos os desgastes, com exceção do caso dos Militares, é claro.
    Isso, só vem provar que ele assinou o decretão ciente do que continha.

  66. Christian

    -

    13/01/2010 às 15:56

    (continuação)
    Ficava insatisfeito que não houvesse expoentes de alguma linha mais liberal e conservadora para que o debate político enriquecesse, mas já via um avanço mesmo na matriz “centro-esquerda de situação x centro esquerda de oposição”. Agora, aquela irritação suportável que sentia ao ouvir a voz de Lula já antecipando algum comentário asinino deu lugar a um misto de amargura e ira impossível de engolir. Indignado estou com os absurdos com que somos vilipendiados diariamente desde consegui concatenar meu primeiro pensamento sobre o assunto, mas lidar com essa sociopatia política de agora elevou a questão a um nível completamente diferente.

  67. Christian

    -

    13/01/2010 às 15:55

    Não consigo pensar em argumentos melhores. Sinto minhas orelhas crescerem quando me lembro da defesa que fiz sobre a grande valia da ascensão de Lula à presidência. Não, nunca fui petista. No entanto, durante seu primeiro mandato, debatia sobre minha convicção de que a alternância no poder, com a preservação de questões suprapartidárias, era saudável para estabelecer um grau de segurança jurídica e institucional para que o país pudesse se debruçar com mais solidez sobre questões mais importantes. (continua)

  68. Vera L.

    -

    13/01/2010 às 15:54

    Reinaldo quanto mais leio notícias de petistas, do governo, de apoiadores do petismo, mais fico feliz por ainda sermos uma Democracia( escrevo com letra maiúscula por respeito) . Se a ditadura dos militares foi ruim como dizem os que viveram nela mais ativamente, não estou falando de terroristas, mas das pessoas comuns, imagina Zé Dirceu, Vannuchi, Dilma, Zé Mentor e os outros bichos mandando na gente? Deus me livre, vamos combater esses trastes até o último toco da espada.

    Acho que top top Garcia ADOROU o terremoto no Haiti, só assim vão esquecer um pouco de noticiar o plano fascista do PT. Nós aqui vamos continuar na luta.

  69. Bira

    -

    13/01/2010 às 15:51

    Esse assunto cheira a uma nova bolsa terrorista para finalizar o assunto.

  70. Paulo Sá

    -

    13/01/2010 às 15:47

    Imprensa historicamente mercenária e apátrida.

  71. “Por quem o sinos dobram”

    -

    13/01/2010 às 15:46

    “- Recruta se apresentando, Marechal !”

    “- Hoje é dia triste, Senhor !”

    “- Perdemos 11 Bravos Soldados da Pátria Brasileira,
    Heróis Anônimos e humildes da Nossa Amada Nação !!
    …Longe de suas Famílias e de seu Sagrado Solo Telúrico.

    Perdemos também outra Brasileira,
    Essa mais amparada pelo Destino,
    Pois estava junto às suas Queridas Crianças.
    Uma Mulher de Valor !!”

    “- Dia de Luto e Lamentos entre todos nós !”

    V&OL, TRx !!!…

  72. viegas

    -

    13/01/2010 às 15:45

    Reinaldo alem de escrever muito bem voce descreve com clareza toda uma situação, quem dera ter este mesmo “poder” de descrever nossos sentimentos e ter espaço editorial para faze-lo com a coragem que voce tem. Meu unico medo é que os herois desse país se tornaram desconhecidos, o Eriberto França, motorista da secretaria de PC Farias, caso Collor, que se comparado com o mensalão foi coisa de ladrao de galinha e o Francenildo caseiro no caso do Palocci, estes deveriam ser deputados, equanto isso vemos O Sr Jose Dirceu ganhando cerca de R$ 200.000,00 dando consultoria, consultoria do que?, Jose Genuino reeleito, Palocci reeleito, e pior invertendo valores

  73. Leitor assíduo

    -

    13/01/2010 às 15:44

    Quando a justiça dos homens falha, tenhamos esperança na justiça Divina. A hora da verdade está chegando? Quando a Nação brasileira acordará do coma induzido pelos arautos do crime, para subirem e permanecerem no poder? Cidadões como você podem e devem detonar a mudança do rumo atual, em direção ao caos político, ético, moral e certamente econômico em futuro próximo.

  74. Mauricio Pereira

    -

    13/01/2010 às 15:41

    Gera Rodrigues disse:
    janeiro 13, 2010 às 3:19 pm

    Valeu !

    Abraços !

  75. FABRICIO

    -

    13/01/2010 às 15:38

    P A R A B É N S!!!!!! REINALDO!!!!
    VOCÊ DEVERIA SER O EXEMPLO DO JORNALISMO BRASILEIRO!!!
    A VERDADE TARDA, MAS NÃO FALHA!!!
    AGRADEÇO À DEUS POR VOCÊ EXISTIR E POR ESCREVER ESSAS VERDADES “ESQUECIDAS”.
    MUITO OBRIGADO!!!!
    CONTINUE ASSIM!!!

  76. Rakel Maia

    -

    13/01/2010 às 15:37

    Caro Rei,
    achei que os brindes para quem assistir ao filmeco poderiam ser melhores. Afinal ….
    Talvez vc precise fazer uma segunda para dar uma forcinha ao cumpanhêru e ofereça uma Bolsa-qualquer coisa. Mesmo porque é preciso um bom motivo para ter coragem de ver essa
    obra de ficção tupiniquim.
    abraço.
    Rakel Maia

  77. nilo

    -

    13/01/2010 às 15:25

    Caro Reinaldo:

    Não há o que dizer sobre seus comentários , só agradecê-lo pela coragem , lucidez e disposição de nos esclarecer . TEMOS QUE NOS LEMBRAR QUE ESTE (DES)GOVERNO SÓ TOMA ESTAS ATITUDES PORQUE SABE QUE A TURMA DO PMDB LHE APÓIA . inseticida neles nestas eleições .

    ** a turma do pânico quE me desculpe mas lanço aqui um novo bordão para substituir o já consagrado ronaldo , ” REINALDO” , E JÁ PEGOU.

  78. Não entendi nada!

    -

    13/01/2010 às 15:23

    Vivi mais de 50 anos ouvindo criticas e propostas de mudanças pela direita e principalmente pela esquerda. Também ouvi sobre mortes, e muitas, infelizmente, de ambos os lados; sequestros, atos institucionais, assaltos, torturas, enfim, uma infinidade de açoes. Tais fatos mudaram a vida da nação e influenciaram milhões de vidas, inclusive a minha, é claro. Pergunto qual tem sido o resultado disso tudo? Anos de PT e partidos da base aliada no comando e era isso o que eles propunham? São essas as pessoas que querem mudar o pais para melhor? Mataram e morreram p/ isso? Joguei grande parte da minha vida no lixo ouvindo e sofrendo pelas besteiras desses politicos. Tem explicação?

  79. Claudio

    -

    13/01/2010 às 15:22

    Argumentos melhores? Não vão existir.
    Mas essa gente não precisa de argumentos. O que vale é ter ideias obscuras e totalmente ultrapassadas no mundo civilizado.

  80. gera rodrigues

    -

    13/01/2010 às 15:19

    Mauricío Pereira 02:52h

    Pode encontrar em:

    http://www.averdadesufocada.com/

    abraços

  81. Daniel

    -

    13/01/2010 às 15:12

    O que deve aconter:
    Jobim pressiona e governo altera o texto sobre anistia.
    Katia Abreu pressiona e governo exclui o agronegocio.
    Lula retira o aborto para não afetar a eleição.
    A impressa pressiona e o governo retira o texto sobre a “mídia”
    Enfim, o que sobra… a propriedade urbana quem fica com o abcaxi? a “crasse” média.
    ..Nos ferramos.

  82. Gil

    -

    13/01/2010 às 15:04

    Putzz!!! eu estava doido para ler o comentário do cara, e quando cheguei lá, adivinha o que aconteceu?

    joão dias disse:
    janeiro 13, 2010 às 11:06 am
    dedetizado.

    É João, não li nada e também não contei o numero dos defenestradores mas seguramente voce apanhou de goleada.à proposito, já tomou teu tegretol hoje?

  83. Marton Carvalho Ramos

    -

    13/01/2010 às 15:01

    Que venha agora a “canhota” iniciar isto que ela tanto alardeia e nada pratica: o debate. Viva a verdade! O Brasil precisa de mais “chutadores de saco”. Parabéns.

  84. Poucas mudanças

    -

    13/01/2010 às 15:01

    Em tese, só há alteração do PNDH 3, na parte referente aos Militares. O restante foi mantido, ou seja, a estrovenga continua.

    “Segundo a assessoria da presidência da República, os outros pontos polêmicos do decreto que criou o 3º Programa Nacional de Direitos Humanos não sofrerão alteração, porque o ponto central da polêmica era com os militares e as demais posições que constam no decreto sobre aborto, união civil entre homossexuais e reintegração de posse em conflitos fundiários não modificaram a posição do governo.”

  85. Raul Nepomuceno

    -

    13/01/2010 às 14:59

    Parabéns pela coragem de enfrentar esses canalhas, Reinaldo. Não sou ninguém, mas você tem o meu apoio. Agradeço em meu nome e em nome de minha família.

  86. CRIS FOI MAGISTRAL ÀS 12.59 ....

    -

    13/01/2010 às 14:56

    Realmente, quem perturbou a liberdade em 1964 foram eles, os comunistas. O contragolpe militar poderia ter sido mais breve e se não o foi, unicamente devido às ações dessa mesma gente.
    Todos os que não eram eles também sofreram a repressão, não chiaram nem receberam qualquer indenização pelos danos decorrentes daquele embate, ao contrário: pagamos a conta exorbitante . Pode ser que queiram repetir tudo para engordar o patrimônio dos herdeiros, pois viram que foi fácil …

  87. Mauricio Pereira

    -

    13/01/2010 às 14:52

    Por gentileza, gostaria de saber a fonte de onde foram retirados os nomes das vítimas e os crimes relacionados pelo Reinaldo.
    Procurei e não consegui encontrar.

    Obrigado !

  88. Alexandre Carvalho

    -

    13/01/2010 às 14:51

    Reinaldo, referente ao post anterior esqueci de obsevar a fonte da entrevista : O Povo Online / 06 Abr 2009

    Não sei se impressão minha, porém o entrevistador aparenta uma certa parcialidade e simpatia ideológica, pela esquerda é claro….

    Apesar de algumas controvérsias a entrevista contém momentos muito interessantes

    Abraço

  89. edson luchesi

    -

    13/01/2010 às 14:50

    Já sonho em ver nos olhos do apedeuta ( ou do Franklin) as vitrines a dizer que graças ao decreto a verdade dos dois lados veio à tona.
    Não sei não. O apedeuta pode abandonar os revisionistas de seu governo, dado que o decreto foi uma bomba que caiu no colo dos petistas e petralhas.

  90. roni

    -

    13/01/2010 às 14:46

    Caro Reinaldo!
    Sugiro que os familiares dos assassinados pelos terroristas sejam indenizados pelos grupos terroriastas e seu parentes…afinal herdeiros assumem a herança e as dividas!

  91. Beto Sp

    -

    13/01/2010 às 14:46

    Reinaldo,

    Parabéns! Te admiro muito e sempre indico esse blog a amigos e parentes, pois é o minimo que posso fazer para contribuir com nossa luta contra o mal da esquerda no Brasil. Uma coisa tem me deixado mais animado. É a impressão de que cada dia este blog tem crescido mais. Poderia nos dar um feedback a respeito?

    Outra coisa que gostaria de sugerir…sei que é meio dificil isso, mas haveria alguma forma de nós que admiramos o seu trabalho,termos o privilegio de nos reunirmos com voce pelo menos uma vez por mes para podermos discutir ideias e aprender um pouco mais com voce?

  92. Getulio

    -

    13/01/2010 às 14:41

    Reinaldo,não vamos dar trégua a esses canalhas.Sugiro a você publicar matérias sobre tal FORO DE SÂO PAULO.Qual a participação do PT,aliados,objetivos,etc.

  93. chico lopes

    -

    13/01/2010 às 14:39

    Caro Reinaldo:

    Fora do Post. ( Aliás devemos estender o quanto for possível este e outros assuntos que infernizam a vida da canalha comunista do PT).
    Enquanto isso….
    Não creio que o dinheiro pra compra dos Rafalles saia dos bolsos do pinguço lula e seus asseclas. Mas, com certeza, sai do meu, do seu e do bolso de milhões de pessoas de bem. Então, porque não exigir uma TOMADA de posição mais drástica quanto aos valores cobrados? Reafirmo: a India desistiu de negociar por 10 bilhões de dólares 126 (cento e vinte seis) aviões. E, porque o Brasil vai pagar 7 (sete) bilhões de dólares por 36 (trinta e seis)?
    OLHA O FURTO GENTE, NÃO SE DEIXE ENGANAR BRASIL.

  94. Dragão

    -

    13/01/2010 às 14:38

    Mais uma a ser decifrada pelo homem da verdade, Reinaldo Azevedo.

    “O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta quarta-feira (13), após reunião com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e com o secretário nacional de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, um decreto que cria um grupo de trabalho para elaboração do anteprojeto que criará, na prática, a Comissão Nacional da Verdade”

    Não disse antes

  95. Dragão

    -

    13/01/2010 às 14:37

    Mais uma a ser decifrada pelo homem da verdade, Reinaldo Azevedo.

    “O presidente Luiz Inácio Lula da Silva assinou nesta quarta-feira (13), após reunião com o ministro da Defesa, Nelson Jobim, e com o secretário nacional de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, um decreto que cria um grupo de trabalho para elaboração do anteprojeto que criará, na prática, a Comissão Nacional da Verdade”
    Essa é nova demais.

  96. Alexandre Carvalho

    -

    13/01/2010 às 14:35

    Reinaldo, parabéns pela coragem de trazer à público aquilo que muitos se esforçam herculeamente para esconder….: a verdade !
    Vc não precisa instituir uma comissão para isso….
    e apesar da absurda realidade ficcional que vivemos, quase como um 1984 tropical, com a adulteração constante do passado e a manipulação da história… os fatos falam por si….
    Coincidentemente um outro blog de assuntos militares que costumo acessar publica uma entrevista muito interessante com o general da reserva Torres de Melo… na minha modesta opinião acredito que vale vc dar uma conferida no conteúdo
    Um grande abraço e que Deus abençôe vc e sua família
    segue o link:
    http://www.forte.jor.br/

  97. misael

    -

    13/01/2010 às 14:31

    Parabéns cara!
    Claro que ninguém vai apresentar argumentos melhores , estamos em um país imbecilizado,e eu em uma região imbecilizada ao CUBO, Nordeste-Pernambuco.
    Ontem aqui em Pernambuco a rádio Jornal-AM que detem a maior audiência entre todas as classes sociais e horários ,fez um debate para discutir a herança de FHC e o governo LULA.
    Os debatedores eram um cientista político “isento”, o líder do PT na câmara deputado federal Fernando Ferro e ninguém do PSDB ou DEM.
    É OU NÃO UMA REGIÃO IMBECILIZADA AO CUBO?

  98. N67

    -

    13/01/2010 às 14:29

    Reinaldo, poucos jornalistas como vc tem a coragem de denunciar essa quadrilha de petralhas. Comunistas assassinos e assaltantes de bancos. Aki no Rio Grande temos o jornalista Políbio Braga, advogado e jornalista não tem medo dessa gente e vai fundo nas pesquisas e mostra a verdadeira face dessa esquerda bandida. Parabéns a vc, ao Diogo Mainard, ao Políbio Braga e a tantos outros que tem a coragem de denunciar tudo isso que tá aí. Estamos com vcs…!!!!!

  99. JUNIOR

    -

    13/01/2010 às 14:29

    Parabéns Reinaldo pelo excelente trabalho que vem fazendo ao povo brasileiro mostrando a verdadeira face dessa corja que quer a todo custo abalar a nossa democracia.Dilma, Presidente do Brasil é o mesmo que Battisti ser Presidente ou 1°Ministro na Italia, o que lá com certeza seria impossivel porque o povo é instruído e sabe do passado do terrorista.
    Abraços

    Júnior

  100. Orlando Petzayn

    -

    13/01/2010 às 14:29

  101. Le Cafard

    -

    13/01/2010 às 14:29

    Reinaldo, não sei se cabe comentários a respeito das vítimas no Haiti, mas faço a minha ressalva: Em relação à série de sites de notícias sobre o ocorrido, ressalto o seguinte: Com todo o devido respeito, mortos são mortos! Contudo, cumpre notar: Zilda Arns estava no Haiti não por competência esmerada, mas, sim, por conceito ideológico de esquerda, isto é fato. Os demais brasileiros mortos, militares, estavam lá por cumprimento do dever. E ao que eu saiba, morreram infinitamente mais haitianos do que brasileiros. Mortos são mortos, é fato! E todos, sem exceção, merecem o nosso devido respeito, sem patriotadas.

  102. Anouk

    -

    13/01/2010 às 14:28

    Grande Rei!

  103. Marco Antonio BN

    -

    13/01/2010 às 14:26

    Belo texto. Coerente, correto e íntegro.

    É isso mesmo. Ambos os lados cometeram crimes e foram anistiados. Ponto. Simples assim.

    A esquerda acha que ditadura só existe de direita? Cuba, por exemplo, eles acham que é o quê? Só porque eles são “socialistas” a ditadura deles seria melhor pois eles “preocupam com o povo”? Ditadura é ruim de qualquer jeito.

    O que eles entendem por democracia, cidadania e Estado Democrático de Direito?

    O que a esquerda fala, em relação ao decreto, é certo. Mas, ao contrário do que eles querem, a carapuça serve em todos os envolvidos na ditadura e que lutaram contra ela. Se é memória que querem, vamos lembrar como eles lutaram contra a ditadura.

  104. Oscar

    -

    13/01/2010 às 14:18

    Reinaldo,
    cito uma frase que me parece interessante sobre o decreto dos direitos humanos :”Ponto positivo: já conhecemos, pelo menos, o programa de Dilma Rousseff, resumido nesse decreto.

    Ricardo Vélez Rodríguez é coordenador do Centro de Pesquisas Estratégicas da Universidade Federal de Juiz de Fora

  105. Stan

    -

    13/01/2010 às 14:17

    Portador de salmonelose mental pode ser encontrado boiando em “janeiro 13, 2010 às 12:11 pm”.

  106. CIRO

    -

    13/01/2010 às 14:16

    Reinaldo:
    Recentemente lí neste seu blog algo do tipo “naufrágio do filmeco lula o filho brasil”.
    Pergunto: Dá para explorar melhor este assunto?
    Em tempo: Se realmente está naufragando, aqui vai uma sugestão para a horda de malfeitores que tão bem sabe reescrever a história: tentem novamente com “lula a mãe dos franceses”
    Até a vitória!
    Ciro

  107. Carlos

    -

    13/01/2010 às 14:15

    Caro Reinaldo, sou seu leitor assíduo, discordo de vc em alguns assuntos (principalmente da área jurídica – diversidade de ideias é característica da democracia), e mesmo assim continuo te respeitando muito, pois apesar de algumas divergências, seus argumentos são sempre muito bons.

    Mas escrevo apenas para parabenizá-lo pela coragem por tocar em um assunto que é escondido da maioria da população brasileira. Que Deus te abençoe e te dê muita saúde para continuar sendo essa trincheira em nosso jornalismo. Existissem mais um cinco como vc e não teríamos essa turma mamando nas tetas do Estado e vivendo dessas distorções da memória de 64. Até hoje essas pessoas vivem dessa época. Abraço.

  108. Flávio

    -

    13/01/2010 às 14:14

    O que significa isto?

    Blog do Murillo de Aragão
    13/01/2010 12h37m
    Ministros chegam a consenso sobre Programa de Direitos Humanos
    A reunião do presidente Lula com os ministros da Defesa, Nelson Jobim, e da Secretaria Especial de Direitos Humanos, Paulo Vanucchi, para discutir a terceira edição do Plano Nacional de Direitos Humanos, lançado em dezembro, terminou em consenso, após aproximadamente 30 minutos de discussão. Segundo fontes da Presidência da República, a questão está resolvida e os desentendimentos entre militares e a área de direitos humanos foram pacificados. Os dois ministros já haviam se encontrado ontem para discutir o assunto e a reunião de hoje serviu para fechar um acordo.

  109. R. JUNIOR

    -

    13/01/2010 às 14:10

    Prezado Reinaldo,

    A publicação do nome das vítimas dos assassinos esquerdistas é matéria da maior importância para o país, em qualquer época. Mas, no momento atual, assume um papel muito maior. É importante mostrar para os canalhas que governam o país atualmente que, assim como eles querem rever a história, no futuro isso pode ser um tiro em uma de suas quatro patas! Os bandidos cujos nomes aparecem ao lado de seus crimes, embora felizes com as vergonhosas indenizações que recebem,devem ficar sabendo que ainda existem homens que se interessaram MUITO por sua “tranquilidade” e de suas famílias. Tenham certeza disso. Existem muitos homens com disposição para “fazer a hora” desses BANDIDOS!!

  110. gera rodrigues

    -

    13/01/2010 às 14:08

    Reinaldo
    Boa tarde.
    Tempos atrás ví uma notícia que iam construir no sertão da Bahia um Busto em Homenagem ao desertor Cap. Carlos Lamarca.
    Não seria uma boa hora para lançar uma campanha de construção de um espaço histórico com as fotos e história de todas as pessoas (militares, civis e ex-companheiros) vitimadas pela esquerda (terroristas).
    Não seria interessante contatar os familiares destas vítimas e montar este espaço em memória das vítimas?
    Como os petralhas se sentiriam?

  111. Nobelda...

    -

    13/01/2010 às 13:55

    DEDO NA FERIDA – Tio Rei, essa gente não tem moral para pregar direitos humanos nenhum. Tanto o Chefão, e qualquer um deles, gosta de pregar moral de cuecas, como se diz no jargão.
    No caso da petralha, a moral está na cueca cheia de dinheiro que escorreu pelas pernas e encheu as meias daquele outro do mesmo naipe.
    Vá em frente. Eztepaíz precisa saber o outro lado da história mal contada.

  112. Rodrigo L.

    -

    13/01/2010 às 13:55

    Reinaldo, FANTÁSTICO! O que mais causa asco nessa situação é a hipocrisia dos “vermelhos”: querem se colocar como revisores “imparciais” da História, porém dela participaram ativamente, e cometeram os mesmos atos bárbaros que agora dizem repudiar. E, nem que fossem honestos poderiam ser imparciais, pois, tendo tomado parte nos eventos, impossível que suas opiniões não venham contaminadas pelo viés ideológico (mormente se considerarmos que eles perderam). Seria como entregar a tarefa de escrever um tratado sobre a História da Alemanha no período da 2ª Guerra a neonazistas, e esperar imparcialidade deles. Por favor, continue a revelar o lado esquecido da nossa História!

  113. Ze manduca

    -

    13/01/2010 às 13:53

    Reinaldão !

    Voce é meu ídolo. O grande baluarte dessa trincheira que não se rende. Você mata a cobra, mostra o pau e a cobra morta !
    Continue assim. As pessoas honestas, esclarecidas e de bom carater regojizam-se por ter tão brilhante cérebro a nosso favor.
    E olhem que essa cabeça já foi bombardeada. (risos).
    Um graaaaande abraço.

  114. barata

    -

    13/01/2010 às 13:53

    Sempre que se pinta um retrato de vítima pra alguém (frutos de morte ou agressões por tortura, confronto, etc) , estas tendem a ser tratadas como heróis. Mesmo que isso seja consequência de atos burros, ou com viés ditatorial como aconteceram com os movimentos armados. Apagam-se os pontos negativos da biografia da “vítima” e se constrói um “herói”. Será que isso é fruto de uma terra forjada na malandragem, na picaretagem, no jeitinho ou na carência de heróis de fato?
    Acho que deveríamos olhar pro processo de “pacificação” da África do Sul pós aparthaid.

  115. Cris

    -

    13/01/2010 às 13:48

    Rei? Reinalda?

    Tô aqui puxando pela memória, mas tá difícil!

    Houve um atentado á bomba, na casa de um general, onde morreram os sentinelas da guarita. Era ali na Rua Groenlândia, lembram? Eu sei, porque morava perto. Pois é. Acho que está fora da listinha.

  116. Cris

    -

    13/01/2010 às 13:46

    Gente

    Eu tenho a mesma idade do Rei. Me lembro da época do Regime Militar. Para não ser “chateado” pelos militares, bastava cumprir algumas regrinhas muito simples (para um cidadão comum)que, em suma era: fique longe de encrencas, trabalhe, estude, e ande com seus documentos. Havia uma outra, não escrita, que era a de passar nem muito devagar, nem depressa demais, na porta dos quartéis. Consequência das “gracinhas” dos terroristas. Ponto.
    Em resumo: você sabia o que tinha que fazer para não te acontecer nada.
    Já os terroristas… bem, não havia “regra” para escapar de atentado. Eles explodiam quem estivesse perto e pronto. Eu tinha mais, muito mais, medo de terroristas.

  117. irineu

    -

    13/01/2010 às 13:46

    Tem que alertar e criticar o assunto do direito de propriedade rural e URBANO, o direito de expressão, o direito quanto a religião. Alguem tem que puxar a frente nesses assuntos também. Vamos lá Sr Reinaldo, vamos para a luta. Desta vez contra eles.

  118. Alligare

    -

    13/01/2010 às 13:42

    Voce é nosso sentinela. Continue sempre firme, por favor!
    Grupo ligado ao governo, quer que Dilma entre (publicamente) na dança. Dizem que o tal texto de fato é ruim mas é bom, que só querem contar a VERDADEIRA história à tal comissão, sem revanchismo, apenas para que fique às novas gerações. (vi no Estadão)
    Essa laia abobada não vai parar com a pataquada exceto sob ordens expressas do camarada maior. O Grande camarada, raposa vivida, de olho prá lucrar com qualquer que seja o resultado. Nessas relações em família, quem manipula quem, de olho no que, é sempre uma incógnita. De certo, é o que voce diz – os facínoras assaltaram, mataram, torturaram, executaram… Cambada desgraçada! Jp

  119. luiz

    -

    13/01/2010 às 13:42

    Vocês já viram o trailer do filme “Revelação”
    http://www.youtube.com/user/terranovafilmes

    Acho que vale a pena, neste momento de discussões sobre o tema da Anistia.

    Saudações,
    Luiz

  120. O Locutor

    -

    13/01/2010 às 13:40

    Reinaldo, tem alguns jornalistas, como Lucia Hipólito,Fernando ,Eliane Castanhede, Noblat, Cristiana Lobo e por ai vai, que deveriam pelo menos ler e entender esse seu comentário, para não ficar falando e escrevendo bobagem por aí….
    Essa foi demais, parabéns.

  121. Beto

    -

    13/01/2010 às 13:40

    Interessante esse rito administrativo:

    Tinha um pepelzinho que enviei pro ministro;
    tinha um bilhete anexado;
    “nem vi oque assinei”;
    tinha um papel encima da mesa, assinei!;
    não sabia que meu assessor tinha assinado o documento;
    O projeto não era esse, possivelmente houve uma troca de papéis;

    Ou como citou a comentaristas Vera L:
    “sec alega que recebeu da Casa Civil UMA folha só com o bilhetinho dizendo onde devia assinar.”

    Putzgrila.

  122. Hovanês

    -

    13/01/2010 às 13:38

    Reinaldo, não há argumentos melhores que os seus, você colocou muito bem: essa pessoas não são melhores do que aquelas que elas querem investigar e condenar. E com o agravante de, ao contrário das outras, se auto-proclamarem defensores dos direitos humanos. Portanto elas são um lixo até pior!

  123. bruno

    -

    13/01/2010 às 13:35

    Olha isso Rei…
    No Blog do Fernando Rodrigues
    ” Fora tema militar, FHC e Lula se equiparam nos seus planos de direitos humanos”.
    http://uolpolitica.blog.uol.com.br/arch2010-01-10_2010-01-16.html

    Brincadeira neh?
    Tschuess

  124. Leao

    -

    13/01/2010 às 13:28

    Eu poderia estar nesta lista de assassinados. Eu, como muitos brasileiros, servi o Exército. É um ato obrigatório. Corriqueiro na vida dos homens brasileiros. Quando li o nome de Mário Kozel Filho, um frio percorreu minha espinha. Poderia ser eu ou qualquer um dos jovens de 18 anos que prestavam Serviço Militar. A quem estes canalhas querem enganar? Eu não morreria com eles porque não compactuava com suas idéias. Eu morreria nas mãos deles porque estaria fazendo minha obrigação cívica. Canalhas. A quem vocês querem enganar? Vocês queriam dinheiro e poder. Levaram vidas que nada tinham a ver com vocês. São covardes que assassinam ao primeiro susto que levam. Como são covardes.

  125. BOB

    -

    13/01/2010 às 13:27

    REINALDO, POR FAVOR POSTE AQUI, PARA QUE TODO O BRASIL VEJA, A FOTO QUE SAIU HOJE NO ESTADÃO: SARNEY PATETICAMENTE CURVADO PARA BEIJAR A MÃO DE DILMA. É UMA IMAGEM QUE VALE UMA BIOGRAFIA!

  126. André

    -

    13/01/2010 às 13:27

    Porrada neles Tio!

    É isso que esses vagabundos terroristas merecem, muita porrada.

    A Jovem Pan desceu o cacete na canalhada legal, quando ouviu no fim de semana gostei!

    Agora só falta a população se organizar e começar a protestar. Mas como a maioria é um bando de bundões tenho lá minhas duvidas se vão reclamar de algo, serão sempre a “meia duzia de sempre” que irão protestar e serem ridicularizados pelos canalhas comprados.

  127. Cris

    -

    13/01/2010 às 13:26

    Thiago disse:
    janeiro 13, 2010 às 11:57 am

    Guri, você acredita em Papai Noel, também!?

  128. Pablo Nilton

    -

    13/01/2010 às 13:24

    Ai Vem Mai Um Jogo De Palavras Dos Petralhas.
    Lula resolveu manter o decreto anterior, que prevê a aprovação de 27 novas leis e trata de assuntos polêmicos, como união entre homossexuais e descriminalização do aborto, mas editará ainda nesta quarta-feira um novo decreto que cria um Grupo de Trabalho cujo objetivo é “examinar a violação dos direitos humanos praticados no período fixado no artigo 8 do Ato das Disposições Transitórias da Constituição Federal a fim de efetivar o direito à memória e à verdade histórica e promover a reconciliação nacional”.

    O Novo Decreto Na Minha Opnião E Pra Bobo Ler E Dizer Que Os Petralhas São Democráticos.
    Primeiro Sujão Um Lado Para Depois Anestialos Novamente? Deixando Sempre Seu Lado”Limpo” Que M… É Essa?

  129. Cris Caça Petralhas

    -

    13/01/2010 às 13:23

    Piolho em

    Alexandre disse:
    janeiro 13, 2010 às 12:11 pm

  130. Kirk

    -

    13/01/2010 às 13:21

    EXCELENTE texto,como sempre,caro Reinaldo!!!Parabéns!!!

    XÔ COMUNISTAS!!!

    “Cris disse:
    janeiro 13, 2010 às 12:59 pm
    Rei

    Faltou você dizer só que o regime militar durou 20 anos por causa dessa gente! Em última instância, eles é que IMPEDIRAM que a democracia voltasse. Enquanto explodiam bombas, assaltavam bancos, barbarizavam por aí, era IMPOSSÍVEL os militares baixarem as armas. Seria mesmo uma baita irresponsabilidade.
    Portanto, a tal “ditadura”, devemos “agradecer” aos palhaços que hoje ganham carguinhos e verbonas.
    Não havia opção senão ficar e tentar botar ordem no galinheiro.”

    Subscrevo,cara Cris!!!

  131. Anônimo

    -

    13/01/2010 às 13:20

    Será maravilhoso ver e ouvir José Serra em campanha, dizer: “E o senhor/senhora que lutou a vida toda para comprar sua casa pode perdê-la se algum bandido invadi-la. Porque aí o senhor/senhora não vai poder chamar a polícia. Vai ter que conversar com o bandido, porque esse decreto que o Lula criou, junto com a candidata do PT, Dilma, e que quer transformar em leis, dá toda razão aos bandidos. E se por azar o senhor/senhora encontrar um delegado ou promotor público que é do PT ou acha que Lula está certo, então não vai ter jeito mesmo: pode arrumar suas roupas e abandonar a casa, porque eles vão dar razão para o bandido. E seus móveir também vão ficar na casa. Isso é comunismo. É isso que o s

  132. Rose Perito

    -

    13/01/2010 às 13:20

    Perfeita sua análise, parabéns.

    Em 1979, quando da Lei da Anistia, recém saída da faculdade, também era contrária a que se pusesse uma pedra sobre tudo e deixasse os torturadores e seus mandatários sem julgamento.
    Entretanto, com o passar dos anos, percebi que foi a forma encontrada para que se fizesse a transição gradual e se permitisse a volta dos exilados e auto-exilados.

    Hoje, após 30 anos , esse (des)governo, composto em grande parte por ex-combatentes (guerrilheiros, terroristas, cabeças pensantes, etc) quer colocar lenha na fogueira já extinta. Chamaria a isso de soberba do poder.

    Em tempo: Zé Dirceu sempre será o defensor do ‘os fins justificam os meios”. Não mudará jamais.

  133. Tirésias

    -

    13/01/2010 às 13:19

    Muito se fala contra a tortura. Eu também sou contra a tortura.
    Sempre contra. Mas, pude observar que o grosso da população, no calor de uma paixão em revolta, num instante se torna a favor da tortura: caso recente, ocorrido no ano passado, aquele crime atribuído ao casal Nardoni – que não confessou o crime. Ora, me lembro muito bem que diante do “não-confessar”, começaram haver manifestações de todos os lados, na web, nos blogs, nos jornais, de gente revoltada e comovida com a morte da menina, pedindo e até exigindo que a polícia desse um trato neles, que os torturassem até confessar. Nem assim seria admissível a tortura. Mas a turba, quando revoltada, abre exceções. Triste.

  134. Emerson

    -

    13/01/2010 às 13:18

    REINALDO,

    PETRALHA SE FAZENDO DE “BONZINHO”; ELES ACHAM QUE AINDA CAÍMOS NESSA!

    Thiago disse:
    janeiro 13, 2010 às 11:57 am

  135. ZÉ MARCO

    -

    13/01/2010 às 13:18

    PARABÉNS REINALDO.
    NÃO ESPERE EM VÃO. NÃO EXISTE ARGUMENTO QUE NÃO SE ASSEGURE NA VERDADE.
    ABRAÇOS

  136. Milena

    -

    13/01/2010 às 13:15

    Tio Rei,

    O que esses terroristas merecem é a “danação da memória”. Pena que isso já não é praticado há algum tempo… *suspiro*

  137. samuel

    -

    13/01/2010 às 13:10

    Olha, Reinaldo! Fico bastante satisfeito em ler seus comentários.
    São de uma lucidez tremenda. Espero que mtas pessoas leiam e discutam à respeito. Sempre que posso, divulgo o teor de suas matérias. Penso assim, estar contribuindo p/ melhor embasar opniões que mtas vezes ficam à merce da mídia fácil.
    Abraço…

  138. Luciano

    -

    13/01/2010 às 13:10

    Olá Reinaldo. Gostaria de mandar um recado para a dupla satânica Genro-Vanucchi e seu bando de seguidores e simpatizantes: ” Vocês nunca conseguirão comunizar o Brasil! Tentaram em 1935, tentaram em 1964 e tentaram em 1968 e perderam as três. Se tentarem novamente, mais uma vez perderão e aí, já será uma goleada, 4 a 0 no placar para a democracia. Vocês são e serão sempre uns frustrados e eternos perdedores. Conseguiram o poder, mas são obrigados a conviver com a democracia e o capitalismo que causam tanto incômodo a um esquerdista quanto a luz do sol incomoda os vampiros.”

  139. Abreu

    -

    13/01/2010 às 13:07

    OFF TOPIC: Você ainda não abordou sobre a morte da Dra. Zilda Arns, no terremoto de ontem, no Haiti. Certamente, por falta de tempo.

    Fiz uma busca ligeira no blog e a despeito de alguns (muito poucos) comentários mais ácidos (feitos por leitores), Você sempre sempre a tratou com respeito e reverência.

    Confesso-me admirador de Dona Zilda — com pequenas ressalvas, como por não se distanciar de pessoas que abomino (como todos os petralhas, derivados e ancestrais) — mas nunca a vi poupando críticas nem mesmo a “essa gente”, a revelar que não praticava vassalagem.

    Que D’us a acolha e lhe dê um bom e merecido descanso.

  140. Vera

    -

    13/01/2010 às 13:02

    NÃO ADIANTA DESTILAR ÓDIO. VIVA PARA O ARRUDA TAMBÉM E OLHE:
    Houve consenso entre os ministros da Defesa, Nelson Jobim, e da Secretaria de Direitos Humanos, Paulo Vannuchi, em torno dos pontos polêmicos do 3º Programa de Direitos Humanos. A informação é de assessores da Presidência.

    “Está tudo resolvido. Da minha parte está resolvido”, disse Jobim, ao deixar o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde se reuniu com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Vannuchi. Já o secretário de Direitos Humanos deixou o local sem falar com a imprensa. A Secretaria de Imprensa da Presidência deverá dar mais detalhes à tarde.

    As férias de Vannuchi foram interrompidas por causa da polêmica causada por alguns pontos do 3º Programa de Direitos Humanos. A interrupção das férias dele foi publicada no Diário Oficial da União de hoje.

  141. VOCE VIU A PROPAGANDA?

    -

    13/01/2010 às 12:59

    Rei, vc viu a ” propaganda” que fizeram para ” protestar” contra o tal decreto do vanuchi ? Eu ví meio de “soslaio” antes de começar o jornal nacional ,ontem á noite.A peça falava alguma coisa parecida com ” o bicho papão da censura quer renascer (ou ressuscitar ou voltar , sei lá) .Não deixe o “bicho papão” ( ou monstro , sei lá) voltar ”

    Vc viu ? Até para fazer propaganda protestando contra alguma ação deste governo os “outros” tem medo, o fazem ” pisando em ovos” . que coisa…

  142. Cris

    -

    13/01/2010 às 12:59

    Rei

    Faltou você dizer só que o regime militar durou 20 anos por causa dessa gente! Em última instância, eles é que IMPEDIRAM que a democracia voltasse. Enquanto explodiam bombas, assaltavam bancos, barbarizavam por aí, era IMPOSSÍVEL os militares baixarem as armas. Seria mesmo uma baita irresponsabilidade.
    Portanto, a tal “ditadura”, devemos “agradecer” aos palhaços que hoje ganham carguinhos e verbonas.
    Não havia opção senão ficar e tentar botar ordem no galinheiro.

  143. Observatório Virtual 74

    -

    13/01/2010 às 12:59

    Esses moços, pobres moços… só agora estão tendo conhecimento do que fizeram os terroristas e guerrilheiros que estão no governo. Ainda bem.

  144. Eduardo

    -

    13/01/2010 às 12:59

    Tenho uma certa aversão pelo Rossi. Apreciaria se vc comentasse algo sobre a crise argentina.

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/pensata/clovisrossi/ult10116u678149.shtml

  145. Silêncio

    -

    13/01/2010 às 12:58

    Ao João de janeiro 13, 2010 às 11:06 am

    Não-prezado João, seu sobrenome poderia ser Noites.
    Seu raciocínio é soturno!

  146. Flak

    -

    13/01/2010 às 12:58

    É preciso avaliar melhor a tortura. Exemplo: o que o hipócrita típico das nossas esquerdas, desses que gostam do bom e do melhor em Paris, Nova York etc, prefeririam: um interrogatório hostil no Osama que o fizesse confessar, abortando o ataque, ou um interrogatório pastoral e duas torres de 110 andares indo ao chão?
    É o chamado “ticking time bomb scenario” que, pesquisado pela BBC em todo o mundo, revelou que apenas 59% das pessoas rejeitavam a tortura sempre e em qualquer situação. E é por isso também que intelectuais como Alan Dershowitz, Richard Posner etc entendem que, em casos extremos, justifica-se algum grau de tortura de prisioneiros.

  147. denny doherty

    -

    13/01/2010 às 12:55

    Caro Reinaldo e amigos: Falta lembrar uma coisinha. E muito importante: as FFAA brasileiras, que estão suportando estoicamente o enxovalhamento que a chusma está promovendo, lá pelos anos 60, desarmou muitos grupos paramilitares anticomunistas. Lembro de um, o CCC, Comando de Caça aos Comunistas. Bons bolcheviques que são, mordem a mão que os afagou.

  148. hermes

    -

    13/01/2010 às 12:55

    Hoje eu entendo o grande plano da extrema esquerda petista:
    Pegaram um otário que defende os pobres e sempre muito popular pra tomar o poder e agora querem implantar a Republica Bolivariana do Brasil, acorda povo.

  149. Everardo

    -

    13/01/2010 às 12:55

    O Brasil precisa de tranquilidade. Radicalismo não é uma boa companhia para ninguém. Os militares que estão aí não são iguais a uma pequena parte dos militares da década de 60/70. O cenário atual aponta para disputas (e eventuais governos) entre Dilma, Serra, Gabeira, Genro, e tantos outros que estão em contexto totalmente diferentes. Dizia-se que Lula iria transformar o Brasil em República Sindicalista. Pergunte-se hoje a opinião das montadoras de veículos…

  150. Cris

    -

    13/01/2010 às 12:54

    Pois então, é o que falei ontem! Esta gentalhinha foi PREMIADA com uma anistia que, se os militares não quisessem, não davam e pronto. Afinal, ELES eram o Poder! O detalhe é que militares “cumpriam missão”, estavam do lado do poder constituído. Os vagabundos eram só…vagabundos. Poderiam ter recebido, ao invés de anistia, prisão!
    Deveriam ter recebido. Deveriam.

    ****Que papo é este de “Lula, o Filho” no BBB 10?!

  151. Vanderlei Simionatto

    -

    13/01/2010 às 12:53

    JOÃO DIAS, 11:06, esses babacas que pegaram em armas pra tentar impôr a ditadura do proletariado não prestaram o mínimo serviço à democracia. Pelo contrário. Ajudaram a endurecer ainda mais. Muito mais combatente, muito mais herói, foi Ulisses Guimarães, que desafiou a ditadura com a sua anticandidatura à presidência. Caminhou pacificamente por todo o país, pregando a democracia e exaltando a participação dos brasileiros verdadeiramente democratas. Lula é hoje presidente, graças à coragem dos que aqui permaneceram, enfrentando os atos institucionais. Dilma, Minc, Franklin, Vannuchi e outros bossais que fazem parte desse governo corrupto só fizeram vítimas inocentes, principalmente no campo.

  152. Alerta

    -

    13/01/2010 às 12:48

    PETRALHA!!!!!! PEGA!!!!!

    joão dias
    janeiro 13, 2010 às 11:06 am

  153. Renato

    -

    13/01/2010 às 12:45

    Rei,

    Por favor poste alguma coisa em homenagem a Dna Zilda Arns. Ele merece…

    Um abraço!

    Renato

  154. cristiano

    -

    13/01/2010 às 12:43

    Cade a Dilma????
    ela sempre some quando a coisa fica Feia

  155. Edilson

    -

    13/01/2010 às 12:42

    A palavra que melhor define essa gente, na minha opinião, é COVARDES.

    Eles se esconderam atrás dos nomes de suas organizações, planejaram a morte de inocentes, usaram nomes falsos, FUGIRAM do pais para não serem mortos, conforme foram os seus “companheiros” que eles mandaram para a as investidas criminosas sujeitas à retaliação mortal. Mudaram de rosto, conforme fez o super-covarde José Dirceu, que está na berlinda somente aguardando seu retorno triunfal.

    E mais covardes são aqueles que lhes dão guarida e apoio, para que cheguem finalmente ao poder que sonharam, tentando nos impor sua loucura retrógrada.

  156. PTbuster

    -

    13/01/2010 às 12:40

    joão dias disse:
    janeiro 13, 2010 às 11:06 am

    Um bovino petralha está emitindo gás metano aqui no blog.

    Manda para o frigorífico!!!!!

  157. JOCA

    -

    13/01/2010 às 12:35

    Reinaldo,
    A pesticida não está funcionando!
    Olha o petralha – joão dias, 11:06.
    Pode nos chamar de nazista “joão dias”, que nos extremo, é bem
    melhor que ser oportunista e dissimulado como todos vocês petralhas são.
    A tua revolução e a de seus comparsas é uma só: se dar bem. Assaltando o erário e trombeteando mentiras.
    Seus dias estão contados!.

  158. Mauricio

    -

    13/01/2010 às 12:29

    Caro Reinaldo,

    Parabens, mais uma vez pelo, ponto de vista claro e lúcido, que é cada vez mais raro no nosso suposto “pais de todos”!!

    Continue sempre assim, sendo a mosca na sopa das vigarices e vigaristas de plantào.

    Mauricio

  159. Edgard

    -

    13/01/2010 às 12:28

    Respondendo à Selma, se for possível:
    Em algum lugar você leu que eu sou a favor das torturas cometidas por grupos de esquerda? O que acho inadmissível é não punir ninguém, misturando as coisas e colocando tudo num mesmo saco. Tortura não escolhe lado, e deveria ser execrada por qualquer pessoa de bom senso.

  160. AJS RJ ANTICOMUNAS

    -

    13/01/2010 às 12:27

    Reinaldo,

    Um petralha rancoroso e cheio de amor por Stálin.

    João Dias, janeiro 13,2010 às 11:06 am.

  161. myrian elizabeth

    -

    13/01/2010 às 12:27

    Que argumentação! Que clareza! Vc é excepcional! Devia ter sido advogado…
    Não concordo com as críticas que lhe fizeram. Eu peguei essa lista e esfreguei na cara de um tonto que estava aqui a me chamar de alienada e reacionária.
    Quem se lembra desses coitados que tombaram no cumprimento do dever ou aleatoriamente? Quem diz seus nomes? Quem chora com suas famílias?
    Não se pode confundir o exército com os caras que extrapolaram seus deveres, assim como não comparo o catolicismo com esses padres babacas defensores de bandidos.
    Mas confundiria esses terroristas assassinos com quem? Só com eles mesmos. Eles são o próprio norte moral . Nojentos! E nos governam… Deus se apiede do Brasil!

  162. BASTIÃO

    -

    13/01/2010 às 12:19

    O Brasil JÁ era memo. Quando se anda de mãos dadas com “u omi du zóio junto” está se afirmando que tipo de gente você é e apoia.
    U fii du Brasil e a corja terroista ainda vai nos levarem para o fundo do poço, tauvez lá a população acorde e saia as ruas contra us terroristas humanistas que {que pena que não} quase morreram matando inocentes e civis pelas vielas do Brasil.

  163. antonio José Monteiro Rocha

    -

    13/01/2010 às 12:18

    Na semana passada, um grupo terrorista angolano atacou a tiros o ônibus que transportava a delegação togolesa de futebol, matando duas pessoas e ferindo outras; a razão: dizem que faz parte da luta pela separação da região de Cabinda. Como Angola vive sob uma ditadura, por analogia, podemos compará-los aos que defendem a luta armada contra os regimes autoritários, e o que é pior, às práticas empreendidas pelos terroristas da FARC contra o governo constituído da Colômbia.
    Esquerda séria é a esquerda italiana, que quer a punição do terrorista Battisti.

  164. eutrapélico

    -

    13/01/2010 às 12:14

    Boa tarde Rei!

    Eu não me apresento. Afinal seus argumentos são imbatíveis. Se acaso me apresentasse seria para tão somente repeti-lo e aí não há graça. Aliás, diga-se de passagem, repeti-lo-ia sim, mas só depois de ler o que escreveste. O que se trata de dizer o já dito. Por outro lado, não o confronto porque se assim o fizesse, faria por vaidade, e neste caso eu to fora.
    Ademais, ocorreu-me mais uma lembrança. Lembro-me de ler um conto do “Bruxo” em que ele dizia que contra os fatos não há argumentos. Dizia ainda que nada prova mais o amor que beijo de enamorados. Mais: até aonde sabia um filósofo antigo provou o movimento andando. E arremata: vamos aos fatos. Os fatos são tudo.
    Abç

  165. Fica - se sem fôlego no decorrer da leitura dos últimos dias ...

    -

    13/01/2010 às 12:14

    Verdade, Reinaldo, a gente fica com a respiração alterada ao se deparar com o que foram os anos de chumbo. Mas o chumbo grosso parece que não provinha exatamente da tal assim chamada ditadura. Pelo menos não somente dela .Você explica muito bem as coisas e para quem não foi contemporâneo daquelas brincadeirinhas dos menininhos rebeldes, seus textos são mais do que didáticos, gênio da palavra escrita!
    Se é preciso ter coragem para ler, imagino para escrever…
    Você está se tornando um líder, Reinaldo, por suas virtudes morais, sua competência profissional , sua dedicação, e, mais que tudo, sua coragem. NÃO É FÁCIL, sabemos reconhecer.

  166. Carlos M.

    -

    13/01/2010 às 12:14

    Detefon no João petralha das 11:06

  167. Nausícaa

    -

    13/01/2010 às 12:12

    Não, Reinaldo eu não tenho condições de apresentar argumentos melhores que os seus, mas posso mostrar que os entendi nestas poucas linhas.
    Considerando que o bem comum realiza-se na ordem do bem, à época, as forças políticas resolveram que o instrumento da anistia era um bem maior do que a aplicação da justiça no processo de redemocratização.
    O que nos falta é a liberação de toda a documentação governamental do período – doa a quem doer.
    No mais, os números oficiais desmentem as diretrizes propostas no decreto presidencial: reforma agrária já realizada, agronegócio, por ex., na cadeia produtiva do leite, miseráveis em 2016, tolerância religiosa…

  168. Alexandre

    -

    13/01/2010 às 12:11

    dedetizado.

  169. Teo

    -

    13/01/2010 às 12:11

    Grande Reinaldo,

    JOÃO DIAS – 11;06 am,

    PETRALHA RAIVOSO.

  170. José Augusto - BH

    -

    13/01/2010 às 12:10

    Prezado Reinaldo:

    Todos seus leitores te admiram pela sua inteligência, cultura, coerência, etc. Vou te elogiar pela visão. Não a visão política, ou estratégica, essas coisas. O sentido fisiológico da visão, auxiliado por esses óculos que devem ser de 1ª.

    Li agora o PNDH-III (conhecido por AI-1 do PT) inteiro, e deveria processar o Vanucchi por tortura: são 41 páginas em letra corpo 8, ilegível para uma pessoa de visão normal. Selecionado tudo e aumentado para corpo 11, que eu leio, o decreto passou para 76 páginas. Quem não sabe mexer com textos, não lê. Eu pergunto: por quê fizeram assim? Economia de papel no Palácio do Planalto?

    Agora acredito no Lula. Ele não conseguiu ler mesmo

  171. cidadão comunizado pelo PT

    -

    13/01/2010 às 12:06

    A QUESTÃO NÃO É IDEOLÓGICA E, SIM: MENSALEIRA.
    É fácil entender o preço dessa eleição de 2010 para presidente do BR.O osso de bilhões de reais que os atuais ocupantes dos cargos da república nem pensam em largar…viagens internacionais;diárias-de-viagens,indenização de passagens;verbas públicas;_tudo sem necessidade de comprovação_;MENSALÃO com impunidade garantida;empregos;mansões;carrões;comissões nas obras públicas…e o contribuinte adora pagar até27,5% de imposto-de-renda, salário-mínimo R$470,00 contra os 2 mil do DIEESE: XÔ DITADURA! Em que lugar do planeta esses comunistas arrumariam uma mamata dessas, só nestepaiz.

  172. Moreira Mendes

    -

    13/01/2010 às 12:05

    Tio Rei,
    não tem nada a ver com o assunto do artigo, mas gostaria que me indicasse uma tradução da Odisséia. Li a Ilíada por Odorico Mendes, mas admito que me valeram as notas verso a verso que lá puseram os editores da Unicamp. Temo que não teria o mesmo sucesso sem as notas, apesar de ter gostado muito da sonoridade do poema nesta tradução.
    agradeço.

    Dona Reinalda responde: o Reinaldo já indicou uma tradução para um estudante jovem. Não sei se seria apropriada para você, mas segue a dica.
    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/estudante-quer-uma-sugestao-de-traducao-da-iliada/

  173. Virgilio

    -

    13/01/2010 às 12:05

    O que esta canalha quer é vingança. Nunca suportou perder contra “os militares”. E não suportam, hoje, o aperfeiçoamento da democracia. Tudo farão para embaralhar regras, leis, história … quanto mais confusão, anarquia, bagunça, dúvidas, mentiras, melhor. É uma tática antiga esta – já foi usada pelos nazistas, pelos fascistas, pelos comunistas, mais recentemente. Porém, elamear a honra, a história e a verdade é próprio das mentes perversas. O que pode salvar o povo e a nação da esquizofrenia simbólica é a educação. Até por isto, o governo do PT investe pesado na manutenção da miséria e não investe na educação. Não há mal que sempre dure nem bem que não se acabe. Esta escória passará…

  174. Não católico

    -

    13/01/2010 às 12:05

    POR FAVOR, veja esse documentário americano. Os investigadores não tem profundidade para entrar na questão técnica mas, do ponto de vista político e econômico, chegam a algo essencial:

    http://revelatti.blogspot.com/2010/01/documentario-aquecimento-global-teoria.html

    Há um pivô. Um homem que liga todos os interesses. Ele é a hitória viva da corrupção, do controle financeiro, da união política e do AGA.

  175. Pedro Dornas

    -

    13/01/2010 às 12:03

    Prezado Reinaldo, eu gostaria de fazer um comentário, mas não tenho o que dizer. Você disse tudo, e de forma magistral.

    Você bem disse que, durante a ditatura, “corria lá seus riscos”; então, não vai ser essa turminha que vai te intimidar.

    Cumprimento-lhe por representar a imprensa livre no Brasil. Ler seu blog me dá esperanças de que ainda existam pessoas sérias nesse país.

    Saudações

  176. Anderson The Soviet Story

    -

    13/01/2010 às 12:03

    Chico e demais comentaristas, Reinaldo inclusive, por favor assistam (quem já não assistiu) o documentário: The Soviet Story e terão ampla visão do que resulta uma ditadura comunista que esses canalhas ditos “perseguidos” querem impor. Esse PNDH III é o começo disso, e o final de tudo que conhecemos. Temos um movimento em curso na América Latina para instalar a União das Repúblicas Socialistas da América Latina, deste o Foro de São Paulo ocorrido em 31 de Maio e 03 de Junho de 1990! Vamos ter que pegar em armas para nos defender?

  177. Yara Chiara

    -

    13/01/2010 às 11:58

    O petralha das 10:28 am é bem recorrente aqui, né? Ele tem um perfil bastante peculiar também: quem não concorda com sua opinião é ou burro, ou defensor de torturadores. Naquele índice de “personalidade autoritária” montado por Adorno, meio suspeito também por não ter cantado as glórias de 1968 e da luta armada, em qual nível ele está?

    A esquerda gosta de retratar o período militar como “guerra”. Não é o que me dizem os livros e as pessoas que viveram durante o período, mas aceito o bordão: era uma guerra.

    Pelas leis da guerra, é lícito matar civis ou pessoas rendidas e desarmadas, como parte da esquerda fez?

    Não. Fui muito burra ou estou defendendo torturador?

  178. Sandra

    -

    13/01/2010 às 11:58

    Intimidação? VOCÊ??????

    Há algum tempo, bastava essa tchurma dar um gritinho e todo mundo se calava. Isso já não funciona nem conosco, imagine com você.

  179. Paulo

    -

    13/01/2010 às 11:57

    Prezado Reinaldo:

    favor dar a descarga, porque um bunda-suja débil mental chamado João Dias, ou será João Ninguém mesmo? , passou vomitando merda e sujando o blog.

    Vai brincar de menino do MEP com seus amiguinhos, seu otário, e nazista é aquela mulherzinha que fica na esquina, da qual vc recebe diária, que atende pelo nome de sua mãe, babaca.

  180. Nativo

    -

    13/01/2010 às 11:57

    Nao estou defendendo revolta, mas tentando compreender a defesa que o governo , intencionalmente ou nao , para desarmar a populacao. Nao confio nadinha nas posicoes desta turma.

  181. DR

    -

    13/01/2010 às 11:56

    Petralha nervoso
    joão dias disse:
    janeiro 13, 2010 às 11:06 am

  182. igor

    -

    13/01/2010 às 11:55

    o site da “Associação Juízes para a Democracia” apresenta argumentos muito bons acerca da legitimidade de uma Comissão da Verdade. Argumentos que, na minha opinião, rebatem as críticas do Reinaldo Azevedo. Mas eu tenho que concordar que os abusos da esquerda também deveriam ser apurados.

    Além disso, eu discordo da afirmação de que “essas pessoas não tem autoridade moral para fazer essa proposta [da Comissão]“. Como o Reinaldo mesmo afirmou, essas pessoas foram anistiadas

  183. Elvio

    -

    13/01/2010 às 11:52

    Reinaldo,

    Só como informação:
    Em alguns estabelecimentos comerciais de Sorocaba/SP, estão aparecendo cartazes com várias fotos de desaparecidos.
    Obs: Com o logo do Governo Federal.
    abs
    Elvio

  184. ADEMIRO

    -

    13/01/2010 às 11:52

    Perguntar não ofende.

    Se eu for preso ,terei direito a receber “auxílio-reclusão” ?

  185. ADEMIRO

    -

    13/01/2010 às 11:52

    Perguntar não ofende.

    Se eu for preso ,terei direito a receber “auxílio-reclusão” ?

  186. B

    -

    13/01/2010 às 11:50

    Petralha as 11:06

  187. PI...PI...PI...PI...

    -

    13/01/2010 às 11:49

    Petralha nazista (desculpe a redundância) às 11:06

    Chute-o, simplesmente

  188. Nativo

    -

    13/01/2010 às 11:46

    Agora da para entender porque a ideia do desarmamento da populacao tipo o Chaves.
    Nao querem reacao em caso desesperador do povo.

  189. Melo

    -

    13/01/2010 às 11:46

    Caramba! Esses teus textos tão muito afiados!

    Muita chinelada na cara da cambada de vagabundos.

  190. Mo

    -

    13/01/2010 às 11:45

    João Dias 11:06 dedetizar

  191. olga

    -

    13/01/2010 às 11:42

    Reinaldo,

    Dê uma olhadinha no comentário do petralha Joao Dias de 13/1 às 11:06

    Abraços
    Olga

  192. fernando

    -

    13/01/2010 às 11:41

    O caseiro Francenildo não foi o primeiro oprimido vítima da esquerda brasileira, imoladas (quase sempre literalmente) na construção do paraíso proletário. É impressionante a quantidade de motoristas, cabos, soldados, guardas, vigias, humildes transeuntes (pessoas das classes menos favorecidas, em suma), assassinados pelos terroristas.

  193. Vuglies

    -

    13/01/2010 às 11:41

    Dona Reinalda,

    Tem um petralha esperneando e grunindo em crise de projecão da personalidade : janeiro 13, 2010 às 11:06 am

    PTCIDA nele.

  194. BHDESACOCHEIO

    -

    13/01/2010 às 11:39

    Bolsa ditabranda; Bolsa ESMOLA; Bolsa salário público (sem concurso) no aos cumpanhêros, etc.

    “É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade. Por cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber. O governo não pode dar para alguém aquilo que não tira de outro alguém. Quando metade da população entende a idéia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação. É impossível multiplicar riqueza dividindo-a.”
    Adrian Rogers, 1931

  195. B

    -

    13/01/2010 às 11:38

    Caro Reinaldo

    Há tantas fadas sininho zumbindo na imprensa que parecem uma caixa de marimbondos. Creio que a tendencia será aumentar, conforme as eleições começarem e os “cumpanheiros” começarem a fazer bobagens, atropelando-se na ansia de garantir as boquinhas, ganhando a qualquer custo. Há alguns anos o Diogo Mainardi publicou em sua coluna a filiação das fadas sininho, será que voce recupera o artigo?

  196. EVANDRO

    -

    13/01/2010 às 11:38

    REINALDO,

    A MAIORIA DA IMPRENSA É FEITA DE DEDOS E O RESTANTE, FEITO DE CÉREBRO.

  197. Flávio

    -

    13/01/2010 às 11:37

    Prezado Sr. Reinaldo Azevedo,
    Desde que “descobri” o seu BLOG, em fins de 2009, não consigo ficar um dia sequer sem ler o que o Sr. escreve. O Sr. consegue transcrever os fatos de uma maneira honesta e objetiva. Realmente, até hoje, nosso país é vítima de um verdadeiro estelionato histórico, em relação aos acontecimentos que se desenrolaram no período ditatorial. Infelizmente, em razão da defasagem educacional, em função da índole “despreocupada” de muitos brasileiros, que são vítimas, na verdade, de uma propaganda ideológica nazista, ficamos expostos ao que há de mais parcial e servil no que diz respeito à informação.
    Obrigado.

  198. anonimo

    -

    13/01/2010 às 11:37

    Perguntas que não querem calar: Heitor Cony e Ziraldo pertenciam a que grupo sanguinário? Eles estão recebendo a bolsa-ditadura….

  199. PAULO TIMBO

    -

    13/01/2010 às 11:36

    Bravo e verdadeiro Reinaldo,
    até que enfim um jornalista teve a coragem de dizer o que vc disse em sua coluna.
    Jornalismo é isso, verdade e imparcialidade.

  200. E_Megaton

    -

    13/01/2010 às 11:35

    Caro Rei:

    Esse terremoto no Haiti veio bem a calhar PARA o Lulla e seus asseclas (pra elles, pouco importa se é no Haiti ou no Taiti) !!!!

    O assunto vai desviar a atenção da tentativa de golpe de estado esquerdopata que é este ‘prano de direitus dus manos’…

    “A Venezuela é aqui” (cante usando a melodia da música de Caê e Gil).

  201. Sergio S. Oliveira

    -

    13/01/2010 às 11:35

    REINALDO, PETRALHA-COMUNISTA A VISTA…

    João Dias, das 11:06….

    Vassoura nele…

    É do daqueles que ainda usam o termo “burguesia”… ai, ai, ai….

    Fora com ele!!!!!

  202. Norma

    -

    13/01/2010 às 11:35

    Sr. Reinaldo, bom dia.

    Acabo de ouvir da jornalista do Globo News, que a embaixadora d o Brasil no Haiti, acaba de reconhecer o corpo da dra. Zilda Arns.
    Espero que o governo e todas as entidades beneméritas ou não, que colaboraram com a Dra. Zilva, façam homenagens a altura da dedicação que ela empenhou junto as comunidades pobres do Brasil. A história de vida da dra. Zilda Arns merece todas as homensagens e mais um pouco. Pessoas assim não morrem, perpetuam-se nas obras que criaram e no coração das pessoas.

  203. Sergio S. Oliveira

    -

    13/01/2010 às 11:32

    Caríssimo Reinaldo:

    Mais um texto que deveria, no mínimo, ser publicado em todos os jornais e revistas. TODOS. Mais claro que ele, somente o sol que nos ilumina todos os dias. Perfeito.

    Deveria ser lido nos telejornais, deveria ser lido nas rádios, deveria estar estampado em todos os locais. Não porque é seu, mas porque é claro, porque é lúcido, transparente, correto. “SÓ” por isso.

    Amigo (posso chamar-lhe assim?), que prazer tenho em “lê-lo”, em ver muitas vezes, meus pensamentos expostos no teu texto. Não desista nunca, estou aqui pra prestar-lhe meu apoio e assinar embaixo. Parabéns.

  204. Teo

    -

    13/01/2010 às 11:32

    Grande Reinaldo,

    FABIANA – 10:05 am,

    PETRALHA SE FAZENDO DE INGÊNUA

  205. Rafael Chat

    -

    13/01/2010 às 11:27

    Excelente trabalho
    é isso aí Reinaldo, desde os tempos da Primeira Leitura – abaixo o consenso!

    mas me deu nojo ler as 100 e tantas mortes

    é pena que passado estes 25 anos o povo nem desconfia quem são estas pessoas do 1o escalão do governo

    teria o PSDB cullones para mostrar no horário leitoral quem foi a Dilma? Espero que sim, porque ela ia perder um tempão se explicando

  206. Rafael Claudio

    -

    13/01/2010 às 11:26

    “joão dias disse:
    janeiro 13, 2010 às 11:06 am”

    Faça o favor de não defecar pela boca, pelos relatos de algumas mortes eu até imagino a cena:
    “Ei olha aquele carro, deve ser um burguês”
    O burguês aparece (e o próprio joão nos dá uma pista do tipo de pensamento) e ele é julgado como culpado pelo sofrimento do povo e é condenado a morte pelo “tribunal revolucionário”.

    Só te digo uma coisa joão, enquanto a justiça dos homens pode falhar, a divina não falha, especialmente de canalhas como você que ainda se orgulham com gente que assassina em nome de ideais.

  207. Selma

    -

    13/01/2010 às 11:23

    Reinaldo, passou um verme esquerdista: joão dias (janeiro 13, 2010 às 11:06 am).

  208. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 11:23

    Quase tudo que se divulga pela imprensa sobre o período são mistificações e mentiras. E mentiras fáceis de provar. Eles dizem que todos os terroristas já foram punidos. Mentira. Analisem os crimes e vejam se foram. E os justiçamentos? Eles falam que eram organizações lutando pela democracia. Mentira. As organizações de esquerda queriam implantar sua própria ditadura E DISSERAM ISSO EM SEUS DOCUMENTOS, reunidos em livro e publicados pela esquerda da esquerda. É só pegar o livro e fazer uma reportagem mostrando as mentiras que se contam e provando que são mentiras. Eles dominam a imprensa e por isso estas reportagens não são feitas. O mal do Brasil é que pouca gente lê.

  209. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 11:20

    Pacíficos?

    ALN – Aliança Libertadora Nacional – O papel da ação revolucionária na organização (maio, 1969)

    “o caráter revolucionário da nossa organização resulta antes de mais nada do fato de que toda a nossa ação é revolucionária e aspira à tomada do poder pela violência da guerra revolucionária. Os nossos métodos e formas de organização são subordinados à ação revolucionária e nada aceitamos que possa entravar ou limitar essa ação”

    Trecho do Livro “imagens da revolução (documentos políticos das organizações clandestinas de esquerda dos anos 1961 – 1971) – editora expressão popular.

    Quase tudo que se divulga pela imprensa sobre o período são mistificações e mentiras.

  210. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 11:18

    Pacíficos?

    ALN – Aliança Libertadora Nacional – O papel da ação revolucionária na organização (maio, 1969)

    “sendo nosso caminho o da violência, do radicalismo e do terrorismo (as únicas armas que podem ser antepostas com eficiência à violência inominável da ditadura) os que afluem à nossa organização não virão enganados, e sim, atraídos pela violência que nos caracteriza”

    Trecho do Livro “imagens da revolução (documentos políticos das organizações clandestinas de esquerda dos anos 1961 – 1971) – editora expressão popular.

  211. Vuglies

    -

    13/01/2010 às 11:17

    Reinaldo

    Do Percival Pugina do Mídia Sem Máscara
    Codinome PNDH-3

    Percival Puggina – 11 Janeiro 2010

    Méritos inquestionáveis a Reinaldo Azevedo, o primeiro jornalista a ler a imensa tralha de ponta a ponta. Até que ele postasse a primeira denúncia pública sobre seu verdadeiro conteúdo, a mídia nacional já escrevera bastante sobre o Programa Nacional de Direitos Humanos (codinome PNDH-3) sem o haver analisado. Durante quase três semanas as matérias versavam sobre a proposta de investigação dos crimes de tortura e a “busca da verdade histórica da repressão” – vale dizer, o que constara dos releases oficiais. Mas Reinaldo descobriu que esse específico tema era uma pequena marola no tsunami concebido para varrer o ordenamento jurídico e institucional do país, transformando-o num território subordinado à engenharia social e política petista.

  212. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 11:16

    Democratas? Uma ova!!!

    Comandos de Libertação nacional – Colina

    Concepção da luta revolucionária (abril, 1968)

    “O poder revolucionário no Brasil deverá ser construído a partir do campo e o foco guerrilheiro será seu embrião. São seus combates que permitirão organizar a massa camponesa na prespectiva de integração e apoio ao exército popular. Este será o poder alternativo que assegurará a luta de libertação nacional e que sustentará o governo popular revolucionário, ao mesmo tempo que assegurará a hegemonia da aliança operário-camponesa na revolução.”

    Trechos retirados do Livro “Imagens da revolução: documentos políticos das organizações clandestinas de esquerda dos anos 1961-1971

  213. Izidro Simões

    -

    13/01/2010 às 11:16

    Reinaldo, anote esta:minha esposa foi à Caixa Econonômica Federal em Aracaju, simplesmente para fazer a troca de enderêço de residência. Teve de assinar uma batelada de papéis sem nexo, sem lógica e, uma tal DECLARAÇÃO DE PESSOA POLITICAMENTE EXPOSTA – PPE – PRIMÁRIO.
    O tal doc. queria saber se ela era funcionária pública ou se já tinha sido ou se ocupava algum cargo RELEVANTE no governo, no Brasil ou no exterior! A coisa ia às minúcias, como explicitação do cargo que ocupava ou os que teria ocupado.

    E veja bem, minha esposa NUNCA, JAMAIS, EM TEMPO NENHUM, foi funcionária pública e nem ocupou cargo POLÍTICAMENTE EXPOSTO, seja lá o que for que isso quer dizer.

  214. JulioK

    -

    13/01/2010 às 11:15

    Reinaldo,

    Temos a mesma idade, porém nunca tive acesso a este tipo de informação na minha vida. É claro que não pesquisei. Achava que o que recebia pela “imprensa escrita” fosse toda a história. Era um TROUXA e não sabia.
    Sabia que tinham matado civis inocentes, mas não sabia o alcance das barbaries da “tchurma da Dilma & Cia”.
    Continua assim.
    Abraço

    JulioK

  215. ALBERTI

    -

    13/01/2010 às 11:15

    Prezado Reinaldo
    Vi uma notícia que o molusco assinou a lei em Copenhague, e estando fora do país só quem poderia ter assinado seria o vice.Isso por si só, já não torna essa trolha ilegal ???

  216. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 11:15

    Democratas? Uma ova!!!

    Partido Comunista Brasileiro Revolucionário – PCBR

    Linha política (Abril de 1968)

    O caráter da revolução brasileira

    “o objetivo fundamental da revolução brasileira é destruir o aparelho burocrático-militar do estado burguês-latifundiário, substituindo-o por um governo popular revolucionário em cuja composição predominam as forças básicas da revolução. Cabe à classe operária assumir a direção do poder estatal revolucionário, para que este seja capaz de executar consequentemente o programa de transformações radicais da estrutura econômico-social do país, preparando a transição ao socialismo”

    Trechos retirados do Livro “Imagens da revolução”

  217. Beto

    -

    13/01/2010 às 11:14

    Não tem o que tirar Reinaldo!

    Perfeito.
    Concordo plenamente. Essa é a história, os fatos.

    Parabéns, sinto orgulho de você e dos colegas comentaristas.
    A Democracia (com D maiúsculo!) é a eterna vigilância!

  218. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 11:13

    Democratas? Uma ova!!!

    Partido comunista do Brasil – Ala vermelha

    Documento: Crítica ao oportunismo e ao subjetivismo da “união dos brasileiros para livrar o país da crise , da ditadura e da ameaça neocolonialista” (Dezembro de 1967)

    “é necessária a constituição de um novo poder político que exerça a ditadura sobre aquelas classes e camadas sociais contra-revolucionárias. Este novo poder será exercido pelas classes e camadas sociais que estão no campo da revolução,… Ou seja, o governo popular revolucionário é a forma que a ditadura do proletariado assume na atual etapa da revolução”.

    Trechos retirados do Livro “Imagens da revolução”

  219. Teo

    -

    13/01/2010 às 11:13

    Grande Reinaldo,

    LUIZÃO – 8:56 am,

    PETRALHA

  220. p

    -

    13/01/2010 às 11:12

    (continuação do comentario postado anteriormente)
    não se importando com os inocente mutilados e mortos nas suas açoes. Eu só consigo rir quando vejo jovens jornalistas falarem sobre os atos dos terroristas como se fossem herois, que arriscaram a vida pela democracia brasileira, bastava que se informassem melhor sobre que treinou eles e que os financiavam para ver qual democracia eles almejavam para o Brasil. Mas infelismante uns agem por preguiça ou ignorancia e outros por conveniencia, este que praticam o jornalismo de resultado (financeiro) o chamado jornalismo mão peluda que tem no tocador de cavaquinho e no anão de botas cor de rosa como representante maximo.

  221. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 11:10

    democratas?

    Trecho do documento “programa socialista para o Brasil” de setembro de 1967, da Organização Revolucionária Marxista – política operária – POLOP

    A luta de classes internacional

    1. A situação mundial

    Vivemos na época do confronto final entre o velho regime capitalista e as forças que lutam pelo socialismo…
    ….

    Por um Brasil socialista

    3- o caminho passa pela ditadura do proletariado

    …para superar a herança do velho regime, para mobilizar os recursos populares para a construção do socialismo, será necessário, durante certo tempo, a formação de um estado operário que exercerá a ditadura do proletariado…

    retirados do Livro “Imagens da revolução”

  222. Chico4

    -

    13/01/2010 às 11:10

    De ambos os lados, nem todos foram torturadores (A) ou terroristas (B). Esta separação, entre preto e branco, é própria dos maniqueístas e dos fanáticos. A vida tem muitas nuances de cinza e é próprio da inteligência humana percebe-las.
    Aliás, isto me lembra, naqueles tempos, os radicais do nosso lado: quem não estava com eles, estava contra…
    Porisso mesmo ficaram falando sozinhos, isolados e tendo que assaltar Bancos para sobreviver.

  223. joão dias

    -

    13/01/2010 às 11:06

    dedetizado.

  224. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 11:05

    Bom, o Reinaldo Azevedo é das poucas pessoas, na imprensa, com colhões neste país. O termo é horroroso, mas é a verdade. Fica Míriam Leitão e Lúcia Hipólito, e outros, contando e recontando os velhos mitos e mentiras esquerdistas sobre o período, e eu fico perplexo. No Globo, pelo menos, respondeu o Renato Pacca, com um vermelho e azul reináldico, às bobagens ditas pela Míriam esquerdista Leitão. Este blog aqui é meu porto seguro. A única pessoa que diz o que fica entalado na minha garganta, diante das mentiras de esquerda, e diz muito bem é o Reinaldo. Obrigado.

  225. Chico3

    -

    13/01/2010 às 11:04

    E o Estado deve, sim, reparar os danos causados por sua omissão ou ação. As vítimas dos dois lados, se por uma das razões anteriores, colheram sequelas físicas, morais ou profissionais, devem ser indenizadas pela sociedade, através do Estado. Estive na luta contra a ditadura dos militares e muito me orgulho disto, por ter tido coragem aos 18, 19 e 20 anos, de confrontar a força, a “verdade” do momento. Como dissestes, jamais me passou pela cabeça (como aliás, de muitos) pedir qualquer indenização no entanto, porque as consequências que carrego foram decorrentes de minha opção. E delas, como disse, muito me orgulho.

  226. Chico

    -

    13/01/2010 às 11:04

    Reinaldo, continue firme com os seus textos a respeito dessa canalha que esta agrupando e aparelhando o Estado. Estes vigaristas tem feito, o que tem feito, pelo fato de acharem que o povo brasileiro tem uma dívida com eles, pois segundo estes farsantes, foram eles que devolveram a democracia ao povo brasileiro, quanta pretensão. A democracia que esta farsa quer nos colocar guela abaixo, é, a democracia do proletariado, pois democracia nesse contexto vem como nome de fantasia, pois onde vigou esse regime, sua história foi marcada por atrocidades contra a humanidade.

  227. Selma

    -

    13/01/2010 às 11:03

    Ao Edgard, das 13, 2010 às 10:28 am:

    Pois é, “A anistia serve para todos os envolvidos. Porém, ocorreram crimes que mesmo em guerras mais explícitas são condenados: pessoas foram humilhadas, torturadas, mutiladas. Simples assim. Só não entende quem é muito burro ou gosta de torturadores”,…
    … TODAVIA, Edgar, convém lembrar que os “anjinhos” da esquerda também humilharam, seqüestraram, torturaram, assassinaram etc., de modo que, se tiver que ser feita uma reavaliação de tudo, esses “poços de candura da esquerda” também deverão pagar por seus atos criminosos.
    “Só não entende quem é muito burro ou gosta de” criminosos da esquerda!

  228. caitum

    -

    13/01/2010 às 11:01

    Ontem vi a vaca-que-reza ,só que a cartilha petralha querendo dar uma de fada sininho,não isso só vai votar em 2011 ,etc,etc,etc…..,enfim o que fica é que esse esgoto totalitário do PNHD-3 a missão, vai ficar não é ?O que lula devia fazer é rasgar o papelucho e mandar um pé no traseiro destes retrógrados,mas infelizmente pelo Time da assinatura tenho certeza que ele sempre soube de tudo.Agora é a sociedade cobrar duro destes caras e ,fazer as perguntas certas aos seus candidatos.

  229. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 10:59

    Sofisma é dizer que todos os militantes de esquerda foram punidos. Não foram. Crimes cometidos por eles, inclusive contra civis, passaram em branco. Muitos dirigentes de grupos de esquerda julgaram militantes sem respeitar o direito de defesa. Além disso, se muitos militantes sofreram, inclusive com a vida, outros alavancaram suas carreiras e até hoje se utilizam de perseguições suaves como vantagem curricular. Indenizações milionárias foram e estão sendo pagas. Onde está a punição geral a que alude Miriam? Os radicais de esquerda que mataram e roubaram foram punidos? Não, não foram. Para eles a anistia valeu, não é mesmo?

    Renato Pacca, respondendo a Míriam Leitão

  230. PAULO ROBERTO URBANO DA CRUZ

    -

    13/01/2010 às 10:59

    Matou a pau Reinaldo, já que é para passar o passado a limpo, como os valentes defensores da democracia cubana querem , vamos começar mostrando os crimes praticados por eles, já que os cometidos por alguns militares( sim alguns que pertenciam a um grupo dentro das forças armadas, os chamados DOI CODI) são conhecidos. Alguns jornalistas por preguiça não procuram se informar corretamente sobre a historia e vendem a “verdade dos terrorista” onde posam de herois e defensores das liberdade, quando na realidade queriam a dominação e escravização de todos. Eram um bando de deliquentes travestidos de revolucionarios que pensavam nos seus proprios interesses,

  231. Jmendes

    -

    13/01/2010 às 10:58

    Esquerdista adora a mentira, e não vive sem ela. E isso se volta contra eles as vezes. Quer um exemplo? Somente a esquerda, estes camaradas que não aprendem com os erros, pode achar que insegurança jurídica, colocar um líder personalista acima das leis e das instituições, tara estatal (hipertrofia do estado, loucura estatizante) podem levar a algum lugar que não à inflação e a miséria. E repetem tais erros na Venezuela. ELes não aprendem porque se recusam a enxergar os fatos e dão desculpas para os próprios erros, estando pois condenados a sempre repetí-los. Se eles não se recusassem a enxergar a terrível verdade sobre Cuba, a Venezuela tinha salvação.

  232. Chico2

    -

    13/01/2010 às 10:57

    Você mesmo diz que, em determinado momento, até se expôs um pouco, atuando em favor das liberdades. Assim, esta dicotomia “direita x esquerda”, “salvadores da Pátria e da Família” x “facínoras esquerdopatas” pode ser um bom marketing, mas não é uma boa contribuição para a formação dos mais jovens. A História não foi assim.
    Mas você tem razão de que muitos dos que lutaram esta guerra ultrapassaram os limites da ética e do humanismo. Em nome de Deus e da Família, de um lado, ou em nome do Povo e da Liberdade, de outro. Mas, o que importa a bandeira da luta, se ela se baseia na força, no medo e na violação do direito maior, que é a vida?

  233. Yara Chiara

    -

    13/01/2010 às 10:57

    Ao assinar e dar seu aval à primeira versão do Programa de Direitos Humanos-III, Lula endossou simbolicamente cada assassinato cometido pelos terroristas de esquerda durante a ditadura e outorgou a guerrilheiros, na prática, um direito de revanche e vingança, que em nada se coaduna com a justiça e com a Constituição. O documento também passou por Dilma Rousseff. Pergunta-se: são esses os “direitos humanos” que o Brasil deseja proteger nos próximos quatro anos?

  234. mineirinha: Weimer corretíssimo

    -

    13/01/2010 às 10:56

    FHC pode estar ainda na lista dos meus intelectuais preferidos, embora de escanteio desde sua famigerada frase em Washington, antes das eleições do primeiro mandato do apedeuta, praticamente apoiando Lula e renegando, por óbvio, o Serra, partidário seu. Ele sabia que sua palavra, naquele momento, tinha credibilidade, que estava mandando um recado para as forças políticas e empresariais do Brasil e do Mundo. Faltou apenas apelar pela sua vitória. E deu no que deu. o Serra perdeu as eleições e estamos aturando esse desmando há quase oito anos. Quem limpará o lixo depois dele?

  235. Jorge Luiz

    -

    13/01/2010 às 10:55

    Reinaldo, vc já viu esse decreto (7.061 de 30/12/2009):

    http://www.jusbrasil.com.br/legislacao/820891/decreto-7061-09

    Veja o teor do Decreto promulgado pelo nosso “filho do Brasil” no penúltimo dia do ano. Indago porque essa obrigatoriedade seria apenas para 2010?

  236. BHDESACOCHEIRO

    -

    13/01/2010 às 10:51

    Caro Reinaldo,

    Em Belo Horizonte existe um grupo das ZERQUERDAS que “lutou” naquela CONTRA O REGIME MILITAR. Esse grupo faz reuniões periódicas e gostariam de falar sobre aquela época (Não pertencem mais a atual tchurma), principalmente, sobre as barbaridades cometidas por essa tchurma que está no governo e no seu entono. Porém, sempre que ele decidem convocar algum órgão da imprensa para falar são ameaçados tanto os próprios quanto os seus familiares.

    Abraços

  237. claudio

    -

    13/01/2010 às 10:49

    Perfeito. Muito corajosa, imparcial e esclarecedora sua atitude. O discurso vitimista me enoja. Sua visão daqueles que optaram por pegar em armas para derrubar o regime militar é perfeita, ou seja, fizeram uma opção, nada os obrigou a isso e lutar, hoje, por recompensa é canalhice. Pagamos por nossas opções ideológicas e, quando são realmente ideológicas, não esperamos recompensa financeira, isso é vergonhoso. Também é apropriadíssima sua visão de que os dois lados tiveram seus prós e contras, é o momento histórico. Não suporto mais a conta cobrada pelos supostos defensores da pátria. Lula, até quando vamos pagar sua pensão vitalícia? o que querem? a sociedade brasileira de quatro?

  238. Alves

    -

    13/01/2010 às 10:49

    Estou perplexo em saber que a candidata à Presidência já participou de organização terrorista. Como isso é possível?

  239. Jorge

    -

    13/01/2010 às 10:46

    “Por que ficar buscando essas coisas no passado?”

    Ora, se Lula e seus asseclas desejam reescrever a história com sua pena vermelha, conforme ensinada em sua cartilha, alguma voz tem de se levantar e os fatos realmente ocorridos têm de ser lembrados. Ainda mais nestes tempos de cumplicidade pelo silêncio. Silêncio este que macula memória de tantos que morreram apenas por estar “no caminho” dos heróis da luta pela ditadura do “proletário”.

  240. mineirinha: quem faz um cesto...

    -

    13/01/2010 às 10:43

    Em Minas, no meu cesto educativo constava esta lição: quem faz um cesto faz um cento.

    Pois, é. Essa gente que hoje está delirando com o poder já fez muitos cestos. E nós sabemos. Dada a propensão, melhor tirar-lhes o vime.

  241. José Laurentino (Laurent)

    -

    13/01/2010 às 10:42

    Prezado Reinaldo Azevedo;

    Concordo plenamente com o Senhor, essa gente se acha acima do bem e do mal, cometeram atrocidades (continuam cometendo) em nome da redemocratização e da igualdade, quando na realidade queriam implantar uma ditadura de esquerda aos moldes de Cuba e quetais, e agora posam de heróis salvadores da Pátria esquecendo suas vítimas do passado e presente (vide crimes não explicados, assaltos ao erário, depredação de propriedade privada etc,etc,etc,) agradeço e parabenizo sua coragem, pois mesmo aqueles que pensam diferente acovardam-se em troca de migalhas.
    Atenciosamente.
    Obs. Autorizo publicar meu nome e endereço.

  242. Artur

    -

    13/01/2010 às 10:41

    È, o companheiro Lulla continua cercado de aloprados , uns tentam ser mais espertos, outros menos , mas todos de sua corte são lastimáveis , na verdade o rei de garanhus deveria mudar seu nome para Lulloprado , esta corte vai cair, tenham certeza, assim como ja estão caindo tipos como , Cristina Kitchiner , não lembro se é assim o sobrenome, mas vai lá , e o alopradão Hugo Chavez ,vejam o resultado de governos autoritários e irresponsáveis , aqui tbém, será uma questão de tempo, os aloprados vão se enforcar na corda que eles mesmos , penduraram..

  243. Verdade?

    -

    13/01/2010 às 10:37

    ainda Vanuchi:

    Como pode uma pessoa querer anular uma coisa de que ele se beneficiou? Desculpem a ignorância. Camuflou o nome dos terroristas e dos crimes praticados por ele. E achou-se no direito de criticar a Suprema Côrte do Brasil afirmando que o “judiciário é o mais defasado dos três três Poderes na questão do respeito aos direitos humanos”. Veja a incoerência: O País que criou “Os Direitos Humanos” é quem mais desrespeita estes direitos. Direitos humanos entende-se que seja para humanos direitos.

    Ele quer defender as organizações de esquerda, promover o revanchismo político e o pior: afrontar as Forças Militares.

  244. Silvia

    -

    13/01/2010 às 10:36

    Quantos eles mataram e torturaram? é preciso divulgar. Essses crápulas sem vergonha que jogam a culpa somente para um lado.
    Se o militares não foram julgados, eles também não!!!!

  245. Rovison

    -

    13/01/2010 às 10:35

    Esquerdista só fala a verdade quando lhe é conveniente, ou seja, quando serve, em algum sentido, para legitimar, ajudar ou justificar a sua ideologia sociopata. A verdade para esses caras tem sempre um caráter pragmatista. Verdade é o que está em consonância com a mentalidade esquerdista. Para um marxista, esse papo de objetividade, neutralidade científica, busca desinteressada da verdade é um mito, um artifício ideológico burguês. Verdade mesmo é o que sai da boca de um revolucionário esquerdista (desculpe-me pela redundância).

  246. Verdade?

    -

    13/01/2010 às 10:33

    Nunca é demais conhecer um pouco de

    Paulo Vannuchi terrorista dos anos 1960/1970. Foi militante da Ação Libertadora Nacional (ALN), onde se familiarizou com ações terroristas como sequestros políticos, assaltos a bancos e quartéis, atentados a bomba, roubo de armas, assassinatos e outras atrocidades que figuram no Manual do Guerrilheiro Urbano, de autoria de Carlos Marighela, líder da organização. Pelas proezas que praticou, foi parar na prisão em 1971 e lá permaneceu até 1976. Beneficiado pela anistia, hoje jata-se de ter sido um “herói da liberdade e da democracia”, quando na verdade era simplesmente a conquista do poder para implantar a ditadura do proletariado no Brasil. Fonte: Quem são? Onde estão? Grupo Guararapes.

    Paulo Vannuchi sempre se pautou pelos princípios do marxismo-leninismo e certamente por isso e pelo seu passado, Lula, que governa cercado de remanescentes da luta armada, o nomeou ministro da Secretaria Especial dos Direitos humanos. Revanchista ao extremo quer que a anistia volte, ou seja, revogada para que os militares sejam punidos pelo que fizeram durante o regime militar.

  247. amaral

    -

    13/01/2010 às 10:31

    Grande Reinaldo.

    Tudo quase perfeito. Falta penas relacionar a turma que praticou os sequestros, um dos crimes mais abomináveis. Naõ vale dizer que o objetivo era a libertação de prisioneiros políticos que poderiam morrrer nas celas sob tortura. Sequestro é sequestro e os inocentes não deveriam pagar o pato.

    Amaral

  248. Luiza

    -

    13/01/2010 às 10:30

    Estes esquerdistas assassinos nunca tiveram nenhuma preocupação com os “direitos humanos” e só foram à luta contra o regime militar pq pretendiam instalar no Brasil um outro tipo de regime: o regime comunista.
    Não há mais espaço para mistificações na história do Brasil.
    Chega de mentiras!

  249. maria cristina

    -

    13/01/2010 às 10:29

    Porque as vítimas dos terroristas não lutam juntas por uma indenização tambem?

  250. Edgard

    -

    13/01/2010 às 10:28

    dedetizado.

  251. Craterus

    -

    13/01/2010 às 10:28

    Talvez eu esteja muito velho e com Alzeimer mas, sinceramente, entre as várias pessoas que conheci e conhecia nas décadas de 60/70 e que, digamos assim, eram de “esquerda” e se “opunham” ao Governo (algumas de maneira “prática” – pretendiam até, ou assim o diziam, cortar cana-de-açúcar em uma ilha do Caribe para combater o Imperialismo), não me lembro das que “defendiam a democracia”. Na minha memória surgem nomes e rostos que admiravam Cuba, alguns que consideravam Mao o “maior homem” vivo, alguns “trotskistas” e, até mesmo, um que achava a Albânia o país com a Constituição mais evoluída da Terra…
    Tem de ser velhice porque, por mais que busque e rebusque, não me lembro de “democratas”..

  252. Fernando

    -

    13/01/2010 às 10:24

    “….já quem morreu lutando de arma na mão, fez uma escolha. A indenização deveria ser encarada como ofensa.”
    Reinaldo: parabens! Continue assim. O Pais o merece.
    PS. O “trio” dos “diréitos humanos”, se honesto fosse, deveria pedir perdão pelos seus erros de juventude, erros estes que o levaram até a desrespeitar, naquela época, os diréitos humanos de 99,99% dos brasileiros e por ter tentado destruir o Brasil.

  253. PILINCHO II (continuação)

    -

    13/01/2010 às 10:23

    “(…) quando comunicou a EXECUÇÃO do Márcio Leite Toledo (Toledinho?),naquela data, ” com o fim de resguardar a organização…uma organização revolucionária, EM GUERRA DECLARADA, não pode permitir a quem tenha uma série de INFORMAÇÕES,como as que possuía,vacilações dessa espécie (…)”.Portanto,havia guerra, e ela não foi provocada pelos brasileiros ordeiros.E,embora os fins não justifiquem os meios,os excessos,visando a preservar a ordem, restaurar o Estado Democrático e o de direito são admissíveis,eventualmente,no contexto do conflito,para evitar o agravamento da situação,através da eliminação do inimigo DECLARADO.Caro Reinaldo,é importante citar,sempre,que era uma GUERRA DE GUERRILHA!

  254. Anonimo

    -

    13/01/2010 às 10:23

    É imprescindível que se recorra ao passado para que as novas gerações não pensem que esse pessoal do atual governo eram santinhos. Havia duas classes de opositores da ditadura militar : os moderados que não pegaram em armas entre os quais se situavam José Serra , FHC Ulisses Guimarães Tancredo Neves e outros . Havia também os radicais que matavam sequestravam e viviam na clandestinidade ou seja eram terroristas mesmo. Dentre estes últimos , estão os autores do PNDH3. Simples assim.

  255. José Carlos Santos

    -

    13/01/2010 às 10:23

    Reinaldo,

    Jamais tinha lido algo tão devastador. Texto exemplar, desses de se imprimir e colocar em uma moldura. Pena que você seja um só. Houvesse mais “Reinaldos Azevedos” no Brasil com certeza viveríamos em um país melhor, com menos canalhas. Pena que a grande imprensa não compartilhe com você, e com aqueles que lhe compartilham os ideais, entre os quais modestamente me incluo. Vamos ver agora onde vai parar essa maluquice do petismo que, claro, será uma bomba de efeito retardado na companheira agora repaginada. De qualquer maneira Reinaldo, brilhante é o mínimo que se pode dizer do seu texto. Parabéns!

  256. A

    -

    13/01/2010 às 10:22

    A cortina de silêncio que se tece sobre este assunto é uma das maiores vergonhas intelectuais do Brasil. Parabéns por trazer à superfície assunto de tanta importância. Essa turma não lutava “contra a ditadura”, mas lutava pela imposição de um outro tipo de ditadura. Roberto Campos chamava o tipo de ditadura que se implamtou no Brasil de “bio-degradável”, ao contrário da soviética, que na época parecia eterna, como a cubana, mas que também morre, apesar da “justiça popular” e dos fuzilamentos. A mistificação gramsciana dominou as mentes e as novas gerações não sabem que os terroristas eram cruéis e nada democráticos. Sempre foram totalitários e sanguinários. Ainda são.

  257. Roberto Albuquerque

    -

    13/01/2010 às 10:20

    Bom dia, Reinaldo.

    Não há o que corrigir. O texto está, para mim, perfeito. É pena que na nossa imprensa são muito poucos os comprometidos com a honestidade e com a verdade, em todos os sentidos possíveis.
    Não puxo o saco de ninguém, mas sei reconhecer e aplaudir, em primeiro lugar aquele que escreve bem, mas também os honestos. Sou leitor diário de seu blog, e não por acaso, na pesquisa no Google, seu nome está apenas (sic) em terceiro lugar. Vou mais longe (hoje eu quero puxar o saco, mas só um pouquinho) seu blog é indispensável, ou melhor, o autor é indispensável.

    Um grande abraço.

  258. MARIANA

    -

    13/01/2010 às 10:19

    Falta a lista dos INOCENTES ÚTEIS- JOVENS MORTOS – ARRASTADOS POR ESTE BANDO DE FACÍNORAS PARA MORREREM PELA CAUSA ENQUANTO ELES DORMIAM E PASSEAVAM EM PARIS
    SERIA ITERESSANTE, REINALDO, A LISTA DOS INOCENTES ÚTEIS, EMPURRADOS À MORTE POR ESTE ANIMAIS- PSICOPATAS

  259. Alberto

    -

    13/01/2010 às 10:18

    Sr. Reinaldo, já ‘naveguei’ por seus textos algumas vezes e realmente nunca havia me impressionado com suas colocações. Todavia, o pensamento colocado por V.Sa., no Blog do dia 13, acerca da posição política em que vivemos frente a leis de anistia e pseudo vítimas-heróis da ditadura, foi digna de uma pessoa com um discernimento e inteligência de se parabenizar. Digo isso, tenha certeza, sem a intenção de lhe puxar os países baixos.
    Abraços.

  260. Anderson

    -

    13/01/2010 às 10:17

    Como sempre seus argumentos estão corretos.

    Infelismente grande parte dos brasileiros são como o Lula, a leitura os cansa. Não lêem, não buscam o conhecimento nem a verdade por trás das notícias. Buscam sempre seus próprios interesses, pouco importando para democrácia e liberdade de expressão.

    Espero que seus artigos possam sempre esclarecer a muitos.

    Um abraço!

  261. JaKo

    -

    13/01/2010 às 10:16

    Sabe o que mais, Rei: você é o único. Olhe, precisávamos de mais uns duzentos como você. É, acho que com mais ou menos um cara pensante por milhão essepaís ficaria algo viável. (Bem, já tem o Diogo).

    Keep up the good work

  262. Eduardo Gonçalves

    -

    13/01/2010 às 10:14

    Para esse governo dos PTralhas tudo pode para eles e nada para os outros,esse é o desgoverno do molusco que recebe uma aposentadoria polpuda por apenas 30 dias de prisão,esse é o retrato das indenizações aos PTralhas e seus agregados e como fica as indenizações de quem não se envolvia com nada disso e morreu pela causa e depois faz a campanha de que é um governo de todos,pode ser de todos os amigos e agregados da corrupção nunca antes vista nesse país pela proporção que está e não tem nenhum homem público com peito para encarar e honrar a nossa Bandeira e acabar com essa história do jeitinho,de levar vantagens ,o Brasil não aguenta mais esses solucionadores de ocasião,Acorda Brasil

  263. eidia

    -

    13/01/2010 às 10:12

    Só é passado pra quem não sofreu na pele. Até hoje determinadas frases, símbolos, ainda me dão arrepio. Ainda sinto medo e falta de confiança. Tá grudado na memória.
    eidia
    http://www.oquevivipelomundo.blogspot.com

  264. Ingo

    -

    13/01/2010 às 10:11

    Reinaldo,

    Mais uma vez você foi direto ao ponto.
    Atingiu em cheio a esquerda marxistóide, hoje incrustada no governo Lulla.
    Precisamos desmascarar essa turma que, de criminosos, querem passar por heróis e salvadores da Pátria.

  265. Cavallieri

    -

    13/01/2010 às 10:07

    Parabéns Reinaldo, por ter a coragem de expor a verdade.
    Parabéns por não se deixar intimidar e obrigado por ser portador da opinião das pessoas decentes do país.

  266. Siqueira

    -

    13/01/2010 às 10:06

    Este malfadado decreto da extrema esquerda, revanchista e totalitário, autoriza você e qualquer brasileiro a relembrar os fatos que foram convenientemente esquecidos sobre aquele trágico período da história do Brasil, bem como a análise destes fatos à luz do contexto da época.

    O mundo vivia a Guerra Fria e a União Soviética financiava o terrorismo e a guerrilha pelo mundo na tentativa de ampliar seus domínios, já consolidados na Europa através das ditaduras comunistas que somente começaram a cair com a falência do comunismo soviético. Na América Latina a tarefa de conduzir a guerra suja ficou a cargo de Cuba, por onde passaram muitos dos integrantes das organizações terroristas citadas por você. Gostemos ou não, a maioria dos golpes militares foi conseqüência direta do embate entre o Ocidente e o totalitarismo soviético. Castro chegou ao cúmulo da irresponsabilidade de entregar Cuba para a instalação de bases nucleares soviéticas, colocando o mundo muito perto de uma guerra nuclear que teria varrido a ilha do mapa.

    A ordem moscovita era criar tantos Vietnãs quanto fossem possíveis no mundo ocidental e a defesa da sociedade democrática acabou por enfrentar o paradoxo de ter que romper com a democracia apenas para defendê-la das ditaduras totalitárias. Boa prova disso é que os militares brasileiros em nenhum momento tentaram perenizar o regime de força como fez Castro e fazem hoje Chávez, Morales e Ortega. A clara diferença entre uma coisa e outra é que o regime militar brasileiro nunca foi um fim em si mesmo, mas apenas uma forma de combate à implantação da ditadura perene tentada pelos comunistas brasileiros.

    Caro Reinaldo, quando os esquerdistas dizem que lutavam durante o regime militar pela democracia, mentem descaradamente com é de seu feitio. Os grupos terroristas financiados pelos soviéticos não atuavam apenas em países sob regimes ditatoriais, o que, se fosse verdade, daria um mínimo de credibilidade a essa grotesca farsa. Só para ficar em três exemplos: os Tupamaros uruguaios começaram a praticar uma série de crimes em 1960, em plena democracia que só foi interrompida em 1973, justamente em virtude da ampliação do terrorismo; a Alemanha Ocidental, também uma democracia, exemplar, diga-se de passagem, a partir de 1970 foi assolada por uma série de atentados sangrentos praticados pela organização comunista Facção Exército Vermelho, mais conhecida como Baader-Meinhof; por fim, a Itália democrática do pós-guerra, também enfrentou a organização terrorista Brigadas Vermelhas, criada em 1969, e outras organizações comunistas armadas de menor porte, como a do terrorista e assassino Cesare Batistti que, emblematicamente, é defendido com unhas e dentes pelo ministro da Justiça Tarso Genro.

    Como dizer que estes terroristas defendiam a democracia no Uruguai de 1960 ou na Alemanha e na Itália do pós-guerra? O que desejavam era o mesmo que os comunistas brasileiros, a implantação da ditadura marxista-leninista, pura e simplesmente!

    A Anistia foi um dos instrumentos dos militares para a normalização política do Brasil, mas como se vê hoje pelo texto do plano elaborado pelo governo petista, os que desencadearam a guerra suja não mudaram nada em relação a seus objetivos totalitários do passado.

  267. Marcello Tálamo

    -

    13/01/2010 às 10:05

    Caro Reinaldo. Agora que as comportas da “comissão da mentira” dos petralhas e asseclas foram abertas, cabe aos homens de bem não cair na tentação de “esquecer”, como tanto desejam os assassinos e bandidos da época, hoje instalados ao redor do poder. Há que se fazer um manifesto e colher assinaturas para envio ao STJ para TAMBÉM serem apurados os crimes dessa gentalha. ASSINO e divulgo um abaixo assinado desse teor. Ajudo levar a Brasília. Tudo para desmascarar os facínoras que, mais de 4 décadas depois, ainda permanecem decididos a conturbar a vida dessa nação.

  268. Fabiana

    -

    13/01/2010 às 10:05

    Sou totalmente contra a revisão da anistia, foi a base para a redemocratização do país, mas defendo o direito a informação. Quero saber a mando de quem e como morreram e desapareceram pessoas como Vladimr Herzog, Rubens Paiva, Manoel Fiel Filho e tantos outros, também quero saber dos que foram mortos pela guerrilha. Quero saber quem fez o que, em nome do estado brasileiro. A ditadura torturou, matou, desapareceu pessoas e censurou, calou a voz de um país inteiro. Conheço nomes da esquerda armada (Marighela, Lamarca etc) mas não conheço os nomes dos torturadores. É direito dos brasileiros conhecer os arquivos e a história de todos os lados.

  269. anonimo

    -

    13/01/2010 às 10:04

    TIO REI,
    mudando de assunto, porque os jornalistas não perguntam a Dona Dilma sobre o tal PLANO NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS? Porque esse SILÊNCIO da Dilma…

  270. Ricardo

    -

    13/01/2010 às 10:02

    A verdade sobre a esquerda deve estar sempre à mão e sempre ser lembrada.
    Da verdade oficial esquerdista já estamos fartos.

    Devemos sempre lembrar o que são: terroristas, assassinos, torturadores e distribuidores de misérias.
    Devemos ainda lembras dos terroristas do passado que ainda nos assombram tal como a ministra terrorista e candidata petralha.

  271. Anônimo

    -

    13/01/2010 às 10:02

    Uma palavra: arrasou.

  272. PILINCHO

    -

    13/01/2010 às 9:57

    Bom dia,Reinaldo.
    A subversão da ORDEM e os ATENTADOS terroristas iniciaram por volta de 1962.Portanto,ANTES de a sociedade intervir na ação e pedir às Forças Armadas para agir.Até aí,não havia confronto direto entre os “heróis” e as forças regulares do Estado.Apenas atos covardes,próprios da canalha vermelha.A partir daí,INICIOU uma ação característica da GUERRA de GUERRILHA,de confronto direto.E,por isso,a obtenção de informes para compor um quadro de dados sobre o inimigo NÃO pode prescindir de “apertos” nos inimigos presos.Repito,estava sendo travada uma GUERRA REVOLUCIONÁRIA! E isso é DECLARADO em comunicado (23/03/71)da Ação de Libertação Nacional quando (continua em PILINCHO II).

  273. Antonio,ex-petralha

    -

    13/01/2010 às 9:56

    Reinaldo,você está com a razão.Pegou em armas quem quis,fez greve quem quis.A “Anistia ampla irrestrita” foi para os dois lados.Conheço gente que foi asilado na Itália,teve mordomias por lá,estudaram,voltaram com a anistia,foram empregados na UFMG sem concurso e, foram indenizados.O que querem mais?Vingança?Tenham a santa paciência!!!Não existe nenhuma diferença,por minima que seja entre guerrilheiro (terrorista) que mata,sequestra, rouba,e ameaça a população civil e,os “torturadores” do regime militar.Sequestrar inocentes para trocar por guerrilheiros presos,matar civis,roubar o alheio,gerar insegurança na população é TORTURA.Quem tem o rabo preso é melhor se calar.

  274. waldson muniz

    -

    13/01/2010 às 9:56

    Parabéns, Reinaldo. É ótimo ver alguém com a sua coragem e retidão. Há quarenta anos, pelo menos, os esquerdistas reformam a História e formam as novas gerações de militontos para o seu projeto político.

  275. Laura

    -

    13/01/2010 às 9:54

    Reinaldo, duas perguntas que não quer calar:
    - A querrilha na época foi necessária, foi de ajuda para que a democracia voltasse a imperar no Brasil?
    Ao que me parece os militares não queriam se perpetuar no governo, e a democracia era meta a ser estabelecida aos poucos.
    -O Brasil teve progresso, teve crescimento no governo militar?

  276. SE NAQUELE TEMPO JÁ ERA ASSIM, IMAGINA HOJE !!!!

    -

    13/01/2010 às 9:52

    Em pleno período de repressão militar já eram essas feras, esses monstros, em tenra idade, imagina hoje, adultos, ricos, poderosos esem limites…..
    Falando sério, precisamos , em nossas reflexões , compará-los ao demônio para estarmos mais preparados e enfrentar nosso amanhã com os pés no chão, que a coisa é muito mais feia e perigosa do que parece.
    Essas instituições $ustentada$ sigilosamente pelos cartoes corporativos certamente não estão aí para fazer agrados …………

  277. Salomão Cohen

    -

    13/01/2010 às 9:51

    Reinaldo,

    diante do seu exposto, só posso agradecê-lo e parabenizá-lo por falar a verdade dos fatos, e não a verdade da ideologia doente, à tona. Por sintetizar a realidade sem o tom do vitimismo, que tanto as esquerdas valorizam. Obrigado por não cair neste conto do vigário, que toca nas raízes mais profundas do ser humano, mas que é tão deletério na vida em sociedade.

    A sociedade brasileira deve muito a você, mal sabe ela.

  278. Rods

    -

    13/01/2010 às 9:50

    REI.

    PERFEITO!!!!!

    OS TERRORISTAS MORTOS NAS DEPENDÊNCIAS DE ÓRGÃOS DOS ESTADOS DEVEM SER INDENIZADOS, PELAS RAZÕES EXPOSTAS POR VC, PORÉM, LEMBRO QUE AS INDENIZAÇÕES DESSA CANALHA SAEM À TOQUE DE CAIXA, ENQUANTO ÀS DOS CIDADÃOS COMUNS QUE POR OUTROS MOTIVOS SOFRERAM DANOS ENQUANTO NAS MÃOS DO ESTADO, VIVEM NOS FORNOS DO JUDICIÁRIO E DO PRÓPRIO ESTADO QUE INDENIZA COMUNISTAS QUE MUITOS DELES, NEM MORTOS FORAM MEU DEUS!!!!

    VIDE O CASO DO VELHINHO MALUQUINHO, FAMÍLIA DO TERRORISTA LAMARCA E TANTOS OUTROS. A DESPROPORÇÃO ENTRE MORTOS E INDENIZADOS É ABISSAL.

    Rods

  279. Carlinhos da Bahia

    -

    13/01/2010 às 9:47

    Caro,Reinaldo.Os desmiolados e sofredores de amenésia parcial da esquerda brasileira,com essas asneiras de estatutos e factoides tipo este ultimo dos direitos humanos é para enfraquecer ainda mais as forças armadas,para na hora deles fugirem pelos crimes que estão a cometer.vão sair do pais tranquilamente para morarem em Maimi em 2014 .

  280. vera

    -

    13/01/2010 às 9:46

    Essa turma de aloprados nem sonha com comunismo. A cartilha deles é a do nazismo. Estão usando as técnicas de propaganda de Goebels e veja o que aconteceu lá. Ponham as barbas de molho.

  281. rocket

    -

    13/01/2010 às 9:44

    Não sei se devo rir ou chorar mas, justamente aqueles que queriam implantar na marra, uma ditadura de esquerda, aquela que esmaga o cidadão sob o pêso de uma elite mais esperta e agressiva montada numa estrutura de poder chamada Estado, quer agora, sob o argumento pérfido de defender direitos humanos, nos impôr a mesma ditadura pela qual mataram, roubaram e sequestraram. As únicas diferenças é que trocaram de armas; se antes usaram explosivos e armas de fogo, hoje, usam papel, caneta e computadores pessoais. Se antes agrupavam-se em organizações terroristas, estão hoje encastelados no governo. Vivem do passado e não enxergam o presente para não pensarem no futuro. Não passam de vermes.

  282. Vera L.

    -

    13/01/2010 às 9:44

    Reinaldo CONTINUE ASSIM, graças a você todo mundo que respeita a Democracia foi ler a estrovenga. A Pan agora cedo disse que de repente todos no governo se deram conta que NÃO leram, será?. Até acredito em alguns, só um ex, o ministro da agricultura NÃO sabia que o nome de seu secret Exec estava lá, o sec alega que recebeu da Casa Civil UMA folha só com o bilhetinho dizendo onde devia assinar.

    Eles odeiam você por isso, você SOZINHO vale por todos eles que querem ESCONDER seus crimes. Ontem na Hora da Verdade da Pan, foi muito legal mesmo ver Nelo Rodolfo, GOSTO do Nelo, ler um texto em FAVOR de nossa Democracia. CONTINUE na GUERRA contra os AUTORITÁRIOS, GANHAMOS MAIS UMA BATALHA.

  283. Enzo Telles Poeta

    -

    13/01/2010 às 9:38

    Este é um dos humanistas citados na lista dos assasinados pela esquerda publicada Reinaldo(Como participante no assasinato). Seu nome é João Quartin de Moraes professor do IFCH da Unicamp. Ai vai uma entrevista realizada com ele pela própria universidade :

    http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/mar2001/ossopag8e9.html

    Até hoje o cidadão acha que seus atos foram plenamente justificáveis.
    Esse criatura já foi devidamente desmascarada pelo Olavo de Carvalho, mas o mais espantoso (ok , não é assim tão espantoso) é que uma figura como esta lecione em uma universidade pública de alto nível como a Unicamp.

  284. jayme guedes

    -

    13/01/2010 às 9:37

    Reinaldo, seus textos são ao mesmo temo irresistíveis e frustrantes pois sempre esgotam o tema, praticamente impedindo contribuições. Meus comentários acabam sendo recorrentes e monótonos pois não consigo ir além do aplauso. Texto, mais um, irretocável. Mas juro, mantenho acesa a esperança de um dia conseguir acrescentar algo ou até, quem sabe, discordar, pelo menos, um tantinho.

  285. Bia

    -

    13/01/2010 às 9:36

    Estou pasma, indignada mesmo! Onde estão os homens e mulheres de coragem deste país? Em que buraco se escondem? Falta educação pra este povo pensar. Onde estão os políticos (homes públicos) que deveriam estar cuidando do bem estar do Brasil e sua população? Onde está a imprensa que deveria, assim como você, colocar a verdade acima de tudo? Um país tão grande, um país tão desamparado, um povo tão injustiçado, e pior, nem sabe disto! Vivemos em tempos de mais completa escuridão. Mas um dia a máscara vai cair. Mirem-se no exemplo aqui do sul, PT NUNCA MAIS!

  286. Marta

    -

    13/01/2010 às 9:35

    Falou! É isso aí, Reinaldo. Que bom que você não deixa de observar essas, como você diz, canalhices dos petralhas. Que bom!

  287. Batista

    -

    13/01/2010 às 9:34

    Tudo isso é o cúmulo dos absurdos. Os bandidos assaltaram o poder nesse Brasil. E tudo como se fossem os perseguidos, como você, cristalinamente, expõe. O que eu não consigo entender/aceitar… é a simploreidade de tanta gente aceitando essa aberrante distorção. Mais um texto referência.

  288. Aero Willys

    -

    13/01/2010 às 9:26

    Reinaldo;
    Abençoadas letras estas!! Desta vez você foi além da precisão: o texto é de uma Verdade contundente.
    Honestidade é isto.
    Aceite um forte abraço.
    Aero Willys

  289. O ATENTO

    -

    13/01/2010 às 9:24

    É um texto perfeito. É a mais pura verdade. Deus nos livre do socialismo que nos avizinha. Que bandidada no poder! Espero que Deus ilumine nossas autoridades (ainda sérias) e instituições ainda não contaminada pelo virus maldito. Abraços bravo Reinaldo!

  290. Coutinho

    -

    13/01/2010 às 9:23

    Ninguém ousará se apresentar, a menos que queira passar vergonha. Eu gostaria que os principais meios de comunicações reproduzissem pelo menos este artigo, para que o povo brasileiro soubesse qual a verdadeira cara dos homens e mulheres hoje estão encastelado no podre neste pais.

  291. Janga

    -

    13/01/2010 às 9:20

    Não há argumento melhor, Reinaldo.

  292. IP

    -

    13/01/2010 às 9:19

    Excelente!!

  293. QUAKER

    -

    13/01/2010 às 9:18

    CUIDADO LULLOPALHAçOS.NÃO AMEACE A DEMOCRACIA QUE NÃO LHES PERTENCE.
    COMUNISTAS SAFADOS.

    VENHAM.FAREMOS ENGOLIR FARDO A FARDO DE FENO SEUS IDIOTAS LAVRADASES.
    HAVERA UMA ESQUINA PARA CADA UM DE VOCÊS.
    NÃO SERA POR FALTA DE POSTE.A ISCA SERA O CAPIM. NÃO TERÃO ESTATUS DE TIRADENTES.
    O DE VOCÊS,SERA DE LADRÃO MESMO.
    VOCÊS,NÃO ESTÃO ENTENDENDO O RECADO DAS FORçAS ARMADAS?
    QUEREM VER AO VIVO OU O DESENHO!

  294. jack daniels

    -

    13/01/2010 às 9:17

    Não morro de amores por militares, mas quanto a abertura você está corretíssimo e digo mais, quando meu irmão mais velho foi preso e sumiram com ele durante 4 dias (soubemos depois que ficou na sede da OBAN da rua Tutóia), não encostaram a mão nele, não deram choque, afogamento, coisa nenhuma, apenas azucrinaram com perguntas durante horas e horas, portanto não é bem assim que militares torturavam todos. Isso não elimina o fato de que não deveriam e não podiam fazer isso (prisões ilegais, torturas a qualquer um e mortes), mas que é não tudo isso que dizem, não é. Esquerdistas são como CORNOS, não basta saber, querem ver a mulher traindo, assim ficam mais vitimas, mais heróis. ARGH!!!!!

  295. Vera L.

    -

    13/01/2010 às 9:14

    Reinaldo fui pesquisar e o tal Ariel de Castro Alves que estava pregando CONTRA o Estado Democrático de Direito no programa “Entre Aspas” é FILIADO ao PT e trabalha na futura São Borja de Lula, aquela cidade que Luiz Marinho é prefeito e para se eleger GASTOU FORTUNAS, foi a campanha mais cara de 2008. Esse Ariel é igualzinho Cesar Brito, o PRESIDENTE da OAB nacional, achou um filão milionário trabalhando para a “causa operária”.
    Reinaldo Dilma e Lula sabiam de tudo o que estava escrito sim, pela peça de ontem, o tal Ariel de Castro Alves, TUDO foi tratado com os COMANDANTES do Palácio do Planalto,ELE E ELA.

  296. Mara

    -

    13/01/2010 às 9:12

    Na minha singela opinião, o Brasil deveria construir um Memorial pela Anistia, pela maturidade da nação que foi esse perdão. Algo bem simples, em uma praça, ou coisa assim.

    Com o nome de todos os que morreram. Dos três lados. Em ordem alfabética. Sem distinção. Todos brasileiros.

    Assim registra-se a história de forma imparcial e se segue em frente como uma nação madura.

  297. Vera L.

    -

    13/01/2010 às 9:12

    Reinaldo concordo, e depois de ter visto o programa “Entre Aspas” da Globo News, com um advogado que se diz “especialista” em direitos humanos e que ajudou a construir aquele libelo ditatorial, se der oportunidade, se a sociedade que quer continuar livre não vigiar essa liberdade, eles voltam com tudo.Aquele Sr mostrou o ÓDIO que ele têm às Instituições democráticas e para com as pessoas que querem trabalhar e progredir livremente,é debochado, rancoroso e bem jovem.Os ABUTRES estão espalhados por toda parte, e os CHEFÕES estão dentro do Palácio do Planalto. Vigiar é preciso, eles querem voltar todos os dias.Os militares estão trabalhando pelo Brasil,os rancorosos com o fígado AZEDO de
    ÓDIO.

  298. Rubens Costa

    -

    13/01/2010 às 9:12

    Reinaldo. Bom dia! Brilhante! Verdade! A verdade é por si só, o resto é retórica dos canalhas. Como justificar a matança de milhões de pessoas, perpetradas pelos comunistas, sob o argumento de que isso “era necessário”? Será que está todo mundo ficando louco? Matar é matar. Assassinar é assassinar. Não existe nenhum argumento que justifique isso. É claro que considerando que o deus comunista pode ser um Mao, ou Stalin, ou Hitler, ou Fidel ou o Lula tudo se justifica. Eles deram o primeiro tiro, as nossas gloriosas Forças Armadas apenas nos defenderam do inevitável massacre comunista (caso eles vencessem). Guerra é guerra. Os comunas perderam no mundo inteiro. E agora José?

  299. jack daniels

    -

    13/01/2010 às 9:11

    Começo pelo seu “PS” , eles não terão nunca argumentos melhores pelo simples fato de que mentem, sobre tudo e todos. Mas é uma raça a parte movida por devaneios mentais e que de tanto mentir passou a acreditar na mentira, até porque não são tão bons atores assim, portanto trata-se de psicopatia. Eles realmente se acreditam mais importantes que todos, eles se acreditam donos da verdade, eles ca… e an… para a população num todo, inclusive para a peãozada que compõem a base do partido deles e também para os trabalhadores sindicalizados. Eles querem, fama, poder e GRANA e só. A história verdadeira ainda irá cobra-los, não tenho duvida. continua………

  300. José Augusto - BH

    -

    13/01/2010 às 9:10

    Prezado Reinaldo, apenas dois comentários rápidos:

    1 – quando vc critica os que bajulavam os militares em 64 e depois rapidamente mudaram de lado para ganhar prestígio, espero que não esteja falando mal da Santa Madre Igreja Católica que à época empurrava consigo cerca de 80% da população brasileira contra o ateísmo comunista, e depois apoiou esses mesmos bandidos na maioria dos assassinatos;

    2 – quando Zé Dirceu diferencia a corrupção mensaleira “por partidos”, ele não se lembra que a do PT envolvia toda a cúpula petista (com dezenas de envolvidos), e a “dos outros” foi, no máximo, 1 (um) caso isolado – Azeredo MG e Roriz DF – sem o apoio ou defesa ostensiva de seus colegas de partido

  301. Souza

    -

    13/01/2010 às 9:10

    Sem nada a acrescentar. Perfeito.

  302. cassio

    -

    13/01/2010 às 9:08

    o governo esqueceu de defender a retrada dos fichas-sujas e a punição dos corruptos do Brasil no projeto dos direitos humanos,(isso sim causa a desigualdade social neste país) pois aí a petralhada estaria sem candidatos e sem base de apoio eleitoral…

  303. Tony

    -

    13/01/2010 às 9:05

    Parabéns!

    Que essas verdades passem a ser ditas e conhecidas, pois nos foram subtraidas pelo esquerdismo que impera no pais.

  304. Marcos Gomes

    -

    13/01/2010 às 9:02

    E o Celso Daniel, entra na lista? Acho que sim!

  305. Jorge Marum

    -

    13/01/2010 às 9:00

    Brilhante, Reinaldo, simplesmente brilhante. É mais um texto que vou guardar em meus arquivos. Como essa gente, que pretendia instalar aqui uma ditadura stalinista, pode encher a boca para falar de “direitos humanos”? Por que não vão passar uma temporada em Cuba, para ver como vive o povo escravo na ilha-prisão dos irmãos Castro?

  306. Jorge

    -

    13/01/2010 às 8:59

    Alguém saberia me dizer o que realmente estes malucos querem?
    A anistia (ampla, geral e irrestrita, lembram?) foi negociada pelos verdadeiros políticos da época que sabiamente barganharam o fim da ditadura enquanto os terroristaas estavam na europa fumando maconha. Agora que eles conseguiram suas pensões e indenizações – que só beneficiou um lado – querem anular a lei da
    anisitia, mas só para os militares. Deve ser burrice mesmo porque ingênuos eles não são. Só um maluco com os neurônios queimados poderia imaginar que ao remexer o passado não viria a tona todos os crimes da direita, da esquerda ou seja de que lado for.
    Falta pouco para começar as vinganças.

  307. Publius

    -

    13/01/2010 às 8:59

    Corrija estes trechos:
    “Isso e(´) história”
    “os “companheiros” dizia(m) querer construir um novo homem”

    Não precisa publicar.
    Um abraço.

  308. Olivia

    -

    13/01/2010 às 8:56

    Não há melhores argumentos!
    Assassinatos são assassinatos e não justifica qualquer que seja o argumento!

    Anistia foi criada afim de deixar a sociedade seguir adiante no processo democrático através do bom senso.

  309. Luizão

    -

    13/01/2010 às 8:56

    dedetizado.

  310. Maria Helena

    -

    13/01/2010 às 8:55

    Liga não, Reinaldo! Detona essa gente, já que os bundões brasileiros, que só gostam de rebolar no carnaval e tomar birita nos muitos feriados anuais, preferem babar essa caixa de hipocrisia que apelidaram de lula.

  311. Paulo

    -

    13/01/2010 às 8:49

    Caro Reinaldo,

    é nojento o assassinato do tenente Mendes descrito abaixo. E pensar que intelectuais, políticos no poder hoje e artistas vangloriam ainda uma esquerda revolucionária.

    Muito bem pela divulgação dos crimes anistiados da esquerda brasileira. Precisamos acabar com essa hipocrisia.

  312. alberto autran

    -

    13/01/2010 às 8:46

    Caro Reinaldo, por favor, coloque essa lista em um espaço permanente no blog com os nomes dessas pessoas, para que ninguém esqueça delas e saibam quem foi a chamada “esquerda” do Brasil.
    Coloque os nomes dos “artistas” “músicos” atores “etc…”.
    De coração, tome cuidados com sua integridade, mais não pare com o seu trabalho de nos informar e alertar precisamos de pessoas como você.
    Alberto Zappia.

  313. Thor

    -

    13/01/2010 às 8:46

    Tio Rei,
    Este Blog prestou uma homenagem ao senhor. Bacana, né?
    http://emnomedaverdade.wordpress.com/

  314. Kika

    -

    13/01/2010 às 8:45

    Obrigada Reinaldo!

    Nenhum momento pós-ditadura exigiu tanto a verdade como agora.

    ESSES PSICOPATAS DEVEM ACHAR QUE TODO BRASILEIRO É TROUXA!

    Só uma coisa: CUIDADO! A verdade nos mostra do que essa gente é capaz.

  315. dario

    -

    13/01/2010 às 8:41

    Lúcido, como sempre, ate parece que a praia fez ficar ainda mais ferino e feroz mas suas posições, que a rigor são as da maioria dos homens de bem deste pais.
    Parabéns e pau nesses calhordas e petralhas.

  316. Lena

    -

    13/01/2010 às 8:41

    Reinaldo,
    o assunto é outro, mas vou comentar aqui mesmo.
    No pronunciamneto que o Lula fez ontem sobre a tragédia de Angra, o Estadão só publicou parte da fala. Não cita quando ele diz que, quando oposição, era um dos que ia nos locais com perigo de enchente, impedir a retirada dos moradores. O pronunciamento completo está aqui: http://video.globo.com/Videos/Player/Noticias/0,,GIM1189614-7823-LULA+FALA+SOBRE+TRAGEDIA+EM+ANGRA+DO+REIS+RJ,00.html
    Vale a pena!

  317. Bruno

    -

    13/01/2010 às 8:39

    É bom lembrar que a anistia foi uma reivindicação DELES, da esquerda. Há várias fotos da época com a palavra pintada nas paredes das cidades brasileiras. Agora, querem demonizá-la como se fosse um subterfúgio à impunidade dos militares. Quanto ao Cezar Brito da OAB, é um ignorante que não sabe a diferença entre habeas corpus e corpus christi.

  318. uma leitora além do Atlântico

    -

    13/01/2010 às 8:39

    Sabe o que constatei, lendo seus textos sobre as 130 pessoas assinadas? Admirava este senhor que (des)governa o Brasil porque de algum (infeliz) modo também aprendi de orelhada como ele.
    Meu conhecimento dos vinte anos de regime militar era um apanhado de clichês absorvidos em aulas de história ministradas por bem intencionados (espero) mas ignorantes professores, e, por osmose , escutando aqui e ali informações vindas de fontes aparentemente libertárias e corajosas. Em meus lugares-comuns, nossa ignorância sobre a história das vítimas ao longo desses anos era fruto de um controle absurdo e quase total dos meios de comunicação. “Um dia ainda saberemos de tudo”, eu repetia, jovenzinha na platéia dos comícios e eventos pelas “Diretas já”.
    Como tenho sido ignorante! Jamais imaginei que tantas pessoas pudessem ter sido mortas por estes libertários- de- fachada. Tantas e de forma tão vil.
    Votei neste senhor e em seus “cumpanheiros” para o primeiro mandato e, poucos meses depois, já me culpava arrependida.
    Hoje entendi e faço meu mea culpa : Votei porque aceitei, ainda que inadvertidamente, ser sua semelhante. No momento em que apreendi sem questionar, sem procurar saber mais e sem paixão, fui igual a este senhor em sua ignorância que tanto me irrita.
    Ao contrário do excelentíssimo, sempre adorei ler. Certamente, porém, não soube escolher ou não soube usar. Não tenho o benefício da isenção. Se preferi a literatura não soube fazer uso. Deveria ter aprendido mais sobre a natureza humana tão bem descrita nos clássicos. Ou sobre a natureza de “alguns (des)humanos” ao menos.
    De orelhada, eu repetia : “Este país não tem memória”, como se a esquerda pudesse trazê-la de volta. Mas quem não tem consciência e auto-crítica, não poderá nunca fazê-lo. A memória desta gente é forjada, adaptada a seus interesses pessoais e divulgada amplamente de modo a inundar imaginário e pensamento dos destraídos.
    O problema é que ocupados com as próprias agruras e prazeres, nos destraímos .
    Lendo você, aprendo, discordo ou concordo, faço abstrações e me divirto. Só não me distraio nunca. Você não nos convida à distração. E isto é essencial nestes tempos.
    Um abraço e todos os meus votos (ainda que tardiamente) de um ano cheio de saúde e paz para toda a família.

  319. Helder Melo

    -

    13/01/2010 às 8:29

    Em resposta à sua pergunta: não. Lá no Observatória da Imprensa estão dizendo que os críticos não leram o projeto. Que tal? Que patifaria ne?

  320. Anônimo

    -

    13/01/2010 às 8:28

    É verdade, Reinaldo, se não tivesse o recrudescimento dos militares para colocar ordem essa gente teria colocado fogo no País, como estão fazendo agora com o MST “et caterva” e o objetivo deles continua sendo o mesmo, ou seja, destruir nosso Estado enquanto nação.

  321. André Lima

    -

    13/01/2010 às 8:27

    Rapaz, dei um pulo na página do jornalista de serviços pra ver como essa rapazeada estava se virando pra apoiar o programa de direitos humanos do PT e ….Nada! Nem uma linha! O pagamento pelo serviço de “jornalismo” deve estar atrasado…

  322. Carlos

    -

    13/01/2010 às 8:22

    Reinaldo:
    Parabenizar-te é repetitivo.
    É necessário cada vez mais botar o “chocalho no gato”.
    Infelizmente, os gatos estão cada vez mais ágeis.
    A cada dia que passa mais estamos nos aproximando daquele cenario Orwelliano da Revolta dos Animais.
    Não esmoreça.
    No que puder, conte com este aqui para não abrir a porteira.
    Carlos

  323. JORGE ROSSETO

    -

    13/01/2010 às 8:20

    Caro Reinaldo,

    Vale lembrar também aqueles que não participavam diretamente do serviço sujo, mas que orientavam, comandavam e incitavam as ações dos terroristas da época e aqueles que ganham hoje “bolsa-terrorismo” e juram que não participavam de atos subversivos.

  324. lilian

    -

    13/01/2010 às 8:19

    Dificilmente alguém apresentará argumentos melhores, Reinaldo. Vc disse tudo, fundamentou tudo com fatos. Foi muito importante vc exibir a lista dos 130 mortos, vítimas inocentes da esquerda terrorista em que militavam os ministros lulistas Dilma, Vanucchi, Minc, Franklin Martins et caterva.
    Falta a lista dos mutilados, Reinaldo. Existem muitos. Aqui em Pernambuco mesmo, uma das vítimas é o sr. Sebastião Tomás de Aquino, que passa grandes dificuldades, enqto o autor do crime, Alípio Freitas, foi indenizado com mais de 1 milhão de reais! O sr. Sebastião era um dos inocentes. Assim como outros, perdeu a perna no famoso atentado terrorista do Aeroporto dos Guararapes.

  325. Robes Mendes

    -

    13/01/2010 às 8:16

    É inegável que os terroristas queriam transformar o Brasil num imenso campo de concentração comunista.

    Vale citar aqui Alain Besançon, em seu livro “A Infelicidade do Século( pág 28):

    “(…)Os contornos são imprecisos: afinal, em um regime comunista ninguém desfruta de liberdade. É por isso que Bukovski, à pergunta: ‘quantos prisioneiros há na URSS?’, respondeu em tom de gracejo: ‘270 milhões’.”

    E os 90 milhões de brasileiros à época se tornariam prisioneiros de um enorme campo de concentração-satélite da URSS!

    Do que é que nós escapamos, hein?

  326. Anônimo

    -

    13/01/2010 às 8:15

    Excelente iniciativa, Reinaldo, para mostrar com evidências que o AI-5 foi efeito e as ações desses terroristas a causa do fechamento político que houve na época, já que veio quando os atos terroristas começaram a recrudescer de forma irreversível, não adiantando todos os chamados à razão que foram feitos antes do pior. Eles continuaram com as ações terroristas e acabaram sendo perseguidos e presos. Mas o que eu e muitos não sabíamos à época é a serviço de quem e o que queriam essa gente. Isso tem que ser passado a limpo e não há qualquer implicação com a anistia, ao contrário do que querem os revanchistas.

  327. mameluco analista.

    -

    13/01/2010 às 8:14

    Terrorista é um marginal como qualquer outro, seja ladrão, sequestrador ou traficante (está aí as FARC, que não nos deixa mentir). Devido à sua incapacidade em se aceitar como é, como acontece com os bandidos comuns, justificam suas torpezas pela política. Estes marginais, acreditam que empunhando um dogma, estão justificados.
    Matam seus próprios companheiros, como o Reinaldo informou (aliás procedimento parecido com acontecimentos não muito recentes).

  328. tereza

    -

    13/01/2010 às 8:06

    Apesar de concordar com voce em 95% das argumentacoes e julgar muito pertinentes o enfoque dado aos fatos:uma análise muito inteligente que se baseia em dados minuciosamente destrinchados.Ouso discordar acerca das indenizacoes milionarias dadas aqueles que sacaram suas armas e foram ao front defender seus ideais.Ninguem tem noticia de pagamento compensatorio aqueles que inocentemente perderam a vida por ter cruzado inadvertidamente com uma Companheira Dilma.E como voce mesmo listou houveram algumas baixas de civis que nao lutavam nem de um lado e nem de outro.Isto chama se assassinato.Porisso o Tarso defende tanto o italiano:sao iguais.

  329. Fausto Marino

    -

    13/01/2010 às 8:06

    Estão aí (para nossa desgraça) por causa da anistia, mas só sabem cuspir no prato em que comeram. Outro exemplo do rebotalho moral da sinistra é andré singer, que já foi até porta-voz de lullalau, fazendo-lhe restrições agora que é “fusível queimado”.

  330. Siará Grande

    -

    13/01/2010 às 8:03

    Parabens, Reinaldo.

  331. Fernando José

    -

    13/01/2010 às 7:58

    Capitão Nascimento, só você pra botar o dedo nessa ferida! Ainda há jornalistas em Berlim!

  332. Atentíssimo

    -

    13/01/2010 às 7:56

    Salve, Rei:
    De tudo que li, e que considero pérola de entendimento, destaco o trecho: …”O perdão a ambos os lados foi uma escolha política, não uma opção por justiça. Quem não entende isso não sabe o que é anistia e não sabe o que é justiça. Até porque, tivesse o país escolhido fazer justiça em vez de fazer política, forçoso teria sido punir criminosos dos dois lados. E, em vez de pacificação, teria havido novo confronto. Com um detalhe: teria prevalecido o mais forte – no caso, os militares, titulares das armas’…

  333. LUX!!!

    -

    13/01/2010 às 7:56

    Não. Ninguem pode se apresentar com melhores argumentos!
    Perfeito!

    O serviço que voce presta à HISTORIA do País é inestimável!!!!

  334. Fernando

    -

    13/01/2010 às 7:53

    Argumentos melhores ? Contra fatos não há argumentos e os fatos voce os descreveu perfeitamente. O que mais é necessário para que se tenha claro o propósito desse governo ?

  335. Weimar

    -

    13/01/2010 às 7:53

    Você não precisa disto, mas ainda assim vai: Certíssimo, você está certíssimo! Tão certo que nem precisava de explicação; precisa porque neste mundo há bobalhões. (Sem ofensa aqui aos muito jovens, aos quais se deve dar o devido desconto. Garotas e garotos não têm por que saber, desinformados que foram e são por uma geração estúpida e, às vezes, canalha. Ah, FHC, como perdoá-lo inteiramente?!)

    Weimar

  336. Marcos Marins

    -

    13/01/2010 às 7:51

    Concordo com cada palavra. Anistia não pode ser apenas para um lado.O que o governo petralha de ex-terroristas está fazendo é um atentado à democracia: são lobos travestidos de cordeiros. Muito oportuno vc lembrar as mortes cometidas pelos terroristas de esquerda, pois a máquina de imprensa que eles dominam se encarrega de fazer deles mártires, seja através de mini-séries de TV, jornais e revistas. Vc agora os colocou no lugar certo. Os militares cumpriram a parte deles no acordo e os terroristas querem passar a perna. Como vc bem provou, eles não tem moral alguma. Desonestidade e oportunismo está na alma petista.

  337. Robes Mendes

    -

    13/01/2010 às 7:50

    “Os comunistas, há muito tempo, passaram a ser mestres na arte de encenar sua memória de vitimas, afastando outras memórias infelizes e ocultando sua memória de carrascos.”

    (do livro “Cortar o Mal pela Raiz- História e Memória do Comunismo na Europa”, pág 57)

  338. Adriano da Ilha

    -

    13/01/2010 às 7:50

    Reinaldo, que início de ano hein ? Será que finalmente os órgãos de imprensa estão acordando ? Algumas redes de rádio e TV já perceberam que se não fizerem nada, em breve não poderão fazer nada mesmo (desculpe o trocadilho).

    Sugiro que você coloque numa área do blog esta lista de mortos pelos “terroristas do bem”, para que possa ser atualizada e facilmente consultada, pois os parentes destas vítimas não possuem amigos nas redações jornalísticas, portanto, não recebem a devida atenção.

    Espero que esta estrovenga vire um tiro pela culatra e que os imbecis não acreditem que o Lula, apesar de ter assinado o tal decreto, diga que NÃO SABIA DE NADA….

  339. naldig

    -

    13/01/2010 às 7:42

    São todos eles criminosos. Anistiados, mas criminosos. O que causa mais repulsa é o fato de acharem que estão acima da Lei, porque seus motivos eram nobres, heróicos. É, sim, preciso listar as suas vítimas. Paarabéns, pela luta Reinaldo.

  340. Imbecil e ignorante

    -

    13/01/2010 às 7:29

    Rei

    Quem, na época, deixou sua vida de cidadão e escolheu o caminho das armas, por convicção ou levado pela paixão da juventude, deveria ao menos ser homem nos dias de hoje e não ficar chorando e querendo revanche por ter perdido a luta, pois:

    “Passarinho que come pedra deve saber o rabo que tem”.

  341. Antonio Augusto Carvalho

    -

    13/01/2010 às 7:24

    Reinaldo,
    Muito obrigado por este texto. Hoje, estou um pouco mais liberto.

  342. José Pereira

    -

    13/01/2010 às 7:22

    Tenho a dizer que, dificilmente (se não impossível), surgir outra manifestação mais íntegra e plena da verdade, tanto dos fatos atuais quanto dos fatos que já se tornaram história. Essa gente deveria agradecer aos militares, serem eternamente gratos aos militares, pois, estes tendo o poder das armas e as circunstâncias todas a seu favor, aceitaram e promoveram uma reivindicação apresentada pelas esquerdas, referente à anistia, ampla, geral e irrestrita! Que gente perigosa, antipática e chata essa, cujo poder formal conquistado já é um prêmio imerecido e, agora, se transformam em mero poder vingador, sem qualquer outro sentido! São incapazes de entender o mínimo essencial! Fazer o quê!?

  343. mameluco estratégico

    -

    13/01/2010 às 7:17

    O importante é continuar a pressão e usar o decreto “dos mano’ durante os debates de campanha. Espero que Gabeira se candidate ao governo do Rio. Agora todo aliado do governo está comprometido com o tal decreto, tem é que ser esperto para usar isto.

  344. Pei Mei

    -

    13/01/2010 às 7:16

    A qual grupo terrorista o amigo do “franquelin”, Gabeira pertencia?

  345. francisco

    -

    13/01/2010 às 7:13

    reinaldo,

    ótimo texto, presente

  346. Saulo

    -

    13/01/2010 às 7:12

    Tudo isso faz pensar que a escolha de Dilma Roussef para sua sucessora foi um tirombaço que Lulla da Silva deu no próprio pé. Vaidoso como ninguém, ele jamais admitiria ser sucedido por alguém que tivesse cacife político e que pudesse de alguma forma lhe fazer sombra. Foi assim que a escolheu, contra a manifesta vontade do seu desgoverno e do seu partido. Uma prova de que, em se tratando de imbecilidade, ele não escapa de ser imbecil nem no campo que deveria dominar, que é a política.

  347. mameluco, o incorreto.

    -

    13/01/2010 às 7:02

    Programa Bolsa-Marginal ?

    Você sabia que todo presidiário com filhos tem uma bolsa para sustentar a família, dado pelo INSS, pois o coitadinho não pode trabalhar para sustentar os filhos pois está preso?

    Chama-se “Auxílio-reclusão” e, pasmem… quem for preso a partir de 01/12/2009, receberá R$ 752,12 (SETECENTOS E CINQUENTA E DOIS REAIS E DOZE CENTAVOS) mas, quanto está o salário mínimo mesmo, para aqueles que trabalham honestamente????

    O valor do auxílio-reclusão corresponde ao equivalente a 100% do salário-de-benefício

    PERÍODO SALÁRIO-DE-CONTRIBUIÇÃO TOMADO EM SEU VALOR MENSAL
    De 1º/6/2003 a 31/4/2004 R$ 560,81 – Portaria nº 727, de 30/5/2003
    De 1º/5/2004 a 30/4/2005 R$ 586,19 – Portaria nº 479, de 7/5/2004
    De 1º/5/2005 a 31/3/2006 R$ 623,44 – Portaria nº 822, de 11/5/2005
    De 1º/4/2006 a 31/3/2007 R$ 654,61 – Portaria nº 119, de 18/4/2006
    De 1º/4/2007 a 29/2/2008 R$ 676,27 – Portaria nº 142, de 11/4/2007
    De 1º/3/2008 a 31/1/2009 R$ 710,08 – Portaria nº 77, de 11/3/2008
    A partir de 1º/2/2009 R$ 752,12 – Portaria nº 48, de 12/2/2009

    O salário-de-benefício corresponde à média dos 80% do maior salários-de-contribuição do período contributivo, a contar de julho de 1994.

    Para o segurado especial (trabalhador rural), o valor do auxílio-reclusão será de um salário-mínimo, se o mesmo não contribuiu facultativamente.

    É real!!!! Se você quiser tire a dúvida neste “site” :

    http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22

    Pergunta que não quer calar 1:
    Por acaso os filhos do sujeito que foi morto pelo coitadinho que está preso recebem uma bolsa para seu sustento?

    Pergunta que não quer calar 2:
    Já viu algum defensor dos Direitos Humanos defendendo esta bolsa para os filhos das vítimas?

    Pergunta que não quer calar 3:

    Quem foi mesmo o candidato que mereceu o seu voto? Não lembra…? Lamentável.

    É por isso que a criminalidade não diminui, mate, assalte, roube seja injusto com a sociedade. Pelo visto é muito mais vantajoso pois, você terá dinheiro preso ou não…

    Garanta já a sua Bolsa – Bandido…!

    E depois o Lula vem dizer que o INSS não tem dinheiro para pagar o reajuste justo aos aposentados…!!!!

    Sabe quem está financiando esta regalia do Bolsa Bandido ? Nós, com os impostos e contribuições!

    Penso o quanto o Voto de Um Brasileiro Honesto não vale nada.

    Pensar que temos que pagar Planos de Saúde Caríssimos para ter Hospital, pagar escolas caríssimas para nossos filhos estudarem?

    Que vergonha de ser Brasileiro.

  348. Solo

    -

    13/01/2010 às 6:59

    Reinaldo. Mais uma vez, você falou por nos e mais uma vez muito obrigado.

  349. Eduardo

    -

    13/01/2010 às 6:53

    Dáááááááááá-lheeeeeeeeeeees Reinaldo!!!!!!!!!!!!!!!

  350. DuraLexSedLex

    -

    13/01/2010 às 6:50

    Caríssimo.
    “TAMBÉM ELAS ESTÃO AÍ POR CAUSA DA ANISTIA, NÃO PORQUE SÃO INOCENTES.”
    Precisa dizer mais?

  351. Ronald

    -

    13/01/2010 às 6:48

    Marechal, gostaria de ajudar observando um eventual engano : Isso “E” história ou quis dizer Isso “É” história ? Entendi que a segunda opção seria a correta.
    Peço gentileza não publicar este, só queria ajudar.
    Osr
    Sds

  352. OhMyGod!

    -

    13/01/2010 às 6:48

    Caríssimo.
    Poderíamos mencionar centenas (milhares?) de funcionários de carreira de ambos os lados, preteridos, despedidos (forçados a), em virtude de opiniões políticas?
    Centenas de bons estudantes não afro descendentes preteridos nos vestibulares, na “justiça” das cotas?
    Justiça? “Direitos humanos”, só quando beneficia o lado deles?
    Ah, se eu soubesse dissoha quarenta anos atrás… (brincadeirinha…eu faria “aquilo tudo”, nos dias de hoje,contra “eles”…afinal, combater ditaduras, não é terrorismo – na opinião delles…)

  353. Saulo

    -

    13/01/2010 às 6:48

    Parabéns, Reinaldo! É duro para esse país imbecilizado, mas ele precisa ouvir a verdade. Os que hoje se agrupam em torno do Maior Mentiroso do Brasil ( e do mundo, talvez) são farsantes da pior espécie, já que não se empenham apenas em mentiras comuns, mas na própria falsificação da História. Que estejam sendo indenizados e ocupem altos cargos no governo é a maior aberração que se possa imaginar, como é, de resto, uma aberração sem limites, ver o país nas mãos de um beócio como Lulla da Silva. As gerações futuras não nos perdoarão pelo retrocesso político e institucional desses oito anos do desgoverno comunofascista do Foro de São Paulo!

  354. Ronald

    -

    13/01/2010 às 6:45

    Marechal, caréculas !!! Essa é a frase que sintetiza toda a palhaçada em torno da idoneidade destes que elaboraram o decreto-ditadura : “TAMBÉM ELAS ESTÃO AÍ POR CAUSA DA ANISTIA, NÃO PORQUE SÃO INOCENTES”.
    Estou repetindo esta sentença exaustivamente derrubando a mentira de que a canalhada foi julgada e punida.
    Efetivamente tudo, T-U-D-O que essa gente diz e o que o cãozinha da madame faz na rua tem o mesmo valor. Aliás, o que o cãozinho faz na rua ainda pode adubar uma terra. A mentirada do PT só serve para confundir a enganar o zé-povinho comprado pela Bolsa-Esmola e outras Bolsas de compra de votos.
    Osr
    Sds

  355. Angelo

    -

    13/01/2010 às 6:40

    Ótimo texto, Reinaldo, como sempre!

    E o parágrafo final contém mais uma daquelas frases que merecem ser incluídas num “Máximas de um país Mínimo II”.

    Abs

  356. Anônimo

    -

    13/01/2010 às 6:30

    Não é a verdade que se pretende conhecer? Não se chega à verdade ocultando parte da realidade. Se é para expor a verdade que ela seja exposta integralmente.
    Vamos conhecer os fatos, pois. Todos eles. Sem exceções.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados