Blog Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo

Blog do jornalista Reinaldo Azevedo: política, governo, PT, imprensa e cultura

sobre

Reinaldo Azevedo, jornalista, escreve este blog desde 2006. É autor dos livros “Contra o Consenso” (Barracuda), “O País dos Petralhas I e II”, “Máximas de Um País Mínimo — os três pela Editora Record — e “Objeções de um Rottweiler Amoroso” (Três Estrelas).

Desconstruindo as mistificações de um intelectual petista em coluna de jornal

André Singer acusa a “mídia”, onde ele já foi chefão, de conspirar contra o PT. É mesmo? Então cobro que ele conte as conspirações de que já participou. Além de provar que está errado

Por: Reinaldo Azevedo

Estou mais ou menos de férias, como sabem. Por três semanas, deixarei de publicar minha coluna na Folha, “Os Pingos nos Is” só voltam ao ar no dia 11, na Jovem Pan, e este blog está em ritmo mais lento. Mas, a exemplo do que faço desde 2006, sempre que acho necessário, volto a esta, como se dizia antigamente, tribuna!

André Singer, colunista da Folha e ex-porta-voz de Lula, escreve neste sábado um artigo de uma desonestidade intelectual como raramente vi. A coisa é particularmente séria no que diz respeito ao pensamento porque Singer é professor de sociologia da USP. Pertence àquele grupo seleto de pessoas que é pago pelo estado para pensar com independência. Esquerdista que é, Singer certamente está entre aqueles que acham que o ente público que lhe garante o salário não é “neutro”. Aí ele se dá o direito de enfiar o pé na jaca.

O professor escreve um artigo para tentar demonstrar que a imprensa protege os escândalos tucanos e superdimensiona os petistas, alimentando a falácia de que existe uma conspiração na “mídia” — ele emprega essa palavra — contra o seu partido. André — eu o trato pelo prenome para distingui-lo de outro Singer, o Paul, seu pai, também membro do partido — sabe que isso é mentira. Talvez eu deixasse passar em branco se outro escrevesse as mesmas bobagens. Não ele. E, antes de desmontar suas falácias, explico por quê.

André foi secretário de Redação da Folha. À época em que exerceu essa função, estava logo abaixo do diretor de redação. Como se brinca, era o cara que mandava soltar e prender no jornal. E todos sabem que ele exerceu seu cargo com bastante altanaria. Sua irmã, Suzana Singer, anos depois, ocupou o mesmo cargo. Mais tarde, tornou-se ombudsman — é aquela senhora que me chamou de cachorro quando fui convidado para ser colunista no jornal. Ela não reconhecia em mim a isenção e a serenidade para exercer tal ofício. Não sei se entenderam a graça da coisa.

Muito bem! Se a mídia conspira contra o PT, a família Singer deve ter larga experiência nessa conspiração, já que dois de seus membros exerceram cargos de comando no principal jornal do país. Pergunto:
– alguma vez foram convocados pelo patrão para distorcer a notícia?;
– alguma vez receberam a orientação para perseguir petistas e proteger tucanos?;
– alguma vez tiveram de omitir uma notícia favorável ao PT?;
– alguma vez tiveram de inventar uma notícia contrária ao PT?;
– alguma vez foram forçados a carregar nas tintas contra o petismo?;
– alguma vez foram forçados a minimizar malfeitos tucanos?;
– alguma vez passaram a seus subordinados essa orientação?

Como, estou certo, ambos responderiam “não” a cada uma dessas indagações, pergunto: de quem exatamente André está a falar? Qual é a mídia que distorce? Ou será que esse é um defeito de caráter que atinge outros chefes de redação, mas que jamais afetaria a pureza e a independência de um Singer?

Na Folha, fui editor adjunto de política e coordenador de política da Sucursal de Brasília. Vai ver tenho cara de bobo, e ninguém me chama para conspirar por isso. André e Suzana certamente não participaram de conspiratas por excesso de caráter — devem ter deixado isso para os outros. E eu não participei por falta de esperteza: ninguém me queria para organizar tramoias.

Truque antigo
André recorre a um velho truque da esquerda, que remonta aos escritos de Lênin sobre imprensa. Segundo aquele tarado homicida, ela era necessariamente reacionária porque não controlada pela classe operária — ou, no paradigma leninista, pelos bolcheviques. Lênin, ao menos, tinha a honestidade de dizer que imprensa ruim era toda aquela que não fosse partidária — do seu partido. André omite essa pretensão.

Escreve o articulista (em negrito):
O pagamento de R$ 60 milhões por parte da Alstom, como indenização por uso de propina no mandato do pessedebista Mário Covas em São Paulo (Folha, 22/12), a revelação de que a dobradinha Nestor Cerveró-Delcídio do Amaral remonta ao tempo em que ambos serviam ao governo Fernando Henrique Cardoso (Folha, 18/12) e a condenação do ex-presidente tucano Eduardo Azeredo a 20 anos de prisão (Folha, 17/12), por esquema análogo ao que levou José Dirceu à cadeia em 2012 (condenado à metade do tempo), confirmam que há dois pesos e duas medidas no tratamento que a mídia dá aos principais partidos brasileiros.
Enquanto o PT aparece, diuturnamente, como o mais corrupto da história nacional, o PSDB, quando apanhado, merece manchetes, chamadas e registros relativamente discretos. O primeiro transita na área do megaescândalo, ao passo que o segundo ocupa a dimensão da notícia comum.

Vamos lá:
1: O caso Alstom mereceu e merece atenção enorme do jornalismo. A única coisa que foi abordada com discrição pela imprensa foi o papel ativo que teve o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, nesse episódio, atuando em dobradinha com um deputado petista e com o comando do Cade para tentar implicar o governo de São Paulo na tramoia. Cardozo teve de admitir que enviou, imaginem vocês!, um papel apócrifo ao Cade. A atuação foi de tal sorte exótica que despertou a atenção até da moribunda Comissão de Ética Pública.

2: É claro que houve corrupção em outros períodos da história. A questão é saber quando os corruptos estão num empreendimento pessoal, ou mesmo grupal, e quando atendem a um projeto de poder. Se André tem a informação de que a sujeira serviu ao PSDB, ao governo Covas ou a outros, que, então, diga.

3: Afirmar que “que a dobradinha Nestor Cerveró-Delcídio do Amaral remonta ao tempo em que ambos serviam ao governo Fernando Henrique Cardoso” chega a ser asqueroso. Ambos eram funcionários da Petrobras. De que maneira o PSDB ou o governo FHC se beneficiaram das sem-vergonhices da dupla? André quer fazer de conta que alhos e bugalhos são a mesma coisa.

4: Quem disse que se dá pouco destaque ao caso Azeredo? É uma mentira verificável pelos fatos. Singer deveria observar, por exemplo, que a condenação do ex-governador de Minas, ainda em primeira instância, é maior do que a de qualquer político do mensalão.

O militante petista André não está obrigado a fazer a distinção que vem agora, mas o professor está — se pretende encarar os seus alunos com um mínimo de verdade: o que se chamou de “mensalão mineiro”, mesmo na versão mais extrema, consistiu no uso da máquina pública para fazer caixa de campanha. Tendo acontecido como se diz, a prática é criminosa e tem de ser punida.

Mensalão e petrolão são outra coisa. Trata-se de máquinas de assalto ao estado, de que o crime eleitoral é apenas a sua expressão menos maligna. De resto, Azeredo perdeu a reeleição. O mensalão e o petrolão constituíram formas de criar uma República paralela na vigência dos governos Lula e Dilma.

Por que André distorce tão miseravelmente a verdade?

Ora, o objetivo é empurrar a imprensa não para a neutralidade, mas para a compensação. Ao acusar o jornalismo — majoritariamente petista e de esquerda, diga-se — de perseguir o PT, André pretende incitar as franjas do partido nas redações a cobrar “isenção”, que consistiria, então, em praticar equilibrismo, de sorte que PT e PSDB tivessem um mesmo número de “notícias negativas” no terreno moral. Como se o país tivesse assistido em qualquer tempo a coisas como mensalão, petrolão e eletrolão.

O ápice da empulhação teórica está aqui:
Isso não alivia a situação do PT, o qual, como antigo defensor da ética, tinha compromisso de não envolver-se com métodos ilícitos de financiamento. No entanto, o destaque desequilibrado distorce o jogo político, gerando falsa percepção de excepcionalidade do Partido dos Trabalhadores. A salvaguarda do PSDB pelos meios de comunicação reforça a tese de que o objetivo é destruir a real opção popular e não regenerar a República.

Pela ordem:
1: Notem que André não se refere ao PT como “ex-defensor da ética”, mas como “antigo”, no sentido mesmo do anterioridade, quiçá do pioneirismo… Santo Deus!

2: André restringe aos crimes do PT aos de financiamento de campanha. É mentira!

3: Mas, ora vejam, o pioneiro da ética, agora, só não quer um tratamento excepcional: o partido exige ser tratado como um corrupto semelhante aos outros.

4: Observem que, na pena de André, só existe uma “real opção popular”: o PT!  E a imprensa, na qual a família Singer saber ser chefe, estaria interessada em destruir tal opção. É mesmo? O que André, o chefe, fez em favor de tal intuito?

Mais adiante, avança:
Se a mídia quisesse, de fato, equilibrar o marcador, aproveitaria o gancho para mostrar que juízes, procuradores e policiais, vistos em conjunto, têm sido parciais. Enquanto a máquina investigatória avança de maneira implacável sobre o PT, o PSDB fica protegido por investigações que andam a passo bem lento. Aposto que se uma vinheta do tipo “e o metrô de São Paulo?” aparecesse todo dia na imprensa, em poucas semanas teríamos importantes novidades.

Desconstrua-se:
1: André, o ex-jornalista que ainda não conquistou a devida independência para ser um intelectual, não está interessado nem em jornalismo nem em Justiça: ele quer é “equilibrar o marcador”. A imprensa só seria isenta no dia em que o noticiário negativo sobre PT e PSDB fosse o mesmo, independentemente dos crimes cometidos por um e por outro.

2: O colunista também quer que se abandone a notícia em nome de uma abordagem puramente ideológica e persecutória: cobra que se demonstre a parcialidade dos investigadores. Bem, ele poderia ter usado o seu texto para elencar nomes e fatos, por exemplo. O que ele próprio não faz seria um dever indeclinável do jornalismo. E que se destaque: ele ainda pode fazê-lo. As redes sociais estão aí.

3: Prático, André chega a sugerir uma campanha: “E o metrô de São Paulo?”.

No fecho patético de seu artigo, dispara:
Hipótese plausível é que os investigadores poupem o PSDB exatamente porque sabem que não contariam com a simpatia da mídia se apertassem o cerco aos tucanos. Conforme deixa claro o juiz Sergio Moro no artigo de 2004 sobre a “mãos limpas” na Itália, a aliança com a imprensa é crucial para o sucesso desse tipo de empreitada. Trata-se de um sistema justiça-imprensa, que aqui tem agido de modo gritantemente seletivo.

Dou de barato que os Singers, quando chefes de redação, jamais foram chamados para uma conspiração. Ou a teriam denunciado, não? Por que, então, outros desempenhariam tal papel?

Segundo André, o “sistema justiça-imprensa” tem agido no Brasil de modo “gritantemente seletivo”. É… A gente percebe isso pelos efeitos… Mesmo com tanta conspiração, o PT caminha, caso Dilma se segure, para 16 anos no poder. Se dele for apeado, terá sido apenas e exclusivamente por sua obra e por suas escolhas.

O militante André Singer tem o direito de falar a asneira que quiser lá nos domínios do partido e para consumo de sua economia interna. Aquele que escreve na Folha é mais do que o militante — até porque, nesse quesito, há outros mais qualificados e graduados do que ele. O autor do artigo é também um professor de sociologia de uma universidade pública. As duas condições lhe cassam a faculdade de mentir.

A propósito: André foi secretário de Redação da Folha entre 1987 e 1988. Ele procurava “equilibrar o marcador” da cobertura entre as lambanças do governo Sarney e as da oposição, inclusive as do PT? 

Sossegue, rapaz! Assim que você e sua turma forem levados pelo eleitorado para a oposição, a imprensa continuará a ser mais crítica com o governo — com o governo de turno. Porque essa é a natureza do jogo, pouco importando quem esteja no poder. Ao menos tem de ser assim com a imprensa séria, aquela que incomoda o PT. Aquela de que André não gosta mais.

Petista, desde que o PT existe, André sempre foi. Mas ele já soube se comportar como um jornalista. Infelizmente, na academia, ele não conseguiu ainda perceber a dimensão de um professor, repetindo o erro grotesco de outros que se comportam, na universidade, como esbirros de um partido.

Se André quer ser apenas um prosélito, deveria cair na militância pra valer e se candidatar a um cargo no partido.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

969 comentários
  1. Fred

    Obrigado Reinaldo, essa esquerda acadêmica não milita pelo Brasil…

  2. Seta

    Mostrem-me um, apenas um, petralha inteligente e estarei diante de um fenômeno.

  3. José alberto

    Eu como cidadao contribuinte com meus impostos em dia, tenho que pagar o salario dos pulhas petralhas da USP?

  4. Pedro Lago

    Caro Reinaldo, leia então o artigo do mesmo André Singer na Revista Piauí edição de Dezembro. Vai no mesmo tom e ainda tem o desplante de comparar os governos petistas aos governos e políticas de Roosevelt. É um disparate sem par.
    Atenciosamente
    Pedro Lago

  5. Enio

    Nós, consumidores das notícias, raramente conhecemos a história de vida e de caráter de quem escreve. Sempre que leio, fico tentando adivinhar quem é que escreve? O que ele pensa? Tem e qual sua filiação partidária? Leio de tudo, opiniões convergentes e divergentes das minhas, mas gosto de saber quem é que as escreve. Seu artigo é exatamente o que toda redação deveria manter em um site para que pudéssemos interpretar melhor o que lemos. Obrigado Reinaldo pela informação, e parabéns pelos questionamentos. Leio você sempre por que consigo saber qual sua linha de pensar. Não concordo sempre, mas penso como você na maioria das vezes. Admiro a coragem e inteligência de seus comentários.

  6. Wurgue Maia

    Reinaldo, seu artigo mostrou com clareza, de como os PETRALHAS agem para distorcer os fatos e malfeitos cometidos em nome do partido. Parabéns pela defesa da imprensa independente, que defende, com brio, sua missão de informar e não faz distinção de cores partidárias.

  7. Alcyr de Igarapava-sp

    Prezado senhor Reinaldo,
    Parece que não mas os jornalistas dos colarinhos branco deveriam entender que o povão está mais bem informado e não adianta eles ficarem inventando mentiras absurdas como hoje no programa da Globo News do prestigiado Alexandre Garcia, com um casal de doutores nisso e naquilo, mas dois manquitolas em questão de informação, tudo baseado em Órgãos Governamentais que criam Inflação Artificial, Índices de diminuição da pobreza, da miséria, etc. Qual o pobre ou miserável brasileiro que tem condição de estudar? Pagar um curso particular de Economia, Administração, para não falar num curso de Odontologia ou Medicina, ora o pobre e o miserável também tem direitos iguais segundo a nossa constituição, mas o povão sabe muito bem com quem está lidando, com um governo mentiroso à toda prova, Esses comentaristas de araque deveriam ser mais informados ou quando são convidados para preencherem um programa, fiquem em casa aprendendo um pouco mais sobre o povo miserável, o que é miséria de verdade e não ficarem como sapos na lagoa pescando libélulas c om a língua. Prestem atenção senhores comentaristas, o povão não cai mais em enganações compradas pelo PT.

  8. Anônimo

    Esses gigolôs do contribuinte não passam de serviçais de ” tarados homicidas” e de assassinos da democracia e do estado de direito. Parabéns pela clareza e lógica.

  9. nelsondeoliveira

    Formação distorcidas de conveniência
    de um colunista, com as suas intenções .
    A classe dos profissionais do
    ensino; prioritariamente professores ; convivem ainda com o ranço do socialismo.
    Sabemos que em salas de aula, determinados professores , tendem a induzir e implantar na mente dos jovens a política esquerdista totalitarista . Atuam
    quase sempre, com um papo
    idiota jacobísta ; que a burguesia é dominante, o empresariado só
    ferra os operários e que a culpa é
    dos ricos, e por aí vai, mas só
    lembrando, que se dê nome aos bois …jbs. Da nova máfia capitalista.
    O tal Singer, pra mim só reconheço como ótima maquina
    de costura (marca americana),porém, esse cara costura como maquina chinesa;
    babando óleo, sempre melando,
    sai fazendo zig-zag, onde não é para fazer ; não atingindo o objetivo e quebrando linha o
    tempo todo; pra tomar espetada
    novamente.
    Formalizando então um comentário elucidativo ; sobre
    juízo de valores no que tange
    idoneidade político partidário; vou mencionar alguns fatos e
    meandros da política de conluios
    de interesses , e de células partidárias em órgãos públicos, universidades ; bem como em
    colunas de jornais.
    Para seu governo e seus padrinhos conluiados ; que agora
    resolvem criticar o então “Adios Cídio” Amaral: digo; imoral, e aí a
    conversa já se nivela por baixo.
    Adios Cídio ex psdbista e o então
    Azeredo; ex gov. mineiro do psdb
    e o já bem condenado no mensalinho mineiro; num esquema de varejo; com o
    até então Marcos Valério como
    mentores.
    Quando lobistas ,que povoam as
    esferas palacianas de Brasilia ,
    apresentaram o esquema de
    Valério e sua agência SMP&B comunicações ; o galinheiro, ou
    a granja do torto, como queiram;
    logo viram os ovos de ouro sendo chocados no galinheiraço
    do torto. Então veio o “atacadão da publicidade”,esquema com
    BMG,Caixa, B.do Brasil, e outros
    tais instituições.
    montou-se assim o atacadão mensalonico ; que em uma cagada de um funcionário dos
    correios, estouraria todo o processo no STF.
    E onde entra o Adios Cídio; foi o escolhido pelo pt , para presidir
    a CPI dos correios. Enquanto transcorria os depoimentos, provas e audiências , na morosidade; e interpretações movidas e mutáveis de acordo com a pressão da opinião pública, caminhou-se.
    “Houve a compra de parlamentares para consolidar
    a base aliada do novo governo; que funcionaram como verdadeiras mercadorias em
    troca de pagamentos”; dito no
    julgamento pelo então Joaquim Barbosa.
    O então Adios Cídio imoral; teve uma reunião secreta na calada da noite ou madrugada, em um apto de uma servidora do senado; onde começaria a preparar a blindagem do girino jacobista.
    Cídio imoral negociou na emoção e choradeira de Valério, que queria muita grana e se livrar de uma condenação, usando a
    influência do chefe; que não consegue se quer tirar a prova
    dos nove; isso é o que dá contar
    com o ovo da granja do rei.
    Não podemos esquecer, que o
    Adios Cídio é um tremendo produtor e roteirista de filme
    de 007 ;que ao tentar a nova
    produção, com novos personagens , com o protagonista , o filho de Cerveró;
    a cena da cana em que Cídio participa , foi muito real e os
    habeas -corpus negados não
    é ficção.
    No mensalão condenou os petistas todos a pena na casa dos
    Seis à oito anos no máximo, e os diretores de banco e de agencias ;às pena muito mais altas; e Valério a mais de 37 anos e com a
    língua coçando pra entregar o chefe da quadrilha. Passando
    assim para opinião pública uma
    tremenda impressão de dever cumprido ; e a sociedade vibrou.
    O que no fundo mesmo foi tudo;
    uma enorme balança da justiça
    cega; porém, amputada e mau
    aferida.
    É bichão ! Se não fosse o Cídio
    vocês estavam …!

  10. Jbronze

    Caros leitores em primeiro lugar um ótimo 2016 a todos, especialmente a você Reinaldo, citou-se aqui a USP, instituição esta onde trabalhei por quase 30 anos, tive oportunidade de conhecer muita gente, posso afirmar que abriga um monte de pessoas radicais, comunistoides cujos princípios não são o nosso país e sim um retorno da ex URSS, quanto ao Singer filho, sem comentários, quanto ao pai, quando vivo ele deveria ter cuidado com quem desabafava, pois foi secretário da Erundina, que montou um verdadeiro circo com a apresentação de 2 mil novos ônibus, que fizeram um cortejo de 15 km na 23 de Maio e Ruben Berta em SP, pois bem esses novos veículos não passavam de sucatas vindas de vários municípios do país, posso afirmar isso porque a garagem ficava a pouco mais de 200m de minha casa, contratou muitas pessoas sem a devida capacitação, empresa esta nominada de São Bento e que pertencia ao chamado grupo mineiros, que depois de anos deixou milhares de ex funcionários sem FGTS e INSS, alguns por mais de 8 anos, para fundar uma cia de aviação, voltando aos ônibus o Singer a época confidenciou com um funcionário, que se não tivessem feito esse circo perderiam um grande contrato, ou seja a enganação sempre fez parte do PT.

  11. Alexandre Begalli

    Curto e grosso: esse (sic) catedrático, André Singer, é apenas um pelego à serviço dessa organização criminosa.

  12. Tadeu de Araújo

    Reinaldo, do nosso ponto de vista, a interpretação da grande maioria dos que faz o “PT”, principalmente a ala de líderes e intelectuais, democracia é tudo aquilo que as “figuras” tentam nos impor goela abaixo.
    Enquanto tudo aquilo que reprovamos dos tais é “DITADURA”.
    Em Verdade, esse pessoal, além de não admitir o desastre vergonhoso causado pelo partido, que se transformou na maior vergonha nacional, no tocante ao desvio de dinheiro, ainda querem posar de paladino da Justiça!
    Se bem que não desconhecemos que, tanto no PSDB quanto no PMDB a coisa também não é tão diferente.
    Agora, no grau do PT, somente um terremoto total no planeta!

  13. José Benedito

    O senhor André Singer é o que se poderia definir como um intelectual picareta que posa de politicamente correto. No texto abaixo, de maio de 2014, ele se mostra estarrecido com o nível de barbárie no Brasil, coisa incompreensível para ele depois de vários governos petistas e progressistas que tanto bem fizeram aos brasileiros. No meu texto, na sequência, tentei fazê-lo compreender o porque deste suposto contrassenso.

    BRASIL?

    10/05/2014 02h00

    Ouvir o texto
    Mais opções
    O que está acontecendo no Brasil? Cabeças cortadas em presídios, mulheres arrastadas até a morte, linchamentos malucos que viram parte do cotidiano. É certo que o país sempre foi muito violento por baixo da capa cordial, terna e alegre –verdadeira, mas parcial–, usada para construir uma ideologia adequada aos trópicos. Só que agora a brutalidade parece exacerbada.
    O que torna estranho o aumento do brutalismo, como o denominou o jornalista Janio de Freitas em coluna recente, é que houve, na última década, uma evidente, ainda que moderada, melhoria das condições sociais. As famílias mais pobres passaram a receber um auxílio que, embora pequeno, aliviou a miséria e abriu janelas de esperança para os seus filhos. Os jovens tiveram acesso a empregos com carteira assinada, ainda que de baixa remuneração e em condições precárias.
    Os salários subiram, a começar do mínimo, que teve uma valorização da ordem de 70%. Mesmo depois de três anos de baixo crescimento do PIB, as categorias organizadas continuam a conseguir aumentos reais. Nos primeiro trimestre de 2014, de 140 convenções coletivas realizadas, 97% registraram concessão de ganhos acima da inflação (ver dados em bit.ly/agsind). São ganhos pequenos, com apenas 33% desses dissídios representando elevação real maior do que 2%, mas ganhos, enfim.
    Pode-se argumentar que tais avanços significam pouco em face do tamanho da pobreza e da desigualdade brasileiras, o que não deixa, também, de ser verdade. Porém deve-se considerar que tendo conseguido mantê-los ao longo de toda uma década, os efeitos são cumulativos. A esta altura já existe toda uma geração formada em ambiente menos excludente.
    Por que, então, os traços de barbárie social, nos quais é possível enxergar a perversidade específica que a escravidão legou, não vão sendo atenuados? É como se em um contexto de lento desafogo, as relações fossem tomadas por uma onda barbarizante, quando se esperava um progresso civilizatório, mesmo que incremental.
    Com sinceridade, não sei responder à pergunta. Percebo que, no fundo, ela sequer está bem formulada, pois o que estou chamando aqui de brutalismo deve encobrir fenômenos muito diferentes entre si.
    Estou convicto de apenas uma coisa: é preciso politizar o problema. Os candidatos e os partidos precisam por a questão da violência em suas agendas. O Estado deve desenhar novas políticas públicas a respeito. As instituições e organizações da sociedade que estiverem do lado da civilização precisam refletir a atuar sobre o assunto.
    O pior que pode acontecer é deixarmos a brutalidade se naturalizar, enquanto cada um se esconde em casa, tentando fingir que o mundo lá fora não existe.
    avsinger@usp.br
    andré singer
    André Singer é cientista político e professor da USP, onde se formou em ciências sociais e jornalismo. Foi porta-voz e secretário de Imprensa da Presidência no governo Lula.

    —–Original Message—–
    From: Neno Silveira
    To: avsinger
    Sent: Wed, 14 May 2014 14:40
    Subject: artigo de domingo

    Prezado senhor André Singer,

    A propósito de seu artigo “Brasil?”, de 10/05, peço licença para fazer os seguintes comentários:

    No final do governo FHC, escrevi artigo para um jornal setorial de São Paulo (Jornal Entreposto), sugerindo que o então presidente deveria ser submetido ao Tribunal Penal Internacional, tendo em vista sua omissão ou inação (e consequente responsabilidade) diante do quadro de violência que imperava no país, quando mais de 40 mil pessoas eram assassinadas todos os anos (agora, vejo que era um típico caso de “éramos felizes e não sabíamos”).

    Alguns anos antes, eu escrevera outro artigo para o Correio Popular, de Campinas, intitulado “O Darwinismo da Pior Espécie”, no qual afirmava que quem não seguia as leis era mais apto que os demais na luta pela sobrevivência, constatando que esse quadro anômalo vinha se alastrando pelo país, com os honestos convertendo-se em presas fáceis diante de predadores cada vez mais alucinados. A impunidade e a sensação de impunidade alimentavam a situação. De que valia um aparato legal primoroso, se não passava de letra morta?

    No meu modo de ver, o governo estava submetido à ditadura do politicamente correto e, para não parecer autoritário, descambou para a falta de autoridade, tornando-se refém de todas as patrulhas que se arvoravam no direito de “refazer” o país após o período militar. Estas pretendiam impor padrões de primeiro mundo num ambiente de quarto mundo. E o crime se aproveitava disso.

    De lá para cá, no entanto, tudo piorou, como o senhor sabe. A assunção de um governo demagogo, inconsequente e assumidamente corrupto praticamente significou regar com gasolina o que já ardia. A pregação do “nós contra eles”, do “pobres contra elites”, de “regiões pobres contra regiões ricas”, a política da cizânia, enfim, só contribuiu para aumentar o clima de beligerância e de animosidade. Notadamente, depois que ficou claro que as atitudes do governo (escancaradas no mensalão e em dezenas de outros casos) não correspondiam propriamente ao discurso moralizante e depois que a ética e a decência foram abolidas da vida pública.

    Com efeito, quando um Presidente da República, que jurou defender a Constituição, declara na televisão que a lei não é “bem assim e que todo mundo a transgride mesmo”, na prática ele dá o seu aval a todo tipo de conduta criminosa. E ele não só deu seu aval, como chafurdou pessoal e desavergonhadamente no mar de lama petista, a ponto de nomear a própria amante para comandar uma quadrilha dentro do governo.

    Neste contexto, o caminho para a barbárie foi trilhado naturalmente e quando se chega nela não há como filtrar condutas entre as que são aceitáveis e as que não o são. Brutalismo, horror, perversidade, psicopatia, maldade pura e simples passam a fazer parte do pacote. Depois que o palco da guerra está montado e o demônio é solto, não há mais limite algum e o que antes era inimaginável passa a fazer parte do dia a dia. E pode ter certeza, com os instrumentos legais de que dispomos hoje e com governantes pusilânimes, acostumados com a anomia, esse quadro não vai ser alterado antes que morram outras centenas de milhares de brasileiros.

    E para não deixar de comentar a questão que tanto parece desconcertar os “analistas”, acho que já está mais do que comprovado que pobreza e desrespeito às leis são conceitos que não têm que andar juntos necessariamente.Pulso firme e bons exemplos são muito mais eficazes do que políticas distributivas quando se trata de combater o crime.

    Atenciosamente,

    José Benedito

  14. Adonias-PB

    Não gaste sua pena com tão medíocre esbirro do petralhismo, que é esse tal André Singer, Rei. O cara nitidamente continua a defender o barco à deriva petralha por puro interesse pessoal. Sempre levou um ‘pixuleco’ da turma do Lula. Deve levar unzinho também nesse governo BanDilma… Aí quando se perde a vergonha, se é capaz de defender tudo.

  15. E aí Barroso ?

    A esposa do ministro Barroso ( que omitiu um inciso do Regimento Interno da Câmara dos Deputados para paralização do impeachment naquela casa) abriu uma offshore nos EUA com o nome de solteira Tereza Cristina Van Brussel na Ilha de Key Biscayne, o endereço da sede é um imóvel da própria Offshore, porém no registro a esposa de Barroso apresenta como seu endereço particular o de um conhecido operador de Offshore’s de brasileiros que tem problemas com a justiça brasileira a “Barbosa Legal” na 407 LINCOLN ROAD PH-NE, MIAMI BEACH também na Flórida. Veja mais detalhes em http://vetorm.com/?p=558

  16. A VERDADEIRA ELITE

    Aos que atribuem as vaias a ‘elite branca paulista’, e buscam desesperadamente transformar o opressor em vítima, mostremos a verdadeira elite branca paulista; não esquecendo que a festinha de 15 anos da netinha custou em torno de R$:200.000,00 reais e que o ilustre vovô roubou a cena a todo momento. Ai ai Lula… quem te viu, quem te vê. https://www.facebook.com/MansaoDiegoAlcantara/videos/880008418679898/?fref=nf

  17. Marcos

    Acredito que alguns coment´srios aqui mereceriam uma resposta ou observação do interlocutor.
    Alguns com bons argumentos, válidos e alguns não tanto, mas quando o argumento volta a tecla de que todos são iguaise que todos são corruptos, acho que novas informações e novas pontuações, tanto em conceito como em fatos são necessários para distinção dentre um e outro, onde um partido que tem um projeto de poder, pode-se dizer que todos têm tal projeto pois todos querem chegar ao poder, mas nem todos querem o poder por puro e simples quesito de beneficiar-se e aos seus com as kordomias e enriquecimento. é justo dizer que corrupção sempre existiu e sempre vai existir, como diria Durkain é fator muito importante saber diferenciar o normal do patológico. Num governo que prima por fazer apologia das diferênças de classes, sexo, cultura, opção sexual e outras coisas neste sentido, que desdenha a propriedade privada e a meritocracia deixaria Max Weber se revirando no caixão. Um governo que depurpou e depurpa a todo momento as instituição misturando e invertendo papeis no executivo, no legislativo e no judiciário, é uma afronta a inteligência do cidãodao. A usupação dos impostos via corrupção, inflação, obras super faturadas e obras que nem sairam do papel. Financiamentos a ditos mega empresários – a taxas subsidiadas – alguns hoje falidos e sem recursos para ressarcir os cofres públicos em detrimento dos pequenos e médios empresários os quais pagaram taxas mais altas ou nem conseguiram os empréstimos. Uma avalanche de benesses e devios que ocasionaram o maior rombo financeiro na história desse país, e que agora, vem novamente pedir a população que pague a conta, com o prenúncio de mais aumento de impostos. Inflação galopante pois a administração dos preços das empresas públicas foram represadas em tempos que se poderia ao poucos sendo ajustados, e agora tendo que ser feitas as pressas e tudo de uma só vez. Ficaria aqui a noite toda escrevendo argumentos baseados em fatos, e não tentando dar versões aos fatos como certo programa da Rede Globo.

  18. Alda

    ReinaldoXXXXXXX na cascuda petralha!

  19. ana1973

    Petistas históricos e sábios como o Hélio Bicudo entenderam a monstruosa envergadura do projeto criminoso de poder do PT para o Brasil. Pena, André Singer não teve essa coragem e discernimento.

  20. Wilton

    É deprimente a forma de discurso que esses sujeitos utilizam. Jogam argumentos falsos, sempre buscando fazer comparações para enganar a grande massa da população que muitas vezes por não compreenderem todo o contexto são enganados e levados a acreditar que realmente temos uma perseguicao politica em curso no nosso pais.

  21. Mako

    Eita… picadinho Singer. E agora André? Vai ter réplica?

  22. LMC

    “Intelectual” não combina com “petista”, petistas são todos um bando de retardados, parasitas ou ladrões.

  23. Katia

    Oi, Reinaldo
    Concordo sobre o Singer e o PT, mas discordo quanto à desatenção relativa à proteção que setores da mídia de fato dão ao PSDB. Já pensei como você, mas, com o tempo, comecei a observar que o ambiente político brasileiro e sociedade brasileira em geral é refém de um tipo de mediocridade segundo a qual o “progressismo” é representado ora pelo PT, ora pelo PSDB.
    É verdade que, fora esses partidos, tudo se resume a lixo. A questão é que nem PSDB nem PT são exceções, ambos são igualmente representativos do que de mais medíocre a humanidade pode produzir.
    Gostava muito das análises do blog do Alon que percebia algo além dessa briga PT x PSDB, denunciando as asquerosas pretensões de dois grupos políticos que muitos pontos em comum. A crença, que eu antes compartilhava, de que o PSDB representa a “esquerda moderna” não passa de uma tolice simplista compartilhada por setores expressivos da mídia, sobretudo pelos veículos de comunicação mais populares, como Globo e Veja, Para esse público, de forma incrivel e inacreditavelmente tola, absolutamente irrefletida, desinteligente e acrítica, o partido democrata americano é a versão mais bem acabada da evolução humana. Dai a crença de que todos devem promover o vitimismo gaysista entre outros comportamentos que, apesar da cegueira geral, representam alguns de nossos mais graves problemas sociais totalmente ignorados e, consequentemente, aprofundados ao limite do absurdo (vide cartunista alucinado Laerte e suas exigências disparatadas com espaço privilegiado na mídia).

  24. Francisco S

    Para quem vive nesse mundo imaginário petista que acha que pode tudo e quer ter o poder de calar a todos, parece mais comportamento dos tiranos assassinos históricos e atuais que tinham e tem medo até da própria sombra. Nem parentes escapam. No meio deles são tantos “sociólogos” mas acho que deveriam ter mais era psiquiatras. Estão apavorados com os resultados das investigações e prisões ocorridas e, como o fio da meada não acabou, muitos deles estarão vindo emaranhados nela.

  25. age

    Gozado como estes pseudos intelectuais esquecem a realidade quando lhes convém.
    A mídia está dominada pelo $ do governo, via propagandas desnecessárias, mas que existem para carrear $ para manter esta mídia suicida. O PT tentou emplacar vários casos ligados ao PSDB, para desviar a atenção das suas mazelas. Usou a máquina e a mídia vendida. Quem não se lembra, exceto o Sr. Singer, do jornal nacional da Globo abordando todas as noites o chamado ” cartel do metrô” e repetindo a exaustão o bordão ” acontecido nos governos de Mário Covas, José Serra e Geraldo Alckmin, todos do PSDB”. Até hoje tenho uma dúvida, se ao repetir o bordão dezenas de vezes, sem mudar uma vírgula sequer, o jornalista William Bonner não quis deixar claro que aquilo era uma notícia comprada.

  26. fpenin

    Estamos perdidos, diante de tanta safadeza. Pra onde ir, aonde ir? Eu , de minha parte, já vislumbrei uma solução, falta-me apenas um mapa confiável ou um GPS. Decidido: vou para Pásargada. Lá´, pelo menos, a ficção é menos real que no Brasil. E, tem mais: não há Lulas e Dilmas para aporrinhar minha paciência. Bem, até disso já duvido. Quem sabe, em alguma hora, a “presidenta” mequetrefe resolva editar uma MP anexando Pásargada a Brasília. Não tenho del´rios persecutórios, não; trata-se apenas da chamada síndrome do felino doméstico escaldado. Quem se quiser aventurar, SIGA-ME..

  27. Brasil Real

    Estes petistas acham que somos retardados , tenho 3 títulos de especialista em medicina , estudei em colégio público , não tenho emprego público porque não quero e estou preparando minha filha para deixar este país de m ….. Mas estarei aqui para lutar contra estes vagabundos , corruptos, que entregam a folha de SP na minha casa (RJ) de graça ha vários anos e que tem alguns colunistas disfarçando o petismo , simulando isenção do jornal , como vc Reynaldo e o Caiado , este sempre escondido nas últimas folhas .

  28. João Leite

    Erroneamente acreditamos que a causa do atrazo do Brasil é culpa da pobreza e analfabetismo. Acredito que não. A verdadeira causa do atrazo que impede o país de ir para a frente é que grande parte da nossa intelectualidade tem um ideal retrogrado e é essa parte que tem dominado a posição da nossa politica. Se tivessemos uma intelectualidade compromissada com o desenvolvimento do país não teriamos analfabetismo nem pobreza. O objetivo da nossa intelectualidade é manter o dominio da maior parte da população. Chega ao ridiculo de vir a publico e dizer que distribuindo R$30,00 para cada familia era o suficiente para acabar a pobreza no país que foi o que deu origem ao programa bolsa escola e depois transformado em bolsa familia. O custo inicial do bolsa escola na epoca seria de R$6 bilhões por ano. Eu critiquei a proposta na epoca em carta publicada na coluna forum dos leitores. Propus que. Se pegasse R46 bilhoes po ano e investisseem projetos para levar desenvolvimento ecanomico nas regiões pobres do país em pouco tempo a pobreza seria eliminada no país. Eles gastam uma montanha de dinheiro para distribuir migalhas e não investiram nada nas regiões pobres do país.

  29. RedFox

    Olha lá, Reinaldo. Segue uma pequena sugestão aos bons jornalistas que gostam de descobrir detalhes que jamais aparecem nas páginas da Plataforma Lattes dos ditos “intelectuais di isquerda”:
    Procurar, para início de conversa, descobrir quem compôs o juri de admissão desse cidadão na USP. Sei não, mas acho que são todos ligados a um certo conhecido partidão, além de serem todos marxistas (pois outras representações teóricas foram cuidadosamente banidas do convescote que deveria ser necessariamente heterogêneo), e estou bastante propenso a crer que certos candidatos, incrivelmente melhores que esse aí (putz, será que eu conheço algum…?), foram descaradamente prejudicados durante as provas. Quem conhece a mecânica das contratações acadêmicas na universidade pública brasileira, sabe que é nas provas didáticas e nas entrevistas, em especial, que o favorecimento aos amigos acontece, dada a – digamos assim – evanescência da palavra falada…
    Fica a dica, caro Reinaldo. Que tal consultar os anais da FFLCH para saber as notas, em cada uma das provas, de toda a turma que prestou concurso junto com esse sujeitinho metido a besta, dissimulado como pessoa, medíocre como ministrador de aulas e absolutamente repetitivo como – vá lá – intelectual. Descobriremos que as notas que fizeram a diferença em favor desse factoide intelectual provavelmente se devem a uma aula magistralmente perfeita e a uma impressão espantosamente radiante deixada por ele nos seus babantes interlocutores.

  30. ACORDA BRASIL!

    FELIZ ANO A NOVO PARA VOCÊ REINALDO!
    Que 2016 traga esperanças de um final feliz para o Brasil, com o fim da esquerda e sua ditadura mesquinha e abominável do proletariado, para a alegria de todos nós brasileiros. Boas Festas para todos!

    A esquerda infiltrada na mídia, que ufana difundir o conhecimento e levar a notícia de modo imparcial aos seus ouvintes e leitores, faz exatamente o contrário e infelizmente tem feito muito estrago em todos os sentidos, quer seja na questão das células-tronco embrionárias, quer seja na questão da corrupção disseminada por essa seita comunista da esquerda PTralha.
    Muitas notícias não são claras e não esclarecem a população, muito pelo contrário, , distorcem, manipulam e usam de sofismas demagógicos para difundir e “lavar os cérebros” dos incautos no intuito de impor a sua ideologia marxista comunista. Essas pessoas simples e ingênuas, sem nenhuma informação a não ser o que a TV lixo lhes enfia “goela a dentro” são as principais vítimas.
    No caso das células tronco por exemplo, propositadamente não distinguiam células-tronco embrionárias (que já são vida) e células-tronco adultas (retiradas do cordão umbilical, medula óssea e diversos outros tecidos) e não mostram que as pesquisas científicas com células-tronco adultas são as que dão os resultados mais satisfatórios, enquanto que as células-tronco embrionárias causam câncer numa grande incidência de casos de implantes dessas células. Quando eles noticiam sucessos de pesquisas, limitam-se apenas a dizer que se tratam de células-tronco, quando na verdade deveriam dizer que são células-tronco adultos. Com isso, os mais ignorantes no assunto, continuam enganados e manipulados, acreditando e defendendo, a morte de embriões, os abortos, eutanásia e a defesa do bandidos!
    Infelizmente atualmente há várias pessoas que são favoráveis ao assassinato intra-uterino (aborto) e são contra a pena de morte . É o cúmulo do ”non sense”. Há uma visão totalmente falsa da caridade, é o sentimentalismo, no fundo materialista, representado por frases como estas “não se pode punir”, devemos ter piedade do assassino”, “coitado do bandido” são os “direitos humanos”!
    E o mais drástico ainda, é que eles (esses leitores mais ignorantes no assunto) acabam acreditando que os embriões, quando ainda possuem apenas algumas células, em seus primeiros dias de desenvolvimento, não sejam vidas humanas”.
    Nenhum pastor, em sã consciência, trocaria um rebanho de ovelhas por um lobo. Ele não hesitaria em matar o lobo. O nosso triste mundo do século XXI, porém preserva o lobo e mata as ovelhas. É o que vemos todos os dias nessa política, podre, satânica, medíocre e cheia de corruptos da esquerda marxista comunista, onde não se salva ninguém! ( …”se gritar pega ladrão, não fica um meu irmão…”) O pior é que nós somos as ovelhas…
    A mídia rapidamente encontrou uma forma de desacreditar na indignação dos brasileiros : trata-se de “fundamentalistas cristãos, de ultra conservadores” etc. É isso mesmo senhores, somos tudo isso mesmo, fundamentalistas cristãos e ultra conservadores e todos os outros adjetivos que desejarem nos atribuir. Sabem por que? Exatamente por isso. Porque repudiamos a MENTIRA que é a bandeira da sua seita, onde os fins justificam os meios insanos e depravados praticados por vocês, uma vez que tudo é relativo, tudo é igual… tanto faz ser certo ou errado, ser honesto ou ser ladrão, ser homem ou ser mulher e/ou criança, ser andrógino- “ coisa” (sujeito indefinido) e/ou animal , ser morta (humano) ou ser imortal (Deus), pois a verdade e a mentira caminham paralelas e também tudo é muito “relativo”… depende exclusivamente do que as suas mentes insanas “acham” e isso também é muito relativo!
    Essa é a bandeira da seita, que usa e abusa de sofismas demagógicos hilariantes, para defender os psicopatas e difundir sua ideologia abominável.
    A suas pretensões sem as devidas competências levam-os ao ridículo quando se aproveitam- dos poucos esclarecidos para difundir as suas mentiras.
    Não se trata de duvidar da sinceridade das opiniões desses pobres coitados, sem perder de vista que elas vêm de pessoas que a priori não tem hostilidade diante de Cristo. Católicos prontos a entrar no jogo do dramaturgo e do teatro contemporâneo , onde tudo é possível, especialmente a transgressão, preferencialmente subvencionada, a partir do momento em que dá origem a uma “discussão”, uma reflexão, independente do sentido.
    No caso da falsa caridade PTralha travestida de “cidadania” marca registrada da seita, chega a ser ridículo! Tentam justificar o injustificável.
    Desnecessário dizer que o sofrimento, a velhice, a doença, a inutilidade aparente do corpo humano não excluem Deus. Hás séculos que, justamente nas Santas Casas, quando ainda eram administradas por freiras, não havia corrupção e desvios de recursos repassados e o atendimento era excelente.
    Essas almas caridosas sempre acolheram os mais sujos, os mais necessitados, os mais repugnantes, sob o olhar de Cristo. O próprio Cristo assumiu a face da humilhação, tomando sobre si toda a miséria dos homens. Isso é caridade, entende PTralhas? Elas fazem esse trabalho por amor a Deus e não ao seu próprio bolso, como todos corruptos demagogos da iniciativa privada (ONGs de FHC)hoje atual esquerda PTralha indesejável.
    Sabemos que qualquer tribunal pode errar. Mas um erro sem intenção não legítima a aplicação da morte a inocentes. Segundo o axioma jurídico: “Abusus non tollit usum” o abuso não anula o uso. Pode-se abusar da mão ou da escrita, e é isso que o STF, o Congresso e a maioria dos setores públicos contaminado pelo câncer PTralha fazem o tempo todo! Isso não torna proibido o uso da mão nem o direito de escrever insanidades, infelizmente! Daí eles fazem o que querem, pois é a ditadura da esquerda que manda e não as normas redigidas na Carta Magna. Por isso determinam leis (congresso e STF, estes todos PTralhados “escolhidos a dedo”), Leis inconstitucionais como as cotas racistas discriminatórias e as bolsas esmolas responsáveis pela “escravidão branca” e ainda apoiam o desvio de recursos públicos para financiamentos de insanidade imorais e degradantes que atentam contra a dignidade, a honra e a preservação da humanidade.
    Qualquer tribunal pode errar. Mas um erro sem intenção não legítima a aplicação da morte a inocentes. A casos que só a pena de morte é a punição necessária e justa, uma vez que a própria vida é a perda do bem natural máximo. Quem tira a vida do criminoso não somos nós individualmente, e sim a sociedade, enquanto tal que o faz. É o poder da sociedade que vem de Deus e não do povo, que tira a vida de um criminoso. E Deus pode tirar a vida. Por isso Cristo disse a Pilatos que ele tinha o poder de condenar à morte, porque esse poder lhe fora dado do alto: “Não terias esse poder se não te fosse dado pelo alto”(Jo XIX,11).
    O todo vale mais que a parte. Se a parte ameaça o todo, o todo tem o direito de eliminar a parte que a ameaça. Assim, o corpo (todo) é mais que a mão (parte). Se alguém tem câncer na mão (parte), câncer que ameaça a vida do corpo todo, há direito de amputar a mão para salvar o todo. Este argumento é de São Tomás de Aquino, mas não se aplica a inocentes, somente a criminosos.
    Somente Deus pode tirar a vida e ele ordenou “Não matarás” (5º mandamento); Isso significa que ninguém pode matar sem motivo, sem razão. Não impede o assassinato em legítima defesa, como também não isenta os assassinos de milhões de inocentes. São Paulo afirma que existe ações que são dignas de morte :“Os quais, tendo conhecido a justiça de Deus não compreenderam que os que fazem tais coisas são dignos de morte; e não somente quem as faz, mas também quem aprova aqueles que as fazem “ (Rom I,32)

    No caso da aprovação da Lei Menguele, por exemplo, quando líamos as notícias, tínhamos a primeira impressão de que o povo estava participando ativamente das discussões e, conscientemente, havia se unido à comunidade científica esclarecida, aos “pseudos intelectuais”, médicos e sociólogos e, em comunhão, alcançaram mais um estandarte de glória para o progresso. Mas na verdade, o que assistimos foi uma guerra de princípios entre os eugenistas e os católicos, entre a maldade e a moral verdadeira. Entre a verdade e a mentira.
    É claro que há princípios filosóficos e religiosos por trás de tudo. Também é evidente que há manipulação e distorção dos fatos pela imprensa, principalmente quando o assunto é relativo à ideologia da esquerda marxista comunista.
    COMO SE VÊ, A MÍDIA INFILTRADA DE PSICOPATAS DA ESQUERDA MARXISTA COMUNISTA E OS MAUS LÍDERES (STF, CONGRESSOS) trabalharam com malícia para aprovar as leis, com falso apoio da opinião pública. neste caso dos embriões por exemplo, utilizou-se a imagem dos doentes em cadeiras de rodas para mover a compaixão dos fracos deputados e senadores ignorantes e hereges e de pacientes também iludidos, com uma falsa esperança – que se chama, na verdade, desespero – com o fim das muletas às custas de milhares de embriões assassinados.
    Esse é um dos programas mundial da esquerda comunista abominável: implantar o aborto em todos os países, dando-lhe uma nova roupagem e fazendo tal crime desfilar sobre um tapete científico, fantasiado de terapia social. Mas se não impedirmos essas degradações abomináveis imediatamente, extinguindo a seita mãe, extinguindo todos os nanicos da esquerda comunista maldita, denunciando a mídia esquerdista, descarada, mentirosa, herege, degradante e manipuladora, outras anomalias virão por aí. Que Deus nos livre dessas desgraças.
    Não se esqueçam que a corja do STF e Congresso caminham de mãos dadas com os psicopatas PTralhas. São cúmplices, parceiros nas falcatruas, na imoralidade e na degradação humana. O exemplo disso está aí o impeachment da Dilma, foi pro brejo. Aqui meus caros só há uma solução. Não vou repetir porque todos já sabem qual é. Do contrário não sairemos nunca dessa “novela lixo” desagradável e cansativa.
    Numa análise um pouco mais crítica da imprensa, todos percebem que os meios de comunicação (jornais, revistas, televisão, etc.) são tendenciosos, apesar de se dizerem imparciais. Em muitos desses meios, vemos uma forte campanha contra a Igreja e contra os valores cristãos. Por que? Porque estes trabalham em linha oposta da esquerda marxista comunista, ateia, mentirosa e indesejável.
    Vou lhes passar o perfil de uma “amiga” que todos nós temos em comum, eu, você e a maioria da população brasileira. Ela tem o poder de fazer você rir, e até chorar diante dela. É presença garantida em sua vida, tanto que vocês a tem como companhia durante muito tempo, e muitas vezes esquece de você mesmo para servi-la. Ela é tão “camarada” que lhes ensinam como pensar, agir, se comportar e vestir.
    Já descobriu que amiga é essa caras? Ainda não? É simples, basta vocês olharem para esse aparelhinho que está na sua sala ou até mesmo no seu quarto e descobrirá de quem estou falando.
    Certa vez um amigo meu leu um artigo de um jornalista que ficou horrorizado ao ver sua filha, de apenas seis anos, praticando gestos obcenos na frente do aparelho, para aprender a nova dança do momento. Claro, a criança ainda não via maldade alguma nisso. Mas e os pais? Mesmo tendo a noção da baixaria e gravidade da cena, tornam-se omissos à essa situação. Satisfeitos, compartilham constantemente, juntamente com seus filhos, de momentos “agradáveis e descontraídos” proporcionados por nossa inseparável companheira.
    Somos influenciados por esse veículo e nos tornamos escravos da TV, até as classes mais favorecidas financeiramente rendem-se ao seu fascínio. O pai chega em casa depois de um longo dia de trabalho e eufórico deleita-se assistindo o jornal. A mãe precisa “cumprir” sua promessa: assistir a novela das oito. Enquanto a criança fica o dia todo em casa à mercê de programas infantis de baixo nível, com apresentadoras fúteis, ignorantes, siliconadas e ainda outros programas de psicopatas ridículos em seus “trejeitos” propositais, no intuito de afrontar apoiados pela esquerda. E ainda , sem mencionar o “espetáculo” dos telejornais. É um embuste o poder de persuasão que têm diante das pessoas e da própria mídia impressa brasileira.
    A televisão como representante máxima da mídia, inúmeras vezes aparece como principal alternativa em substituição aos pais, irmãos, amigos e até mesmo babás na educação de uma criança. Se analisarmos as condições em que estamos vivendo, chegaremos à conclusão de que pouco é feito para que a situação se modifique.
    Será que a TV é mesmo nossa amiga?
    Ou essa amizade é \’monogâmica\’ ?
    A televisão não respeita nada do telespectador, ao contrário, ele a respeita, dá a ela todo seu afeto, lazer e obrigações. As imagens se passam muito rapidamente, muitas vezes sem ordem e objetivo. Passivamente a inteligência da pessoa recebe informações que nem sempre a interessam e, geralmente, não as conduzem a nenhum lugar. As idéias que surgem das imagens transmitidas não têm profundidade, pois o profundo só se alcança com a reflexão calma em um ponto, a TV vicia a mente, que fica com “preguiça de pensar”. Aquilo que se adquire com tanta facilidade logo é esquecido. Como na TV tudo é superficial e passageiro, o conhecimento assimilado perde-se facilmente.
    A mídia televisiva é, sem dúvida, um avanço tecnológico ímpar. Ela nos fornece informação e entretenimento e esses acabam formando opiniões e ditando modismos. A solução para usar este veículo a nosso favor seria apenas filtrar o que as crianças e até mesmo nós adultos assistimos?
    O homem sempre precisou de meios de divulgação, tentando atrair para si adeptos, usuários, consumidores e conquistando com isso críticos e admiradores. Gostaríamos que, futuramente, nossas crianças voltassem a apreciar canções infantis. Que a cultura brasileira não fosse deturpada, e informação não se transformasse em sensacionalismo. Enfim, se você prestar atenção, poderá entender as idéias subliminares que este veículo esconde. É como se a cada imagem transmitida a seguinte frase ressoasse: NÃO PENSE, SOMENTE ASSISTA, EU FAÇO ISSO POR VOCÊ! NÃO CRITIQUE, COMOVA-SE DIANTE DE MEU ESPETÁCULO!
    Isso é despejado diariamente dentro de suas casas através dos lixos de emissoras abomináveis que trabalham para a perpetuação da esquerda marxista comunista no poder. E isso é muito muito lamentável!
    Não há quem aprove a Shoáh nazista contra os judeus. Ela foi bem designada pelos judeus como sendo um holocausto — uma shoáh –, e qualquer pessoa de bom senso veementemente condena o criminoso genocídio dos judeus ordenado por Hitler.
    Todos os que aprovaram o genocídio da Shoáh são condenáveis, inclusive a Mídia nazista que o defendia com o argumento que a maioria do povo alemão elegera Hitler, como a maioria elegeu Lula.
    Que a maioria do povo alemão aprovava o nazismo e sua lei genocida é verdade histórica. Hitler subiu democraticamente ao poder. E democraticamente obteve o poder total com a suspensão da Constituição pela qual se elegera. ASSIM FOI A DEMOCRACIA MAJORITÁRIA, QUE JULGA QUE O PODER VEM DO POVO, E NÃO DE DEUS, foi ela que gerou Hitler e depois o genocídio da Shoáh.
    Lula e sua esquerda comunista pensam que estão “blindados” porque usou o recursos públicos e abusou do poder para fazer seus conchavos na política, STF – o que no caso do aborto é uma deslavada mentira – e que a lei brasileira permite o aborto em certos casos. Alegam a lei positiva para defender o assassinato cruel de dois nascituros. Usam a lei positiva para aprovar que sejam assassinados dois seres humanos inocentes. A esquerda PTralha se colocam acima da lei de Deus.
    Julgam-se donos de todo poder. Hoje, a lei positiva permite o aborto em “certos casos”. Ora a violação do direito natural em nome da maioria poderá permitir, amanhã, que se aprove a matança de outros seres humanos. Só depende de um gordo mensalão para ter a maioria que aprove como legal um novo tipo de crime. E o STF está aí para obedecer aos desmandos PTralhas, para isso “eles escolhidos a dedo foram colocados lá”. Eles não são concursados! Não passaram por exames de provas e títulos. Quem os “abençoaram” foi o congresso, outro paraquedista comparsa.
    Por isso eu ainda insisto que todos os cargos públicos têm que serem submetidos a concursos de provas e títulos, inclusive para todos os políticos, antes de serem eleitos, deveriam passar na “peneira” (deputados e vereadores), com a exigência mínima de “bacharel em direito”, uma vez que vão legislar, têm que entender de leis e sair dos “achismos” e dos sofismas demagógicos da esquerda. Para ser político, tem que ter vocação e deve ser um trabalho voluntário, não é para “qualquer um”! Somente dessa forma será eliminado a corrupção na política que corre como erva daninha.
    Eles não representam a maioria, porque estão lá para defender “sua pele fazer e fazer seu pé de meia”, da sua família, dos amigos e os conchavos… (X-9 é um dos exemplos), estão lá para defender a ideologia abominável do seu partido, ainda que minoria. O povo em sua maioria não é representado por eles.
    E mesmo no caso de leis abomináveis, a maioria — o “povo” (enganado)– não tem direito de aprovar o crime! A MAIORIA NÃO É DONA DA LEI DE DEUS. O POVO NÃO É DEUS. E UM GOVERNO QUE AFIRMA QUE GOVERNA EM NOME DO POVO NÃO TEM DIREITO DE ORDENAR A VIOLAÇÃO DA LEI NATURAL EXPRESSÃO DA LEI ETERNA, A VONTADE IMUTÁVEL DE DEUS.
    Em sua insanidade mental deliram e têm ainda a pretensão de serem deuses e transformar a sua seita numa religião “universal”! Além de hereges são tremendamente estúpidos.
    Todos os que ordenaram, planejaram, aprovaram e executaram a Shoáh foram culpados do genocídio dos judeus. Se se condenassem apenas os executantes da Shoáh, e não se condenasse Hitler e os membros do Partido Nazista estar-se-ia cometendo a maior injustiça. Porque pior que o crime é a defesa do crime (STF). Pior que o crime é mandar cometer o crime. Pior que o crime é justificá-lo em nome de uma ideologia.
    O Nazismo foi o grande criminoso. Hitler e todos os líderes do nazismo foram os mandantes dos campos de concentração, e foram mais culpados que os carrascos que executavam materialmente a Shoáh.
    Também não estavam isentos da culpa de genocídio os jornalistas, os políticos, e até os modernistas, que defendiam o Nazismo racista e assassino.
    Todos concordam que todos os que, de qualquer modo participaram do crime de genocídio, foram culpados desse crime.
    Aplique-se então isso tudo ao PT hoje.
    E o PT? E o Lula? E o Temporão? E todos os outros psicopatas PTralhas? Por que estariam todos esses isentos de culpa da morte desses dois nascituros abortados?
    Herodes foi mais culpado pelo massacre dos inocentes de Belém do que os soldados que materialmente perpetraram o massacre.
    Pior que o genocídio foi o patrocínio do genocídio. Pior que os que executam um aborto, são os que o defendem, legitimam e o promovem legalmente.
    Contra Deus.
    Pior que o crime é a defesa do crime.

  31. ACORDA BRASIL!

    A CASA ESTÁ CAINDO E O FIM DELES ESTÁ CHEGANDO
    Este decepcionado fim de século XX assiste ao desmoronamento de ídolos erguidos pelo racionalismo.
    Todas as gerações de nosso tempo tiveram que prostrar-se diante de três ídolos intocáveis, novos Budas inventados pela “ciência” racionalista : Marx, Darwin e Freud.
    Curiosamente, o êxito e o prestígio desses três “pseudo-cientistas” da esquerda, vinha do fato de terem trabalhado para a destruição tanto da Religião como também do culto do homem iniciado pelo Humanismo renascentista. Ao abandonar a Fé na Igreja e em Cristo, o chamado Mundo Moderno – com o qual a Igreja quis se reconciliar no Concílio (pastoral) Vaticano II – instaurou o culto do Homem. O Homem – único deus adorado pela “Civilização” Moderna – desde muito cedo teve, entretanto, seu culto abalado. A Arte Moderna pintou-o como palhaço (Roualt), ou como um monstro (Picasso, Bacon). Marx fez dele um ser movido apenas pelo interesse econômico. Darwin no-lo apresentou como um chimpanzé transformado. Freud o disse um poço sem fundo de ignomínias. Os três negaram que ele fosse uma criatura feita por Deus à Sua imagem e semelhança. Dir-nos-ão que tanto a Arte Moderna quanto estes três Budas da Ciência nos apresentaram a imagem do Homem tal qual ele se encontra em nosso tempos. Há de se convir então que, se a apresentação é verdadeira, o homem fruto da “Civilização Moderna” é a maior prova do horror e da falsidade desta pseudo civilização.
    Marx – este Buda barbudo filho do casamento do Materialismo com a Economia – morreu soterrado sob os escombros do Muro da Vergonha em 1989. Darwin agoniza, mortalmente ferido pelos avanços das descobertas da Química Biológica e das pesquisas paleontológicas, enquanto suas viúvas choram, acariciando seus venerados saguis. Freud – Buda até há pouco intocável, balança em seu pedestal graças às críticas de que tem sido alvo.
    O que Marx e Darwin foram em certas sacristias, universidades e na mídia – santuários do culto materialista – Freud foi em círculos pretensamente intelectuais e nas rodas do café society: o papa de uma nova religião do permissivismo, que demolira o decálogo que Deus deu a Moisés.
    Agora começam a aparecer obras que desmascaram a Psicanálise e seus falsos dogmas. A revista Der Spiegel publicou artigo (republicado em tradução no Caderno de Cultura de O Estado de São Paulo, de 11 de julho de 1998) no qual Freud é inteiramente desmascarado.
    Nesse artigo lemos que o psicólogo suíço Klaus Grawe considera totalmente ultrapassado o modelo tripartido (id, ego e super ego) do aparelho psíquico elaborado por Freud. Conforme Grawe, os conceitos freudianos “não frutificaram na teoria e na prática terapêutica”. Isso quer dizer que, na opinião de Grawe, a Psicanálise é errada teoricamente e na prática não curou ninguém.
    E agora ? Que dirão as madames do Café society e nossos cursos de psicologia de subúrbio, para quem ser ultrapassado é o maior desdouro ? Pois o Freudismo está ultrapassado, garante-nos Grawe.
    No mesmo artigo verificamos que “o historiador britânico Richard Webster diz que ele (Freud) não passou do criador de uma complexa pseudociência, que deveria ser considerada uma das grandes loucuras da civilização ocidental”.
    E agora ? Como ficam os teólogos que têm como princípio fundamental estar de acordo com a Civilização Moderna ?
    A “loucura da Civilização Ocidental” foi defendida no Concílio Vaticano II, que deveria ter sido cátedra de sabedoria. Esse foi um dos frutos do “aggiornamento”- isto é – da modernização da Igreja preconizada pelo Papa João XXIII. Que se leve em conta isto em seu processo de canonização!
    O artigo do Der Spiegel nos diz que há vinte anos já começaram as críticas a Freud e à sua Psicanálise, e que “os veredictos dos críticos contra Freud, até agora, permaneceram sem efeito”.
    Espanta-nos que o imenso poder da mídia, garantido pela liberdade de imprensa e pelo fim de toda censura, tenha conseguido manter desconhecidas da opinião pública essas críticas demolidoras do freudismo. Será que a liberdade de imprensa e o fim de toda censura estabeleceram uma censura oculta que só permite sejam conhecidos os ataques à Religião verdadeira, e jamais as críticas aos Budas da Civilização Moderna da esquerda marxista ?
    Pois o Der Spiegel, com vinte anos de atraso – vinte anos! – nos informa que o médico vencedor do prêmio Nobel, Peter Medawar, declarou que a Psicanálise era “o mais terrível conto do vigário do século”.
    Quem jamais soube que esse Prêmio Nobel de Medicina fez tão demolidora acusação à Psicanálise ? Afinal, não é algo sensacional, próprio de grandes manchetes jornalísticas, um Prêmio Nobel de Medicina afirmar que “a psicanálise é o mais terrível conto do vigário do século”?
    Como a imprensa, que tudo informa, deixou de colocar essa frase em grossa manchete de primeira página?
    Por que os devotos de Freud não levantaram um grande alarido de protesto contra uma afirmação tão contundente e, segundo eles, tão sacrílega ?
    Por que o público desconhece tenha a Ciência Psicológica Moderna elaborado teses refutando Peter Medawar?
    E será que os governos tomarão medidas concretas contra a aplicação deste “conto-do-vigário” ? Até agora os psicopatas continuam investindo em suas insanidades…
    No artigo de Der Spiegel lê-se ainda que Richard Webster, em seu livro Why Freud is wrong , afirma que “os relatórios terapêuticos do chamado livro fundamental da psicanálise são conto de fadas”. Webster comprovou que nenhuma das cinco pacientes de Freud foi definitivamente curada.
    Eis aí. Freud elaborou uma ciência que hoje é tachada de “conto de fadas” .
    O mesmo artigo narra ainda que Freud, ao tratar de uma paciente que sofria de uma doença já bem diagnosticada em seu tempo, e que certamente era bem conhecida pelo fundador da psicanálise, teimou em considerar seu mal como psicanalítico. Webster, por isso, diz que “os fundadores da psicanálise operavam no limite da charlatanice”.
    Vem-se a saber também que Karl Kraus considerava o esforço de convencimento sugestivo de Freud “um refinado engodo” .
    Outra informação importante pela fama e consideração de que goza seu autor: o famoso filósofo Wittgenstein “se espantou pelo fato do pai da Psicanálise suspeitar da existência de motivos sexuais em quase todas as imagens de sonho, sem, no entanto, jamais descrever sonhos eróticos, mesmo que estes sejam tão freqüentes como chuva”.
    Aliás, neste mesmo sentido, é curioso observar ainda que os padres e teólogos modernos e “aggiornatti”, que aprovam a psicanálise e que, portanto, devem aceitar as teorias de Freud, vendo motivos sexuais em qualquer gesto, mesmo os mais inocentes ou indiferentes, neguem que haja qualquer motivo sexual nas danças modernas, no carnaval ou nos mais ousados trajes de praia, e que agora virou “moda”, como dizia minha avó “de mando a caducando”, sem nenhum senso de ridículo, nos meios de transportes e nas ruas a qualquer momento, hora e lugar, (provocando os insensatos sob pretexto de vítimas?!). E ainda tem aqueles que consideram inteiramente inocentes e positivos segundo a sua nova moral “aggiornatta”.
    No artigo do Der Spiegel lemos ainda que para o historiador John Farrell “a incansável disposição [de Freud] para pressupor a existência de um significado mais profundo e secreto em todas as manifestações, de sonhos a equívocos cotidianos, revela traços patológicos”. “Farrell vê a desconfiança contra tudo e contra todos como uma marca da obra e da vida do psicanalista, atestando-lhe paranóia, com os sintomas característicos: megalomania, mania de perseguição, hostilidade, egocentrismo e a tendência a responsabilizar os outros pelos próprios erros e fraquezas”.
    Embora não tão bombástica quanto as outras críticas que citamos, porém mais profunda, é a relação estabelecida por Richard Webster entre Freudismo e religião milenarista.
    Diz o artigo de Der Spiegel : “Tal como outros iconoclastas, Freud passou de rebelde a criador de uma nova “ortodoxia”, uma doutrina de salvação terrena, que ostenta claros aspectos das “tradições judaico-cristãs” . Webster “tenta explicar como o neurologista vienense – racionalista e agnóstico convicto – tornou-se o fundador de uma religião e guru de um movimento espiritual universal que serviu de inspiração para a seita da esquerda PTralha. Sua resposta: ambição desmedida e messianismo, foram as forças-motrizes daquele que, no fim da vida, gostava de comparar-se a Moisés”.
    Neste ponto está a verdadeira compreensão do Freudismo; ele é uma nova moral de uma religião messiânica que pretendia abolir a Lei estabelecendo o anomismo.
    David Bakan em seu livro Freud e a mística Judaica demonstra como a doutrina de Freud é uma transposição das doutrinas gnósticas da cabala ao campo da Psicologia. Daí a irracionalidade e o anomismo do freudismo.
    Em todo caso, é alvissareiro ler um artigo em que – afinal! – se afirma que o rei está nu. Que o freudismo e sua psicanálise são “conto de fadas”, “o mais terrível conto-do-vigário do século”, e “uma das grandes loucuras da civilização ocidental”, que “atuava nos limites da charlatanice”.
    As citações acima mencionadas tornam mais fácil compreender por que, ao embarcar com Freud para os EUA em 1909, Jung disse a Freud, referindo-se aos americanos: “Coitados, eles não sabem que estamos lhes levando a peste” (artigo de Luiz Zanin Oricchio, Uma curiosa ciência que nasceu polêmica, publicado em O Estado de S. Paulo, Caderno 2, 11.07.98).
    Assim começa a ser apedrejado e demolido o último dos Budas do século XX.
    Antes tarde do que nunca!
    Feliz 2016 com muitas esperanças e perspectivas para todos os brasileiros !

  32. Iranildo Azevedo

    Entre as coisas que subiram este ano no Brasil três se destacaram das demais: o dólar, a inflação e a performance profissional do jornalista Reinaldo Azevedo, titular deste blog.
    Percebo que Reinaldo Azevedo mereceria ser condecorado como HOMEM DE IMPRENSA DO ANO NO BRASIL por sua atuação relevante, vigilante e incessante em defesa do país, através do seu trabalho na revista Veja, no blog, na Folha e no programa na rádio Jovem Pam, Os Pingos nos Ís, no qual ele conta com a colaboração direta de Reginaldo, Patrick Santos e o impagável Victor Lá Regina, este com suas imitações incríveis de personagens do cotidiano político brasileiro.
    Entendo, portanto, que Reinaldo Azevedo termina o ano em altíssimo grau de performance profissional na medida em que ele participa em alto nível de uma “mesa redonda” com profissionais também de alto nível, apresentada e coordenada pelo competente jornalista William Vaack, na Globo News e, principalmente, por não deixar passar incólume versão da verdade dos fatos sobre a pátria amada (“quando ela está sendo subtraída em tenebrosas transações”) ao escrever o texto: Desconstruindo as mistificações de um intelectual petista em coluna de jornal.
    O Brasil decente agradece.

  33. Silva

    Brasileiros acordam, estamos sendo dirigidos por uma organizações criminosas dos Ptralhas e comunistas enfim uma quadrilha. O STF dificultou o impeachment da Dilma, apertem o sinto porque com mais 3 anos deste desgoverno, vamos entrar no fundo do poço.

  34. Ratoeira

    Olá, Reinaldo! Seria possível você comentar esse editorial aloprado do Estadão sobre a questão Dayan?

    http://m.opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,grosseria-como-diplomacia,10000005921

  35. silva e silva

    Ex- ministro do STF Joaquim Barbosa prende meliantes do PT no crime do mensalão, e Dilma solta? Futura efetivação da soltura com Min.do STF Roberto Barroso, que impediu Roberto Jefferson de dar declarações para imprensa, mas permite o Dirceu conversar e indicar ministros para o governo do Brasil?
    http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2015/12/30/condenados-no-mensalao-pedem-ao-stf-perdao-com-base-em-indulto-de-natal.htm

  36. sas

    1-Notícia do ano(notícia positiva em contexto negativo):
    http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/sergio-moro-e-eleito-pela-2-vez-a-personalidade-do-ano-protestos-de-marco-contra-dilma-e-o-fato-de-2015
    2-Quem acredita em palavra de petista? Corte de verba cirúrgico para polícia federal.
    http://www.istoe.com.br/reportagens/443870_CARDOZO+REAGE+A+DELEGADOS+E+AFIRMA+QUE+PF+NAO+VAI+ENFRAQUECER
    3-Presidiário indica nomes de ministros do governo federal.
    http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/lava-jato/conversas-de-celular-mostram-dirceu-discutindo-ministerios-de-dilma,71c9ae4bf5e30b8e92ba879c867cb049kz8o4hnl.html
    4- Dilma muda prazo de lei de 50 anos para 10 anos para transformar Brizola (ele mesmo!) em herói da pátria. Socorro!
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/12/1723937-heroi-de-dilma-brizola-vira-heroi-da-patria.shtml

  37. sinto muito

    Permita-me repetir comentário que fiz no Blog do Augusto Nunes:
    0-Um patrocínio do PT…
    0.1-Depois o governo quer que paguemos mais impostos, CPMF…
    1- Aumenta gastos com super salários na Caixa:
    http://economia.ig.com.br/2015-11-26/caixa-economica-federal-eleva-em-25-gasto-com-supersalarios-em-2015.html
    (Governo não diminui salário da Dilma como prometido e só demitiu 11% dos 3 mil e poucos funcionários comissionados que Dilma anunciou, para cortar despesas)
    2- Governo pode perder 116 bilhões com desoneração:
    http://istoedinheiro.com.br/noticias/economia/20151230/governo-pode-perder-116-bilhoes-com-desoneracao/330054
    3-Real desvaloriza por volta de 50% frente ao Dólar este ano de 2015.
    http://economia.uol.com.br/cotacoes/noticias/redacao/2015/12/30/dolar-sobe-em-todos-5-anos-de-dilma-e-salta-137-de-r-1666-a-r-3948.htm
    4- Inflação de novembro supera dois dígitos (maior desde 2003). Inflação fora de controle:
    http://economia.terra.com.br/economia-brasileira-inflacao-nao-chegava-a-dois-digitos-desde-2002,68d4a65c8037f282ef211100f1730a963ezbrdvy.html
    5-Bolsa brasileira recua 13,3% em 2015. Bovespa recua 7 anos e tem pior resultado entre maiores
    bolsas globais.
    6-Como a previdência tem déficit, o governo populista em ano de eleição municipal, aumenta seu rombo:
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/12/1724469-com-novo-salario-minimo-gastos-com-inss-vao-subir-r-525-bilhoes-em-2016.shtml

  38. sas

    1-Notícia do ano(notícia positiva em contexto negativo):
    http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/sergio-moro-e-eleito-pela-2-vez-a-personalidade-do-ano-protestos-de-marco-contra-dilma-e-o-fato-de-2015
    2-Quem acredita em palavra de petista?
    http://www.istoe.com.br/reportagens/443870_CARDOZO+REAGE+A+DELEGADOS+E+AFIRMA+QUE+PF+NAO+VAI+ENFRAQUECER
    3-Presidiário indica nomes de ministros do governo federal.
    http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/lava-jato/conversas-de-celular-mostram-dirceu-discutindo-ministerios-de-dilma,71c9ae4bf5e30b8e92ba879c867cb049kz8o4hnl.html
    4- Dilma muda prazo de lei de 50 anos para 10 anos para transformar Brizola (ele mesmo!) em herói da pátria. Socorro!
    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/12/1723937-heroi-de-dilma-brizola-vira-heroi-da-patria.shtml

  39. marcos

    O caos ,a miséria,a roubalheira,o aumento de traficantes em todo o país,o ataque a classe média,a enxurrada de propagandas enganosas das estatais que os comunistas estão controlando,a destruição do plano real,a destruição da economia,a união com todos os países comunistas pelo mundo e ,se fechando para o resto do mundo ,que é civilizado,a destruição dos direitos humanos,dos direitos trabalhista,o controle das urnas eletrônicas,o controle da mídia,a destruição das industrias,o atraso,isso é o brasil de hj ,isso é oque o regime comunista faz com os países que os deixam entrar e,2016 será muito pior.

  40. silva

    “Ora, se um filósofo como Janine Ribeiro acha que o Executivo pode controlar a PF, e não é capaz de distinguir um órgão do Estado de um simples “braço do Executivo”, não é de surpreender que também ele seja capaz de relativizar o cumprimento das leis. Para Janine Ribeiro, o que há contra a presidente Dilma são meras “tecnicalidades” que não justificam um pedido de impeachment.
    Burlar a Lei de Responsabilidade Fiscal para se reeleger gastando o que não há no Orçamento, a ponto de quebrar o país, é uma simples “tecnicalidade” segundo o filósofo. Como convencer o homem comum de que são essas “tecnicalidades” que aumentam a inflação, que fazem os juros subirem, que retiram o dinheiro da saúde e da educação, que Janine aceitou gerenciar sem planos e, sobretudo, nenhuma possibilidade de fazer qualquer coisa?” ( Merval Pereira)
    http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2015/12/1724441-pagamentos-de-pedaladas-somam-r-724-bilhoes-em-2015.shtml (O crime de fraude contábil fiscal confessado pelo governo)

  41. zeca

    Fora do contexto mas esperei até o último dia do ano pra ver se saia algo.
    Este ano foi de ameaças contra o povo brasileiro por pessoas públicas. Ameaças bastante contundentes e não irá acontecer nada. Vejamos:
    -Lula e Stédelli(MST( ameaçando de por um exercito de vagabundos nas ruas
    Valdemar de Freitas(CUT) – ameaças na frente da presidente e nem um puxão de orelhas
    Mauro Iasi (PCB) – esse foi além – conclamou luta armada e morte par a classe média
    Em países sérios estes caras estariam presos, e aqui? Nada?

  42. vi

    Gente, tadinho do pt conseguiu arranjar uma notícia para sair um pouquinho do noticiário policial.Mas eles podem ficar tranquilos que ninguém acredita nessas notícias plantadas.

  43. FOLHA DE $ÃO PAULO - TUDO POR UMA BOA CAU$$$$$A

    Que vergonha hein FOLHA DE SÃO PAULO!!!
    Quis como sempre o faz destruir a reputação do senador Aécio Neves e da forma mais covarde possível.
    Criar um factoide com a manchete “Delator afirma que diretor de empresa levou R$ 300 mil a Aécio”. Mas, se esquivou dee citar os nomes citados de Renan Calheiros, presidente do Senado e amigão de Lula e Dilma que recebeu R$ 4 milhões segundo o tal relator; do senador Randolfe Rodrigues – Rede, que segundo o Jornal Nacional recebeu R$ 200 mil, além de nomes do PP, Solidariedade e outros.
    Agora depois que no JN veio à tona a íntegra da notícia, a Folha publica que Renan e Randolfe receberam propina.
    Querem mudar o foco dos absurdos do PT e, lógico, atingir a oposição.
    Que vergonha hein Folha!!! Se tornou puxadinho do Planalto e faz o que Edinho Silva manda.

  44. Rocha

    Sou filiado no PT , o partido dos trambiqueiros e caluniadores o petistas vão jogar pesado , eles vão tentar colocar membros da oposição no mesmo barco que eles , vão mentir vão e usar todos os meios para para jogar a opinião pública contra a oposição , o plano do PT é destruir a democracia no Brasil , para depois dar o golpe bolivariano . Destruindo as instituições sera fácil pregar as idéias bolivarianas o PT tem grande parte da mídia , tem a igreja Católica e parte dos evangélicos , tem um enorme controle sobre membros do STF, para o STF o culpado é os legisladores o STF anulou o congresso federal , isso é um perigo para a democracia , o campo para o golpe está preparado os jogadores nos seus devidos postos , Dilma governando por decretos tudo maquiado vai tirar poderes do TCU , desmanchar o PF mudar a lei de responsabilidade fiscal . O Brasil vai virar um caos moral , político e financeiro .

  45. Carlos

    VAMOS APROVEITAR A SÃO SILVESTRE PARA UMA MEGA MANIFESTAÇÃO, TODOS COM OS PIXULECOS NAS MÃOS NAS RUAS DE SÃO PAULO , A GLOBO VAI TRANSMITIR PARA TODO O PAÍS E TAMBÉM PARA O RESTO DO MUNDO.

  46. João Alves

    Bonito hem seu Renan ! Cadê a janota da Dilma que não vê estes pixulecos ? Vai terminar dizendo que era para a campanha do filhinho ?
    http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=46851680176

  47. Luiz Mauro Lopes

    Perfeito, Reinaldo! E ainda por cima utiliza-se até do e-mail da USP para os artigos que escreve na Folha. Ou seja pagamos literalmente tudo para que ele dê suas opiniões “neutras” hehe. Abraço e continue representando-nos, nós aqui da “Elite Branca de SP” que paga os salários desses vagabundos.

  48. João Alves

    Em The Economist até Cristo põe as mãos na cabeça e se pergunta o que foi que aquela cabecinha oca da Dilma fez com este país ?
    http://www.diariodopoder.com.br/noticia.php?i=46839241952

  49. Charles

    Reinaldo,
    Mansueto de Almeida, economista do Ipea, super respeitado no mercado e especialista em contas públicas, sobre artigo do André Singer: https://mansueto.wordpress.com/2015/05/16/o-bode-expiatorio-e-a-burguesia/.

    Parabéns pelo trabalho. Seguirei acompanhando em 2016.

  50. sos

    Vocês se lembram quando o Lula era líder dos sindicatos dos metalúrgicos e a TV mostrava os movimentos nas portas das indústrias, quando havia demissões, etc…faziam entrevista com os desempregados na porta da fábrica, no supermercado e mostravam a situação em suas casas.
    Hoje na ditadura petista de esquerda não mostra mais os trabalhadores sendo demitidos in locu e nem números com imagens reais…
    Tínhamos mais liberdade, inclusive de imprensa, e não sabíamos. A imprensa não era controlada como hoje. Bons tempos aquele com mais honestidade intelectual e factual.