Blogs e Colunistas

17/10/2011

às 4:49

Comissão de Ética Pública omitiu investigação sobre Palocci

Por Márcio Falcão e Andreza Matais, na Folha:
A Comissão de Ética Pública da Presidência da República escondeu decisão de abrir investigação contra o ex-ministro Antonio Palocci. Dois procedimentos foram instaurados na véspera da queda do petista, em junho, e propositadamente não houve qualquer divulgação à imprensa, o que contrariou tradição do colegiado e decisão da maioria. É o que revelam duas atas da comissão nos dias 6 de junho e 1° de julho. Palocci chefiou a Casa Civil e era o ministro mais influente do governo. Deixou o cargo após a Folha revelar que seu patrimônio aumentou 20 vezes em quatro anos e sua empresa de consultoria faturou R$ 20 milhões no ano eleitoral de 2010, fatos que não conseguiu justificar publicamente.  O presidente em exercício do colegiado à época, Roberto Caldas, foi quem decidiu que não comunicaria à imprensa a respeito da abertura do procedimento preliminar contra Palocci.

Cobrado em reunião seguinte sobre por que não comunicou o fato aos jornalistas, apesar de, numa votação informal, a maioria dos conselheiros ter se posicionado a favor da divulgação, Caldas alegou que considerava “ilícito fazê-lo” porque na sua avaliação as investigações têm caráter “reservado”. Na reunião, em 1° de julho, ele reconheceu ser “uma tradição” da comissão divulgar a instauração dos casos envolvendo ministros, mas justificou sua decisão alegando que “a expressão é uma liberdade fundamental, não uma obrigação”. Aqui

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

30 Comentários

  1. Gamal

    -

    21/01/2012 às 14:51

    Palocci continua mandando na Receita Federal. O ministro-consultor tinha 3 homens de confiança no fisco federal. Rachid, Barreto e Medina. Barreto é o atual secretário e Medina (que foi secretário do governador Arruda) está na assessoria direta lotado no gabinete de Barreto.
    Não por acaso, a consultoria de Palocci foi e continua sendo um sucesso….

  2. Verno Jurck

    -

    17/10/2011 às 22:35

    Muito interessante esta comissão de ética. Acho que de ética ela não tem nada. esta comissão é formada por pessoas a serviço do PT, e com certeza o resultado da investigação contra o Ministro Silva já está decidido: Não há provas que condenem ele. Aliás desde que Lula assumiu no primeiro mandado, a ética foi colocada de lado, ela foi substituída pela corrupção, porque nos oito anos de Lula e quase um ano de Dilma, se roubou muito mais do que nos 113 anos de república anteriores ao PT. O PT assumiu o poder e conseguiu colocar membros de sua quadrilha em todos os órgãos do Governo, e o povo que paga. Este Ministro disse hj que o policial que o acusa é bandido, criminoso, mas como ele explica então que durantes anos e anos foram do mesmo partido, foram aliados na corrupção, e que ele recebeu tantas verbas se é bandido? Ora, fácil de entender…compra de silêncio. Boca fechada não diz asneiras. E interessante que aqui no Brasil tudo só é descoberto porque a imprensa descobre, porque os órgãos Federais que deveriam combater a corrupção e investigar irregularidades, também estão corrompidas. Cidadãos honestos deste País, enquanto o PT estiver no poder, enquanto Lula e Dirceu mandarem, a corrupção só vai aumentar.

  3. Theo

    -

    17/10/2011 às 19:23

    … é!!! mais uma instituição sucateada pelo lulopetismo.
    E continuamos a pagar impostos sem representação. Mas que $#%@@$%¨%*&¨%@…

  4. baruch

    -

    17/10/2011 às 14:30

    COMISSÂO DE ETICA PÚBLICA UM BANDO DE PELEGOS DE ALTO COTURNO
    ESCOLHIDOS PELO CARATÉR DE ESPERTEZA E VELHACARIA!!!!!!E UM APARELHO DO CONLUIO CUTO-PETO-CUTISTA PARA DAR RESPALDO Á QUADRILHA DO APEDEUTA DA SILVA E SEU BANDO DE CELERADOS.

  5. Karla

    -

    17/10/2011 às 12:54

    Está fora.
    Caldas não conhece uma máxima de de Thomas Jefferson: Homem público é patrimônio público; como tal não deve estar protegido por nenhum tipo de sigilo.
    A Comissão de Ética ficou abaixo da crítica nesse caso.
    Reprovada etica e politicamente.

  6. AKA(STRO) 47

    -

    17/10/2011 às 12:34

    virou COMISSÃO DE ÉTICA PRIVADA !!

  7. nathaniel

    -

    17/10/2011 às 12:18

    “a expressão é uma liberdade fundamental, não uma obrigação”
    esse roberto caldas é apenas um canalha se refugiando na liberdade de expressão para justificar atitudes sem justificativas
    .
    Mas esse é o conselho de ética da presidente Dilma no 3o mandato do dr lulla pai sumido-quando-a-turma-é-pega
    .
    os petralhas e os pmdbistas são contra o voto distrital por isso mesmo, para darem tapas na nossa cara e não podermos fazer nada pois agora já era….
    vOTO DISTRITAL NELES vambora galera precisamos espalhar isso o quanto antes, daqui a pouco a máquina de propaganda petralha / pmdbista entra em campo (imaginem as campanhas maravilhosas para nos orgulharmos de ser brasileiros que não devem estar sendo preparadas… choro só de pensar em como sou feliz e não sei) e já viu né. Portanto voto distrital neles já.
    .
    Vcs viram q os programas de renda são apenas metade do valor pago em juros aos bancos pelo Brasil, para mudar isso só o voto distrital
    .
    Vcs viram q o brasil investe + ou – R$43 bilhões em infraestrutura em nossos visinhos e somos chamados de imperialistas, tomaram a pêtêbrás na bolívia, com exército e tudo mais, somos chamados de sacanas pelos argentinos e nossos produtos são barrados lá, o equador, a venezuela, todos recebem fortunas do brasil e temos q criar imposto para a saúde? pagamos o dobro do gasto com o bolsa família para os bancos e temos que criar um novo imposto para a saúde?
    .
    VOTO DISTRITAL NELES
    PERGUNTEM POR AÍ SÓ PETRALHA E PMDBISTA É A FAVOR E NÃO CONSEGUEM SE JUSTIFICAR
    .
    SE NÃO PEGARMOS A RÉDEA DO BRASIL ELE SERÁ TOMADO CADA VEZ MAIS PELO LULLISMO/PMDBISMO CUIDADO BRASIL!!!!!

  8. Jotinha

    -

    17/10/2011 às 12:12

    Rabo preso!

  9. CLAUDIO FRANCISCO

    -

    17/10/2011 às 12:04

    Já pensaram se esse homem abre a boca sobre umas questões havidas lá atrás, no interior de São Paulo?

  10. George

    -

    17/10/2011 às 11:35

    Eu conheço isso como “gangue”

  11. Indignado

    -

    17/10/2011 às 11:31

    Esse ministro estrupador de sigilo bancário e que tem património ampliado com recursos ilícitos, vai ficar IMPUNE?
    “A IMPUNIDADE destrói qualquer cahnca de futuro”.

  12. SergioL

    -

    17/10/2011 às 11:22

    Nadica de nada aconteceu com a fortuna do estuprador de conta corrente. Nadica de nada acontecerá com ninguém, tenha ele Caldas no nome ou não.
    Se os pagamentos dos salários de todos so vivaldinos que fazem parte do colegiado dirigido pelo anti-ético Caldas é pago sem atraso e com todos os bonus possiveis, por que é que algum jornalista pensa que tais anti-éticos estejam preocupados com ética?

  13. Helena

    -

    17/10/2011 às 10:44

    CONIVENTE!!!

  14. NICOLA FILHO

    -

    17/10/2011 às 10:42

    O princípio constitucional da publicidade deve informar todos os atos administrativos. Portanto, informar não é direito do administrador, é sua obrigação.

  15. Silva Júnior

    -

    17/10/2011 às 10:27

    Comissão de Ética formada por Petista é piada pronta! Esses canalhas desmoralizaram a Comissão de Ética Pública.Criada como uma entidade séria foi apararelhada e humilhada por estes pulhas. Que nojo dessa gente desclassificada.

  16. Ana Lúcia

    -

    17/10/2011 às 10:22

    Eles precisam gravar isso:
    “Quem pode mais, pode menos”

  17. MINEIRIN INVOCADIN

    -

    17/10/2011 às 10:11

    Reinaldo,esse pilantra deve ter “a calda” presa junto ao língua presa de fala mansa,e ficou com medo de “entornar a calda!”Vou no popular:safado!Brasil,país rico em safadeza(e,pelo visto,em ocultação de sujeiras petralhas!)!

  18. Chacon

    -

    17/10/2011 às 10:00

    Quando o presidente da Comissão de Ética toma uma decisão contrária do que foi votado e falta com a…ética, o que fazer? Ja sei, vou chamar o Homem-Cueca. Abraço

  19. Adriano

    -

    17/10/2011 às 9:46

    Reinaldo,
    Você já falou isso milhões de vezes no blog, mas essa turma não aprende. A liberdade fundamental de privacidade a que tem direito um cidadão comum (como diria o Sr. Sarney), não é o que está em jogo quando se trata de um agente público em casos que envolvem questões de Estado. Para estes esta liberdade é diminuída por conta da função que exercem e do interesse público, o qual, este sim, é necessariamente aumentado, para proteção de todos. A pergunta a fazer é: a quem serve Roberto Caldas, a Palocci ou ao Brasil?

  20. Angelo

    -

    17/10/2011 às 9:12

    Senhores,Comissão de Ética Pública,que credibilidade tem
    perante a opinião pública?,nessa pseudo democracia.!!!

  21. CASSILDO

    -

    17/10/2011 às 8:44

    Roberto Caldas, seu ato foi anti-ético.

  22. Felipe Lucas

    -

    17/10/2011 às 8:36

    teste

  23. Paulista Meditando

    -

    17/10/2011 às 8:30

    Ha,ha,ha, comé que é?
    comisão de que?
    kkk, conta outra…

  24. Bene

    -

    17/10/2011 às 8:07

    Que falta de ética do presidente do Colegiado na época em não divulgar a imprensa! É sempre assim, na votação todos participam, mas na hora da divulgação só o presidente do colegiado decide em benefício do investigado e da presidente.
    Isto depõe contra os demais membros da “Comissão de Ética Pública da Presidência da República”, ainda mais que a decisão partiu do próprio presidente do Colegiado.
    E como fica a Comissão de Ética Pública da Presidência da República?
    Podem ter certeza que fica desacreditada!…

  25. Observer

    -

    17/10/2011 às 8:04

    Dilma deveria indicar o Palocci para a Comunidade Européia, pois um cidadão que conseguiu multiplicar por 20 seu patrimonio deve resolver o probleminha deles com o pé nas costas.
    Talvez seja melhor abrir um concurso interno, pois no PT tem muita gente com essa credencial.

  26. SILVIO

    -

    17/10/2011 às 7:57

    DUAS PALAVRAS QUE O LULO-PETISMO AVACALHARAM: ÉTICA E DEMOCRACIA….

  27. CAÇA PETRALHAS & CIA

    -

    17/10/2011 às 7:41

    Tio Rei, boa segunda

    Precisamos saber que é esse delinquente intelectual de nome Roberto Caldas, concorda?

    Mas de resto essa comissão nada apura, lastimável, nem deveria existir, pois não cumpre seu papel institucional.

    Bola pra frente , Tio Rei, Deus lhe ilumine e lance dávidas de saúde e paz, extensivo a sua familia.

  28. Nilo

    -

    17/10/2011 às 7:36

    algum ainda duvida que este senhor foi devidamente orientado ?? deveria ser ejetado do cargo já que não entende do riscado

  29. Antonio Augusto Carvalho

    -

    17/10/2011 às 6:43

    Eis aí o pt em toda a sua essência: “a expressão é uma liberdade fundamental, não uma obrigação”. Por isso eu concluo a base argumentativa do que foi dito: como não é essencial, pode ser suprimida de todo o cidadão!

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados