Blogs e Colunistas

25/11/2011

às 6:55

Artista, malabarista, açougueiro e jornalista têm o direito de ter o miolo mole. Mas tem o dever democrático de agüentar a crítica. Ou: Falar mentiras é diferente de ter uma opinião

No mundo inteiro, meus caros, celebridades, especialmente as ligadas ao showbiz e ao mundo das artes, vivem dando opiniões. E falam com ainda mais paixão sobre aquilo de que não entendem. No Brasil, por razões várias, esse traço é ainda mais acentuado. Conversava, na tarde de ontem, com um jornalista amigo, que atua em Brasília, um gigante da profissão, e concluímos que isso vem daquele tempo em que todos combatíamos a ditadura, e qualquer opinião que fosse “contra o regime valia a pena”. Assim, Chico Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil, para citar três exemplos, digamos, icônicos, se confundiam com autoridades em todos os assuntos, até… música popular! Economia, política, filosofia, poesia, sociologia, relações internacionais, qualquer coisa. Caetano, se não me engano (pode ser apenas uma memória generosa e falsa que tenho dele), chegou a fazer blague de si mesmo, com sua mania de opinar sobre tudo. José Guilherme Merquior afirmou certa feita que ele era um “intelectual do miolo mole”, e o cantor concordou em parte, num exercício de auto-ironia. Bem, Caetano e Chico andam meio afastados das polêmicas; no lugar, há um tal Moron, Moroni ou algo assim. Não parei para ver quem é. Sigamos.

Artista pode opinar sobre temas que estão fora de seu ofício? Ora, claro quem sim! Também são cidadãos. Mas seria recomendável que não procurassem usar a “autoridade” ou apreço que conquistaram em sua profissão para conferir peso a tolices que pura e simplesmente ferem os fatos. As Organizações Globo divulgaram seus Princípios Editoriais, válidos para o jornalismo. Eles regulam, entre outras coisas, o comportamento dos jornalistas que trabalham para as empresas do grupo, que não devem, por exemplo, fazer campanhas políticas. É o correto. Ou a isenção estará comprometida. Artistas não são jornalistas, sei disso, mas como ignorar o fato de que a “autoridade” que supõem ter para se posicionar sobre o Código Florestal, a usina de Belo Monte ou os royalties do petróleo lhes foi conferida por uma marca — a Globo — de quem se espera aquele compromisso com a verdade? Um “Gota d’Água” com estrelas de outra casa seria solenemente ignorado. Não dá para fingir que a emissora não tem nada com isso. Talvez seja chegada a hora de estabelecer alguns “Princípios” também para os artistas contratados.

A Internet é um instrumento poderoso, e cá estamos nós — não é, leitores? na labuta diária: esclarecendo, opinando, levando pancada, batendo de vez em quando, já que a turma “do lado de lá” é chegada a dar rasteira e voadora, e cumpre não se intimidar. Mas as chamadas redes sociais também são instrumentos de propagação da ignorância, do atraso, da vigarice intelectual. Se não estivermos sempre atentos, e vou evocar um jogo de palavras antigo, mas útil neste momento, a força do argumento acaba cedendo ao argumento da força. No caso da Internet, a “força se torna argumento” quando uma maioria relativa (vale dizer: a maioria dos que se expressam na rede) pode dizer ou aderir a uma tolice e, por mais errada que esteja, sufocar aqueles que discordam.

Foi o que aconteceu com o tal vídeo “Gota d’água”, estrelado pelos globais. A quantidade de bobagens, de mentiras, de simplificações e de parvoíces ditas ali é certamente recorde para um filmete de cinco minutos. Mas todos eles estão muito convictos, certos de que aderiram a uma boa causa e de que são os santos guerreiros protetores da natureza contra os dragões da maldade que querem destruir a floresta. O post que escrevi evidenciando algumas das bobagens gerou um baita sururu. Chegou a dar pau no sistema! Houve três ordens de reação: alguns que comungavam do meu ponto de vista ficaram contentes ao vê-lo expresso; outros tantos se surpreenderam porque não haviam se dado conta das tolices, e houve o terceiro grupo que, ao constatar a verdade sem o sutiã da mistificação, ficou ainda mais furioso — este preferiu me atacar e me acusar de querer censurar os atores. Eu não quero censurar ninguém! Ainda que ache que eles cometem uma espécie de “abuso de autoridade estética e ética”, já que usam aquilo de que entendem para sentenciar sobre o que não entendem, que falem! Mas que tenham a decência de ouvir o contraditório. Mais do que isso: cada um pode ter a opinião que quiser; mentir não pode!

Simplificação grosseira
O vídeo traz uma soma vergonhosa de mentiras e é de uma ligeireza absurdamente irresponsável. O Brasil não precisa de energia apenas para que os brasileiros “assistam à novela”, como afirma Marcos Palmeira — até parece que seu ofício principal é outro e que ele ganhou notoriedade por ser produtor de morango orgânico… Também não é para que uma loura lá, outra que não sei quem é, possa carregar as baterias do “iPhone, do iPod, do iPad, do iTudo”, como ela diz, fazendo-se de mais tonta do que provavelmente seja na vida real.

Sem energia, as indústrias têm de parar, e há desemprego em massa. Sem energia, os hospitais públicos têm de parar (os dos ricos contam com gerador), e os pobres ficarão com seus respectivos abdômenes abertos, nas salas de cirurgia. Sem energia, os investidores deixam o seu dinheiro no banco porque não vão se arriscar a ter um apagão pela frente. Sem energia, não há crescimento econômico, e a pobreza e a miséria se alastram, e os remediados ficam pobres.

A novela do Palmeira ou o “iTudo” da loura que se faz de louquinha são só a expressão doméstica e a privada do uso da energia. Belo Monte é uma questão que diz respeito ao planejamento estratégico — ela, as demais usinas em construção e outras tantas que terão de ser feitas. Essa gente, sem querer, expõe um aspecto que sempre apontei no ecologismo doidivanas, embora seja ricamente financiado por potentados econômicos estrangeiros: seu aspecto obscurantista.

Vocês acham mesmo que aqueles bacanas se ocuparam ao menos de ler a respeito? Tentaram se informar? Pensaram minimamente sobre o assunto? Nada! Ou não diriam aquela coisa estúpida: já que a usina vai gerar apenas um terço do seu potencial (na verdade, é mais, em torno de 40%), então não pode ser feita! Como se o Brasil pudesse abrir mão dos 40%. E não pode! E só será assim, como deixei claro, em razão das imposições ambientais. Perguntem à China, à Rússia ou à Índia, países emergentes como o Brasil, se buscariam ou não fazer a sua “Belo Monte” render o máximo… Eles, que não dão a menor bola para danos ambientais gigantescos (e não sugiro que o Brasil siga a trilha) o fariam ainda com mais gosto se o dano ambiental fosse, como seria o nosso ainda que se fizesse o grande reservatório, mínimo!

Que fique claro:
1
– O Brasil não precisa de energia elétrica só para satisfazer os chiliques da turma do “iTudo” e da novela;
2 – a usina não vai inundar terras indígenas;
3 - a usina não vai desalojar índios;
4 – a usina não vai mudar substancialmente o regime do rio Xingu;
5 – a inundação, como o demonstrado, é ridiculamente pequena; mais: parte dela já é inundada hoje no período das chuvas;
6 - a energia utilizada não será usada apenas pelos “grandes capitalistas”; é mentira! 70% será comprada pelas redistribuidoras, que venderão aos brasileiros, NÓS TODOS, que precisamos de energia, sim!;
7 – ainda que fosse energia apenas para empresas, é bom lembrar: elas geram empregos para os brasileiros, que, assim, se livram da pobreza; brasileiros que têm o direito de trabalhar, assim como aqueles atores da Globo;
8 – as populações ribeirinhas, não-índias, que serão desalojadas vivem hoje numa situação de extrema carência, de miséria; se esses atores querem ser úteis, deveriam se organizar para verificar se as condições de reassentamento serão mesmo adequadas. Mas isso dá trabalho.
9 – é impossível — APENAS ISTO: IMPOSSÍVEL — abrir mão das hidrelétricas em favor da energia eólica ou solar porque é técnica e financeiramente inviável;
10 – a crítica que poderia ser pertinente — o custo da usina aos cofres públicos — se perde na boçalidade à medida que os “artistas” não estão debatendo o peso excessivo do estado no empreendimento, mas tentando afirmar que tudo não passa de desperdício. É uma bobagem! UM PAÍS TEM A OBRIGAÇÃO DE FAZER INVESTIMENTOS EM INFRA-ESTRUTURA. Querem lutar contra uma bobagem? Combatam a estupidez do trem-bala. Mas sei: isso não chama a atenção do Sting ou do Leonardo DiCaprio…
11 – índios, senhores patetas, precisam, sim, de educação e antibióticos, como todos nós. A idéia de que eles vivem bem nas carências da mata é coisa de gente estúpida, desinformada ou cruel.

Perversidade dos bacanas
No texto em que fundi um pouco de política com memória texto em que fundi um pouco de política com memória (aquele do ferrorama), abordo a perversidade dos bacanas, que costumam ter uma visão um tanto turística da pobreza. E assim é também com a natureza. Essa gente vê o seu próprio país pelo filtro das celebridades preservacionistas americanas ou européias, devidamente financiadas por entidades que não têm qualquer compromisso com o desenvolvimento do Brasil. Não se trata de nenhum juízo conspiratório, não! Trata-se da coisa mais comezinha do mundo: interesse.

Já lhes falei, por exemplo, daquele estudo intitulado “Farms Here, Forests There”, feito nos EUA. Estava sendo divulgado por uma ONG chamada, imaginem!, “Union of Concerned Scientists”. Trata-se de uma “União de Cientistas Preocupados” com o meio ambiente, amiguinha dos nossos ambientalistas, como Marina Silva, por exemplo. Ora, quem é que deu dinheiro para o tal estudo “Fazendas aqui (nos EUA), Florestas lá (no mundo emergente, como o Brasil)? Os grandes agricultores americanos! Eu estou falando de fatos, não de teorias conspiratórias.

Essa gente pode ser boba o quanto quiser e falar as asnices que desejar. Mas têm de se expor à crítica e saber que asnices são. Num dos posts abaixo, há um vídeo em que um rapaz desmonta, com paciência chinesa, cada uma das mentiras influentes sobre Belo Monte. Fui checar as informações que ele veicula. São absolutamente verdadeiras, e suas contas são tecnicamente procedentes.

Eu não me oponho a que Maitê Proença tire o sutiã. Ao contrário: ainda que com poucas informações, não fornecidas pelo vídeo, eu sou é a favor. Mas não por causa de Belo Monte. Esse negócio de tirar sutiã em razão de causas ficou lá com Betty Friedan. Verdadeiramente contestador hoje é tirar o sutiã sem causa nenhuma. Só porque deu vontade.

Como vou esquecer de Vinicius, nesse caso?
(…)
Vós que levais tantas raças
Nos corpos firmes e crus:
Meninas, soltai as alças
Bicicletai seios nus!
No vosso rastro persiste
O mesmo eterno poeta
Um poeta – essa coisa triste
Escravizada à beleza
Que em vosso rastro persiste,
(…)

Por um mundo sem sutiã e de luz acesa!!!

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

274 Comentários

  1. Mozer

    -

    25/04/2012 às 10:55

    Excelente post,tem tudo que falta hoje em dia a população brasileira,informação,verdadeira sem interesses pessoais de manipular a opinião alheia.Parabens!!

  2. Tiago Bartz

    -

    06/12/2011 às 23:28

    Reinaldo, já percebi meu erro (bem grave, por sinal). Estou formando uma opinião sobre algo que está ocorrendo agora a partir de um princípio que nem sequer existe ainda (o princípio libertário de propriedade privada, que não daria certo se aplicado atualmente no mundo, por mais lindo e justo que seja). É simplesmente maluquice mesmo. Partindo-se desse princípio, retirar pessoas de uma região na base da força está errado (sejam indígenas ou uma população ribeirinha minúscula qualquer), mas não tem outro jeito. Sem contar que eu teria que me alinhar com os ambientalistas mais fanáticos (e pra isso teria que ser muito maluco mesmo, como já demonstrado aqui: http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=1157). Apenas me precipitei sem ler o suficiente. Erro meu. Abraço.

  3. Tiago Bartz

    -

    06/12/2011 às 19:37

    Só não entendi como ‘desalojar’ indígenas não implica justamente em desrespeitar os direitos de propriedade deles (se estão lá por um bom tempo e não roubaram aquilo de ninguém, é deles. Ou tudo é do Estado -fascismo/socialismo- antes de ser de alguém?).

    Antes de serem índios, são pessoas. Desde quando o governo tem direito de remover quem quiser de qualquer área? Não é a propriedade privada um direito fundamental?

    REINALDO PERGUNTA

    Qual indígena será desalojado de onde?

  4. Tiago Pache

    -

    28/11/2011 às 17:28

    Excelente post Reinaldo.
    Nessas horas é que vemos o quanto podemos ser manipulados pela “mídia”.

  5. Cil

    -

    27/11/2011 às 4:51

    Eu até acho que é importante brigar pelo meio ambiente. Mas, no andar em que anda a coisa, não haverá luta pelo meio ambiente que supere a corrupção Brasil afora. Cadê que estes mesmos artistas vem a público para ‘fazer a cabeça’ dos telespectadores contra a corrupção? Sarney foi vaiado duas vezes no Rock in Rio, mas foi repercutido por estes artistas fora da internet? No máximo, eles expressam seu apreço pelos Belos da vida. Esta semana saiu o resultado do Latin NCAP em que ficou mais claro ainda que os carros produzidos no BR por multinacionais Americas, Européias e Japonesas são verdadeiras guilhotinas, sendo que estas podem ser consideradas cúmplices no grande número de mortes que ocorrem no trânsito do BR anualmente, diga-se de passagem empresas que tiveram seu lucro… digo ‘negócio’ devidamente protegido contra os ‘terríveis importados’ pelo governo… algum artista veio a público falar alguma coisa???? Informar a população???

  6. natacha

    -

    26/11/2011 às 17:53

    muito lúcido, Reinaldo.Vc sempre passando informaçoes precisas, corretas, centradas na realidade dos fatos e não no romantismo.O papel do jornalista é este mesmo.Manter-se bem informado para para informar os leitores com precisão e …….., queiram ou não ,formar opinião.Parabéns.Continuarei a lê-lo e …..assim, formar minha opinião , a esquerda e os Petralhas queiram, ou não.

  7. Reginaldo Gadelha

    -

    26/11/2011 às 14:05

    Essa gente não vê o nível de descalabro que assola nossa política, as roubalherias, as falcatruas, as mutretas, as picaretagens ? Porque eles não se empenham em denunciar os ladrões ao invés de fazer côro sobre matéria da qual não conhecem ?
    Quer dizer que a energia gerada vai só pros ricos ?
    Quanta besteira……

  8. Renata

    -

    26/11/2011 às 11:58

    China e Rússia são ditaduras, né, Reinaldo…
    Nem precisa ir aos grandes usuários de energia, como hospitais e indústrias. Com a população que temos (no Brtasil e no mundo), e que continua crescendo (ninguém que queira ter filhos vai abrir mão desse direito), acabaremos ficando sem energia é nas nossas casas! Os bacaninhas aí estão dispostos a voltar ao tempo da fogueira, da vela e do lampião a óleo? E como as velas e lampiões serão fabricados e o óleo produzido na quantidade necessária? A fabricação e uso deles também polui. Fogueiras também poluem, e usam lenha que vem da floresta…
    É essa hipocrisia que mata. Todo mundo é a favor do meio ambiente. Mas ninguém quer abrir mão do seu conforto e suas necessidades que são providos pela exploração do meio ambiente. Que tal agir, não jogando lixo no chão, não deixando torneira aberta nem luz acesa? Parem de falar e gastem seu dinheiro investindo em soluções técnicas e arquitetônicas para tornar suas casas ecologicamente corretas! Claro que custa dinheiro!

  9. belmiro goncalves do nascimento filho

    -

    26/11/2011 às 0:05

    reinaldo por que esses atores nao se mobilizam para o Brasil investir mais em ciencias e tecnologia? Gostaria de saber onde esses artistas moram e qual o padrao de vida que eles tem. morar em uma cobertura na barra com tudo de bom a sua volta e facil falar em natureza. quero ver morar na beira de um rio sem infra-estrutura nenhuma,passando necessidades basicas, na maioria dos casos e nao querer avancos em nome da floresta. Na minha opiniao pra esses artistas quanto mais ignorante o povo melhor. quando as pessoas tem como fazer escolhas na vida, tem mais oportunidades, nao irao passar tanto tempo em frente as tvs.

  10. Nelson

    -

    25/11/2011 às 23:54

    Só faltou a Torlone!A defensora da Amazônia(sic)!!!!

  11. OBSERVANDO O MUNDO

    -

    25/11/2011 às 20:43

    Reinaldo

    Uma coisa que não consigo entender é a crítica que alguns fazem: “essa energia toda vai para grandes empresas, não é nada para o povo”.

    1. Primeiro é falso, pois aqui mesmo já se demonstrou que 70% será para pequenos consumudores.

    2. Mesmo que fosse o contrário, que a maior parte fosse vendida para grandes industrias, qual seria o problema? Grandes industrias não produzem produtos que são necessários? Grandes industrias não geram empregos diretos? Grandes industrias não mobilizam uma grande cadeia produtiva, que também gera empregos? Grandes indústrias, e as pequenas que as acompanham, também não geram impostos que podem resultar em bem para o povo (se aplicados corretamente)?

    Alguém dirá: O que a indústria produz só é útil aos Brasileiros se for consumido aqui, se for vendido para fora é inútil. Como assim?! Pelo poouco que sei de economia, um pais só consegue comprar o que precisa se vender também a outros, bens e serviços.

    Finalmente alguém dirá: Se for uma multinacional não nos dá vantagem alguma, pois remete parte do lucro para fora. Eu respondo: Além de todas as vantagens que já citei, apenas parte do lucro pode ser remetido, pois a indústria tem de investir para se atualizar. E digo mais: que é melhor? que algo seja produzido e não fiquemos com toda a vantagem dessa produção, ou que se produza menos e fiquemos com toda a vantagem? Sejamos mais racionais e menos mesquinhos.

  12. Carlos M.

    -

    25/11/2011 às 19:48

    Tio Rei,

    Assiti ao video feito pelos artistas brasileiros e também ao original americano. O interessante é que o video americano é por uma causa geral ligada à política, ou seja, votar, e o nosso é parte de uma agenda política, ou melhor, politizada, e além disso muito restrita.

    Se vc assistir a ambos os vídeos sem som, verá que os nosso artistas tiveram um razoável desempenho ao chupinar o trabalho de gente mundialmente conhecida, como por ex. o Leonardo di Caprio.

    Ora, tio Rei, imagino só o frisson que deve ter sido p/ essa turma participar de um video que os compare, de alguma forma, aos famosos americanos. Tem gente que não deve nem ter dormido depois disso. Deve ter mexido com a vaidade de muita gente, hehehe.

    E aí vem o nosso querido tio Rei descendo a borduna nos nosso cucarachas pelo conteúdo da mensagem, e foi aí que o bicho pegou. Os nossos cucarachas não estão nem aí p/ o tema. O que queriam é só mostrar que podiam interpretar os originais.

    Errou quem teve a idéia do plágio sem se aperceber das diferenças de tema, e erraram mais ainda os nossos cucarachas em querer aparecer de qualquer maneira. Fico só imaginando as comparações do tipo, o meu Leonardo di Caprio foi melhor do que o original, hehehe. Pobres cucarachas.

    Abs,

  13. Anónimo

    -

    25/11/2011 às 19:23

    Diacho!!! Hum!!

  14. Raissa Pedra

    -

    25/11/2011 às 19:13

    Reinaldo,boa noite.
    Fiquei pensando sobre a relação da tirada do sutiã com o protesto contra a construção da usina de Belo Monte e não consegui atinar com nenhum objetivo lògico,a não ser que:
    A protagonista tenha feito uma plástica perfeita e tenha querido exibir os belos seios novos,pois já faz tempo que saiu vestida de Eva na novela D.Beija,época em que podia espo-los ao natural,sem necessidade de silicone e/ou bisturi.Se estivesse em campanha de aleitamento,a tirada do sutiã era necessária e convincente.Mas para uma usina,
    só pode ser marketinq pessoal.

  15. Cactus

    -

    25/11/2011 às 19:07

    Alguma coisa me diz que estes “artistas” (com aspas mesmo) querem ser os paladinos da consciência humana.

    Estão mais para arautos…

  16. jbsilva41

    -

    25/11/2011 às 19:07

    Endossando a idéia de que certas Ongs preservacionistas defendem interesses contrários aos declarados, tenho a seguinte hipótese: tais entidades apregoam que os recursos ambientais dos países subdesenvolvidos sejam preservados pelo simples fato de que quando tais recursos se tornarem necessários eles terão dinheiro suficiente para comprá-los.

  17. Osvaldo P. Castanha

    -

    25/11/2011 às 19:07

    A pergunta que não quer calar: Por que a Maitê virou-se de costas assim que tirou o sutiã e a blusa? Será que foi uma estratégia para não mostrar o que os seus 53 anos fizeram com os seus “belos montes”?

  18. Anónimo

    -

    25/11/2011 às 19:06

    Alguma coisa me diz que estes “artistas” (com aspas mesmo) querem ser os paladinos da consciência humana.

    Estão mais para arautos…

  19. Cláudio de BSB

    -

    25/11/2011 às 19:02

    Prezado Reinaldo,
    Encerrar o seu magnífico texto com versos do Poetinha (V M)foi demais. Só faltou acescentar (também do Poetinha) AS FEIAS (Marina e cia) QUE ME DESCULPEM MAS A BELEZA É FUNDAMENTAL.

  20. Soares

    -

    25/11/2011 às 18:31

    Uma das coisas mais peculiares do Brasil, sobretudo dos alardeados “formadores de opinião” – estejam eles em grandes veículos de comunicação ou em pequenos blogs desconhecidos -, é que poucos, muito poucos, são verdadeiramente analistas da situação em que vivemos. Suas preciosas opiniões são normalmente construídas sobre raciocínios sofismáticos que, desde muito tempo, tem sido repetidos à exaustão, martelados como verdades incontestes. E, bom, acaba que eles realmente se tornam verdades incontestes, bem ao estilo goebbelsiano.

    Um grande problema dessas criaturinhas rastejantes é que, quando contestadas por alguém que consegue enxergar além dessa trama de delírios que constitui sua verdade fundamental, são incapazes de defender seu ponto de vista com propriedade. Parece que a argumentação lógica do outro aciona dentro delas um mecanismo de defesa, qual besta acuada: baba, rosna, eriça os pêlos e arreganha os dentes num esgar ameaçador. Mas não se enganem. Essa reação não é voltada apenas para a pessoa que contestou suas verdades, mas, antes de tudo, uma admissão inconsciente de sua patente incapacidade de reagir à altura.

  21. Ana Lúcia

    -

    25/11/2011 às 17:58

    Acredito que toda essa confusão, que se faz em torno da construção, ou não, da Usina de Belo Monte, é decorrente, única e exclusivamente, da FALTA DE CONFIANÇA DO POVO BRASILEIRO em relação À ESTE GOVERNO DO pt. Afinal de contas, passados mais de oito anos de mentiras, corrupção desbragada, incompetência, má gestão em todos os níveis de governo QUEM?, em SÃ CONSCIÊNCIA, ACREDITA NAQUILO QUE É DITO E FEITO PELO GOVERNO? Daí as DÚVIDAS, a polêmica à falta de esclarecimentos corretos que deveriam ser dados pelo governo, pela imprensa, pelas pessoas gabaritadas para tal.
    Confesso que só agora, após ler e entender os seus posts sobre esse assunto, e porque CONFIO EM VOCÊ, é que MUDEI DE IDÉIA!

  22. Zé Picolé

    -

    25/11/2011 às 17:28

    EU TAMBÉM QUERO ME DIVERTIR. ACHO QUE FALTOU NO VÍDEO A INTELIGÊNCIA DA XUXA! TALVEZ COM OS DOIS NEURÔNIOS DA MOÇA MAIS O PRIMEIRO SUTIÃ TIRADO POR BELO MONTE, COISA QUE NINGUÉM ESQUECE, DARIA A VITÓRIA AOS INDIGNADOS DA GLOBO.

  23. Ricardo D

    -

    25/11/2011 às 17:08

    Artista se acha especialista e representante do povo. Será que não entra na cabecinha deles que fama não é mandato?
    Mesmo assim, se eles não dissessem tanta besteira até daria para relevar.

  24. Curioso de Matão

    -

    25/11/2011 às 16:12

    E a Globo?
    Vai ter Globo Repórter sobre Belo Monte?
    :-)

  25. matheus

    -

    25/11/2011 às 16:11

    Sobre o ponto 10, ressalva-se que, alem do custo da própria hidreletrica, deve ser considerado, ainda, o altíssimo custo para construção do linhão ligando a hidreletrica aos mercados consumidore, bem longe da região amaônica!!!!!!Para colocar essa energia nas restribuidoras estima-se que será um custo, segundo o Jornalista e pequisador Lúcio Flávio Pinto, de até 1/3 do valar da hidreltetrica!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  26. Sergio

    -

    25/11/2011 às 16:10

    concordo vom você Reinaldo.
    Este bando de desinformados acha que o Brasil se resume a Av. Paulsita e Copacabana.
    Quero ver eles viveram com lamparina e fazendo comigo em fogão a lenha lá no meio do mato !!!
    Parabéns!!!

  27. odair

    -

    25/11/2011 às 16:09

    Os bonitinhos da Globo tem um potencial muito grande de energica e não necessita de Belo Monte. Basta retirar o Biogas com estrume de amimais no próprio subsolo.

  28. matheus

    -

    25/11/2011 às 16:01

    Em relação reitero que, como demonstrado nos artigos de Phiolipe Ferasniside, a minha crença na não viabilidade da tal usina ]! Leiam os textos: http://g1.globo.com/platb/natureza-philipfearnside/2009/09/09/belo-monte-justificativas-goela-abaixo/

  29. zamir anjos

    -

    25/11/2011 às 16:01

    A turma de artistas contra Belo Montes é aquela classe de gente burguesa que tem o seu cantinho verde para fazer suas yogas,manter sua alma ligada a natureza fundindo assim a exemplo da turma que gosta da fumaça da folha no cérebro, seu exercício espiritual.Eles acham que isto é possível para toda população, mas a realidade é outra nua e crua.
    Uma parte da população que adere a causa deles normalmente muito mal tem um lugar para morar, o ambiente é fétido,violento e enfumaçado.
    Todos eles no fundo estão vendendo sem dinheiro um processo religioso,por detrás de um movimento ecologista.O deus pan opera na mente desta gente.

  30. Matemática

    -

    25/11/2011 às 15:59

    “Falem bem ou mal de mim, mas falem de mim.”
    Pois é. Padoriando Carlos Lacerda …
    Popularidade a todo o custo, mesmo pelo ridículo uso da TV.
    Que vergonha!

  31. Nelson Carmona

    -

    25/11/2011 às 15:53

    Duda querido (a), seria um exercício prazeiroso expor aqui os motivos que me fazem acreditar que a construção da usina de Belo Monte é um projeto de néscios. Contudo, e lamentavelmente, meu comentário desagradou o autor do blog tendo sido retirado. Fica claro que minhas considerações sobre o assunto também serão ignoradas. Peço desculpas.

  32. LUCIANO VILELA FLAUZINO.

    -

    25/11/2011 às 15:49

    Oi Dr. Reinaldo! Não conheço muito sobre o Tema “Amazônia”, mas penso que esse ecologismo verdopsicótico delirante não nos levará à bom termo. O Estado Brasil tem demandas urgentíssimas nas áreas de infraestrutura, logística, saneamento básico etc. Esses artistas da Globo deveriam estudar e se informar melhor sobre o assunto AMAZÔNIA e suas problemáticas, incluindo Usina de Belo Monte e outros tantos da Região. Seu Post é esclarecedor!

  33. Francisco

    -

    25/11/2011 às 15:47

    Parabéns Reinaldo por colocar os artistas em seu devido lugar, já faz tempo que ando de saco cheio de ver artista global falando como se fossem só eles os donos da verdade absoluta.

  34. toninho malvadeza

    -

    25/11/2011 às 15:45

    De novo esse tio Reinaldo está coberto de razão.Né JUCA ?

  35. Tutano

    -

    25/11/2011 às 15:39

    Sabemos que o grande talento da maioria destas “artistas” reside em ilustrar o folhetim com a beleza de seus respectivos lordos – o que eu, particularmente, acho ótimo. E, lordo por lordo, faltaram os das meninas dos BBBs.
    Amores, façam o que sabem de melhor. Sejam atrizes de novelas – e vendam peças de baixo, produtos dietéticos, lançamentos imobiliários, produtos de limpeza, etc.
    Não queiram entrujar no pacote a massa encefálica.
    Não dá liga, fica digno de pilhéria.
    Uma senadora desocupada quer criminalizar quem chamar Dilma de “presidente”. Outro senador quer botar na Constituição a obrigação do Estado de proporcionar “felicidade” ao cidadão. Sarney diz que não tem mágoas do povo. O Governo Federal institui a “Comissão da Verdade”, sendo que “verdade” nenhum filósofo até hoje definiu o que seja. Atriz de novela quer mostrar sua intelectualidade.
    Brasil – o país da piada pronta.

  36. Claudino

    -

    25/11/2011 às 15:35

    Ainda sobre Belo Monte. Se o projeto original convencional tivesse sido escolhido, ao invés deste mutilado que ameaça plasmar-se por obra e graça dos ambientalóides e petralhas em geral,a energia que seria gerada poderia chegar a 9000 Mw. Para suprir a diferença é quase certo que ainda terá que ser construído no mesmo Xingú, um pouco mais a montante, a usina de Babaquara, alangando mais 6200km2. O projeto original de belo monte alagaria apenas 1500 km2.
    É ou não uma desgraça a idéia dessa gente?

  37. Kátia Xavier de Azevedo

    -

    25/11/2011 às 15:29

    Vejo que, apesar de estar sempre distante de muitos acontecimentos, penso sobre eles. Sou pesquisadora, jornalista, autodidata, orientadora educacional, ensinei meus filhos a ler desde bebê, leio a Veja com mais frequência, por que hoje leio com maior velocidade, muita velocidade. Graças ao Aletramento Materno, um projeto que desenvolvo para ensinar aos responsáveis como ensinar seus bebês a ler. Consigo ver o vídeo e duvidar. Consigo interpretar estas novas informações e concluir que faz sentido algumas das minhas intuições. Precisamos ler e aprender a pensar sobre o que estamos lendo. Refletir. Mas quando é que alguém vai falar na mídia sobre o Aletramento Materno? Parece que vou precisar ficar rica, estar entre os nobres deputados com poderes, e na Globo, com prestígio, para encantar o povo brasileiro. O que é relativamente fácil para muitos, mas eu não tenho o menor talento para lidar com tanta ficção, tanta maluquice, que acaba dando na nossa tal realidade. Como mudar alguma coisa. Só com muiiitooo Aletramento Materno.

  38. NandoEsposito

    -

    25/11/2011 às 15:26

    Não vou me estender, mas este talvez seja o melhor texto já escrito por V.Sa. Uma verdadeira aula de como fazer uma redação. Na forma e no mérito. Mescla conhecimentos técnicos com sinuosa verve crítica sobre os temas apontados, encerrando com a sua marca e propondo a reflexão. Parabéns.

  39. Eduardo

    -

    25/11/2011 às 15:23

    Daqui a pouco esses artistas “iluminados” vão começar a dar laudo técninco de engenharia civil e ambiental, parecer jurídico, além de receita médica para bicho de pé, malária e barriga amarela. E nesse compasso, vamos desligar nossas televisões e assisti-los encenar suas peças em praças públicas.

  40. Pablo

    -

    25/11/2011 às 15:08

    Vivemos numa época em que parecer é mais importante do que ser. Acho que isto ajuda a explicar por que dão tanta importância a opinião dos especialistas-dublês-de artistas (ou seria o contrario?). De qualquer forma; misturando dois assuntos, se vivêssemos na utopia socialista dos aloprados da USP, os especialistas do globo seriam executados por eletrocução. hahahahahah!

  41. Donata

    -

    25/11/2011 às 15:06

    Sou a favor de Belo Monte e a favor da não retirada do sutiã pela Maytê. Viajei no mesmo avião que ela de Lisboa prá São Paulo há pouco tempo e concluí que, pessoalmente, a maioria das celebridades não são nada disso…

  42. Rosa

    -

    25/11/2011 às 15:05

    No vídeo eles perguntam se conhcemos a Amazonia, eu infelizmente não conhço. Mas eu perguntaria a eles: vcs conhecem Foz do Iguaçu?
    E na opinião deles, o que seria o oeste do Paraná, sem a maior usina do planeta?
    Mais: O que seria o Brasil sem a energia que Itaipu produz?
    Não é por acaso que Foz do Iguaçu é o destino turístico mais procurado pelos estrangeiros: de um lado as Cataratas do Iguaçu, a grande obra de engenharia Divina; do outro a maior obra de engenharia humana do século passado (ainda a maior do mundo) a Itaipu Binacional.

  43. joão silva

    -

    25/11/2011 às 15:04

    Comportamento de quem se acha “semi-deus” esse do grupo de artistas. E ainda por cima plágio de outro grupo de artistas de outro país. Acostumaram mal essa gente ou melhor, aproveitaram da ingenuidade de alguns e a má-fé de outros. Mitos de pés-de-barro que pensam que habitam o Olimpo. Acordem!!!

  44. Márcia Freitas

    -

    25/11/2011 às 15:01

    Reinaldo, a forma clara como você expos a situação da usina fico imaginando que alguns atores que entraram nessa onda do vídeo sem se informarem melhor,foram na onda e que e se tiverem a humildade de reconhecer o quanto foram simples e até ingenuos,daqui pra frente vão fazer melhor uso de suas imagens.

  45. denis

    -

    25/11/2011 às 14:59

    Tb sou a favor de Belo Monte.
    Artistas hipócritas, vão lamber o jabuti do Chico.
    Tchau.

  46. Duda

    -

    25/11/2011 às 14:57

    Querido Nelson, diga o por quê então. Abs.

  47. Anónimo

    -

    25/11/2011 às 14:55

    Por falar na novela Pantanal, outro ator, que não aparece no vídeo, mas que fez par com Letícia Sabatella no caso da transposição do rio São Francisco, foi o Marcos Winter (o Joventino de Pantanal). Na época, num programa da Hebe Camargo no SBT, em plena era PT, ele fez um suspense, dizendo que faria duas revelações. A primeira foi de que era socialista e não tinha medo de admiti-lo (em pleno governo Lula!!!!!!); a segunda, de que sabia que fortunas eram desviadas para o “pagamento da dívida externa”, como se fosse um segredo que ele havia descoberto (!!).

    Eu quase rolei de rir.

  48. Michele

    -

    25/11/2011 às 14:52

    Confesso que também fico preocupada com a real necessidade dessa obra tão polêmica, mas em nenhum momento me passou pela cabeça que não precisamos de energia…a questão é a falta de esclarecimentos,pois na internet achamos todos os tipos de opinião,contra, a favor, piadas…etc.Agora gostaria de saber como ter certeza se a informação é verdadeira?? O cidadão merece essa orientação, porque muitas vezes de forma ingênua,achamos que estamos defendendo o país e seus recursos naturais devido a falta de trasparência em tudo que é planejado.

  49. José Brasil

    -

    25/11/2011 às 14:51

    TEM UMA FORMA BEM EFICAZ PARA QUE AS EMISSORAS COMECEM A FAZER PROGRAMAS QUE DESENVOLVA NÓS BRASILEIROS E NÃO QUE DEIXEM ALIENADOS NESSAS NOVELINHAS DE MERDA, NESTE EXATO MOMENTO ESTÁ PASSANDO O PROGRAMA DE ANGÉLICA QUE MEU IRMÃO INOCENTE ESTÁ ASSISTINDO. VOLTANDO, TEMOS QUE DEIXAR DE ASSISTIR ESTAS EMISSORAS PROMISCUAS, ELES DEPENDEM DE AUDIÊNCIA, VAMOS PARAR DE ASSISTIR ESSAS NOVELINHAS, FAUSTÃO, GUGU, JORNALZINHO DA GLOBO, SE TODOS FIZEREM ISSO, COM CERTEZA MELHORARÁ…

  50. JUNIOR

    -

    25/11/2011 às 14:50

    Um texto absolutamente fascinante, domínio perfeito da imformação e exibição bruta dos fatos. E viva Belo monte

  51. Alvaro Montagna

    -

    25/11/2011 às 14:49

    Brilhante…

  52. Claudio

    -

    25/11/2011 às 14:46

    Da-lhe Tio Rei!!!
    Uma aula!
    Os globais pagaram o maior mico!
    Ainda bem que temos você, sempre alerta.
    Matou a cobra e mostrou a cobra!
    Parabéns mais uma vez.

  53. MINO NETO

    -

    25/11/2011 às 14:45

    SINTO QUE A PETRALHADA TÁ MUDA E DESCONCERTADA DIANTE DO BAILE QUE VOCE TÁ DANDO!! rsrsrs

  54. Marcos F

    -

    25/11/2011 às 14:44

    Wow! Uau! Oouoo!
    A bas, les sous-tien!

  55. MINO NETO

    -

    25/11/2011 às 14:43

    REINALDO, JÁ OUVE DIAS EM QUE EU DISSE: “REINALDO, HOJE VOCE ESTA INSPIRADÍSSIMO”. MAS HOJE VOU TER QUE MUDAR: “ESSA SEMANA VOCÊ TÁ DEMAIS! BANGUNÇÔ, VÉIO!!!”

  56. Marcjaguar

    -

    25/11/2011 às 14:43

    Mestre

    Copnfesso que ateh hoje ainda nao havia assistido o tal video.
    Decidi perder 5 minutos do meu tempo p/ faze-lo, e sabe qual foi o meu sentimento apos te-lo feito?
    Vergonha alheia!
    Nada mais do que isso!
    Parece aquela historia do cego que tenta guiar outros cegos…
    Lamentavel termos que presenciar tamanha performance de asneiras!
    Se fosse exibido num festival de curtas, esse filme teria tudo para ganhar o premio de melhor filme tragicomico! :D

    Abraco, Reinaldo!

  57. Edney

    -

    25/11/2011 às 14:43

    Reinaldo o que eu faria sem você. Esse video “bem intencionado” levaria qualquer um desenformado a sair às ruas lutando contra a estupidez e prodigalidade do governo, todovia com os argumentos contundentes do úlimo post apenas os estultos comprariam uma ideia imbecil como essa.Por que esse povo não faz campanha por maior austeridade nos gastos da Copa e das Olímpiadas?

  58. LIGHT GUN

    -

    25/11/2011 às 14:38

    Peço encarecidamente às Concessionárias de energia elétrica que abastecem as respectivas residências desses “iluminados globais” que, é claro, com as respectivas anuências, transmitido ao vivo, via TV Globo, cortem o abastecimento da “maldita energia elétrica” para os mesmos. De quebra, interrompam, também, por um dia que seja, a energia elétrica em toda área onde moram. Para não deixá-los à míngua, eletricamente falando, deixe-os instalar a parafernália da enrgia solar e eólica, com a condição de que forneçam para si e para seus vizinhos. Depois disso, vamos ver quantos que assinaram o tal manifesto não voltaram atrás. Aliás, paira uma pergunta no ar que até agora ninguém respondeu: quem é o financiador ou mentor oculto dessa mobilização “global”? Se algum repórter investigativo conseguir chegar à origem, com certeza encontrará os mais diversos interesses que nada tem a ver com meio ambiente e índios e outra certeza absoluta: estarão se expressando no mais genuíno e correto inglês. Atores globais! Acordem! Por que não pressionam o julgamento do mensalão? Por que não pressionam a investigação completa dessas últimas denúncias de corrupção? Por que não se juntam aos verdadeiros estudantes universitários brasileiros que querem estudar e se livrar da tutela de trogloditas ideológicos? Por favor não pensem que lado de cá da telinha somos todos ignorantes, seres não pensantes, apátridas. Tem milhões de brasileiros do lado de cá que querem um país livre, democrático, que gere riqueza para seu povo e não aceitam a tutela de ONGs estrangeiras cuja finalidade principal é que sejamos eternos “cucarachas”. PS: Maitê, você “trapaceou” na única parte que realmente interessava. Por favor, da próxima vez, não faça mais isso,ok?

  59. Marcelo

    -

    25/11/2011 às 14:36

    China: 1,3bilhões de habitantes / India: 1,2bilhões de habitantes, só estes 2 somam 35% da população mundial. Qual a grande preocupação destes gigantes? Continuar crescendo, pois não tem como parar, para poder alimentar toda essa gente. Alguém acredita que eles estão preocupados com a questão ambiental?
    População do Brasil: 190 milhões, 2,7% da população mundial, e estão preocupados com a construção de uma usina hidroelétrica? Acreditam que vão salvar o planeta se Belo Monte não for construída? Ora, vamos ser realistas, enquanto China e India não pararem de poluir, o planeta jamais poderá ser salvo.

  60. Ixe

    -

    25/11/2011 às 14:32

    CadÊ o filmete dos globais contra a CORRUPÇÃO que impede até que se pesquise e se proponha seriamente sobre impactos ambientais ? Os globelezas estão à serviço dos marinetes e vão acabar perpetrando outra era de corrupção e mediocridade.

  61. joão carlos

    -

    25/11/2011 às 14:31

    Já que os artistas querem se engajar em alguma coisa que ajude o Brasil, porque eles não fazem um vídeo de adesão ao VOTO DISTRITAl. A corrupção destroi mais florestas que a Usina de Belo Monte

  62. Lilian

    -

    25/11/2011 às 14:25

    Como eu precisava ler um texto coerente e sóbrio sobre os últimos acontecimentos.
    Obrigada. Assinarei o Feed.

  63. Anónimo

    -

    25/11/2011 às 14:25

    Marcos Palmeira no fundo é a própria personagem que fez na novela Pantanal: o matuto Tadeu.

    A essa altura com certeza está dando coices ao vento e gritando: “diacho!!!”

  64. Corinthians

    -

    25/11/2011 às 14:24

    Perfeito.
    O mais importante é: “cada um pode ter a opinião que quiser; mentir não pode!”
    Já deu “nas paciências” ver uma discussão com pessoas e ter que escutar argumentos como as operações da PF, bolsa família, bolinha de papel, privatizações… tudo mentira já comprovada, mas mesmo assim fazem questão de falar e espalhar. Fico pensando se estas pessoas que assim o fazem acham que realmente estão “lutando” por um Brasil melhor…
    Ou então escutar argumentos como “eu acho que as commodities não subiram tanto assim” – já que está na internet, conectado, não custa pesquisar um pouquinho antes de colocar uma informação não é mesmo ? Erros acontecem, podem existir informações erradas, mas mentir é diferente.
    Acho até que este tipo de texto, mostrando que opinião e mentira são duas coisas diferentes, deva ser colocado mais vezes. O Brasil precisa disso. Basta verificar Lupi, Lulla, Dirceu, Delúbio, Maluf…
    Mentira é mentira, não importa a ideologia ou partido.

  65. Gilbert

    -

    25/11/2011 às 14:17

    Na verdade a opinião do artista em cena, vale pelo filme que ele representa, são artistas em representação.
    Parabéns pela sua coluna Reinaldo.

  66. Wiston Spencer Churchill

    -

    25/11/2011 às 14:16

    A Justiça Federal do Paraná condenou o cartunista Ziraldo Alves Pinto a dois anos, dois meses e 20 dias de prisão pelo registro indevido da marca do Festival Internacional do Humor de Foz do Iguaçu, realizado em 2003. Ziraldo foi enquadrado no crime de estelionato.

  67. Saulo Vieira Tortelli

    -

    25/11/2011 às 14:14

    O vídeo poderia chamar-se “Neurônios Verdes Fritos”…

  68. Leandro Domingues

    -

    25/11/2011 às 14:13

    Se o governo tem condições de construir uma usina hoje ( que será a terceira maior do mundo ) , tem que construir .Se não construir , no futuro ela pode fazer falta , e os gastos podem ser muito maiores .

  69. Marco Antonio

    -

    25/11/2011 às 14:08

    Sempre achei que esses ECOLÓGICOS de plantão ou são comprados para falar BESTEIRAS, ou são MAL INTENSIONADOS. É inadmissível ouvir os artistas de plantão se prestar para esta bobagem. Deveriam fazer uma corrente para acabar com a corrupção que cresce a olhos vistos. Veja o exemplo dos preparativos para a COPA 2014, um investimento de R$ 400 milhões passou para R$ 1.2 bilhões isso é que os muitos “influêntes” da telinha deveriam dar as mãos e organizar passeatas visando derrubar esses governantes gerados pela corrupção.

  70. Fabiana

    -

    25/11/2011 às 14:06

    Como sempre a lucidez e a busca pela verdade norteiam este texto. Parabéns por mais este serviço prestado à população.
    Admiro o seu trabalho e não conheço ninguém que escreva e se expresse com tanta facilidade, e o mais importante, preservando a ética, a verdade e uma incrível lucidez.
    Minha reverência.
    Um abraço

  71. Luxor

    -

    25/11/2011 às 14:05

    Os artistas nacionais se acham acima do bem e do mal. Não podem ser contestados. Eles gostam é de adulação. Estão sempre buscando recursos públicos para seus interesse particulares. Não aguento entrevistas com essas “divindades” artisticas nacionais em que o entrevistador faz reverências imerecidas para estes caras.

  72. Geneurônios

    -

    25/11/2011 às 14:05

    Estes “artistas” que querem ENGANAR os povos para se manterem por cima tem que realmente ser desmascaradas. E a imprensa HONESTA e conhecedora da realidade tem que trabalhar para isto. Vamos começar também a desmascarar as MENTIRAS (e bota mentiras !!!) que as INSTITUIÇÔES RELIGIOSAS aplicam em cima das pessoas. Pelo menos vamos esclarecer (salvar!) as crianças e adolescentes das mentiras seculares de qualquer tipo de igreja. EDUCAÇÃO!!!

  73. Dayany Torres Machado

    -

    25/11/2011 às 14:04

    Apesar de eu ser um pouco ignorante no assunto achei o texto bastante interesante .

  74. Nung

    -

    25/11/2011 às 13:57

    O problema é que não é uma questão de pensar diferente. São fatos. O que eles falam no vídeo não corresponde aos fatos. Sabe como é? “Tua piscina tá cheia de ratos, etc…”

    Eles poderiam estudar o tema antes de sair acreditando em toda mentira que ecologistas de hospício (que se deixarmos nos fazem passar fome e ficar sem luz) contam.

  75. Zé Ruela

    -

    25/11/2011 às 13:57

    Uma boa alternativa aos meios de produção de energia que os artistas condenam: Aproveitar a energia produzida da queima de canabis nas universidades brasileiras e dos descolados. Seria tanta “energia verde”! Ou então, canalizar energia do Om, prana universal, energias positivas zen, mantras indiano-punk-anarco-neo-proctológicos dos níveis mais elevados de consciência superior dos mestres uspianos. Vai ter pum iluminador pro planeta inteiro! Trem de doido, sô!

  76. Rodrigo L.

    -

    25/11/2011 às 13:54

    Acho que há também uma diferença cultural a ser considerada. Nos EUA, se alguma celebridade diz alguma asnice, ela é logo enxovalhada pelo público e pela imprensa. Me lembro de quanto pegaram no pé da Sheril Crow quando ela disse que deveríamos usar apenas um serrilhado de papel higiênico em nossas necessidades, para ajudar a preservar o meio ambiente. Os caras detonaram ela. Já aqui no Brasil, parece que celebridade é uma categoria acima da crítica, com uma aura de infalível.

  77. Jaime

    -

    25/11/2011 às 13:54

    Não é qualquer tipo de pássaro que é atingido por usinas eólicas. Aves de rapina são as mais afetadas. É possível encontrar vídeos no youtube mostrando aves sendo atingidas.

  78. Guilherme Mayer

    -

    25/11/2011 às 13:49

    Caro Reinaldo,
    Sou leitor assíduo de sua coluna e gosto do que você escreve, mas neste caso sou contra a Usina de Belo Monte tanto quanto os atores (não pelos mesmos motivos). Temos outras tecnologias que podem suprir a necessidade de energia elétrica no nosso país que nem seque tem sido discutidas. Pior: foram arquivadas por muito tempo no congresso, aguardando regulamentação que nunca saiu. A principal delas é quanto às usinas que utilizam lixo orgânico para gerar energia. O lixo (metano e outros gases) pode ser queimado ao invés de ser enterrado. A quantidade de lixo armazenado em aterros e produzida todos os dias é mais que suficiente para fornecer energia para muitas cidades no Brasil, desgargalando as atuais usinas e afastando de vez o fantasma do apagão!
    A Usina hidrelétrica é a opção atual apenas pelo tamanho e imponência que a obra tem, o que trás mais votos aos políticos envolvidos na próxima eleição! Não é a melhor opção, de forma alguma, neste momento!

  79. Ana Lúcia Peixoto Serra

    -

    25/11/2011 às 13:49

    hehehe como não admirar e amar você Reinaldo!?
    brilhante! Independente de Belo Monte…artistas globais gravarem um vídeo para defender qualquer coisa e ignorarem a IMENSA corrupção e a TOTAL impunidade é o fim da picada!
    Sério é o Ivan Lins que declarou abertamente seu repúdio à situação/realidade péssima da política brasileira.

  80. Carlos Pommer Jr

    -

    25/11/2011 às 13:44

    O brasileiro, e os jornalistas, de um modo geral, acham que artista é intelectual, que entende de política, de economia, de ciência. Quantas vezes vemos Chico Buarque, Caetano Veloso e outros sendo entrevistados e solicitados a falar sobre temas além do ofício deles?
    A culpa não é deles, mas de que os deixa nessa posição indevida.
    Meus dois centavos: andei pesquisando na internet e parece que é falsa a idéia de que pássaros são dizimados ao redor do cataventos. Não sei se é viciado, mas aqui há uma planilha comparando outras ameaças aos pássaros (não que eu seja favorável ao uso de cataventos. Ainda acho que a solução sejam as usinas nucleares.)

  81. tere

    -

    25/11/2011 às 13:41

    Rei já tô de saco cheio desse pessoal da Globo! Esse dublê de ator, Palmeira, depois que ganhou rios de dindim enganando os outros com más atuações, inventou de criar animais, de plantar o que quer comer sem agrotóxicos, até eu queria ter uma situação dessa. Quem não queria? Mas, uma meia dúzia tem esse privilégio, aí vai ser meter em assunto que não entende NADA. Esse cara é um babaca.

  82. Luiz Fernando

    -

    25/11/2011 às 13:40

    Esse é o Brasil descoberto em 2003.Muito poucos tem compromisso com a verdade.

  83. Pinheiro

    -

    25/11/2011 às 13:40

    Enfim, conseguiram sujar a reputação e credibilidade da Rede Globo, pois fossem artistas de outra emissora o tal vídeo não despertaria atenção de ninguém.

  84. Pinheiro

    -

    25/11/2011 às 13:37

    Mesmo evidenciado o erro, elles insistem no erro, demonstrando, assim, a má-fé.

  85. luis gonçalves

    -

    25/11/2011 às 13:37

    reinaldo,parabéns! coragem e competência demonstrados em cada frase, a cada linha e a cada parágrafo. o prazer da leitura do teu texto e a atualidade do tema posto em debate sempre servirão de estímulo aos teus leitores/admiradores. não há força que sustente argumentos falhos/rudimentares/incipientes diante de tamanha clareza, sempre que apresentada por pessoas de coragem e competência. sorte e saúde! sempre!

  86. wilma

    -

    25/11/2011 às 13:33

    Gostei Reinaldo.Voce foi de uma lucidez constrangedora para quem de fato precisava ler o que escreveu.E obrigado pelas informações,a partir do seu texto vejo essa polemica com olhos bastante criticos.Pena do pessoalzinho lá da Globo…eles são meros ventrilocos rsrsrsr

  87. Manuel Fernandes

    -

    25/11/2011 às 13:33

    Mestre :
    Ainda não ficou claro , pelo meno ma=para mim, quem está pagando essa conta,
    Acredito que, pela plêiade envolvida, não deve ser muito pouco o cachê desembolsado.
    Façamos uma campanha :
    QUEM ESTÁ PAGANDO ESTA CONTA ?

  88. brasileiro

    -

    25/11/2011 às 13:25

    Meu Deus, essa do anônimo pegou no fígadohahahahahahaha
    ou melhor, na teta delakkkkkkkkkkk

  89. MY

    -

    25/11/2011 às 13:20

    Nessa terrinha de bovinos ninguém se dá ao trabalho de pesquisar e se informar sobre os assuntos que estão em voga. Preferem, ou melhor, é mais cômodo, se prostrarem para ouvir extasiados os sábios estudiosos de “tudologia” como jogadores de futebol, pagodeiros, atores, atletas, e outros pensadores acadêmicos (academia de ginástica, é claro!). Nessa terra de imbecis, quem tem meio nerônio é rei.

  90. Nanci Cesar

    -

    25/11/2011 às 13:11

    Eu gostaria muito de ver essa turma toda que vive se dizendo “verde”, retirar de suas casas: ar condicionado; microondas; cafeteiras, abrir mão do seu carrinho andar de onibus ou nmelhor de trêm polue menos…. tomar banho frio, imagina se essas louras vão abrir mão da chapinha???

  91. Paulo Ricardo

    -

    25/11/2011 às 13:10

    verdade seja dita. Foi o melhor post que ja vi sobre o assunto!

    Finalmente falou algo que preste em tucano?!? E com louvor!

    isso prova que mesmo sendo oposição, vc ainda tem sensatez.

    Um abraço;

  92. rodrigo t alves

    -

    25/11/2011 às 13:09

    Reinaldo você lembra do termo esquerda festiva ? Pois é,
    agora virou atores desmiolados da esquerda festiva.O Brasil não merece isto!!!

  93. Paulo

    -

    25/11/2011 às 13:07

    Estou muito envergonhado. No primeiro momento, achei o video bonito e “talss” comevendo, quase postei na minha página do “facebook”. Mas, algo soava estranho, um dizia uma coisa daqui outra dali. Depois li os testos de Reinaldo, que foram mais que esclareceeores, isso sim , postei. Portanto, acho que falta mais senso crítico, coleta de informações para um posicionamento coerente e não se deixar levar pela opiniões desses bonitões e bonitonas.

  94. Sherlock

    -

    25/11/2011 às 13:02

    Rei,

    Obviamente concordo em gênero, número e caso com seus argumentos. E como você estudou a questão de Belo Monte – coisa que eu não fiz, nem os artistas que fizeram o filmeco – só me resta assinar embaixo de seu post.
    Mas faço um P.S.: não fale do Marone com esse desprezo, Rei! Se ele me pedisse com jeitinho, assinava até minha sentença de morte! ô, delícia!! ehe
    Mas saindo da brincadeira: é justamente porque sabem do poder de persuasão que tem a sua imagem (não é à toa que empresas pagam uma bela grana para eles anunciarem seus produtos) é que deveriam tomar mais cuidado com as causas que abraçam e com as coisas que dizem.
    Cumpre relembrá-los de quanto mal já foi cometido em nome das causas as mais louváveis!

  95. TROQUEI O APELIDO PRA PODER SER PUBLICADO

    -

    25/11/2011 às 13:01

    A Classe “Artistica” sempre foi doutrinada pela esquerdalha. Esta esquerdalha acabou caom a carreira e com a vida do cantor Wilson Simonal. Agora ficam putos porque estamos tirando sarro com a cara ignorante deles ? Vái entender…

  96. Mario Saturno

    -

    25/11/2011 às 12:57

    Seus 11 pontos (desmentido) ficaram ótimos, gostaria de sugerir que gravasse um video falando deles e colocasse no youtube, creio que fara mais sucesso que o outro. abraços

  97. Garganta

    -

    25/11/2011 às 12:57

    Caro Reinaldo,

    Fiz um abaixo assinado em favor da legalização da corrupção. Gostaria de divulgá-lo no espaço de comentários do seu blog para quem concordar com a idéia:

    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=ldcldcld

    Com os melhores cumprimentos,

    Garganta.

  98. TROQUEI O APELIDO PRA PODER SER PUBLICADO

    -

    25/11/2011 às 12:55

    Gente , cadê o video da Maite tirando o “sutian” ? Eu não ví…

    TAMBÉIMMMM QUEEEEERO ! ( aquela delicia)

    Ass. chequévara

  99. Ottoni

    -

    25/11/2011 às 12:55

    Ô Reinaldo, porra, a cada dia um post mais espetacular que o outro!

  100. fontana

    -

    25/11/2011 às 12:53

    Só esclarecendo: Citei a UHT devido a área imundada, o lago, ser de aproximadamente 2900 km².

  101. Adriano

    -

    25/11/2011 às 12:50

    GRANDE REINALDO, SIMPLISMENTE GENIAAAALLLL!!!!

  102. Pecente

    -

    25/11/2011 às 12:50

    Caro Reinaldo
    Tua régua não necessita de explicação, não merecem, o que merecem é livre arbítrio para o calvário de todos.”Cest la vie”.

  103. João Marcelo Silva Zigurate

    -

    25/11/2011 às 12:49

    Empulhação. Mentiras e tolices não viram verdades automáticas só porque saem da boca de rostinhos bonitos e famosos da? TV. Os seguidores dessa gente pensam com a cabeça de baixo! Não se trata de uma discussão partidária, nem de ideologia, mas de qual projeto de Brasil queremos. Como crescer sem recursos energéticos? Se houvesse, no curto prazo, um meio barato de produzir energia solar ou eólica, quem mais poderia fornecer a matéria prima eram esses cabeças de vento, que luz essa gente obscura não possui.

  104. juca deschamps

    -

    25/11/2011 às 12:46

    Pô, Reinaldo, mas o recato da bela gazela a inibe de tirar o sutiã com a luz acesa. Diante disso, sugiro que ela venha pra Floripa, onde os manezinhos poderão “alumiá-la” à luz de “pomboca de crozena…”

  105. anonimo

    -

    25/11/2011 às 12:40

    ninguém irá tirar mais o pt do poder !
    com toda esta grana da corrupção e lula ainda vivo, ninguém tira eles mais do poder .
    afora o apoio da rede globo.
    não há o que fazer !somos uma ditadura boazinha e disfarçada…ainda.

  106. Livre

    -

    25/11/2011 às 12:40

    Correção: “embora inconsistentes”, depois de “em curso”.

  107. Otavio

    -

    25/11/2011 às 12:39

    É bom lembrar que se o contraditório provocasse melindres provelmente não existiria mais a advocacia. É de sua essência. Talvez as celebridades tenham a pretensão de ditar as suas “verdades” ao arrepio do prosaico princípio do contraditório. Na intimidade tudo é permitido. Quando feitas afirmações públicas se está sujeito a contradita. A simples contrariedade não tem o condão de afastar o que é contestado. Argumentar ainda é a melhor solução. Não é um exercício simples. Donde se mostrar contrariado é a rota de fuga mais conveniente para a carência de argumentos. Se é verdade que Deus protege os artistas os protege em seus oficios. Quero crer que na condição de simples celebridades não.

  108. Livre

    -

    25/11/2011 às 12:36

    Há duas modalidades de estupidez em curso, que, emborcôo consiste tes., de certa forma se complementam quando convém a alguns e que poderiam ser sintetizadas assim:

    1 “Sou uma celebridade. Isso me confere o direito de esperar admiração no que eu bem disser, mesmo que não tenha me informado minimamente sobre o tema”

    2. “Você não é um especialista no tema. Logo, quem é você para dar qualquer opinião?” (Como se não-especialistas necessariamente não pudessem obter informações relevantes sobre um tema e emitir opiniões respeitáveis)

    No mundo das artes e espetáculos em geral, a variedade 2 acima comporta um sub-tipo grotesco: “Especialista é só quem faz: quem é você para criticar a música, poesia, etc, do famoso Sr. Tal, se você mesmo não saberia fazer o que o Sr. Tal?”

    Por essa lógica grosseira, poucos poderiam criticar o atacante que perde um centro-avante que perde um gol fácil…

    Para a nossa alegria, o mundo inculto do futebol mostra, na prática, mais bom-senso que o mundo supostamente culto das artes…

  109. anonimo

    -

    25/11/2011 às 12:36

    IHHHHHHHHHHH , O MINISTRO SUJOU O SHORTINHO !
    http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,ministro-das-cidades-admite-alteracao-em-nota-para-obra-da-copa,802878,0.htm

    CHAMOU CEM VEZES O JORNALISTA DE ‘CUNPAHERO’.
    DEPOIS, BATEU O TELFONE NA CARA …
    IMPRENSA É BOM SÓ QUANDO CONCORDA COM O PT NÉ ?

    ENQUANTO ISTO…NA VEJA.

    Dirceu lamenta por país não ter jornal pró-governo

    PT ataca a imprensa em fórum para ‘democratizar informação’. Discurso do ex- ministro deixou bem claro: partido não gosta de ler críticas à sigla na imprensa

  110. Talvz!!!!

    -

    25/11/2011 às 12:35

    Talvez, hj, os críticos locais, no fundo não são contra totalmente à Belo Monte, o problema é a visão imediatista, falta de sustentabilidade nas políticas, o descaso de anos com a populção local e mais, se o governo não fosse o PT muitos q hj são a favor de Belo Monte e do asfaltamento da BR, estariam contra se fosse um partido da direita no poder. A luta de mtos não é só hj e estes não se venderam e nem trairam, como o nosso qrido Padre Amaro, CPT Anapu, Parabéns padre!!!!!!

  111. Professor Marcos

    -

    25/11/2011 às 12:34

    Professor Reinaldo.

    Faz muito tempo que considero um absurdo atores globais e compositores de MPB a serviço da “causa” da justiça, manifestarem-se estupida e irresponsavelmente sobre qualquer assunto que os coloque no prato dos bonzinhos pesando contra o prato dos perversos.

    Admiro-me muito daquele pervertido do Zé Celso Martinez com seu baluarte “Teatro Oficina” não ter se manifestado contra a “crueldade operada contra o meio ambiente e os esquecidos povos da floresta”.

    É preciso que análises semelhantes a deste texto sejam veiculadas por outros veículos de comunicação para que desmascaremos estes “bonzinhos” que se escondem na defesa do pobrismo para garantir sua vidinha de conforto, glamour e adulação aos poderosos dos meios de comunicação, pois, caso contrário, ficarão sem seus empregos, fama, e luxos.

  112. fontana

    -

    25/11/2011 às 12:33

    Teses de doutorado e outras coisas parecidas são…teses.Visitem Tucuruí, ou façam uma “viagem” a região antes da construção da UHT, e comparem. Busquem fatos e não boatos. Parem com as mesmices de que índios e caboclos querem viver isolados, vivendo de caça e pesca e morando em malocas. Estamos no seculo XXI dc e não ac. Os índios e caboclos são HUMANOS também. Antes de omitirem qualquer opinião a respeito deles, venham conhece-los de perto, passem pelo menos um mês vivendo no meio deles e USANDO APENAS OS RECURSOS DELES. Sem repelente , protetor solar, aguinha mineral e barrinha de cereais, tá!

  113. Ixe

    -

    25/11/2011 às 12:30

    Se e quando aprenderem a fazer contas , os globais perceberão o erro grotesco, mas creio que nem isso os demoverá. Posar de salvador da humanidade é sempre bom, ajuda no faturamento. Reconhecer um erro, ah!, isso não acontecerá.

  114. Luís

    -

    25/11/2011 às 12:25

    Caro reinaldo,

    Seria importante lembrar do caso do empréstimo pedido por um empresário junto ao BNDES, algo em torno de 9 BILHÕES para construir um parque eólico, onde o filho de ERENICE pediu algo em torno de 400 MILHÕES de proprina.

    Lembra do caso Reinaldo, pois é! quantos megawatts o parque eólico daria de energia anual? Resgate o fato e ponha em pratos limpos o custo de cada coisa.

    Os “globais” terminam por ajudar aos malfeitores.

    Abraço.

  115. Blanca Morales

    -

    25/11/2011 às 12:24

    Minha vida sempre se ilumina quando leio seus textos.

    Obrigada por estar sempre aí, sem falhar um só dia.

    Você tem todo meu respeito e admiração.

  116. Heloah

    -

    25/11/2011 às 12:19

    Globais
    Errar é “umano”, persistir no erro é:
    A – Gostar de comer peixe todos os dias
    B – Dizer que o vídeo em questão é só teste para a próxima novela das nove
    C – Burrice
    D – Apenas B e C estão corretas
    E – Todas as Alternativas estão corretas
    F – Não Sei

  117. José Carlos Colodette

    -

    25/11/2011 às 12:14

    Pois é, quando eu era menino, ali pelos idos da década de 1960/1970, ouvi muitos esquerdoidos metendo o malho porque o regime militar estava fazendo a Usina de Itaipu e a Ponte Rio Niterói. Diziam que o Brasil não precisava de Itaipu e que a Rio Niterói era a expressão da megalomania militar.

  118. Nung

    -

    25/11/2011 às 12:02

    QUESTÃO IMPORTANTE: Até quando os da classe artística seguirão acreditando, sem pesquisar, nas mentiras que esquerdistas de hospício, da facção ecológica ou qualquer outra, lhes contam? Ou eles sabem que estão mentindo? Das duas uma: OU ELES ESTÃO SENDO ENGANADOS OU SABEM QUE ESTÃO MENTINDO. Se não sabem, são otários. Se sabem, são picaretas.

  119. José Brasil

    -

    25/11/2011 às 12:01

    Sempre indago a todos: O que é cultura?
    A programação da TV aberta brasileira (principalmente Globo, por ser a maior detentora de audiência), transmite a cultura que precisamos? Ou a mesma, transmite o que os “gringos” querem, afim de ficarmos sentados sem aprender nada, ou seja, uma cultura inútil!

    Façam um teste, consulte a programação da Globo (http://redeglobo.globo.com/programacao.html), e verifiquem a quantidade de programas inúteis, ou melhor, para ficar mais fácil, conte quantos programas são aproveitáveis.

  120. Abe

    -

    25/11/2011 às 12:00

    resumo da ridicularia chamada Brasil;
    maconha?pode!
    energia elétrica?não!
    quem quer ir embora disto aqui sou eu.

  121. dd

    -

    25/11/2011 às 12:00

    E a usina no deserto, Reinaldo? Já descobriu se é literal ou figurada? hahahaha. caraca…aquilo é pura poesia…que pessoa esquisita, essa sabatela… tenho certeza que ela inventou a frase…muito … visceral, instigante, surreal…

  122. Marcelo Lemes

    -

    25/11/2011 às 11:59

    Eu digo SIM a Belo Monte, nao a magica, energia tem que ser produzida, e o Brasil tem que descobrir a melhor maneira de produzir da melhor maneira possivel, e Hidroeletricas e a melhor opcao.

  123. Anónimo

    -

    25/11/2011 às 11:57

    Do CoronelLeaks (ex-Coturno Noturno)

    Marina Silva assume o golpismo explícito.

    Marina Silva, ex-PT, ex-PV, ex-ministra do Meio Ambiente, é uma farsa. Durante vários anos reinou absoluta sobre as florestas, apoiada por um exército de faunos ongueiros, que ela colocou para dentro do Ibama e dos ministérios, para que garantissem a “democracia” da sua caneta totaliária e ditatorial. Foram bilhões em multas contra pequenos produtores, impagáveis e incontroláveis. Sua sanha persecutória plantou a insegurança jurídica no campo, enquanto ela andava pelo mundo construindo a sua imagem, com a cara lambuzada com o sangue de Chico Mendes, um ex-seringueiro que as ONGS jogaram para a morte, fazendo-o enfrentar um bandido assassino, para que eles tivessem um morto-símbolo, um morto sobre o qual pudessem erigir a farsa ambientalista.

    O ambientalismo brasileiro é uma das indústrias mais sujas deste país. ONGS são compradas a peso de ouro por fazendeiros e papeleiras. ONGS como a Pau Campeche cedem seus quadros para ocupar postos de comando nos órgãos públicos, de onde intermediam recursos para a parentalha. O dinheiro das “compensações ambientais” das grandes obras são embolsados pelos “verdes” e já fazem parte do custo das obras. Atenção: o que estamos assistindo em Belo Monte é uma tentativa de aumentar o preço a ser cobrado pelos apoiadores e financiadores de Marina Silva.

    Hoje esta ex-brasileira escreve um artigo raivoso na Folha de São Paulo, intitulado “assumir a derrota”, destilando todo o seu ódio contra o consenso e a negociação política. Ataca a tudo e a todos, até mesmo seus parceiros politicos mais diletos, como o senador petista do Acre,Jorge Viana. Esta senhora, que foi moldada com o sangue de um inocente útil chamado Chico Mendes e pelas mãos hábeis de um velhaco chamado Lula, não aceita a democracia. O novo Código Florestal foi discutido e debatido durante anos, enquanto na calada da noite esta senhora cooptava a imprensa e grandes patrocinadores internacionais para financiar e apoiar a sua caneta impiedosa. Quem perdeu com o novo Código Florestal foi Marina Silva. Ficou sem o discurso fácil financiado pelos agrodólares europeus e americanos. Quem ganhou foi o Brasil que trabalha. Que ela aceite a democracia e vá organizar o seu novo partido, esta coisa “sonhática” que ela apelida de “nova política”. Que volte a ter representação. Que reconquiste um mandato.Mas é de se perguntar: que nova politica? Pelo que vimos e ouvimos de Marina Silva, comandando uma rede de mentiras, não é nova, é muito velha. Totalitária, ditatorial, personalista, suja e podre, esta “nova política” não poderia ter melhor símbolo do que esta farsa chamada Marina Silva.Tem muita gente ganhando dinheiro sem trabalhar em volta dela. Inclusive a própria. É bom que a Madre Marina Silva do Xapuri entenda, de uma vez por todas, que o Brasil é uma democracia, sustentada por quem produz riquezas e não conflitos.
    Postado por O EDITOR às 06:58:00 15 comentários

  124. anonima

    -

    25/11/2011 às 11:55

    (teclado europeu)
    a Italia pagou de verdade e ainda paga mesmo carissimo sobre esta decisao erronea de nao ter energia nuclear advinda de usinas.
    o que o rapaz la comentou e verdade.
    pior.como tal lei é um adendo a constituicao italiana hoje nao podem rever a questao e não ha maioria constitucional que reverta o erro.
    mas isto nao comentam ai no Brasil nao e?
    repito que os que os brasileiros ficam sabendo do exterior e filtrado pela midia e jornalistas de esquerda.
    ha paises que estao se arrependendo da ‘verdopatia’ que assolou esta Europa nos anos 80.Esta Alemanha e uma!
    Aqui no se faz um furo no chao sem uma comissao de notaveis dar o seu ok!
    o produto final fica carezimo por conta disto e ha falta de moradias pois a construcao civil e a que mais sofre com os exigencias.
    o que poderia ser uma fonte de recursos humanos em termos de emprego e renda esta penando por conta de uma legislacao draconiana.
    o brasil se for pelo mesmo caminho ficara simplesmente engessado no tempo,intocada, somente a espera de que outros peguem pois sem forcas armadas e questao de tempo para o mundo avancar sobre suas riquezas poupadas aos brasileiros.
    atores globais tem mesma mania de cuidar do fiofo dos outros querendo que estes se limpem com folha de bananeira enquanto que para eles, em paris ou n.iorque, no bem bom da vida.
    canso de ve-los por aqui em ferias abarrotados de compras.
    o ideal desta gente e um barraco no mato sem energia eletrica.bom para os outros . para eles mesmos nao.
    hipocritas!

  125. dd

    -

    25/11/2011 às 11:54

    Não é possível! É muito esdrúxulo! Isso é pago ou é apenas cafona! Coitados. Nunca pensei que diria isso: ainda bem que sou engenheiro e não me tornei um artista. Aliás, estou diante de uma prova de como “sensibilidade” demais cega. Ahhh, os artistas, esses viscerais… Parabéns, Reinaldo. Vc foi simplesmente perfeito em todas as observações. Todas absolutamente pertinentes. Um viva às transformações de energia.

  126. Nicolai

    -

    25/11/2011 às 11:53

    Esse video é excelente!
    Trouxe à baila novamente o problema de Belo Monte. Nada melhor que um debate sadio!
    Demonstra à saciedade o nível intelectual desta gente global, dita “artista”.
    E sobretudo… nos dá a possibilidade de aplaudir de pé nosso grande polemista!
    e gera mais audiência para o melhor blog da atualidade nacional
    A globo deveria produzir mais videos nessa linha… espero que os próximos sejam mais explícitos!

  127. Nung

    -

    25/11/2011 às 11:52

    Conta-se uma mentira a um artista e ele a repete como um papagaio. Os esquerdistinhas bobocas são massa de manobra da esquerda de hospício justamente porque acreditam em rigorosamente TODAS as mentiras que a turma doidivanas conta. E as repetem como papagaios sem estudar o assunto a fundo. Só que a esquerda de hospício e os picaretas que a apóiam, como os “ecologistas” e fazendeiros americanos que querem “fazendas nos EUA e florestas no Brasil”, mentem mesmo e o fazem descaradamente. O PT já usou muito as esquerdas boboquinhas do meio artístico em seu favor. E agora, ecologistas de hospício -à esquerda do PT- estão usando a mesma massa de manobra que antes defendia Lula-lá, o que não é pecado, aceitando e repetindo as mentiras que o PT contava: isso sim foi ruim. O método é o mesmo: conta-se uma mentira a um artista e ele a repete.

  128. João Marcelo Silva Zigurate

    -

    25/11/2011 às 11:52

    Tio Rei, bom dia! Sem querer corrigir e já corrigindo, o nome da feminista americana que inspirou a histriônica “queima de sutiãs” por lá é Betty Friedan. Aqui: http://veja.abril.com.br/especiais/veja_40anos/p_158.html. Abração.

  129. Leonardo Chaves

    -

    25/11/2011 às 11:49

    Mais um texto ótimo Reinaldo, parabéns!

  130. João Lavador.

    -

    25/11/2011 às 11:48

    nO MEU ENTENDIMENTO:R. A., MESMO NÃO SENDO ISLAMITA, AINDA ACHO, SE ME PERMITE, QUE OS SEIOS MARAVILHOS DE MAITÊ PROENÇA E CIA. DEVEM SIM SER PROTEGIDOS POR SUTIÃS. CASO CONTRÁRIO, o NOSSO SOSSEGO E…CONCENTRAÇÃO, E…PRODUTIVIDADE PODERIAM ESTAR SERIAMENTE AMEAÇADOS E A ECONOMIA DO PAÍS IRIA PRO BREJO!SE, SMJ E…QUE PRAIS ENSOLARADAS E ADORNADAS ESSAS PRAIS DO NOSSO BRASIL(EU SÓ FREQUENTO AOS DOMINGOS!).

  131. JABOUR

    -

    25/11/2011 às 11:45

    Esses artísticas globais são tão patéticos quanto este vídeo, faltou só a Suzana Viera e o Didi para que a festa estivesse completa…

  132. jacqueline

    -

    25/11/2011 às 11:41

    nao conheço a historia toda de belo monte.. mas sei que a china se arrepende de certo rio que perdeu….

  133. Elah

    -

    25/11/2011 às 11:39

    MARONI é adepto do “xixi no banho”. Deixa ele pra lá, Rei. Eu até acho louvável que ele queira mais do que uma vida de glamour e fama, e se engaje de corpo e alma. Ele só anda errando na ESCOLHA DAS CAUSAS QUE ELE ABRAÇA…

  134. Sr Silva

    -

    25/11/2011 às 11:38

    Concordo em tudo com vc Reinaldo. Precisamos de energia pro Brasil continuar se desenvolvendo, independente de quem esteja no poder. A energia elétrica é imprescindível pro crescimento da economia, e literalmente pro Brasil não parar. Depois como eles vão lançar vídeos no youtube protestando? rsrsr..

  135. cleusa

    -

    25/11/2011 às 11:36

    Pelo visto, se depender de alguns globais, o povo amazônico ainda vai usar o lampião a querosene por décadas.Isso me lembrou um dircurso do Lulalá, (no nordeste?)qundo alardeou que o povo não precisa de estradas, mas de comida na mesa. Demagogo como só ele, não respodeu como fazer o alimento chegar a mesa do pobre, se não houver estradas.

  136. Ana

    -

    25/11/2011 às 11:35

    “Por um mundo sem sutiã e de luz acesa!!!”

    hahaha!!! Além do seu blog ser tudo de bom, eu ainda tenho risada garantida aqui.

  137. Anónimo

    -

    25/11/2011 às 11:33

    Reinaldo, meu marido está trabalhando para a Usina de Itaipu há pouco mais de um ano. Ele ficou tão indignado com as bobagens do vídeo que, apesar de nem usar tão intensamente as redes sociais, passou a divulgar vídeos e artigos mostrando as verdades não ditas pelos atores globais. Bem, isso foi eufemismo. Ele passou a denunciar as mentiras ditas.
    Eu, confesso, estava esperando por um texto seu sobre o assunto. Ainda mais porque eu queria poder contar pra você o quanto me espanto todo dia aqui em Foz do Iguaçu com as expressões de gratidão, principalmente das pessoas mais simples, em relação à Usina de Itaipu. Essas pessoas agradecem pelas oportunidades que surgiram em suas vidas graças à obra. Falam de Itaipu como provavelmente a melhor coisa que poderia ter acontecido à região oeste do Paraná. E não sei se não é mesmo. Meu espanto foi e é tão grande ao ouvir esses discursos que, sendo eu da área de Linguística, cheguei a pensar em fazer um estudo acadêmico sobre isso.
    Parabéns mais uma vez por seu texto. Fiquei orgulhosa de mim mesma, pois nas redes sociais, andei escrevendo algo parecido com o que você colocou aqui, mesmo antes de tê-lo lido. Disse algo como: se querem ser contra Belo Monte, que o sejam, mas pelos motivos “certos”, não porque a Maitê Proença tirou o sutiã.

  138. Ohnitram

    -

    25/11/2011 às 11:31

    Reinaldo,
    Novamente uma grande peça. Um texto cristalino, aliás, como se apresentam todos os seus escritos. “Querem lutar contra uma bobagem? Combatam a estupidez do trem-bala. Mas sei: isso não chama a atenção do Sting ou do Leonardo DiCaprio…”. Disse tudo. Parabéns meu caro.

  139. Esperanza

    -

    25/11/2011 às 11:29

    Reinaldo, existe uma tradição de esquerdismo na classe artística que vêm desde que surgiu o marxismo. Muitos artistas do passado, como por exemplo, Picasso, Neruda e Diego Rivera – só para citar alguns – militaram ativamente na esquerda. Hoje, temos nos Estados Unidos notórios esquerdistas como Danny Glober ou Sean Penn, que defendem abertamente a tirania cubana. Outro caso a citar e o de Jane Fonda, que chegou a ir ao Vietnam, y contestou abertamente o seu país nessa guerra.
    Os artistas, mormente os do mundo da representação se julgam verdadeiros oráculos ungidos pelos deuses, quando na maior parte das vezes não passam de ignorantes cabeças ocas que aprenderam técnicas de representação, e que possuem físico adequado aos papeis que porventura tenham tido a sorte de obter. A super valoração da “inteligência dramática” por parte deles próprios e do outros os leva a concluir que estão aptos para opinar sobre qualquer assunto e que o farão de forma correta. E ai de quem se atreva contradizê-los. Neste caso entrará em cena “o grêmio” que os defenderá de gregos e troianos. Foi o que aconteceu, penso, com o Juca de Oliveira, que foi extremamente infeliz nas suas colocações. Vivemos, a Deus graças, em um país democrático, em que todos têm o direito à livre expressão do pensamento. Só que, em questões relevantes, os formadores de opinião – como o são, infelizmente, os atores e atrizes – devem ter o senso de responsabilidade de se informar MUITO antes de emitir opiniões. Creio que muitos deles entram em campanhas diversas por interesses outros que não a própria convicção: pertencer ao grupo que pode fazê-los crescer na carreira, ter o nome divulgado, agradar a maioria.
    Continue dizendo o que pensa, você tem todo o direito. Continue usando a sua deliciosa ironia, que é um consolo para os inteligentes neste mundo cheio de “Pânicos”, de “Globos” e de outras pragas. Molière, outro irônico, celebrizou o adágio “ridendo castigat mores” e você assim o faz com todo o talento do mundo. Um abraço.

  140. Lilibus

    -

    25/11/2011 às 11:28

    Rei
    Reformei minha casa e coloquei energia solar com 300l. Depois de 4 dias sem sol e com chuva em Sorocaba, já não tinha agua quente pra tomar banho e sem desperdício e ainda nem estava morando na casa (duas pessoas). Como sou esperta , fiz um pequeno banheiro com CHUVEIRO ELETRICO. A boa e sempre presente energia eletrica.

  141. SHIRU

    -

    25/11/2011 às 11:25

    A Globo, depois de mais este post, deveria repetir um novo vídeo, mas com todos os artistas se desculpando pelas bobagens ditas anteriormente. E se ela não fizer isso, os próprios artistas deveriam se juntar para fazê-lo. É o mínimo. E sem ler textos escritos por outros… naturalmente!

  142. Diego

    -

    25/11/2011 às 11:18

    Difícil ler algo que eu concorde 100%, na Veja. Mas os seus últimos 2 posts sobre Belo Monte foram excepcionais.

    Gostaria de aproveitar o ensejo para sugerir um tema para uma coluna futura: Os Royalties do Petróleo (com campanha encampada pelos mesmos globais contra a sua distribuição) e a estadia de Nem, Beira-Mar e outros nos presídios federais localizados em outros estados. Afinal, se nós (Mato Grosso do Sul – e outros) temos que “hospedar” essa escória por aqui, que ao menos o Petróleo dos estados mais ricos e de origem destes meliantes, nos ajudem a bancá-lo.

  143. Maria

    -

    25/11/2011 às 11:18

    E sobre isto os “globais” farão também um vídeo?

    http://oglobo.globo.com/economia/explorando-um-santuario-3298296

  144. carlos amendola

    -

    25/11/2011 às 11:17

    Vejam só, a Beth Carvalho acha que a CIA quer acabar com o samba. É a coisa mais idiota que já ouvi falar.

  145. nadia

    -

    25/11/2011 às 11:16

    O que mais me espanta nisto tudo é que eles não sabem a diferença entre opinião (que não tem compromisso com a verdade ou acerto) e juízo (ponderação das informações e de conhecimento)…
    Sem nada aprender, tudo sabem. Sem nada estudar falam sobre tudo.
    E o pior, não sabem que suas “certezas” têm mais a ver com seu próprio convencimento do que com o acerto de suas posições…
    Ainda não fizeram as primeiras lições da Filosofia…

  146. alberto autran

    -

    25/11/2011 às 11:15

    Caro Sr Anttonioarq
    - 25/11/2011 às 10:27

    Repare que coloquei “….” nesses artistas..

  147. Zé Picolé

    -

    25/11/2011 às 11:11

    COMO A HIDRELÉTRICA: MEGAWATTS DE VERDADE! BRILHANTE ARGUMENTO.

  148. ClaudioM

    -

    25/11/2011 às 11:11

    De longe o argumento mais idiota do vídeo é com relação ao custo, que viria “dos impostos, do seu bolso”. E a usina vai servir para quê?
    .
    E continuo perguntando à turma da Gota D’Água: qual sua opção a Belo Monte?

  149. Sandra

    -

    25/11/2011 às 11:08

    Eu consegui concordar com você em alguma coisa, neste caso você está com absoluta razão e olha que discordo de tudo que você escreve.

  150. celio martins

    -

    25/11/2011 às 11:08

    simplismente ..perfeito ..como sempre reinaldo ..meus parabens e obrigado!!

  151. Andrés Yglesias

    -

    25/11/2011 às 11:04

    QUE VERGONHA ARY FONTOURA. O SENHOR MAIS QUE TODOS OS DEMAIS GLOBAIS TINHA O DEVER DE NÃO MENTIR.
    AINDA EXISTE TEMPO DE DORMIR EM PAZ, PEÇA DESCULPAS.

  152. Ze

    -

    25/11/2011 às 11:03

    Lendo os comentários, acho que sou a única pessoa aqui no seu blog que gostou do vídeo. Talvez pela minha pouca instrução eu não tenha entendido o vídeo, erroneamente o que entendi foi que era pra pesquisar, e pesquisei muito.
    Depois de pesquisar fiquei mais favorável a construção de Belo Monte. Alias, sou um adepto da energia nuclear (apesar de me achar ecologista) e acho que aquele argumento de um comentário aqui do blog de que não devemos enveredar por este caminho, pois já tivemos um dos maiores acidentes nucleares do mundo, mesmo sem uma usina nuclear decente, não é totalmente verdadeiro, pois o acidente de Goiânia foi com césio retirado de um aparelho de radioterapia, sendo assim os aparelhos de radioterapia também deveriam ser proibidos.

  153. Newton

    -

    25/11/2011 às 11:01

    A demanda por energia não para de crescer. Essa é a assertiva do século XXI e a hidroelétrica de Belo Monte vai ao encontro deste mote.
    Os brasileiros devem agradecer à Deus por tantas possibilidades para geração natural de eletricidade.
    Quanto aos artistas, é melhor fazer ouvidos moucos, pois ao se perceberem formadores de opinião vão além de suas sandálias.
    Ademais há o célebre pensamento atribuído a François Arouet que se aplica bem nesses casos.
    Newton

  154. Vera

    -

    25/11/2011 às 11:01

    Só tem uma forma de esses artistas se redimirem perante a opinião pública, sem que precisem tirar o sutiã ou a cueca: é fazendo um video contra a CORRUPÇÃO, MENSALÃO E DESCALABROS NOS MINISTÉRIOS. Com certeza terão adesão total!

  155. Guilherme Sarmento

    -

    25/11/2011 às 10:56

    Novamente parabens ao Reinaldo Azevedo pela maneira objetiva, clara e corajosa com que expõe a verdade… e como dói esta verdade

  156. Paulo Relvas

    -

    25/11/2011 às 10:55

    Amigo Rei, chamo vc assim pois me considero íntimo(rsrsrs) pois leio vc todos os dias há muito anos!! E desde então sempre que ocorre algum problema já penso logo o que vc irá escrever. Ando aguardando um posicionamento seu sobre este, conveniente vazamento da chevron. Ja conheço seu posicionamento a respeito da repartição Royalties, mas e este vazamento agora, não lhe cheira mal?? Abçss do seu amigo e leito fiel.

  157. mauro

    -

    25/11/2011 às 10:55

    Maytê sans soutien-gorge.
    Non capisco: é para desafiar a sustentabilidade de belos montes?

  158. Belo Monte é ruim??? E o Pré-sal, é bom???

    -

    25/11/2011 às 10:54

    O time de “artistas contestadores” deveria aproveitar a sua notoriedade e fazer um outro filme, criticando a falta absoluta de controle e fiscalização que estamos assistindo HOJE no vazamento de petróleo no Campo de Frade, capitaneado pela Chevron, parceira da Petrobrás. Deveriam mostrar que o Brasil abandonou a produção de álcool (energia verde) para apostar tudo num tal de pré-sal que ninguém sabe no que vai dar. Eles deveriam informar também que o investimento numa Belo Monte é só uma pequena fração diante do TRILHÃO que será necessário para tirar óleo no “pré-sal” e que vai demorar (se der certo), 10 anos!

  159. Pococ

    -

    25/11/2011 às 10:53

    Um problema crescente e até crítico, tanto no Brasil como na maioria dos países em desenvolvimento, é o subdesenvolvimento rural, com baixas taxas de emprego, baixos níveis de renda (e consequentemente baixo poder aquisitivo) e um êxodo rural crescente. Enquanto comunidades rurais produzem muita biomassa, produtividade é baixa porque somente parte é processada e comercializada. O resíduo, que pode ultrapassar dois terços da massa seca (e conteúdo de energia), é perdido. O uso racional da biomassa, convertendo mesmo parte destes resíduos em produtos comerciáveis, poderia aumentar substancialmente taxas de emprego e níveis de renda. Outra barreira ao aumento da produtividade é a falta de energia. Mas a provisão de eletricidade da rede e combustíveis fósseis para áreas remotas é caro. Como o poder aquisitivo de comunidades rurais é baixo, precisa-se subsidiar a energia para torná-la acessível. Como resultado, provedores privados, visando reduzir o custo de subsídios, podem baixar a qualidade de serviço rural, enquanto comunidades ainda isoladas talvez nunca recebam energia convencional. Neste enredo, é essencial superar barreiras políticas, financeiras, tecnológicas e de treinamento enquanto estimula-se o uso de energia gerada de forma sustentável, “limpa” e descentralizada. O baixo custo do combustível e a distribuição geográfica por vários estados brasileiros podem tornar geração de bioeletricidade (eletricidade de biomassa) uma opção atraente para o desenvolvimento meio rural e amenizar o escassez de eletricidade previsto no futuro próximo. Pode também criar uma indústria de exportação para outros países em desenvolvimento.

  160. Telma

    -

    25/11/2011 às 10:47

    Não vê agora o Milton Gonçalves fazendo propaganda do PMDB? E ao lado de quem? Ainda bem q eu nunca tive simpatia por ele. Parabens, Reinaldo!

  161. Alex

    -

    25/11/2011 às 10:46

    O que eles querem(interrogação).
    -Usinas Hidroelétricas inundam aréas de preservação, alteram o ecossistema. Não pode.
    -Usina Termo-elétrica polui o ar. Não pode.
    -Usina Nuclear… Nem pensar!
    -Combustíveis fósseis, não.
    -Etanol(int.). Monocultura, grandes extensões rurais, degradação do solo. Não.
    Seriam as placas de energia solar, a energia eólica ou a combinação delas a solução(interrogação).
    Só isso não basta. Quem sabe uma política de controle de natalidade, impostos ecológicos, adoção de hábitos simples, ou até mesmo um retrocesso tecnológico.
    Não ao forno elétrico, ao ferro de passar, a lavadora de roupa, ao microondas, a tv(instrumento de controle massas), ao computador(tchau facebook e twitter) e outras tantas regalias dispensáveis. Estamos condicionados a vivernos numa regalia que destroe o indivíduo e meio ambiente. Viva em harmonia com o planeta, ande a pé, venda seu carro e compre um lote e plante árvores.
    Esses ambientalistas de araque deveriam ter mais atitude e menos palavrório.

  162. Sergio

    -

    25/11/2011 às 10:44

    Claríssimo.
    Agora por coerência você deveria repreender a turma do Voto Distrital, cuja bandeira você empunhou, como eu.
    Eles divulgaram email para pessoas que como eu assinei o abaixo-assinado, falando do vídeo no Youtube, dizendo que milhões já haviam assinado etc. Registrei para eles minha indignação com isso. Estão se perdendo.

  163. Delmar Fontoura

    -

    25/11/2011 às 10:43

    .
    .
    Investimento na vida.
    .
    Justificam-se investimentos no meio ambiente e na vida, porque não se investiu no homem prioritariamente!
    .
    Delmar Fontoura.

  164. Eu amo DDT !

    -

    25/11/2011 às 10:43

    a depender dos bacanas diszzzzcoladozzzz de copacabana & leblon, a sociedade idílica ideal é aquela onde há um bangalot turístico me meio ao verde intocado.
    o paraíso acaba com a primeira picada de muriçoca !

  165. Sofia Maria

    -

    25/11/2011 às 10:42

    Tio rei,muito bom que este assunto tenha vindo à tona nos últimos dias.Frequentemente ouço alguém comentando sobre o “absurdo” que é a construção de Belo Monte.Quando argumento que sem energia elétrica é im-pos-sí-vel haver desenvolvimento,as respostas são tão incipientes que chega a dar dó,tipo:temos que aproveitar a energia do vento,a energia solar,a energia do esterco de vaca,blábláblá.Não há como conversar com este tipo de pessoa,que não procura se informar sobre o que está falando ,”ouviu o galo cantar em algum lugar” e acha que sabe tudo!São uns “maria-vai-com-as-outras”.Eles pensam ,na sua santa ignorancia,que é muito fácil gerar energia elétrica para suprir um paíz deste tamanho e com esta população,acham que com um mero “em caso de emergencia,quebre o vidro”,pronto,em um estalo está tudo resolvido…é duro viu…Outro dia um amigo dizia que todos os carros deveriam ser elétricos,aiai,eu lhe perguntei: e de onde virá toda esta energia,se a que temos já é insuficiente?Ah,responde ele,da enegia solar!Então tá!
    A energia eólica e solar demanda alto investimento,não só financeiro como de tecnologia,mais estudos técnicos e científicos sobre o assunto.Mas,quem fará isto aqui no Brasil?Nossas capengas Universidades,preocupadas mais com ideologias esquerdistas do que com o conhecimento e a pesquisa?
    É isto o que dá não investir em cultura,pesquisa,ciencia e tecnologia,melhores universidades.É claro que não sou contra estas formas alternativas de enegia Tio Rei,acredito que nenhuma pessoa o seja.Ser a favor de Belo Monte não quer dizer que se é contra estas energias alternativas,não se trata de nenhum maniqueísmo.A longo prazo,se começarmos a estudar a fundo e imediatamente,poderemos diversificar a forma de produção de energia,mas,a curto prazo,para suprir nossa carencia enegética,a construção de Belo Monte e outras usinas,é extremamente importante.Há ainda o fato de se ter tomado os cuidados ambientais necessários(e aqui trata-se de fiscalizar e fazer cumprir corretamente a legislação,coisa que,sabemos,não funciona devido à corrupção)bem como de o projeto foi elaborado levando-se em conta a menor área possívelde alagamento.Estes atores poderiam ajudar muito se fizessem uma campanha contra a corrupção,o roubo do dinheiro público.Isto ajudaria não só na construção de Belo Monte,como beneficiaria toda a população,ao sobrar mais dinheiro para investimento em saúde,educação,pesquisas científicas e segurança.

  166. José Bastos

    -

    25/11/2011 às 10:42

    Eu sempre desconfiei que artista de novela não têm cérebro. É apenas um robô manipulado pelo diretor. Por que a rede Globo não prepara um vídeo com seus artistas denunciando a corrupção? Ah! é porque a rede Globo depende do governo para as concessões de funcionamento.Ah! porque muitos artistas da rede Globo são militantes do PT,PMDB,etc; alguns são fãs de José Sarney, não é mesmo Sr.Milton Gonçalves. Por que a rede Globo não prepara um vídeo com seus artistas denunciando as atuações da dupla Ricardo Texeira e Fernando Sarney a frente da CBF? Ah! porque a rede Globo tem GRANDE INTERESSE nas transmissões dos jogos, principalmente e monopolizadamente, nos da selação brasileira.

  167. Noah Shuster

    -

    25/11/2011 às 10:40

    Leiam o livro 2022 – Proposta pra um Brasil melhor no Ano do Bicentenário. O capitulo 9 fala sobre isso, título: Os Desafios do Setor de Energia Elétrica, autores: Rafael Kelman e Jerson Kelman, ambos autoridades no assunto, diferente dos Globais.
    .
    Só um trecho: “Se as usinas dependentes de biomassa, principalmente bagaço da cana ou de vento, efetivamente se multiplicaram no Brasil, o que garantirá a continuidade da produção de eletricidade fora da Safra de cana ou quando não estiver ventando? Será a água armazenada nos reservatórios das hidroelétricas ou seguiremos os países desenvolvidos, que não têm reservatórios acoplados às hidroelétricas e por isso buscam viabilizar o armazenamento distribuído de energia elétrica na forma de baterias de automóveis elétricos?
    .
    (…)
    .
    No caso das usinas de Jirau e Santo Antonio, no rio Madeira, a relação entre fluxo no período úmido e na estiagem é duas vezes a do Sudeste, isto é, o rio Madeira é bem mais volátil do que a média dos rios do Sudeste. A variabilidade é ainda maior na recém-licitada usina de Belo Monte, no rio Xingu, licitada em 2010: o período mais “molhado” (abril) tem 25 vezes mais água que o seco (Outubro). Obviamente, nesses três casos seria de se esperar que fossem construídos os correspondentes reservatórios, mas não foram por causa das restrições socioambientais.
    .
    Na ausência dos reservatórios, durante a estiagem é necessário fazer uso de termoelétricas que queimam combustível fóssil. Sem reservatórios é mais difícil acomodar a variação sazonal da geração de energia elétrica a partir de bagaço de cana e a intermitência da geração de ventos”.
    .
    Qualquer erro de Português ou de ter transcrito algo errado foi meu.

  168. marcia

    -

    25/11/2011 às 10:39

    Puxão de orelhas merecidíssimo. Estes artistas acabaram fazendo o papel de PALHAÇOS.

  169. Anttonioarq

    -

    25/11/2011 às 10:38

    Sugiro aos atores e atrizes desse filminho, a desligarem seus computadores da tomada e ficarem assoprando pra ver se pegam…

  170. Cactus

    -

    25/11/2011 às 10:37

    A conspiração é real, tentam desfocar o fato dizendo que se trata de uma teoria. Ela vem das famílias mais poderosas do mundo, sociedades secretas e principalmente da ONG ONU, uma instiuição macabra adepta do ocultismo e satanismo, cuja finalidade é tornar o mundo todo liderado por eles. Veja o símbolo da copa, várias mãos agarrando o mundo. E é por isso que o lulla vinha tentando fortemente uma cadeira permanente nesta instituição.

  171. corsário

    -

    25/11/2011 às 10:33

    Reinaldo:
    pela primeira vez me pronuncio em sua coluna,e confesso, discordo de algumas de suas posições…mas, no assunto levantado, só posso dizer que está PERFEITO.Parabéns, é angustiante ver estes pseudo-formadores de opiniões glorificarem as “nações desenvolvidas”, (Leia-se EUA e paises da Europa)para onde quase sempre vão para passar suas férias e acharem que nós não podemos nos desenvolver social e economicamente.Sou favorável á ideia de se ter preocupações ecológicas, mas acredito que entre dar empregos e condições melhores de vida á populações carentes, e proteger àrvores no meio do nada…fico com o ser humano….desculpe meus erro gramaticais, mas espero ter me expressado claramente

  172. eduardo

    -

    25/11/2011 às 10:32

    .
    FORAM ESSES GROBAIS QUE ELEGERAM O LULLA E SUA GANGUE, PARA SE PERPETUAREM NAS VERBAS MILHONÁRIAS DA PETROBRAS PARA SUAS PEÇAS TOSCAS !!
    .

  173. Cris Azevedo

    -

    25/11/2011 às 10:32

    Rei

    Falando sério: será que o fato de ter que ser outras pessoas na maior parte do tempo, não despersonaliza a maioria dos “artistas”? Às vezes, penso nisso.
    Explicaria muita coisa.

  174. Cris Azevedo

    -

    25/11/2011 às 10:31

    Rei

    Estou “aprendendo” sobre Belo Monte agora, com você. Li comentários de leitores que parecem entender o assunto, também. O que entendi foi: NÃO TEMOS OPÇÃO.
    Ou se faz a usina e outras como ela, ou ficamos no escuro. Lá no Amazonas, pelo que li, os apagões já fazem parte do dia a dia. No Rio mesmo, onde moram essas criaturas da selva da Globo, apagão é dia sim, dia não.
    Temos que chamar os Palmeirinhas e Proenças para nos explicar COMO fariam para ter energia elétrica de outra forma. Com que dinheiro? Com que tecnologia?
    Os artistas, hoje, deveriam tentar livrar-se da fama de terem “miolo mole”, de serem tremendos cheiradores (é o que se diz e se SABE, há anos), tremendos fumadores de erva, tremendos alcoólatras, tremendos “marginais”, no sentido de estarem À PARTE da sociedade. Isso aí é antigo, ultrapassado, chato. Vão estudar. Vão ler. Vão botar alguma coisa a mais que pó, álcool e fumo na cabeça.
    Vão fazer PARTE do mundo em que vivem. Chega de serem uma casta à parte, que tem autorização prá todo tipo de bobagem.

  175. MARIZEBRANQUINHO@HOTMAIL.COM

    -

    25/11/2011 às 10:30

    POR ISSO QUE ROMPI COM A REDE GLOBO HÁ MAIS DE 20 ANOS. NÃO SINTONIZO NADA DESTE CANAL DE BAIXARIA E GENTE DEPRIMENTE. PARA MIM É COMO SE NÃO EXISTISSE. A REDE GLOBO E SUA PROGRAMÇÃO DE DEBILÓIDES, PODERIA SER VARRIDA DA TERRA. .

  176. che qué vara

    -

    25/11/2011 às 10:29

    Pois é Reinaldo , esses ” artistas” , tolos, manipulaveis , sem noção , que apena leem textos que lhes dão ,s em ao menos procurar se informar sobre o que lerão e falarão , esqueceram de incluir no video a cobrança em relação Á GRANA ALTA QUE ESTA USINA IRÁ CUSTAR E OS DESVIOS JÁ IDENTIOFICADOS NESTE PROJETO.CORRUPÇÃO PRA ESSA GENTE É UM PROBLEMA DO POVO , NÃO DELES…

  177. Delmar Fontoura

    -

    25/11/2011 às 10:29

    .

    A dignidade não está só no “coração do espiritualista” ou na “razão do materialista” está, também, na “duríssima beleza do diamante”!…

    Delmar Fontoura.

  178. Anttonioarq

    -

    25/11/2011 às 10:27

    Alguém aqui – não sei quem – chamou atenção para a palavra “artista”… Se formos nessa toada, eu com arquiteto, tbm sou um “artista”, ou não? Eles são ATORES E ATRIZES e eu Arquiteto/Urbanista. Não são artistas, senão iriam pintar a Monalisa, ou a capela sistina com bico de pena.

  179. Delmar Fontoura

    -

    25/11/2011 às 10:26

    Para enxergar bastam os olhos, mas para perceber o que enxergarmos são necessários todos os sentidos…

    Delmar Fontoura.

  180. Luiz da Silva

    -

    25/11/2011 às 10:26

    Reinaldo,

    Quer apostar que na reunião de emergência eles “deliberaram” ir em comissão – ou seria coletivo – ao programa do Faustão no domingo?
    É lá que tentam alguma visibilidade sobre essas barcas furadas… Outro dia a Teresa Cristina estava lá falando do 1 milhão de assinaturas.
    Resta saber se o Faustão vai topar esse papel.

  181. Delmar Fontoura

    -

    25/11/2011 às 10:24

    .
    É o indivíduo livre pensador que cria, molda o belo, o sublime; já a massa está sempre se deixando conduzir numa submissão incompreensível, incauta e embrutecida!…
    .
    Albert Einstein.

  182. Delmar Fontoura

    -

    25/11/2011 às 10:21

    .
    .
    .
    Quase todos os homens, tocados pela atração de um falso bem ou de uma glória vã, se deixam seduzir, de bom grado ou por ignorância, pelo brilho enganador daqueles que merecem mais o desprezo que o elogio.
    .

    Nicolau Maquiavel.
    .
    .

  183. Leandro

    -

    25/11/2011 às 10:21

    É claro que precisamos da Usina. Como o Reinaldo falou, a utopia seria um sistema de energia eólica ou solar eficiente, mas hoje isso é inviável em qualquer parte do mundo.
    O único ponto que discordo, pelo menos em parte, é no custo da obra. Em 2006 foi orçada em 6 bilhões; agora já passa dos 30. É claro que estão mamando aí. Acho que essa galera imbecilóide da Globo deveria brigar pela fiscalização.
    Outro ponto a se estudar é o projeto; será que o governo está atendendo o que é melhor mesmo para o país, ou está erguendo um monstro cheio de opcionais descartáveis, que poderia sofrer alguma espécie de downsizing, barateando o custo e melhorando o objetivo final?

  184. Cactus

    -

    25/11/2011 às 10:17

    Ficar só no blá blá blá é muito fácil. Na vida devemos dar bons exemplos e geralmente funciona muito mais. Sugiro que estes artistas adeptos da energia limpa ao darem exemplos para a sociedade, passem o resto da vida montados em uma bicicleta erguida em cavalete, pedalando e acumulando energia em baterias.

  185. Izabel

    -

    25/11/2011 às 10:17

    Muito bom artigo, abre nossos olhos

  186. “Estelionatário Maluquinho!”

    -

    25/11/2011 às 10:16

    Bom dia TêRRê !!!
    ***
    mas q belo monte…, hein Titio Van Helsing,
    ***
    V&OL, TRx !!!…

  187. victor

    -

    25/11/2011 às 10:13

    Reinaldo,
    Conheço bem esses ecologistaas de plantão. Geralmente são os que menos fazem. Da boca pra fora e nada de ação, ficam esperando sentado o suco de laranja (natural).
    Pergunta: quanto tempo leva para o desmatamento ilegal e corriqueiro, acontecendo agora, cobrir uma área igual àquela da usina? É bem a cara PT, lançar obra nova sem acabar a promentida.

  188. Rafael Baldasso

    -

    25/11/2011 às 10:06

    Tio Rei, So para lembrar que Itaipu tem um potencial instalado de 15 000 MW, mas produz ‘apenas’ 11 000, grosseiramente 70%. A usina de tres gargantas (a maior do mundo em POTENCIAL INSTALADO) na china tem 20 000 MW instalados, mas produz, pasmem, apenas 5000 MW (apenas 25%!)!
    Entao Belo Monte esta com um padrao razoavel de geracao de energia. Sem contar que o MW instalado para energia hidreletrica chega a ser 20 vezes mais barato que o custo do eolico e pelo menos 50 vezes mais barato que o solar fototermico ou fotovoltaico.
    Outra coisa, eu e acredito que qualquer pessoa formada em engenharia ou fisica nunca ouviram falar em rendimento/aproveitamento na casa dos 100%!

  189. Rafael Baldasso

    -

    25/11/2011 às 10:06

    Tio Rei, So para lembrar que Itaipu tem um potencial instalado de 15 000 MW, mas produz ‘apenas’ 11 000, grosseiramente 70%. A usina de tres gargantas (a maior do mundo em POTENCIAL INSTALADO) na china tem 20 000 MW instalados, mas produz, pasmem, apenas 5000 MW (apenas 25%!)!
    Entao Belo Monte esta com um padrao razoavel de geracao de energia. Sem contar que o MW instalado para energia hidreletrica chega a ser 20 vezes mais barato que o custo do eolico e pelo menos 50 vezes mais barato que o solar fototermico ou fotovoltaico.
    Outra coisa, eu e acredito que qualquer pessoa formada em engenharia ou fisica nunca ouviram falar em rendimento/aproveitamento na casa dos 100%!

  190. Francisco Fontenele

    -

    25/11/2011 às 10:01

    Senhores “globais”, por favor, sejam sensatos, já que não são inteligentes. Reflitam, estudem, se informe sobre os verdadeiros impactos que a construção de Belo Monte trará ao País. A Alemanha não tem hidrlétrica porque não tem rio; os norte americanos não tem mais hedrelétricas porque esgotaram seus recursos.
    Os impactos ambientais são ínfimos em relação aos benefícios que a construção dessa usina trará ao País. E o que dizer dos avanços sociais que trará à própria microregião da Usina? Lá, senhores, os ribeirinhos e índios vivem na miséria, carentes de tudo, saúde, transporte, educação, emprego, alimentação. Reflitam.

  191. DIZ

    -

    25/11/2011 às 9:54

    Reinaldox esses globilóides vão ter que ler e reler este texto várias vezes, para poderem entender um fio dàgua.

  192. Gilot

    -

    25/11/2011 às 9:54

    A Usina de Belo Monte vai trazer mais fiscalização para a área da floresta. Basta ir a Tucuruí para ver que a presença do estado faz a diferença porque a área de floresta está preservada. É um dos poucos locais do Pará que não sofre com a devastação criminosa , que alguns maus brasileiros fazem por lá.Esses artistas não sabem o que falam….Uma pena….

  193. Luiz

    -

    25/11/2011 às 9:51

    SERÁ QUE, PELO MENOS UM DESTES ARTISTAS, FOI VISITAR O LOCAL DA USINA??? DUVIDO!!!

  194. carlos

    -

    25/11/2011 às 9:50

    Reinaldo, seu problema é que vc e seus textos viciam mais que maconha. Não da para não ler.
    O argumento pela força gera o “efeito manada”. Esses artistas são vítimas também. Acreditam, não sabem, que estão prestando um grande serviço ao mundo, quando estão tentando condenar o brasil ao atraso. O inferno esta cheio de boas intenções, diz do ditado. Deveriam estudar ditados populares.
    O pais esta sendo saqueado de norte a sul, de leste a oeste e nenhum artista global abre a boquinha. Só a nossa musa, a luana.
    Um bom ditado ecológico para nossos queridos artistas: “Cada macaco no seu galho.”
    Quero ver esse pessoal fazer um filminho contra a corrupção.
    Dá-lhes reinaldão.

  195. Marlon

    -

    25/11/2011 às 9:49

    Eu queria ver o grupo do vídeo (dos artistas) indo ao Palácio do Planalto discutir o assunto com a Presidenta Dilma… hahahaha…
    Aliás, taí uma boa demonstração da influência do grupo sobre os brasileiros. Porque é bem capaz de ela recebê-los em audiência, só porque são artistas (e da Globo) para com toda a paciência dizer que a usina não representa danos ao meio ambiente e é necessária ao país etc.
    Agora, os brasileiros parece que cobram dos artistas posições sobre tudo que é tema!
    O Rio de Janeiro é Los Angeles e a Globo é nossa Hollywood!
    Nossos di Caprio e nossas DeGeneres só estavam com vontade de defender uma causa… Podiam ter escolhido uma melhor que esta peça ridícula!

  196. PARTIDO - PÊQUEPÊ

    -

    25/11/2011 às 9:45

    .
    CARISSIMO REINALDO,
    .
    O MEU PROBLEMA ERA OS ITENS 2 E 3 E TALVEZ O 4. COM OS OUTROS ITENS ESTOU DE PLENO ACORDO OU JA TINHA CONHECIMENTO.
    .
    OBRIGADO
    .

  197. Gonçalves

    -

    25/11/2011 às 9:44

    Reinaldo, parabéns por mais um texto competente! O Brasil tem que começar a discutir – à sério – e com dados esta e outras questões estratégicas para o país.

  198. NETO

    -

    25/11/2011 às 9:44

    Reinaldo, para complementar, recomendo a todos lerem Mafia Verde e Fraude do Aquecimento Global da editora Capax Dei, Fraude do Efeito Estufa de Kurt G. Blüchel e Uma Demão de Verde, de uma jornalista Canadense, Elaine Dewar. O que você resumiu neste excelente arquivo está mais explicado naqueles livros.

  199. nana

    -

    25/11/2011 às 9:43

    As Organizações Globo tem os seus Princípios Editoriais, mas alguns dos seus reporteres ao falarem sobre Lula o tratam como presidente e não ex, nos desrespeitam assintosamente e se forem vasculhar a vida dos índios do Norte do Brasil verão que estão muito bem estruturados com caminhonetes, aviões e toda mordomia de milionários aliás, índio precisa entrar no processo evolutivo oficialmente como todos nós porque mantemos um povo que negocia madeira, ouro, diamantes e cocares que, já tive oportunidade de ver, com penas retiradas de pássaros abatidos a tiro e depois vendidos pros gringos a preços muuuuuuito interessantes.

  200. Darazoom

    -

    25/11/2011 às 9:43

    Quanto mais luz, tanto melhor! Quanto mais acesa, melhor ainda!

  201. Tupiniquim

    -

    25/11/2011 às 9:43

    Quando assisti ao vídeo Gota d’Água, me lembrei da campanha contra o desarmamento de 2005, em que artistas globais apareceram em rede nacional defendendo o voto a favor do desarmamento da população.
    Acabaram se expondo à toda sorte de críticas. E a população votou contra o desarmamento.
    Abraços, Reinaldo!

  202. Anónimo

    -

    25/11/2011 às 9:42

    Os televisivos brasileiros já não tinham noção de realidade há muito tempo, agora perderam totalmente o senso de ridículo. A Rede Globo os mimou demais, o universo deles se reduziu. Não há inteligência ou grandeza nessa meio dito artístico.

  203. LIMA

    -

    25/11/2011 às 9:42

    REINALDO.
    SERIA ÓTIMO QUE OS ARTISTAS, FAMOSOS OU NÃO, FIZESSEM UMA CAMPANHA CONTRA O USO DA COCAINA. SE ELES TIVEREM CORAGEM, VÃO AUXILIAR MUITAS PESSOAS E QUIÇA ALGUNS DE SEUS COLEGAS. AS DROGAS MATAM E OS VICIADOS SÃO PESSIMOS EXEMPLOS. CHEGA!!

  204. Luiz Antonio

    -

    25/11/2011 às 9:41

    http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI5487792-EI8423,00-A+verdade+sobre+Belo+Monte+e+sobre+a+gente.html

    Marcelo Carneiro da Cunha
    De São Paulo

    A verdade surge do entrevero, como dizia a minha pampeana avó Jovita. A minha avó Jovita podia ser um tanto assustadora, mas era sábia, agora eu sei.

    E, na semana passada, eu tirei sarro dos bonitinhos da Globo dizendo aquelas coisinhas de teleprompter no vídeo contra Belo Monte. Tirei sarro do que eles diziam e do jeito que diziam, porque já que gosto de gente falando o que sabe, detesto gente dando texto. Pronto, caiu o mundo.

    Uma das críticas foi a de que eu teria sido deselegante para com os globais. Pois eu discordo, embora um neto da minha avó Jovita pouco se importe com as aparências. Eu poderia ter sido menos elegante e ter falado que eles mentem. No vídeo eles dizem barbaridades, como a afirmação de que o lago vai alagar o Parque do Xingu (que fica no Mato Grosso, a 1300 km dali), que o lago formado vai alagar 640 km2 de floresta (são 516 km 2, e mais de 2/3 da área já são o curso do rio ou desmatados), que tribos indígenas vão ser desalojadas (não é verdade) e que o dinheiro que financia a obra vem dos nossos impostos, o que de novo é mentira, porque o dinheiro do BNDES não vem de impostos, como sabe qualquer um que queira saber e não falar besteira em público.

    Ou os atores foram ingênuos ou mentirosos, e eu até fico com a primeira hipótese, que combina mais com o psiqué du rôle deles. Mas alguém construiu uma mensagem mentirosa para tungar milhares de assinaturas de pessoas como você, sinceramente interessadas no país e no futuro. O que você acha disso?

    Outros me dizem que o certo é “ouvir os muitos cientistas que se pronunciam a respeito do assunto”. Eu, louco por verdades que sou, recebo essa pérola de um doutor em meio-ambiente que vive na Catalunha (e me chamou de ignorante em tudo) “…A energia eólica nao somente fica na beira da praia e estraga o visual, isso é uma falta de informação. Em Osório, no sul do país, encontra-se um dos maiores parques eólicos do Brasil, e tudo isso nas montanhas.”

    O nobre doutor não sabe que eu estive no local em agosto, e olhem a tal eólica nas montanhas: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:P1240012.JPG

    Então, caros leitores, dá pra confiar na isenção de alguém e na sua capacidade de produzir verdades por ele ter um doutorado em alguma coisa? Se ele gosta de verdades tanto quando o doutor acima, quanto adianta ouvir o que ele diz, se queremos verdades?

    E essa é a questão: queremos a verdade ou queremos chupeta?

    O Manuel, aqui em casa, com duas semanas de vida já sabe a diferença entre uma e outra. A verdade exige bem mais esforço, mas dela sai leite. A chupeta é fácil, e engana, por um tempo, mas ele precisa mesmo é do leite.

    Os globais do vídeo ficaram enchendo a gente de chupeta. “Pra que hidroelétrica, tem solar, tem eólica”. Um sujeito que não sabe pra que lado fica o Xingu, sabe o que eólica ou solar representam ou podem representar hoje? Você colocaria o seu destino e o do país na cabeça dessa gente? Somos bebês? Vocês são, caros leitores? Vocês acreditam mesmo em verdades fáceis e almoços grátis?

    Claro que um projeto de hidrelétrica na Amazônia é um projeto de hidrelétrica na Amazônia. Claro que algo desse porte vai levar muita gente para lugares que já são disfuncionais hoje. Claro que o lago formado vai ter impacto, algo difícil de avaliar. Tomando como comparação Itaipu, parece que os ganhos superaram as perdas, e elas incluem as Sete Quedas. Sem Itaipu, nossa história seria outra, e bem mais carbônica, não? Gente vai ser movida pra lá e pra cá, o que acontece o tempo inteiro, porque nenhum lugar permanece estagnado e igual para sempre. Para alguns, vai ser bom, para outros, não. Afetados por isso tudo somos os 190 milhões, ainda mais se ficarmos sem energia suficiente, a única coisa, salvo perder a Copa de 2014 na final e em casa de novo, capaz de acabar com a gente.

    Querem um santuário, criem um santuário. E se a nação decidir, depois de muito debate, tornar a Amazônia um santuário, que assim seja. Mas quem vai explicar isso para os vinte milhões de habitantes que já estão lá? Querem que o Brasil deixe de ser injusto com os indígenas? Querem devolver o país a eles, a única forma de corrigir a injustiça essencial? Ok, vamos pra onde?

    Não existe almoço grátis. Verdade, certamente, tem custo.

    A questão real e que me aflige, ainda mais com um filho de apenas duas semanas e que vai herdar esse século, é a nossa incapacidade para debater e buscar a verdade. Fracassamos vergonhosamente em uma decisão tão simples quanto a da proibição das armas. Seríamos incapazes hoje de debater e decidir de maneira inteligente e verdadeira sobre questões de igualdade e os direitos de minorias. Sobre a reforma política. Sobre o sistema educacional. Sobre as drogas. Sobre o importantíssimo Código Florestal. Sobre a eticamente complexíssima questão do aborto.

    Somos incapazes porque somos seduzidos por chupetas, em nossa busca da verdade. Fracassamos porque, em uma era de tanta informação, afundamos nos preconceitos e cedemos aos discursos maniqueístas e reducionistas.

    Eu quero acreditar em mim e em vocês, em nossa capacidade de sermos maiores do que a nossa própria miopia. Eu quero tanto que vou compartilhar o infalível método Avó Jovita de localizar a verdade, onde quer que ela esteja, baseado em um conceito muito simples: a verdade dói.

    Querem ver? Não, mulheres não são mais sensíveis do que os homens. Não, Deus não vai garantir o seu sucesso simplesmente porque você paga o dízimo. Aliás, ele nem existe, ao menos não do jeito que venderam pra você. Sim, a homeopatia não passa de uma besteira. Não, o Gremão não é imortal. Sim, precisamos e muito de energia, e sim, hidrelétricas estão, longe, entre as melhores soluções, ao menos até a cientista nuclear Denise Richards inventar a fusão a frio. Sim, países ricos têm melhores condições de enfrentar e vencer as sérias questões do ambiente, e esse é um bom motivo para trabalharmos para o Brasil prosperar. Sim, o atual modelo de produção precisa ser trocado por outro. Não, ainda não sabemos como fazer isso. Não, ele não quer ser seu amigo. Não, ela não ama você.

    Viram? Fácil. Agora vão lá fora e apliquem o método. Afastem as chupetas e leiam a Veja e a imprensa de verdade com o cuidado de quem busca bola em espinheiro, sabendo que nos espinhos estará a verdade. A verdade dói, sim, mas ainda é a única forma de sairmos dos buracos em que nos enfiamos ou nos enfiam. Ela dói, mas cura, que nem mercúrio-cromo. Saudades do mercúrio-cromo. Saudades da minha avó que nunca, nunca mesmo, mentiu pra mim.

    Marcelo Carneiro da Cunha é escritor e jornalista. Escreveu o argumento do curta-metragem “O Branco”, premiado em Berlim e outros importantes festivais. Entre outros, publicou o livro de contos “Simples” e o romance “O Nosso Juiz”, pela editora Record. Acaba de escrever o romance “Depois do Sexo”, que foi publicado em junho pela Record. Dois longas-metragens estão sendo produzidos a partir de seus romances “Insônia” e “Antes que o Mundo Acabe”, publicados pela editora Projeto.

  205. Diego

    -

    25/11/2011 às 9:41

    Lembrando que nem os madeireiros tem interesse em retirar madeira na área que será ocupada pelo lago. Segundo os engenheiros da obra, foi feito contato com diversas medeireiras da região e eles informaram não ter interesse pois o que tinha de bom pra ser retirado já havia sido retirado antes da obra.

  206. celia

    -

    25/11/2011 às 9:40

    Você é poderoso mesmo! Essa turma lê seu blog mesmo! Quero ver é indignação individual de cada artista que se sentiu ultrajado com as bobices que disseram! Quero que debatam com conhecimento de causa e expliquem por A+B porque são contra isso ou a favor daquilo. Texto pronto não vale!

  207. Alda Maria

    -

    25/11/2011 às 9:39

    Parabéns, Reinaldo! Texto esclarecedor. Atores, professores,etc., tem responsabilidade perante os cidadãos. Não dá para sair por aí falando bobagens.

  208. Mauricio

    -

    25/11/2011 às 9:38

    Vamos fazer um Reality com todos esses artistas vivendo na Selva, como nossos bons índios, sem nenhum conforto e segurança. Sem Ipod, energia elétrica, celulares, etc. Vamos ver quanto tempo aguentam esse maravillhoso viver.

  209. Gentalha

    -

    25/11/2011 às 9:37

    Esses mesmos palermas que hoje combatem a construção de Belo Monte, combateram também a construção de Itaipu e lutaram pela implantação no comunismo no Brasil. Aliás, não fossem os governos militares, COM CERTEZA ABSOLUTA NÃO TERIAMOS HOJE A USINA DE ITAIPÚ e muitas outras! Seriamos hoje, no máximo, uma imensa e miseravel CUBA.

  210. Fábio

    -

    25/11/2011 às 9:36

    Ainda na infância, e já tinha vividos uns 7 janeiros, e ainda lembro que essa mesma “indignação” dos intelequituais se fez na realização da usina de Itaipu, a floresta das cataratas e o final das Sete Quedas.
    Hoje alguém discute se Itaipu foi ou não necessária? E olha que não tinha iPOD, iPAD, iTUDO, mas já tinha novelas e computadores Prológica.

  211. carlos amendola

    -

    25/11/2011 às 9:36

    Brilhante!

  212. Carlos Ernesto Petry

    -

    25/11/2011 às 9:33

    Caro Reinaldo. Não são só estes “artistas” de cabeça vazia, que não querem ver a realidade. Muitos políticos parece estarem a soldo dos interesses estrangeiros. Neste caso não são xenófobos, apesar de se dizerem nacionalistas. Prevalece sempre a falta de coerência. Ainda estes “artistas”, fazem qualquer coisa para aparecer, até sendo ridículos.
    Quanto à Belo Monte, se o governo tivesse “aquilo roxo” e realmente defendesse os interesses nacionais e do povo, faria a usina na versão integral.

  213. jose xavier

    -

    25/11/2011 às 9:31

    Genial, como sempre. A Globo deveria, sim, proibir esse tipo de manifestação burra, até pra preservar seus atores mal informados e ‘endeusados’. Como o faz em não permitir entrevistas em outros canais…

  214. Criminosos!!

    -

    25/11/2011 às 9:30

    >>

    Ontem a Rede Globo, que para ficar bem com o governo petista está alinhada até os ossos com ONGs internacionais interessadas em liquidar com nossa agricultura, divulgou em seus jornais uma reportagem sobre o “aumento” do desmatamento em Mato Grosso.

    A reportagem mostrou equipamentos apreendidos pelo Ibama que são usados pelos pilantras criminosos, denominados na reportagem de “ruralistas” ou “fazendeiros”, para perpetuar o terrível crime de PRODUZIR ALIMENTOS com fartura e preço baixo para os brasileiros!

    Cadeia para esse safados dos produtores rurais! Porque desmatar e atrapalhar a vida dos miquinhos da floresta se agora somos ricos e podemos importar os alimentos que precisamos dos EUA, do Canadá, da Argentina e etc..?

    Eita paisinho de merda!
    <<

  215. Anderson

    -

    25/11/2011 às 9:28

    Informação nunca é demais,temos o direito de expor opiniões e jugarmos como queira(O NOME CHAMA OPINIÃO).

  216. Matheus Cunha

    -

    25/11/2011 às 9:27

    Caro Reinaldo, dei uma fuçada no portal Transparência Brasil. Fiz uma pesquisa simples com os gastos diretos de um ÓRGÃO EXECUTOR (foi aleatório, juro), no caso o Ministério da Cultura. Mais detalhadamente vi a ANCINE (Agência Nacional do Cinema)gastando em 2011 R$ 105.230.331,11. Minha vontade é escandir sílaba por sílaba, olhando fixamente para uma câmera imaginária com uma cara que é um misto de indignação e bestagem: “cen-to e cin-co mi-lhõ-es, du-zen-tos e trin-ta mil, tre-zen-tos e trin-ta e hum re-a-is e on-ze cen-ta-vos”.
    Agora eu pergunto: PRA QUÊ? Grande parte dessa grana serviu pra financiar seus (dos “bacanas”) projetos de teatro, poesia (cadê Bethânia?), cinema…
    Entre produzir energia elétrica e “arte” – fico com os Megawatts.
    Abraço do seu seguidor no blog e twitter.
    Matheus Cunha – @elmathas
    Brasília-DF – * Sou do Pará, estou morando em Brasília e quero energia. Muitas cidades no Pará sofrem com a falta de energia elétrica. Mande esses “bacanas” verem essas cidades do interior abastecidas com aqueles geradores à diesel. Aquilo é um horror.

  217. darcy antonio moura

    -

    25/11/2011 às 9:26

    muito bem REINALDO,voce disse tudo

  218. D6

    -

    25/11/2011 às 9:26

    Trabalho numa empresa que está executando obras na Guiné , na Africa. O país não tem energia elétrica e utiliza geradores para sobreviver. Ás 16:00 horas êles são desligados com exceção dos utilizados nos hospitais.Vendo a situação deste país entendo melhor a importancia da energia no desenvolvimento de um povo.

  219. joaol

    -

    25/11/2011 às 9:25

    Boa Reinaldo! desmonte esses globoloides.

  220. Leonardo

    -

    25/11/2011 às 9:23

    Simplesmente…

    Genial!

  221. Carlos Alberto Bárbaro

    -

    25/11/2011 às 9:22

    O mais interessante é que a reação a seu post desmascara toda a encenação meio boal brechtiana do vídeo, que apela aos ignaros para que reflitam, mas que assim que se depara com um pensamento de fato sobre o assunto o repudia in limine. Em suma, eles não querem reflexão, mas tão somente aceitação.

  222. Caio Frascino Cassaro

    -

    25/11/2011 às 9:21

    Prezado Rei:
    Cara, você é o máximo!!!!!! “Visão turística da pobreza”?!?!
    Que água você bebe, amigo? Me conta que eu quero um pouco para mim. Não é possível!!!! Todo dia você aparece com uma sacada diferente. Pelo amor de Deus, imagina o chilique da Maytê Proença e sua turma lendo esse post…
    Um abraço

  223. Blog and Roll

    -

    25/11/2011 às 9:18

    Bom dia, Dna. Reinalda! Corrige aí:

    “O Brasil não precisa de energia elétrica só para satisfazer os chiliques da turma do “iTudo” …”

    Íten 1 começando com letra maiúscula.

  224. Wilson

    -

    25/11/2011 às 9:17

    Repito aqui exatamente a mesma pergunta feita pelo Augusto Nunes: o que esperam as mesmas celebridades para juntar-se num vídeo que estimule os brasileiros a mobilizar-se contra a corrupção impune?

  225. EMJ

    -

    25/11/2011 às 9:16

    Num país com um sistema precário de educação, tais pessoas são consideradas e se consideram ídolos, por serem protagonistas dos lixos (novelas e outros programas) que vão ao ar todos os dias, anestesiando a mente de miutos brasileiros vitmados por essa situação.
    Vejam o caso daquela mocinha que apresenta um programa de games sobre sexo com esses pseudos globais, escória sem consciência e se achando, e que uma montadora na sua propaganda a utiliza para divulgar que na compra de um veículo se ganha uma viagem para Disney. Como é que se associa um sonho infantil a essa gamemaníaca? É muita hipocrisia, pregam a imoralidade, pregam a ignorância, prestam um deserviço a nação, são falsos heróis, calhordas e canalhas. Porém, o pior de tudo, é que são cegos.

  226. gilmar

    -

    25/11/2011 às 9:15

    È isso mesmo. Só porque aparecem na midia se acham no direito de opinar sobre tudo. A maioria não tem conhecimento básico nem mesmo da sua profissão e se mete a falaar besteira. A nossa imprensa compartilha com essas besteiras porque isso rende audiência.Em qualquer debate publico sobre esse assunto é facil verificar a ignorancia deles. O artigo por si já coloca o pingo nos “is”. Parabens.

  227. Tony

    -

    25/11/2011 às 9:12

    Ótimo, como sempre.

  228. Sou da Geração que apeou da Charrete para Navegar na Internet. Precisamos da Energia de Belo Monte!

    -

    25/11/2011 às 9:12

    Muitos consideram o Reinaldo Azevedo um “direitista”, um “reacionário”, um “sei lá o que mais”.
    Excelente, continuem encarando o Reinaldo assim. Não mudem de opinião, não tentem dar passos atrás e fazer média com ele.
    Precisamos de mais Reinaldos “direitistas e reacionários” para contrapor e suplantar a mediocridade e más intenções que estão tomando conta do Brasil.
    Os jornalistas e artistas precisam deixar de fazer tipo “progressista” e “politicamente correto” e, com esse cagaço absurdo, tornando-se marionetes dos “ideólogos acima do bem e do mal” – mas, em verdade, predadores sugadores das Riquezas, da Moral e da Ética de uma Nação Tão Bonita Por Natureza.

  229. Rods

    -

    25/11/2011 às 9:12

    REI.
    TE ACUSARAM DE TENTAR CENSURAR OS MENTECAPTOS????
    MEU PAI, PENSEI QUE SÓ O APEDEUTA E SUA MALTA FOSSEM INIMPUTÁVEIS NESTE BRASIL.
    MESMO ANTE SUAS INFORMAÇÕES PRECISAS E CLARAS QUE DESMORALIZARAM O VIDEO QUE OS IDIOTAS SE PROPUSERAM A FAZER, APARECERAM UNS COMENTADORES QUE – PASMEM – CONCORDAVAM COM CERTOS ASPECTOS DOS ZURROS DELES.
    É O FIM.
    Rods
    Rods

  230. antonio

    -

    25/11/2011 às 9:09

    Caro Reinaldo. Na mosca. Todo mundo tem o direito de emitir sua opinião, mesmo que seja uma monumental asneira, mas deve pelo menos se informar sobre o assunto.

  231. Everaldo

    -

    25/11/2011 às 9:07

    Concordo com você, simplesmente.

  232. MINEIRIN INVOCADIN

    -

    25/11/2011 às 9:05

    Reinaldo,sem querer sr preconceituoso,há artistas e “artistas”, como também há estudantes e “estudantes”!Mas já parou para pensar como essa classe,que se mantém às custas da POPULARIDADE tem se confundido(ou sido cooPTada,comprada, iludida)e passado ao POPULISMO barato,rasteiro,vagabundo mesmo,imitando o porco-rei, e dando PiTacos em tudo quanto há,como se atuando em comerciais daquilo que está sendo posto em cena,mas que,pelo visto e revisto,na maioria das vezes, padecem de total falta de conhecimento de causa,tornando-se MERAS AVES PALRADORAS ou MEROS SÍMIOS?Reparou,também,como muitos desses “artistas” se metem(e como metem-duplo sentido!) a experimentar todo tipo de droga(desde as vultosas campanhas politiqueiras até o chá do santo daime,passando por outras mais ou menos pesadas),sendo que alguns,em que pese o fato de já serem “senhore(a)s”,aprisionado(a)s ao woodstock,numa falta de responsabilidade vergonhosa,ainda dão entrevistas falando(?)que as consomem,que é uma boa etc!Falta a alguns, conhecimento;a outros,decência e honestidade!

  233. Mauro Guimarães

    -

    25/11/2011 às 9:02

    Os globais não têm mesmo personalidade. Por outro lado dependem dos patrocinios dos bancos oficiais.
    Até a Fernanda Montenegro do alto de quase uma centena de anos tem de se curvar e participar de situações constrangedoras, que dirá o Marcos Palmeirinha.
    Em tempo: o Horario Polititico do PMDB ontem(quinta feira, 24)foi de embrulhar o estomagode um porco: Sarney, Temer, Chalitinha(parecia que ia declamar o Minha terra tem palmeiras, onde canta o sabiá), Roseana Sarney, e outra especimes da corrupção nacional.
    FOI DURO DE AGUENTAR

  234. Marcos

    -

    25/11/2011 às 9:01

    Reinaldo, parabéns, é importante o publico procurar conhecer mais sobre a história das Organizações Globo. Sugiro que assistam um documentário feito em 1993 pela BBC- “ Muito Além do Cidadão Kane”. Disseca o passado da maior influencia midiática que temos. A Vênus Platinada conseguiu que não fosse reproduzido em terras tupiniquins, mas a internet tem o lado bom da força. Será que esses atores conhecem o histórico da empresa onde trabalham? Vale a pena tirar o sutiã também -Assintam, é interessante: http://www.youtube.com/watch?v=JA9bPyd1RKQ

  235. alberto autran

    -

    25/11/2011 às 9:00

    O que incomoda esses “”"”"artistas”"”"”(com varios dedinhos) é que o povão só da valor ao que eles dizem se estiverem travestidos de algum personagem de novela, de cara limpa o povão não ta nem ai….

  236. MARCELO

    -

    25/11/2011 às 9:00

    Se tem uma coisa boa é a TV à cabo. Não sou mais obrigado a assistir horário político (só quando eu acho importante) e nem a engolir a programação da globo. Esses intelectuais não tem idéia da importância dessa usina. O que seria do Brasil se não fossem as Usinas de Jupiá, Ilha Solteira, Três Irmãos, etc.

  237. Eberth Borges

    -

    25/11/2011 às 8:58

    Excelente!
    falaram sem conhecimento de causa, as criticas são justas e devem ser absorvidas na medida do possivel.

  238. Marcio

    -

    25/11/2011 às 8:58

    “Moron…Moroni”…. quase chorei aqui… essa foi sutil…

  239. MCE-RJ

    -

    25/11/2011 às 8:57

    Gostaria de ver esses artistas em uma campanha de combate à corrupção que se instalaou nos últimos governos como nunca na história deste País. Isso sim, seria muito mais útil ao povo brasileiro. Tô de saco cheio de ignorância e mentiras.

  240. Andre Luis

    -

    25/11/2011 às 8:53

    Perfeito, mais uma vez.
    Obrigado amigo.

  241. Marcelo Fontes

    -

    25/11/2011 às 8:46

    Sensacional…

  242. Claudemar

    -

    25/11/2011 às 8:45

    Hoje fiz a leitura de um artigo muito bom. Se não tiver energia daqui a 10 anos o Brasil para

  243. Sou da Geração que apeou da Charrete para Navegar na Internet. Precisamos da Energia de Belo Monte!

    -

    25/11/2011 às 8:44

    A INGUINORÂNÇA É QUE ASTRAVANCA O PROGRÉSSIO! (bordão de um antigo programa humorístico da Globo… rsrsrs… pois é, esse pessoal da Globo de hoje parece que não sabe, disso: “com erros de grafia e por linhas tortas também é possível falar verdades”… rsrsrs…)
    .
    MANIFESTO DE UM CIDADÃO:
    AOS ARTISTAS E PRODUTORES DE TV, RÁDIO E IMPRENSA ESCRITA

    NÃO FAÇAMOS DO BRASIL UMA ZORRA MAIOR DO QUE JÁ É! FAÇAMOS COMBATE À CORRUPÇÃO!
    FAÇAMOS EDUCAÇÃO, SAÚDE, INFRAESTRUTURA E GERAÇÃO DE EMPREGOS!
    JORNALISTAS, ARTISTAS E PRODUTORES DE RÁDIO E TV, CONTAMOS COM O ENGAJAMENTO DE VOCÊS NESSAS BOAS BATALHAS!

  244. Anttonioarq

    -

    25/11/2011 às 8:43

    Como diz no interior “a cada enxadada, uma minhoca”. Reinaldão sempre matando a pau. Contra argumentos, não tem trupe de artistas que vença. PROPONHO: Façam outro video corrigindo este. Não é feio, é proficuo.

  245. Fabiana

    -

    25/11/2011 às 8:40

    A opinião de Moroni é tão legítima quanto a de qualquer cidadão brasileiros (jornalistas incluídos). A democracia acolhe miolos moles e duros.

  246. anonimo

    -

    25/11/2011 às 8:37

    ‘Paleontólogos apresentam no RS dinossauro de 230 milhões de anos’
    trata-se do notavel ‘EMIRUS SADERUS USOPIANOS FEFELEXENTUS’
    UMA VARIAÇAO DO ‘SAFLATUS DINOSSAURICUS’

  247. @renorof

    -

    25/11/2011 às 8:36

    Eu não me oponho a que Maitê Proença tire o sutiã. Ao contrário: ainda que com poucas informações, não fornecidas pelo vídeo, ou sou é a favor. (não seria EU sou é a favor nesse “ou sou é a favor”?) Parabéns, mais uma vez. Inspiração do …. esta semana, hein? Não precisa publicar, é só pra limpar aquele borrão ali. Abraço.

    MODERADOR AGRADECE: CORRIGIDO!

  248. Juliano Cacheta

    -

    25/11/2011 às 8:35

    Leio seus posts há um ano. E a cada dia me surpreendo mais.
    Parabéns. Abraço.

  249. Raphael Sudré

    -

    25/11/2011 às 8:32

    Indescrítivel esse texto ! Caro Reinaldo, você é o cara !!! O resto é balela.

  250. Carlos Müller Jr

    -

    25/11/2011 às 8:32

    Simplificar o que não é simples sempre gera injustiça. Falar que eólica “é bom” e hidrelétrica “é ruim” é uma destas injustiças. UMA turbina é inútil. Precisa-se de um PARQUE eólico. ONDE ficaria este parque? No litoral, gerando poluição visual? Qual estado da federação aceitará perder um ponto turístico como uma praia? Em alto mar? Mas daí, qual o custo de cabeamento para levar a eletricidade gerada em alto mar para a costa? Esta transmissão por cabos geraria perdas para o parque eólico. Falei de poluição visual. Mas e a poluição sonora? Por causa dela (poluição sonora) não é possível ter gente morando perto das usinas eólicas! E os pássaros? A provável localidade do parque eólico não pode ficar numa rota migratória de pássaros. De novo… falar que um é bom e o outro é ruim só por falar e não apresentar os prós e os contras de cada tecnologia é sim, como costuma dizer o tio Rei, vigarice intelectual, pois QUALQUER TIPO DE GERAÇÂO DE ENERGIA POSSUI IMPACTO AMBIENTAL.

  251. Juliano

    -

    25/11/2011 às 8:32

    Por um mundo sem sutiã e de luz acesa!!!
    Por Reinaldo Azevedo
    APOIADO!!!!

    Senhor Reinaldo…
    Ouvir verdades doí,ainda mais depois que você descobre que foi enganado por um monte de bobos!!!!!
    Agora,imagine a situação de um revoltado… ele viu o vídeo do Gota d’agua que um amigo do Face passou(um amigo virtual,que ele nem conhece,mas que ele adicionou para aumentar o número),então ele viu o vídeo,se emocionou com seus atores lhe “ensinando” sobre Belo Monte,foi assinou a petição,(petição virtual,porque fazer um abaixo-assinado de verdade dá um trabalho!!!!,e trabalhar …..),ai ele compartilhou no Face,fez campanha e falou para a mãe dele e para a esposa e………
    E agora vem o senhor e mostra para ele o QUANTO ELE FOI IDIOTA ,e o senhor acha que agora ele vai dar o braço a torcer?? Ele está revoltado com o senhor!!!Claro!!!Ele vai ficar revoltado com o amigo do Face???Ele nem sabe quem foi….Ele vai ficar revoltado com o artista dele ??
    Diga sempre a verdade senhor Reinado,mas lembre-se que magoará o coração dos BOBOS de boa-fé.

  252. anonimo

    -

    25/11/2011 às 8:31

    (MAIS UM EXEMPLO DESTA HISTERIA ECOCHATA E O PERIGO DO ‘NÃOBATE’)
    NA ITALIA NOS ANOS 80 COM A SUPREMACIA ELEITORAL DOS VERDES QUE POR TODA E EUROPA JUNTO COM A ESQUERDA CONSQUISTARAM A MAIORIA EM QUASE TODOS OS PAÍSES FAZENDO OS PRIMEIORO-MINISTROS E COM AMPLA MAIORIA NOS PARLAMENTOS, NA ITALIA OS VERDES EM CONLUIO COM OS COMUNISTAS VOTARAM UMA INTRODUÇÃO Á CONST. ITALIANA QUE VIGORA ATE HOJE PROIBINDO O USO DE ENREGIA NUCLEAR NA ITALIA.
    HOUVE DEABTE?
    NAO !
    QUEM O QUERIA ERA TAXADO IMEDIATAMENTE COMO ‘DO MAL’ .
    QUEM DEFENDESSE O USO PACIFICO DA EN. NUCLEAR ERA SEGREGADO INTELECTUALMENTE E SOCIALMENTE PELA TURMA QUE FORMA A ‘OPINNIO PUBLICA’DE TODAS AS FORMAS.
    E QUEM QUER ISTO ?
    ATÉ A IGREJA CATOLICA -BURRA!- SE ALINHOU AOS VERDES E VERMELHOS.
    COMO RESULTADO NA ITALIA, ‘ZONA LÍBERA DELLA ENERGIA NUCLEARE’ (COMEMORAVAM NAS RUAS OS BABACAS VERDES) O PÁIS NAO TINHA SIMPLESMENTE DA ONDE TIRAR MAIS ENERGIA PARA SUA PRODUÇÃO QUE AUMENTAVA VERTIGINOSAMENTE (ERA TEMPO DO MADE IN ITALY-LEMBRAM-SE?) …POIS BEM, SABE QUAL FOI A SOLUÇÃO PARA A DEMANDA DE ENERGIA ELÉTRICA APÓS O POVO PASSAR FRIO EM UM RIGOROSO INVERNO ONDE COM TODOS OS APAGÕES E FALTA DE GÁZ LEVARAM A NÇÃO ITALIANA A BEIRA DUM COLAPSO SOCIAL E ECONOMICO ?
    COMPRAR ENERGIA DA FRANÇA !
    DETALHE : DE UMA USINA NUCLEAR QUE FICA A 40 KM DA FRONTEIRA ITALIANA !!
    SACARAM ?NAO PODE TER USINA NO TERRITORIO MAS COMPRAM-NA NUCLEAR DOS OUTROS !!!!E A PESO DE OURO !!!!!!!
    HOJE A CONTA DE LUZ NA ITALIA É A MAIOR DA EUROPA POR CONTA DA IMPORTAÇÃO O QUE FEZ COM QUE SEUS PRODUTOS PERDESSEM COMPETITIVIDADE E AS EXPORTAÇÕES FRACASSAREM NOS NAOS 90 !!
    EIS AÍ O RESULTADO DO ‘NAOBATE’ EMOCIONAL !
    EIS AÍ COMO O POVO SOFRE NAS MAOS DESTA GENTE QUE ‘SÓ QUER UM MUNDO MELHOR’ INCAPAZ DE SOPESAR RACIONALMENTE DECISÕES.
    EIS AÍ O QUE DÁ ENFIAR ATORES BURRINHOS USANDO DE SUA IMAGEM JUNTO AO POVO COMO INSTRUMENTO DO ‘NÃOBATE’.
    NO FINAL, QUEM SEMPRE SOFRERÁ E PAGARA A CONTA NAO SERAO OS BACANAS MAS SIM, O POVO QUE TRABALHA SEM TEMPO DE SER CHICA E POLTICAMENTE CORRETO .
    SENHORES GLOBAIS : O MUNDO NÃO É COPACABANA PASMEM VOCES !OTÁVIO FRIAS FILHO : O MUNDO NÃO É E NEM NUNCA SERÁ UMA IMENSA VILA MADALENA OU UMA USP DE FEFELXI AMPLIADA !
    E FECHO COM O MEU BORDAO PREFERIDO :
    “MAIS DEBATE E MENOS JORNALISMO ENGAJADO POR FAVOR !”

  253. PSC

    -

    25/11/2011 às 8:27

    Por que atores globais podem ter Ipod e indios do Xingú não?

  254. Elouquisa

    -

    25/11/2011 às 8:24

    Maravilha de texto,Rei!Tirar o sutiã pra defender “a natureza”é fácil!Quero ver desistir da pensão para ajudar a nação a economizar dinheiro público!

  255. Eduardo

    -

    25/11/2011 às 8:24

    Eles nao lêem nada nao é só por preguiça, mas também porque muitos deles nao entenderiam nada, pois nao estudaram. Muitos subiram na vida “artística” porque sao filhos de alguém global, outros muitos subiram por motivos que sao proibidos de explicitar neste blog e os que tiveram alguma formaçao artística nao sao nada fora da Globo, vide o deserto de prêmios internacionais presente em nossas prateleiras. Até o Irã, com todas as proibiçoes fundamentalistas muçulmanas (nao pode tirar sutiã!!) consegue ser melhor que o Brasil em cinema. É uma falácia nacional pensar que artista, só por ser artista, é culto ou é “exepert” em algo fora do palco. Ocorre que eles tÊsm uma panelinha organizada e dar nomes às coisas que fazem nao é “politicamente correto”, haja vista que artista só morre de “oarada cardíaca” ou “insuficiência pulmonar”, mas jamais morrem de doenças mundanas, sem Ibope ou de pobre. O fato é que eles recebem verbas do Ministério da Cultura (NOSSO DINHEIRO!!!) e fazem “qualquer papel” para continuarem a receber, nisso sim eles sao bons. Aliás, essa é a ÚNICA CAUSA que eles defendem. Nao estao nem aí com “índio” (só em desfile de escola de samaba!), “mata ciliar” (exceto os cílios postiços do camarim!), mas sim pelas verbas que a colega “Hollanda” vai mandar pra eles a fundo perdido. Tal como o “filósofo” Safatle, tentaram dar opiniao sem conhecer o assunto, achando que estariam argumentando com alguém que, como eles, nao lê o script. Decepçao o Sr. ator JUCA embarcar nessa também e falar sobre o que nao sabe e nem procurou saber. Talvez seja por isso tudo que o autor da frase “O Brasil é um deserto de homens e idéias” só se tornou “um deles” depois de morrer. PERGUNTA: ALGUM DESSES HUMANISTAS ECOLÓGICOS DEFENSORES DE OPRIMIDOS FEZ ALGUM FILMINHO OU TIROU ALGUMA PEÇA DE VESTIMENTA QUANDO A IRANIANA ÍA SER APEDREJADA E O LULA CONCORDOU COM O ASSASSINO AHMANIDEJAD???

  256. Ulyan

    -

    25/11/2011 às 8:20

    Enquanto esses bobocas fazem apologia à desinformação e a asneira, o lullll-petismo cavalga cèleremente na corrupção escancarada, corroendo o tecido social da forma nunca antesvistonahistóriadestepaís.O mesmo pt do lullllllla tenta a todo custo regulamentar a imprensa e isto se chama intimidação e ditadura de esquerda, que não aceita divergencia nas suas boçalidades ideológicas e anacrônicas e podem anotar a globo será a mais prejudicada caso isto venha a ser implantado pelos delinquentes do lulla.E qual a reação dos senhores artistas bacanas? nenhuma. A rigor só o IVAN LINS , SKANK e um outro conjunto de rock se posicionou contra a roubalheira do lula e sua gang.

  257. CharlesS

    -

    25/11/2011 às 8:14

    Perfeito, Reinaldo. Esses “bacanas” são presunçosos demais. Querem ganhar tudo no grito..

  258. anonimo

    -

    25/11/2011 às 8:13

    INVOCAR CÓDIGO DE ÉTICA NA GLOBO É O MESMO QUE COBRAR ISENÇÃO DA FOLHA DE SAO PAULO.
    EU NAO QUERO DAR LIÇÃO DE JORNALISMO A NINGUEM MAS, ANOS ATRÁS EU DISSE COM TODAS AS LETRAS QUE O MAU EXEMPLO DADO PLEA FOLHA E PELA GLOBO QUANTO AO ENGAJAMENTO MAIS QUE OPINATIVO – IDEOLOGICO MESMO- DE ESQUERDA PURA!-QUANTO A CAMPANHA DO DESARMAMENTO E O REFERENDO DAS ASRMAS IA FAZER ESCOLA EM OUTROS ASSUNTOS NO FUTURO E…FEZ !
    TAÍ !
    ONTEM FORAM AS ARMAS CUJO TEMA DISTORCIDO PELOS QUE ‘QUEREM UM MUNDO MELHOR’ (GENTE PERIGOSA!) NOS PROPICIOU UM ‘NÃOBATE’ (ANTITESE GROSSEIRA DO DEBATE QUE NÃO HOUVE)CALANDO A BOCA DA CIDADANIA QUE DEU O TROCO NAS URNAS NAO POR CONSICENCIA MAS SIM POR NATURAL INSTINTO EM RELAÇÃO A VERDADE DOS FATOS (BELO MONTE SERÁ TAREFA MAIS DÍFICIL POR ISTO APELARAM P. A GLOBO E SEUS GLOBAIS DE MIOLO MOLE QUE AS VEZES VÃOPRESOS NAO RARAMENTE POR PORTE DE DROGAS-PODEM REPARAR QUE VOLTA E MEIA UM DESTES AÍ ‘DANÇA’)MOTIVO PELO QUAL NUNCA MAIS O PT-PODER E SEUS APANIGUADOS METIDOS A POLTICAMENTE CORRETOS DEIXARÃO QUE FAÇAMOS QUALQUER OUTRO POIS APRENDERAM A LIÇÃO DE QUE ESCUTAR O POVO PODE SER PERIGOSO P. SEUS INTERESSES !
    AINDA ASSIM ,NESTE CASO DO BELO MONTE , TEMOS NOVAMENTE TODA A MESMA TÉCNICA DAQUELA EPOCA DE ‘FAZER A CABEÇA’…
    A DIVISAO RASTEIRA,RASA E RIDICULAMENTE CARTESIANA ENTRE ‘OS BONS ECOLOGISTAS’ E “OS MAUS CAPETALISTAS” SIMPLIFICANTE AO PONTO DE PODER SER INTRODUZIDA LADINAMENTE EM UMA NOVELINHA BÊSTA PARA INFLUENCIAR O POVO EM UMA CATEQUESE CUJO PANO DE FUNDO É NOVAMENTE, LÁ NO FUNDO, IDEOLOGICA.
    TV NA DEMOCRACIA NAO É ISTO.
    JORNALISMO NA DEMORACIA NAO É ASSIM,USADO P. ISTO.
    VAMOS MAL E PERIGOSAMENTE QUANTO AS NOSSAS LIBERDADES AQUI POIS ABRIR A BOCA CONTRA A TURMA DE COPACABANA,LEBLON E VILA MADALENA, MAIS QUE SOFRER A PESERGUIÇÃO DA PATRULHA ‘DO BEM’ ESTÁ AOS POUCOS NOS COLOCANDO EM UM GUETO DE MARGINALIZADOS BEM PENSANTES .
    O BRASIL TÁ CHATO, BREGA E UM PORRE DE SE VIVER…
    QUERO IR EMBORA !
    MAINARDI, TEM VAGA AÍ NO AP. EM VENEZA PRÁ MIM ?
    ABRAÇÃO .

  259. Denny Doherty

    -

    25/11/2011 às 8:00

    Caro Reinaldo: O nome da feiosa com síndrome de Malcom era BETTY FRIEDAN.

  260. Bruce Guimarães

    -

    25/11/2011 às 7:54

    Mas um gol de placa!!! Parabéns e Obrigado, Reinaldo!!

  261. decicote

    -

    25/11/2011 às 7:51

    Caro Reinaldo

    Decidi que a cada dia vou ter uma posição. Quero sinceramente procurar a verdade que há em cada posição sobre Belo Monte. Ontem fui a favor do vídeo dos artistas, e confesso que fiquei muito feliz em saber que tinha ao meu lado Letícia Sabatela. Hoje, como estou na posição do a favor Belo Monte, lembro que ela e outros artistas já me enganaram quando apareciam na propaganda do PT e diziam que o partido não rouba e nem deixa roubar. Que coisa, descobri que artistas podem estar errados! Só me falta agora descobrir que lula não é imortal…

  262. Natal

    -

    25/11/2011 às 7:48

    Eu confesso que não tive saco (com o perdão da palavra!) para assistir 0 vídeo. Minha tolerância com “opiniões” se esgota a cada minuto vivido: não ouço mais entrevistas, especialmente aquelas que tem uma risadinha idiota no final! Mas, é fato que os tais “artistas” não se informam mesmo sobre aquilo que dizem, afinal se consideram possuidores de um carimbo “artista tá liberado”! Lembro das palavras de Caetano quando da polêmica dos jabutis do Chico: “Chico Buarque é um íncone da cultura brasileira”… pronto: se é um ícone da cultura (essa coisa são abrangente cujo conceito nem mesmo os antropólogos conseguem mais definir!), então não pode ser criticado, contestado, refutado. Eu jamais ousaria contestar Pelé no futebol, Niemeyer na arquitetura, Pitanguy na cirurgia plástica Isó para ficar nos icones!)… mas, posso sim, discordar e criticar suas opinões em outros assuntos, ora se posso. Daí ser impressionante essa aversão à crítica, esse absurdo de se achar no direito de dizer o que quer sem ouvir o que não quer!

  263. Ricardo

    -

    25/11/2011 às 7:46

    Caro Reinaldo,
    Falor o que! Mais uma vez você foi maravilhoso. Eu sempre achei que o artista deve ter muito cuidado quando vai opinar em assuntos fora do seu campo de atuação, pois sua fama e brilhantismo quando em cena não deve ser usado para levar os seus fãs a achar que uma besteira que ele fala é coisa a ser seguida.

  264. Anônimo

    -

    25/11/2011 às 7:37

    Uma coisa esses ECO-CHATOS e seus CÓDIGOS FLORESTAIS XIITAS (os tais, das APPs brasileiras (únicas no Mundo): Atestado de Povo Palerma ou Atestato de País Panaca)) conseguiram:
    .
    Antigamente, o sonho de qualquer trabalhador urbano (decente, honesto), seja classe média, operário ou classe C(emergente): ERA JUNTAR DINHEIRO E COMPRAR UMA FAZENDINHA…
    .
    Hoje em dia, SÓ LOUCO PRÁ TER CORAGEM (E SACO) DE COMPRAR UMA FAZENDINHA (VAI MORRER DO CORAÇÃO, DE ÓDIO, DE DESGOSTO…)
    .
    ps:
    (AGRADECIMENTO AOS ABNEGADOS RURALKISTAS BRASILEIROS, QUE DEUS OS PROTEJAM E GUARDEM, SE NÃO ESTARÍAMOS FU…E SEM COMIDA…)

  265. PoPa

    -

    25/11/2011 às 7:36

    Não sou um comprador de revistas tipo Playboy. Nada a ver com moralismo ou coisas do gênero, apenas gasto minha grana em outras coisas. Mas quando saiu o ensaio feito por J.R.Duran com aquela menina que eu sempre fui um apaixonado – tanto pela plasticidade quanto pela inteligência, fui correndo comprar. O ensaio foi magnífico, como somente Duran seria capaz de fazer. Fotos em P&B e um cenário fantástico. Sobre pedras, a menina mostrava seus atributos. Era uma época anterior aos silicones e fiquei um pouco – bem pouco – decepcionado com a flacidez dos seios da então jovem. Sutians tem seu mérito. Eles mantém as coisas no lugar, mesmo quando a gravidade age com força. Se ela hoje quer tirar o sutian em sinal de protesto, a ela deve ser dado este direito. No entanto, ela tem inteligência suficiente para estudar o assunto e não ser meramente repetidora de clichês preservacionistas. Pena que não o fez. Pena que me decepcionei mais um pouquinho com ela (desta vez, na verdade, bem mais).

    Idéias também precisam de sutians para manterem-se aprumadas e firmes. E este sutian – o da verdade – não admite modelos muito diferentes, embora possa ter pequenas variações.

  266. Ferreira Pena

    -

    25/11/2011 às 7:34

    Prezado Reinaldo, gostei muito do texto, mas faltou algo. Deveria ter sugerido que fizessem um vídeo combatento a corrupção. Eles fariam? Duvido! Mas fica a sugestão. E quando a resposta do tal “coletivo” chegar, estraçalhe-a, já estou preparando as risadas. Turma de miolo mole, e se acham gente bem!

  267. José Alberto

    -

    25/11/2011 às 7:32

    Tio Rei: não podemos esquecer que só otimizando as hidreletricas em uso, mediante instalação de geradores mais modernos, poder-se-ia acrescentar 50% mais de potencia instalada, a um custo infinitamente inferior à construção de novas. eu acho que ficaria perfeito fazer ambas, para não incorrer no grande erro do governo do PSDB, que ficou olhando os graficos de crescimento da demanda como bobocas….perdendo a credibilidade, como todos lamentamos..

  268. Ismael Silva - de Portugal

    -

    25/11/2011 às 7:24

    É o que dá quando um leigo quer dar parecer técnico. Opinião é como água benta. Parecer técnico é o que deve embasar decisões políticas e estratégicas. Porque é que aqueles artistas não fazem uma campanha dessas pelo voto distrital? Que dava um jeitão, isso dava!

  269. simone Miranda

    -

    25/11/2011 às 7:16

    Fico de alma lavada quando você desnuda essa gente toda!!!! hhhhhhhhhhhh

  270. naldig

    -

    25/11/2011 às 7:10

    Choco Buarque, Caetano Veloso e Gilberto Gil! Eles querem, em em razão da visibilidade profissional, opinar sobre tudo!. Eles pensam que são do tamanho da sombra que o “spotlight” projeta. Um saco! Metem os pés pelos pés até mesmo em assuntos de suas profissões!

  271. Anônimo

    -

    25/11/2011 às 7:09

    Globetes cariocas: Reis e rainhas do ôba-ôba
    (que, lógico, devora bilhões de reais do sofrido povo brasileiro)
    .
    Quer ver mais Globetes em ação?
    Nos camarotes de cervejarias (mordomia e liberação totais),
    no próximo Carnaval, em fevereiro…

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados