Blogs e Colunistas

19/04/2012

às 15:44

A nota asquerosa da embaixada do Irã em defesa de um molestador de crianças. Ou: A reação de uma ditadura que odeia as mulheres

A Embaixada do Irã no Brasil emitiu uma nota nojenta sobre o seu molestador de crianças. Leiam trechos de uma reportagem da Agência Brasil. Volto em seguida.

A Embaixada do Irã reagiu às denúncias de abuso sexual, atribuídas a um diplomata, de 51 anos, do país. Em nota divulgada na quarta-feira à noite, a representação diplomática informou que houve um “mal-entendido” na interpretação dos fatos devido às “diferenças culturais” entre iranianos e brasileiros. Também condenou a imprensa nacional por considerá-la tendenciosa e discriminatória no que se refere ao Irã.

“Essa missão diplomática declara que a acusação levantada contra o diplomata iraniano é exclusivamente um mal-entendido decorrente das diferenças nos comportamentos culturais [entre iranianos e brasileiros]“, diz a nota.
(…)
“Nesse sentido também expressamos energicamente o nosso protesto e indignação relativo ao tratamento e à maneira como a mídia, geralmente tendenciosa, trata as coisas relativas a alguns países, entre eles o Irã”, diz ainda o comunicado. “[A reação da mídia brasileira] demonstra nitidamente um comportamento intencional, propositado e imparcial“, acrescenta.

Na quarta-feira, o Ministério das Relações Exteriores recebeu informações da Polícia Civil do Distrito Federal sobre as acusações envolvendo o diplomata iraniano e decidiu notificar oficialmente a Embaixada do Irã no Brasil. Mas, antes, serão conduzidas investigações em relação ao caso. O iraniano dispõe de imunidade diplomática e não pode ser investigado nem incriminado como os cidadãos comuns.

Parentes das crianças estiveram no Itamaraty para pedir ao governo federal providências em relação ao caso. O diplomata iraniano é acusado de ter assediado sexualmente crianças e adolescentes de 9 a 14 anos na piscina de um clube da capital federal, localizado em área nobre da cidade.Segundo relato das famílias e dos salva-vidas do clube, o homem acariciou as partes íntimas das crianças quando mergulhava na piscina, no sábado passado (14). Pais e mães das crianças e adolescentes fizeram um boletim de ocorrência na 1ª Delegacia de Polícia Civil. O diplomata foi ouvido e liberado em seguida.

De acordo com a Convenção de Viena, um diplomata não pode ser processado ou preso no Brasil. Nesses casos, pode sofrer punições somente se o país de origem retirar a imunidade diplomática ou for declarado persona non grata pelo governo brasileiro, sendo expulso do território e impedido de ingressar. No entanto, o diplomata não está isento de ser alvo de processo em sua terra natal. No Irã, crimes sexuais são julgados de acordo com a Sharia – código de conduta e moral regido pelo Alcorão, livro sagrado do islamismo. Desde a revolução islâmica em 1979, o país é uma república orientada pelos preceitos da religião.

Voltei
Reparem na palavra em negrito. Ou a Agência Brasil errou na transcrição de trecho da nota, ou a Embaixada do Irã no Brasil não sabe, a exemplo dos petralhas, a diferença entre “parcial” e “imparcial”. Eles vivem botando as patas na área de comentários do blog me exortando a ser “menos imparcial”, se é que vocês me entendem… Mas vamos ao caso.

“Diferenças culturais”??? Por quê? No Irã, a cultura permite que um canalha de 51 anos acaricie a genitália de meninas? Ou o taradão, de fato desacostumado a conviver em ambientes públicos com mulheres e crianças em trajes de banho — já que aquela ditadura asquerosa o proíbe —, achou que tinha o direito de manifestar sua “cultura diferenciada”? Por que, então, em nome dos seus valores, não ficou longe da piscina?

É muito atrevimento a embaixada de um país que vive sob uma ditadura religiosa, que trata a divergência na base da bala e do porrete, que discrimina as mulheres, que as condena ainda ao apedrejamento, criticar a imprensa de um país livre. Preconceito contra o Irã? É mesmo?

O molestador, consta, já deixou o país. O Itamaraty não tem o que fazer nesse particular. Mas caberia, sim, uma manifestação de repúdio à nota da Embaixada, que representa, afinal, o governo do Irã. Ela é acintosa.

Aguardo a reação das ONGs e movimentos sociais que defendem crianças e mulheres. Ou vão silenciar diante da óbvia ofensa proferida pelo governo dos “companheiros” iranianos? E Lula? Resistirá à tentação de se solidarizar com seu amigo Mahamoud Ahmadinejad?

Para arrematar: antes dessa nota, vá lá, estávamos diante de um desvio de comportamento de um cidadão iraniano. Depois dela, temos o endosso do governo do Irã à ação do molestador.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

195 Comentários

  1. Santiago

    -

    27/05/2012 às 16:28

    Que fique registrado aqui minha revolta.DEU EM NADA.O Sr “Patriota” se deu por feliz com uma demissão do abusador ,se é que ele foi realmente demitido.Covarde e canalha este governo de corruPTos que deixa por menos esta situação.
    Atenção senhores pais da crianças abusadas e demais frequentadores do clube.De uma próxima vez não esperem nada deste governo.Tomem atitudes bem radicais do velho testamento.olho por olho.

  2. Berel

    -

    25/04/2012 às 12:58

    ISSO É APENAS UMA PEQUENA AMOSTRA DE TUDO AQUILO QUE ACONTECE COM AS MULHERES NESSES PAÍSES ONDE ELAS SÃO TOTALMENTE SUBMISSAS. QUE NÃO DIGAM QUE ISSO FAZ PARTE DE UMA CULTURA. NOSSO PAÍS TEM QUE MOSTRAR SUA FORÇA NESSE MOMENTO, REPUDIANDO ESSE ATO NOJENTO.

  3. joao couvert

    -

    25/04/2012 às 4:54

    Pessoal, a embaixada está certa, “é apenas diferença de conceitos culturais entre o Brasil e o Irã”, lá isto é perfeitamente normal, afinal o exemplo é dado pelo próprio Maomé, que casou-se com Aisha quando esta tinha seis anos e consumou o casamento quando ela tinha nove anos.

  4. joao couvert

    -

    25/04/2012 às 4:52

    Pessoal, a embaixada está certa, “é apenas diferença de conceitos culturais entre o Brasil e o Irã”, lá isto é perfeitamente normal, afinal o exemplo é dado pelo próprio Maomé,

  5. alano gurgel

    -

    24/04/2012 às 22:21

    Não tenho palavras,só ódio no coração e isto é muito ruim pois me torna igual a estes canalhas.Não vai acontecer nada ,pois este governo amigo destes trastes ditadores ,assassinos ,terroristas e pelo visto pedófilos também,deixará tudo ser esquecido.”BRASIL UM PAÍS DE TODOS” os canalhas.

  6. Inaura Ferreira

    -

    24/04/2012 às 18:24

    Repudio tudo isso que aconteceu. Mais ainda, porque as vítimas são filhas dos meus amigos Agora falar que problema é cultural, aí é chamar a gente de imbecis. Eu estava lá e vi tudo, eu não sei o que foi pior: ver o testemunho das meninas trêmulas contado o fato lamentável, ou ver aquele velho de barba e cabelos brancos tentando esconder o roso com uma toalha, morrendo de medo de ser linchado.
    Nessas horas eu digo: às vezes agilidade é um erro. Os funcionários do clube foram rápidos e chamaram a polícia que estava no Posto Policial que fica apenas 20m do clube. Foi tudo muito rápido e eficiente para a sorte desse infeliz. As associados indignados queriam linchá-lo, mas a polícia não deixou ninguém chegar perto dele e levou-o para a 1º Delegacia para depois soltá-lo. Infelizmente não podemos fazer nada por esse canalha ter imunidade diplomática. Mas , o Itamaraty tem que dá uma resposta aos brasileiros e mostrar aos iranianos que pedofilia não é coisa banal no nosso País e no mínimo, poderia convidá-lo a sair do nosso país.

  7. Oliver

    -

    24/04/2012 às 16:02

    Bem lembrado, Frank !!

    Afinal para que serve Marco Aurélio Garcia-assessor para assuntos internacionais ?….Apenas para servir às ditaduras como Chaves, Irã e Cuba…onde ele se encontra hoje lambendo as botas dos Castro !

  8. Frank

    -

    24/04/2012 às 15:58

    Cadê o sacripanta do Marco Aurélio Garcia ?
    Se fosse Israel ele já estaria espumando !!!
    Mas trata-se do amiguinho repugnante do patrão !

  9. Firefox

    -

    24/04/2012 às 14:47

    Se eu fosse pai de uma dessas crianças, não teria imunidade diplomática que deixasse esse abusado num pedaço só. Agora ele vai voltar para o Irã, onde tem um bando de pedófilo mesmo e nada vai acontece com ele.

  10. PETISTA

    -

    24/04/2012 às 12:55

    Nada a ver você Reinaldo…dá de ver que você não sabe nada…FOI APENAS DIFERENÇA CULTURAL…O PESSOAL DO IRÃ É GENTE BOA…SÓ UMA DEDADINHA NÃO MATA NINGUÉM…DEIXA O VELHO CURTIR O BRASIL…VOCÊ SABE COMO É QUE É A LEI AQUI NÉ REINALDO..PRA QUE FICAR RECLAMANDO???.AS VEZES APLICA…AS VEZES NÃO…DEPENDE DO PT..

    O PT É FORTE E PODEROSO…ACIMA DE QUALQUER COISA E DA LEI!!!!

    EU SOU UM BABACA!!!!! PT FUREVIS NO PUDER !!!! É NOIS MANO!!!!

  11. claudio

    -

    23/04/2012 às 16:39

    Reinaldo peço a você e à VEJA que procurem nossas “autoridades” e os iranianos,para que esse ato infame não caia no esquecimento,.Aí eles vão descobrir o que é uma imprensa livre e um País democrático.Obrigado

  12. claudio

    -

    23/04/2012 às 16:13

    Meus Parabéns Reinaldo. De todas as reportagens e artigos que li sobre o fato, o seu é de longe o que melhor expressa nosso nojo.Devei expulsar também o calhorda que escreveu a “nota” da “embaixada do pais”(sic). Pelo texto percebe-se o caráter do signatário da Nota, tão ou mais asquerosa que o pedófilo do pais(em minúscula mesmo)medieval.Queremos relações diplomáticas com esses párias?Grato por ser portavoz de nossa indignação.

  13. Roberta

    -

    22/04/2012 às 22:01

    Para resolver este problema, uma simples castração, procedimento ambulatorial e barato, já resolveria. Não iria mais perturbar nenhuma meninnha. E podem ter certeza, um efeito moral geral. Outros engraçadinhos iriam pensar mais antes de agir indevidamente.

  14. José Atento

    -

    22/04/2012 às 0:34

    A Lei Islâmica justifica a ação deste diplomata iraniano, bem como a reação da embaixada do Irã: http://infielatento.blogspot.ca/2011/06/lei-islamica-sharia-para-os-nao.html

  15. Fabiano

    -

    21/04/2012 às 11:54

    Esse cara fez o que fez e os representantes brasileiros vão ficar de braços cruzados, he país esses que vivemos.Os politicos só ligam para o bolso deles, deixam um monstro desse entrar no pais fazer um barbaridade dessa, e não tomam nenhuma atitude contra esse pedófilo, cada o direito das crianças e adolescentes, cade ninguém faz nada, lamentavél.

  16. Alba e Eliseo

    -

    21/04/2012 às 11:08

    Caríssimo Reinaldo, somos seus seguidores, leitores e admiradores assíduos, admiramos sua coragem e ética. Agora, por favor, não deixe esse assunto nojento cair no esquecimento, que esse pedófilo não fique impune, onde ele está afinal? abraços e sorte, sempre.

  17. Freitas

    -

    21/04/2012 às 6:45

    Admitindo a culpabilidade do referido e citado embaixador,o restante em se vincular uma nasção.Baseando no comportamento de um único representante da mesma… “É tendenciosa sim.”
    E o contexto atual no mundo hoje só reforça isso…

  18. Estranho no Ninho

    -

    20/04/2012 às 23:38

    Maria do Rosááááááááááááááááááááiiiiooooooo??????????
    Socoooooooooooorrrooooooooooooo!!!!!!!!!!!

  19. italo

    -

    20/04/2012 às 21:57

    O que é isso companheira? Choque no rabo dos outros é refresco.Dizem que a senhora foi torturada ou foi tudo armação?Dizem que a senhora pegou em armas para “defender o Brasil ” ou aos interesses da sua corja.Diante da explicações da embaixada a sra deve retirar o seu embaixador daquele país,pedir explicações,mostrar ao mundo que o Brasil tem espelho de vidro mas sua população não compactua com o imperdoável e com o grotesco ou a senhora vai preferir colocar os panos quentes assim como tem feito com os politicos corruptos do pt?Honre as mulheres do mundo,são pequenos gestos ,marque posição assim como o seu partido sempre tentou fazer antes de assumir o poder para agora assumir a posição da melhor conveniência.A senhora e o Brasil não tem nada a perder porque o nosso repúdio vai encontrar amparo nos homens e mulheres de boa vontade.Presidente ,liberdade ainda que tardia ,a senhora vacilou até agora mas se continuar com seu silêncio vai impregnar uma mancha que jamais sairá como omissão ao juramento que fizestes frente a Nação Brasileira em defendê-la diante de qualquer desmando.

  20. Luiz Fernando Tupinambá

    -

    20/04/2012 às 18:06

    Esse fato é consequencia da aproximação do governo passado a um regime ditatorial como é o Iran.O problema é o mesmo com a Venezuela,lógico que em proporções bem menos grave.

  21. Gedeão

    -

    20/04/2012 às 17:24

    Diferença cultural porque lá eles empacotam as mulheres como múmias. Quer dizer, na cultura deles não dá pra tirar sarro nem com o olho. Então eles vêm aqui pedofilar.

  22. Claudio

    -

    20/04/2012 às 17:06

    Nesse caso, um bom porrete resolveria a coisa, bem acima das diferenças culturais.

  23. Mário Sérgio

    -

    20/04/2012 às 16:59

    O governo covarde se cala, Dilma se cala e sua ministra abortista se cala. Vergonha para o povo brasileiro.
    O cara saiu do país, quando deveria ter sido expulso.
    Gostaria de ver uma manifestação dos “direitos da mulher”, dos defensores da criança e do adolescente diante da embaixada iraniana, exigindo o fechamento da embaixada e expulsão de todos os “amiguinhos” do lula.

  24. Marcio

    -

    20/04/2012 às 16:40

    Imagina quando eles tiverem a bomba!
    nao vai sobrar uma unica menininha de 12 anost!

  25. Marcos

    -

    20/04/2012 às 15:43

    O pior é saber que se um pai desse um murro na face do pedófilo, poderia pegar cana. Persona non grata. Já vai tarde desgraçado!

  26. Sandra

    -

    20/04/2012 às 15:00

    DIFERENÇAS CULTURAIS??????
    -No Irã pode?
    -Achei que um diplomata não pudesse alegar isso. Ou então, Tiririca para diplomata. Assim descobriremos para que eles servem.

  27. Alex Mamed

    -

    20/04/2012 às 13:57

    Cadê a Maria do Rosário? Cadê a valentia do Anão? Cadê a verborragia desse governo desmiolado? Cadê a ANTA que se pronuncia nas Assembléia da ONU dando lição de moral ao mundo?
    .
    Embora haja a figura da imunidade diplomática, o Governo pode e deve agir exatamente nesse campo, declarando-o persona non grata e exigindo do Irã uma apuração do caso.
    .
    Aliás, manifestar-se a respeito da Nota da embaixada seria pedir demais?
    .
    Cadê os valentões?

  28. Alex Mamed

    -

    20/04/2012 às 13:52

    anônimo – 20/04/2012 às 2:14

    “Ele ia ficar todo “aiatoladinho”.”

    Rachei de rir. Boa, muito boa.

  29. catson aruak

    -

    20/04/2012 às 12:37

    Para um povo que adora o seu profeta Maomé – o qual casou com uma menina de nove anos após enjoar das outras quatro esposas – passar uma mãozinha boba aqui e outra ali não passa de “acariciamento cultural”.

  30. Gerson

    -

    20/04/2012 às 9:44

    Desculpa esfarrapada. Se o cara vem para outro país para representar seu governo, no mínimo, deveria conhecer a cultura do outro, no qual, molestador de crianças é considerado “pedófilo pfd”

  31. celia

    -

    20/04/2012 às 9:43

    Cadé aquela turma que defende o Estatuto das Crianças e dos Adolescentes? Cadé a turma dos direitos humanos? Cadê o apedeuta, amigo do homem, que não fala nada? E a presidente? Aquelas ONG todas sumiram? E top top não vai falar nada? E a OAB? E o Congresso? Cultura deles, né?

  32. Fernando Alves

    -

    20/04/2012 às 8:57

    E a ministra dos Direitos Humanos, não vai protestar???

  33. Rino

    -

    20/04/2012 às 8:44

    Rei, cadê aquela Ministra que se intitula a paladina da Justiça contra os menos favorecidos, será que é porque esse safado e bandido Diplomata, e de uma ditadura que ela tanto adora,que até agora ela não se pronunciou, mas quando é para invadir propriedades particular ela gasta um monte de palavras , grande abraço.

  34. Maria Margarete Flores

    -

    20/04/2012 às 8:29

    Caro Reinaldo,

    Pois é… e neste assombroso desgoverno não há nenhuma notinha sequer do Itamarati sobre manifestação tão vil da embaixada do Irã no Brasil. Esta manifestação do Irã deixa completamente a mostra a face mais terrível deste regime cruel.Agora só falta a companheirada Lula & Cia. endossar esta manifestação grotesca e dizer que não se pode pré julgar e culpar esta imprensa fofoqueira! Ah se fosse com o embaixador dos Estados Unidos…que Deus proteja as mulheres e as crianças do Irã.

  35. MaGioZal

    -

    20/04/2012 às 7:27

    As “ONGs pró-mulheres” do Brasil estão mais preocupadas em bater nos suspeitos de sempre: os EUA, a Igreja Católica, a TV Globo, os anúncios de roupa íntima…

  36. Indignado

    -

    20/04/2012 às 6:48

    Dona Presidanta Dilma, autoproclamada a protetora das mulheres, dondequitutá ? Cuidando que a Maria não procure um menininho ?
    Este é o Brasil que estás a cuidar ?
    Só porque o Irã é de uma cambada igual à tua petralhada, eles podem fazer aqui, o que não podem fazer lá ?
    E.. o corão, o courinho, o ala-la-ô e tudo mais como é que fica ? – Duvido que este camarada e toda a sua chefia iraniana, não fazem abuso das bebidas alcoólicas e este estivesse sob o efeito de umas-e-outras… Chefe é chefe, né Dilma ? Chefe pode, os outros…. Será que agora a cartilha do PT vai adotar também que as meninas aceitem que se passe a mão ? Guri ja pode se apixonar pelo bilau do amiguinho….

  37. JulioK

    -

    20/04/2012 às 6:10

    Reinaldo,

    Se o tal Patriota fosse macho, expulsava o Emb. do Irã pela “nota cachorra” que a embaixada emitiu.

    Quando ao ato de pedofilia, o possível autor fugiu e cabe medidas extras do governo do PT.

    Cadê o MPF???

  38. Reinaldo Soares

    -

    20/04/2012 às 5:31

    E uma vergonha morar em um pais em que 4 pequenas meninas precisam serem molestadas para acontecer alguma coisa, enquanto nos EUA uma imigrante mulcumana da Somalia com uma simples queixa na policia, consegue fazer que o presidente do FMI fique mais de 1 mes preso e destrua suas chances de Candidatura em outro importante pais(Franca).
    Por favor politicos de qualquer sigla protegam sua populacao, pode ser que a proxima crianca seje conhecidos de voces

  39. Reinaldo

    -

    20/04/2012 às 5:12

    Nesse mundo mulcumano, em que qualquer cristao e considerado um infiel, eu ainda nao entendo porque nos brasileiros, temos que tolerar um canalha desses. E o que um governo do PT com uma Mulher na presidencia fica se calando em frente a uma ditadura, que considera que so um Mulcumano pode ser presidente ou ocupar cagos no poder. E contra a unica verdadeira democracia nesse Oriente Medio(Israel)

  40. Pedro

    -

    20/04/2012 às 5:03

    [um mal-entendido decorrente das diferenças nos comportamentos culturais [entre iranianos e brasileiros]. Não sei se no Irã um caso assim é considerado um comportamento cultural, porém, sei bem que em alguns países do oriente médio é proibido beber em público, dividir ambientes com mulheres, mulheres tem que usar véus e etc.; sei também que cabe ao visitante de um país saber o que é permitido ou não e que não poderemos alegar desconhecimento e que isso ou aquilo é cultural de um ocidental, a lei não vale apenas para quem a conhece. Assim recíproca é a mesma, como disse de inicio, não sei se o ato é cultural no Irã, mas sei que aqui não é, e assim sendo, um visitante de outro país também não pode alegar desconhecimento de nossas leis para fazer o que lhe der na cabeça, desde que culturalmente aceitável em sua própria terra, mas que venha a ser transgressão segundo nosso código penal. Menos aceitável a atitude vindo ela de um diplomata que deveria ter um mínimo de conhecimento de nossas leis. E.T. se o caso houvesse sido provocado por um diplomata judeu a essa hora o Brasil já teria rompido relações com Israel.

  41. Julio

    -

    20/04/2012 às 3:31

    Lendo a nota da Embaixada do Irã, parecia que eu estava lendo uma declaração de político do PT ou do PT’ (a base aliada). É o mesmo estilo de pronunciamento: negação dos fatos seguida de contra-ofensiva que procura jogar a responsabilidade para quem não a tem. Estilo inaugurado pelo Apedeuta, que fez escola: o que não viu, que de nada sabia e que por isto não era responsável, mesmo que, por sua posição de mando, deveria tomar as providências cabíveis, mas não tomava. Neste tipo de comportamento ele é bom, mesmo porque não havia cobradores, só seguidores e “simpatizantes”, para não dizer coniventes). E a situação está cada vez pior…

  42. anônimo

    -

    20/04/2012 às 2:14

    Pena que o tarado não vai passar uma temporada numa de nossas prisões. Ele ia ficar todo “aiatoladinho”.

  43. jeremias-no-deserto

    -

    20/04/2012 às 1:53

    P.Q.P!!!!Ainda bem que não foi um diplomata de Israel!!. Se fosse, já poderíamos esperar as passeatas da companheirada,todos de camisas vermelhas, fogueiras e queima de bandeiras de Israel em frente à sua embaixada, com direito à fala irada da Maria do Rosário.De qualquer forma, esse pilantra colaborou muito pra enterrar ainda mais a imagem podre da ditadura iraniana.Garanto que aqui no Brasil, esse biltre se tornará mais odiado que o seu patrão Ahmedinejad.

  44. Revoltado

    -

    20/04/2012 às 1:31

    Qualquer canalha de uma democracia séria já teria sido expulso do Brasil, mas como pertence à um país amigo do lulopetismo trapaceiro, o governo agem com uma diplomacia que enoja até as ratazanas dos esgotos de Brasilia!

  45. Conservador

    -

    20/04/2012 às 0:14

    Deve tá seguindo o exemplo de maomé.
    Aquele que se casou com uma criança.
    Se maomé vivesse hoje aqui, seria preso.

  46. Terrano

    -

    20/04/2012 às 0:07

    Aula maravilhosa.
    É assim que os crimes das ditaduras e das esquerdas desapareceram.
    Acobertamos tudo.
    Não houve nenhuma posição do Brasil “oficial”, nada.
    O Brasil estuprado, não fala uma palavra…
    ministras, ministros, … nada!
    A subserviência ideológica deste poder em exercício, molda uma nação sem espinha vertebral.
    O pior do islamismo está presente aqui, ali, e talvez até no seu prédio.
    Vamos votar no pt para apressar o processo.

  47. Ivana

    -

    20/04/2012 às 0:03

    No Irã, até quem se converte ao Cristianismo é condenado à morte, como é o caso do pastor Youssef Nadarkhani que, há meses, amarga uma prisão naquele país, por não querer negar sua fé em Jesus Cristo. Por que um diplomata pode abusar de nossas crianças e isso ser, na visão deles, diferença cultural ou erro da imprensa? Quer dizer que agora a imprensa é culpada dos desvios sexuais daquele maldito?

  48. Santana*100

    -

    19/04/2012 às 23:49

    Em resposta a Dirce – 19/04/2012 às 22:59h
    A Rosário será a primeira a botar o rabo entre às pernas. No vídeo em que o Bosonaro a enquadrou ela ficou chorando! acabou toda valentia.

  49. Paulo

    -

    19/04/2012 às 23:46

    Alguem sabe informar se a Secretaria de Politicas para as Mulheres e a Secretaria de Direitos Humanos já se pronunciou ??

  50. Santana*100

    -

    19/04/2012 às 23:39

    Não podemos negar que lá eles cumprem as leis à risca. Se alguém cagar fora do pinico o cassete come na hora. Mas aqui é um país de um povo boiola, Está muito bem refletido nas nossas leis! O que os brasileiros mais sabem fazer é mexer a bunda pular carnaval e torcer por futebol! Quem respeita um país que tem um povo assim? Vejam como todos teme os mulçumanos! Por que eles botam pra quebrar, baixam o cacete. Eles estão certos. Será que um brasileiro vai sair daqui para fazer cachorrada lá? Se fizer se f…. na hora.

  51. Spitfire

    -

    19/04/2012 às 23:38

    De fato, voce tem razão, depois dessa nota, a sangrenta ditadura iraniana endossa a ação desse pedófilo. Deveria ser enterrado até o pescoço e apedrejado até morrer!

  52. Spitfire

    -

    19/04/2012 às 23:35

    Caro Reinaldo,

    Depois disto espero que o Brasil não aceite a vinda do asqueroso baixinho de olhitos miudos, ahmadinejad companheiro de lulla, celso amorim e marco aurélio garcia. Este idiota que se acha, líder de uma ditadura que frauda eleições e reprime a oposição com a força militar, matando seus líderes e amordaçando a imprensa e que quer provocar uma guerra nuclear para varrer Israel do mapa. Se ahmadinejad vier ao Brasil será uma vergonha para nós brasileiros! Este cara é tão perigoso e diabólico que está pouco se lixando para seu povo e as conseqüências que poderão sofrer por causa de uma guerra nuclear.

  53. salete

    -

    19/04/2012 às 23:35

    Se O Itamraty, Maria do Rosario & Cia se omitirem no caso do tarado repugnante é caso de denúncia nos òrgãos internac de direitos humanos. Sórdidos todos: o taradão e os omissos

  54. Leandro

    -

    19/04/2012 às 23:33

    Por isso sou contra aquela decisão do STJ,sobre 3 crianças de 12 anos que se prostituíam . O homem não havia estuprado, porém estava participando diretamente da prostituição infantil , por isso deveria ter sido condenado, não por estupro , mas por participação em um crime .
    E olhando esse asqueroso caso do diplomata iraniano, fico a pensar. O que é cultura ? Toda cultura deve preservada ?
    O apedrejamento é cultura, nem por isso deve ser aceito em nome do politicamente correto e o viva as diferenças .
    Francamente, gosto bastante de uma parte da cultura islâmica, porém certas coisas eu detesto, por exemplo,o casamento entre homens e meninas de 8,9,10 anos que mal tiveram sua menarca, por isso senti uma grande revolta sobre o caso de STJ, pois no Brasil , um homem , digamos, de 40 anos, ter/manter relações sexuais com uma menina de 11 anos não é algo cultural, ao contrário , a sociedade rejeita essa ideia totalmente, mas com decisões assim, cada vez mais as pessoas se habituaram com a ideia de que ” se a menina de 11 anos consentiu,é normal,” . sei , esse tipo de argumento é um tanto estranho , como assim normal ? É tão normal quanto no Irã ?

  55. Nimrod

    -

    19/04/2012 às 23:27

    Onde estão os “defensores” dos direitos humanos e da criança ? Convoco os colegas para escreverem para a imprensa internacional, relatando o fato ocorrido para que não passe em branco, porque se na Bananolãndia o povo tem memória curta, lá fora a coisa é bem diferente…

  56. Santana*100

    -

    19/04/2012 às 23:12

    Nem ONG nem nada! Para esses canalhas tudo não passou de mal entendido! Esse Governo não tem ética não tem nada. Infelizmente a Lei do Aborto neste particular chegou muito tarde. Se tivesse sido aprovada antes não teríamos esquerdista nem petistas, pois sendo anencéfalos toda essa putada seriam abortados.

  57. glauco7777@gmail.com

    -

    19/04/2012 às 23:07

    Oproblema desses países é um só : SEXO. Por isso são tão machistas. São na maioria uns fanáticos que descontam nas mulheres, crianças e minorias suas frustrações sexuais. Aquela teoria dos bonomos deve ter razão.

  58. wilson

    -

    19/04/2012 às 23:06

    O malandro estava aferindo possíveis noivas pois lá no
    seu pais fez sombra já pode casar, sem esta mania ocidental que é menor.

  59. mineirinha: Que o nosso Deus proteja as crianças deles!

    -

    19/04/2012 às 23:05

    A permissividade aliada à concupiscência desses malditos permite qualquer tipo de defesa.
    Que se danem eles. E que nosso Deus proteja as crianças deles.

  60. Gerson

    -

    19/04/2012 às 23:02

    O que aconteceria a uma brasileira em visita ao Irã e que fosse freqüentar uma piscina de fio dental? Isso é próprio da cultura brasileira. Seria ela respeitada? Ou apedrejada em praça publica por um regime que vive na idade media? Os EUA tem toda a razão em evitar que esses fanáticos tenham artefatos nucleares.

  61. Vivaldi

    -

    19/04/2012 às 23:02

    É um pedófilo e deve ser tratado como tal. Deve ser caçado no mundo inteiro. Só acaba com pedofilia instituindo pena de morte. Deixa isso bater na imprensa internacional.

  62. Dirce

    -

    19/04/2012 às 22:59

    Quero ver a ministra Maria do Rosário agir! Ou será que por ser o abusador de um país que não respeita as mulheres, mas mesmo assim é admirado pela PeTezada, pode fazer o que quiser?

  63. Antonio Carlos de Curitiba

    -

    19/04/2012 às 22:58

    Reinaldo, tarados existem em todos os lugares, inclusive aqui. Esse cara devia ter tomado umas porradas se em Brasília houvesse homens. A verdade é que todo mundo tem medo de todo mundo por lá. Metade da cidade está enrolada até o pescoço em mamatas, e a outra metade está fugindo da polícia, logo ninguém quer nada com a justiça, meu caro. É por isso que esse facínora escapou. Imagine só o que deve haver de corruptos e devedores em um clube de alto padrão de Brasília.

  64. @tuddbom

    -

    19/04/2012 às 22:58

    Já estou começando a entender o porquê de petralhas, petistas, ex-terroristas, Lulla e seus simpatizantes gostam tanto do Irã e sua ditadura…
    Em algum ponto na escala da evolução humana, deu-se um desvio separando aquele ramo do nosso – jamais seremos iguais e não adianta nem tentar ou discutir!

  65. Pedro Salles

    -

    19/04/2012 às 22:53

    Caro Reinaldo,
    qualquer pessoa minimamente instruída sabe que os diplomatas recebem treinamento e se preparam para assumir postos nas embaixadas dos seus países, portanto esse tarado conhece sim a cultura, os valores e costumes do Brasil. Ele cometeu um crime no nosso país e deve ser proibido de voltar aqui para o resto da vida! O estado brasileiro deveria exigir uma punição exemplar conforme as leis do Irã.
    Outra coisa, se fosse com minha filha esse m… estaria numa UTI de um hospital em Brasilia ou no Sirio-Libanês que está na moda…

  66. QQISSO!.

    -

    19/04/2012 às 22:47

    O Irã é governado pelo amigo do Lulla e dos comunistas e se calarem mostrarão novamente que merecem é a lata de lixo da história.Constrangedor.

  67. neoliberal otimista

    -

    19/04/2012 às 22:47

    E as ONGs LGBT, também vão ficar caladinhas ? Ahmadinejad já declarou que no Irã NÃO EXISTEM HOMOSSEXUAIS ! Ora, partindo-se do princípio científico de que em qualquer população humana há sempre, e inexoravelmente, um percentual de homossexuais, a conclusão é ÓBVIA: no Irã os homossexuais são ELIMINADOS FISICAMENTE DA FACE DA TERRA !!! Não têm nem o direito ao exílio ! São simplesmente ELIMINADOS ! Com a palavra, os militantes gays !

  68. flavio

    -

    19/04/2012 às 22:47

    É bem capaz de dizerem que foi sem querer. Agora, gostaria de ver a dilma ou o seu patrão o lula dizer uma coisinha contra o o regime iraniano. Muito dira que não viu e não sabe de nada. Se bem que aqui até terrorista tem indulto e provavelmente deverá receber uma pensão.

  69. Eduardo

    -

    19/04/2012 às 22:46

    Cadê a Dilma ???? CadÊ a Dilma ??? Vergonha , este governo é uma vergonha . Gerentona??? Gerentona de m…..nenhuma.

    Já que o Irã quer que entendamos as diferenças culturais, é prá já : – Mata o desgraçado a pedradas….

    Que tempos , Reinaldo! O que estão fazendo com o nosso país???

  70. JOE BASH

    -

    19/04/2012 às 22:44

    Onde esta a Maria do Rosario ? Gostaria de ouvir aquela voz tremula de emocao diante desse fato ultrajante…

    Se o fato tivesse ocorrido com algum diplomata dos EUA ou de Israel, sera’ que a reacao teria sido a mesma ? ou haveria “mobilizacao popular” pedindo a expulsa do diplomata ?

  71. Um Heringer

    -

    19/04/2012 às 22:44

    Ô Maria…
    Maria do Rosário…

    Ô Maria do Rosário Nunes!

    Maria avisa a ONU…

    Toma uma providência…

  72. @MauroVS

    -

    19/04/2012 às 22:20

    Deveria ser expulso.

  73. fpenin

    -

    19/04/2012 às 22:13

    Maria do Rosário, fala.Dá ao menos um pio,em nome dos direitos dessas crianças. Perdeu a voz? Quanta conveniência.

  74. fpenin

    -

    19/04/2012 às 22:10

    O que eles querem? Que reconheçamos que são as crianças as culpadas? É muito descaramento, em nome de diversidade cultural. Tarado é tarado, em qualquer cultura; cabe às nossas autoridades enquadrar o malfeitor.Só.

  75. Lula, Amorin, Patriota, Dilma, Zé Dirceu, Gilberto Carvalho todos se arreganhando para os terroristas...

    -

    19/04/2012 às 22:07

    Essa raça petralha entrega a filha, a neta, a sobrinha, a filhinha da cozinheira…
    Tudo para agradar aos “sábios” do Islã?

  76. Mauro Cruz

    -

    19/04/2012 às 21:54

    já voltou para Teerã.E pelo que andei sabendo, por lá é assim mesmo, mulheres e crianças são tratadas como objeto. Se o fato acontecesse lá e elas reagissem como aqui, apanhariam dos pais por estarem difamando um cidadão servo de Alá. Mulheres e crianças só tem valor na nossa retrógrada cultura ocidental judaico-cristã. O tal de Jesus Cristo não vivia falando com elas e as tratando como gente?? E depois dessa nota da embaixada do Irã, quero ver quem tem coragem de ir lá na porta deles protestar…se fosse na embaixada americana já tinha gente fazendo vigília em frente, de velas nas mãos gritando FORA YANKEES!! e queimando a bandeira.

  77. Paula Costa

    -

    19/04/2012 às 21:42

    Mas, amado tio Rei, entenda o q o governo iraniano quis dizer com “diferenças culturais”: para o alcorão qualquer mulher sem véu é considerada disponível para o usufruto sexual do homem que quiser. O diplomata, assim, não é tanto um canalha quanto um bom muçulmano. Com a palavra os apologistas do relativismo cultural!

  78. David

    -

    19/04/2012 às 21:41

    Caro Rei,

    Houvesse um Governo decente o Itamarati iria agora protestar contra a nota da embaixada.
    Aquela nota é uma total falta de vergonha com a qual os petralhas se solidarizam.
    Eles são amiguinhos há muito tempo.
    Gente como eles.

  79. alberto santo andre

    -

    19/04/2012 às 21:34

    NESTE MOMENTO ONDE ESTA A PSEUDO DEFENSORA DOS DIREITOS DAS MULHERES EDIREITOS HUMANOS, APSEUDO MINISTRA MARIA DO ROSARIO,OU SERA QUE DIREITOS HUMANOS SO E VALIDO PARA OS LADROES E TERRORISTAS DA SUA TURMA.

  80. alberto santo andre

    -

    19/04/2012 às 21:31

    como disse mantega em relacao aos banqueiros,os que ficam livres voltam a roubar, e eu complemento mantega politicos ladroes e corruptos e terroristas, se soltos voltam a infernizar as pessoas honestas e trabalhadoras ,portanto e o que hoje sofremos no brasil com a canalhada do pt, solta, e trazendo para as terras tupiniquin ,como aliados e amigos, a escoria da humanidade que grassa hoje no mundo.

  81. Carlos

    -

    19/04/2012 às 21:30

    Será que o companheiro vai sair em defesa do “nosso” iraniano ???

  82. Daniel

    -

    19/04/2012 às 21:26

    Maria do Rosário, cadê tu? Vai se acovardar, hein?

  83. Daniel

    -

    19/04/2012 às 21:24

    Se uma dessas ONG’s que combatem pedofilia abrir o bico, certamente perderão boquinha do governo por falarem mal do nazipersa.

  84. Anónimo

    -

    19/04/2012 às 21:21

    E aí? Como ficam o direitos das vítimas desse ser abjeto?

    Será que as ONG’s falarão ou emitirão alguma nota ao respeito disso? Vai que algumas dessas organizações vão ficar de bico fechado para não fazer feio aos PenTelhos, que são “miguxos” do nazipersa.

  85. Dexter

    -

    19/04/2012 às 21:14

    Mais um exemplo do quanto danosos são quaisquer tipos de privilégios em qualquer parte do mundo. Mesmo que sejam chamados de imunidade diplomática, imunidade parlamentar, direitos adquiridos ou qualquer outro sinônimo travestidos de legalidade.

  86. Memyself

    -

    19/04/2012 às 21:05

    A nota da embaixada iraniana é asquerosa. Assim como é asqueroso o silêncio da tal ministra das mulheres. Deve achar que é normal homens bolinarem meninas. Mas claro, só se forem diplomatas de alguma ditadura de estimação do governo. Fosse um tarado de algum país democrático, já estaria expulso e proibido de retornar.

  87. ronaldo

    -

    19/04/2012 às 20:57

    Reinaldo o arremate dado à materia foi supimpa…como sempre são.

  88. Burduna nelles !!!

    -

    19/04/2012 às 20:32

    se o cara com sua imunidade dipromatica botar a cara na rua nestipaiz vai tomar tanta porrada que talvez não se levante.

  89. Anonimo

    -

    19/04/2012 às 20:23

    Já pensou se esse tarado fosse cristão?

  90. Ricardo D

    -

    19/04/2012 às 20:17

    Para mim o caso é claríssimo. Ou as ONG’s que “defendem” as mulheres e crianças agem da mesma forma que agiriam se o embaixador taradão fosse, sei lá, britânico, ou não passam de vigaristas que estão aqui por outro motivo.
    Lula, é claro, vai se calar. Dilma se calará?

  91. palm

    -

    19/04/2012 às 20:15

    Tio, traz o Reinaldox: Naves – 19/04/2012 às 18:07

  92. Renata

    -

    19/04/2012 às 20:13

    Só falta agora dizerem que a culpa é das próprias crianças, por “provocarem” o molestador.

  93. salete

    -

    19/04/2012 às 20:07

    Manda para o RS que o Tarso Genro acolhe. Quem sabe com honras de Estado. E a Maria do Rosario ajuda!

  94. Claudius

    -

    19/04/2012 às 20:05

    O Irã é amiguinho do peito dos Governos do PT.

  95. Hellyétt F.

    -

    19/04/2012 às 19:56

    Se fosse o embaixador de um país democrático, os fanáticos do PT fariam o maior escarcéu. É canalhice demais pro meu gosto…Indignação e revolta é o que sinto desta horda.

  96. Ferreira

    -

    19/04/2012 às 19:41

    Não duvido que o Itamarati tombado à esquerda ainda vá pedir desculpas ao admirado ditador iraniano enriquecedor de urânio pelo ocorrido,pois o Brasil tem uma cultura diferente da dos iranianos para com as crianças.Um diplomata com 51 anos, era no mínimo para já ter criado vergonha na cara,mesmo na cultura deles.

  97. ELOUQUISA

    -

    19/04/2012 às 19:34

    Ontem,quando li a reportagem pensei…”Será que no Irã os homens metem a mão na genitália de crianças e adolescentes dentro das piscinas”?Acho que não!Só aqui no Brasil essa cambada de vagabundos tem coragem de fazer uma atrocidade dessas!Ele deveria pelo menos ter levado uma surra dos pais das crianças!Certamente a Ministra Iriny soltará uma nota de repúdio…contra os jornais que publicaram a matéria,é claro!VAGABUNDO!

  98. luck boy

    -

    19/04/2012 às 19:30

    todo mundo acha nos brasileiros uns otarios. vem aqui fazem o que quer e nao da em nada. sabe porque . nos nao temos governo que nos proteja. sao uns lesa patria.se nos nao fossemos tao ediotas era pra pegar este maometano de merda e dar-lhe um caçete sem do.quer saber que estes maometanos iranianos vao pra pqparil.

  99. Curioso

    -

    19/04/2012 às 19:29

    É isso que nossa esquedopata gostaria de fazer aqui. O Povo brasileiro ou é ignorante, ou é comprado. Não é possível que o povo aceite o amordaçamento da imprensa, como eles querem. Imaginem o que eles fariam se a imprensa estivessem amordaçada. Não é somente sujeira que conseguiriam esconder, mas violências inimagináveis por nós simpels mortais.

  100. ana soriano

    -

    19/04/2012 às 19:27

    Esta semana o professor-sociólogo Demétrio Magnoli, numa comissão do Senado, presidida pelo Collor, deu uma lição de história e civilidade no Collor, Suplicy e num embaixador ou algo assim do Irã.
    Foi magnífico. Mostrou o que é imparcialidade para todos os socialistas do trabalho alheio.

  101. Neiva

    -

    19/04/2012 às 19:27

    esse nojento se sentiu em casa,só isso.

  102. augusto

    -

    19/04/2012 às 19:23

    Imagina se fosse israelense…

  103. RitaZ

    -

    19/04/2012 às 19:05

    Atenção! Naves – 19/04/2012 às 18:07 . Petralhinha ofendido, não com o pedófilo iraniano. Mas, com você. Pode?!

  104. Payxao

    -

    19/04/2012 às 19:02

    Cadê a ministra das mulheres?????Cadê o Itamarati???? A presidencia da Republica????
    Sumiram??? Deve ser por que é o Ira né, “somo” cumpanheiro” kkkkkkkkkkkkkkkk

  105. Guilherme F. Lamb

    -

    19/04/2012 às 18:59

    Mais um terrorista com imunidade!

    Ja passou da hora de se jogar bombas atomicas no Irã ate não sobrar nenhum terrorista.

  106. Anónimo

    -

    19/04/2012 às 18:59

    Esses vagabundos maometanos acham que podem bolinar mulheres que não estejam trajadas de acordo com sua religião.

  107. Blumenau

    -

    19/04/2012 às 18:57

    Rei.
    Que gentalha pré histórica.Por isso os petralhas os admiram tanto.
    Se depender destes bostas ,vamos pro fundo do poço.Que nojo.

  108. Mariazinha

    -

    19/04/2012 às 18:51

    Por que te calas, Maria do Rosário?
    Por que também se calam, Ongs feministas?

  109. Governo Iraniano Mau

    -

    19/04/2012 às 18:51

    O que dizer?
    A tara parece ser a marca de quem pertence a este governo e regime iraniano.
    Bolinar meninas parece ser “fichinha” perto da violência declarada destes monstros.

  110. Lucas Torino

    -

    19/04/2012 às 18:47

    Esse cara tem imunidade diplomática. Mas será que tem imunidade a um bom corretivo, que é o que os pais deveriam ter-lhe dado? Em vez de fazer boletim de ocorrência, enche-lo de porrada. É uma solução na base da sharia “made in Brazil”.

  111. Paulão

    -

    19/04/2012 às 18:47

    Pera lá, pera lá!!
    O senado brasileiro já tomou sérias providências.
    Sua excelência suplícício vai entrevistar o iraniano, para confirmar a versão de que ele teria sido violentado pelas meninas e, até, estaria grávido de uma delas!
    Cá prá nós, espero que a Veja faça uma bela matéria sobre esse abuso e sobre o silêncio das “otoridades brasileiras”, tradicionais cúmplices de ditadores, de terroristas e de bandidos em geral.
    As famílias ofendidas não terão a solidariedade da presidAnta mulher feminina nem a proteção da lei, no que depender da quadrilha de corruptos e ladrões!
    FORA DILMANTA!!!!
    FORA PETRALHAS!!!!

  112. Luiz Andrade

    -

    19/04/2012 às 18:44

    Pleo teor da nota o Irã é obrigado a entender as “diferenças no comportamento cultural” que permitem que cidadãos americanos queimem o Alcorão exercendo as liberdades garantidas pelas leis daquele país.

  113. rod

    -

    19/04/2012 às 18:43

    Absurdo total.
    Tem um filme egípcio, “Cairo 678″, que fala da luta de 3 mulheres que se tornam ativistas contra abusos dos homens, os quais acham ter direito de bolinar mulheres…: http://www.youtube.com/watch?v=3OXAi12AGA8

    Tem também um vídeo de uma reportagem no Irã para uma TV holandesa, ao 1min17s do vídeo ela começa a reclamar que os homens a estão BOLINANDO na multidão, e ela tem que se esconder dentro do prédio. Até o policial tenta aproveitar da repórter.
    http://www.youtube.com/watch?v=XnUDO1jDfnQ

  114. João Colucci

    -

    19/04/2012 às 18:42

    Admito que conheço pouco do islamismo radical mas entendo que isto deve ser algo não muito anormal por lá. Mesmo sabendo que posso estar fazendo um prejulgamento tendencioso e enganoso, quero saber onde está a tal da ministra do direitos das mulheres! Onde está o ministro da justiça? Cadê o Lula, irmão do Ahmadinejahd?

  115. tema

    -

    19/04/2012 às 18:41

    anos atrás, um engenheiro italiano (trabalhando em um país desses agarrados no Corão pra punir o povo), dentro de seu quarto no hotel cometeu o erro de deixar a janela aberta quando tirou a camisa. Uma mulher viu e o denunciou por atentado à moral do país. Ele ficou preso por seis meses e só depois de muita pressão e suborno das autoridades foi liberado (o preço do convencimento foi um container de computadores). O fato é verídico e me foi contado por um colega de trabalho do cara, quando acompanhei uma comitiva italiano que veio fazer negócios aqui no Estado. depois desta nota o meu nojo só aumenta.

  116. José F. de Camargo

    -

    19/04/2012 às 18:41

    Seria importante declarar esse pedófilo persona non grata, proibindo-o de entrar no Brasil. Imagine o absurdo da Embaixada do Irã defender o cara!

  117. CW

    -

    19/04/2012 às 18:40

    O tarado iraniano errou o alvo, ele deveria ter bolinado um petralha. Pintava até casamento!

  118. Termoil

    -

    19/04/2012 às 18:39

    Cadê as ministras metidas??????????

  119. Marruá

    -

    19/04/2012 às 18:36

    Silas S. Carvalho das 16:02- Ora Silas, se for amigo pessôal, CUMPANHEIRO de ideologia do Lulapetismo, é claro que pode tudo. Veja o que fez a CUMPANHEIRO da BOLÍVIA, invadiu as refinarias da Petrobrás, tomou, e o que fez o desgoverno do PT?

  120. Lúcio Lopes

    -

    19/04/2012 às 18:36

    Tio Rei, será que o asqueroso PHA teria coragem de repercutir esta notícia? Será que existe ao menos um representante do JEG capaz de repercuti-la?

  121. Willian

    -

    19/04/2012 às 18:35

    Gostaria nesta hora de manifestar a minha integral solidariedade aos pais destas crianças e adolescentes. Saibam que muitos brasileiros como eu tiveram o seu coração e seu espírito partidos após ler esta notícia. Este malfeitor, verdadeiro monstro, abusou de jovens que poderiam ser filhos de qualquer um de nós, e não houve UMA única manifestação pública de apoio a estes pais e mães por parte de nosso governo. Pelo contrário, a primeira nota divulgada foi uma defesa orquestrada por um governo estrangeiro. É um dia infame para todos nós cidadãos, e é um dia que os pais destas crianças e elas mesmas jamais esquecerão, tamanho o desamparo que sentiram. Parabéns Reinaldo por estar sempre atento aos descalabros cometidos contra nós.

  122. Orlando

    -

    19/04/2012 às 18:32

    Ultraje total.

  123. Cury

    -

    19/04/2012 às 18:32

    Afora o diversionismo cultural, basta ser amigo de lullllla e cambada para se tratar de um delinquente sem a menor sombra de dúvida.

  124. Marcelo - Vítima da Bancoop

    -

    19/04/2012 às 18:31

    Pode apostar que se tivesse sido um diplomata americano ou espanhol (católico), já estaria em maus lençóis!
    Mas é um seguidor de Maomé de uma ditadura amigona do Apedeuta e com essa gente não se deve mexer… (isso foi uma ironia, claro). Até quando aguentaremos isso???

  125. Anónimo

    -

    19/04/2012 às 18:29

    Reinaldo,

    Off post mas nem tanto. Se quem sofre um conceito ou uma conceituação é chamado conceituado, não seria correto denominar a vítima de preconceito de preconceituado?

    Parece ser correto, mas nunca ouvi ou li a palavra. Aliás, é como se não existisse um adjetivo na fala e na escrita para definir a vítima de preconceito.

  126. SILVIO

    -

    19/04/2012 às 18:26

    AGORA VEJA COMO O JORNAL ZERO HORA MANCHETOU A NOTÍCIA: ITAMARATY AVALIA ACUSAÇÃO DE ABUSO SEXUAL “CONTRA” DIPLOMATA IRANIANO. USOU DE DUPLO SENTIDO OU SENTIDO CAMUFLADO. SÓ QUEM JÁ TINHA LIDO A RESPEITO EM OUTRA FONTE SABIA DO QUE “REALMENTE” SE TRATAVA. MUITA SAFADEZA DO RESPONSÁVEL POR EDITAR TAL NOTÍCIA…..
    PENSANDO ESTAR ERRADO, MOSTREI A MANCHETE PARA VÁRIAS PESSOAS E O ENTENDIMENTO DELAS FOI QUE O DIPLOMATA FORA MOLESTADO….QDO CONTEI FICARAM HORRORIZADAS. A CADA DIA VEJO QUE ESSA GENTALHA É CAPAZ DE QUALQUER COISA “POR UM PUNHADO DE DÓLARES”….

  127. cleusa

    -

    19/04/2012 às 18:19

    É o que dá, o governo brasileiro e seus cumpanheiros, apoiar criminosos e ditadores de tds as matizes.Vide o caso Batisti. Agora o governo iraniano se acha no direito de dizer que td não passou de questão cultural? E o desrespeito a mulher brasileira? Dilma ficará calada?

  128. Anônimo

    -

    19/04/2012 às 18:13

    Por existirem países com dirigentes que pensam assim é que o Ocidente teme homens bomba. Depois é Israel é que está errado e os palestinos é que são os bonzinhos….

  129. José Mário Fontes

    -

    19/04/2012 às 18:12

    É que a embaixada deve estar considerando que acariciar as partes íntimas das crianças, bolinar no bom português, só é crime se as crianças forem iranianas, ou se o fato houvesse ocorrido no Irã. Seria isto?

  130. Rodrigo

    -

    19/04/2012 às 18:11

    Alô, Lula!!! Bote sua bocarra no trombone para defender o diplomata iraniano!!!

  131. Naves

    -

    19/04/2012 às 18:07

    REINALDOXX!!!

  132. Paulão

    -

    19/04/2012 às 18:04

    Segue a vírgula que faltou no meu comentário anterior: “,”.

  133. Curumim

    -

    19/04/2012 às 18:04

    O ministério da “mulher”, não vai se manifestar?

  134. Cláudio/Niterói

    -

    19/04/2012 às 18:04

    Cade nossas ministras dos direitos humanos, das mulheres, etc?

  135. Paulão

    -

    19/04/2012 às 18:03

    Boa tarde Reinaldo,
    O assunto é sério, mas dá prá comentar à moda petralha:
    “Ah Reinaldo, isso não foi nada, pois o stj admite coisas piores com crianças! Além disso, essas meninas devem ser golpistas e reacionárias, sendo bem provável que armaram uma para o companheiro iraniano, a mando do Serra ou do carlinhos cachoeira”.
    Como diria a hillary, os esquerdopatas e terroristas estabeleceram um novo padrão moral neste mundinho globalizado.

  136. Cris Azevedo

    -

    19/04/2012 às 17:58

    A nota saiu de manhã. Até agora, a Maria do Rosário e a Dona Eleonora Aborto não falaram nadinha. Tempo, já houve. Acho que molestamento de amigo é “festinha”, talvez.

  137. E.Neto

    -

    19/04/2012 às 17:55

    Se fosse um funcionário da Embaixada dos Estados Unidos ia ter esquerdinha declarando até guerra e exigindo desculpas do Obama.

  138. fabrice

    -

    19/04/2012 às 17:50

    Se as crianças e seus familiares estavam em um clube também frequentado por diplomatas, trata-se de um ambiente classe AAA. O governo e seus ministros, ainda atrelados ao conceito de luta de classes, não vão se mexer. Maria do Rosário, por exemplo, estaria esgoelando indignação se o pedófilo tivesse molestado algum cliente da bolsa família ou das cotas raciais. E, depois, Ahmadnejad é amigo do peito dos chefões petistas, não criarão caso! Talvez uma notinha chocha e cheia de dedos. Os ofendidos que contratem um bom advogado.

  139. Leonardo dos Santos Pereira

    -

    19/04/2012 às 17:50

    É repugnante ver a impunidade de um ser que comete um terrível ato contra crianças, que são incapazes de se defenderem. O que mais choca nessa situação, é ver que a embaixada do Irã saiu em defesa do molestador, deixando uma tamanha indignação nos cidadãos brasileiros. Lugar de pessoas como esse nojento homem (se é que pode chamar um indivíduo desses de homem) é na cadeia!

  140. Roosevelt

    -

    19/04/2012 às 17:49

    Deveriam ter dado uma surra no tarado pedófilo e depois alegar que a fato seria um costume nosso, a manifestação de diferenças culturais.
    Cretinos.

  141. josé

    -

    19/04/2012 às 17:45

    Se fosse um país com um governo sério, este criminoso sofreria as penalidades da lei.

  142. porcaz

    -

    19/04/2012 às 17:44

    Eu não consigo digitar direito neste tal de notebook. É um saco, meus dedos são grandes, e eu desconfio grandemente que esta m.. não obedece religiosamente todos os comandos. Eu pelejo para acentuar direitinho, pontuar melhor ainda,mas tem hora que sai cada coisa incontórnavel.KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  143. GamoR1

    -

    19/04/2012 às 17:44

    E aí? Não haverá protesto em frente a Embaixada do Irã? Talvez familiares protestem. Porém se fosse um diplomata americano Ongs diversas já estariam em frente da Embaixada clamando por Justiça!

  144. Alex

    -

    19/04/2012 às 17:38

    É triste perceber a postura do Brasil quando se trata de países com líderes perturbados( anti-americanos ). A Bolívia tunga a Petrobras, o Brasil nada. A Argentina tunga a Petrobras, o Brasil nada. Um iraniano tarado molesta crianças brasileiras, até agora nem um pio de um Patriota qualquer.

  145. porcaz

    -

    19/04/2012 às 17:35

    Eles querem de vc. um comportamento “menos imparcial”?
    É,Reinaldo, quatro anos antes,quando eu comecei a frequentar sem blog, considerava-o um hard writter,um radical que escrevia como poucos. Recomendei seus escritos para muita gente, petistas inclusive,tomei paulada adoidado, amealhei seguidores, até hoje existem dois ou três que contestam seus argumentos com alguma clareza, mas o frigir dos ovos nãodeixa dúvidas: Vc. escreve com a alma, e na maioria absoluta das vezes suas argumentações são incontórnaveis. Muito obrigado pelo post
    com as dezeseis perguntas para os fariseus do tal memrial da democracia. Vou emoldurar e colocar no meu quarto.

  146. Luiz Henrique

    -

    19/04/2012 às 17:33

    Reinaldo!
    E a Maria do Rosário não vai se manifestar?
    Que vergonha

  147. misael

    -

    19/04/2012 às 17:33

    Boa lembrança REI!
    Vamos aguardar a manifestação de alguma ONG ligada aos direitos das crianças, ou das mulheres, ou seja lá o que for.
    Ps:imaginem se fosse um direitista.
    Que tempos nós vivemos tudo tem dois valores e um mesmo fato pode ter valores contrários, dependendo de quem o praticou!

  148. Douglas Correa

    -

    19/04/2012 às 17:32

    Eleonora Menicucci , Maria do Rosario gostaria de ver a posição de ambas em relação ao assunto.

  149. Egmont

    -

    19/04/2012 às 17:25

    Teria muito a comentar sobre a nota. Mas sua análise foi perfeita e completa. Apenas para enfatizar: representantes de uma ditadura, que não respeita mulheres, têm coragem de criticar a imprensa. De certo acham que aqui é como na terra dos aiatolás, onde eles decidem o que pode ser publicado ou não.

  150. CerradoemChamas

    -

    19/04/2012 às 17:25

    Reinaldo, cadê o ECA? O Ministério Público não vai agir contra a comprovada expectativa de crime? Para punir brasileiros pode.. quando um safado estrangeiro, aí temos que ver se é companheiro???? Cara, o Patriota é só no nome… Cada dia que passa o Govern da Dilma mostra que é um ZERO, bem, com direi, á esquerda!

  151. Leandro

    -

    19/04/2012 às 17:23

    Agora se STJ entender que a criança de 9 anos “consentiu” , não há mais crime .
    Eita Brasil , é aos trancos e barrancos .

  152. Luiz Fernando

    -

    19/04/2012 às 17:23

    Reinaldo, da mesma forma que, quando perguntado a respeito da mulher adúltura que iria ser morta a pedradas, o então Ministro Nélson Jobin disse que isso era uma questão cultural, nesse momento os humanistas, os defensores dos direitos humanos, devem estar dizendo a mesma coisa. Veja bem, no Irã não se pode usar trajes de banho em locais públicos, então quem usa é mulher à toa, portanto nada de mais de bolinar essas mulheres, independente da idade das mesmas. É como aqueles que dizem: ” A fulana foi estrupada, mas também andando com aquela micro saia…”
    Vamos ver o que vai acontecer….

  153. Marcos F

    -

    19/04/2012 às 17:21

    Fosse eu, “chamava” o Embaixador para uma “conversa franca”.
    É o mínimo que um Presidente do Brasil devia fazer.
    Seria o Lula neste caso? … não sei, estou em dúvida, falando sírio.

  154. Gil

    -

    19/04/2012 às 17:19

    Eu frequento o clube onde se deu o problema e conheço o salva-vidas que abordou o iraniano.
    Ele estava, SIM, molestando as meninas, tanto que foi imediatamente alertado para sair da piscina pelo salva-vidas, quando este percebeu o que estava acontecendo.
    Como o estrangeiro retrucou e continuou nadando, foi tirado à força de lá.

  155. zumbi

    -

    19/04/2012 às 17:18

    Sem comentarios, mandaram ele de volta rapidinho pro inferno, e rapidinho querem abafar o caso!

  156. DIZ

    -

    19/04/2012 às 17:16

    Aconselho estas criança que foram bulinadas a nunca visitarem o Irã,poderão ser reconhecidas pelos cumpanheros iranianos e sofrerem apedrejamento .

  157. Berlatto

    -

    19/04/2012 às 17:16

    Reinaldo e leitores, imginem se fosse um diplomata americano que tivesse molestado as crianças. Seria o fim do mundo. Como você diz, ONGs, movimentos sociais, mídia comprada, MP, PeTralhas e afins, estariam todos fazendo o maior escarcéu, demonizando “usamericanú”, né?
    A nota da embaixada iraniana é de uma vigarice tal, que me lembra os desmentidos da petezada quando pegos com a mão na botija, não só deles, dos políticos em geral, fazendo justiça. Abs.

  158. Anónimo

    -

    19/04/2012 às 17:07

    Receio que uma pessoa como o Lula, que tem saudade da cabrita e já tentou estuprar um menino na prisão, não tenha porque se manifestar nesse caso.

  159. SRA ALBA,65 anos.

    -

    19/04/2012 às 17:07

    CARO SR.JORNALISTA ,SUAS ESCRITAS COMO SEMPRE SÃO ETICAS=OBJETIVAS,POR ESTA, RECEBA MEU ESPECIAL ABRAÇO.

  160. LWATA

    -

    19/04/2012 às 17:05

    Creio que a primeira coisa que um diplomata é orientado a respeitar os costumes e leis do país que irá servir. Talvez, algum servidor brasileiro do mesmo nível em alguma situação que ofenda principalmente a religião deles poderia não ter a mesma reciprocidade no local da ocorrência.

  161. Artur

    -

    19/04/2012 às 17:01

    Os petralhas dirão claramente que as crianças e o salva-vidas se confundiram ,que o companheiro iraniano que esta acima de qualquer suspeita estava só fazendo uma brincadeira ,e que é uma pessoa de confiança, duvidam? Mas por falar em confiança vejam essa do Magrão Lobão,disse este expert Ministro que a Petrobras aumentará seus investimentos na Argentina ,pedido feito pela soberana Cristina em Março, assim a dama bocuda e o seu ministro galã de estimação ,esperam calmamente a empresa aumentar o seu patrimonio para depois expropria-la com mais lucro.Que tal Argenpetro ou Petrotina?

  162. baruch

    -

    19/04/2012 às 17:01

    Onde esta o ministro Patriota. Talvez a espera das ordens do marco Aurelio “tartaro” Garcia e do megalonanico. A ABI deveria se pronunciar. Da.Rosário a infertil sumiu!!!!!

  163. foralula

    -

    19/04/2012 às 16:59

    o governo (?) brasileiro não vai fazer nada, seja por intermédio do Itamaraty ou por outro meio.

    afinal, é um governinho bravateiro, ideologizado e incompetente.

  164. Roberto K.

    -

    19/04/2012 às 16:58

    A desculpa de todo tipo de molestador é que foi provocado pelo molestado.

  165. Luiz

    -

    19/04/2012 às 16:53

    Muito bem.
    Fica ai um conselho para os pais das crianças que frequentam as piscinas desse clube: se houver uma próxima vez, não espere a policia, baixa o sarrafo no pedófilo safado e deixa a “diplomacia” lulopetista se entender com o Ahmadinejad.

  166. capitão

    -

    19/04/2012 às 16:45

    Lula não dirá nada. E talvez pense no menino do MEP.
    Em tempo, será que o garoto também fará visita ao Circo?

  167. gilmar

    -

    19/04/2012 às 16:45

    Só faltou dizer que isto foi obra de Israel.E nós como de costume com o rabo entre as pernas, perguntar não ofende ..quanto custo um Itamaraty? e segunda pergunta …para que ele serve? Somos a tal da potencia emergente que mais é humilhada , somos mortos em outros países e onde esta nosso Itamaraty?? Será que só serve para patrocinar jantares de gala.

  168. Ataíde

    -

    19/04/2012 às 16:43

    “…diferenças nos comportamentos culturais.” (!!!)

    Terá dedo petralha aí?

  169. Vales

    -

    19/04/2012 às 16:43

    Caro RA. Espero que não seja asquerosa as providências das autoridades brasileiras contra esse pedófilo e o pais que ele representa. Covardes apedrejadores de mulheres.Onde está a grande imprensa brasileira que foi criticada pela embaixada?Abs.

  170. Álvaro Tadeu Andreoli

    -

    19/04/2012 às 16:37

    Boa tarde meu caro Reinaldo de Azevedo !
    Estes idiotas tem que saber que quando se está na casa dos outros, (nação), tem que seguir as regras da nação pouco importando a sua “cultura”. Mas no caso em questão não é isto que esta em julgamento mas sim o comportamento doentio de um tarado, representante do governo da bomba atômica, (amigão do peito do ex-presidente Lula). Se lá o apedrajamento é legal, se cortar o clitóris das crianças é legal, se mulher é considerada um animal irracional… é problema deles que lambam as suas deliciosas feridas. Mas este “machão” é tão covarde que já fugiu. Para que o Brásil tem relações com nações irracionais ? Seria por causa do petróleo de Sangue ou a importação do grande avanço tecnológioco do Irã ?

  171. Paulo Bento Bandarra

    -

    19/04/2012 às 16:35

    O Brasil pode ainda formalizar a acusação oficial e declara-lo pessoa não grata, impedindo o seu retorno e dando uma demonstração de soberania. Não precisa tirar o sapato para a embaixada do Irã. O que diz Maria do Rosário? Acha que deve se respeitar diferenças culturais também?

  172. nana

    -

    19/04/2012 às 16:34

    Aqui fazem o que querem têm a simpatia da petezada, tudo farinha do mesmo saco.

  173. -

    19/04/2012 às 16:28

    Rei,
    Quero ver os esquerdinhas defenderem agora um pedófilo tarado já que na cabeça de ameba deles, o Irã é vítima de preconceito da direitabrancanazista…
    Que nojo!

  174. Marcelo

    -

    19/04/2012 às 16:20

    Covardão esse iraniano. Passando a mão em meninas. Vagabundo. Essa nota da embaixada é um endosso a prática do molestamento de crianças. Sem dúvida que é. Vergonha Irã. E pensar que o Lula viajou milhares de quilometros pra se esfregar e lamber as botas do tal Ahmadinejad. Vergonha Lula.

  175. Bertoldo Klinger

    -

    19/04/2012 às 16:19

    Reinaldo, hoje em dia até banca de jornal tem câmera, será que na área das piscinas deste clube não tem?
    Peguem o vídeo deste senhor na piscina abusando das meninas e exibam no Jornal Nacional, mandém também uma cópia pra Al Jazheera pra que os compatriotas dele vejam o “mal entendido cultural” e sintam como o corpo diplomático iraniano está representando o Islã no exterior…

    Outra dica boa, Já que o Irã se orgulha de ser uma República Islâmica o Itamaraty deve emitir uma nota demonstrando a perplexidade e a revolta do povo brasileiro com estes atos libidinosos vindos do representante de um povo que se diz temente a Alá e fiel aos ensinamentos do profeta Maomé! Clamemos pela justiça do Alcorão pois com certeza isso mexerá com os brios dos Iranianos!

    Ficam as dicas para punirmos este canalha!

  176. Talita Albuquerque

    -

    19/04/2012 às 16:18

    Também aguardo uma manifestação. Instei algumas feministas que conheço a darem sua opinião. O silêncio é ensurdecedor. No Brasil, antes dos direitos das mulheres, as feministas defendem seu partido político.

  177. GVBM

    -

    19/04/2012 às 16:17

    Um tapa na cara é o que merecia esse canalha nojento. Convenção nenhuma faria com que o fato deixasse de ter acontecido. E o pulha asqueroso seria matéria na imprensa mundial.

  178. Célio

    -

    19/04/2012 às 16:15

    Diferença cultural? Sei. Se déssemos umas 60 merecidas chibatadas nesse tarado travestido de diplomata, empataríamos com a cultura dele.

  179. Marruá

    -

    19/04/2012 às 16:13

    Reinaldo, e a ministra das mulheres o que diz ? e os direitos humanos o que faz ? e o estatudo da CRIANÇA E DO ADOLESCENTE, não protege crianças molestadas por amigos dos CUMPANHEIROS ? Só serve para proteger os bandidinhos menores Brasileiros, que matam, roubam e estupram.

  180. Nino (SP)

    -

    19/04/2012 às 16:12

    Como a maioria das ONGs que cuida de mulheres e crianças (as tais minorias desprotegias) tem orientação da sinistra e recebe dinheiro do regime (o sinistro), dificilmente elas vão se pronunciar. O tinhoso não permitiria. Se houver alguma ONG independente (realmente “não governamental”), poderemos esperar uma reação à altura da baixaria. Ops!

  181. Rods

    -

    19/04/2012 às 16:11

    REI.
    NO UNIVERSO PETRALHA EXISTEM DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS.
    ME IMPRESSIONA O SILÊNCIO GERAL.
    AH! SE FOSSE UM DIPLOMATA TARADO DOS EUA, O MUNDO ESTARIA SOB AS CINZAS E O NOSSO IMPOLUTO, PORÉM, DESMORALIZADO ITAMARATY ESTARIA DIVULGANDO DECLARAÇÕES DE REPÚDIO E EXIGINDO PROFIDÊNCIAS DO OBAMA.
    MAS, O MEDO DE SER ALVO DE UMA FATWA É LATENTE E REAL NÉ? PARECE QUE ESSA INTIMIDAÇÃO DOS MUÇULMANOS CAUSA UM GRANDE EFEITO; VAI ACABAR EM PIZZA ESTE CRIME E, SE BOBEAR, APARECERÁ ALGUM PSICÓLOGO À SOLDO, PARA CULPAR AS MENINAS.
    Rods

  182. DeBrasilia

    -

    19/04/2012 às 16:11

    Onde foi parar a ministra (a minúscula é proposital) Maria do Rosário neste caso ?

  183. Observador

    -

    19/04/2012 às 16:07

    Acho que esses aborígenes devem ficar confinados ao espaço de seu pequenino país onde cometem suas atrocidades e podem manifestar sua cultura medieval sem sobressaltos.

    PS: Se esse cara faz isso com a minha filha, eu lhe dou uma surra tão grande que ele não vai conseguir andar por 1 semana, mas com toda diplomacia do mundo. Se é que me entende!

  184. João Hélio

    -

    19/04/2012 às 16:06

    ah se fosse um camarada da embaixada dos EUA fazendo isso, e a mesma publicasse uma nota dessas. Todos os nossos quadrilheiros da política, que não têm vergonha de roubar o próprio país, ficariam muito patriotas para criticar os americanos.

  185. CMG

    -

    19/04/2012 às 16:04

    Fala, Maria do Rosário!

  186. Democracia Vacina Anti-Petralha

    -

    19/04/2012 às 16:04

    POR SER UM DIPLOMATA É OBVIO QUE O VAGABUNDO IRIA FUGIR O QUANTO ANTES ,MAS CADÊ O ITAMARATI E A TAL DA SOBERANIA BRASILEIRA ,PRECISA REGISTRAR O FATO COM UMA NOTA DE REPUDIO AO COMENTÁRIO BEM PIOR DOS DIPLOMATAS IRANIANOS E QUERER JUSTIFICAR A CULTURA COMO FORMA DE ACOBERTAR UM CRIME INSANO COMO DA PEDOFILIA ,O ITAMARATI DEVE PEDIR AO IRÃ UM PEDIDO FORMAL E VERDADEIRO E NÃO UMA DEFESA INDECENTE E SE FOR O CASO DENUNCIAR EM ALGUM TRIBUNAL INTERNACIONAL ,MAS COMO SOMOS GOVERNADOS POR AMIGOS DE DITADORES ,PELO JEITO VAMOS FICAR NO SILÊNCIO E A DILMA TERCEIRA NÃO IRÁ SE PRONUNCIAR .

  187. Fragoso

    -

    19/04/2012 às 16:03

    Precisei parar de ler a matéria, de tanto ódio que me deu
    deste monstro. Ele merece ser queimado no inferno.

  188. Rodrigo L.

    -

    19/04/2012 às 16:03

    Não tem como não lembrar do caso do “menino do MEP”. Afinal, Lula se declarou “irmão” do Ahmadinejad, não é mesmo?

  189. Silas S. Carvalho

    -

    19/04/2012 às 16:02

    Caro Reinaldo, boa tarde.
    Dominique Straus Kan foi algemado e arrancado do avião que lhe levaria de volta a Paris, por que uma camareira de hotel nos EUA inventou a história de que havia sido molestada por ele. Foi imediatamente preso, teve o passaporte apreendido e somente pôde responder ao processo em liberdade após depositar 5 milhões de dólares em caução. Só foi solto depois que a farsa da camareira foi descoberta.
    Esse nojento iraniano vem aqui, molesta comprovadamente várias meninas, e volta para o Irã dando risada, e as autoridades lulopetistas deixam por isso mesmo.
    Confesso que dá vergonha de ser brasileiro.

  190. ricardo

    -

    19/04/2012 às 16:02

    e ate o Irã ataca a mídia brasileira dentro do próprio Brafil Potenfia! ate o Irã!!

  191. ricardo

    -

    19/04/2012 às 16:01

    uau! depois “duzamericanu”, chegou a vez do Ira obrar em cima do Brafil Potenfia do Lula e da muié do Lula…nem vou contabilizar as constantes “obradas” que a Argentina nos da…

  192. Mairalur

    -

    19/04/2012 às 15:59

    Dois tipos de desprezíveis que não merecem nem a Lei: traficantes e molestadores, sobretudo de crianças. Os pais bem que podiam ter dado uma sova bem dada no safadão.

  193. Paulo

    -

    19/04/2012 às 15:56

    O Governo vai colocar uma pá de cal em cima disso tudo?

    Vai silenciar diante de um escândalo desses?

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados