Blogs e Colunistas

18/07/2012

às 6:55

A bagunça partidária no país em que os fracassos do governo são um sucesso!

Que país exótico!

O fato de a política brasileira não ter a menor importância no mundo nem despertar a mínima curiosidade é uma sorte para os correspondentes estrangeiros que atuam no país. Isso os livra de diabólicos azares. Imaginem, coitados!, ter de explicar lá fora o que parece desafiar a lógica elementar até aqui dentro — embora, diga-se, haja método no imbróglio. Eu chego lá.

Comecemos pelo maior de todos os exotismos: os fracassos do governo Dilma têm sido um grande sucesso de público e seduziam, até havia pouco tempo, quase unanimemente a crítica. Agora, já se ensaia uma censura aqui e acolá, mas ainda bem timidamente. O país cresceu 2,7% no ano passado e deve ficar abaixo disso neste ano. É claro que há a conjuntura internacional e coisa e tal, mas os outros ditos emergentes têm um desempenho muito melhor, o que vale também para alguns países da América Latina. É consenso que o Brasil começa a pagar o preço por aquilo que não fez no tempo das commodities gordas. Agora, até a China diz que o ciclo de baixo crescimento — o “baixo” deles fica ali entre 7% e 8% — veio para durar um bom tempo.

O governo não anda. É pouco realizador, ruim de serviço. Dilma vive da fama de austera, que a tão demonizada — pelos petistas! — “mídia” ajudou a plasmar. Ao fazer o seu trabalho e apontar os casos mais escandalosos de corrupção, a imprensa forçou a presidente a agir. Algumas medidas de impacto — a demissão de ministros — criaram o tal “jeito Dilma” de governar. Estou certo de que 10 entre 10 brasileiros a consideram menos tolerante com a corrupção do que Lula. E, se quiserem saber, isso é verdade porque o contrário seria praticamente impossível, se é que me entendem…

Dadas a baixa performance do governo e uma perspectiva não muito animadora para a economia, o normal seria que forças da oposição estivessem começando a aglutinar os descontentes, estabelecendo, a um só tempo, alguns eixos de críticas e de propostas. Vejam o caso, por exemplo, das universidades federais. A greve que paralisa praticamente 100% das instituições — e já lá se vão dois meses — começou a se tornar visível na imprensa há poucos dias, mas ainda não mobilizou os políticos. No ano passado, mais da metade das instituições ficou parada por mais de quatro meses. Não conseguiram gerar nem mesmo notícia.

O agreste nordestino vive a pior seca em 30 anos. Ela devasta mais de mil municípios. Dilma, obviamente, não é culpada pela falta de chuva. Mas o governo é, sim, responsável por ter negligenciado a assistência e as medidas preventivas. Afinal, esse quadro pode ser tudo, menos surpreendente. Já se sabia o que viria, mas a máquina, inchada e cara, não se mexeu. As vozes representativas do Nordeste no Parlamento, majoritariamente governistas, estão mudas.

A falta de investimentos e de planejamento na área de infraestrutura é uma verdadeira bomba-relógio. O país está começando a comprometer as futuras gerações. O ar severo e compenetrado de Dilma não deve ser confundido com competência. Já se cometeu o erro de tomar as bazófias de Lula por realizações… Não obstante, que força organiza a crítica? A sabedoria convencional diria que momentos assim começam a forçar o pêndulo para o lado oposicionista, certo? É o que costuma acontecer em todas as democracias no mundo.

Por aqui, para má nossa má sorte, é a oposição que continua num lento processo de desconstituição. Por que escrevo “para nossa má sorte”? Porque todo o processo político está rendido a um governo que só não perdeu o rumo porque, de fato, nunca o encontrou. Qual é mesmo a prioridade de Dilma? Se quiséssemos citar, sei lá, três eixos estruturantes de sua gestão, quais seriam?

Quem se move?
Partidos da base aliada começaram a sentir primeiro o cheiro de carne queimada. Na semana passada, numa conversa despretensiosa, como a fingir que só dizia uma obviedade, Michel Temer, o vice-presidente, afirmou que concorrer à reeleição não é uma fatalidade da natureza. Referia-se a Dilma. Ao mesmo tempo, movia-se nos bastidores para, se me permitem o verbo, “fagocitar” partidos nanicos e nem tão nanicos. Uma das legendas que estão no radar de Temer é nada menos do que o… DEM! Vejam vocês! No país da jabuticaba e da pororoca, o mais crítico dos partidos de oposição corre o risco de se fundir com o segundo sócio mais importante do governismo. As respectivas cúpulas dos dois partidos mantêm, e isso é fato, não especulação, uma interlocução permanente. O PMDB pretende criar a sua própria alternativa de poder? Duvido! Quer é ser mais governo, com Dilma mesmo. Se mais forte, pode impor mais condições.

Também o PSB, do governador Eduardo Campos (PE), dá mostras de que pretende ganhar musculatura até 2014. Se a economia degringola a valer (o que não está no horizonte), ele até pode sonhar mais alto já em 2014; se a aliança com Dilma se mantiver, o partido pretende reivindicar mais espaço na aliança e num eventual segundo mandato da presidente. Estão percebendo? A política se tornou, no Brasil, um território quase exclusivo do governismo.

O rolo envolvendo Minas e o PSD, então, desafiaria a paciência de qualquer estrangeiro que tentasse entender o que se passa no país. Os petistas consideram a eleição em São Paulo uma questão de honra, o que levou Lula para os jardins de Maluf. A gestão Gilberto Kassab é implacavelmente alvejada pelo petismo. Mas Dilma recorreu ao prefeito para vitaminar, em Belo Horizonte, a candidatura do petista Patrus Ananias, que conta com o apoio do PMDB. Como o partido já havia sido atraído para a órbita de Aécio Neves, que apoia a reeleição de Márcio Lacerda, do PSB, Kassab interveio na direção local da legenda para forçá-la a se coligar com o… PT!

Não custa lembrar:
— até outro dia, petistas e tucanos mineiros se orgulhavam da aliança na cidade e diziam que a briga de foice entre os dois partidos era coisa de… paulistas;
— nacionalmente, um dos principais aliados de Eduardo Campos é justamente… Kassab. Na capital mineira, no entanto, o prefeito paulistano se arriscou a fazer uma intervenção no PSD para impedi-lo de apoiar o candidato de… Campos!;
— o Kassab que é um dos principais alvos do petismo em São Paulo se transformou num dos principais esteios do petismo em Belo Horizonte;
— o PSDB mineiro, que sempre preferiu a parceira com o PT ao confronto (afinal, isso seria “coisa de paulistas”), foi agora tomado de brio redentor;
— a senadora Kátia Abreu (TO), vice-presidente do PSD, que não foi nem mesmo consultada sobre a intervenção feita por Kassab em Belo Horizonte, reagiu à decisão do prefeito com uma carta duríssima. Foi convidada a migrar para o PMDB. Por enquanto, declinou, mas não descartou. Caso isso acontecesse agora, estaria se integrando à legenda que apoia justamente Patrus Ananias, em favor de quem Kassab fez a intervenção.

Afinal, o que se passa?
Que diabos acontece, afinal de contas, com a política no Brasil e para onde isso nos leva? Começo pela resposta à segunda questão: isso não nos leva a lugar nenhum! Ou nos conduz, sim, a um lugar: a mais do mesmo! Não será em meio a essa desordem partidária que se vai estruturar uma ideia-força para romper com certos atrasos e modernizar a agenda.

A reforma partidária vai assumindo no Brasil as características de uma balcanização de legendas, que vão se fragmentando e se constituindo em grupos de pressão, mas sempre articuladas em torno do governismo, dispostas a arrancar conquistas pontuais do estado ou a ocupar postos estratégicos aqui e ali que garantam o statu quo de grupos, de correntes de opinião, de interesses organizados. Eis o único método do imbróglio. Tudo isso, claro!, faz parte da política. Quando FHC, por exemplo, levou o PSDB a se juntar com o antigo PFL, não ignorava que esses aliados — e outros que se juntaram — tinham suas demandas particulares. Mas ele tinha um norte: a necessidade de fazer reformas — reformas que efetivamente fez (as que conseguiu ao menos) e que, em boa parte, garantiram a bonança dos oito anos de Lula.

A política brasileira vive um momento melancólico. Nunca antes na história destepaiz um governo fraco foi tão forte. Nunca antes na história destepaiz uma oposição com motivos para ser forte foi tão fraca. Aquele não dispõe de ideias, mas detém os instrumentos com que fazer a cooptação. Esta não detém os instrumentos e, se tem ideias, guarda-as para si.

Nessa toada, o Brasil — em que 38% dos universitários não são plenamente alfabetizados —  continuará a ser um país do futuro cheio de passado…

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

170 Comentários

  1. Leandro

    -

    28/07/2012 às 9:28

    A coisa é tão estranha no Brasil, e entre a oposição, que até aqui, um dos poucos bastiões de resistência contra os desmandos do petismo, nosso candidato para 2014 é sistematicamente demonizado.
    Quem entende o Brasil?

  2. Rafael

    -

    19/07/2012 às 18:45

    Reinaldo Azevedo, considerando a atual realidade brasileira sem perspectivas alguma de melhora, qual solução realista e eficiente você sugere para salvar nosso país desses bandidos do poder e desse eterno atraso?

  3. Leo Angelo

    -

    19/07/2012 às 16:04

    Alianças do PT e PSDB não foram exclusividade de Minas, até pouco tempo, seja 8 anos, tivemos uma aliança aqui no Piauí desse “quilate”. Conta-se que era para derrubar o PFL, até então com 10 anos de poder. Bom que a conquista foi séria, daí para frente a dicotomia que vem do planalto e do sudeste contaminou tudo por aqui. Fosse algo ruim ou bom diria que a aliança era uma cobra de duas cabeças, não um bicéfalo, pois a falta de idéias se vertia ânsia do poder, mas um acéfalo com mais caudas não tinha para onde ir, somente abraçados na derrota.

  4. augusto

    -

    19/07/2012 às 14:56

    Resumindo, está tudo dominado.

  5. contribuinte comunizado pelo PT

    -

    19/07/2012 às 14:21

    PAGANDO BEM QUE MAL TEM! O primeiro mundo com apoio da ONU só explora o BRASIL com as maiores taxas de juros do planeta, pouco importa a violência urbana com 50.000 homicídios/ano, desde que o trabalhador nativo se sacrifique para bancar os juros bancários, os olhos azuis da Europa estão se lixando. Se esses mesmos investidores estrangeiros cobrassem os juros iguais, aos cobrados da população nativa do Brasil e comunizada pelo PT,nos seus países de origem seriam presos por usura e condenados a cadeia por muitos anos. Aqui pode tudo, regado a muito mensalão. O salário-mínimo calculado pelo DIEESE e estabelecido na CONSTITUIÇÃO DO BRASIL como necessário é de R$ 2400,00/mês, a diferença para o s.m. comunista vai para os bancos e mensalão. Por isso que os comunistas só oferecem crédito ao povo, reajuste de salário de servidor público ou correção de aposentadorias não dá lucro para banco e os olhos azuis e, consequentemente, não tem MENSALÃO para a petralhada.

  6. GEORGE HALLS

    -

    19/07/2012 às 9:29

    Para resumir é aquela estoria do ovo,não importa se voce o coloca para baixo ou para cima a gema fica sempre no meio.No caso a gema representa nós o povo …

  7. Renata

    -

    18/07/2012 às 22:56

    A inoperância do governo Dilma tem tudo a ver justamente com o estilo Dilma: centralizador, controlador, intervencionista, burocratizante, autoritário. Como é que um paquiderme como esse pode se mover?

  8. Sagarana

    -

    18/07/2012 às 22:39

    Quanto ao prefeito paulistano cabe apenas uma pergunta: cade o pai desse menino?

  9. Sagarana

    -

    18/07/2012 às 22:30

    Caro Reinaldo, sei que de longe naum eh fácil entender o que se passa aqui em BH. Nunca houve uma aliança com os petistas. Lacerda, como ficou claro após os recentes acontecimentos, era e eh homem de confiança do grande líder mineiro, um oitavo passageiro para desalojar a trupe petista do poder municipal que ocupavam por décadas. Só naum enxerga quem naum quer. O pior cego eh o que naum escuta.

  10. dr drauzio

    -

    18/07/2012 às 20:38

    O QUE SE PASSA EM NOSSO PAÍS?
    eu respondo para vcs…… ELE VIROU UMA ENORME CASA DA MARIA JOANA.
    um desgoverno deste com uma popularidade desta, só depois de se transformar em um prostíbulo mesmo.
    a oposição não se “ajeita”, não consegue focar um governo
    cheio de furos até na raiz dos cabelos.
    não conseguem pensar em nada criativo que não seja dar alguma coisa aos eleitores de baixa renda.
    já andaram pensando em proporcionar o bolsa piscina,o bolsa audi, o bolsa caviar, apartamentos duplex para todos mas logo desanimam porque quando propuserem os PETRALHAS aumentam a dose e os eleitores não irão trocar o CERTO pelo duvidoso.
    RESUMINDO , ENQUANTO NÃO HOUVER UMA HECATOMBE TEREMOS QUE TOLERAR ESTA QUADRILHA QUE AÍ ESTÁ.

  11. Leopoldo Dogher

    -

    18/07/2012 às 20:37

    Belo texto, parabéns.
    É mesmo curioso: o governo é fraco e a oposição é fraca.
    Ninguém tem um projeto de nação, um ideário, nem ao menos um esboço, uma ideiazinha sequer do que se quer desse país.
    Outro dia, vi trechos de uma entrevista do Mangabeira Unger na TV. Impressionante, trash total.O cara não existe,é um personagem.

  12. Altair de Almeida Campos

    -

    18/07/2012 às 20:30

    Prezado Reinaldo,

    Sou leitor assíduo de seu blog e muito aprecio suas análises e especialmente sua clarividência em relaçao à miopia coletiva que assola o Brasil. Embora participe pouco de sua área de comentários, gostaria de pontuar a correção de pensamento sobre o desperdício de tempo e recursos que afetarão milhares de brasileiros. Estive nos EUA em maio na cidade de São Francisco e para mim e para a maioria dos brasileiros que conhecem outros países, sempre é uma surpresa verificar o quanto eles investem em estrutura de aeroportos, estradas, energia. Não só pelo gigantismo e continuidade do investimento. Pois bem, entre as cidades de São Francisco e Oakland existe uma ponte com mais de 10km de extensão que liga as duas cidades por cima da baia de SF. O fluxo de automóveis é gigantesco e por incrível que possa parecer não engarrafa, mas estava lento no início da ponte. Notei que havia uma ponte imensa sendo construída ao lado e aproveitei para conversar com o guarda que monitorava os carros e perguntar porque estavam fazendo outra ponte se a que já existia estava longe de ter um tráfego tão intenso que justficasse tamanho investimento. O guarda me fitou e respondeu:”Nós não estamos construíndo pra nós, estamos fazendo para as próximas geraç?es”.

    Cordial e afetuoso abraço pra você.
    Altair

  13. Santana*100

    -

    18/07/2012 às 20:27

    Em resposta a alr – 18/07/2012 às 20:06h.
    Algum candidato de algum partido será eleito. Então não existe essa de não saber em que votar! Faça a escolha que você ache mais acertada e vote. – Você diz que gostaria de mudar de governo, mas não tem em quem votar! Fica subentendido que você vai ficar com o que está hoje no Poder. Se para você dos piores é o melhor, então continue com eles.

  14. Santana*100

    -

    18/07/2012 às 20:16

    Este caos político em que vivemos no Brasil se deve exclusivamente a falta de respeito e patriotismos dos nossos políticos! – O vôo rasante do caça da FAB foi um erro. O correto seria se o piloto lançasse mísseis e mandasse esses canalhas para o inferno.

  15. alr

    -

    18/07/2012 às 20:06

    Gostaria, sim, de mudar de governo. Mas, quem eu votaria? Da mesma forma que muitos partidos estão em torno de um projeto governista, os partidos de oposição estão reunidos em um único projeto oposicionista(partido). Então, se não aparecer uma terceira via, ficaremos na mesma situação.

  16. Moi

    -

    18/07/2012 às 19:58

    Essa situação só tende a piorar. Os políticos de todos os partidos simplesmente se apoderaram do estado desde a constituição de 88. Quem, da elite, quer criar um filho para ser político? Vocês leitores do blog e blogueiro, incentivariam seus filhos e netos a seguirem a carreira política? Não, senhores, estamos fora dessa. A política só serve para os corruptos. Não serve para quem pretende fazer algo de bom para o país e se orgulhar disso. Eu, por meu lado, desde 1990, após todos os planos fracassados e principalmente após o plano Collor,passei a criar meus filhos para saírem do país, trabalhar lá fora ou se não quisessem sair para pelo menos trabalharem com empresas estrangeiras. E assim como eu, muitos do meu círculo de amizades fez o mesmo. Grande parte está nos EUA ou na Europa, outros se formaram e iniciaram sua vida profissional lá fora, voltaram para aqui trabalhar enquanto der, no primeiro sinal de problema, cairão fora com facilidade. O quê restou? O rebotalho, que não conseguiu nem uma coisa nem outra. Tanto uns como outros estão totalmente alienados ao que se passa no país. Triste isso, mas foi afinal o que minha geração construiu. Uma geração fracassada.

  17. Jotinha

    -

    18/07/2012 às 19:10

    O sujeito que elogiar esse governo (se isso que está aí pode ser chamado de governo) está fazendo apologia às drogas. Para quem tem o mínimo de vergonha na cara não está sendo fácil conviver com a miséria moral que os Companheiros Corruptos Associados (CORRUPTA) alastraram nestepaíz. Degradação ética esta escancaradamente conduzida pelos ditames de uma sofisticada organização criminosa. Pudera! Estamos numa nação que não tem a mínima capacidade de se indignar. Não é por acaso que estepaíz é getulista, janguista, janista, malufista, lulista, “me engana que eu gosto”. Insisto. A culpa da banalização da malandragem não é dos vigaristas, mas daqueles que os elegeram: os brasileiros que não se importam de ser roubado. Estamos no olho do furacão da Era da Boçalidade.

  18. Adriano

    -

    18/07/2012 às 18:49

    POLÍTICOS SÃO TODOS UNS RATOS!!!

  19. Cris Azevedo

    -

    18/07/2012 às 18:32

    Bruno Assunção – 18/07/2012 às 12:46

    O trecho do filme “A Dama de Ferro”a que vc se refere, pode ser visto aqui:

    http://www.youtube.com/watch?v=7ygvwKtbtaM&feature=player_embedded

  20. PARTIDO - PÊQUÊPÊ

    -

    18/07/2012 às 18:15

    .
    CARISSIMO REINALDO,
    .
    É O EGOISMO …
    .
    PRATICAMENTE NENHUM DESSES POLITICOS ENTRARAM NA POLITICA POR ALTRUISMO. ELES JA ENTRAM COM OBJETIVOS PESSOAIS. ESTAO DEFECANDO PARA O PAIS. QUEREM UM PAIS COM DINHEIRO PARA TORNAR-LHES RICOS E AO MESMO TEMPO QUEREM UM PAIS POBRE DE ESPIRITO, POBRE CULTURALMENTE E ASSIM VAI … É A MESMA FORMULA DE SEMPRE; DOS CORONÉ, DO RAPAIZINHO LA DE ROMA; O TÁR DE “O PAO E CIRCO”
    .
    É GENTE DA PIOR ESPECIE GOVERNANDO GENTE BOA, GENTE COMUM, NOSSO POVO …..
    .
    A COISA VAI MELHORAR QUANDO petistas POR EXEMPLO , SE REBELAREM CONTRA O pt , POIS AFINAL , ATE UM CEGO JA PODE VER… ATE NO ESCURO, A SUJEIRA QUE VIROU O pt
    .
    OS OUTROS GOVERNISTAS VAO A REBOQUE, E OS DE OPOSIÇAO … O QUE DIZER, NE? VAI VER ALGUNS “DOÇIÊZ” NAO FORAM DESCOBERTOS ,E VINGARAM … TALVEZ A OPOSIÇAO ESTEJA AMORDAÇADA POR CHANTAGEM. NAO ESTA VENDIDA, NAO COMPARTILHAM O ROUBO GENERALIZADO, MAS NAO FAZEM NADA POR NAO PODEREM FAZER NADA. SERA ?
    .
    PURQUÊ NU É POSSÍVER UM NEGOSSIO DÊSSES, NE? TEM ÁRGO ERRADO, MUITO ERRADO AI
    .
    PÕE NÓIS LA PA VÊ SE NÓIS NAO FÁIZ OPOSIÇAO … ÁRA , SEUS TONTÃO OPOSIÇÃO, TONTÃO
    .
    DÍRIMA … TEM UM PERSONAGEM DO TEATRO QUE ME LEMBRA MUITO ELA. É UM BONEQUINHO BONITINHO, TODO ENGRAÇADINHO, FOFINHO MESMO…
    .
    …NAO SEI DIREITO POR QUÁ ELE FICA SENTADO NUM BANQUINHO AO LADO DE UM CARA BEM MAIOR QUE ELE, QUE interáji CUÊLE
    .
    http://www.youtube.com/watch?v=G9_CXAnwl10&feature=related
    .
    rsrs
    .

  21. Jonas

    -

    18/07/2012 às 18:14

    Sim, o governo federal é ruim de serviço e ótimo de propaganda, aproveitando-se da aversão do povão brasileiro à leitura e à cultura, fazendo-os de seus fantochinhos.
    O maravilhoso PAC é ridículo, mas o problema são os malditos pedágios de SP, ue são um roubo ao contribuinte. Que o diga o site petralha pedagiômetro, que calcula quanto deixou-se pelos pedágios de SP. Só que eles fazem completa vista-grossa pros pedágios dos outros estados so centro-sul, muitos dos quais tão caros quanto porém longe do sucesso do modelo de SP que é muito mais exigente e atrela grandes investimentos rodoviários por parte das concessionarias. Mas eles nao ligam, pois são… petralhas! O que importa é a difamação caluniosa ao arrepio da descência e dos escrúpulos.
    O sitezinho petralha dos pedagios e os cyber militantes nao falam um “ai” de pedagios de outros estados e da porcaria da concessao rodoviaria federal. Não passam de lixos, sao torpes e bandidos intelectuais à la Dirceu, Lula, PHA e demais militantes de Satã.

  22. Siará Grande

    -

    18/07/2012 às 18:13

    Perfeito, Reinaldo. A triste verdade é que a política virou o negócio mais lucrativo deste país.

  23. xLuiz

    -

    18/07/2012 às 17:59

    Mestre Rei
    O nome da derrota dos partidos políticos é Mensalão. Só que diferente, na forma ou melhor, na operacionalização do que vai ser julgado pelo STF. Assim como militante não deixa a militância pra não perder a boquinha; os partidos da base aliada também marcham juntos feito boiada, para não perderem a boquinha. Não há ideologia, apenas uma questão cultural pois, temos o famoso jeitinho, que é levar vantagem em tudo, certo! a famosa lei do gerson. Temos sim, hoje em dia no país, a verdadeira oposição que se chama: desilusão! No futuro se chamará de frustação, pois seremos iguais ao país vizinho, que faz fronteira com o Acre e tem como ditador o “beiçudo chapolin”.

  24. Maria

    -

    18/07/2012 às 17:41

    Putz!!! Chorei de emoção com seu artigo! Aff!!! Vou divulgar pq é bom demais!
    Li uma entrevista do Villa em que ele tb faz uma excelente análise! Vale a pena ler!

  25. Anonimo

    -

    18/07/2012 às 17:41

    Enquanto o nosso país adotar esse sistema presidencialista de governo, em que o executivo pode tudo e enquanto não adotarmos o voto distrital as coisas só tendem a piorar.

  26. TONI NARDI

    -

    18/07/2012 às 17:40

    POR FAVOR, ALGUEM TEM ALGO A COMENTAR SOBRE A FÚRIA ADESISTA DA SENADORA KATIA ABREU?

  27. Neil Ferreira

    -

    18/07/2012 às 17:38

    O senhor escreveu: “A política se tornou, no Brasil, um território quase exclusivo do governismo”. Lembrou-me a Argentina. Lá, situação, centro e oposição são todos peronistas. Tarso Genro disse há algum tempo que “Lula é o novo Perón”. Acertou nas duas moscas.

  28. Marilis S. Neves

    -

    18/07/2012 às 17:36

    Excelente explanação do caos ético e políco trilhado pelos governantes nos últimos anos.

  29. atlas

    -

    18/07/2012 às 16:51

    que pt, psb, psd que nada.aqui no brasil existe o lula, o campos, o kassab e os caciques locais.eles não gostam de pares eles gostam é de bajuladores operacionais, isto é, gostam de estar cercados de corruptos. gostam e querem o poder. é o povo e o país que se lasque.

  30. Sonia

    -

    18/07/2012 às 16:45

    .
    Eh a institucionalizacao do mensalao.
    Nao existe mais um agente mediando governo e partido.
    As negociatas Sao feitas diretamente entre os dois interessados.
    Ao menos, nesse caso, a burocracia diminuiu.

  31. Luiz Antonio Rodrigues

    -

    18/07/2012 às 16:43

    quando o governador do estado mais importane da união, que é fiiado ao psdb (ou seja, da oposição) contrata sabe-se lá como, o filho de um deputado governista que tudo faz para atrapalhar a governabilidade local – apóia greves, esculhamba com a oposição e faz de tudo para mostrar serviço para o pt, o que é que se pode esperar dessa oposição? nada, mas nada mesmo, pois nem opsoição sabe ser!
    o dia em que o psdb conseguir descobrir que é oposição ao atual governo, essa turma toda que faz média com o pt, vai ter que procurar outro partido ou então, sumir do mapa de uma vez por todas! o apedeuta nem precisa perder tempo para “liquidar” o psdb e dem – esses partidos se autodestroem por incompetência mesmo !!!!

  32. O Asno

    -

    18/07/2012 às 16:28

    não
    existem milagres contábeis.
    Para a ciência da contabilidade
    um estado (latu sensu) e uma residência funcionam exatamente do mesmíssimo modo,
    recebem recursos e gastam recursos,
    devendo aludida movimentação de recursos ser contabilizada, ser cuidadosamente anotada, ser aferida, ser verificada, por assim dizer…
    não
    importa o tamanho do estado, EUA, China, etc. …
    também
    não importa o tamanho da casa,
    pode ser até uma casa bem grandona como aquela casona que o Gore-Gore comprou às margens do Pacífico logo depois que andou dizendo que as calotas polares estavam se derretendo como manteiga, e que todos os oceanos e mares iriam invadir todas as casas de praia da Galáxia…
    eLLe, o Gore-Gore,
    só esqueceu de dizer que o Pacífico não ia invadir só a casa que eLLe iria comprar, por isso tratou logo de comprar uma big house à beira mar e neLLa mora até hoje, e as calotas polares não derreteram, e o Pacífico nem invadiu a casona dele…
    deu para entender, deu? Sei… sei… entendo…
    um figuraço esse tal do Gore-Gore…
    um SABIDO AMBIENTAL, viu? Um SABIDO AMBIENTAL e tal…
    pois é, agora tem mais essa espécie…
    a espécie dos SABIDOS AMBIENTAIS… SABIDOS AMBIENTAIS…
    voltando de voltar…
    então,
    se
    um estado qualquer gasta mais do que arrecada em impostos, então haverá inflação e a maquininha da casa da moeda terá de trabalhar turnos extraordinários para fazer dinheiro, sem lastro, claro, para pagar as contas do estado, e o estado alcançará finalmente a “sonhada” inflação alemã pré-Hitler…
    se
    um estado não gasta tudo o que arrecada, mas ao gastar privilegia determinados setores do governo, como por exemplo, gasta a maior parte da arrecadação com salários dos servidores, então faltará dinheiro para pagar a mantença do estado, e faltará principalmente dinheiro para fazer investimentos na infra-estrutura do país…
    se
    o estado privilegia investimentos de infra-estrutura e paga miseravelmente aos seus servidores, então os serviços públicos que nunca são bons ficarão iguais aos serviços públicos da Venezuela e de Cuba “libre e democrática”.
    Igualmente acontece numa casa…
    se
    os moradores duma casa gastarem todos os seus salários somente reformando ou comprando móveis novos para a casa, então passarão fome e faltará recursos para pagar as demais contas, inclusive contas d’água e energia…
    se
    os moradores duma casa gastarem todos os seus salários somente com comida, então faltará dinheiro para pagar água, energia e demais despesas de manutenção da casa.
    Na
    contabilidade não há milagres,
    e até há milagres sim,
    porque a contabilidade já é regida por milagres pré-existentes que são suas próprias leis…
    aliás,
    as leis da contabilidade são bem simples, até mesmo uma criança aprende as leis da contabilidade, a saber:
    ninguém
    deve gastar mais do que ganha…
    ninguém
    deve gastar sem planejamento prévio, e de preferência que o planejamento seja também estratégico…
    se
    eLLes quisessem gastar o dinheiro público com o mínimo de racionalidade, então estabeleceriam, por critérios, índices fixos do PIB para cada tipo do gasto do Estado,
    simplesmente porque quem gera recursos para o Estado não é o Estado, nunca foi o Estado, e nunca será o Estado…
    quem somente e exclusivamente gera recursos para o Estado são as pessoas que produzem bens e serviços…
    “simpres” assim, viu? Bem “simpres” assim…
    então, todos os gastos, investimentos e salários do Estado deveriam variar para mais ou para menos de acordo com o crescimento ou decrescimento do PIB anual…
    deveria tudo ser função (aplicação) do PIB…
    porque se assim não for,
    em última análise,
    o Estado se torna DESPÓTICO exigindo dos seus cidadãos riquezas que seus cidadãos não conseguiram produzir a cada ano…
    gostou não foi? Sério que não gostou de novo?
    É
    que eLLes não gostam de “simpricidade”…
    eLLes
    criam, geram e mantêm dificuldades para ao depois venderem facilidades ao preço dos olhos da cara, e ainda têm cara-de-pau lustrada com muito óleo de peróba para oferecem até financiamentos em prestações à perder de vista, pelos olhos da cara, claro…
    agora
    se você quiser um MÁXIMO EXEMPO de eficiência,
    MÁXIMO EXEMPLO de planejamento,
    e EXEMPLO MÁXIMO de como se deve gastar o dinheiro público, aprenda com a inigualável Cuba “libre e democrática”.
    Cuba
    RECEBEU GRATUITAMENTE, durante anos, recursos e investimentos da ex-URSS equivalentes a vários Planos Marshall (01 Plano Marshall = 13,3 bilhões de dólares), “investiu” tudo bem certinho e hoje é o “paraíso” que todo mundo conhece.
    Agora,
    Cuba recebeu da ex-URSS o equivalente em dólares a vários Planos Marshall, investiu e gastou tudo “bem certinho”,
    mas só tem uma cousa que não entendo…
    as
    vezes Cuba diz que não “deu mais certo ainda” por causa dum tal dum “embargo”… tem um tal dum “embargo”…
    contudo, todavia, entretanto,
    apesar do “alegado embargo”, ainda
    MENSALMENTE os cubanos de Maiame, que fugiram de serem fuzilados por Che e Castro,
    enviam TODO MÊS milhões de dólares para Cuba continuar seus “investimentos”…
    os
    pobres e miseráveis Europa e Japão, pós-guerra, só receberam somente e exclusivamente unzinho (01) Plano Marshall, e como gastaram “erradamente” os recursos do unzinho Plano Marshall, são o que são hoje…
    só isso, viu? Só isso… só isso…
    ôce num gosta de “simpricidade” não, né?
    Sei… entendo… claro… claríssimo… ôce tem razão…
    agora… assim…
    se
    gastar mais do que arrecada, se gastar além do CRESCIMENTO DO PIB, se gastar sem planejamento, se pagar aos funcionários públicos além da capacidade produtiva nacional, é melhor comprar muitas novas maquininhas para a Casa da Moeda fazer dinheiro,
    porque o BICHO DA INFLAÇÃO não morreu e não morre…
    o bicho tá bem vivinho…
    o bicho cresce bem ligeirinho, é só alimentar ele, viu?
    e o bicho é PEGADOR, viu? É pegador… bicho pegador…
    o bicho é pegador… o bicho é pegador… é pegador…
    basta o bicho ficar fortinho de novo…
    adespois vorto para dizer mais burrices, viu?
    burrices… burrices… burrices…

  33. Affonso Sampaio

    -

    18/07/2012 às 16:24

    ´É a crise moral,é a crise moral,é a crise moral…Sinal dos tempos.Tempos de ausência de valores, de idealismo.É o dinheiro consubstanciado em poder e vice-versa.É o materialismo no pior sentido.É o domínio puro e simples do egoísmo em nossa cultura.Nessa vitrina da vida,partidos políticos são meras mercadorias expostas à venda;umas mais baratas, outras mais caras,mas todas em liquidação.

  34. JACUTINGA

    -

    18/07/2012 às 16:23

    Nunca a utilização do chamado “Decálogo de Lenin” (Ações táticas para a tomada do poder) foi tão clara e evidente!!
    Não importa se o decálogo é verdadeiro ou só atribuído a Lenin, a verdade e que está sendo cumprido INTEGRALMENTE aqui e agora !!! Verifiquem ítem por ítem e terão a surpresa de constatar a atuação pervertida desta gente que hora nos (des)governa !
    Como é bom voltar a ler o mestre Reinaldo, revigorado e sempre direto e claro !!
    -
    Duas observações a respeito de comentários anteriores:
    JERSON 14:51
    Colocar Leonel Brizola junto a Covas e Ulisses é o mesmo que colocar uma RATAZANA de esgoto junto a dois coelhinhos !!
    CACTUS 14:56
    Já que gosta tanto do FHC, aí vai uma estória em sua homenagem:
    Ao ser informado que o outro ex, o legítimo professor doutor, receberia o prêmio KLUGE e um milhão de dólares, Lula teve um verdadeiro “pití”, sapateou, espumou e arrancou os poucos cabelos, de tanta raiva !!! Ficou três noites sem dormir, e dois dias sem falar com ninguém, nem com D Mariza e nem com o fotógrafo que com ele anda colado dia e noite !! Quando conseguiu dormir, veio a HORA DO PESADELO !!! Sonhou com FHC sorridente, recebendo um milhão de dólares e discursando (veja que audácia!) em inglês !! Acordou decidido ! Não, não e não, de maneira alguma posso ficar para trás !! Tenho que ganhar um prêmio internacional de qualquer maneira (cuidado Lula, câncer pode ter cura mas, a inveja mata) ! Mandou arregimentar a fina flor do petismo e alguns aliados para ajudar na empreitada. Tudo foi muito bem preparado e organizado em setores, pelo secretário G Carvalho, o especialista em malas cheias no trajeto Santo André/presidência do PT e pelo atual carcará do PT, o falante Falcão (o cantor é muito MENOS bizarro):
    a) Setor jornalístico/blogueiro: Da MERDS ( Mídia Esquerdista Radical Domesticada e Subsidiada), o 247, Carta Capital , e gente como K Alencar, J Freitas, PHA, L Nassif, F Martins, L Attuch, P M Leite e outros menos lidos;
    b) Setor consultoria (os que se dão bem, bem rapidinho): Dirceu, Palocci e Pimentel;
    c) Setor “pensante”: J Tatto, C Vacarezza, Dr Rosinha e Luis Sergio (KKK,KKK );
    d) Setor Boi de Piranha/Bode Expiatório: Delúbio,Silvinho LR e Genoino;
    e) Setor “pola rrouca”: E Suplicy, Ideli , Haddad e Gabrielli;
    f) Setor palavra certa (era mas não é, sim, não, talvez, pode ser, ou não?): Mercadante;
    g) Setor bolivariano/cubano/iraniano: Patriota. MiniAmorim, MA Garcia e T Genro;
    h) Setor financeiro/religioso: Malluf (seu dinheiro não está em cueca de algodão, seda ou cetim mas, “jersey”),“bispo” Maiscedo e “pai” Collor da Magia N Negra (cruzcredo)!
    i) Setor feminino amargo/azedo/travoso: Menicucci, M Rosário e Belchior(a viúva recompensada).
    Dona Martha foi chamada, mas, faltou . Tem andado com uma tremenda dor de cotovelo. Outros, se esconderam, com medo de que um camburão passasse e…
    E se reuniram, falaram, pensaram e discutiram, consultaram a comissão da “verdade” e fizeram telefonemas para seus contactos internacionais Papai Lugo, Kirchner, Chaves, Castro, Evo, H Assad, Ahmadinejad, C Batisti (tudo gente fina) tudo para conseguir o premio internacional que o poderoso chefão tanto queria. Por fim, depois de muito esforço e com a eficiência, inteligência e esperteza costumeiras dos petistas e como este tipo de prêmio não é coisa muito comum, conseguiram algo “parecido”: Já que o FHC recebeu o prêmio John KLUGE, Lula vai receber o prêmio Freddy KRUEGER (e, uma máscara de ferro para esconder a cara de “pau”!!!). O coitado, quando souber do que se trata, vai tocar o TERROR em cima da petezada incomPTente ! E, eles merecem…
    PS: Srs petistas, desculpem se esqueci alguém em um dos “setores”, não foi por maldade, eu juro !!

  35. JOE BASH

    -

    18/07/2012 às 16:16

    Brilhante texto! Parabéns pela visão integrada!
    A política brasileira é única e definitivamente não é para principiantes e poucos de fora entenderiam como isso pode acontecer e todo mundo achar normal…o desalento é não ver luz no fim do tunel.

  36. EDSON

    -

    18/07/2012 às 16:14

    A resposta é simples:- Como temos um povo servil e de certa forma,propenso à sem-vergonhice, com algumas excessões, é claro( qual povo decente elegeria LULA com mensalão e tudo?), os políticos em geral estão visando apenas o caminho ao nosso bolso. Se dá para roubar e empanturrar-se com o nosso dinheiro, para que pensar em um aís digno, cidadão?? HUM??
    Só o povo pode mudar isso, a responsabilidade é total, única e exclusiva do povo!!

  37. Angelo

    -

    18/07/2012 às 16:10

    Senhores,O que estamos assistindo é um verdadeiro cáos
    na politica brasileira,uma fantasia de País em que o
    governo deita e rola,com suas mirabolantes histórias,
    jogando a culpa de seus fracassos em outros países,a tal
    “oposição”Não existe,a imprensa longe de noticiar os
    fracassos e imoralidades,desse governo ainda doura a
    pírola em quaisquer promessas e fatos bizarros da
    mediocridade falada e escrita,nunca antes na história
    destepaiz o Brasil atingiu a atual calamidade de
    incompetência e esquisofrenia politica de uma só vez,
    e o povo segue com seu temperamento de rebanho,até a
    chegada no precipício final,pois como diz aquele: O povo
    Ora…o povo que se exploda!

  38. Sidney

    -

    18/07/2012 às 16:09

    Reinado, este texto é visceral. Extremamente, elucidativo, pedagógico e, claro, informativo. Pelo que vejo, o petismo está a meio passo da conquista da tão desejada hegemonia gramisciana. Se Katia Abreu aderir ao governismo- via PMDB- restar-nos-á, apenas, mudarmos para Argentina, mas torcer pelo time de Maradona, nem tanto!

  39. Erasmo MOraes Oliveira

    -

    18/07/2012 às 15:58

    Caro Reinaldo , só para dar DOIS EXemplos, Aumentouse o IPI dos Carros porque o Mexico estava Exportando MUINTO, agora se Baixa o IPI , MeXeram na Poupança porque se Não ela Seria BOA e Viriam muintos Para ela , Vieram Muinto Mais , Caro Reinaldo É a Política Monetária “VOO da BARATA TONTA” .

  40. A. Soares

    -

    18/07/2012 às 15:58

    “Não é mais possível dizer que não sabíamos”, diz Philip Low.
    Após essa afirmação do cientista, o que vai dizer o ex-Presidente em exercício Lula?
    Eu digo o seguinte:
    Nunca antes na história destepaiz…
    Houve tantos universitários e detentores de diplomas universitários sem a devida capacitação.

  41. Bárbara

    -

    18/07/2012 às 15:55

    O PT e seu dono Lula se acham donos do Brasil e da “verdade”. Foram desmascarados pelo Mensalão e um cem números de cambalachos quando assumiram o poder. Cabe à população brasileira fazer a faxina ou continuar engolindo a “verdade” dos petralhas e morrer de vergonha.

  42. Filipe Leal

    -

    18/07/2012 às 15:54

    O governo é fraco e a oposição é mais fraca ainda.

  43. Fabio

    -

    18/07/2012 às 15:44

    Depois deste texto que analisa a política de nossos tempos, como convencer uma pessoa que nem todos os políticos são iguais? Ou: o que diferencia uma sigla da outra, já que todos estão misturados?

  44. M

    -

    18/07/2012 às 15:35

    E cá ficamos nós, eleitores de direita, à espera de algum candidato que queira, realmente, nos representar. Somos tão desprezíveis assim?

  45. Raissa Pedra

    -

    18/07/2012 às 15:34

    Reinaldo, boa tarde.
    Nun texto rico de informações como este, fica difícil abordar todos os temas, ao menos, tentemos comentar alguns que a nosso ver requerem prioridade:
    Katia Abreu e PMDM, se tal filiação acontecer,para mim será a maior das frustrações, pois o comportamento fisiológico, negociante de interesses individuais, inexistência de excrúpulos éticos de seus donos e dirigentes como Sarney,Renan Calheiros,Valdir Raupp.
    Themer, Jucá, Cabral e muitos outros que dominam o partido, são opostos ao que pensamos sejam os da senadora Katia Abreu.
    A constatação de 38% dos universitários não serem plenamente alfabetizados só pode ter sido medida em Minas Gerais, pois a implantação da ESCOLA PLURAL quando Patrus
    Ananias era Prefeito em BH, obrigava os professores municipais a aprovarem automaticamente os alunos mesmos que reprovados, que se extendeu também a outras escolas estaduais, criando diplomados sem conhecimentos básicos, a geração Lulalá, imagem e semelhança do líder populista falastrão, carregado de títulos “Doutor Honoris Causa”.
    Hera da administração vale-tudo, quando até advogado, reprovado duas vezes em concurso para Juiz Singular, virou ministro do Supremo.
    O apoio pessoal de Kassab, em confronto com o decidido em Assembleia a favor da Coligação de Marcio Lacerda, já foi derrotado em primeira instância da Justiça/MG, cabendo ainda recurso. Se prevalecer a decisão, os minutos destinados ao PSD na TV e Rádios,(motivo da disputa) se somarão aos de Lacerda.

  46. indignada

    -

    18/07/2012 às 15:29

    Essa hitória de sigla partidária já era no Brasil do vale tudo. Não existe ideologia. A única mola que move os partidos hoje no Brasil é o toma lá dá cá. É um ajuntamento de usurpadores e loucos pelo poder e pela fatia do bolo. E nós continuamos mais pobres, mas analfabetos, mais terceiromundista. Logo, logo conseguiremos ser menores que a Venesuela. Quem puder, que sai desse país da mentira. E quem mais sofre é o povo por ser idiota e burro.

  47. Gil

    -

    18/07/2012 às 15:20

    Infelizmente não existem mais partidos políticos,o que existe agora é um gigantesco balcão de negócios onde pratica-se diuturnamente o escambo em causa própria, deixando de lado os verdadeiros interesses do povo brasileiro.Salvo algumas raras exceções, os politicos perderam a vergonha e o caráter de vez.

  48. Antonio

    -

    18/07/2012 às 15:20

    Oposição mesmo, só com políticos conservadores de fato. Enquanto forem liberais, serão farinha no mesmo saco disputando o poder. Não sejamos ingênuos em achar que a política não é feita de pessoas idealistas. Aquela esquerda antiga não existe mais e a direita foi totalmente esmagada durante esses anos de marxismo xulo e gramscianismo hipócrita. O trabalho deles foi bem feito, meus amigos. Até aqui, perdemos.

  49. VIGILANTE DA DEMOCRACIA

    -

    18/07/2012 às 15:19

    PRECISAMOS CRITICAR AS PESSOAS COM QUEM TEMOS CONVERGENCIAS DE OPINIÕES, PARA PODERMOS CRITICAR AS QUE DIVERGIMOS.
    QUE DIABOS A KATIA ABREU FAZ NO PARTIDO DO KASSAB?

  50. Ronaldo

    -

    18/07/2012 às 14:58

    Interessante lembrar que o PT antes de assumir o poder. postava-se intransigentemente contra tudo e contra todos; indo contra a Constituição de 1988; contra a Lei de Responsabilidade Fiscal; contra o plano Real, etc. Não deixava de ser coerente ao não transigir, pois tinha certeza de que somente o partido (PT)e, somente ele no poder, poderia dar um “rumo” ao país. Ocorre, que hoje, não há nenhum partido que se oponha “intransigentemente”(como o PT fez no passado) a todos os descaminhos, mentiras, falsificações, engôdos, roubos, etc, e que na verdade são partes de um método ou mesmo partes de um objetivo traçado desde 1990, dos encastelados no poder. Espanta-me que num país de tantos “intelectuais”, não apareça um mísero mortal a denunciar essa sequência perversa que há 11 anos pauta tudo e todos. É desesperador! Excetuando-se aqui(sobretudo o seu blog) e ali(alguns esparsos e preguiçosos articulistas), vivemos num mar de mediocridade, concupiscência. Assim, aguardar uma oposição forte e consequente, é uma aspiração fadada à frustração. Abraços.

  51. Cactus

    -

    18/07/2012 às 14:56

    Tem um aí que elogiou o FHC que foi premiado internacionalmente. Prêmio? Ciências humanas? Que porcaria é isso? Resolveu algum problema? Não, só piorou, foi ele que deu início aos juros estratosféricos, que culminou com a população endividada na situação em que estamos. O Lulla só deu prosseguimento a esta estrovenga.
    .
    Graças ao Fernando Henrique o Lulla se elegeu, essa é a verdade, o resto é bazófia.

  52. Jerson

    -

    18/07/2012 às 14:51

    Nesta toada a moral fica apenas na história. Que saudades daquele MDB, quantas saudade de Tancredo Neves, Ulisses Guimarães, Mario Covas, Leonel Brizola…

  53. Eustaquio Barbosa

    -

    18/07/2012 às 14:38

    Caro Reinaldo, meu comentário pode ser visto em http://bit.ly/LXBhsD . Um abraço

  54. Alex Mamed

    -

    18/07/2012 às 14:26

    É triste nossa situação.
    .
    Me sinto órfão e desamparado; não vejo a quem recorrer ou onde depositar minhas esperanças. A cada dia que passa vemos triunfar as nulidades, a incompetência, a cara de pau e toda sorte de mazela que assola o país.
    .
    Há horas em que o desânimo toma conta e… deixa pra lá!

  55. Reynaldo-BH

    -

    18/07/2012 às 14:18

    Reinaldo, brilhante análise. Como sempre.
    Mas resumiria tudo a uma única frase do texto: “É mais do mesmo.”
    Parabéns.

  56. francisco

    -

    18/07/2012 às 14:17

    É uma eleição muito problemática a de Belo Horizonte.Patrus Ananias, quando foi prefeito, não fez absolutamente nada a não ser aparelhar a prefeitura.O Marcio Lacerda foi outra nulidade,sendo que a sua única obra foi um brutal aumento no IPTU que chegou a 500%.Difícil decidir em quem votar nessas circunstâncias…

  57. Claudio jose

    -

    18/07/2012 às 14:17

    TIO REI PARA ONDE ISSO NOS LEVA? A REALIDADE É QUE O DEM FOI DIZZZZZIIIIMADO PELO IGNORANTE LULA E O PSDB ESTÁ INDO PELO MESMO CAMINHO.ENTÃO O PSDB ESTÁ FAZENDO QUALQUER ,REPITO QUALQUER NEGÓCIO, VENDER A MÃE SE FOR PRECISO PARA PODER SOBREVIVER. E VAI SER DIFÍCIL, VOCE VERÁ DAQUI A OITO ANOS.

  58. luiz

    -

    18/07/2012 às 14:13

    Caro REI, os politicos nordestinos ficam calados porque fazem o jogo do governo, ou seja, todos vao para Brasilia, nao legislar, mas sim ficar ricos, como os velhos que ainda la estao, tipo Inocencio Oliveira.

  59. Sergio

    -

    18/07/2012 às 14:09

    Fiquei bastante otimista: um governo que não presta e uma oposição que não funciona, estamos muito bem.

  60. Cactus

    -

    18/07/2012 às 14:05

    Alguém aí acredita em oposição?

  61. Alexandre

    -

    18/07/2012 às 13:59

    Quer exemplo maior disso o apoio da senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) apoiando a comunista Manuela D’ávila (PCdoB-RS) para o a prefeitura de Porto Alegre, em troca uma aliança para o governo do RS em 2014???

    Onde iremos parar?

  62. Eurico Marques

    -

    18/07/2012 às 13:45

    No Brasil, a banana come o macaco. Mas não se pode negar que é o país das oportunidades, onde qualquer um pode ser presidente da república, mesmo não sabendo falar e mal assinando o nome. Dá nestas lambanças. Até quando? Oposição não existe. Os atuais inqulinos loteiam tudo, e não vem com opapo de que há gente séria no governo. Se tem, ninguém sabe quem é, ninguém viu.

  63. Luiz Fernando

    -

    18/07/2012 às 13:42

    Se proíbirem a propaganda oficial as coisas mudam.

  64. denise

    -

    18/07/2012 às 13:40

    Reinaldo, este seu texto me deixou Tonta!!! Essa promiscuidade partidária no Brasil é vergonhosa e desanimadora. Uma nação inteira de Ignorantes políticos e de Políticos ignorantes! Odeio ouvir, principalmente de pessoas ditas “Esclarecidas e Cultas” , -Hã, odeio política!! É o melhor dos mundos pra quem vive do “pudê”. Ai que preguiiiiiiiiiiiça!!!!

  65. José do Norte

    -

    18/07/2012 às 13:31

    Belo texto, Reinaldo. É sempre bom ler uma redação recheada de recursos de figuras de linguagem.

  66. Fjits

    -

    18/07/2012 às 13:28

    Se os que escrevem nesse blog querem mudanças chegou a hora de formarmos um partido político. Cláusula primeira dos “by laws” do partido. Ficha limpa para todos os afiliados a partir dos 15 anos.

  67. Fjits

    -

    18/07/2012 às 13:26

    Nunca na história desse país a corrupção foi tão intensa e os controles tão fracos. Nunca na história desse país a oposição deixou de existir. A desindustrialização é um fato não por causa da China mas porque como outros governos o foco desse é a ontinuação no poder, pela penalização absurda da indústria brasileira atravéz dos pesados impostos e da anacrônica buracracia. O Brasil perde mais uma chance de decolar, o blá-blá-blá dos petistas não convence mais a ninguém, a nova classe média está endividada até o pescoço.

  68. Netto

    -

    18/07/2012 às 13:24

    FURO
    Reinaldão, mataram um Federal no DF e tem outro sumido há quatro dias em Goiânia-GO (ele foi depor na CPMI). O carro dele uma Hilux, está estacionada na frente de um Hotel pertinho do aeroporto, com um bilhete meio estranho no seu interior.

  69. Renato

    -

    18/07/2012 às 13:23

    O pior de tudo isso é que se todos os partidos aderirem de alguma forma ao PT ou ao governismo, já era a nossa democracia. Veja a que ponto chegou o populismo e a compra (literalmente) de pesoas de outros partidos e a incompetência da oposição (se é que ela existe ainda).

  70. Jean Mendes

    -

    18/07/2012 às 13:22

    “O governo não anda. É pouco realizador, ruim de serviço. Dilma vive da fama de austera, que a tão demonizada — pelos petistas! — “mídia” ajudou a plasmar.”

    Inclusive a Veja, caro Tio Rei…

  71. Andre M. Andrade Jr

    -

    18/07/2012 às 13:07

    MUITO BOM.Afinal onde está o Aécio que tudo fez para tirar o Serra de ser candidato único das oposições?
    Se Dilma não tem o cacoete de líder, Aécio não tem o cacoete de Oposição.´Trata-se de um mineiro frouxo e dado a se entender com o Apedeuta.Belo candidato.

  72. Rodesilud

    -

    18/07/2012 às 13:04

    Sempre acreditei que os bobocas e ingênuos correspondentes estrangeiros comem na mão dos pilantras daqui e servem de inocentes úteis.

  73. Rodesilud

    -

    18/07/2012 às 12:55

    Tudo indica que a célebre estagnação socialista chegou para nós.

  74. MARIZE

    -

    18/07/2012 às 12:51

    QUANTOS ANOS DE ESTAGNAÇÃO, O PT NOS PROPORCIONOU!!!! BEM FEITO, PARA TODOS!

  75. Bruno Assunção

    -

    18/07/2012 às 12:46

    Excelente texto tio Rei. Recentemente vi “A Dama de Ferro”, sobre a trajetória da Margaret Thatcher. Numa das cenas do filme, que me marcou bastante, Thatcher diz, e ironia, já em estado senil, que as pessoas ligam mais para os sentimentos do que para os pensamentos e ideias. Uma colocação tão sensata na boca de uma senil!! Imediatamente lembrei-me do Bananão. No Brasil de hoje nos preocupamos mais se o sujeito tem um bom coração e ideais nobres do que com o que vai dentro da sua cachola. Fere-se a letra da constituição no caso do aborto de anencéfalos? “Ahh…mas é em nome dos direitos humanos (como se feto anencéfalo fosse coisa)! É para evitar o sofrimento das ex-futuras mamães, coitadas!” Desrespeita-se, novamente, a letra explícita da carta no caso das cotas raciais? “É para fazer justiça social, reparar as injustiças históricas da escravidão!”. Desrespeita-se a lei e condena-se um pai a pagar indenização por não ter dado amor para a filha? “Mas ela sofreu tãããnto, tadinha!”, (chamo isso de síndrome de Baby Sauro: “você tem que me amar!”). O governo Lula roubou a dar com o pau? “Mas ele olhava pros pobres e desvalidos!” Criou universidades de fachada? “Mas ele ousou levar a educação superior aos pobres!” O governo Dilma é um fisco? “Mas ela quer o bem do Brasil; ela não tolera corrupção; a mãe do PAC é exigente, já até botou ministro pra chorar!” O Mantega como Ministro da Fazenda chega a ser cômico de tão ruim? “Mas ele quer o desenvolvimento do Brasil!”. Não importa o que o fulano diga ou faça, desde que seja em nome do bem, do bom, do justo, do belo, dos direitos humanos e contra as mudanças climáticas que tá tudo beleza! Obviamente, nessas condições qualquer oposição fica inviável, pois quem se opõe a quem tem bom coração só pode ter mau coração. E quem tem coração mau deve ser eliminado.

  76. Jota Eme

    -

    18/07/2012 às 12:46

    Você diz bem, Reinaldo: bagunça partidária! Os partidos no Brasil, do governo do APEDEUTA para cá, embora já tivessem antes sido inoculados com o vírus do fisiologismo e nisso FHC teve muita culpa ao engendrar a emenda da reeleição, foram transformados em clubinhos fechados, de aluguel e instrumentos de assalto aos cofres públicos. Nunca antes na história destepaiz houve tamanha “base aliada”‘ eufemismo para designar as diversas quadrilhas que se especializaram em como locupletar-se rapidamente com o dinheiro do povo que, em contrapartida nunca esteve tão órfão, carente de tudo: saúde, educação, transportes públicos decentes, vivendo num sufoco geral e interminável enquanto a demagogia descarada cria quase semanalmente uma bolsa esmola nova. A da vez é, como todos vimos, o “Brasil carinhoso”, coisa meiga, maternal, enquanto a economia dá claros sinais de desastre iminente, com o PIB se aproximando do zero, a indústria se retraindo, os empregos ameaçados, mas as creches e pirotécnicas em torno da infância e da juventude prosseguem alegremente. Até quando acham que podem fingir de governar? Até quando acham que vão continuar enganando e mentindo impunemente? Por falta de partidos verdadeiros, o Congresso está inteiramente subjugado, causando um gravíssimo desequilíbrio institucional, que põe em cheque nossa tenra Democracia, tornando este País presa fácil dos aventureiros da esquerda alucinada, na maior parte abrigada no lulopetismo psicopata e bandoleiro que mais do que se inspirar no gorila venezuelano, é dirigido, comandado e orientado
    por escroques internacionais da laia dos demais companheiros bandidos como Evo (i)Morales, Cretina Kirchner, Lugo, Zelaya, Rafinha Correia e canalhas assassinos outros como os irmãos Castro e o sopa de letrinhas do Irã, aquele modelo de humanista que veio aqui posar de apóstolo do bem e dos direitos humanos, na Rio+20, de triste memória. Quem leu as declarações do presidente do PSDB não pode ter dúvida do que está por acontecer com o caso Perillo, o novo Eduardo Azeredo. Além disso, depois da aliança em SP com o partideco do Waldemar Costa Neto, a única conclusão possível é que PSDB está a uma galáxia de distância de ser Opisição, porque é igualzinho ao PT lulomalufsta. A coisa está feia meu caro Reinaldo, a ponto de a vaca não reconhecer o bezerro…

  77. PAULO BOCCATO

    -

    18/07/2012 às 12:37

    REINALDO SUA ATENÇÃO POR FAVOR;

    A FOLHA PUBLICA FOTOS DOS TERRORISTAS QUE FORAM MORTOS EM COMBATE , TIPO O ASSASSINO LAMARCA E DE QUEM DESAPARECEU .
    CURIOSO, A FOTO DO TENENTE ALBERTO MENDES JUNIOR MORTO A CORONHADAS POR LAMARCA – CUJA AGONIA EM DOR CAUSOU-LHE O ASSIM CHAMADO ‘ENGULHO ESCROTAL’ QUE É A RETRAÇÃO, DEVIDO A DOR INTENSA, DOS ESCROTOS PARA DENTRO DO SACO ESCROTAL- A FOLHA NAO MOSTRA APESAR DA MESMA TBEM ESTAR DISPONIVEL !
    MAS , AFINAL DAS CONTAS, TODOS JA SABEMOS QUE NA FOLHA DE SAO PAULO OS CADAVERES DA ESQUERDA TEM MAIS VALOR QUE OS DO RESTANTE DOS MEROS MORTAIS…

  78. Marcello Castellani

    -

    18/07/2012 às 12:31

    Sei lá caro amigo. Temos um governo sem bússola, sem norte. Balançando no oceano econômico completamente à deriva. Do lado oposto uma oposição que não se opõe. Você disse que isso nos leva a mais do mesmo. Eu acho que isso nos levará a um buraco. Um abismo cujo fundo não se sabe onde dará. 38% dos universitários não sabem ler nem escrever. Este contingente deve ser de uns 60 a 70% no nível médio e chegando a quase 90% no fundamental (pelo menos é o que vejo quando converso com os alunos destas séries). Se leem, não entendem. Se escrevem, não conseguem se exprimir. Realmente, tendo a concordar contigo. Há um método, método insidioso neste imbróglio todo. Não querendo entrar numa onda de teoria da conspiração, creio que o que temos é algo muito bem bolado para nos levar ao precipício do qual dificilmente sairemos.

  79. Marcos F

    -

    18/07/2012 às 12:28

    Ôôô Rei, e você tem que nos lembrar desta situação funesta … bem numa quarta-feira?
    Gostaria de saber como o nosso Diderot brazuca seria capaz de descrever a situação atual.
    Juro: não recebo notícias do front, há tempo. Nem ouço um pum!

  80. Livre

    -

    18/07/2012 às 12:28

    Ajunte-se ao que foi dito a prevalência inconteste dos chavões eternamente repetidos do politicamente correto e eis que estará pintado o quadro completo da pasmaceira que domina inteiramente o Brasil.

    Enquanto caminha a passos vigorosos para renunciar às perspectivas de futuro, o Brasil JÁ se
    tornou o país mais sem graça do mundo no presente.

    “Todo dia ele faz tudo sempre igual…”. É um tédio!

  81. Jackson

    -

    18/07/2012 às 12:23

    “O ar severo e compenetrado de Dilma não deve ser confundido com competência”.
    “Nunca antes na história destepaiz um governo fraco foi tão forte. Nunca antes na história destepaiz uma oposição com motivos para ser forte foi tão fraca”.

    Perfeito. Disse tudo.
    A incompetência revela-se no desempenho da economia, que na sua melhor fase não consegue nem igualar o “baixo” crescimento chinês. Mas aí a senhora de ar severo e compenetrado vem a público dizer que esse negócio de PIB não é assim tão importante. E ninguém diz nada, isso é impressionante. E quando a crise passar, estaremos às voltas com a retomada da inflação, mantida a atual política monetária. Mas também ninguém diz nada.
    Parece que a oposição quer chegar ao poder fazendo acordos com o governo e não pelo debate democrático, talvez porque não tenha propostas para o país.
    É mesmo um tédio para os jornalistas estrangeiros. Para nós é uma tragédia.

  82. pedrao

    -

    18/07/2012 às 12:19

    Para um governo que não se importa com o PIB,com a Educação, com a Saúde e com a Segurança,podemos afirmar que esse desgoverno da Dilma tem sim, pelo menos três eixos estruturados,que chegam a ser estruturantes,a saber:
    -Deixar o tempo passar,sem compromissos e sobressaltos;
    -Livrar a cara dos cumpanheiros e aliados corruptos;
    -Manter quentinho o lugar do chefe,até a próxima eleição!

  83. anonimo

    -

    18/07/2012 às 12:15

    ‘Discriminados’ por serem heterossexuais Casal de atletas não pode dormir no mesmo quarto nas Olimpíadas e reclama de preconceito ‘Gays podem’
    http://br.esportes.yahoo.com/noticias/casal-de-atletas-australiano-n%C3%A3o-pode-dormir-junto-nas-olimp%C3%ADadas.html

    Porém, em entrevista televisiva para o Nine News Online, Russell explicou a sua queixa. “Todo mundo sabe que existem muitos casais homossexuais no time olímpico, mas isso é uma coisa boa. Não tenho problema com isso. Eu só acho estranho que casais heterossexuais serem proibidos de dormir no mesmo quarto, sendo que casais gay obviamente podem fazê-lo. Boa sorte para eles”, completou.

  84. anônima-rs

    -

    18/07/2012 às 12:14

    O país oferecendo vários tipos de bolsas, facilidades na obtenção de empréstimos bancários(mesmo aumentando o numero dos endividados), e no ingresso às universidades (até de analfabetos funcionais),e a inflação mais ou menos controlada, quem vai reclamar da fragilidade da nossa infraestrutura?
    A oposição, cada vez mais enfraquecida e cooptada? Os políticos, em geral, interessados apenas em obter favores do governo e em suas reeleições? A intelectualidade quase toda esquerdista e subserviente? O povo sempre tão alheio e desinformado?
    E as reações vão surgir somente com o agravamento da situação atual. Lamentável!

  85. duduvieira10

    -

    18/07/2012 às 12:13

    Prezado Tio Rei,,, está claro como um dia, até meus netinhos sabem,,, isso aquí vai virar uma enorme Venezuela,,, ou Argentina, tanto faz!! Se Deus quiser ainda vamos ter uma Cristina K ‘!a louca’, não podemos negar, somos perfeitos idiotas latino-americanos! Não tão idiotas assim, porque os bons companheiros estão descalpelando a nação!!

  86. alberto santo andre

    -

    18/07/2012 às 12:12

    O SLOGAM QUE O PT DEVIA TER .
    PT IGUAL A CORRUPCAO MAIS MANIPULACAO.
    ALIAS ONTEM SE FIZERAM CINCO ANOS DO ACIDENTE DO AVIAO DA TAM EM CONGONHAS ,COM A MORTE DE 199 PESSOAS [COMO DISSE DILMA, NUNCA ANTES NESTE PAIS, SE HOUVE TANTOS ACIDENTES NA AVIACAO,E COM TANTAS MORTES,SIMPLESMENTE PELA INCOMPETENCIA DO GOVENRO FEDERAL NA GESTAO AEROVIARIA],POREM NAO SE VIU EM NENHUMA DAS REPORTAGENS DAS EMISSORAS DE TV ,SOBRE O ROSARIO DE PROMESSAS NAO CUMPRIDAS,DO GOVERNO FEDERAL, COMO A CONSTRUCAO DE UM NOVO AEROPORTO EM SAO PAULO[QUE CASO NAO FOSSE SO DA COMPETENCIA DO GOVENO FEDERAL, A INICIATIVA PRIVADA E O GOVERNO DO ESTADO DE SAO PAULO JA TERIAM FEITO]ASSIM COMO O ALONGAMENTO DA PISTA DE CONGONHAS ,PARA AUMENTAR A SEGURANCA DOS POUSOS E DECOLAGENS,POREM ISTO ENTRA PARA MAIS UMA DAS PROMESSAS DOS MENTIROSOS PETISTAS,EM ESPECIAL AS DO PINOCHIO MOR LULA,FEITAS AOS INCAUTOS ELEITORES PETISTAS COM QiS DE AMEBAS.

  87. Wagner

    -

    18/07/2012 às 12:12

    Divida e impere! Parece que o PSDB até hoje não aprendeu essa lição.

  88. Barba

    -

    18/07/2012 às 12:11

    Não acho difícil explicar o que ocorre no Brasil, mas não dá pra explicar numa linguagem menos chula; de um lado, grupos de bandidos e mafiosos de todos os nipes se aglutinando em torno de um partido nada republicano e, menos ainda, democrático e, de outro, um povo em sua maioria semi-analfabeta e\ou analfabeta-funcional. Pronto, aí está o ingrediente avassalador de uma nação! Parabéns mais uma vez, Reinaldo, pela postura democrática.

  89. Montes

    -

    18/07/2012 às 12:10

    Sabia que situacão era muito complicada. Mas, como posta no seu excelente e irretocável texto, ela nos deixa completamente perplexos!

  90. anonimo

    -

    18/07/2012 às 12:07

    CONSEGUIRAM !
    DORIMIR COM O NAMORADO GAY NA OLIMPIADA, PODE, COM A PROPRIA ESPOSA, NAO !
    http://br.esportes.yahoo.com/noticias/casal-de-atletas-australiano-n%C3%A3o-pode-dormir-junto-nas-olimp%C3%ADadas.html

  91. Amauri

    -

    18/07/2012 às 12:01

    Isso é o Brasil.
    Sempre um país de mais ou menos e sempre em cima do muro.
    Se os últimos serão os primeiros, os do meio serão sempre os do meio.
    Assim é o país do futuro, um futuro que será igual ao passado que já conhecemos.
    Que falta de sorte a nossa, um povo preso as suas próprias armadilhas e preconceitos, mais ainda assim, merecíamos destino melhor.
    Uma pena.

  92. Elah

    -

    18/07/2012 às 11:58

    “Nunca antes na história destepaiz um governo fraco foi tão forte.”

    ISSO ATÉ O COFRE ESVAZIAR. QUANDO ESTIVER FALTANDO ATÉ M**** PARA DIVIDIR, ALGUMA MUDANÇA VIRÁ.

    E para responder a sua outra pergunta, “Quem se move?”
    Anote aí:Brasileiro quer que o fim do mundo seja televisionado, para morrer com a bunda no sofá.”

  93. Elah

    -

    18/07/2012 às 11:56

    “Nunca antes na história destepaiz um governo fraco foi tão forte.”

    ISSO ATÉ O COFRE ESVAZIAR. QUANDO ESTIVER FALTANDO ATÉ M**** PARA DIVIDIR, ALGUMA MUDANÇA VIRÁ.

    E para responder a sua outra pergunta: “

  94. Adriano Magalhães

    -

    18/07/2012 às 11:51

    MÉDICOS CUBANOS NO BRASIL! 475 MILHÕES DE DÓLARES!

    1. Este Ex-Blog, dias atrás, informou que o governo brasileiro já estava com acordo praticamente fechado com o governo de Cuba para a importação de médicos cubanos. O pacote seria pago como importação de serviços. Esses médicos iriam trabalhar no Brasil, basicamente no “interior”.

    2. Para não gerar turbulência eleitoral neste ano, o anúncio ficou para o início de 2013.

    3. Nos últimos dias foi finalmente fechado o pacote. O contrato será de 475 milhões de dólares. É isso mesmo: quase 1 bilhão de reais.
    BLOG DO CÉSAR MAIA – 18/07/2012.
    Link: http://emkt.frontcrm.com.br/display.php?M=4475980&C=e5053d581536b94d4bf6f13de391c4b1&S=5017&L=514&N=1852

  95. jgomes

    -

    18/07/2012 às 11:50

    Reinaldo,
    Aí juntou as incopetências da Gerentona e seus ministros.
    Falar de partidos políticos às vezes acabamos desagradando
    alguns, mas não me conformo mesmo é com o PSDB. Um partido grande,estruturado, não consegue fazer uma oposição que preste? Deixaram passar o mensalão sem apertar o rim do Lulla,
    as campanhas do Alkmin e do Serra parece que foram feitas para
    perder. Estão levando um banho na tal CPI do Cachoeira,assim é
    que estamos cada vez mais desiludidos e sem opção para votar.

  96. JOBRITTO

    -

    18/07/2012 às 11:46

    Nesse ponto, o abordado, estou com Mangabeira Unger. PT e PSDB cada dia vez se parecem mais. Cada um deles quer ser mais de esquerda. Não era essa a pregação de Serra (salário mínimo mais alto). Não temos oposição real. Os políticos se tornaram excessivamente pragmáticos. Só pensam na reeleição. Não temos proposta alternativa, mas simples estilo alternativo (gravatas, ternos, charmes pessoais). A esperança é que o governo gere a oposição. Não seria esse o horizonte do PSB (também do mesmo espectro).

  97. DIZ

    -

    18/07/2012 às 11:37

    Nunca na história destepaiz,pelo poder a qualquer $$$ vale a pena se aliar até ao diabo.

  98. Cris Azevedo

    -

    18/07/2012 às 11:35

    Aliás, gente, é greve prá tudo que é lado. Exceto os estudantes, coitadinhos, quem percebeu alguma coisa? Olha que bacana: NINGUÉM! Ah, mas a Receita está fazendo operação tartaruga. Uhm. Tá. Não mudou grande coisa, convenhamos. Parece que são 30 os órgãos em greve, total ou parcialmente. AH! As agências estão em greve? É meeeeesmo? Puxa vida. Oh, a ANVISA! Puiff.
    A coisa é tão ruim, tão devagar, que nem percebemos a diferença entre ter o serviço e não tê-lo!
    Por outro lado, a política: ih, isso tornou-se um processo do qual, definitivamente, NÃO fazemos parte. Quem se importa com nossa opinião ou vontade? Hein? Você vê alguém por aí interessado? Não vê, porque não existe.Politica virou coisa de gente grande, um processo em que o “povo”só entra prá apertar o botão da maquininha. E olhe que nem isso garante 100% que a vontade manifesta de quem tecla será respeitada!
    Já tivemos vontade de participar. Até pouco tempo, tínhamos. Aí, a ficha foi caindo. Não, nada do que eles façam ou digam considera o que queremos e pensamos. Adianta de esgolear nas ruas? Puiff! É capaz dos jornais ainda tirarem sarro da sua cara! Veja lá esses tais grevistas: se não conseguem nada, por falta de esgoelar, não é. Eles até se esgoelam, mas ficaram como nós: banana prá eles. Se esgoelam há 2 meses? Ah, em mais 2, desistem. É só não dar bola.
    Assim, Rei, eu decidi faz tempo: NÃO VOTO. Nem saio da minha casinha. Eu? Prá que? Tem alguém defendendo meus princípios, minhas “causas”? Não estou vendo ninguém.
    Como não tenho vocação para palhaça de circo, fico em casa, depois pago a multa.
    É o máximo que eles, do jeito que estão, vão conseguir arrancar de mim: R$ 3,50.

  99. anonimo

    -

    18/07/2012 às 11:35

    PAPEL CHULO O DO O GLOBO RIMBOMBANDO O MANTRA NAZIPETISTA CONTRA SAO PAULO E OLHE QUE NAO SOU TUCANO !
    E QUEM ?, JUSTO O SR. PEDRO ABRAMOVAY TESTEMUNHA DE CORRUPÇÃODENTRO DO PROPRIO GOVERNO QUE FEZ PARTE COMO BEM MOSTROU A VEJA…
    RIDICULO ! ENTAO A QUEDA NA VIOLENCIA SE DEVFE A FALTA DE ‘COMPETIÇÃO ENTRE FACÇÕES’ E NAO PQUE SAO PAULO PRENDEU ADOIDADO (O SISITEMA PRISONAL TÁ ENTUPIDO E SAO NECESSARIAS MAIS 39 PRESIDIOS EM SAO PAULO !!!!!!!) E A POLICIA TA NUM ESDFORÇO DESGRAÇADO,,,MAS A REDUÇÃO É POR CONTA DA ‘PAX MAFIOSA’.
    AH, VAI TI CATAR PETISTAIADA !
    (REPARE REINALDO QUE NEM NO DESARMAMENTO ELE FALAM MAIS EP ORQUE?PQUE ESTA MENTIRA NAO COLA MAIS E ANTES, CONECTA O LEITOR QUE SENTE NA PELE AS COISAS A MENTIRA OFICIAL QUE NAO COLA MAIS) !
    SP: queda de homicídios se deve à hegemonia de facção criminosa

    Dados mostram que cidade teve maior queda nos homicídios entre 2000 e 2010 no país

    Silvia Amorim

    Guilherme Voitch

    Publicado:18/07/12 – 6h08

    Atualizado:18/07/12 – 9h31

    SÃO PAULO – A queda nos índices de homicídios de crianças e adolescentes em São Paulo é apontada por especialistas em violência como resultado de uma combinação de fatores. Alguns são previsíveis, como o aumento de investimento ao longo dos últimos dez anos na estrutura policial e em redes de proteção à criança e ao adolescente. Mas, para alguns estudiosos, há também uma causa perversa: a hegemonia de uma facção criminosa.

    Rio de Janeiro deixa de ser estado que mais mata jovens
    Bahia tem 8 das 13 cidades mais violentas no país
    Após perder filho em Alagoas, mãe pede mais educação
    Nordeste concentra capitais com as maiores taxas de homicídio no país
    Índice de mortes por acidentes de transportes também aumentou

    Dados do Mapa da Violência 2012 mostram que São Paulo teve a maior queda nos homicídios entre 2000 e 2010 no país. No estado, a redução foi de 76,1%, e no município, de 85,2%.

    Resultados bem-sucedidos na área de segurança pública nunca são decorrentes de uma única causa, destaca o gerente de Projetos do Instituto São Paulo Contra a Violência, Mario Vendrell. Para ele, o investimento feito nas últimas décadas para aparelhar melhor as polícias e estruturar serviços de atendimento a crianças e adolescentes em situação vulnerável foi decisivo para a melhora dos indicadores.

    — Grande parte dos homicídios ocorre no círculo familiar, onde as crianças são o lado mais vulnerável. Eu destacaria como uma ação importante uma melhor organização das redes de proteção à criança e ao adolescente, como conselhos tutelares e assistência social. Eles ajudam a detectar situações de risco e acabam funcionando preventivamente — afirmou.

    Ex-secretário nacional de Justiça e atualmente professor de Violência e Crimes Urbanos da Fundação Getulio Vargas (FGV), Pedro Abramovay vê na redução das taxas de homicídios de crianças e adolescentes a hegemonia de uma organização criminosa em São Paulo. Segundo ele, é o que se chama na literatura sobre segurança pública de “pax mafiosa”.

    — Uma organização criminosa detém o comando do crime organizado em uma região. Essa organização não tem seu poder ameaçado por outras organizações. Não há disputa por território. É o que ocorre em São Paulo — diz Abramovay.

    Professor da Uerj e consultor para estatísticas do Programa de Redução da Violência Letal contra Adolescentes e Jovens, Ignacio Cano também considerou a questão uma das causas do fenômeno paulista.

    — O monopólio do crime organizado permite uma redução da violência. Isso pode ser um dos fatores que levaram à queda dos índices.

    Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/pais/sp-queda-de-homicidios-se-deve-hegemonia-de-faccao-criminosa-5505962#ixzz20z6ZKhsg
    © 1996 – 2012. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

  100. Luiz Augusto

    -

    18/07/2012 às 11:30

    Filho de Paulinho da Força opera central informal em secretaria de Alckmin
    Com mesa e secretária na pasta do Trabalho, Alexandre Pereira da Silva coordena projeto que dá benefícios à população do Estado, apesar de não estar oficialmente ligado ao posto.
    TA TUDO DOMINADO, A CAPACIDADE E FORMAÇÃO NÃO IMPORTA, O QUE IMPORTA E O PODER… ACREDITAR EM QUEM… O BRASIL QUE SE DANE NÉÉÉÉ…

  101. Adilio Belmonte

    -

    18/07/2012 às 11:26

    Enquanto não temos mão-de-obra de nível médio especializada, insistimos em formar Doutores através de universidades públicas gratuitas. Estamos lendo livros a partir do epílogo para a introdução.

  102. GVP

    -

    18/07/2012 às 11:26

    “Este é um país que vai pra frente” … de lugar nenhum. Vai continuar paradão, à espera sabe-se lá do quê. Nunca foi tão fácil ser oposição, tantos são os motivos existentes para criticar o (des)governo Dilma. Mas, como você demonstrou de forma inequívoca, socorro!, a oposição sumiu. A única oposição a Dilma é sua insignificância, que está prenhe de um rebento chamado Lula. Enquanto isso, a oposição oficial – que está a trair o voto de 44 milhões de eleitores que, como eu, votamos no Serra – faz tudo para ser cooptada e para desaparecer. Apesar de nossa triste e covarde oposição, tenho esperança que o PT exercerá o papel que a oposição se recusa a fazer e para o qual foi amplamente votada, repito, qual seja o de ser oposição ao (des)governo Dilma. É o fim da picada, sei disso. Mas fazer o quê? Quem sabe se diante do caos que Lula, Dilma, PT, PMDB e que tais estão a perpetrar ao Brasil não aparece uma oposição de verdade capaz de juntar os cacos? Não podemos é admitir que “quanto pior, melhor” ou “sempre é possível piorar” ou, ainda, “a alternativa a Dilma é Lula”. Não, os dois são péssimos para o Brasil e é isso que as pessoas de bem precisam enxergar. Antes que seja tarde. Está em curso um conluio entre governistas e oportunistas de todos os matizes. Só não vê quem não quer ou quem também quer uma boquinha mas ainda não chegou lá.

  103. ROUBÔZINHO PETRALHA

    -

    18/07/2012 às 11:23

    Aê , Reinaldo , o pt sempre á procura de um culpado. Já encontraram para o pibinho..Greves preocupam Planalto

    Para governo, ceder às demandas dos 135 mil servidores parados pode comprometer PIB
    Publicado:
    17/07/12 – 23h00
    Atualizado:
    17/07/12 – 23h00

    Envios por mail: 11
    BRASÍLIA e RIO – A onda de greves de servidores públicos tornou-se a principal preocupação da área econômica. Ceder às pressões, na visão de um interlocutor graduado do governo, colocará em risco o propósito da presidente Dilma Rousseff de crescer acima de 2% em 2012. Um aumento generalizado dos salários do funcionalismo tiraria espaço para novos investimentos e desonerações de tributos. A Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2013, aprovada ontem, não prevê reajuste para os servidores federais. Nos bastidores, o Palácio do Planalto só admite reajustes pontuais no ano que vem para a área militar e para funcionários civis de nível médio.

  104. Alcides

    -

    18/07/2012 às 11:22

    Essa situação ficou dessa forma porque, infelizmente, o PT ganhou a guerra da comunicação.

  105. Adilio Belmonte

    -

    18/07/2012 às 11:21

    O Brasil de hoje revive a Ilhéus do início do século passado. Agora com os seus Coronéis da era on line, que em vez de cacau possuem o dinheiro público para manter-se no poder, apoiados numa lei eleitoral ultrapassada e com o voto obrigatório determinado por uma Constituição dita democrática, votada exclusivamente por parlamentares. Há Coronel até que se sente dono do poder, elegendo sucessor para alternar o poder e pretendendo acuar membros de tribunais. Tudo isso regado pelo voto obrigatório, muita corrupção, e as famosas Bolsas-populares, enquanto o nordeste por falta de obras de infra-estrutura mergulha em mais uma das centenárias secas. Têm prioridade o Trem Bala e a Copa do Mundo, financiados com o dinheiro público. Não vejo a hora do BNDES querer financiar o Cirque du Soleil, que no Brasil é recorde de bilheteria com ingressos de variam de 150 a 500 reais. O Brasil é isso: Sempre Ilhéus e seus Coronéis.

  106. DEMOCRATA

    -

    18/07/2012 às 11:21

    Bom dia a todos
    Alianças políticas sempre existiram e vão continuar a existir. Agora alianças políticas voltadas para o bem comum estas são raras e pelo que me lembro o PMDB após as “diretas já” só as fez por interesses próprios. Para aqueles que prezam a política como algo sério e que deveria ser em prol da democracia o PMDB morreu quando se alinhou com este PT que ai esta, corrupto, ineficiente e vazio de moral e boas intenções, se é que as teve algum dia. Olha que conheço alguns petistas decentes, trabalhadores e que tenho certeza se iludiram um dia com aquele discurso ilusório, de que o PT seria o partido da decência e salvador da moralidade política. Fala sério!

  107. megaron

    -

    18/07/2012 às 11:20

    Não existe oposição no Brasil por um motivo: Só existe um único partido verdadeiro no país, o PPSB, Partido dos Políticos Safados do Brasil.

  108. Cris Azevedo

    -

    18/07/2012 às 11:17

    Rei

    Não por acaso, acho, os jornais nunca estiveram tão chochos. Nunca antes neste país se publicou tantas manchetes e “notícias” inúteis e fúteis. Pior ainda: se você os leu na semana passada, pode deixar para voltar a lê-los no mês que vem. A não ser por notícias do exterior (exceptuando-se os países bolivarianos, dos quais não há notícias), o resto são variações pequenas dos mesmos temas.

    Policial mata X em confronto; Queimam 2 Ônibus não sei onde; Haddad disse; Haddad fez; Hipopótamo bebê olha passarinho; Neymar espirra; Greve; mais greves. Alguém bate o carro no poste. Governo libera mais verba para seus aliados. E, no Globo, alguém da Ditadura espirrou. Notícias ruinzinhas na economia, aqui e ali. Coisa pouca.

    Entra semana, sai semana, não saímos disso. Ando quase ansiando pelas receitas na primeira página, Rei! Lembra? Não gosto muito de notícias do mundo das celebridades ou dos animaizinhos da floresta. Já pensou, um CONTINENTE inteiro sem notícias a dar? Tédio.

  109. Clóvis Eduardo Godoy Iha

    -

    18/07/2012 às 11:13

    Não existe opinião pública, mas opinião publicada. É por isso que se tenta controlar a mídia e censurar a internet.
    Os pobres são maioria entre os eleitores. Muitos pobres querem subir de vida; outros, nem tanto. Para estes, o bolsa família é suficiente. Eles podem não ser muito adeptos do trabalho duro, mas são gratos a quem lhes sustenta. Então, fica garantida a permanência no poder do atual grupo dominante.

  110. araujo

    -

    18/07/2012 às 11:01

    Os brasileiros sempre tiveram incentivo pra tudo…por exemplo…CRÉDITO EDUCATIVO, vocês lembram? Isso estava ao alcance de todos a partir dos anos 70. BOLSA ESCOLA, VALE GÁS e tantos outros benefícios. O que hoje é diferente, são os minhões gatos em propaganas para tornar visiveis as politicas populistas do governo. Nova classe média! o que é isso? È como deixar de medir a riqueza de uma nação através do PIB, para expressa-la através do metro quadrado ou linear…que beleza, hein?

  111. Zorro

    -

    18/07/2012 às 11:00

    NÚMERO DE HOMICIDAS BATE RECORD E SIMPLES VEJA ANTES E DEPOIS DA ADINISTRAÇÃO DO PT .A IMPUNIDADE LEVOU A ESSA EPIDEMIA

  112. arqueleu

    -

    18/07/2012 às 10:57

    È caro Reinaldo, mais uma vez você está com a razão, com a verdade, nua e crua. Pena que a grande maioria prefere a mentira, o engano. INFELIZMENTE!

  113. Bahia

    -

    18/07/2012 às 10:53

    O mais triste nem é ler e saber desses acontecimentos é saber que por mais que joguem isso em nossas caras, o que realmente acontece? Nada ninguém se meche só alguns burburinhos mais passa o povo esquece é lamentante. Ajudei nessas férias a distribuir Arroz e feijão dado pelo governo, que não faz mais do que sua obrigação, foi fascinante os ditos alfabetizados pelo TOPA só sabem fazer meros rabiscos e todos tem bolsa família ainda assim uns retorciam o nariz pela qualidade do feijão mais fazer o que fazer? se o povo parece não ter voz diante de tantos acontecimentos…

  114. AC

    -

    18/07/2012 às 10:53

    Por essas e outras é q eu vivo repetindo que o último grande administrador que o brasil teve foi Mauricio de Nassau.

  115. Romeu Gonçalves

    -

    18/07/2012 às 10:34

    Concordo em gênero, número e grau! Aliás, a ascensão de Dilma ao poder foi mais pela incompetência de seus opositores do que pelas suas qualidades. A oposição tem apenas um cacique com perfil de estadista. O resto não passa de um bando caçadores de espaços de poder a qualquer custo.

  116. Valeria

    -

    18/07/2012 às 10:33

    Parabéns Reinaldo! Mais uma vez mostrando a verdade! Esperamos mudanças no país e sabemos que devem ser profundas, mas a triste realidade é que a esmagadora maioria sequer tem a real noção do que acontece à sua volta. Vejo problemas, favoritismos, dinheiro indo para o lugar errado não só na política, mas em todos os demais órgãos sustentados pelo governo, os quais, quando tem fiscalização, não há punição, sempre se calam com mais dinheiro ou troca de favores. É o país da PALHAÇADA!

  117. bereta

    -

    18/07/2012 às 10:31

    Lembrando Galileo, aqui ele diria:- Porém, no Brasil não se move!

  118. Pedro Oliveira

    -

    18/07/2012 às 10:30

    Reinal,
    O penúltimo parágrafo do post afirma que “Quando FHC, por exemplo, levou o PSDB a se juntar com o antigo PFL, não ignorava que esses aliados — e outros que se juntaram — tinham suas demandas particulares. Mas ele tinha um norte: a necessidade de fazer reformas — reformas que efetivamente fez (as que conseguiu ao menos) e que, em boa parte, garantiram a bonança dos oito anos de Lula.”
    Será que posso entender por esta citação que FHC se viu obrigado a aliar-se com PFL (DEM)e outros da mesma estirpe para fazer REFORMAS que beneficiassem o povo brasileiro ao mesmo tempo em que atendia às demandas particulares destes partidos?
    Ora, se o FHC aceitou o apoio do PFL pensando nas reformas, está implícito que estas, de alguma forma, também trariam algum benefício aos filiados do Partido da Frente Liberal. Está correta a minha interpretação?

  119. Nélio

    -

    18/07/2012 às 10:29

    Sem objetivos claramente definidos, só por acaso chegaremos a algum lugar. Isso vale tanto para o governo como, e principalmente, para a “oposicinha”

  120. zé colmeia

    -

    18/07/2012 às 10:25

    Substituto de Demóstenes trabalha 1 dia e ganha R$ 13 mil
    Iara Lemos, G1

    O senador Wilder Morais (DEM-GO, foto abaixo), que assumiu o mandato que pertencia ao senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), vai receber cerca de R$ 13 mil reais referentes ao mês de julho. Desde que assumiu o cargo na última sexta (13), ele não voltou à Casa. Nesta quarta (18), o Congresso entra em recesso e só retoma os trabalhos em 1º de agosto.

    Segundo a assessoria de imprensa do Senado, Wilder terá direito a receber o valor proporcional aos dias depois que assumiu referente ao subisídio pago aos parlamentares, no valor de R$ 26.723,13, mesmo sem comparecer ao Senado no período. Wilder também receberá do Senado uma ajuda de custo para as despesas com a mudança. O valor da ajuda de custo não foi informado pelo Senado.

  121. mineirinho

    -

    18/07/2012 às 10:24

    A campanha de BH se transformou numa das mais importantes do país este ano – ou até a mais importante. A razão principal é a prévia da sucessão presidencial de 2014, uma vez que estarão se defrontando na capital mineira mais do que o petista Patrus Ananias e o socialista Lacerda, mas o próprio Aécio – provável nome dos tucanos para daqui a dois anos – e a atual presidenta Dilma Rousseff, que deverá candidatar-se à reeleição.

    Aécio, Dilma, Lacerda e Patrus sabem disso, mas não apenas eles. Uma prova é que uma verdadeira legião de especialistas em marketing, em política, mídia e internet já está sendo formada para a batalha que vem pela frente.

    Aécio inclusive já está remarcando – ou adiando – algumas das viagens que havia programado para agosto e setembro, meses da campanha eleitoral. Antes em situação tranquila, o ex-governador de Minas terá que dedicar maior tempo a Belo Horizonte a fim de garantir a eleição de Lacerda.

    Dilma, por sua vez, articulou a participação do seu marqueteiro João Santana. Com muita experiência em campanhas petistas, o publicitário fez a campanha também do ex-presidente Lula, em 2006. É o nome preferido do PT para “politizar” a campanha.

  122. Paulão

    -

    18/07/2012 às 10:23

    Bom dia Reinaldo,
    Você perguntou no texto: “Se quiséssemos citar, sei lá, três eixos estruturantes de sua gestão (da presidAnta), quais seriam?”
    E eu me atrevo a responder:
    ………….
    1º eixo: dar assistência financeira a segmentos da sociedade de baixa e de altíssima renda, para garantir votos dos analfabetos e para garantir o apoio da oligarquia financeira internacional.
    ………….
    2º eixo: mentir, mentir mais e mentir ainda mais sobre todos os assuntos que envolvam o desgoverno esquerdopata, para passar a impressão, interna e externamente, de que o País vai bem, econômica e socialmente, ainda que esteja afundando na m*rda a cada dia.
    ………..
    3º eixo: roubar, roubar mais e roubar ainda mais, para encher os bolsos da quadrilha e dos chefões da quadrilha, e para poder amparar os governos dos países amigos do FSP e para poder comprar os virtuais adversários políticos.
    ………….
    Para o mal ou para o pior, a presidAnta é da quadrilha petralha, cuja ética, não esqueçamos, é “MENTIR E ROUBAR, ROUBAR E MENTIR, ROUBAR MAIS E MENTIR MAIS”.
    …………
    Como podem ver, continuo a ser um OTIMISTA!

  123. Ricardo

    -

    18/07/2012 às 10:22

    Concordo com a análise. Essa fraqueza da oposição só vai garantir mais do mesmo. Infelizmente, enquanto essa debilidade do jogo político-partidário não mudar, seremos eternamente conhecidos como o “país do futuro”. Que teima em continuar adormecido.

  124. Rombo

    -

    18/07/2012 às 10:21

    O SUSSEÇO do PT É COM Ç .AGORA ESTA ESCORREGANDO NA BAGUNÇA E NÓS POVO É QUE VAMOS PAGAR PELA BURRADA DO A PEDEUTA .POR DEMAGOGIA DEIXOU O DÓLAR A $ 1 REAL E EJUROS NA ESTRATOSFERA .ZÉ DE ALENCAR DIZIA BC TEM DE DIMINUR OS JUROS E DEIXAR O DÓLAR SE ACOMODAR .AGORA É TARDE ESTAMOS ESCORREGANDO NA MERDA QUE O APEDEUTA FEZ .NOSSAS RESERVAS VAM EMBORA

  125. Goes

    -

    18/07/2012 às 10:21

    Empossado há quatro dias, numa esvaziada cerimônia relâmpago de três minutos, o neo-senador Wilder Morais, herdeiro da cadeira do cassado Demóstenes Torres, já se encontra na berlinda. O DEM cobra dele explicações públicas sobre suas relações com Carlinhos Cachoeira.

    A exemplo do que sucedera com Demóstenes, a voz de Wilder também soa nos grampos da Monte Carlo. Numa das escutas colecionadas pela Polícia Federal, disponível lá no alto, Cachoeira como que enquadra o interlocutor.

    O contraventor recorda a Wilder: “Fui eu que te pus na suplência. Essa secretaria fui eu. Você sabe muito bem disso.” E Wilder, dando-lhe razão: “Carlinhos, deixa eu falar um negócio procê. Pensa num cara que nunca teria encontrado um governo, que não teria sido porra nenhuma. Você tá falando com esse cara.”

  126. camões

    -

    18/07/2012 às 10:20

    PDT opera “escritório paralelo” no governo Alckmin

    Alexandre Pereira da Silva, filho do deputado Paulinho da Força, recebe prefeitos, decide sobre aplicação de recursos e toma decisões institucionais sem que tenha sido nomeado oficialmente para a função

  127. Antonio Lyra Filho

    -

    18/07/2012 às 10:20

    O comentário abaixo não vai ser publicado, em vista da censura.

  128. Drakko

    -

    18/07/2012 às 10:20

    “Que diabos acontece, afinal de contas, com a política no Brasil e para onde isso nos leva?”
    Ao Galeão? Congonhas? Confins? Salgado Filho?
    Ou seria melhor relaxar e descolar uma carteirinha de sócio-proprietário desse rendezvous continental?

  129. Noah Shuster

    -

    18/07/2012 às 10:11

    Muito desse imbróglio é culpa do STF, que favoreceu o PSD com o bolo do fundo partidário, com isso, vamos ter uma nova safra de partidos, onde já existem vários, vão sair muito mais e, sem consistência alguma, só interessados no Governismo.

  130. brasileirinho

    -

    18/07/2012 às 10:10

    O Brasil faz jus ao Samba do Crioulo Doido!
    Se não houver (e não haverá) um movimento do povo no sentido de promover um amplo plebiscito para impor regras a essa zona generalizada, o Brasil continuará sendo o mesmo até a eternidade!
    O Voto do analfabeto, pra não falar do analfabeto funcional, foi a pá de cal que os políticos jogaram nessa “democradura”, afim de se perpetuarem e conseguiram!

  131. Newton

    -

    18/07/2012 às 10:09

    A política no Brasil acabou. Existem pessoas que se elegem com base em promessas tão fugazes que deixariam Bach com ciúme. Um dia após as eleições os compromissos mais sérios se desfazem em brumas que o povo, que não tem educação nem saúde, sequer entende o que aconteceu.
    Aí começa o verdadeiro jogo de grupos, não partidos, que se aliam para descolar emendas, verbas e cargos Deus sabe com que intenções e o povo continua sem entender nada.
    Ao final, os políticos, continuam felizes com o sentimento do dever cumprido e muito dinheiro no bolso.
    Nas sobras cachoeiras jorram o dinheiro sujo para um lado e para o outro.
    Coitado do povo enganado e esbulhado morre nas filas dos hospitais, paga fortunas por carne de segunda e vê seus filhos em greve, pois afinal vivemos em uma democracia.
    Para completar a tragédia a grande parte da imprensa fica recôndita com a grana que amealhou do governo e os pais da pátria atônitos e paralíticos.
    Quem poderá nos socorrer? Só Deus.
    Newton

  132. tonto

    -

    18/07/2012 às 10:09

    Bom dia Reinaldo.

    Esta oposição tem mais medo do dotô Analfa Honois Causa da Silva do que o tinhoso tem da cruz. Ao primeiro sinal de crítica, dotô sapeca um babaca nos cornos do “crítico” a quem só resta por o rabo entre as pernas e sair grunindo, sem sequer negar-se a aceitar o chingamento. Então, esperar alguma reação desta oposição do cagaço equivale a esperar ouvir algum petista dizer qualquer coisa, por mínima que seja, contra um ato de corrupção ou roubalheira, praticada pelos companheiros, contra os recursos públicos. Ou seja, é esperar que o inferno congele.

  133. Noah Shuster

    -

    18/07/2012 às 10:09

    Considero um de seus melhores textos. E já estou aqui há um tempinho. rsrs
    .
    Isso se chama OPORTUNISMO e FISIOLOGISMO.
    .
    Infelizmente é isso. E o País que era pra ser tão rico, é tão pobre, em todos os aspectos.

  134. edvaldo cavalcante

    -

    18/07/2012 às 10:06

    A nossa crueldade na época da escravidão transformou o Brasil em um lugar com carma ruim, é por isso que tem tudo para progredir mas não progride, a escravidão no Brasil foi a ultima a acabar.

  135. sergio longman

    -

    18/07/2012 às 10:05

    Reinaldo
    Mais uma vez, você faz uma análise brilhante: concordo em gênero, número e grau.

  136. O Brasil carente explica o Brasil faustoso

    -

    18/07/2012 às 10:04

    O Brasil
    é faustoso em “reis e rainhas nus”
    e carente em “jornalistas investigativos e menininhos xeretas, chatos, verdadeiros desmancha-prazeres”.

  137. Luiz

    -

    18/07/2012 às 10:02

    Reinaldo, fico aqui pensando se os politicos não passam para dar uma olhadinha aqui no seu blog, e em outros colunistas da Veja? Parabens pelo texto.

  138. ODEVAL SOFIA

    -

    18/07/2012 às 9:59

    Passados tantos anos vemos que o populismo continua imperan-
    do! Excluamos FHC premiado internacionalmente, o resto é o
    que vemos agora; uma presidenta com cara de durona que quer
    impressionar e vender imagem de competente contratando pelas
    mãos do Lulalá corruptos e outros larápios mais.

  139. Tamanini

    -

    18/07/2012 às 9:57

    Tio Rei:

    Sugiro para aqueles que têm alguma dúvida das “qualidades” presentes nos políticos que atualmente encabeçam a nossa política (ou seja, o oportunismo, a ganância e a inépcia), que leiam o livro Getúlio, do Lira Neto.

    Eles se surpreenderão ao constatar a precisão do que você repete com razão: no Brasil, temos sempre mais do mesmo…

  140. Luis

    -

    18/07/2012 às 9:57

    O jeito do PT de adminsitrar. quanto pior melhor, embora não toça para que seja pior.Mas é assim! Leiam esta:
    http://oglobo.globo.com/economia/mantega-indica-vice-presidente-da-gol-para-presidir-cvm-5498947

    Foi a então chefe da casa civil, Dilma, mãe do PAC, que articulou para entregar a VARIG à GOL,que não anda bem das pernas, mesmo com a fartura de crédito para vendas de passagens aéreas a perder de vista. Aí tem!

  141. Eurico Marques

    -

    18/07/2012 às 9:55

    A china não tem capitalismo de estado, tem socialismo de mercado, o que é uma estupidez em termos, mas funciona. Os brazucas do governo não tem a menor, a mais ínfima, idéia do que fazer para o país crescer. Essshhhte paíssshh do Apedeuta cresce alguma coisa por força da inteligência dos nossos empresários. E pronto. O governo, quando resolve intervir, só faz porcaria. Melhor a inação do governo do que a atrapalhação de políticos inúteis.Se o governo Dilma não atrapalhar, já está de bom tamanho.

  142. Fabiano Sambatti

    -

    18/07/2012 às 9:55

    Ao que parece com uma politica fraquissima, é momento fértil para aparecer algo novo, foi assim com o PSDB, ou mesmo o PT.

  143. toca8@hotmail.com

    -

    18/07/2012 às 9:55

    Excelente! Que baita texto! Mantemos a esperança! Isso tem que mudar um dia.

  144. ricardo laffitte

    -

    18/07/2012 às 9:55

    vamos fazer uma lei que, para ser presidente é preciso pelo menos ter sido sindico(a), de um predio com pelo menos 3 apartamentos.Outra coisa, o Brasil nao cresce 2 a 3 %, porque com a falta de investimento em educacao, saude, infra-estrutura, seguranca, ou seja os problemas crescem mais rapidos que os indices “governamentais”, é como colocar agua num balde furado, bem furado no caso do Brasil.

  145. Nem Freud explica

    -

    18/07/2012 às 9:44

    Na minha cidade, que é governada pelo PSDB, o PT é parceiro na administração, tendo a sua frente algumas secretarias.
    Existe até uma faixa petista agradecendo o Prefeito e o Governador Geraldo Alckim pelo asfaltamento das ruas.
    Se Freud desse umas voltas por estas paragens ele iria terminar num divã.

  146. JOCA

    -

    18/07/2012 às 9:43

    Caro Reinaldo, tudo isso é verdade!
    E perguntamos, cadê a oposição: PSDB, DEM, PPS, PDT?
    Estão quietos, calados como se o país vivesse em clima de prosperidade, de desenvolvimento em todos os setores.
    Por isso que a classe pobre desse país não acredita nos partidos de oposição, não os exerga como seus representantes e consequentemente não votam neles.
    O contrário faz o Lula e o PT. Por nada eles fazem o maior barulho e a impressão que passam ao povo é a de que estão defendendo seus interesses.
    Realmente a oposição no Brasil não está preocupada com o povo, ela apenas se preocupa com as próximas eleições, esquecendo que a maioria dos votos vem das classes mais pobres.
    Esse comportamento da oposição não interessa a nenhum brasileiro; a matéria do seu post é reveladora dos males a que somos acometidos e a oposição não se dá conta da gravidade, está calada, imobilizada, como se tudo isso não lhe dissesse respeito.
    Somos um país exótico!

  147. Léo

    -

    18/07/2012 às 9:42

    O ministro mais importante de Dilma e também de Lula é João Santana. Acho que isso ajuda a explicar.

  148. wwwilson

    -

    18/07/2012 às 9:39

    Texto brilhante e devastador. Na mesma proporção em que ilumina um cenário preocupante, alarmante, deprimente. Se é que é possível jogar alguma luz sobre a densa escuridão que tomou conta da política brasileira…

  149. Edmar Souza Moreira

    -

    18/07/2012 às 9:39

    As eleições municipais passaram a ser um reflexo desse balaio de maracutáias. Os candidatos a prefeito das cidades pólos estão sendo nomeados pelas corjas que dominam os partidos, estabelecendo cinicamente um jogo de interesses escusos. Esses querem o poder a qualquer preço e o que lhes interessa é estender seus tentáculos da tirania e da corrupção.
    Assim acontece aqui no Vale do Aço-MG, onde as três principais cidades, Ipatinga, Timóteo e Coronel Fabriciano vêm, com perplexidade mas sem nenhuma possibilidade de reação, o poder político regional ser achacado por grupos completamente alheios aos reais interesses de seus habitantes.
    Sinceramente, o Cachoeira não é o Todo Poderoso, ele é uma pequena peça da engrenagem de um esquema instalado em todo o pais. Ele é apenas um dos chefões. Existem muitos outros e até bem mais poderosos. Os desabrigados de sua quadrilha já foram abrigados por outras.
    Suspeita-se que um dos braços fortes dessa máfia em Minas articula com certos politiqueiros daqui, estabelecer-se aqui, dominando prefeitos e vereadores. Merece até uma CPI os enriquecimentos ilícitos de determinados integrantes dessa Máfia.
    Mineiramente, ou incompetentemente, o povo daqui vê a boiada passar e a poeira abaixar, para ver no que vai dar.
    Dá um desânimo na gente!

  150. Fernando

    -

    18/07/2012 às 9:38

    Elementar, meu caro Watson!
    Os fins justificam os meios.
    Este é o único princípio adotado pelos partidos brasileiros, principalmente pelo partido dos corruPTos!

  151. ROUBÔZINHO PETRALHA

    -

    18/07/2012 às 9:38

    E lentamente eles vão enfiando uma ditadura pela nossa guela abaixo . O modelo é a china , capitalismo de estado…leia isto e veja se já não é intromissão do estado na vida privada.:
    A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) tem, a partir de hoje, uma nova titular: Juliana Pereira, de 38 anos. Ela assume com o objetivo de pensar o consumo em suas diversas vertentes: regulação, sociedade e informação, crédito, concorrência, produção e sustentabilidade. Vivendo o dia a dia dos consumidores desde 2003, quando ingressou no Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), a nova secretária estará ao lado do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) nas análises sobre fusões de empresas, monitorando o impacto de concentração de mercado que possa atingir os interesses dos consumidores. Juliana promete ser dura no combate aos abusos na oferta e concessão de crédito.

    O Correto não seria deixar o mercado se entender e , se alguem se sentir prejudicado recorrer á justiça?

  152. Ale.

    -

    18/07/2012 às 9:37

    Você voltou com força total.
    Parabéns pelo texto brilhante!
    Ale.

  153. MINEIRIN INVOCADIM

    -

    18/07/2012 às 9:36

    AQUI NESSE PAIZECO DE M… TUDO É POSSÍVEL. OU ATÉ O IMPOSSÍVEL! NÃO SEI COMO AGUENTO TANTA NOTICIA RUIM NESSES ÚLTIMOS TEMPOS. E AGORA MAIS ESSA. A CRISE FEZ COM QUE HOUVESSE UM CORTE NO ORÇAMENTO E MAIS DE CEM DETENTOS, ENTRE ELES ASSASSINOS COMPROVADOS, FOSSEM SIMPLESMENTE LIBERTADOS AQUI EM LANE, OREGON! ONDE ESSE PAÍS VAI PARAR??? OS USA QUE UM DIA FOI A MAIOR POTENCIA ECONÔMICA DO PLANETA AGORA LIBERTA ASSASSINOS POR FALTA DE DINHEIRO! NÃO AGUENTO MAIS VIVER AQUI! SINTO VERGONHA DE MORAR EM UM PAÍS COMO ESSE. V-E-R-G-O-N-H-A !!!

  154. crianças comunizadas pelo PT

    -

    18/07/2012 às 9:34

    NUNCANTESNESTEPAIZ…criança não vota, então danem-se

    Cresce taxa de assassinatos de crianças e adolescentes no Brasil
    Aumento foi de 346,4% em 30 anos, contrastando com mortes por problemas de saúde.
    BRASÍLIA – As chances de uma criança ou adolescente brasileiro morrer assassinado são maiores hoje do que eram há 30 anos, colocando o país na quarta pior colocação numa comparação com outros 91 países. Em 1980, a taxa de homicídios na população entre zero e 19 anos era de 3,1 para cada 100 mil pessoas. Pulou para 7,7 em 1990, chegou a 11,9 em 2000 e alcançou 13,8 em 2010. Um crescimento de 346,4% em três décadas, em contraste com a mortalidade provocada por problemas de saúde, que teve queda acentuada. Quando considerada toda a população, a taxa de homicídios em 2010 foi de 27 por 100 mil habitantes. Considera-se que há uma epidemia de homicídios quando a taxa fica acima de 10 por 100 mil.
    No Brasil, em 2010, 8.686 crianças e adolescentes foram vítimas de homicídio. De 1981 a 2010, o país perdeu 176.044 pessoas com 19 anos ou menos dessa forma. Meninos representam em torno de 90% do total.
    Os números são do estudo “Mapa da Violência 2012 — Crianças e Adolescentes do Brasil”, do pesquisador Julio Jacobo Waiselfisz, coordenador de Estudos sobre a Violência da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso) no Brasil. Além dos assassinatos, o estudo analisou as mortes violentas causadas por fatores externos, dividindo-as em cinco grupos: homicídios, acidentes de transporte, outros acidentes, suicídios e outras violências. Em 2010, de todas as mortes violentas de crianças e adolescentes, 43,3% foram homicídios; 27,2% acidentes de transporte; 19,7% outros acidentes.

    Em 1980, 16.457 crianças e adolescentes morreram de uma dessas cinco causas, de um total de 244.942 óbitos verificados na faixa etária do zero aos 19 anos. Desde então, mesmo quando o número absoluto de mortes violentas diminuiu, seu peso no total de óbitos só aumentou. Em 1980, eram 6,71% de todas as mortes. Vinte anos depois, em 2010, o índice alcançou 26,48% (20.048 de 75.708). Se desconsiderados os bebês com menos de um ano de idade, as mortes violentas foram responsáveis por mais da metade dos óbitos — 53,2% — em 2010.
    O aumento mais acentuado — tanto na taxa de todas as causas externas quanto na de homicídios — ocorreu na década de 1980. Nos anos 90, houve desaceleração, mas ainda assim cresceu. Entre 2000 e 2010, a taxa de causas externas diminuiu, atingindo seu menor índice em 2006, mas desde então voltou a crescer. Os homicídios caíram no começo da última década, mas voltaram a aumentar, superando em 2010 a taxa observada dez anos antes. Em 1980, representavam 0,7% de todas as mortes de crianças e adolescentes. Em 2010, foram responsáveis por 11,5%.
    Entre os estados, o que proporcionalmente mais teve crianças e adolescentes assassinados em 2010 foi Alagoas, com uma taxa de 34,8 por 100 mil. O estado era o décimo em 2000, quando a taxa era de 10,1 por 100 mil. Enquanto Alagoas passou da décima para a primeira posição, o Rio fez o caminho inverso. O estado tinha a pior taxa em 2000 — 25,9 por 100 mil — e em 2010 era o décimo pior, tendo caído 33,3%, para 17,2 assassinados a cada 100 mil.
    A maior queda na taxa de homicídios foi em São Paulo: 76,1% entre 2000 e 2010. Além de Rio e SP, Pernambuco, Distrito Federal, Roraima e Mato Grosso do Sul caíram. O estudo levou em conta 523 municípios que, segundo o Censo 2010, têm população com mais de 20 mil pessoas de zero aos 19 anos.
    Para Julio Jacobo há uma interligação de fatores que ajuda a explicar o aumento. Ele lembra que em 2000 foi implantado o Plano Nacional de Segurança Pública, que concentrou seus investimentos nos maiores polos de violência. Mas novos polos surgiram:
    — Surgiram polos no interior e em outros estados sem recursos financeiros e sem tradição das polícias para o enfrentamento da criminalidade.

  155. Pino 2807

    -

    18/07/2012 às 9:33

    A política brasileira virou um hospício louco

  156. roby

    -

    18/07/2012 às 9:32

    Nada de espantar, tio Rei: assim como a jabuticaba e a pororoca, o pragmatismo político brasileiro é uma coisa muito particular…

  157. juarez r. de carvalho

    -

    18/07/2012 às 9:30

    As eleições estão próximas. Está na hora de retirar de cena os camaradas.

  158. nostradamus

    -

    18/07/2012 às 9:29

    Vichhh…! Maria!
    Muito Bom.

  159. juarez r. de carvalho

    -

    18/07/2012 às 9:29

    As eleições estão próximas. Está na hora de retirar de cena os camaradas.

  160. mario souza dos santos

    -

    18/07/2012 às 9:28

    caro reinaldo como a historia se repete na FRANÇA de LUIZ XV ele disse depois de mim o DILUVIO aqui o luloviski ao passar o governo poderia tambem repetir as mesmas palavras pois o pais maravilha de cartorio que o mesmo jactava-se so existia na imagfinaçao pois a gastança desenfreada o inchaço no funcionalismo o perdao de dividas de paises africanos a encampaçao de refinarias da petrobras na bolivia o emprestimo de dinheiro tanto para paises aqui na america e para cuba dos quais estes dinheiro nunca serao pagos do aumento no pagamento de energia ao paraguai que por força de um acordo so seriam feitos a partir de 2023 de mais emprestimos a cuba agora feitos pela dilma que quando o lula de forma mentirosa alardeava que o pais estava crescendo como nunca na realidade todos os paises tiveram crescimento pelo momento tanto da china que investiu pesado na infraestrutura nos aqui nao investimos nada era so inauguraçao de pedra fundamentais pelo brasil afora e a midia esta mesmo que e tao demonizada nunca veio a publico e mostrar que o pais apesar daqueles numeros so ficou na frente foi do haiti em termos de crescimento na bonanza em vez de terem feito as reformas que o pais tanto precisava ficamos so na bazofia no populismo irresponsavel que jogou dinheiro fora e nao fez poupança nao deu rumo para a economia ficou fazendo foi vistas grossas para o desvio de dinheiro e a sucessora desta herança bendita como ela mesmo afirmou agora deve estar sentindo a realidade pois a petrobras por força de mal gerenciamento feito pelo entao presidente sergio gabrielli a mando do lula hoje esta tendo problemas enormes de como manter compromissos firmados pelo oba oba exemplo a refinaria abreu lima em pernambuco que iria receber dinheiro da venezuela e ate hoje nem um tostao do pre sal que tanto foi feito propaganda na realidade as verdadeiras jazidas do pre sal e somente para 2023 e olhe la pois para tirar a tal profundidade o preço do barril devera estar no minimo a cento e trinta dolares como falou o falecido general olimpio mourao filho DE PODER A UM IDIOTA QUE ELE VAI SE ACHAR O MAIOR ESTADISTA acorda BRASIL

  161. Saulo

    -

    18/07/2012 às 9:27

    Ótima matéria. Infelismente a grande massa da população brasileira não vai ler esta matéria. Eles vivem do ópium da televisão e do futebol. Infelismente nossas elites educadas e concientes se omitem. O crime está organizado, os corruptos estão organizados, etc.. Quando os bons se unirem a coisa muda mas por enquanto só temos palavras vazias de reclamação e nenhuma ação por trás.

  162. flavio

    -

    18/07/2012 às 9:22

    Caro Reinaldo estamos indo para um buraco sem fundo. Quando se diz chegamos ao fim do tunel ou ao fim do buraco, tudo bem, sinal que dali para frente só melhorando. No nosso caso não é assim, com essa gentalha sem escrupulos tomando conta do pais. Veja a saude no sul do Brasil, que é uma região tida como mais avançada, nunca tanta gente morreu por causa de uma gripe e por falta de vacinas. E a educação, com um ministro que quer imitar o ex-presidente analfabeto e dizer que nois vai e nois pode esta correto. Realmente a coisa esta feia.

  163. Vitor Gomes

    -

    18/07/2012 às 9:21

    Caro Reinaldo: Aprecio muito sua escrita e sua clareza de ideias, mesmo não compartilhando de algumas. Parabenizo-o pelo papel importantíssimo que assumiu, de criticar e elucidar sem ocultas intenções ou interesses, tão raro por aqui. Tenho apenas uma questão simples, uma curiosidade minha, até meio ridícula: Você tem uma razão especial para não utilizar um corretor ortográfico antes de publicar os artigos do blog?
    Um abraço.

  164. Sandra

    -

    18/07/2012 às 9:15

    Kátia Abreu ficou indignada com o apoio ao PT em Minas, mas não gostou que a aliança de Kassab com Haddad tivesse sido desfeita. Para mim, ela acabou, assim como Kassab teria acabado se continuasse com o apoio.

  165. Seavon

    -

    18/07/2012 às 9:12

    Há certas horas que é de desassossegar pelo que anda acontecendo no Brasil afora.
    Este texto é o formato perfeito para nós mostrar como estamos sendo governado e como podemos mental e fisicamente ser aceitos por enquanto…
    É tudo na mais perfeita ordem, (numa exposição ordenada) que até então estava em falta para o bom entendedor.
    Muito bom, logo ao amanhecer isso acontecer.
    Obrigado Reinaldo.

  166. Victor Carlson

    -

    18/07/2012 às 9:10

    Prezado Reinaldo

    Gostaria de compartilhar contigo minha indignação com a notícia abaixo.
    Estamos reféns do discurso da “chantagem social”, do discurso que não passa de bandeiras ideológicas dos partidos de esquerda.
    Proprietários de terras, que foram compradas legalmente na década de 1920, estão tendo o seu direito adquirido atropelados.
    A colonização do Oeste Catarinense foi promovida pelo Estado, que concedeu as colonizadoras privadas o direito de comprar terras para revender para novos colonizadores.
    Essa gente desbravou e construiu o Oeste com esforço e empreendedorismo.
    Se houve “um processo de colonização sobre os índios guaranis” isso foi promovido pelo Estado, não foi uma iniciativa isolada dos proprietários das terras.
    Deve-se ressaltar também que as caçadas (assassinatos para ser mais claros) ocorridas em SC até a década de 1940, eram promovidas e incentivadas pelo Estado e não por colonos.
    Além do mais, são processos históricos que deveriam fazer parte dos livros de história e não invadir e ferir o direito das pessoas por causa de movimento revisionistas que tem como causa principal ser contra a propriedade privada e não defender de fato os índios.
    Também causa repulsa nessa notícia o argumento, que beira a vigarice, do relator do processo onde “a existência de eventuais registros imobiliários sobre terras indígenas, em nome de particulares, é juridicamente irrelevante e absolutamente ineficaz”. De certo para esse senhor todo o direito é irrelevante, e qualquer movimento ideológico pode atropelar o direito de qualquer um. É um acinte.
    Por fim, se não bastasse tudo isso, o estudo está amparado em um “estudo antropológico do governo de SC”. É o fim.
    Não temos ninguém para nos defender.
    Tudo isso está acontecendo sem qualquer debate, sem qualquer possibilidade de defesa (e não adianta a justiça, a turma do direito sai completamente doutrinada das universidades).

    ———-
    TRF confirma a legalidade da portaria que reconheceu a Terra Indígena Guarani Araçaí em Saudades e Cunha Porã
    O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), por unanimidade, reconheceu a legalidade da portaria nº 790, de 19 de abril de 2007, do Ministério da Justiça, que declarou, como terra indígena, uma área de 2.721 hectares, localizada nos municípios de Saudades e Cunha Porã. A decisão do tribunal foi dada após recurso do Ministério Público Federal em ação do Movimento de Defesa da Propriedade e Dignidade (DPD), que buscava a anulação da portaria.
    O DPD, que representa a quase totalidade dos proprietários da região em que foi reconhecida a “Terra Indígena Guarani Araçaí”, alegava que os proprietários rurais possuíam escrituras datadas de mais de 80 anos, adquiridas originalmente nos anos de 1921 e 1923.
    A Justiça Federal de primeira instância, em Santa Catarina, julgou procedente o pedido da ação, declarando a nulidade da portaria nº 790 e determinando a imediata suspensão dos seus efeitos.
    O Ministério Público Federal, a União e a Fundação Nacional do Índio (Funai), então, apelaram ao TRF4 contra a sentença. No julgamento do tribunal, o relator do processo, o juiz federal João Pedro Gebran Neto, reconheceu que, entre os requisitos para a demarcação da terra indígena, está a tradicionalidade, entendida como a vontade de permanecer no local, com o objetivo de manter a cultura indígena.
    Além disso, o tribunal destacou que a portaria foi editada com amparo em estudo antropológico que concluiu ter havido um processo de colonização sobre os índios Guaranis, protagonizado pelo Estado de Santa Catarina. O relator do processo ainda lembrou que “conforme estabelece a Constituição Federal no art. 231, §6º, a existência de eventuais registros imobiliários sobre terras indígenas, em nome de particulares, é juridicamente irrelevante e absolutamente ineficaz”.
    Fonte: Ministério Público Federal – Procuradoria da República em Santa Catarina
    ———

    Obrigado pela atenção

    Victor Carlson

  167. Rose

    -

    18/07/2012 às 9:09

    O que acontece a uma Democracia que não tem alternância de Governo, nem oposição?

  168. Nicolau Lupo

    -

    18/07/2012 às 9:04

    Meu caro Reinaldo, como dizia Tom Jobim, “o Brasil não é para amadores”.

  169. Ataíde

    -

    18/07/2012 às 9:04

    “O PMDB pretende criar a sua própria alternativa de poder?”

    Com Kátia Abreu, o PMDB pode sim criar sua própria alternativa de poder.

    Já a saída para o PSDB é uma chapa Aécio/Kátia Abreu, por exemplo (o problema é que o PSDB esconde o jogo por muito tempo).

  170. ti@gold.com.br

    -

    18/07/2012 às 9:03

    Meu caro Reinaldo, como dizia Tom Jobim, “o Brasil não é para amadores”.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados