Blogs e Colunistas

27/02/2011

às 16:57

“Muitas mulheres gostam de apanhar e consideram adequado que o marido bata nelas apenas para fazê-las sofrer”

Al Qaradawi, o chefão da Irmandade no Egito: o que pensa este santo homem, com ar de intelectual? Parte do jornalismo ocidental o chama de "moderado"

Al Qaradawi, o chefão da Irmandade no Egito: o que pensa este santo homem, com ar de intelectual? Parte do jornalismo ocidental o chama de "moderado"

Abaixo, escrevo sobre o que poderia chamar de “Ilusão Democrática”, que toma alguns analistas, certos de que, ao derrubar ditaduras, os povos optam necessariamente por democracia, como se ela fosse um valor que se impõe por gravidade. Operação intelectual correlata a essa é tentar fazer da Irmandade Muçulmana um grupo de cordeiros, eventualmente interessados em se manter longe do Lobo Mau imperialista — os Estados Unidos —, mas por métodos pacíficos, pela via do convencimento.

E começa, então, o jogo do contente, num esforço para tentar preservar a Irmandade de si mesma. Elbaradei, o egípcio que é Prêmio Nobel da Paz, juntou-se ao grupo. Segundo ele, Hosni Mubarak usava a organização como bicho-papão para justificar a própria tirania. É claro que o ex-ditador fazia isso. Mas pergunto: não será mesmo a Irmandade bicho-papão da civilidade? A reportagem da VEJA a que me refiro traz uma seleção de frases do xeque Yusuf Al Qaradawi, o principal líder da Irmandade no Egito. Ele  revela as suas utopias. Leiam:

“Depois da libertação do Iraque, faltará conquistar Roma. Isso significa que  o Islã vai retornar à Europa pela terceira vez. Vamos conquistar a Europa. Vamos conquistar a América”.
(Discurso a jovens muçulmanos feito em Toledo, nos EUA, em 1995)

“Foi com enorme pesar que ouvi o grande imã de Meca dizer que é proibido matar civis mesmo em Israel”
(Debate sobre ataques suicidas promovido pela revista Middle East Quarterly, em 2003)

“Pode até haver algumas mulheres que não concordem em apanhar do marido e vejam a punição como humilhação. Muitas mulheres, porém, gostam de apanhar e consideram adequado que o marido bata nelas apenas para fazê-las sofrer”.
(Artigo escrito em 2007 para o site IslamOnline.net)

“A obediência e a cooperação da mulher são um direito do homem. À mulher, é proibido se rebelar contra a autoridade masculina”
(do seu livro “O Permitido e o Proibido no Islamismo”)

“A circuncisão feminina (mutilação genital) não é obrigatória, mas os pais devem submeter suas filhas a ela se quiserem. Pessoalmente, sou favorável a isso”
(Artigo no IslamOnline.net, em 2007)

Encerro
Ninguém colocou essas palavras na boca de Al Qaradawi. Ele as pronunciou ou escreveu porque quis. É o principal representante da Irmandade Muçulmana no Egito e está de volta ao país. Também é uma das estrelas da emissora Al Jazeera — esta, sim, o verdadeiro “Facebook” da “revolução”.

Por Reinaldo Azevedo

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

118 Comentários

  1. isabel nayara

    -

    03/06/2014 às 1:05

    esse e um doido por que ele nao bate bem da cabeça nao..

  2. gregório de matos

    -

    04/03/2011 às 11:32

    Roberto, abaixo, isso é inocência Roberto.
    Isso é viver com um pé na fantasia.
    A fantasia é boa, mas quando agride, atenta contra a realidade, está matando a realidade e a fantasia.
    Você disse:
    “Eu prefiro a liberdade de pensamento da anarquia americana, brasileira ou européia a ter alguém dizendo o que eu devo pensar ou impondo como eu devo agir.”

    O problema não é a liberdade de pensamento. “É o que as pessoas fazem em nome da liberdade do pensamento”. Isso é tão óbvio.
    Se você usa bem sua liberdade de pensamento, muita gente não usa. Entendeu?

  3. Adriaa

    -

    02/03/2011 às 19:45

    Coitado, é um psicótico, vive fora da realidade. Se seus pensamentos fossem bons, seu país seria um paraíso. Coitado, não enxerga a verdade mais velha desse mundo, a REALIDADE!

  4. Almirante Kirk

    -

    02/03/2011 às 18:13

    Correção de equívoco contido em meus dois comentários anteriores:
    ORA,ORA,”Yasser”,seu deus deve ser de barro,pois acusa o seu próximo,o irmão ocidental,daquilo que você mesmo padece,seja via uma visão preconceituosa,seja via uma visão fanática” dos ocidentais e do mundo ocidental!!!

  5. Almirante Kirk

    -

    02/03/2011 às 17:58

    RESPOSTA AO “Yasser”
    - 02/03/2011 às 10:41,autor da pérola “Só ocidental mesmo!Se julgam tão espertos,mas caem no estratagema mais usado no mundo, A MENTIRA!”:
    ORA,ORA,”Yasser”,seu deus deve ser de barro,pois acusa o seu próximo,o irmão ocidental,daquilo que critica e condena nos outros!!!Pare de repetir mentiras,”Yasser”!
    É Satanás quem adora colocar os filhos de Deus uns contra os outros!
    Acorda,irmão muçulmano!

  6. Almirante Kirk

    -

    02/03/2011 às 17:57

    RESPOSTA AO “Yasser”
    - 02/03/2011 às 10:41,autor da pérola “Só ocidental mesmo!Se julgam tão espertos,mas caem no estratagema mais usado no mundo, A MENTIRA!”:
    ORA,ORA,”Yasser”,se deus deve ser de barro,pois acusa o seu próximo,o irmão ocidental,daquilo que critica e condena nos outros!!!Pare de repetir mentiras,”Yasser”!
    É Satanás quem adora colocar os filhos de Deus uns contra os outros!
    Acorda,irmão muçulmano!

  7. Jorge Silva

    -

    02/03/2011 às 11:46

    “Nem toda mulher gosta de apanhar… só as normais. As neurótica é que reagem”
    Frase de Nelson Rodrigues, brilhante dramaturgo, cronista, famoso “reacionário”, crítico das esquerdas, anti-comunista convicto e politicamente conservador.

  8. Yasser

    -

    02/03/2011 às 10:41

    Para acreditar nas traduções de textos de árabe para português feita por “tradutores” e “jornalistas” ávidos por manterem seus empregos e dar bastante “audiência”,Tem também que ter acreditado bastante no Bush,no Blair, na não anuência de João Paulo com a pedofilia na Igreja; Só ocidental mesmo!Se julgam tão espertos,mas caem no estratagema mais usado no mundo, A MENTIRA!

  9. Ana Lucia M. Fernandes

    -

    28/02/2011 às 23:15

    O Islã é isso aí… Esperar o que de um homem que tem uma cabeça como essa? Primeiro que o Egito rompa o acordo de paz com Israel… Segundo, que ele vá para os quinto dos infernos. Terceiro, só demonstra que Islã e democracia é como azeite e água, não se misturam nunca e não combinam… Tudo não passa de pura utopia. Quem viver verá.

  10. lodisval

    -

    28/02/2011 às 15:48

    Quando se trata de oriente médio a impressão que fica é que se o passado é ruim e o presente complicado o futuro não anuncia nada melhor.

  11. Almirante Kirk

    -

    28/02/2011 às 15:39

    Correção ortográfica em meu comentário,postado em 28/02/2011 às 12:55:

    Em vez de “astronomicamicante elástica”,a expressão,corrigida,fica assim:astronomicamente elástica.
    Grato,caro Reinaldo!

  12. Almirante Kirk

    -

    28/02/2011 às 12:55

    Causou-me espécie o conteúdo de alguns comentários postados abaixo!
    Sugiro o seguinte texto,o qual propiciará,espero, eventuais reflexões sobre os tempos moderníssimos,com sua moral astronomicamicante elástica;ausência de limites e fronteiras para a tal de liberdade,panacéia da qual se servem também os loucos revolucionários totalitários (pleonasmo) adeptos e militantes do ateísmo/esquerdismo:

    “O Relativismo e o Modernismo
    Por Pedro Ravazzano

    Novamente venho escrever sobre o relativismo, não porque seja prolixo, mas porque tal heresia sempre me assusta. Qualquer pessoa sensata que entra em contato com as posturas adotadas pelos heterodoxos de plantão fica perplexa com a total falta de honestidade, um déficit nas mais básicas noções de lógica e coesão. Obviamente, esse comportamento é parte integral da essência do relativismo; o relativismo é a negação de si próprio, já que a sua construção se fundamenta sobre a contradição. Por isso o combate pede um trabalho hercúleo, afinal somos obrigados a ensinar as mais preliminares noções, do contrário, seria iniciar a discussão com uma porta.

    Antes de qualquer coisa, vale a pena explicar brevemente o que é o relativismo. Essa doutrina – sim, é uma doutrina – acredita que tudo é relativo, que não existe idéia absoluta nem uma Verdade una. A moral, a política, a ética, a religião, não passam de construções humanas que devem se adaptar ao mundo e suas transformações. Assim, o relativismo é o precursor social do niilismo com a negação do sentido existencial do ser humano já que, o pensamento relativista, com suas constantes e essenciais vicissitudes, se coloca na antípoda da defesa de Deus, do Princípio. A Divindade parte da imutabilidade e infalibilidade, já o relativismo parte da mutabilidade e falibilidade.

    O relativismo, por sua vez, é a arma usada pelo exército do modernismo; “a síntese de todas as heresias”, como disse São Pio X. A teologia modernista parte de um pressuposto fundamentalmente paradoxal; a transformação do dogma, a adaptação dos ensinamentos doutrinais, a flexibilidade eclesiológica e o relaxamento moral. O modernismo foi desenvolvido sob a influência do espírito protestante alemão, reflexo mais do que natural da Sola Fide e Sola Scriptura adotadas por Lutero. Entretanto, o que era cabível dentro do pensamento luterano era essencialmente incompatível com o Catolicismo. O pensamento modernista, ao pregar a reforma de todo o arcabouço da Igreja e seus ensinamentos, acabava que desconstruía a própria idéia de Igreja, dogma, doutrina, papado e cristianismo, já que a relativização da crença desaguava na relativização da assistência Divina, o que atingia em cheio toda a Revelação. Vale frisar, antes de qualquer coisa, que o relativismo e o modernismo são contraditórios por natureza; se tudo é relativo “tudo é relativo” é relativo, se tudo é relativo é relativo logo nem tudo é relativo. Ou seja, é uma contradição em concreto considerar o relativismo uma verdade, já que o relativismo nega a existência da verdade. (mais…)”

    Fonte: http://blog.bibliacatolica.com.br/tag/relativismo/
    Grato,caro Reinaldo!

  13. silviop

    -

    28/02/2011 às 12:09

    Oi Rei
    Agora eu entendo absolutamente o Netinho do PC do B. Ele deve pertencer a tal Irmandade Muçulmana e seguidor do Yusuf Al Qaradawi. Só que ele está no Brasil, e por aqui ainda não é permitido bater em mulheres.

  14. Ricardo Rodrigues da Silva

    -

    28/02/2011 às 11:59

    Ouviremos e leremos mensagens de apoio a este maluco vindas de, Marco Aurélio TOP TOP Garcia, Zé Dirceu, Marilene Chaui, Emir Sader, Pedro Stédile e outras figuras deste Brasil Aloprado.

  15. Impagável.

    -

    28/02/2011 às 10:05

    Não há o que reclamar! Eles têm este cara aí, e nós temos um Lula Um Zé Dirceu, um Marco Aurélio Garcia, um Amorim, um Emir etc etc. Cada povo com suas excentricidades. Lá eles não gostam de mulheres aqui o povo não gosta de lisura.

  16. brunatto

    -

    28/02/2011 às 10:04

    Lulla, toma uma cachacinha e defende o que o pai de santo aí tá falando!

  17. brunatto

    -

    28/02/2011 às 9:59

    esse palhaço não respeita a própria mãe.

  18. Roberto

    -

    28/02/2011 às 9:32

    gregório de matos eu te juro que no início pensei que vc estivesse sendo ironico. Mas não, sua estultice parece verdadeira mesmo.
    Quer dizer então que quem não segue nenhuma religião não possui valores? Bom, nós poderíamos listar aqui todas as barbaries perpetradas por cristãos, mulçumanos, hindus e outros mas isto seria um exercício tedioso, além do que a internet e os livros estão aí e vc mesmo pode pesquisar.
    Não deixa de ser irônico que o período da história conhecido por Idade das Trevas seja justamente o período comandado pela religião. A grande maioria das religiões em nada se difere dos regimes autoritários, só mudam as vestes e os títulos dos ditadores.
    Eu prefiro a liberdade de pensamento da anarquia americana, brasileira ou européia a ter alguém dizendo o que eu devo pensar ou impondo como eu devo agir.

  19. Zezão

    -

    28/02/2011 às 8:49

    Eu defendo meu direito à imortalidade e também ao nheco-nheco.

  20. Zezão

    -

    28/02/2011 às 8:48

    “A obediência e a cooperação da mulher são um direito do homem”. Sou obrigado a concluir que esse cara está absolutamente certo. Sua premissa está rigorosamente de acordo com o fundamento jurídico-doutrinário dos direitos humanos, vigente nas ONUS da vida e nos círculos esquerdopatas. Afinal, ali viceja todo tipo de direito declaratório: direito a casa, comida, roupa lavada; direito à terra dos outros, à felicidade. Enfim, todos os direitos sociais que nada mais são que o direito a meter a mão no bolso alheio. Ele está apenas enunciando MAIS um direito entre muitos. Por quê não?

  21. ilmarnasc

    -

    28/02/2011 às 8:48

    Que cara cretino!E Lula adora essa raça.E a rainha Dilma muda o que pensa sobre isso?Rei esse cara não é um santo,é um demônio…Coitadas dessas mulheres…

  22. caipira mermo

    -

    28/02/2011 às 7:26

    Reinaldo
    GREGORIO DE MATOS-22:42-Agradeço o seu comentario.
    Só quero que o amigo saiba que,o meu post foi uma
    brincadeira com as meninas aquí de casa.
    Óxalá todas as familias fossem como a minha!

  23. anonazevedo

    -

    28/02/2011 às 5:46

    Santo homem!
    -E se tem seguidores com esta mentalidade,santa tambem deve ser a sua luta!
    ps:-Da ate para sentir falta de Mubarack,no minimo ‘e tao ruim quanto…,ou…um droga sucedendo outro!
    ps2:-Enquanto isto o ocidente aplaude o fim de Mubarack & cia.

  24. Nelson Rodrigues

    -

    28/02/2011 às 2:10

    Caro jornalista,

    Venho a público, com olhos rútilos, lábios trêmulos e salivação intensa, rompendo longo período de silêncio, repudiar as aleivosias desse reles embusteiro de nome impronunciável. Saibam, pois, que nem todas as mulheres gostam de apanhar; as neuróticas reagem.

    Ex corde,

    Nelson Falcâo Rodrigues

  25. Rielda Cecília Lobato Rodrigues

    -

    28/02/2011 às 0:35

    Moderado? É um louco imbecil,isto sim! Se lá para os lados dele,com a doutrina da Irmandade Muçulmana, as mulheres ficam tão pervertidas ou masoquistas,sinto muito,é realmente lamentável! Esperemos que a petralhada não queiram ser amigos deste déspota. Que ele fique para lá,bem longe e os “senhores jornalistas” o ignorem,mande-o bater na mãe e de lambuja entreguem a ele,para fazer parte ativa na irmandade: o goleiro Bruno,o Dado,Pimenta Neves,etc. Me embrulha o estômago saber de tanto atraso assim,isto não é um homem,é uma besta fera!

  26. Muqueca

    -

    28/02/2011 às 0:00

    Esse porra-louca não tem diferença alguma dos outros liberticidas espalhados mundo afora. O pior de tudo é que o planeta está cheio desses vigaristas. Só não entendo por que os petralhas que nos fazem engolir tiriricas, sarneys, lullas e dilmarionetes goela abaixo, não vão morar nesses países “exemplos de socialismo”. Quando é que o Brasil, a Venezuela, Cuba, Irã, etc, irão acordar?

  27. Morena Flor - indignadíssima com as canalhices desse chefão maldito dos infernos

    -

    27/02/2011 às 23:54

    Algumas considerações:

    1. Comparar as falas desse cretino à Dado Dollabela é uma ofensa ao dito cujo. Aposto q nem ele pensa assim.

    2. Dizer q esse sujeito – e outros como ele – estão na idade média é ofensa ao medievo. Pelo menos na europa, com tanta repressão moral, ainda sim, é difícil q tenha existido alguma doutrina q ensinasse algo parecido com isso aí q ele prega

    3. Esse canalha deveria levar uma surra de cansansão com vidro moído na ponta da vara. Quero ver se ele vai gostar de apanhar tb(vai q ele gosta, não é? Gosto não se discute, se lamenta!).

    4. Me pergunto pq tanta mulher “se converte” para o islã, sendo q é uma religião tão desvantajosa para elas(desvantajosa é o mínimo!). Só pode ser a mais descarada lavagem cerebral, já vi mulheres na net defendendo com unhas e dentes o tal do hijab(procurem na blogosfera e no youtube, a safra é grande!) – defendem q com o hijab com aquele papinho de q faz com q a mulher seja conhecida pelo seu intelecto do q pelo seu corpo, e blábláblá, ou seja, conversa fiada. Em boa parte dos casos, ou são recém convertidas, bem deslumbradas, q vêem o mundo cor-de-rosa e acham tudo lindo(ou seja, não é raro não lerem o alcorão inteiro), ou as mais fanáticas(ou seja, as q procuram seguir todas as regras da religião), q não enxergam um palmo à frente do nariz, nem além da própria religião. O comum em ambos os casos, é a cegueira, não querer enxergar q tal religião condena a metade da população do mundo a ser “cidadão de segunda” – ou pior, de quinta, bem como, no caso do hijab, tapar os olhos para o verdadeiro significado do veuzinho e das roupas cobertíssimas: Fazer da mulher uma PROPRIEDADE do marido, do pai, etc. Portanto, se chegar alguma defensora do hijab pregar pra mim, já sei o q dizer na lata, com toda a educação do mundo: Eu não quero ser propriedade do meu marido. Meu corpo é meu. Ponto.

    Com todos os defeitos q o cristianismo possa ter(e tem!), ainda sim, a mensagem de Cristo é um antídoto para todo e qualquer machismo q o cristianismo venha a ter. Já Maomé e seu alcorão… Não tem jeito mesmo! Para o islã respeitar a mulher(dentre outras pessoas – ex: judeus, homossexuais e não muçulmanos e coisas – ex: liberdade de expressão), precisaria ser REFUNDADO(destruir, acabar com essa religião todinha e começar tudo de novo).

  28. Paulo

    -

    27/02/2011 às 23:39

    Lula diria que isso é cultura de um povo e ninguém tem que se meter.

  29. Paulo

    -

    27/02/2011 às 23:33

    Aonde estão os “especialistas” políticos que festejaram a vitoria da democracia

  30. Fátima

    -

    27/02/2011 às 23:24

    É aí que mora o PERIGO! Mulçumanos estão à solta no mundo fazendo miséria nas mentes de jovens e inocentes úteis, que carecem de um sentido para viver.

  31. juspuniendi

    -

    27/02/2011 às 23:11

    HUMMM..ESSE ODIO DE MULHER AÍ…SEI NAO HEIN…NESSE MATO TEM COELHO.OU GAZELA..

  32. Cris Azevedo

    -

    27/02/2011 às 22:52

    “Maginô” esse cara aqui, na terra da Bruna Surfistinha e das Globelezas da vida?

  33. FM

    -

    27/02/2011 às 22:46

    O que o Egito e o mundo podem esperar dessa Irmandade Muçulmana. Vocês tem certeza que é irmandade, mesmo? Satânica, então?

  34. gregório de matos

    -

    27/02/2011 às 22:42

    caipira mermo, 27/02/2011 às 17:42 disse:
    “Adorei isso de “a obediencia e a cooperação da mulher
    são um direito do homem”. Só não sei, como dizer isso
    aqui em casa.Tenho mulher,filhas e netas,então confesso,
    como dizer eu sei,não tenho é coragem.Doido sô!”
    Amigo caipira mermo, nunca lhe ocorreu que é o Brasil que pode estar com a sociedade deveras liberal? Nunca lhe ocorreu que o Brasil e a criação que você deu à suas filhas e que a sua esposa recebeu de seus pais estar deveras frouxa e sem princípiios?
    Ele pode ter exagerado, mas tirando os excessos, ele nao está compeltamente errado. E quem é cristão e tem princípios morais sabe que ele em linhas gerais, está certo. O problema é que muita gente na nossa sociedade, de raízes cristãs, nao honra suas raízes, ou as ignoram por completo. Não sabem nem oque seja valores cristãos. E quem não gosta de valores cristãos geralmente não gosta de valores muçulmanos, hinduístas, judaicos, prefere valor NENHUM.
    Tem muita gente que pensa que os anárquicos americanos, anárquicos brasileiros, anárquicos europeus são o único modelo de cultura que existe e todos devem abraçar esses valores. Ou não valores. Ou sabe lá o que sejam.

  35. Quartarollo

    -

    27/02/2011 às 22:12

    Bruno, ex goleiro do Flamengo e assassino da amante, deve ter lido todos os livros do chefão da Irmandade Muçulmana.

  36. Franklin Bronzo - Belo Horizonte

    -

    27/02/2011 às 22:02

    Para a Esquerda de todos os países, falou que é contra o “imperialismo americano”, é aliado…esse aí é mais um desses aliados…

  37. Kakau Bockman

    -

    27/02/2011 às 21:58

    Espero que deste o Lula não fique amigo!!!
    Está bem LONGEEEE….E ESPERO QUE FIQUE POR LÁ!!!
    VADE RETRO!!!

  38. Maria do Espírito Santo Gontijo Canedo

    -

    27/02/2011 às 21:49

    Todas as mulheres normais gostam de apanhar e de ler Nelson Rodrigues. Quanto ao Al Quarado ao sol do deserto, o problema menor que ele tem é não ter nenhum pendor literário, isso para não falar nos outros não-pendores. Democrático o Al Tarado! A tal “circunsição feminina” não é obrigatória, mas cada pai sabe o que faz, ou o que, na opinião do Al Tarado, deveria fazer.
    Não há nenhum deus como Alah!

  39. Alzira

    -

    27/02/2011 às 21:38

    E nó aqui pensando que esse mundo já estava por demais DOENTE…

  40. aNTONIO

    -

    27/02/2011 às 21:31

    VEJAM COMO SAO AS COISAS, ESSE IMBECÍL FALOU TODAS ESSAS BARBARIDADES EM SOLO AMERICADO, E PASMEM, CONSEGUIU SAIR DE LÁ, SAO E SALVO.
    Pois é, depois os petralhas ainda dizem que os americanos sao maus.

  41. lucia

    -

    27/02/2011 às 21:31

    Quanta barbaridade. E o mundo está louco, pensar que esse homem é moderado.Ou a mídia enlouqueceu?

  42. Heitor

    -

    27/02/2011 às 21:21

    Não me espantaria se o diretório do PT iniciasse a defesa da circuncisão feminina e a leitura do Corão.

  43. David Muniz

    -

    27/02/2011 às 21:20

    Reinaldo,
    Faltou o o pronunciamento do gigante Al Qaradawi em que ele diz que Hitler cumpriu um designio divino ao exterminar os judeus nos campos de concentração.
    Aqui vai o link do youtube: http://www.youtube.com/watch?v=HStliOnVl6Q
    Esse é o tipo de gente que lidera a Irmandade Muçulmana.

  44. Heitor

    -

    27/02/2011 às 21:11

    O que falta para o PT chegar a ser uma Irmandade Muçulmada é esse discurso aí. Nostradamus previu a eleição de Hugo Chavez ajudada por Lula e a aliança deles com o Oriente-Médio. O Clero jurista faz das suas e a Irmandade Muçulmana aprendeu como chegar ao poder com a tática populista petista. É isso. Nostradamus é fera!

  45. Heitor

    -

    27/02/2011 às 20:59

    Irã, Síria não têm dificuldades de eliminar literalmente a oposição, e a ONU esqueceu-se deles por causa dessa revolta. Quer dizer, matar oposição no Irã pode, porque a ONU não está nem um pouco interessada. Não vi ninguém chamar Ahmadnejad de genocida.

  46. Oswaldo

    -

    27/02/2011 às 20:57

    pois é Reinaldo, todo progressista sempre preza e/ou protege algum “regressita”, mesmo quando não tem ciência disso. Que os radicais fiquem de lado e que aqueles países encontrem a democracia, justiça e progresso…

  47. Perseus

    -

    27/02/2011 às 20:53

    Dêem uma boa surra de vara de salgueiro no couro desse árabe até ele chorar de tanto apanhar. Perguntem-lhe : Gostas ? Gostas ???
    De repente…ele gosta…gosta sim!
    A boneca ficou até alegrinha.

  48. Marcelo

    -

    27/02/2011 às 20:49

    Manchete do UOL: Gaddafi diz que Líbia está “calma” e desdenha da ONU.

    O cara surtou de vez…

  49. jonas /RS

    -

    27/02/2011 às 20:48

    Bem que eu disse que eles são masoquistas!!! Dizem que só as mulheres são,mas,o fato é que todos eles são. Ou o que justificaria povos de países que estão bem finaceiramente,como Barein (não sei onde fica o H)Tunísia quererem virar um Irã? E o Irã querer virar um barein,uma Tunísia? Eles querem é motivo pra sofrerem isso sim.

  50. Tutano

    -

    27/02/2011 às 20:48

    Mas dizem que ele é favorável ao casamento gay.

  51. jonas /RS

    -

    27/02/2011 às 20:44

    Com alguma diferença,eles admitem o que eu já tinha percebido: Trata-se de povos masoquistas. Ele disse que as mulheres gostam de apanhar apenas pra sofrerem. Mas,e os homens deles gostam de se imolarem por que? Pelo mesmíssimo motivo: Apenas para sofrerem. Ou seja,masoquismo…

  52. Heitor

    -

    27/02/2011 às 20:37

    O mundo ideal desse árabe é bem pior do que a mente simplória daquele sindicalista que pedia para avisar quando chegasse uma viúva no pedaço.

  53. Heitor

    -

    27/02/2011 às 20:30

    O PT perto da Irmandade Muçulmana é um parque de diversões infantil. Agora que aprenderam o caminho do poder. Nada os segurará. É triste ver que tanta gente pode se enganar. Mesmo Obama com todo aquele aparato militar e logístico.

  54. Perseus

    -

    27/02/2011 às 20:27

    Sim! É verdade, conforme alguém já observou lá embaixo: esse árabe descreve o mundo ideal conforme a mente do Dado Dolabela !

  55. Franklin Bronzo - Belo Horizonte

    -

    27/02/2011 às 20:24

    O Os(b)bama precisa se decidir : ou fica com a irmandade gay dos EUA ou fica com seus irmãos islâmicos da Irmandade Muçulmana. Porque essas duas opções são intrinsecamente conflitantes. Acaba de abandonar o apoio ao Marriage Act, lei que limita o casamento legal aos casais homem/mulher, em nome de sua visão universalista e “progressista”, sob o argumento de que essa lei, em vigor há muitos anos e jamais contestada por qualquer outro presidente, seria inconstitucional. Mas ele sabe perfeitamente que seus aliados islâmicos tratam o homossexualismo a chicote, forca e pedradas…Outra coisa que o Sr. Os(b)ama precisa definir : ou apoia a igualdade entre sexos e entre todos os cidadãos, presente na Constituição, ou segue os padrões impostos pela Sharia de sua “religião”, pelos quais a mulher é um ser de segunda classe, origem dos pecados dos homens e, apenas, um objeto para o prazer destes. Decida-se, Sheik, ou o feitiço poderá virar contra o feiticeiro, breve. Seus amados companheiros de turbante não mostram muita paciência com quem lhes desobedece as ordens…

  56. Antonio Carlos Novelli

    -

    27/02/2011 às 20:24

    Me desculpem os islâmicos, mas não passam de uns fanáticos ignorantes! Eu perguntaria a eles, “você bate em sua mãe?” não? mas lembrem-se sempre, que vocês, sairam de uma mulher!

  57. Heitor

    -

    27/02/2011 às 20:23

    Tremei, mulheres! Silvio Santos vai embora, e os outros vêm aí! Eu sou homem. Esttou tranqüilo.

  58. Heitor

    -

    27/02/2011 às 20:21

    Demétrio Magnoli 0 x 1 Reinaldo

  59. barbarah.net

    -

    27/02/2011 às 20:21

    Que essa doce criatura não apareça na minha frente…

  60. Heitor

    -

    27/02/2011 às 20:21

    O Datena disse que os muçulmanos têm Deus no coração. Imagine se não tivessem?

  61. Heitor

    -

    27/02/2011 às 20:19

    A irmandade muçulmana e o PT tudo a ver. Espancam a lógica e os valores com a mesma desenvoltura terrorista. Demétrio Magnoli deve uma explicação sobre seu discurso enaltecendo essa irmandade. Eles têm Deus no coração?

  62. Emmanuel

    -

    27/02/2011 às 20:08

    Vamos olhar pelo lado bom: esse cara tá ferrado quando chegar em casa pra dar explicação às 30 esposas e 60 sogras!!!

  63. Janine

    -

    27/02/2011 às 20:08

    Vc disse tudo … esse eh o ser que vai trazer a democracia para o Oriente Medio.
    Vai piorar tudo e para todos.

  64. Marcelo

    -

    27/02/2011 às 20:06

    Essas lideranças muçulmanas ditam regras comportamentais típicas da Idade Média. A questão é como lidar com gente tão atrasada em pleno século 21. Ainda faltam centenas de gerações para uma evolução aceitável em termos de direitos humanos. O mundo está de olho. Outra observação são as relações de poder entre os árabes. Eles ainda raciocinam e se organizam conforme os ditames de suas tribos de origem. Enquanto esse sistema político baseado em tribos perdurar não tenho muita esperança de que aquela gente alcance a civilização. E não me venham com esse papo de autodeterminação dos povos porque o que eles praticam é uma agressão sistemática aos direitos humanos, principalmente em relação as mulheres.

  65. anonimo

    -

    27/02/2011 às 20:05

    Que atraso, minha nossa.
    Machista é pouco!
    E o que essa gente acha de seu pai espancando a sua mãe?
    Normal?

  66. LIMA

    -

    27/02/2011 às 20:05

    REINALDO.
    ESSA GENTE, COM ESSA RELIGIÃO, DEVE TER SIDO DESEMBARCADA NA TERRA POR ALGUMA NAVE DE OUTRO PLANETA. NÃO DÁ PARA SUPORTAR, MESMO SENDO ATEU.

  67. luis

    -

    27/02/2011 às 19:57

    a estupidez humana é mesmo infinita. Esse cara é um doente mental!

  68. Márcia

    -

    27/02/2011 às 19:54

    Reinaldo, há anos falo isso : prefiro mil vezes os “gringos” do que a barbariedade dos que pregam isso aí em cima.
    Para os intelectuais, só a penúltima frase já acaba com qualquer argumento: se eles defendem os direitos humanos, não podem defender quem discrimina , de cara, a metade da população mundial. Não tem essa de cultura , religião, etc,etc. É barbariedade e atraso mesmo.

  69. Anderson Soares

    -

    27/02/2011 às 19:49

    Falam horrores dos americanos e dos EUA, mas vejam que algumas dessas porcarias e absurdos que esse imbecil falou foram proferidas em solo americano!. E nada aconteceu com esse idiota. Se eu fosse chefe da CIA, mandava prender esse cretino e jogaria em uma masmorra qualquer. Um imbecil desses faz mal à sociedade….

  70. bpistelli

    -

    27/02/2011 às 19:49

    Reinaldo, não se espera democracia de um país que desde o tempo das pirâmides nunca conheceu o regime no Egito.
    Não esiste uma oposição que tenha poder para monopolizar a política do país, eles não tem um PT e os religiosos de lá não têm um projeto de poder, até poderiam ter para um futuro remoto, a queda de Mubarak foi rápida e surpresa às irmandades muçulmanas ( existem sunitas ‘aliados de Bin laden’ e Xiítas inimigos da al-caeda e aliados do Irã ).
    O governo militar à Nasser, não democrata e sem repressão ditatorial, é uma transição de 1 ano para um governo eleito, podendo qualquer partido se organizar neste ano.
    OS AMERICANOS E ALIADOS EUROPEUS QUE FAVOREÇAM DEMOCRATAS LAICOS e até coalizão com religiosos para dar número no parlamento e indicar primeiro ministro ( se o governo novo for parlamentarista ). Se um rei for coroado, o faraó vai poder indicar o primeiro ministro eleito pelo povo, ele teria o direito de dissolver o governo em caso de impasses políticos e impediria uma nova ditadura, pois um rei não pode governar, é igual a um presidente parlamentarista.

  71. Raskol: tem comunista que adora apanhar. Eu conheço várias. Soco de comunista não dói para essas senhoras

    -

    27/02/2011 às 19:42

    Algumas comunistas bem malcriadas, daquelas que são capazes de lamber o chão onde fidel, kadafi e lullamanguaça cagam devem gostar muito de apanhar.
    Tenho certeza, conhecendo as cujas, que estão doidinhas por uma surra de fidel, de kadafi ou de qualquer outro orelhudo autoritário. Adorariam tomar uma surra como a purificação comunista. Seria para elas gozo só.

  72. zoot

    -

    27/02/2011 às 19:40

    Convidem ele para o carnaval carioca! Quem sabe assim ele sai do século 12 e vai para o 13!

  73. Célio Maia

    -

    27/02/2011 às 19:37

    Por aqui há uns foras-da-lei de raciocício até parecido com o desse fanático aí: simulacros de corregedores que interpretam o CPC conforme a própria tara, e consideram adequado arrancar as calças duma colega.

  74. Karla

    -

    27/02/2011 às 19:33

    E ainda há quem tenha ingenuamente comemorado a queda de Mubarak! Como se fosse a revolução iluminista fundada nos valores ocidentais liberais transmitidos pela Internet.
    Então, tá.

  75. Chris-SP

    -

    27/02/2011 às 19:31

    Reinaldo,
    Al Qaradawi é um insano, um mostro!! As utopias por ele pronunciadas demonstram que ele deveria ser colocado numa camisa de força. Ele deveria se auto-mutilar se ele recomenda tal prática. Deve ser porque pimenta nos olhos dos outros é refresco.

  76. Blumenau

    -

    27/02/2011 às 19:23

    Rei.
    Esse cara tem problema com mulher.Se ele é a favor da mutilação genital,poderia praticar nele próprio.Aquelas partes poderiam ficar num altar para seus seguidores rezarem para o bem da humanidade.Maldita ignôrancia e maldade.Saiu das trevas da idade média.Nessas horas agradeço ao Bush,pois teve dias que eu pensava que ele era doido.Mas foi um jeito de começar a dar ao mundo a chance de conhecer os tiranos que ainda vivem com pensamentos de destruição e dor.Caramba.Será que tem uma foto do lulla com mais desses idiotas?São esses tipos que ele prefere na lista de amigos.

  77. Mariazinha

    -

    27/02/2011 às 19:20

    Onde estão as feministas barraqueiras da esquerda ruminante?

  78. Donata Barros

    -

    27/02/2011 às 19:11

    Reinaldo, me permita colocar aqui, reportando à declaração do senhorzinho aí do seu comentário sobre tomar a Europa, o que Bento XVI já vem sinalizando:
    “Sinais de descristianização na Europa
    Bento XVI manifestou hoje a sua profunda preocupação com o considera serem “sinais evidentes de descristianização” na Europa e no mundo, elencando entre estes sinais situações como a crise do matrimónio e da família, o aumento dos divórcios e dos abortos ou a possibilidade de união entre pessoas do mesmo sexo.
    Recebendo no Vaticano os Bispos da Suíça, em visita “ad limina”, o Papa referiu que “o avanço da secularização e do relativismo comporta não só uma diminuição na frequência dos Sacramentos, sobretudo da participação na Missa dominical, mas também o pôr em discussão dos valores morais propostos pela Igreja”. Foi neste contexto que Bento XVI se referiu, em concreto, à “profunda crise da instituição do matrimónio e da família, o crescente número de divórcios, os numerosos abortos, a possibilidade de união entre pessoas do mesmo sexo”, como “sinais evidentes de descristianização”.
    “Muitos dos nossos contemporâneos vivem como se Deus não existisse”, sublinhou Bento XVI, convidando os Bispos suíços a transmitirem com crescente vigor “a Palavra de Deus e a mensagem cristã”, pedindo ainda “unanimidade” nas tomadas de posição sobre questões teológicas e morais.
    O Papa lamentou que alguns católicos se “arroguem o direito de escolher, em matérias de fé, os ensinamentos que, segundo eles, são admissíveis e os que podem ser recusados”. Os problemas litúrgicos e a crise de vocações sacerdotais foram outros temas abordados neste encontro.

    NOTA: A sala de imprensa da Santa Sé esclareceu, após ter publicado este discurso, que o mesmo acabou por não ser proferido pelo Papa, que falou de improviso aos Bispos Suíços. O discurso publicado pela Santa Sé estava preparado já desde 2005, altura em que decorria a visita “ad limina” do episcopado da Suíça, interrompida pela progressiva deterioração da saúde de João Paulo II. Por isso, onde se lê Bento XVI, deve ler-se João Paulo II, o Papa que deveria ter proferido este discurso.” http://www.agencia.ecclesia.pt/cgi-bin/noticia.pl?id=38931

  79. beaujolais

    -

    27/02/2011 às 19:10

    Falei com minha mulher sobre o prazer que certas esposas egípcias têm ao apanhar do marido e acabei almoçando pão e ovo frito!

  80. dailha

    -

    27/02/2011 às 19:10

    Parabéns por tentar abrir os olhos de alguns “jornalistas” ingênuos, pois não os acreditaria mau intencionados…

  81. AC PERALTA

    -

    27/02/2011 às 19:05

    Infelizmente este parece ser o destino manifesto das repúblicas islâmicas árabes. No lugar de ditadores sanguinários, clérigos retrógrados e fundamentalistas, seguindo o exemplo da república dos aiatolás atômicos fanáticos. Se é ruim como está, pode ficar muito pior.

  82. Donata Barros

    -

    27/02/2011 às 19:05

    Bem podia ser pecado mortal, na religião desses arremedos de humanos, procriar!
    Mas garanto que eles gostam, e muito!

  83. RODS

    -

    27/02/2011 às 19:04

    REI.

    ENQUANTO NO BRASIL, HÁ UM MONTE DE IDOTAS ENDEUSANDO A TAL IRMANDADE MUÇULMANA – COMO FIZERAM COM O APEDEUTA E FAZEM COM A FARSANTE BÚLGARA – SEM SE PRECATAREM COM O HISTÓRICO DESSA MALTA DE FANÁTICOS ASSASSINOS.

    É TRISTE ASSITIR AOS JORNALÕES ONDE INFORMAÇÕES TÃO BÁSICAS E DE AMPLO CONHECIMENTO FORAM SUPRIMIDAS DO POVÃO. O PIOR É QUE, QUANDO A BOMBA ESTOURAR, COMO NO VIETNAM E IRÃ, ELES FINGIRÃO QUE NADA SABIAM E/OU FIZERAM PRA AJUDAR A DETONÁ-LA.

    Rods

  84. Emmanuel

    -

    27/02/2011 às 19:02

    Parece um vilão de filme B, o sonho do cara é dominar o mundo e ele acha que algumas mulheres gostam de apanhar do marido.É uma mistura de Vingador(da caverna do dragão) com Dado Dolabella.

  85. zoot

    -

    27/02/2011 às 19:02

    Não tem como trazer alguém que ainda se encontra no século 12 para o 21 !!!!!

  86. Heloísa

    -

    27/02/2011 às 18:58

    “O nível da espécie humana não se eleva”
    (Nietzsche)

  87. AC

    -

    27/02/2011 às 18:57

    É o Nelson Rodrigues islâmico. Só que esse não tem a menor graça.

  88. Fernando

    -

    27/02/2011 às 18:57

    Ouvi dizer que a media de filhos por casal fertil muçulmano na Itália chega a oito. Com isso, em duas gerações aqueles imigrantes serão quinze vezes mais numerosos e, em tres gerações, 61 vezes mais.
    Para conquistar Roma sequer precisa esperar por três gerações. Será o triunfo da Idade Média.

  89. Cruzado

    -

    27/02/2011 às 18:43

    Sempre fui contra o George Bush ter invadido o Iraque e o Afeganistão. Melhor dizendo SÓ o Iraque e o Afeganistão. Deveria ter invadido também a Síria e o Irã. Agora incluo o Egito na lista.

  90. Almirante Kirk

    -

    27/02/2011 às 18:33

    Depois,PASMEM,há aqueles que simpatizaram e continuam a simaptizar com o genocida açougueiiro de Bagdá,Sadam Hussein!Sadam,para estes,era um príncipe,uma flor da humanidade;já o guerreiro George W. Bush,libertador do Iraque e do Afganistão,é um sapo,um espinho da humanidade!
    Esperar o quê de indivíduos que pensam com a parte final de seus instestinos,não é mesmo?!Pois é…

  91. pinkshit

    -

    27/02/2011 às 18:32

    Ele tem um jeitinho delicado!

  92. Almirante Kirk

    -

    27/02/2011 às 18:26

    “Depois da libertação do Iraque, faltará conquistar Roma. Isso significa que o Islã vai retornar à Europa pela terceira vez. Vamos conquistar a Europa. Vamos conquistar a América”.
    (Discurso a jovens muçulmanos feito em Toledo, nos EUA, em 1995)

    Espero que agora,depois destas palavras,os ácidos críticos e demais ignorantes que escrevem e abrem a boca para criticar e acusar as Santas Cruzadas,tachando-as com epítetos dasairosos e inadequados,porque falsos,empreendidas pelos cristãos europeus para expulsar o invasor árabe,cujas presenças invasoras na Europa duraram séculos,repensem sobre as estultices escritas e vocalizadas sobre este assunto!

    Os bravos e heróicos católicos,que fizeram frente aos árabes invasores,têm páginas gloriosas registradas pela história,ou seja,pelos FATOS históricos!
    Espero que,desta feita,não fiquem escondidos em casa,quais velhas doentes,esperando MAIS UMA VEZ pelos bravos guerreiros católicos!Que desta feita,também,os não-católicos e mesmo anticatólicos ocidentais mostrem a cara,apresentando-se,como voluntários,para morrer,se preciso for,em nome da Liberade e das conquistadas feitas com labor,amor e sacrifícios pelos ocidentais católicos,dentre outros,de outras religiões e crenças,a exemplo do que fez,a alguns séculos, o glorioso guerreiro católico chamado Ricardo Coração de leão*,dentre outros heróis católicos,para assim peitar,até a morte,o velho inimigo – inimigo,este,que teima em repetir as loucuras passadas!
    * http://heroismedievais.blogspot.com/search/label/Ricardo%20Cora%C3%A7%C3%A3o%20de%20Le%C3%A3o

  93. Almirante Kirk

    -

    27/02/2011 às 18:24

    “Depois da libertação do Iraque, faltará conquistar Roma. Isso significa que o Islã vai retornar à Europa pela terceira vez. Vamos conquistar a Europa. Vamos conquistar a América”.
    (Discurso a jovens muçulmanos feito em Toledo, nos EUA, em 1995)

    Espero que agora,depois destas palavras,os ácidos críticos e demais ignorantes que escrevem e abrem a boca para criticar e acusar as Santas Cruzadas,tachando-as com epítetos dasairosos e inadequados,porque falsos,empreendidas pelos cristãos europeus para expulsar o invasor árabe,cujas presenças invasoras na Europa duraram séculos!

    Os bravos e heróicos católicos,que fizeram frente aos árabes invasores,têm páginas gloriosas registradas pela história,ou seja,pelos FATOS históricos!
    Espero que,desta feita,não fiquem escondidos em casa,quais velhas doentes,esperando MAIS UMA VEZ pelos bravos guerreiros católicos!Que desta feita,também,os não-católicos e mesmo anticatólicos ocidentais mostrem a cara,apresentando-se,como voluntários,para morrer,se preciso for,em nome da Liberade e das conquistadas feitas com labor,amor e sacrifícios pelos ocidentais católicos,dentre outros,de outras religiões e crenças,a exemplo do que fez,a alguns séculos, o glorioso guerreiro católico chamado Ricardo Coração de leão*,dentre outros heróis católicos,para assim peitar,até a morte,o velho inimigo – inimigo,este,que teima em repetir as loucuras passadas!
    * http://heroismedievais.blogspot.com/search/label/Ricardo%20Cora%C3%A7%C3%A3o%20de%20Le%C3%A3o

  94. Anônimo

    -

    27/02/2011 às 18:23

    No mundo árabe cachorros são mortos a pedradas porque são considerados impuros por essa seita, que eles chamam de religião. Não é ofensa, mas essa gente parou no século 12, se muito !

  95. Rolando

    -

    27/02/2011 às 18:23

    Cuba é um bom exemplo de que o que vem depois de uma ditadura além de não ser uma democracia pode ser uma ditadura pior ainda, mas infelizmente muita gente não parece interessada em analisar e se basear em fatos.

  96. Anônimo

    -

    27/02/2011 às 18:18

    off topic
    O gráu de civilização de um povo pode se medir pelo nível de ruído que ele produz. Quanto mais ruído, menos culto e mais indigência intelectual. Povos educados e civilizados produzem o mínimo de ruído possível, pois isso é qualidade de vida. Eu conheço dezenas de países pelo mundo afora e acho o povo brasileiro um dos mais ruidosos do mundo. Não preciso falar mais nada!!! Se no básico é um lixo , vai ser “perfeito” em coisas complexas? Nunca!

  97. Solange Spilimbergo Volpe

    -

    27/02/2011 às 18:17

    Esse ser é só mais um daqueles abortos da natureza.
    Não entendo como em pleno século XXI ainda se permite proliferar essas verdadeiras bestas.

  98. Sandra

    -

    27/02/2011 às 18:15

    O fato é que Kadafi já era (tarde). Em vez de ficar pensando como ele provavelmente é melhor do que o que está por vir, é melhor enfrentar o próximo.

  99. Sandra

    -

    27/02/2011 às 18:07

    “Pode até haver algumas mulheres que não concordem em apanhar do marido e vejam a punição como humilhação. Muitas mulheres, porém, gostam de apanhar e consideram adequado que o marido bata nelas apenas para fazê-las sofrer”

    Provavelmente, a mãe dele é uma delas.

  100. nana

    -

    27/02/2011 às 18:07

    Quando pensamos já ter visto/lido/ouvido de tudo aparecem estes seres abjetos evacuando suas insanidades.

  101. esther correa

    -

    27/02/2011 às 18:05

    Oi tio Reizinho
    Depois destas falas parece-me que os egípcios ainda sentirão, no futuro, que eram felizes e não sabiam. Diga-se o mesmo do povo da Líbia. Do restante não tenho idéia, parece que a situação é menos ruim que estas.

  102. Marcelus G. Zalotti

    -

    27/02/2011 às 18:02

    Acho engraçado como amplos setores da esquerdaiada se sntem com tantas pedras para tacar no cristianismo em geral e no catolicismo em particular, e tão poucas para tacar no ardicalismo muçulmano que pragueja o Oriente. Ah, sim, é porque eles são anti-americanos, portanto…

  103. Cidadão

    -

    27/02/2011 às 18:00

    Prezado General Azevedo, boa noite,
    SAUDAÇÕES RUBRO NEGRAS!!!!!
    É NÓIZ, GENERAL, É NOIZ.
    PELA DÉCIMA NOVI VEIZ…É NÓOOOOOOOOOOOOIZ, AMIGO DE ARMAS!!!!!
    MENGÃO CAMPEÃO DA TAÇA GUANABARA 2011.
    Saudações rubro negras!!!!!
    Abraços,

  104. Marcelo

    -

    27/02/2011 às 17:58

    É a pura realidade. Parece que os árabes vão trocar seis por meia dúzia. Sai um fascínora e entra um débil mental e louco.
    Tenho pena das mulheres muçulmanas na mão desses malucos.

  105. ana

    -

    27/02/2011 às 17:58

    “”Roger Fischmann “” das 17:10 .
    voce disse o que eu ía dizer.

    -

  106. ioca100

    -

    27/02/2011 às 17:57

    Quão evoluídos e humanos são os pensamentos dos árabes. Eles são petralhas.

  107. Melissa

    -

    27/02/2011 às 17:52

    Homens que praticam/defendem a violencia contra as mulheres, na verdade teem um grande medo das mesmas. No fundo, uma inveja abismal. Homens que nao apreciam as mulheres sao apenas seres frustrados e com orientacoes sexuais duvidosas … deveriam assumir sua homosexualidade e pronto. O mundo seria mais feliz!

  108. ana1973

    -

    27/02/2011 às 17:45

    Al Qaradawi, o chefão da Irmandade no Egito só pode ser um doente, tarado e pervertido.Entendo as questões antropológicas, mas a antropologia das sociedades complexas mostra também que a civilização avançou e não se admite mais a violência do homem contra a mulher.

  109. caipira mermo

    -

    27/02/2011 às 17:42

    Reinaldo
    Adorei isso de “a obediencia e a cooperação da mulher
    são um direito do homem”. Só não sei, como dizer isso
    aqui em casa.Tenho mulher,filhas e netas,então confesso,
    como dizer eu sei,não tenho é coragem.Doido sô!

  110. Daniel Pissetti Machado

    -

    27/02/2011 às 17:41

    Agradeça a qualquer Deus que seja pela sua alma inconquistável. ;=)

  111. Hadriel

    -

    27/02/2011 às 17:40

    Resumindo: é um bárbaro!!

  112. CW

    -

    27/02/2011 às 17:29

    “Depois da libertação do Iraque, faltará conquistar Roma. Isso significa que o Islã vai retornar à Europa pela terceira vez. Vamos conquistar a Europa. Vamos conquistar a América”. Que MEDA!
    Me parece que três cruzadas não foram suficientes! Esse cara foi demitido de uma padaria, vivia queimando o rosca!

  113. Prof Helena

    -

    27/02/2011 às 17:29

    Se com esses pensamentos, ele é considerado moderado, fico imaginando o que pensam os radicais. Século XXI e alguns ainda vivem nas cavernas!

  114. marcel

    -

    27/02/2011 às 17:24

    Reinaldo, essa gente não vale a comida que come.
    Pode ter certeza.

  115. Aprendiz de Lógico

    -

    27/02/2011 às 17:18

    Realpotik para o futuro: desertificar e transformar o Oriente Médio e o Magreb em um destino turístico do Ocidente, após o fim do inverno nuclear local. rs

  116. Roger Fischmann

    -

    27/02/2011 às 17:10

    Reinaldo, não tenhamos ilusões, ainda vamos assistir em algum momento Al Qaradawi, abraçado ao Lula, seu mais novo querido e fraterno amigo.

  117. Alice

    -

    27/02/2011 às 17:06

    Asssutador! Roteiro digno de um filme de terror. Estou começando a acreditar que isso tudo vai se materializar em 2012.

  118. ricardo

    -

    27/02/2011 às 17:04

    “Discurso a jovens muçulmanos feito em Toledo, nos EUA, em 1995″….e eles falam isso dentro dos States mesmo, que, num rasgo de debilidade e idiotice democráticas, permitem algo assim dentro do seu próprio pais sem pedir maiores explicações…

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados