Eu bem que avisei, né, queridos coxinhas? E agora? Vai haver juiz e procurador em ato “Fora Jorge Viana, viva a PEC do teto”?

Há meses venho alertando aqui para o destrambelhamento que tomou conta do debate político e das instituições. Os ignorantes e cretinos perderam completamente a modéstia

É chato dizer “Eu bem que avisei”? Pode ser.

Eu bem que avisei.

Há meses venho alertando aqui para o destrambelhamento que tomou conta do debate político e das instituições. Os ignorantes e cretinos perderam completamente a modéstia. E estimulam a ação de, como direi?, imperadores de si mesmos, como Marco Aurélio, o de Brasília, que jamais escreveria algo como “Reflexões”.

Não pensem que agiu sem cálculo.

É claro que ele sabe que está violando a Constituição.

É claro que ele sabe que está violando a lei que regula a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental.

É claro que ele sabe que está violando o Regimento Interno do Supremo.

Mas ele sabe bem mais do que isso. o afastamento de Renan Calheiros, cobrado nas minguadas manifestações de domingo, virou, falemos assim só para efeitos didáticos, uma “pauta da direita”, certo?

Não era dela originalmente, mas do Ministério Público Federal e das associações de juízes, que adoram um regime de transparência, menos no que respeita ao pagamento de supersalários. Já o MPF, como se sabe, não aceita nada que não seja o poder absoluto.

Marco Aurélio é safo e sabe mais do que isso. O afastamento de Renan também é do agrado das esquerdas, em especial do PT, que, caso assuma o comando da Casa, já tem uma pauta: barrar a votação da PEC do Teto, criando graves dificuldades adicionais para o governo.

Não sei se os que foram às ruas no domingo acordaram do seu delírio. Não sei se começam a perceber agora que existe algo mais no Brasil que a pauta ligada à polícia. Enquanto os Savonarolas se esgoelam por aí, há, sim, quem se ocupe de fazer política. Marco Aurélio, por exemplo.

O ministro, como seus amigos magistrados, não gosta da PEC do Teto. Oriundo da Justiça do Trabalho, também não gosta da reforma da Previdência. Mesmerizados pelos interesses corporativistas de juízes e procuradores, os movimentos foram às ruas pedir o “Fora Renan” sem atentar para as consequências objetivas.

Mas isso ainda é o contingente. Há a questão de fundo. Alguns tolos se deixam comandar por oportunistas, ignorando que não existe democracia fora do fortalecimento das instituições e do cumprimento da ordem legal.

Eu já havia cantado essa bola aqui. Os estatistas estão conseguindo implementar a sua pauta com o auxílio de inocentes úteis. Se triunfar a solução Jorge Viana, a PEC do Teto, sem trocadilho, subirá no telhado por um bom tempo. É a contribuição de Marco Aurélio para tentar inviabilizar o governo Temer.

Quem sabe alguns movimentos de rua descubram agora que existe algo mais no país além dos interesses corporativistas de procuradores e juízes.

Eu bem que avisei.

Perguntem agora a São Dallagnol e a São Sergio Moro o que fazer com a PEC do Teto…

Ou alguém pensa em contar com a colaboração de procuradores e juízes para fazer a marcha “Fora Jorge Viana”?

Ah, sim: eu bem que avisei!

Que tal deixar as questões de polícia para a polícia e pensar um pouco na política?

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Donald Trump

    A votação da “PEC do Teto” foi marcada em acordo de líderes. Ocorrerá na data prevista, seja lá quem for o presidente. Só não vê isso quem não quer, ou torce contra.

    Curtir

  2. O BRASIL está ‘pobre’ é de LÍDERES NATOS, HIERARQUIA E DISCIPLINA..
    Para os Ladrões, Assassino, Embusteiros,Usurpadores, caloteiros e espertalhões; BRECHAS NA LEI,FILIGRANAS, PRAZOS, REVISÃO DE PENAS INDULTOS DIA DAS MÃES,PAIS,NATA; e para O CIDADÃO HONESTO: OS RIGORES DA LEI……

    Curtir

  3. Loide Sanches Varroni

    Eu publiquei que não ia na passeata, tanto para o “Vem pra Rua, como para o MBL”, pedi para desistirem, quase implorei. Fui criticada pela “Direita” e pela “Esquerda”, chamada de “sem noção”, comunista, entre outros. A maioria das pessoas que vão nas passeatas não acompanham a política, mas o noticiário. É uma pena! Não fui ouvida e, infelizmente, eu estava certa. O PT dá nó em pingo d”água e o pessoal ainda não aprendeu.

    Curtir

  4. Daniel De Freitas

    Como devemos aceitar um bandido na presidência do Senado porque seu substituto é tão ruim quanto ele? Tem que aparecer alguém que não seja bandido. Fora Renan

    Curtir

  5. Tito Chertoff

    Pare com isso de coxinha e mortadela; a verdade é que geral é pamonha mesmo.

    Curtir

  6. Henrique Pereira

    Nós abrimos o olho do collor de toga, vermelho de vergonha.

    Curtir