Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Déficit público atinge pior resultado desde 2001

Só a Previdência Social teve um rombo de R$ 13 bilhões no mês passado. No trimestre, o déficit do INSS já acumula R$ 40 bilhões

O setor público, formado pela União, Estados e municípios, registrou deficit primário de R$ 11 bilhões em março, o pior resultado para o mês desde 2001, quando começou a atual série histórica do Banco Central. No acumulado do ano, porém, o resultado é positivo em R$ 2,1 bilhões, uma melhora na comparação com o primeiro trimestre de 2016, quando houve um deficit de R$ 5,7 bilhões. Um dos setores que mais contribuíram para as contas terem fechado no vermelho em março foi a Previdência Social, que teve um rombo de R$ 13 bilhões no mês passado. No trimestre, o déficit do INSS já acumula R$ 40 bilhões.
No acumulado de 12 meses encerrados em março, as contas do setor público mostraram deficit de R$ 147,8 bilhões, ou 2,34% do PIB. A meta fixada na lei orçamentária para este ano é um deficit de R$ 143,1 bilhões.
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Alexsandro Vieira

    Mais uma vez esta greve é o que mesmo?

    Curtir

  2. Os cartéis e sindicatos compraram com dinheiro sujo os políticos com a omissão dos agentes da lei. Em troca os políticos e o Judiciário aprovaram salários, benefícios e aposentadorias imorais para uma minoria de funcionários públicos que assaltam o Estado em nome da lei. 97% dos promotores de SP ganham acima do teto,que já é muito alto para os padrões dos países ricos.
    Esses sanguessugas precisam ser processsados e punidos na esfera civil e criminal. Tem que devolver o que roubam. Também é preciso investigar a atuação do Ministro Fux que está segurando um processo para acabar essa imoralidade no Judiciário do Rio.

    Curtir