Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

D. Odilo, este sim, fala pela Igreja de Deus, que preza os homens!

Na Folha: O arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, disse que a operação desencadeada na cracolândia neste início de ano é um “presente” para a cidade. Ele considerou como necessária a intervenção da Polícia Militar. “Eu fico feliz que, neste ano, o aniversário da cidade possa ser coligado com este fato, com este […]

Na Folha:
O arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Pedro Scherer, disse que a operação desencadeada na cracolândia neste início de ano é um “presente” para a cidade. Ele considerou como necessária a intervenção da Polícia Militar.

“Eu fico feliz que, neste ano, o aniversário da cidade possa ser coligado com este fato, com este presente à cidade”, disse. “Que o aniversário de 2012 possa ficar marcado por essa intervenção numa ferida. Nunca uma intervenção numa ferida é indolor, mas que seja para sua cura, para sua superação.” São Paulo completa 458 anos na quarta-feira que vem.

O religioso visitou ontem as obras do Complexo Prates, centro que atenderá dependentes, ao lado do prefeito Gilberto Kassab (PSD).
(…)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Aspilcueta

    Sei não, o mensalão está prestes a prescrever. O zezeco tá deitando e rolando sobre as capas pretas dos onze lá em Brasilia.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Rei, você disse tudo: “D. Odilo, este sim, fala pela Igreja de Deus, que preza os homens!”
    Quanto ao padre de passeata, o histórico de vida deixa claro as reais intenções e a quem serve: Vade retro encardido!!!

    Curtir

  3. Comentado por:

    Marcio

    Comentário de quem vê o obvio e não é político.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Leniéverson Azeredo Gomes

    Hilda, o Reinaldo postou isso e, se eu não me engano o Jornal da Band, tbm!

    Curtir

  5. Comentado por:

    Christiane Rebola

    Rei, Parabéns para D.Odilio !!!! Tb gostaria de ver alguma entrevista de familiares dos drogados , conhecer sua história.

    Curtir

  6. Comentado por:

    Pedro Lázaro

    Realmente a hipocrisia dos homens chegou no seu limite.

    Curtir

  7. Comentado por:

    Tuca

    Difícil mesmo é ter que escutar o L.Boff dizendo que o Lula foi o maior presidente que o Brasil já teve, em entrevista na rede TV.
    Parabens D.Odilo.

    Curtir

  8. Comentado por:

    J.Batista dos Santos

    Que bela manisfestação de D.Odilo.Demonstrou nessa atitude o quanto é gente e verdadeiro. Que sirva de aprendizado para o Pde. Lancelloti parar definitivamente de fazer onda em passeatas de cunho meramente politico.

    Curtir

  9. Comentado por:

    Prof. Yuri Brandão (Maceió)

    Prezado AZEVEDO:
    Permita-me discordar e, em certa medida, criticar.
    O apoio de Odilo Scherer à operação da PM é, sem dúvida, louvável, embora só possamos admitir isso de um sacerdote sério. Portanto, a declaração dele, além de óbvia, é o mínimo.
    Mas daí a falar pela Igreja de Deus temos um abismo. Quem se portou como ele no tratamento dado ao “Cansei” e ao “Grito dos Excluídos” — você até escreveu a respeito na época — não fala pela Igreja de Deus. Menos ainda quando presta favores vários a comunistas!
    O fato é que esse senhor já está excomungado de fato, e nesse sentido o “Decretum Contra Communismum” não deixa margem para dúvidas.
    Não pode falar pela Igreja de Deus quem a pretende, anulando-a, revolucionária, além da aberta e reiterada desonestidade intelectual no trato com os princípios e valores contrários (e não podem ser de outro modo) aos interesses esquerdistas.
    Por ora é isso. Abraço

    Curtir