Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Câmara conclui votação de projeto que muda regra do pré-sal

Texto vai agora à sanção do presidente Michel Temer

No Portal G1:
A Câmara dos Deputados concluiu na noite desta quarta-feira (9) a votação do projeto de lei que muda as regras de exploração do petróleo do pré-sal. O texto já passou pelo Senado e segue agora para sanção do presidente Michel Temer.

Na Câmara, o texto-base foi aprovado no dia 5 de outubro em uma sessão bastante tumultuada, mas ficou pendente a análise de destaques (sugestões de alteração ao texto original). Uma parte foi apreciada no dia 24 de outubro, mas ficaram faltando dois, que foram votados e rejeitados nesta quarta.

A proposta, defendida pelo governo, desobriga a Petrobras a participar de todos os consórcios de exploração do pré-sal.

Pela lei vigente, a Petrobras atua em todos os consórcios de exploração de blocos licitados na área do pré-sal com um mínimo de 30% de participação na qualidade de operadora, a quem cabe conduzir a execução direta ou indireta de todas as atividades de exploração e produção.

A proposta aprovada no Congresso Nacional estabelece que a Petrobras poderá estabelecer aqueles campos nos quais terá interesse em participar dos consórcios de exploração.
(…)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    Roberto

    É o Temer aumentando a concorrência e atraindo investimentos e criando empregos.

    Curtir

  2. Comentado por:

    Inides

    Essa era a galinha dos ovos de ouro que o Sapão comprou boa parte dos brasileiros com a ilusão que estávamos salvos. É um recurso a ser usado para suprir lacunas na área de energia. Mas é muito dispendiosa para ser explorada. Além das jazidas serem muito profundas é necessário equipamentos especiais e mais caros.
    O Sapão fez uma festa maior que o acontecimento merecia. A consequência foi a gastança que os estados e municípios fizeram ser ter avaliação correta do verdadeiro valor. O Rio de Janeiro é um deles. Gastaram por conta de um ganho que não sabiam o valor real. Por conta disso, não só o Rio está como a grande maioria. Houva a divisão dos royalties para todos os municípios e isso fez o olho crescer. A farra começou antes da hora e a ressaca causa dor de cabeça até agora.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Nelson André Hofer de Carvalho

    O mundo desenvolvido está pesquisando fontes alternativas de energia. Carros, por exemplo, elétricos.
    A ciência está evoluindo a passos largos. O que antes durava uma ou duas décadas, agora já é para daqui um ano no máximo.
    Os governos brasileiros e a Petrobrás, por consequência, está no caminho errado.
    Deveria investir em outras áreas, deixando o petróleo em segundo plano (não quer dizer ‘sem importância’).
    Estamos investindo em coisas que daqui a 5 ou 10 anos não terá mais o valor comercial esperado.
    O barril do petróleo vai despencar e todo o dinheiro de impostos investidos nesta barca furada vai acabar no ralo.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Carvalho da Font’Seca

    Ora! Que surto de medidas corretas vem acontecendo neste governo do Presidente Michel Temer! Já estou recomeçando a gostar de ser brasileiro!

    Curtir

  5. Comentado por:

    Carvalho da Font’Seca

    É! Desconstruindo as besteiras inventadas pelo apedeuta que de pelego, transformou-se, para a desgraça do Brasil, em presidente da república!

    Curtir