Até quando o resultado de um jogo de futebol poderá ser definido por idiotas ou por ladrões?

Não é raro que o resultado de um jogo de futebol seja definido por um erro do juiz. Menos frequente é que dois erros influam no placar. Três, então… E quatro? Quase ninguém viu antes. E foi isso a que se assistiu na noite desta quarta-feira, no confronto entre Corinthians e Boca Juniors pelas Oitavas […]

Não é raro que o resultado de um jogo de futebol seja definido por um erro do juiz. Menos frequente é que dois erros influam no placar. Três, então… E quatro? Quase ninguém viu antes. E foi isso a que se assistiu na noite desta quarta-feira, no confronto entre Corinthians e Boca Juniors pelas Oitavas de Final da Libertadores, no Pacaembu. Um, dois, três, quatro erros! Dois gols legítimos foram anulados porque bandeirinhas diferentes apontaram impedimentos que não existiram. Dois pênaltis evidentes, um deles escancarado, não foram marcados pelo juiz paraguaio Carlos Arecio Amarilla Demarqui.

Os quatro erros não foram irrelevantes. A sequência foi especialmente perversa. Anulado o primeiro gol legítimo do Timão, o Boca marcou o seu no minuto seguinte. Veio o empate, mas não era o bastante, já que o Corinthians tinha perdido o de ida. O placar verdadeiro: 3 a 1 para o Timão, o que lhe teria permitido passar para a fase seguinte. O placar potencial: 5 a 1. O placar oficial: 1 a 1, e o Boca foi para as quartas.

Não, o Corinthians não fez um jogo brilhante, como leio aqui e ali ou ouvi na TV. E daí? Isso, por acaso, teria feito alguma diferença? Com brilho, esperavam o quê? Que o Timão tivesse marcado, sei lá, pelo menos sete gols, para que o juiz, roubando quatro, não conseguisse, ainda assim, desclassificar o time? Tenham paciência! Essa conversa é descabida. Insistir nela é desconsiderar o atraso em que o futebol continua mergulhado.

Afinal, para que servem o juiz e seus auxiliares? Até onde sei, para impedir injustiças; para garantir o cumprimento das regras. Não há nada mais estúpido do que essa conversa de que erros de arbitragem fazem parte do espetáculo. É mais ou menos como dizer que as injustiças tornam a vida em sociedade mais atraente e interessante.

É claro que não espero que cada lance de falta seja decidido por um olho eletrônico. Mas é absolutamente inaceitável que um erro do juiz — dois, três ou quatro — inverta o resultado de um jogo e arranque da competição o time que venceu.

Emocionante a reação da torcida ao fim do jogo, aplaudindo o esforço do time, que, embora oficialmente derrotado, venceu a partida por três a um — cinco a um no placar potencial.

Vamo, vamo, meu Timão
Não para de lutar!

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Comentado por:

    José

    Eu sou palmeirense e acho que o Corinthians foi ROUBADO SOLENEMENTE no jogo contra o Boca. A diretoria não vai fazer nada ?

    Curtir

  2. Comentado por:

    bpistelli

    O juiz viu encenação em um dos pênaltis, o jogador já estava caindo quando a mão do argentino encostou, iria cair de todo jeito, ainda bem que o juiz não deu o cartão amarelo.

    Os gols foram bolas que partiram quando o jogador estava na mesma linha OU impedido, só a câmera de televisão permite a visão do momento ( condição legal, mesma linha ) e os juízes brasileiros foram nos últimos anos MUITO BONS PARA O CORINTIANS, JUÍZES CORINTIANOS que APITARAM PENAIS FORA DA ÁREA ( jogo do Corintians x Grêmio no campeonato brasileiro do ano passado, segundo turno ), os erros a favor do “timão” foram mais numerosos que os contrários, os jogadores do São Paulo nem podem RELAR NOS JOGADORES do corintians que o juiz já dão “yellow card” cartão amarelo e pendurados não podem brigar pela bola ou CHUVEIRO JÁ…

    O juiz Amarilha é Paraguaio e não é corintiano nem do Boca e poderia ter metido a mão no outro time se jogasse mais, o Boca Juniors ficou o tempo todo na defesa e fez o primeiro gol quando o Corintians reclamou do gol anulado e a jogada casual, bola com efeito de Riquelme e de longe, entrou no gol, a linha corintiana estava avançando para fazer linha de impedimento. O CHICÃO perdeu um gol feito em uma bola rebatida, chutou longe, outra foi na trave e isto eu vi no UOL, não sou corintiano e não acompanho os jogos, SE O JOGO FOI ROUBADO não dá para dizer, há lances infelizes e juiz ruim mal juiz e não juiz mau.

    Curtir

  3. Comentado por:

    Leandro

    O Corinthians ainda tem muito débito. Pode ser roubado ainda umas dez vezes até conseguir pagar o estrago que as arbitragens favoráveis a ele já causou no futebol brasileiro.
    O Amarilla (ou a Commebol) realizaram um pequeno desagravo à grande maioria da população brasileira.

    Curtir

  4. Comentado por:

    Renato

    Reinaldo, meu Rei, agora a paixão venceu a sua razão! Aproveitem todos já que é raro tio Rei escrevendo bobagem! (É demais ver corintiano reclamando de arbitragem!)

    Curtir

  5. Comentado por:

    DANIEL

    ultimamente todos os grandes times de São Paulo estão reclamando de seus ídolos: o São Paulo reclama do Luíz Fabiano, os palmeirenses de Valdívida e os corintianos… do juiz…

    Curtir

  6. Comentado por:

    Roberto K.

    Eu gostaria muito que todos nós usássemos melhor toda essa energia e entusiasmo pelo futebol para cobrar mais dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário o estrito cumprimento das Leis. Daí então, poderíamos ter um país bem melhor e tempo para desperdiçar com futebol.

    Curtir

  7. Comentado por:

    jose rodrigues dias

    isso não é Juiz é um canalha, devi ser afastado para sempre do futebol. eu tenho certeza, o que ele fez, foi de proposito, deve ter levado uma grana preta. não tem outra explicação.

    Curtir

  8. Comentado por:

    Antonio Monteiro Sobrinho

    A unica coisa que prestou no jogo foi a atitude da torcida. Finalmente vimos uma demonstração de lealdade e de amor a equipe. Comportamento diferenciado que emocionou o Brasil.

    Curtir

  9. Comentado por:

    Hermenegildo Pessoa

    O choro é livre.

    Curtir

  10. Comentado por:

    Afrânio Roberto Fernandes Ribeiro

    Sr. Reinaldo boa noite,foi bem feito o clube do Lulla, vem sendo beneficiado a torto e a direito pra ele tudo pode!
    A pentelhada, expulsou o Paraguaí do Mercosul,fiquem enquanto com os bolivarianos.

    Curtir

  11. Comentado por:

    Miguel Ribeiro

    O Reinaldo tá certo. E olha que eu sou são-paulino

    Curtir

  12. Comentado por:

    Paulo Rocha

    PAU QUE BATE EM CHICO BATE EM FRANCISCO.
    Reinaldo concordo com quase tudo que vc brilhantemente escreve,mas as vezes vc no futebol derrapa na paixão clubística.
    Quantas vezes o Corinthians não foi beneficiado por arbitragens pra lá de heterodoxas(vamos chamar assim).
    Ano passado o Vasco foi prejudicado por um erro do juíz ao anular um gol legítimo do Vasco,prejudicando assim meu time ao final de um campeonato que foi decidido por uma diferença de 2 pontos(exatamente os dois pontos que foram subtraídos pelo juíz ao anular o gol e scramentar um empate que não era o resultado real da partida.)
    Como terminaria o Brasileirão daquele ano sem essa barbeiragem do juíz em pleno S. Januário??
    E o campeonato subtraido ao Internacional em que o juíz confessou ter deliberadamente prejudicado o Inter e por consequência ajudado seu time.
    Uma hora iam fazer contra vcs
    A volta é sempre certa,demora,mas sempre vem
    )

    Curtir

  13. Comentado por:

    Klayer Ribeiro F. Svënn

    Ah… o assunto é arbitragem? Então cito 4 nomes p vcs gambazada: R. Braghetto, Márcio Rezende de Freitas, Javier Castrilli e Edílson Pereira de Carvalho.

    Curtir

  14. Comentado por:

    LUIS CARLOS

    ESSES “ERROS” ACONTECEM A TORTO E DIREITO . O ENGRAÇADO É A IMPRENSE ESPORIVA DIZ QUE OS ERROS SÃO NORMAIS , É HUMANO . ENQUANTO O FUTEBOL FOR DIRIGIDO POR ESSA GENTE QUE ESTÁ AI , ACUMPLICIADA COM A IMPRENSA ESPORTIVA SÓ PREOCUPADA EM AUDIÊNCIA ISSO VAI CONTINUAR ATÉ OS BOBOCAS TORCEDORES APAIXONADOS DESISTIREM DE IR AOS ESTÁDIOS.
    DESTA VEZ FOI O CORÍNTIANS QUE FOI PREJUDICADO . QUANTOS VEZES TIMES MENORES FORAM GARFADOS E PERDERAM CAMPEAONATOS E NINGUÈM FALOU NADA ? .OS CLUBES GRANDES DO CENTRO SUL DO BRASIL SEMPRE FORAM FAVORECIDOS POR “ERROS” DAS ARBITRAGENS.PODE SER QUE AGORA COM CORINTIANS PREJUDICADO SE OLHE MAIS AS ARBITRAGENS , OU MELHOR , A DIREÇÃO DO FUTEBOL .

    Curtir

  15. Comentado por:

    edie

    gente foram tantos erros de arbitragem a favor do corintians, cito aqui alguns que me lembro porque se for ver mesmo tem mais.
    copa do brasil brasiliense, copa do brasil cruzeiro, internacional brasileiro 2005 nossa mae esse foi ridiculo e 77 para asair da fila contra a ponte, vcs que sao corintiano comentem alguma coisa sobre isso ou vcs que sao comentarista nunca vi nada sobre isso com tamanha admiraçao que tenho para com vcs.
    quem e o corintians perto das glorias que tem o palmeiras o sao paulo e o santos de pele para gente sejam imparcial.

    Curtir

  16. Comentado por:

    NETO GONÇALVES

    REINALDO, NÃO SOU CORINTHIANO, MAS ACIMA E TUDO PROCURO SER JUSTO E HONESTO. ALÉM DO QUE, SOU PATRIOTA (NÃO DAQUELE TIPINHO DAS RELAÇÕES EXTERIORES – VOTE). CONCORDO COM VOCE. POR OUTRO LADO, AUMENTA CADA VEZ MAIS A MINHA ADMIRAÇÃO POR VOCE QUE SE OCUPA DE ASSUNTOS DOS MAIS RELEVANTES DA VIDA POLÍTICA, SOCIAL E ECONÔMICA DO PAÍS,DOMINANDO-OS COM MAESTRIA E AINDA ACHA TEMPO PARA FALAR SOBRE ESTA INCOMENSURÁVEL PAIXÃO NACIONAL QUE É O FUTEBOL, DEMONSTRANDO AMPLO CONHECIMENTO DO MESMO. TANTA VERSATILIDADE SOMENTE É POSSÍVEL NUMA CABEÇA SUPER-PRIVILEGIADA COMO A SUA. UM GRANDE ABRAÇO PROFESSOR.

    Curtir

  17. Comentado por:

    mroasa.nascimento@bol.com.br

    Desrespeito! meus olhos viam e não acreditavam… lamentável!! que isso aconteça na copa… aí eu é que vou rir!! aguarde ai CBF…

    Curtir

  18. Comentado por:

    bernardo ferreira barros

    A COMEBOL ENTIDADE SEM CREDIPILIDADE DETERMINOU A ESTE JUIZ TIRA O TIMÃ0 COM CERTEZA CERIAMOS BI DA LIBERTADORES E TRI MUNDIAL SE VINGARAM DOS PROBLEMAS EM URURO NA BOLIVIA

    Curtir

  19. Comentado por:

    pt, devolva o ano 2005!

    Tio Rei, o cavalo paraguaio (que não vai apitar na Copa) ganhou uma aposentadoria e tanto…..Pergunto: Há alguma possibilidade de los hermanos errarem a mao lá no estadio do Boca? Nenhuma possibilidade….O pessoal da comebola sabe bem disso…Por isto os europeus levaram a final para Toquio ou Londres.Não são bobos, querem ter a possibilidade de ganhar o jogo….Aqui teriamos que fazer o mesmo uma copa para 50% da America do Sul (no Brasil) e outra para os outros 50% lá com los hermanos que falam a mesma lingua dos arbitros….entendeu ou que r o desenho da comebola….Depois as duas Americas decidiriam o titulo em Londres com arbitragem da Alemanha. Aí sim as chances de ganhar seriam iguias para cada lado. Fora disto só mais do mesmo….Vejam quantos titulos los hermanos ganharam jogando a final em Toquio/Londres e quantos ganharam jogando com a arbitragem amiga que fala a mesma lingua…..Será qua a cretina quierche ajudou abrindo o cofre caseiro? hahahahahahah

    Curtir

  20. Comentado por:

    oheclison cavalcante

    Seriamos bicampeão da Libertadores na que le ano com certeza mais o Amarília nos tirou a tarça???? !!!

    Curtir