Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

A América do biltre: muro, tortura e prisões secretas

O novo umbral da história, que foi atravessado com o fim da União Soviética, tem um símbolo: justamente a queda do Muro de Berlim

E Donald Trump, o líder que está sendo visto como modelo de estadista por esquerdistas mundo afora ao declarar guerra à globalização, não vai deixar, no entanto, a extrema direita nativa na mão. Nada disso! Além de prometer mais postos de trabalho aos americanos, com plantas industriais que devem retornar aos EUA, o homem vai excitar as muitas formas que podem assumir o rancor e a xenofobia.

Ele já assinou a ordem executiva que determina a construção do muro na fronteira com o México. O governo do país vizinho já disse que não vai pagar pela obra — conforme deseja o americano.

Bem, dizer o quê? O muro, obviamente, é a expressão material, física, do antiglobalismo “trumpeiro”. Se o horizonte do globalismo é a eliminação das fronteiras, Trump deixa claro que, com ele, vai se caminhar no sentido contrário. É claro que é um troço asqueroso.

Até porque o novo umbral da história, que foi atravessado com o fim da União Soviética, tem um símbolo: justamente a queda do Muro de Berlim. Há outras barreiras físicas, como a que separa israelenses de palestinos na Cisjordânia. Ocorre que se está a falar ali de uma guerra. Ergueu-se a barreira para impedir ações terroristas, que caíram drasticamente. Mas esse não é o caso do México. É um espanto que um governante decida levantar um muro na divisa com um país aliado.

Os primeiros passos de Trump parecem indicar que o maluco pretende mesmo se levar a sério.

A coisa não ficou no muro.

A imprensa americana também tem elementos indicando que ele pretende autorizar a tortura em interrogatórios e a retomada das prisões secretas.

Tudo, como diz o biltre, para fazer a América grande de novo: muro, tortura, prisões secretas.

E, claro!, com nacionalismo, xenofobia e protecionismo.

Ah, sim: Trump acusa a imprensa de mentir. Ora, mentir pra quê? Sobre ele, basta que se diga a verdade.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Ronalde Segabinazzi

    Reinaldo, a respeito da chantagem do Trump contra o México para cobrar a construção do muro, C.Q.D., ele anunciou hoje que vai taxar em 20% os produtos mexicanos importados pelos EUA. É somente o início.

    Curtir

  2. carlos alberto Pessoa

    ih! reinaldo! a falar besteira pacas na questão do muro! Completamente diferente do muro de berlim – criado pra impedir a saída; o do trump é pra impedir a entrada da bandidada; pouco diferente ñ? qto à tortura;sorry; em determinadas situações ELA SE IMPÕE!

    Curtir