Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Projeto em avaliação no Senado beneficia empresas de Eunício

Empurrãozinho

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado pretende votar nesta quarta (11) o projeto de lei que cria o Estatuto da Segurança Privada.

Pelo texto aprovado pela Câmara no ano passado, estariam vetadas de atuar no ramo as empresas com capital estrangeiro ou de instituições financeiras, como bancos e corretoras.

Esse veto derruba a participação de grandes empresas, como a TBForte.

O relator do projeto na CAS, senador Vicentinho Alves (PR-TO), suprimiu a proibição para as estrangeiras, mas a manteve para os bancos.

Com isso, abre-se caminho para as empresas Confederal e a Corpvs, da família do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), cresçam sem concorrência.

(Atualização: Eunício entrou em contato para afirmar que é contra restrições à livre concorrência e que defende a participação de empresas estrangeiras no setor de segurança e transporte de valores).

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. De que adianta o futuro sucesso das empresas do Eunício, se ele estará preso quando as empresas usufruirem destas regalias marotas ?

    Curtir