Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Picciani recebeu R$ 58 milhões da Fetranspor

A cúpula política do Rio implode.

O deputado Jorge Picciani recebeu R$ 58.580.000 de reais em esquemas de corrupção nos transportes do Rio.

Segundo planilha publicada pelo Ministério Público Federal, o líder peemedebista era chamado por dois codinomes: satélite e platina.

(reprodução/Reprodução)

“Jorge Picciani, inicialmente, aparece identificado como Platina e depois como Satélite . Ele foi destinatário, no período de 15/07/2010 a 14/07/2015, de R$58.580.000,00, via pagamento Álvaro Novis, sendo R$ 49.960.000,00, a mando da Fetranspor”, afirmam os procuradores.

“O restante de R$ 8.620.000,00, a mando de Carlos Miranda e Sérgio Ca e será tratado posteriormente”, diz o MPF.

“Álvaro Novis esclareceu que os pagamentos efetuados a mando da Fetranspor para Picciani iniciaram na década de 90 e perduraram até a véspera da Operação Xepa da Lava Jato, em 2016, mas que só possuía parte das planilhas de pagamentos feitos a Jorge Picciani”, diz o documento do MPF.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Sergio Roberto de Andrade Leite

    Para qualquer lado que se olhe, o Brasil acabou.

    Curtir

  2. Floriano Barros

    Essa é a realidade da maioria dos homens públicos Brasileiros, um bando de ladrões.

    Curtir

  3. Há muito tempo, denuncias contra essa família começaram a pipocar na mídia. Mas, a casa ou mansão, só chegou a cair, quando o ministro Jardim denunciou a interferência da Alerj na policia. Não era só na PM, era em todos os setores da atuação pública. vixe!!!

    Curtir