Moro diz a Janot que sem perícia delação da Odebrecht será inútil

Magistrado solicitou acesso a software

O juiz Sergio Moro encaminhou ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, requerimento para que o material entregue na delação da Odebrecht seja periciado.

Trata-se do sistema eletrônico usado pela empreiteira para pagar propina através do Setor de Operações Estruturadas.

Ele foi entregue ao Ministério Público Federal do Paraná. O órgão acusa o ex-presidente Lula de receber vantagens indevidas através deste sistema.

Segundo a defesa do ex-presidente, o material carece de perícia.

“Atendendo a requerimento da Defesa de Luiz Inácio Lula da Silva, deferi a realização de perícia sobre os sistemas eletrônicos utilizados pelo Grupo Odebrecht para lançamentos na contabilidade informal de pagamento de vantagens indevidas”, disse Moro. 

“Esclareça-se ainda que, sem a disponibilização do material para a perícia oficial, terá ele pouca utilidade como material probatório para instruir as investigações ou ações penais relativas aos fatos revelados pelo Grupo Odebrecht”, advertiu Moro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s