Janot comemora veto de Fachin a inclusão de Temer em inquérito

Entenda por que a batida de martelo reforça a estratégia da PGR para denunciar o presidente da República

Por incrível que pareça, Rodrigo Janot deve estar vibrando com a decisão em que Edson Fachin negou o pedido da Polícia Federal para incluir o nome de Michel Temer num inquérito que apura se deputados do PMDB formam uma quadrilha.

A estratégia do PGR para apresentar a segunda denúncia contra o presidente é justamente usar os elementos desse inquérito na tentativa de mostrar que Temer é uma peça importante da organização criminosa peemedebista.

Mas então, por que a decisão do Supremo foi comemorada por Janot?

Simples: caso atendesse ao pleito da PF, os outros investigados poderiam apresentar agravos, questionando a medida, o que atrasaria o andamento da investigação e, consequentemente, a conclusão da denúncia.

Era tudo que Janot não queria. Claro, ele deixará o cargo em pouco mais de um mês.

E se a batida de martelo já levou alívio, a justificativa de Fachin não poderia ser mais perfeita para a PGR.

Ao negar a inclusão, o ministro deixou claro que os elementos contidos na investigação à turma do PMDB da Câmara podem perfeitamente ser usados em outros inquéritos que miram a conduta de Temer. Bingo.

Ou seja, para Janot, melhor do que isso, só se Gilmar Mendes se aposentasse…

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Ataíde Jorge de Oliveira

    VEjA,orA,vejA
    😮 VENÇID@ &
    $OBRE$TAD@
    AD:QUEM,vejA

    Curtir

  2. Fábio Siqueira

    Janopt e Facin estão alinhados, muito bem alinhados.
    Urge um pedido de prisão preventiva, antes de setembro, de Janopt e a suspeição do Ministro Facin. Isso pelo bem da Justiça.

    Curtir

  3. Luciano Neves

    Janot parece aquele boneco “sempre em pé”. O cara não descansa em fúria de botar o terceirizado desafeto herdado do PT, seu padrinho da PGR. O Brasil para ele, Fachin e FHC, tornou-se figura menos importante. Parece que esse trio só pensa em salvar Lula da jaula que o espera de portas abertas para recoloca-lo de volta ao Planalto. Mesmo que Janot não tenha êxito na nova emboscada, tudo indica que ele vai trabalhar só nisso até o final de seu mandato, quando então tudo será cancelado, inclusive a delação de Joesley.

    Curtir

  4. O plano para derrubar Temer falhou. Janot está fora e com um “freeboy” para explicar. Temer é senhor do tempo. Fora as reformas, já é um ex-presidente. Alvo pouco compensador para os companheiros que Jano(P)t deixa na PGR. A corrida para 2018 já está em campo. Só restou o alívio para poder redirecionar as “flechas”.

    Curtir