Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Deltan Dallagnol: ‘parlamentares sob suprema proteção’

Procurador comentou decisão do STF

O procurador da Lava-Jato Deltan Dallagnol protestou contra o Supremo Tribunal Federal em seu perfil no Facebook.

Na noite da última quarta (11), o plenário do órgão decidiu, por 10 votos a 1, que o Judiciário pode afastar parlamentar, mas decisão passará por crivo do Legislativo.

“Não surpreende que anos depois da Lava Jato os parlamentares continuem praticando crimes: estão sob suprema proteção. Parlamentares têm foro privilegiado, imunidades contra prisão e agora uma nova proteção: um escudo contra decisões do STF, dado pelo próprio STF”, escreveu.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Apoiado!! Assisti quase tudo ontem e fiquei surpreendido com a gagueira da Ministra Cármen Lúcia ao proferir seu voto. Achei estranho até… ahhh… entendi tudo. Era ela tentando justificar algo injustificável. O Congresso criou uma situação muito bem bolada e o STF engoliu. E será sempre assim. A bandidagem é esperta demais…

    Curtir

  2. Bandido defendendo bandido, com poucas palavras se resume isto.

    Curtir

  3. Dalton Bittencourt Ferreira

    Esse virou o queridinho da imprensa…..faltou senador Rodolfo Rodrigues….

    Curtir

  4. STF COVARDE, FAZEM PARTE DAS ELITES QUE USAM E ABUSAM DESSE PAÍS E DO SEU POVO! Até quando vamos suportar esses canalhas fazem da gente de gato e sapato?
    Militar neles!

    Curtir

  5. Sergio Campos

    Se politico so pode ser julgado pelo STF, e se o STF só pode julgar político com autorização do político, entao o Brasil saiu do ‘”eatado da impunidade” e foi rebaixado do “estado de exceção”

    Curtir

  6. Deus nos livre dos justiceiros.

    Curtir

  7. Antônio de Oliveira Marques

    Você pode ser um desses da grande multidão treinado pela imprensa a repugnar o regime militar, porque antidemocrático e porque as instituições estão funcionando. Mas, o que está acontecendo no conluio dos três Poderes da República não é repugnante e seriamente antidemocrático?
    Comparar o regime militar à vergonha nacional patrocinada pelo STF é uma afronta às Forças Armadas. E é um deboche ler o que a imprensa escreve desautorizando os militares a se pronunciarem contra os atentados dos congressistas civis à ordem constitucional, subvertendo acintosamente as instituições da República.
    Onde estão as instituições, quando mais esse episódio anti-institucional acontece?
    O Brasil precisa de um novo Carlos Lacerda, um líder decente e capaz, que saiba falar sem ser por escrito e responder aos inimigos da nação. Do contrário, continuaremos a ser servos dos imbecis, eleitos e nomeados com votos corruptos.

    Curtir

  8. Sem novidades… essa quada recente do Supremo foi apenas uma materialização dessa afirmação…

    Curtir

  9. Alberto Lopes Lapolli

    Entendo o Supremo..não podem chamar os políticos todos de safados..Tem item na Constituição a respeito..Eles esperam dos Politicos dureza contra corruptos,essa é a lógica,só que não..ao invés disso se protegem formando uma enorme quadrilha sem as ações da Lei..só o Povo pode intervir.

    Curtir

  10. Paulo Roberto Correa Lima

    ACHO QUE JÁ ESTÁ NA HORA DAS FFAA FECHAREM BRASÍLIA.

    Curtir