Chamada de ‘querida’, procuradora chama a atenção de Lula

Intimidade que não existe

Durante o depoimento concedido ao juiz Sergio Moro nesta quarta (13), em Curitiba, o ex-presidente Lula se dirigiu à procuradora com o tratamento “querida” por diversas vezes quando questionado.

Incomodada, ela pediu que o ex-presidente a tratasse da “forma protocolar devida”.

Moro também o censurou. O tratamento carinhoso deu então lugar ao “doutora”.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Marcos Adriano Marcello

    Esse pérfido não tem limites…. desrespeitoso, sempre!

    Curtir

  2. Mulambagem existencial.

    Curtir

  3. hildo molina

    acha que está sempre falando com alguma de suas mulas de comícios.

    Curtir

  4. Asqueroso!

    Curtir

  5. Maquiavélico, vaidoso, encena todo o tempo com uma máscara e assim vai encantando os incautos ou marotos como ele…

    Curtir

  6. Espancador de PeTralha

    hahaha exigir desse ladrao ogulhasamente ignorante, que escolha outra palavra, digamos, pronome de tratamento.. é demais. Esse suíno movido a proprina e cachaça não sabe mais do que 2 duzias de algo parecido com portugues…

    Curtir

  7. Adriano Roberto Ferreira

    Querida não, pretensiosa. Se graduou em 1984 e depois só fez pós, nem mestre é, muito menos doutora. Será que ganha acima do teto como os pares? Tadinha, não deu pra estudar mais…

    Curtir