Tucanos e peemedebistas

O PT foi o grande derrotado na sessão da CPI mista do Cachoeira que aprovou ontem a convocação dos governadores Marconi Perillo e Agnelo Queiroz. Parlamentares do PSDB e do PMDB se juntaram para isolar os petistas na CPI. Pelo acordo, o PSDB ajudou o PMDB a blindar Sérgio Cabral (que acabou não sendo convocado) […]

Salvo pelo acordo

O PT foi o grande derrotado na sessão da CPI mista do Cachoeira que aprovou ontem a convocação dos governadores Marconi Perillo e Agnelo Queiroz. Parlamentares do PSDB e do PMDB se juntaram para isolar os petistas na CPI.

Pelo acordo, o PSDB ajudou o PMDB a blindar Sérgio Cabral (que acabou não sendo convocado) e obteve em troca a promessa de empenho dos peemedebistas para neutralizar os ataques dos petistas durante o depoimento de Perillo. Mesmo com Paulo Teixeira e Odair Cunha comandando a reunião, o PT ficou pelo caminho. Onyx Lorenzoni resumiu a união entre tucanos e peemedebistas:

— Para uma CPI avançar, às vezes, é necessário firmar grandes acordos e cometer pequenas traições.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s