Blogs e Colunistas

terça-feira, 17 de setembro de 2013

9:33 \ Futebol

Nike in Rio

Nike: de olho no Rio

A Nike, que nos últimos meses, conseguiu entrar em Porto Alegre (Internacional), Curitiba (Coritiba) e Salvador (Bahia), segue com o objetivo de entrar em algum clube carioca. O problema é que os times do Rio de Janeiro – que, com exceção do Botafogo, passam por uma péssima fase – querem negociar valores de outro mundo.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 3 de abril de 2012

9:33 \ Futebol

Garantia da Globo

Globo vai ajudar os clubes mais uma vez

Três clubes começaram a resolver os seus problemas com o Clube dos 13 no fim da semana passada.

A Globo vai ser a garantidora de empréstimos bancários de Goiás, Coritiba e Sport. Os três devem 10 milhões de reais juntos.

(Atualização às 15h: A assessoria de imprensa do Coritiba entrou em contato e informou que ainda não reconhece a dívida de três milhões de reais com o Clube dos 13.)

Por Lauro Jardim

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

10:25 \ Futebol

A dívida do Coxa

Coritiba é mais um com contas a quitar

O Clube dos 13 fecha a semana com mais uma dívida de um grande brasileiro contabilizada. O Coritiba terá que pagar 3,8 milhões de reais para a entidade até o fim do ano.

O dinheiro da Globo – como sempre – vai resolver o problema.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Mais que os da série A

Mesmo na segundona, Lusa foi xodó em 2012

A Portuguesa, campeã da Série B que terminou no fim de semana, teve mais jogos exibidos na TV do que vários clubes da primeira divisão. É o que revela uma pesquisa da Informídia, especializada na análise da imagem do esporte brasileiro.

A Lusa teve 71 partidas transmitidas no Brasileirão – contando exibições ao vivo e videoteipes em Globo, Band, Sportv e PFC. Ficou a frente de metade da série A (América Mineiro, Atlético-GO, Atlético Mineiro, Atlético PR, Avaí, Bahia, Botafogo, Ceará, Coritiba e Figueirense).

Por Lauro Jardim

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

11:24 \ Futebol

Nike de olho em 2014

Nike cogita vestir clubes como o Botafogo

Preocupada com a Adidas, uma das patrocinadoras da Copa do Mundo, a Nike traçou uma estratégia para os próximos anos. Vai tentar marcar espaço nas cidades sedes do Mundial de 2014 fechando contratos para fornecer material esportivo. Coritiba, Internacional, Botafogo, Santos e times nordestinos estão no planejamento da empresa.

Por Lauro Jardim

quarta-feira, 30 de março de 2011

7:33 \ Congresso

Brasileirão no Senado

Não contentes em ter aprovado na semana passada um requerimento para a realização de uma audiência pública com os presidentes do Clube dos 13, Fábio Koff, da CBF, Ricardo Teixeira, e os representantes das emissoras de tevê interessadas em transmitir os jogos do Brasileirão, os senadores da Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado decidiram ampliar os debates. O colegiado aprovou convites a Fernando Furlan, do Cade, e os presidentes de Corinthians, São Paulo, Flamengo, Grêmio, Coritiba e Bahia para uma outra sessão.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 17 de junho de 2010

11:23 \ Esportes

A demolição do Couto Pereira

Com o Atlético PR irredutível a gastar 100 milhões de reais na reforma da Arena da Baixada para a Copa de 2014, surgiram as propostas de construir um novo estádio no Paraná ou reformar o Couto Pereira do rival Coritiba. No fundo, as duas ideias contemplam a construção de novas arenas. O uso do Couto Pereira só será aceito pelo Comitê Organizador Paranaense se o clube concordar com a demolição do estádio.

Por Lauro Jardim

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

16:07 \ Congresso

Senado entra em campo pelo Coritiba

O senador paranaense Osmar Dias acaba de fazer duro discurso na tribuna do Senado atacando a decisão do STJD que condenou o Coritiba a multa de 610 000 reais e perda do mando de campo no Couto Pereira por trinta jogos.

Dias quer abrir guerra contra o STJD e a CBF. Encomendou há pouco um estudo ao corpo técnico do Senado para conseguir uma brecha legal que obrigue o tribunal a sair do Rio de Janeiro para Brasília, pois, segundo diz, o tribunal vem agindo em benefício dos times cariocas.

Num plenário vazio, Dias foi apoiado por outros três senadores: Jarbas Vasconcelos, Eduardo Suplicy e Eduardo Azeredo.

O senador pode espernear à vontade.  Para quem viu a selvageria que tomou conta do estádio Couto Pereira há duas semanas, a crítica que pode ser feita à decisão do STJD  é justamente oposta: o tribunal foi leniente em sua punição.

Por Lauro Jardim

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados