Blogs e Colunistas

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Governo velho

dilma

Jeito de Dilma continua o mesmo

Hoje, faz um mês que Dilma Rousseff venceu a eleição. Parece que foi há um século. O discurso de união nacional  da noite da vitória não prosperou.Ninguém nunca mais ouviu Dilma falar sobre o tema. E o chamamento ao diálogo não se concretizou. Novamente, nada neste sentido foi minimamente trabalhado.

Por Lauro Jardim
6:26 \ Futebol

BMG fora

atletico cruzeiro

BMG fora da camisa

O BMG, que já foi o maior patrocinador de times do país, já avisou ao Cruzeiro, ao Atlético e ao América Mineiro que não renovará os contratos de patrocínio que tem com os clubes.

Quem deve substituir o BMG é o atual grande patrocinador do futebol – a Caixa Econômica Federal.

Por Lauro Jardim
6:03 \ Governo

Um governo insuperável

Compromissos debatidos nos últimos dias

Sem retorno a Marcos Pereira

No dia 4 de novembro, o vice-rei Aloizio Mercadante recebeu o presidente do PRB, Marcos Pereira, para uma conversa. Mercadante explicou que o assunto ministério e cargos começariam a ser tratados após o dia 20, quando Dilma Rousseff retornaria do encontro do G-20.

Combinaram que na última semana de novembro voltariam a conversar para acertar os cargos do partido no governo. Dias atrás, Pereira tentou marcar uma audiência com Mercadante para esta semana.  Foi ignorado. Pereira está esperando até agora o retorno do ministro.

Ontem, Pereira tinha uma reunião com a bancada do PRB, previamente agendada justamente para discutir as propostas que levariam ao governo.  Mas, fora a irritação com Mercadante, não tinha o que dizer aos comandados.

O governo é insuperável na arte de seduzir os aliados.

Por Lauro Jardim

terça-feira, 25 de novembro de 2014

20:22 \ Congresso

Randolfe versus PSOL

Crise com o PSOL

Com um pé fora do PSOL

A saída de Randolfe Rodrigues do PSOL está cada dia mais próxima. Suas queixas públicas, sobre a falta de espaço no partido (Leia mais aqui), não têm surtido efeito.

A aliança com o DEM no Amapá até hoje não foi engolida. E, segundo Marcelo Freixo, não será. Disse Freixo:

- Ele não vai conseguir nos provar que o DEM no Amapá é de esquerda. Não foi o partido que mudou. Foi ele que fez outras escolhas. Agora, deve ter a grandeza de assumir isso.

Por Lauro Jardim

Aécio no vermelho

Dívida de

Dívida de 550 000 reais

A derrota para Dilma Rousseff não foi o único resultado negativo para Aécio Neves nas eleições. Apesar da extensa lista de doadores, desde a JBS até as empreiteiras implicadas na Lava-Jato, a campanha do tucano ao Planalto terminou com um vermelho de 550 054 reais na praça. A derradeira prestação de contas de Aécio ao TSE informou despesas de 223 475 907 reais e receitas de 222 925 853 reais.

Ao contrário de Dilma, que aumentou em 85 milhões de reais o teto de gastos da campanha, Aécio gastou 33% menos que os 290 milhões de reais fixados como limite para as despesas de sua campanha.

Eis alguns dos maiores doadores de Aécio:

*JBS: 48 040 502 reais

*Itaú: 8 353 966 reais

*Bradesco: 7 344 366 reais

*Ambev: 2 437 187 reais

*Andrade Gutierrez: 20 309 093 reais

*OAS: 7 480 712 reais

*UTC: 2 369 952 reais

*Queiroz Galvão: 2 115 277 reais

*Odebrecht: 5 280 598 reais

Por Lauro Jardim

Dilma no azul

Doações generosas

Doações generosas

Dilma Rousseff, que obviamente também não abriu mão do dinheiro das empreiteiras, ficou 261 238 reais no azul: arrecadou 350 836 301 reais e gastou 350 575 063 reais. A presidente reeleita não chegou, portanto, aos 383 milhões de reais estipulados como teto ao TSE.

Alguns dos doadores de Dilma Rousseff:

*JBS: 73 219 959 reais

*Itaú: 4 milhões de reais

*Bradesco: 10 254 769 reais

*Ambev: 8 459 494 reais

*Andrade Gutierrez: 21 milhões de reais

*OAS: 20 milhões de reais

*UTC: 7,5 milhões de reais

*Queiroz Galvão: 3,5 milhões de reais

*Odebrecht: 8 985 099 reais

*Camargo Corrêa: 2 102 500 reais

*Engevix: 1,5 milhão de reais

Por Lauro Jardim
19:25 \ Congresso

Contra as nomeações

Muy amigos

Muy amigos

Lindbergh Farias abriu fogo contra Dilma Rousseff. Acaba de assinar o Manifesto em Defesa do Programa Vitorioso nas Urnas, contra as nomeações de Joaquim Levy e de Kátia Abreu para o ministério.

Por Lauro Jardim
18:54 \ Brasil

De fora do TCU

Sem candidatura ao TCU

Sem candidatura ao TCU

A candidatura de Ideli Salvatti ao TCU subiu no telhado. Termina hoje o prazo para a inscrição de candidatos, e apenas o PMDB enviará o nome de Vital do Rêgo. Se entrasse na disputa, sem o apoio do aliado, Ideli perderia.
Apesar do acerto de Dilma Rousseff com Renan Calheiros (Leia mais aqui), o PT não gostou. O acordo fechado há meses previa que a vaga de José Jorge fosse de uma indicação dos senadores do partido, e não novamente do PMDB.
Por Lauro Jardim
18:22 \ Governo

Sem cafezinho, água, xerox…

Palácio do Itamaraty: alvo de hackers

Itamaraty: cinto apertado

Hoje, foram dispensados 30% dos contínuos do Itamaraty.  Os diplomatas terão que aprender a tirar xerox, fazer café, servir água… Quem quiser água e cafezinho, que traga de casa.

Por Lauro Jardim
17:26 \ Economia

Joaquim Levy se prepara

Joaquim Levy

Em Brasília

Joaquim Levy não foi ao Bradesco nem ontem, nem hoje. Está desde ontem em Brasília tratando do assunto que todos sabem qual é…

Por Lauro Jardim
16:26 \ Congresso

Possíveis líderes tucanos

Sávio: selfie com Aécio

Sávio: selfie com Aécio

A ideia de pedir a auditoria do resultado da eleição presidencial e o acordão para não convocar políticos na CPMI da Petrobras minaram as chances de Carlos Sampaio ser o novo líder do PSDB na Câmara dos Deputados.

Agora, os nomes mais fortes no páreo são Marcus Pestana, Domingos Sávio e Duarte Nogueira.

Contra Pestana e Sávio, pesam as pechas de falastrões. Sávio, por exemplo, até hoje é alvo de piadas entre os colegas, por ter compartilhado no grupo de WhatsApp da bancada, durante a campanha, um selfie no jatinho de Aécio Neves. Com o candidato ao fundo.

Por Lauro Jardim
15:32 \ Televisão

SBT e Porchat

Porchat

Negociações com o SBT paralisadas

Tem nome e sobrenome o motivo da paralisação das conversas entre Fábio Porchat e SBT: Juliana Algañaraz, ex-Endemol e atual executiva do Porta dos Fundos. É dela o conceito de um Porchat proprietário dos formatos e conteúdos que produzir nas TVs aberta e fechada. O SBT, que queria voltar com o Programa Livre, não topou por enquanto.

Por Lauro Jardim
14:20 \ Economia

Eike revê sua história

Ao fundo, a Lamborghini na sala de Eike

Eike: trajetória detalhada em Tudo Ou Nada

Eike Batista começou a ler ontem Tudo Ou Nada, o primoroso livro-reportagem de Malu Gaspar sobre a desvairada trajetória do grupo X no mundo dos negócios. Não está gostando nada.

Por Lauro Jardim
13:22 \ Futebol

Fonte de receita

Morumbi: shows ajudam faturamento do São Paulo

Morumbi: mais caro que o Maracanã

Está mais barato alugar o Maracanã para eventos do que o Morumbi. O estádio carioca cobra 750 000 reais para ser alugado, segundo um relatório recente do Tribunal de Contas do Estado. Já o do São Paulo custa 1,5 milhão de reais. O Palmeiras está buscando cobrar um valor intermediário na sua nova arena.

Por Lauro Jardim
12:18 \ Governo

Definições do PMDB

Temer:  negociações para o ministério

Temer: negociações para o ministério

Michel Temer, Renan Calheiros e Eduardo Cunha se acertaram, num encontro que tiveram a três. O motivo da conversa era a divisão dos ministérios que cabem ao PMDB da Câmara e do Senado.

Ficou acordado que Eduardo Cunha, por exemplo, indicará o nome de Henrique Eduardo Alves. Temer quer fazer Eliseu Padilha ministro também.

O PMDB do Senado ficaria, além da vaga já certa para Kátia Abreu, com as indicações de Eunício Oliveira e Eduardo Braga.

Por Lauro Jardim
12:04 \ Congresso

Vital no TCU

O nome do PMDB

Lugar no TCU

Renan Calheiros acertou ontem com Dilma Rousseff a indicação do senador Vital do Rêgo para uma cadeira no TCU. Vital, pelos serviços prestados ao governo na CPMI da Petrobras, virou um nome sem páreo para o posto.

Por Lauro Jardim
11:32 \ Congresso

Conselho de ex-marido

Marta: conversa com o ex-marido

Marta: conversa com o ex-marido

Eduardo Suplicy ainda não teve a oportunidade de conversar com Marta Suplicy, mas, se o fizesse, aconselharia a ex-mulher a se manter no PT.

Por Lauro Jardim
10:28 \ Brasil

Do segundo escalão

Costa: do MEC para a Secretaria de Educação de Pimentel

Costa: do MEC para a Secretaria de Educação de Pimentel

Com o pedido de Dilma Rousseff a Fernando Pimentel para que ele não nomeie deputados federais para seu secretariado (Leia mais aqui), os petistas de Minas vão tentar emplacar técnicos ligados a eles e que hoje estão em cargos de segundo escalão no governo federal.
O atual secretário executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, é um deles. O PT tenta convencer Fernando Pimentel a nomeá-lo secretário da área.
Por Lauro Jardim
9:32 \ Brasil

Petrobras prepara defesa

santarosa

Santarosa: de volta à Petrobras

A Petrobras reúne a sua área de publicidade amanhã para traçar as estratégias da estatal para os próximos meses. O encontro será comandado por Wilson Santarosa, que esteve afastado da empresa durante semanas por problemas cardíacos – de fato, os últimos tempos na estatal é para quem tem o coração forte…

Por Lauro Jardim
8:21 \ Brasil

Lei do Cárcere

lava jato

Regras na cadeia

Na sexta-feira passada, os empreiteiros presos na Operação Lava Jato receberam vassouras para limpar a custódia. É a Lei do Cárcere.

Por Lauro Jardim
7:34 \ Economia

Bem-vindo, Joaquim Levy

Levy:  ideias do futuro ministro

Levy: vermelho pela frente

A balança comercial brasileira na terceira semana de novembro registrou um déficit de 701 milhões de dólares. No mês, que ainda não acabou, o vermelho já é de 2,2 bilhões de reais.

Levy, toma que o filho é teu.

Por Lauro Jardim
6:34 \ Televisão

Contrato encerrado

ceara

Contrato com a Band até março

O Multishow resolveu esperar o contrato de Ceará acabar com o Pânico para finalmente contratá-lo. O vínculo do humorista com o programa da Band vai até o dia 31 de março – ou seja, para sair antes só se o Pânico liberar ou se uma multa rescisória for paga. O formato e o nome do programa de Ceará na TV paga ainda não foi definido.

Por Lauro Jardim
6:03 \ Congresso

Irritando o PMDB

Cada vez mais habilidosa

Cada vez mais habilidosa

A escolha de Kátia Abreu para a Agricultura irritou o PMDB porque, num só lance, Dilma Rousseff conseguiu ameaçar os feudos de muita gente.

Na Câmara, a relação para lá de tensa com o partido se acirrou, porque há anos a pasta era da cota dos deputados do partido. Ninguém sabe se será recompensado nem se a troca será por um posto à altura.

Já os senadores peemedebistas temem que Kátia entre na conta dos cargos de primeiro escalão a eles reservados.

Não bastassem essas encrencas, a forma apressada com que o nome de Kátia circulou indicou à classe política que, em matéria de articulação, Dilma 2.0 continua igual à anterior. Primeiro decide, depois conversa com a base.

Por Lauro Jardim

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

19:03 \ Brasil

Quebra de confiança

Duque

Duque: Depois de Barusco, Nakandakari

Shinko Nakandakari, o novo personagem do Petrolão, que surgiu hoje como o intermediário que recebeu 8 milhões de reais em propina paga pela Galvão Engenharia a Renato Duque,  atua há tempos no setor. Nos anos 90, trabalhou no grupo Odebrecht e acabou demitido por “quebra de confiança”.

Por Lauro Jardim
18:38 \ Brasil

No limite do limite

Um quarto da energia do país via termelétrica

32% da energia via termelétricas

Na sexta-feira passada, em plena estação de chuvas, as termelétricas bateram o seu recorde histórico de acionamento: 17 068 megawatts.

Como apenas 17 295 MW era a capacidade total disponível para uso, fica claro, pela enésima vez, que o parque termelétrico está operando no limite do limite.

A propósito, ontem, 32% de toda a energia consumida no Brasil vieram das termelétricas – outro recorde. No Nordeste,  este percentual sobe para 48%.

Por Lauro Jardim
18:20 \ Economia

Mandato prorrogado

Skaf: prorrogação

Skaf: prorrogação

Paulo Skaf conseguiu. Desde que foi derrotado na eleição para o governo de São Paulo, Skaf  articulava com os presidentes de federações mais um mandato à frente da Fiesp. Para isso, teria que mudar o estatuto da entidade. Esta opção foi deixada de lado.

Agora, no entanto, o conselho diretor da Fiesp acaba de decidir que Skaf terá o seu mandato prorrogado até dezembro de 2017. Originalmente,  seu período como presidente da entidade acabaria em setembro do ano que vem.

Skaf mantém-se poderoso para o seu objetivo maior: a disputa ao governo de São Paulo em 2018.

Por Lauro Jardim
17:23 \ Diversos

Quase 1,5 milhão

jogos vorazes

Presença maciça nos cinemas do Brasil

O novo filme da franquia Jogos Vorazes entrou em cartaz em 1 192 cinemas no feriado e terminou o final de semana na liderança das bilheterias brasileiras.

Jogos Vorazes: a Esperança Parte 1 teve 1 427 040 espectadores entre quinta-feira e ontem, público que rendeu a excelente média de 1 197 pessoas por cinema e faturamento de 18,7 milhões de reais.

As cifras alcançadas pelo filme protagonizado por Jennifer Lawrence são maiores que os 13 milhões arrecadados pelos outros nove filmes que, de acordo com a Rentrak, completam a lista dos dez mais assistidos do final de semana.

Líder na semana passada, Debi e Lóide 2 foi o segundo mais visto. O filme com Jim Carrey e Jeff Daniels teve 508 570 espectadores, média de 884 por cinema.

Por Lauro Jardim
17:22 \ Diversos

Argentino em alta

relatos selvagens

Relatos Selvagens: produzido por Pedro Almodóvar

Enquanto os filmes nacionais Tim Maia e Made in China seguem sem empolgar o público brasileiro, o argentino Relatos Selvagens teve um ótimo resultado no final de semana.

Em cartaz em apenas 25 cinemas, o filme do diretor Damián Szifron teve 22 060 espectadores entre quinta-feira e ontem, média de 882 por cinema, segundo a Rentrak. Há cinco semanas nos cinemas do Brasil, o filme argentino chegou a 174 375 espectadores.

Com presença cinco vezes maior que Relatos Selvagens nos cinemas brasileiros, Tim Maia teve público de 43 515 pessoas, média de 335 por cinema. Já Made in China, em cartaz em 137 cinemas, teve 27 960 espectadores. Fazendo as contas, a média de público não passou de 204 pessoas.

Tim Maia e Made in China chegaram, respectivamente, a 753 115 e 340 915 espectadores neste final de semana.

Por Lauro Jardim
17:21 \ Governo

‘Sim’ do Meio Ambiente

Nome aprovado no Meio Ambiente

Nome aprovado no Meio Ambiente

Demonizada por parte do PT, a escolha de Kátia Abreu para a Agricultura foi bem vista no Ministério do Meio Ambiente. Izabella Teixeira sempre teve boa relação com ela, com quem interagiu durante a tramitação do Código Florestal.

Segundo um assessor de Izabella, Kátia era uma das poucas ruralistas abertas ao diálogo:

- Com ela, havia mais conversa do que com muitos ambientalistas.

Por Lauro Jardim
16:44 \ Economia

Quem ganhou, quem perdeu

ambev

Ambev, a mais valorizada

A Ambev foi a empresa que mais ganhou valor de mercado durante o governo Dilma. Era a quinta empresa mais valiosa listada na Bovespa no dia 1º de janeiro de 2011 e hoje é a número 1, de acordo com um levantamento inédito feito pela consultoria Economatica. Passou de 144 bilhões de reais para 268 bilhões de reais. Ultrapassou Petrobras, Vale, Itaú e Bradesco.

Na outra ponta, a Petrobras. Valia 380 bilhões de reais e hoje vale 181 bilhões de reais. A Vale, proporcionalmente, perdeu muito mais. Caiu de 275 bilhões de reais para 115 bilhões de reais, de acordo com o final do pregão de sexta-feira.

Eis a lista das dez empresas que mais ganharam e mais perderam valor de mercado neste governo, em valores absolutos:

Quem ganhou

Ambev

Bradesco

Cielo

ItaúUnibanco

BRF

Telefonica

Kroton

JBS

Ultrapar

TIM

Quem perdeu

Petrobras

Vale

OGX

CSN

Santander

Eletrobras

Gerdau

Usiminas

Bradspar

PDG

Por Lauro Jardim
 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados