Blogs e Colunistas
Até a volta
Estou saindo de férias a partir de hoje, dia 7. Volto em 28 de abril. Até lá o Radar estará em excelentes mãos, sob a responsabilidade de Thiago Prado.

domingo, 13 de abril de 2014

6:47 \ Cultura

O mais pirateado

o monge e o executivo

Best-seller pirateado

O Monge e o Executivo, até hoje nas listas de livros mais vendidos do país, foi a obra mais fácil de ser pirateada na internet em 2013. A Associação Brasileira de Direitos Reprográficos encontrou — e excluiu via notificações judiciais — 302 links com o download do livro.

Ao todo, 114 904 links piratas foram removidos da internet no ano passado depois da ação da ABDR.

Por Lauro Jardim
6:09 \ Televisão

Em negociação

champions league

Boa audiência

Está na pauta da Globo a renovação por mais três anos dos direitos de transmissão da Champions League, que vence em 2015.

O campeonato de clubes europeus que desperta cada vez mais interesse entre os brasileiros custa cerca de 5 milhões de dólares anuais para a emissora.

Por Lauro Jardim

sábado, 12 de abril de 2014

Baixa de peso

Oinegue: de saída

Oinegue: de saída

A campanha eleitoral ainda nem começou direito e Alexandre Padilha já tem a primeira baixa no seu time. Não é uma baixa qualquer. Quem acaba de dar bye bye  à campanha é o jornalista Eduardo Oinegue.

Ao lado de  Maurício Carvalho e Valdemir Garreta, Oinegue integrava a linha de frente da campanha do PT em São Paulo, um trio escolhido a dedo pelo marqueteiro João Santana (leia mais aqui). Garreta e Carvalho continuam onde estavam.

Padilha, Santana e Emidio de Souza, presidente do PT-SP, já foram comunicados da decisão.

Oinegue diz que decidiu sair por causa de outros compromissos profissionais que amadureceram antes do que ele imaginava:

- Saio da coordenação, mas continuo à disposição do Padilha, que pode me acionar quando quiser.

A propósito, é a segunda baixa da campanha de Padilha. Hélio Silveira, que era o advogado da campanha, pulou do barco semanas atrás.

Por Lauro Jardim
8:36 \ Economia

Ponte com o empresariado

Steinbruch: uma disputa de 3 bilhões de dólares com os sócios asiáticos está a caminho da Justiça

Interlocução com Mercadante

Quando Benjamin Steinbruch assumir a presidência da Fiesp no meio do ano (Paulo Skaf se licenciará para disputar o governo de São Paulo), o governo poderá, enfim, conseguir melhorar sua interlocução com o topo do empresariado.

Steinbruch é amigo pessoal de Aloizio Mercadante. Aliás, já foram muito próximos, ficaram uns tempos sem se falar, mas meses atrás voltaram às boas.

Por Lauro Jardim
7:57 \ Brasil

Campos decola

eduardo campos

Nas alturas

O governo de Pernambuco gastou com viagens de helicóptero e aviões executivos, entre 2008 e 2014, 17 milhões de reais. Mais de 90% saíram da Secretaria Especial Militar, diretamente ligada ao gabinete de Eduardo Campos, como mostra o Portal da Transparência do Estado.

As aeronaves também podem servir a outras autoridades, mas não há dúvida de que o agora candidato Campos viajou um bocado quando governador.

Por Lauro Jardim
7:18 \ Televisão

Craques na tela

Sonho de consumo

Sonho de consumo

O Sportv está montando um time de ex-jogadores internacionais para comentar a Copa do Mundo. Os alemães Franz Beckenbauer e Lothar Matthäus e o italiano Fabio Cannavaro acertam os últimos detalhes do contrato.

Mas o sonho de consumo do canal é Maradona — as conversas com o agente do argentino já começaram.

Por Lauro Jardim
6:37 \ Governo

Desce já

dilma

Resposta imediata

O presidente da Caixa Econômica Federal foi a última vítima do estilo Dilma Rousseff para lidar com subordinados.

No dia 4, uma sexta-feira, Jorge Hereda preparava-se para ir a um evento de entrega de casas populares em São José do Rio Preto (SP), quando foi obrigado a deixar o avião presidencial na pista de voo.

Momentos antes do embarque, Dilma soube que o governo enfrentaria denúncias de atuação de milícias no Minha Casa, Minha Vida e exigiu que Hereda fosse cuidar pessoalmente do assunto.

Por Lauro Jardim
6:03 \ Brasil

O Maracanã superfaturado

maracanã

Preço nas alturas

Um relatório do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro exige que o governo de Luiz Fernando Pezão cancele o pagamento de 67 milhões de reais para as construtoras Odebrecht e a Andrade Gutierrez referente à bilionária obra do Maracanã.

Os técnicos do tribunal encontraram sobrepreços em vários pontos da reforma do estádio. Flagraram irregularidades nos gastos com o reforço das arquibancadas e das rampas de acesso, além de custos exagerados com a limpeza por hidrojateamento das superfícies e o uso de revestimentos dispendiosos sem justificativa técnica.

O relatório ainda está sob análise dos conselheiros do tribunal. A reforma do Maracanã para a Copa do Mundo, inicialmente orçada em 705 milhões de reais, alcançou a marca de 1,2 bilhão de reais.

Por Lauro Jardim

sexta-feira, 11 de abril de 2014

19:02 \ Governo

Encontro marcado

Aparição pública

Aparição pública

Pela primeira vez desde que as denúncias inundaram a Petrobras, Dilma Rousseff e Graça Foster aparecerão juntas em um evento público, na segunda-feira, em Pernambuco. Isso, se a constrangedora busca e apreensão feita hoje na companhia não mudar os planos de nenhuma das duas, claro.

Dilma e Graça participarão da entrega do Petroleiro Dragão ao Mar. Logo onde? O encontro acontecerá no Porto de Suape, incluído no escopo da CPI da Petrobras, a pedido do governo, para atrapalhar a vida de Eduardo Campos.

Depois, Dilma seguirá para o Sertão pernambucano, onde vai inaugurar o trecho de uma adutora de grande porte.

No dia seguinte, Graça estará no Congresso, dando explicações sobre os barris de suspeitas contra a Petrobras.

Por Lauro Jardim
18:31 \ Brasil

Pedido de apuração

Suspeitas na cela

Suspeitas na cela

Os advogados de Alberto Youssef bateram à porta do judiciário para relatar as suspeitas de que o cliente vinha sendo monitorado com um aparelho de escuta clandestina, instalado dentro da cela da Polícia Federal, em Curitiba, conforme VEJA mostrou hoje. Não só isso.

Os advogados pedem ao juiz que apure a possibilidade de eles próprios, responsáveis pela defesa de Youssef, terem sido grampeados pela PF, sem autorização judicial.

Youssef encontrou o suposto equipamento de escuta na última semana de março e, pelo vidro que o separa do mundo externo, o mostrou para os advogados fotografarem. Dias depois, segundo a defesa do doleiro, os agentes da PF fizeram uma inspeção na cela de Youssef.

Na representação encaminhada ao judiciário, os advogados argumentam:

- Os defensores foram surpreendidos momentos antes de protocolarem o requerimento com a notícia de uma revista na cela (…). Somente os advogados tinham ciência dos fatos e conversaram entre si por telefone, o que sugere que os advogados podem estar sendo interceptados. Pode ser mera coincidência, mas merece ser investigada.

(Atualização, às 19h54m: A Polícia Federal afirma ter feito uma vistoria de rotina na cela de Youssef. Na ocasião, o aparelho em questão foi apreendido e será encaminhado à perícia. A PF acrescenta que os advogados só procuraram a Justiça uma hora após a inspeção e conclui dizendo que não faz escuta clandestina e vai apurar o fato, já que os advogados têm acesso a Youssef).

Por Lauro Jardim
17:36 \ Brasil

Lobby bem sucedido

Descartando convite

Eunício indica diretora na ANS

As operadoras privadas de saúde vivem um momento de grande expectativa. Depois da MP 627, relatada por Eduardo Cunha, que se aprovada irá anistiar quase 2 bilhões de reais de multas, é a vez de cruzar os dedos pela aprovação, no Senado, de Simone Freire, ex-Hapvida e indicada por Eunício Oliveira como diretora da Agência Nacional da Saúde.

(Atualização às 20h38: a ANS entrou em contato para dizer que Simone Freire nunca trabalhou em qualquer operadora de plano de saúde, tampouco prestou consultoria a operadoras)

Por Lauro Jardim
16:57 \ Congresso

Dieta pós-escândalo?

Jantar em São Paulo

Jantar em São Paulo

André Vargas seguiu rumo a São Paulo para tentar construir uma defesa contra o que todo mundo já sabe: sua relação escusa com o doleiro Alberto Youssef, preso pela Polícia Federal. Mas nada de clausura.

Ontem, com cara de poucos amigos, Vargas saiu para comer numa lanchonete no Jardim Paulista. Sobre a mesa, hambúrguer e cervejinha gelada.

Por Lauro Jardim
16:34 \ Governo

Sem fiscalização

Campello: conversas com PTB

Fora das investigações sobre a Copa

A articulação do Planalto de dar a Gim Argello uma cadeira no TCU em troca da antecipação da aposentadoria de Valmir Campelo, que irá para uma diretoria do Banco do Brasil, deu certo apenas pela metade – mas já resolveu um problema do governo. Campelo era no TCU o relator do processo que investiga e fiscaliza os gastos da Copa.

(Atualização, às 19h37m: O TCU entrou em contato para esclarecer que, em caso de saída de um ministro, os processos que estavam sob sua responsabilidade são remetidos a outro integrante do tribunal. No caso dos  relacionados à Copa de 2014, a tendência é que o ministro  Walton Alencar Rodrigues passe a relatá-los). 

Por Lauro Jardim
15:02 \ Brasil

O doleiro, a Rockstar e a Petros

Dores Yousseff

Mais um escândalo

Há pelo menos um nome a ligar as encrencas do doleiro Alberto Yousseff com outro escândalo, a quebra do fundo de Fidc da factoring Trendbank – é a mais do que suspeita Rockstar Marketing.

A empresa aparece na planilha, revelada pela última edição de VEJA, fazendo pagamentos milionários a Yousseff  para ter acesso a negócios na Petrobras.

E aparece também no caso Trendbank: foi constatado que a Rockstar apresentava duplicatas milionárias por serviços jamais feitos de clientes como Andrade Gutierrez, Triunfo Construtora, Serveng e a concessionária CCR.  (na teoria, o fundo de Fidc da Tredbank serviria para descontar duplicatas de grandes empresas)

A propósito,  como que para fechar um círculo, um dos principais cotistas do Trendbank era a Petros, fundo de pensão dos funcionários da Petrobras. Investiu 23 milhões de reais naquele abacaxi.

Por Lauro Jardim
13:33 \ Brasil

Pelo DNA

Novo serviço a caminho

Novo serviço a caminho

A Polícia Federal vai criar um banco de DNA para facilitar a identificação de pessoas desaparecidas. O sujeito que não souber do paradeiro do parente poderá pedir a visita de um perito da PF para coletar o material genético e incluí-lo no banco.

Os desaparecidos que eventualmente foram encaminhados às sede da PF terão como cruzar seus DNAs com os disponíveis no banco. O serviço, que entrará em operação até o fim do ano, também valerá para quem procura pelos pais, que jamais conheceu.

Por Lauro Jardim
12:04 \ Diversos

Documentário da Rosa

Vida contada na tela

Vida contada na tela

A carnavalesca Rosa Magalhães vai ganhar um documentário (bem barato, aliás). A Ancine acaba de aprovar a captação de 150 000 reais para a produtora Crystal Cinematográfica filmar Salve Rosa Magalhães.

Por Lauro Jardim
11:04 \ Futebol

Fora da Copa

Nota pode ser desmentida

Graça Foster: sem correr mais riscos

Em meio a escândalos atrás de escândalos, a Petrobras decidiu não comprar camarotes corporativos para jogos do Brasil na Copa.

Até o ano passado, a estatal tinha, por exemplo, um espaço no Engenhão para receber convidados.

Por Lauro Jardim
10:11 \ Brasil

Segundo tempo

Mandados em São Paulo e Rio

Mandados em São Paulo e Rio

A Polícia Federal deflagrou hoje de manhã uma segunda etapa da operação Lava-Jato. Neste momento, os agentes estão cumprindo 21 mandados – dois de prisão, quatro de condução para depoimento e quinze de busca e apreensão – no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde pelo menos uma pessoa já foi presa.

A primeira etapa da Lava-jato levou para a cadeia o doleiro Alberto Youssef, o amigo de André Vargas, e ajudou a expor as negociatas praticadas nos corredores da Petrobras.

Por Lauro Jardim

O preferido

A princípio, não topa se candidatar

A princípio, não topa se candidatar

O candidato dos sonhos de Marina Silva ao Senado pelo Rio de Janeiro é Marcos Palmeira. Marina, porém, não deverá criar resistência, caso o PSB bata o martelo e lance Romário. Até porque, até agora, Marcos Palmeira continua dando sinais de que não pretende abraçar a vida política.

Por Lauro Jardim

Let’s talk?

Viagem programada

Viagem programada

Aécio Neves vai levar seus planos para a política econômica brasileira aos EUA no final de maio: conversará com empresários locais. O encontro, provavelmente no dia 28, está sendo intermediado pela turma do Citibank.

Por Lauro Jardim
6:04 \ Televisão

Mais um capítulo

Livro vem aí

A batalha continua 

O interminável histórico de brigas entre Milton Neves e Roberto Justus ganhará mais um capítulo na Justiça de São Paulo.

Em março, a 26ª Câmara de Direito Privado extinguiu o processo em que Neves pedia indenização de 70 milhões de reais a Justus. Neves foi convidado por Justus para apresentar um talk-show na Band, mas, dias antes da estreia, o projeto foi cancelado.

Agora, os advogados de Neves recorreram com embargos declaratórios na Justiça de São Paulo. Se não der certo, vão levar o caso para o STJ.

Por Lauro Jardim

quinta-feira, 10 de abril de 2014

4 milhões de votos

Encontro marcado no Rio

Expectativa de vantagem em Minas Gerais

Dentro da campanha de Aécio Neves, há um número mágico que é falado sobre os votos de Minas Gerais: lá, o PSDB quer sair com uma frente de 4 milhões de votos sobre Dilma Rousseff.
Por Lauro Jardim
18:16 \ Congresso

O substituto

Em torno de um nome

Em torno de um nome

O PMDB do Senado já começou a se articular em torno de um nome para indicar à cadeira do Tribunal de Contas da União (TCU), depois que Gim Argello jogou a toalha (Leia mais aqui).

Trata-se do ex-consultor jurídico do Senado Bruno Dantas, ligado a Renan Calheiros e José Sarney. Dantas já integrou o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Por Lauro Jardim
17:04 \ Economia

Tempos de aperto

marcio mello

Menos dinheiro depois da saída de Mello

Em 2013, os onze membros do conselho de administração da petroleira HRT levaram para casa 4,6 milhões de reais, o que deu, em média, 35 000 reais por uma reunião mensal.

Eram os tempos de Marcio Mello, o excêntrico ex-controlador da HRT. Os tempos de aperto chegaram. Agora, os sete conselheiros receberão 331 000 reais, o que dá a 4 000 reais mensais.

No caso da diretoria, considerando apenas a remuneração fixa, os benefícios e participações por comitês, a renda mensal caiu de 146 000 reais para 67 000 reais no mesmo período.

A HRT foi fundada há cinco anos e, até hoje, não achou meia gota de petróleo para contar história.

Por Lauro Jardim
15:56 \ Congresso

Amigo preocupado

Doações na mira do Congresso

Na papuda

O deputado mineiro Nilmário Miranda (PT) anda preocupado com seu amigo José Dirceu: apresentou um requerimento na Comissão de Direitos Humanos (CDH) da Câmara sugerindo que integrantes do colegiado façam uma inspeção para verificar como Dirceu tem sido tratado na Papuda. Parece brincadeira, mas não é.

Miranda argumentou que seu correligionário mensaleiro está preso em más condições no presídio de Brasília. VEJA mostrou no mês passado as regalias de Dirceu, que tem acesso a alimentação diferenciada dos demais detentos e horários de visitas especiais.

A ideia de usar as prerrogativas da comissão para fiscalizar se a cadeia está à altura de Dirceu partiu do deputado Zeca Dirceu, filho do mensaleiro, que procurou Miranda e sugeriu a visita à Papuda. E houve que se sensibilizasse. Presentes à reunião de ontem da CDH, Padre Ton (PT-RO) e Janete Capiberibe (PSB-AP) apoiaram a ideia.

Os demais deputados conseguiram convencer Miranda a retirar o requerimento, ao menos por enquanto.

Por Lauro Jardim
15:33 \ Congresso

Generosidade de Requião

Requiao

Doador de André Vargas

Roberto Requião acusou o governo de cometer suicídio político ao tentar sepultar a CPI da Petrobras e, em seu site oficial, publicou um comentário sobre a situação de seu conterrâneo André Vargas, atolado em denúncias de envolvimento com o doleiro Alberto Youssef.

No texto, Requião ressalta o isolamento do petista:

- Eu vejo mesmo uma falta de solidariedade ao deputado André Vargas. Solidariedade que não faltou a outros companheiros seus.

A constatação vem de quem sabe do que está falando e não pode ser acusado de falta de generosidade. Requião colaborou diretamente para a eleição de Vargas, doando 3 375 reais à campanha do petista em 2010.

Por Lauro Jardim
14:33 \ Congresso

Quem sabe?

Trabalhando por espaço na Esplanada

Não convenceu

Ao decidir abandonar a indicação ao Tribunal de Contas da União (TCU), Gim Argello deu dois argumentos na reunião com Renan Calheiros e Eunício Oliveira, ontem à noite: não sabia que havia sido condenado pela Justiça do Distrito Federal e não estava disposto a sangrar publicamente, correndo o risco de ter o nome vetado pelo Congresso (Leia mais aqui).

A justificativa do desconhecimento não convenceu ninguém, obviamente.

Gim foi condenado em primeira e segunda instâncias pela criação de cargos comissionados na Câmara Legislativa do DF, segundo a Justiça, exclusivamente para aumentar o salário dos servidores, conforme a Folha de S.Paulo mostrou ontem. Na ocasião, Gim era o presidente da Câmara local.

Por Lauro Jardim
13:28 \ Economia

Mudanças na Goldman

Dezenas de cortes

Executivo novo

Alexandre Aoude, que até novembro era diretor executivo do Itaú BBA, está negociando a ida para a Goldman Sachs no Brasil. Terá a missão de tornar lucrativa a operação do banco.

(Atualização às 17h39: a Goldman Sachs entrou em contato para informar que Alexandre Aoude não negocia sua ida para o banco. O Radar mantém a informação publicada)

Por Lauro Jardim
13:27 \ Diversos

Fora do CD da Copa

Naldo:

Naldo: fora da Copa

A Fifa vetou uma música que o cantor Naldo compôs para o CD oficial da Copa. A canção que falava de futebol não entrou na seleção de 14 músicas do álbum a ser lançado em 12 de maio.

O CD terá várias atrações nacionais e internacionais: Pitbull, Jennifer López, Claudia Leitte, Alexandre Pires e até o Psirico, sensação do carnaval com a grudenta Lepo Lepo.

Por Lauro Jardim

O marqueteiro do Pimenta

pimenta da veiga

Marqueteiro definido

Pimenta da Veiga bateu no final de semana o martelo: o marqueteiro de sua campanha ao governo de Minas Gerais será Cacá Moreno que, aliás, fez a campanha de Márcio Lacerda à Prefeitura de Belo Horizonte em 2012.
Por Lauro Jardim
 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados