No ensaio, tudo certo

Durante a inspeção que Gleisi Hoffmann fez ao Galeão ontem, um ensaio para medir o tempo de desembarque dos chefes de estado que virão para a Rio+20 foi realizado. Com uma espécie de turbante na cabeça, um servidor se passou por líder estrangeiro e desembarcou de um avião no Galeão. Ele recebeu honras militares, foi […]

Recepção na Rio+20

Durante a inspeção que Gleisi Hoffmann fez ao Galeão ontem, um ensaio para medir o tempo de desembarque dos chefes de estado que virão para a Rio+20 foi realizado.

Com uma espécie de turbante na cabeça, um servidor se passou por líder estrangeiro e desembarcou de um avião no Galeão.

Ele recebeu honras militares, foi recepcionado por autoridades brasileiras e ingressou no automóvel que o levaria para o hotel.

Pelo menos no ensaio, tudo deu certo. O rito levou cinco minutos para ser realizado.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s