Menos atribuições

Com o nome constantemente na berlinda, Ana de Hollanda assinou na sexta-feira passada portaria para delegar ao secretário-executivo Vitor Ortiz e a outros dirigentes de órgãos vinculados à pasta a competência para autorizar a celebração e prorrogação de contratos e a concessão de despesas e passagens a servidores da pasta. Pela portaria, Ortiz e outros […]

Caneta para o secretário

Com o nome constantemente na berlinda, Ana de Hollanda assinou na sexta-feira passada portaria para delegar ao secretário-executivo Vitor Ortiz e a outros dirigentes de órgãos vinculados à pasta a competência para autorizar a celebração e prorrogação de contratos e a concessão de despesas e passagens a servidores da pasta.

Pela portaria, Ortiz e outros dirigentes da Cultura não precisam mais da ministra para celebrar ou renovar contratos de até 10 milhões de reais. Ana tem ainda menos atribuições.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s