Lide, de João Doria, faz seminário com sete citados na Lava-Jato

Fórum da Lava-Jato

jO Lide, empresa de João Doria, faz nesse fim de semana um seminário em Foz do Iguaçu. Entre as atrações, sete citados na Lava-Jato. ACM Neto receberá um prêmio e os outros seis serão expositores. Dois são ministros: Antonio Imbassahy e Bruno Araújo.

Atualização: Através de sua assessoria, João Doria esclarece que repassou o controle do Lide a seu filho.

Imbassahy foi citado, mas Fachin arquivou o inquérito contra ele.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Amaury Feitosa

    faça o que digo nunca o que faço … quanta hipocrisia e cinismo.

    Curtir

  2. E aí Maurício! Todos somos inocentes até prova em contrário! Investigação não é e nem pode ser condenação antecipada, quanta insanidade! Doria 2018!

    Curtir

  3. Marcia de Oliveira Almeida

    Mauricio, responsabilidade com o que informa e põe foto. O Imbassay não está na lista de Fachin.

    Curtir

  4. Marcia de Oliveira Almeida

    há uma diferença que tem que ser separada, ter sido citado e estar na lista atual para a investigação.

    Curtir

  5. Dória, evite cair em armadilhas. Não seja como os outros, seja o novo, e evite constrangimentos que o ofício nos coloca, mas com educação. Se posicione, firme, do lado da justiça de olhos vendados, da nova república, da brasilidade.

    Curtir