Juiz rejeita queixa de Daniel Dantas contra Protógenes

Ex-delegado da Polícia Federal disse em discurso que Dantas comprou o STF

O juiz André Rossi, da 2ª Vara Criminal de Guarujá (SP), rejeitou a queixa-crime apresentada pelo banqueiro Daniel Dantas contra o ex-deputado federal e ex-delegado da Polícia Federal Protógenes Queiroz.

No processo, o banqueiro, que chegou a ser preso duas vezes pelo então delegado da PF, acusava Queiroz de injúria, calúnia e difamação por causa de um discurso que ele proferiu no Plenário da Câmara dos Deputados em 11 de setembro de 2013, na condição de deputado federal (PC do B).

Na ocasião, ele afirmou que o banqueiro usou “bilhões e bilhões” para “comprar” um ministro do Supremo Tribunal Federal e a Procuradoria Geral da República.

“Essa foi apenas mais uma das tentativas feitas pelo banqueiro Daniel Dantas para desqualificar o trabalho dos investigadores da PF, do Ministério Público e a própria Justiça, iniciadas em 2008, quando Protógenes Queiroz coordenou a Operação Satiagraha”, afirmou Adib Abdouni, advogado de Protógenes.

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s