Blogs e Colunistas

terça-feira, 22 de maio de 2012

10:04 \ Governo

No ensaio, tudo certo

Recepção na Rio+20

Durante a inspeção que Gleisi Hoffmann fez ao Galeão ontem, um ensaio para medir o tempo de desembarque dos chefes de estado que virão para a Rio+20 foi realizado.

Com uma espécie de turbante na cabeça, um servidor se passou por líder estrangeiro e desembarcou de um avião no Galeão.

Ele recebeu honras militares, foi recepcionado por autoridades brasileiras e ingressou no automóvel que o levaria para o hotel.

Pelo menos no ensaio, tudo deu certo. O rito levou cinco minutos para ser realizado.

Por Lauro Jardim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

4 Comentários

  1. Ed do Rio

    -

    23/05/2012 às 11:19

    Deve ter sido às 3 horas da madrugada quando o aeroporto não tem movimento nenhum, tudo fechado. Aí sim, quem chegar nesse horário, vai levar poucos minutos para sair de lá, caso contrário, um “cidadão normal”, vai gastar muitoooo mais do que parcos 5 minutos para resolver todos os problemas. Sem contar que, no caso dessa simulação e da verdadeira chegada das autoridades estrangeiras, tudo será feito de modo diferente do que normamente se faz com os pobres passageiros.

  2. ze do matogrosso

    -

    22/05/2012 às 22:10

    era um assessor do cabral, com guardanapo na cabeça que chegou de Paris. Alegou ter ficado para as eleições. Não explicou o porre….

  3. Luiz

    -

    22/05/2012 às 16:38

    Esta Rio+20 será uma preliminar da Copa do Mundo e Olimpíada 2016; Turista e Delegações estrangeiras assaltadas de todas as formas imagináveis.

  4. Ismael

    -

    22/05/2012 às 11:37

    Parece que era o Sacha Baron Cohen representando algum ditador assassino e por isso correu tudo bem.

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados