Mauricio Lima Radar on-line

Radar on-line

Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Ernesto Neves, Gabriel Mascarenhas e Pedro de Carvalho

sobre

O Radar publica informações exclusivas e bastidores de tudo o que for relevante. Da política à economia; do esporte à área cultural; do mundo dos negócios à segurança pública – tudo cabe neste espaço, desde que seja uma informação confiável e inédita.

Punição pesada

Por: Lauro Jardim

Lobão: a Chevron esteve com ele, mas não falou do novo vazamento

Na véspera de ser anunciado mais um vazamento de óleo em suas operações no país, dois executivos da cúpula da Chevron na América Latina e Brasil estiveram com Edison Lobão. Uma visita para tentar melhorar o relacionamento com o governo. Entretanto, já sabiam do novo derramamento e se calaram. Aproveitaram para reclamar da nova diretora-geral da ANP, Magda Chambriard, a quem acusaram de ter desmarcado uma reunião com a empresa. Lobão explicou que, na data marcada, Magda fora chamada por Dilma Rousseff para uma conversa.

A propósito, na reunião com Lobão a turma da Chevron botou a culpa em “problemas geológicos” pelo primeiro vazamento. Não é a avaliação da ANP. Nos próximos dias, será divulgado o relatório final da agência sobre o ocorrido há cinco meses. A agência vai aplicar na Chevron uma multa que ultrapassa os 100 milhões de reais.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. ali ibrahim

    A TURMA DA CHEVRON DEVE PAGAR PROTECAO AOS CANAIS COMPETENTES E ESTARA “TUDO BEM”. SE NAO PAGAREM VAO TER A VITRINA QUEBRADA VARIAS VEZES.
    OS FRIGORIFICOS ESTRANGEIROS JA PASSARAM POR ISSO HA VARIOS ANOS E TIVERAM QUE SAIR DO PAIS.

  2. Marilene Azevedo

    E vai falar ministro? Ora ! Querem mais é que o Brasil se exploda ..Tem outros interesses ai..Ou o senhor acha que estamos por fora desse assunto? Estamos de olho!