Mauricio Lima Radar on-line

Radar on-line

Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Severino Motta e Pedro de Carvalho

sobre

O Radar publica informações exclusivas e bastidores de tudo o que for relevante. Da política à economia; do esporte à área cultural; do mundo dos negócios à segurança pública – tudo cabe neste espaço, desde que seja uma informação confiável e inédita.

O Bradesco vai virar rádio

Por: Da redação

Banco cria nova rádio para cariocas e paulistanos

Em breve, no dial de Rio de Janeiro e São Paulo, uma rádio que transmitirá 24 horas de programação esportiva. Será a Rádio Bradesco Esportes, uma associação do banco com a Band, nos mesmos moldes da emissora Sul América/Band, cuja programação é 100% dedicada ao (encrencado) trânsito paulistano. A ideia é cobrir todos os esportes, incluindo, claro, futebol.

Voltar para a home
TAGs:

Comentários

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

*

  1. Ediney Aprigio

    Uma rádio só de esportes será muito bem vinda! Quem gosta de música que ligue o MP3!!!

  2. Beatriz Arantes de Sousa

    Fim da Picada! O Bradesco deveria sim patrocinar a única rádio inovadora, que nunca se rendeu às músicas “da moda”!! Ninguém está a fim de mais uma rádio de esportes!!!!

  3. Fabiola Camargo

    Por que e para quê mais uma rádio de esporte? Vão tirar a nossa tão querida e única rádio de música pop e alternativa para transformá-la em mais uma rádio sobre trânsito e futebol. Pelo amor de Deus, que injustiça!!!

  4. Michele Percivalli

    No lugar da OI FM, a única rádio que prestava e nao tocava músicas da modinha do momento.[2]

    A Grupo Bnadeirantes esta destruindo todas as radios boas

  5. Leonel Lazouwnik

    No lugar da OI FM, a única rádio que prestava e nao tocava músicas da modinha do momento.

  6. Cicero Marinho da Silva

    Ah que bom!
    O Banco recordista de reclamações do PROCON.
    Agora podemos usar a própria rádio do Banco para reclamar do mal atendimento.