Blogs e Colunistas

quarta-feira, 25 de abril de 2012

7:23 \ Congresso

Um dia atípico

Aniversário de 82 anos

Acostumado a ser alvo de críticas de eleitores país afora, José Sarney viveu ontem um dia atípico: a presidência do Senado recebeu cerca de 400 mensagens de e-mail de felicitações pelos 82 anos de Sarney completados nesta terça. Sarney também recebeu telefonemas de uma infinidade de parlamentares, ministros, empresários. Dilma Rousseff e Michel Temer, claro, também ligaram.

Por Lauro Jardim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

21 Comentários

  1. Adriano Borges

    -

    16/05/2012 às 11:20

    Esse cara é um verdadeiro CANCER DA NAÇAO !!!!!Que Deus tenha piedade de tanta gente que já morreu em decorrencia da acao de uma PRAGA dessa!!!

  2. o coringa

    -

    25/04/2012 às 21:23

    Diniossauro, pré-histórico, que os maranhenses se envergonhem de ter um representante político desse calibre,fora vanguarda do atraso e lembr-se, serás esquecido rapidamente.Amém…

  3. roberto bezerra

    -

    25/04/2012 às 20:16

    ENTÃO, DO PAÍS INTEIRO ELE RECEBEU FELICITAÇÕES DE 400 MAIS OS COLEGAS. E DA POPULAÇÃO DO MARANHÃO?

  4. João Marcos

    -

    25/04/2012 às 19:42

    82 anos e ainda sacaneando os brasileiros…deveria sair de cena.A história o julgará! Parasita, piolho do País.Apesar de tudo é bajulado pela presidente. É UMA VERGONHA!!!!

  5. Nelson de Azevedo Neto

    -

    25/04/2012 às 18:02

    Ééééeé… Infelizmente, ainda não foi desta vez que o povão se livrou dessa SARNA… Tinha mais é que mandar esse “véio coroné” se tratar no sistema público de saúde… Vai que ao invés de meterem um catéter pra desuntupir as suas artérias do coração, por “simples engano ou distração”, metiam-lhe um cabo de freio de bicicleta engraxado…

  6. augusto

    -

    25/04/2012 às 17:50

    Mais uma coisa: SARNEY, MESMO VOCÊ SENDO DA ABL E TER UM MAUSOLÉU PRIVADO, NINGUÉM SENTIRÁ SUA FALTA. VOCÊ SERÁ ESQUECIDO NA SEMANA SEGUINTE À SUA MORTE.

  7. augusto

    -

    25/04/2012 às 17:44

    Poxa como ele é importante. QUATROCENTAS pessoas mandaram e-mail parabenizando ele por mais um ano de vida. Pois bem. Parabéns BRASIL por aguentar mais um ano do Honorável Bandido com a certeza de que ele vai logo ao encontro do pai eterno (O CAPETA).

  8. Paulo Vinicius de Almeida Barbosa

    -

    25/04/2012 às 17:36

    82, coração pifando…………..falta pouco pessoal !!!! Se bem que o estrago já foi feito. E ainda por cima, plantou sementes.

  9. Rodolfo

    -

    25/04/2012 às 16:15

    Na verdade, ninguém elegeu esse PILANTRA, o poder caiu-lhe no colo!

  10. luis Renato

    -

    25/04/2012 às 15:38

    Recomendo o livro HONORÁVEIS BANDIDOS.

    Para conhecer a bela carreira desse Politico Brasileiro, de sua família maravilhosa, de seus muitos amigos de fé.

  11. Mairalur

    -

    25/04/2012 às 15:36

    Os atos secretos serviram para alguma coisa. Quanto a eventuais demais, a hipocrisia grassa pelo Brasil, com a corrupção.

  12. Andreza Aparecida Bueno Alves

    -

    25/04/2012 às 13:29

    Ele já tem um pé de meia considerável, 82 anos de idade, que tal se ele se aposentasse? Que apego é este ao poder, ou seria às benesses do poder?

  13. Sérgio Barros

    -

    25/04/2012 às 13:24

    Eu não mandei, porque esse bandido não merece.

  14. Alex

    -

    25/04/2012 às 13:18

    Um politico que nunca fez nada de bom para o país, que devia ter pendura a chuteira a muito tempo, ladrão safado.

  15. Sergio l p ferreira

    -

    25/04/2012 às 13:09

    Aponsenta Sarney. Faca um bem ao Brasil!

  16. Rodolfo

    -

    25/04/2012 às 13:08

    Zé,
    Faça pelo menos UMA ÚNICA coisa que preste na sua vida: junte-se ao Collor e acabe com o Lula, o PT e o petismo de uma tacada só nessa CPI!
    Que você e o Collor se lembrem do que o Lula e o PT fzeram com vcs e suas famílias no passado bem recente e acabe com esse LADRÃO!
    Nem vcs, nem o Congresso e nem o Brasil precisa do PT para prosperar e ir para frente! Vcs sabem muito bem disso! O PT é o ATRASO e o Brasil precisa do FUTURO!
    A chance é única, é ímpar, não se sabe quando teremos novamente um MENSALÃO e uma CPI ao mesmo tempo! A hora é essa, Zé!
    E é a sua ÚLTIMA chance de se redimir perante o povo brasileiro e poder deixar um legado para o povo que um dia lhe elegeu Presidente da República! Se não for agora, não será nunca mais!

  17. molina

    -

    25/04/2012 às 12:54

    imagino de quem sejam os cumprimentos, melhor não recebê-los, isto sim seria homenagem.
    felizmente está perto.
    mas não o comparemos ao ex presidente, precisa comer muito feijão.

  18. Norbertto

    -

    25/04/2012 às 12:52

    Essa genuflexão é própria de quem está agradecendo por algum favor (sabe-se lá qual, mas certamente com a participação do contribuinte), ou conquistando alguma ‘graça’ futura.
    No último caso, a sugestão é correr, porque o futuro desse elemento parece cada vez mais restrito, para regozijo do Brasil que presta e paga impostos.
    Finalmente, em um país com 200 milhões de almas, o “mais velho (e velhaco) político em atividade” receber menos de cinco centenas de mensagens – sobretudo lideradas por gente como dilma, lula, zédirceu & cia, não chega a ser um elogio à decência.
    A senilidade pode ser suportada com dignidade, talvez resumisse Bobbio.
    Mas pensadores universais não nascem em Pinheiro.
    Mesmo com o tentador bônus de um feriado municipal.

  19. Cesar Antonio

    -

    25/04/2012 às 11:53

    Desses 400 e-mails quantos são do AM ou do MA? Acredito que os os puxa-sacos. Este homem é, junto com Lula, o que temos de pior no Brasil. O povo perdeu muito por tê-los como presidentes. Suas responsabilidades vão ser cobradas logo…………

  20. Gustavo Lopes

    -

    25/04/2012 às 9:48

    Hoje 24 de abril a cidade de Pinheiro esta gozando um feriado municipal pela passagem do aniversario do seu “filho” mais ilustre: O ex-presidente José Sarney.
    Mas o que Pinheiro tem a comemorar com isso? – Nada, absolutamente nada! Ele e sua família que ainda vivem no Maranhão entre eles a governadora do estado Roseana Sarney e o deputado federal “Zequinha”, só aparecem aqui as vésperas das eleições em busca dos votos dos mais incautos no mais esquecem a terra natal do pai. Mas, Pinheiro tem dado o troco nas ultimas eleições e 60% disseram não a “eles”.
    Pinheiro, paga um preço muito caro de ter concebido entre seus filhos a figura do mais temido coronel e oligarca que o Brasil e o mundo têm noticia. Sarney o todo poderoso renegou seu estado hoje representante do estado do Amapá criado por ele mesmo, talvez por isso tenha abandonado sua terra natal, que vive hoje largada a sua própria sorte, sem água, sem esgoto, sem ruas trafegáveis, sem uma indústria, sem uma universidade para que seus irmão saiam da “ignorância”, “povo educado não pode ser enganado” Já dizia o Pe. Risso ao repórter Enesto Paglia quando da sua passagem aqui com a caravana do JN no Ar.
    Pinheiro é conhecida nacionalmente por ter “gerado” o Sarney e internacionalmente pelo “monstro do Maranhão” titulo dado a um pobre coitado acusado de molestar suas filhas, o outro é conhecido pelo estado de abandono que deixou seu irmãozinho, na miséria morando em barracos de palha, passando fome, sem dignidade. Realidades essas mostradas em programas de grande repercussão nacional, como Câmara Record, Programa do Gugu e Caranava JN do Ar.
    Para que não cometermos o mesmo “erro” Feliz Aniversário! , Que este dia passe, e seu ódio pela sua terra natal também.

  21. Mari Labbate *44 Milhões*

    -

    25/04/2012 às 7:32

    ACABOU a maré-de-sorte de José Sarney! Nem o apoio dos asquerosos aduladores adiantará… O distraído político já foi bem avisado pelo Universo. NADA é para sempre!

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados