Blogs e Colunistas

domingo, 27 de maio de 2012

6:34 \ Brasil

Financiamento privado

Rui Falcão: que financiamento público que nada

Em 2011, um ano sem eleições, ressalte-se, as campeãs de doação ao PT são três empreiteiras: Andrade Gutierrez (4,6 milhões de reais), Brasken/Odebrecht (4,5 milhões de reais), OA S (3,2 milhões de reais).

No total, o partido presidido por Rui Falcão arrecadou 50,7 milhões de reais em doações privadas (dez vezes mais do que o PMDB e PSDB somados). Chega a ser engraçada a pregação que o PT faz em prol do financiamento público de campanha.

Por Lauro Jardim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

18 Comentários

  • Mrailda Oliveira

    -

    12/8/2012 às 10:01

    Estas empresas doadoras se firmaram pelos mesmos critérios de corrupção parlamentar da Delta do Cachoeira, com a finalidade de s$ervir as governanças…Nunca houve CPI para investigá-las. A OAS se firmou qdo Dilma era Ministra de Minas e Energia, investiguem a macacutaia.

  • Marcos F

    -

    28/5/2012 às 16:42

    Sai o “d”, entra o “c”
    ; ou seja: “em coações privadas”

  • Marco

    -

    28/5/2012 às 13:04

    À Braskem e empresas do pólo de Camaçari, o PT retribuiu regiamente. A questão da cláusula quarta, que rolava desde o Plano Collor e já estava na pauta do Supremo, foi retirada pelo sindicato, comandado por Wagner e Rui Costa, há um ano. O acordo fechado foi de filho para pai e as empresas economizaram muitos milhões, à custa dos trabalhadores.

  • G. Carvalho

    -

    27/5/2012 às 23:40

    A Nomenklatura, como vocês sabem, tem feições semelhantes, seja onde for. Está sempre nas bocas e é amiga das tetas, sem risco de discriminação. Sua expertise consiste em tirar vantagem, às expensas do empresário, mas sobretudo do contribuinte incauto, que acaba pagando o pato devorado por atrevidos. Ex-coronéis da KGB continuam a mandar na Rússia, inclusive no destino de seus recursos petrolíferos. Produtividade, previsivelmente, é problema crônico – lá, como aqui. Se vocês leram o New York Times de 17 de maio, ou diversas reportagens recentes do The National, ou se procuraram a matéria no Youtube, concluíram, como eu, que regimes autocráticos como o chinês entronizam o nepotismo, permitindo que os filhos dos burocratas de alto coturno enriqueçam, mediando negócios entre firmas transnacionais e os poderosos de casa. Esses jovens, não tão jovens assim, são conhecidos como os pequenos príncipes. Os stalinistas residuais brasileiros, ao contrário, detestam intermediação, preferindo pendurar-se nas empresas estatais, ou mesmo na administração direta ou autárquica, mas sem abrir mão de uma consultoria fajuta, ou uma ajudinha estratégica do setor privado, que ninguém é de ferro. Essa turma chega por vezes a incluir em seus currículos raquíticos títulos acadêmicos de araque, alardeando até consultorias inexistentes. Ah, direis, a Nomenklatura. É a mesma de sempre; absolutamente prognosticável. Vanguardeira resoluta do atraso. Patrona militante da mediocridade. Selecionada, sem ameaça de inovação, pelo critério confiável do mínimo denominador comum.

  • Rosa do Luxembourg (o jardim)

    -

    27/5/2012 às 20:42

    ATÉ QUANDO?

  • Almir Bohana

    -

    27/5/2012 às 19:45

    Toma lá. dá cá.
    Dou dinheiro ao PT e os governos do PT, inclusive o federal, libera
    obras para mim. Ao preço que eu bem entender. Com revisões contra -
    tuais, aumento de quantitativos e preços unitários, pagamento das
    faturas imediatamente, sem garantia de obra e sem prazo para conclu-
    são. Materiais de péssima qualidade. Se cair, foi fatalidade.
    Trato feito. Vamos assinar o contrato por mera formalidade.

  • Decio

    -

    27/5/2012 às 19:36

    Quase nada comparado com o que Cachoeira movimenta com seus amigos.

  • Aldo Matias Pereira

    -

    27/5/2012 às 19:33

    Lauro,
    Porque excluir a Delta? O quarteto fantástico do pac e do pt é exatamente essas umazinhas. Só não sabe quem recebe para não “saber”. Isso aí é o maior celeiro do mundo de recursos não contabilizados e notas fiscais frias! Só que as cgu da vida, tcu, agu, pf e qualquer outra que existe no “governo” para fiscalizar a boa aplicação de nosso dinheiro afanado todo mês, só se interessa por ladrões de galinha e quinze minutos de fama quando flagram algum oposicionista de alto coturno. Enquanto existir gente como o que temos no executivo, legislativo e judiciário, com as ideias que têm, com a visão de honradez e ética que têem, podemos estar certos de que dias piores sempre virão. Sob os aplausos dos celerados que ocupam posições de mando e influenciam aquilo que o povão deveria saber!!!!! Isso é banânia!!! Isso é BRASIL!

  • Tico Tico

    -

    27/5/2012 às 18:28

    A esquerda não presta e a direita não vale nada. Precisaremos virar uma Cuba por uns cem anos para aprendermos ser naturalmente honestos.

  • geremias

    -

    27/5/2012 às 18:12

    O PFL, o PSDB e todos os partidos que tiveram no poder tiveram o mesmo comportamento do PT. Pior de tudo isto é que este dinheiro não é de empreiteira e sim do povo brasileiro. O que poderia ter preço justo para o governo é caro para retornar em forma de doação.

  • Donato

    -

    27/5/2012 às 17:33

    Seria notícia se houvesse doação ilegal.
    Todas as doações estão de acordo com a lei eleitoral vigente. Qual é o problema?

  • lul@ o Chefe do MENSALÃO

    -

    27/5/2012 às 15:41

    … Oxente, meu rei, isso não é doação é COMISSÃO cobrada para fechar contratos com o governo. E o pt sabe que muito em breve ele não terá mais o governo para usar como caixa de campanha…….

  • Eduardo Casares

    -

    27/5/2012 às 13:43

    Canalhas!!

  • Eduardo Casares

    -

    27/5/2012 às 13:42

    ..UMA CORJA.

  • Robert

    -

    27/5/2012 às 13:02

    Chega a ser engraçada a pregação que o PT fazia contra as empreiteiras e banqueiros.

  • Rodolfo

    -

    27/5/2012 às 12:17

    Lauro,
    É que o Rui GAVIÃO queria exatamente esses outros 5 milhões arrecadados pelo PSDB e PMDB juntos somente para o PT e assim acabar com o que ainda resta da oposição! Essa é a meta do PT e eles não vão sossegar enquanto não conseguirem!
    É por isso que esses VAGABUNDOS querem financiamento público, porque como eles têm a CHAVE do COFRE, podem desviar recursos para campanhas políticas como bem entenderem, ou seja, tudo para o “rei” e seus súditos e amigos, e NADA para os inimigos(que deveriam ser visto apenas como adversários)!
    Ou o Brasil acaba com o PT, ou o PT acaba de vez com o Brasil!

  • gaúcha indignada

    -

    27/5/2012 às 10:19

    CADÊ O SUPERIOR TRIBUNAL ELEITORAL??????

  • Mari Labbate *44 Milhões*

    -

    27/5/2012 às 8:14

    PT: O PARTIDO COMUNISTA QUE ENRIQUECEU, DESONESTAMENTE, “DEFENDENDO OS POBRES”?

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados