Blogs e Colunistas

domingo, 20 de maio de 2012

6:15 \ Brasil

Compra milionária

A sede do QG da Polícia Militar

O maior negócio imobiliário da história do Rio de Janeiro está prestes a ser fechado. A Petrobras está comprando o terreno onde está localizado hoje o Quartel-General da Polícia Militar por 336 milhões de reais. Ali, será erguida uma nova super-sede da Petrobras, bem ao lado da atual.

Por Lauro Jardim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

20 Comentários

  • MARCELO XAVIER

    -

    25/6/2012 às 14:04

    Gostaria de saber quando vai ser a venda dos ARCOS DA LAPA, PÃO DE AÇUCAR e CRISTO REDENTOR

  • Tiago Paiva Ipanema

    -

    17/6/2012 às 2:52

    Alguma coisa foi decidida?
    Existem na cidade do Rio terrenos muito mais baratos que os encontrados no centro da cidade. E há também um movimento de migração das empresas localizadas no centro para a Barra da Tijuca, visto que esta é onde se encontram a maioria dos empreendimentos comerciais novos construídos, em construção ou projetados para a cidade. A Petrobras poderia também adquirir algum terreno na região do porto e ajudar assim com a revitalização daquela área horrorosa. Não sei o porquê desse mudança de sede, em um momento que se deveriam cortar custos supérfluos. Mas se for falar em questão de beleza arquitetônica qualquer coisa será mais bonita e gentil visualmente para o rio de janeiro que aquela monstruosidade da Avenida Chile.

  • Arnaldo

    -

    21/5/2012 às 17:54

    Deveriam comprar(ganhar) terreno no interior do Amazonas e mandar esta cariocada pra lá! O Rio tá muito cheio…

  • Rodolfo

    -

    21/5/2012 às 17:47

    Lauro,
    Segundo O Globo, a NEGOCIATA foi concluída! Quantos metros quadrados possuía o terreno?

  • Smartins

    -

    21/5/2012 às 1:29

    Não entendo um investimento tão alto deste, só existe este terreno ai no Rio de Janeiro? Porque o governo não doa o terreno para a Petrobrás? Já que as empresas petrolíferas pagam milhões e milhões de royalties, principalmente para o estado do Rio. Ah, mais esquecemos, que este ano tem eleições, essa grana deve ser para financiar a campanha de alguns. poucos políticos.

  • Eduardo

    -

    21/5/2012 às 0:42

    A Petrobras poderia aproveitar e implodir aquela atrocidade que eles usam como sede atual. Aquele prédio deveria ser motivo de vergonha para todos os cariocas. Poderiam aproveitar o serviço e implodir junto a catedral metropolitana. Tenho certeza que o Rio seria uma cidade muito mais bonita sem essas duas contruções monstruosas.

  • Rodolfo

    -

    20/5/2012 às 22:37

    Lauro,
    Eu não sei a metragem do terreno, mas sei fazer conta, ainda mais conta simples: o preço médio do metro quadrado no mesmo local gira em torno de R$ 4.157,00(fonte: ZAP Imóveis), o que daria para a Petrobras comprar um terreno semelhante ou um prédio pronto de 81.000 metros quadrados!!!
    Portanto, se o terreno do quartel for inferior à metragem acima e ainda por cima ao somarmos os custos de derrubada do prédio antigo e construção de um novo(duvido que a Petrobras vai ficar com essa velharia!), o que vemos nessa NEGOCIATA só tem uma única palavra: ROUBO!

  • maria-maria

    -

    20/5/2012 às 21:45

    Compra milionária? Não seria mais adequado falar em roubalheira milionária?

  • Jaguaribe Teixeira

    -

    20/5/2012 às 20:45

    A Petrobras só se salva se a gasolina for a R$4,50 o litro. E mesmo assim vai levar um bom tempo no purgatório.

  • anselmo

    -

    20/5/2012 às 18:26

    Os petralhas que infestam a petrobras se multiplicam como praga. Serao necessarios varios criadouros para abrigar os sanguessugas. Enquanto isso a petrobras desmorona e ja vale menos do que uma empresa iniciante da Colombia.

  • túlio pereira

    -

    20/5/2012 às 17:23

    O QUE AS EMPRESAS PODERIAM FAZER PARA AJUDAR NO COMBATE AO CRIME, É AJUDANDO NO INVESTIMENTO NAS POLÍCIAS. VEÍCULOS, ESCOLA PARA OS MILITARES, ARMAMENTO E PRINCIPALMENTE AJUDANDO NOS SALÁRIOS. VOCÊS VERIAM COMO O CRIME NO BRASIL IRIA MINIMIZAR.

  • Antonio Anísio da Silva

    -

    20/5/2012 às 17:22

    Caro articulista:
    Com o resto de confiança que eu tinha desse governo,dividi minha poupança e,com a outra metade,comprei ações da Petrobrás em longo prazo.Após essa decisão o resumo foi só decepções:
    1a-O preço de venda foi fixado nas alturas($29,65)e
    2a-Com a empresa mal gerenciada as ações estão sendo pulverizadas.($19,78)
    Com essa notícia dá para perceber que eles não tem austeridade e respeito nenhum com a empresa e a confiança do povo!
    Para mim isto é a gota dágua que faltava:Amanhã mesmo estarei vendendo(3a decepção)minhas ações.
    Mesmo com o prejuízo,sei que ficarei feliz!
    Feliz por,de hoje em diante,com todos os argumentos que puder usar,alertar à outros incautos como eu,como age esse maldito governo!!

  • nei Brasil honesto

    -

    20/5/2012 às 16:05

    Em abril foi redução recorde de violência e crimes no Estado: http://www.isp.rj.gov.br, imagine com esse dinheiro extra!
    O passivo imobiliário da PM é pelo menos de 10 vezes isso!!!!
    Mais um ano, a segurança do Rio estará melhor que S. Paulo : http://www.ssp.sp.gov.br.
    O Rio é lindo.
    http://www.destinosaovicente.com.br

  • BEZERRA

    -

    20/5/2012 às 16:04

    Ultimamente só vejo falar em milhões. Vejo ainda comentários de que nosso pais, o Brasil, está ótimo; mas vejo também que empresa tal perdeu no trimestre tantos milhões; mas o que sei é que, se esses milhões daqui e dali, fosse aplicado em beneficio da EDUCAÇÃO, SAÚDE e
    uma melhora nas aposentadorias pensões dos idosos; 9SE É QUE EXISTE TANTOS MILHÕES); seria uma realmente uma beleza nosso BRASIL

  • Egberto Cavariani

    -

    20/5/2012 às 15:30

    Eu não entendo porque a Petrobras e outras empresas estatais, não estão sediadas em Brasilia.
    A capital do país ainda não mudou para esse pessoal?

  • Cilo

    -

    20/5/2012 às 15:27

    Quanta besteira ainda veremos anunciada? Estamos no país do absurdo. A Petrobrás não tem coisa melhor, dentro de suas atividades , para aplicar tanto dinheiro? Ou seria apenas meio de transferir recursos para o governo do Rio de Janeiro, dar-lhe uma ajudinha? É de supor que tal terreno pertença ao estado que se beneficiará do desperdício de recursos por parte da estatal.

  • alvarez

    -

    20/5/2012 às 14:27

    Faltou informar o tamanho da área e o valor médio do m² na região.

  • joaquim

    -

    20/5/2012 às 14:13

    Pra que, e depois falam que a Petrobras ta em crise ,deixa as coiss como estao,deixa o QG da Policia no mesmo lugar, servindo aos Policiais como antes , pra que mexer, só pode ser idéia de Cabral,ai eu pergunto pra onde vai este dinheiro da venda, será que vao fazer o outro QG.

  • Daladier Lima

    -

    20/5/2012 às 13:58

    Com o preço da gasolina que pagamos ela compra até um Estado da Federação. Dar tiro com a pólvora dos outros é a maior moleza.

  • Rodolfo

    -

    20/5/2012 às 13:35

    Negócio de cumpadres, Sérgio Cabral e Dilma/Lulla!
    Pode apostar que está tudo SUPERFATURADO!

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados