Agenda de Etchegoyen entrega agente da CIA no Brasil

O cargo deveria permanecer anônimo

As lambanças do governo não param. A agenda de Sergio Etchegoyen entrega o encontro do ministro com um agente da… CIA!

No dia 9 de junho, Etchegoyen se encontrou com Duyane Norman, “traído” pelo governo: “Chefe do Posto da CIA em Brasília”.

Em seu Linkedin, Norman aparece apenas como “political officer” no Departamento de Estado Americano. Dada a descrição de seu posto na internet e a escassez de informações sobre Norman, é natural imaginar que ele gostaria de permanecer desconhecido. Afinal, é prerrogativa de função todo “espião” permanecer anônimo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. qual o problema que isso afeta o meu dia a dia , o Brasil desabando em corrupção e desemprego o que a cia me trás de perigo , só pode nos ajudar que a cia nos monitore para a nossa proteção .

    Curtir

  2. Euripedes Batista

    Até onde eu sei, isso é traíção. STM, tá dormindo meu filho? Tá na hora de botar essa gente em PRISÃO MILITAR, por que se tem político corrupto fazendo negociata com espião estrangeiro, coisa boa isso não é…

    Curtir

  3. Felizmente o país não tem armas atômicas. Com esses mandatários corruptos e comandantes de agencias de informações como esse que temos agora, o mundo correria grande perigo. Esse negócio de agencia de inteligência é para país de primeiro mundo.

    Curtir

  4. ABRAÃO LINCOLN SALES BASTOS

    REPUBLICA TABAJARA – já pensou no fiasco se este pais entrar numa guerra.

    Curtir