“Pode ir para o voto”

Parlamentares escalados para evitar a convocação de Sérgio Cabral na CPI mista do Cachoeira passaram os últimos dias disparando telefonemas e tentando tirar a temperatura da situação de Cabral entre os integrantes da CPI. Eduardo Cunha, por exemplo, diz que a comissão não irá convocar Cabral. Para ele, a relação do governador com o empreiteiro […]

“Pode ir para o voto que o Cabral ganha”

Parlamentares escalados para evitar a convocação de Sérgio Cabral na CPI mista do Cachoeira passaram os últimos dias disparando telefonemas e tentando tirar a temperatura da situação de Cabral entre os integrantes da CPI.

Eduardo Cunha, por exemplo, diz que a comissão não irá convocar Cabral. Para ele, a relação do governador com o empreiteiro Fernando Cavendish é pessoal e não está no objeto de investigação da CPI. Convocar Cabral, diz Cunha, só serve aos interesses políticos de Anthony Garotinho, o responsável por revelar as fotos das viagens de Cavendish e Cabral em Paris:

– O Garotinho quer transformar a comissão em uma CPI do Cabral. Isso ele não vai conseguir. Pode ir para o voto que o Cabral ganha. A base vai votar unida.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s