Blogs e Colunistas

Arquivo de 10 de abril de 2012

terça-feira, 10 de abril de 2012

22:45 \ Congresso

CPMI do fim do mundo?

Mais uma comissão parlamentar de inquérito no Congresso

Apesar da fala grossa dos líderes partidários em defesa da criação de uma CPI mista para investigar as relações de Carlinhos Cachoeira com a República, nem todos estão à vontade com a proposta na base aliada. Um graúdo senador peemedebista, que já frequentava os corredores palacianos em junho de 2005, quando a CPMI dos Correios foi criada, lembra que a investigação nasceu sob as mesmas condições: denúncias na mídia e pressão nos partidos.

Na época, o Planalto trabalhou contra a criação da comissão, mas não conseguiu segurar a base governista e o estrago (para o bem da sociedade) se fez: a CPI para investigar propina nos Correios transformou-se na “CPI do fim do mundo” e dela afloraram o mensalão e os mensaleiros. Agora, a história se repete, mas com o Planalto ainda sem saber o que fazer diante do caso Cachoeira.

Enquanto Walter Pinheiro diz ter a unanimidade petista ao seu lado na criação da comissão no Senado, Eduardo Braga avisa que o governo permanece “neutro”. Se a CPI do Cachoeira será outro “fim do mundo” no Congresso só o tempo irá dizer, mas o mesmo peemedebista graúdo resume:

– É muito estranho. Em todos esses anos de Congresso, é a primeira vez na minha vida que vejo um governo defender uma CPI.

Por Lauro Jardim
22:44 \ Congresso

Por que o Congresso quer

A propósito da CPI mista do Cachoeira no Congresso, líderes partidários do Senado diziam abertamente ontem que a comissão só será criada se o STF insistir em vetar o acesso dos parlamentares ao inquérito da Operação Monte Carlo. Como diz Alvaro Dias, está mais do que evidente que não há no Congresso a disposição para investigar o que quer que seja. O que existe entre os partidos é a disposição de “acabar com vazamentos seletivos” e descobrir até aonde vão os laços de Cachoeira no Executivo e no Judiciário. Resume Dias:

- O que tinha de prova contra congressista já saiu. O que queremos agora é ver até aonde o Cachoeira chega no Executivo e no Judiciário.

Por Lauro Jardim
22:43 \ Congresso

Estreia do blocão

O novo blocão do PTB com o PR (doze senadores) no Senado vai estrear justamente nesse entrevero da CPI mista de Carlinhos Cachoeira. Em reunião hoje, o bloco decidiu assinar em peso o requerimento de abertura da investigação.

Por Lauro Jardim
19:32 \ Partidos

O jantar do PMDB

Sarney perdeu o título

O PMDB vai dar um jantar nesta noite, em Brasília, para comemorar seus 46 anos de fundação. Desde que José Sarney deixou o Planalto, é a primeira vez que os peemedebistas irão festejar o aniversário com um dos seus no comando da República (Michel Temer esquenta a cadeira até amanhã, quando Dilma Rousseff retorna dos EUA). Um graúdo peemedebista faz galhofa:

– O Eliseu Padilha já fala em tomar o comando do país quando a Dilma está aqui. Com ela fora, então… Durma-se com um jantar desses.

Por Lauro Jardim
18:48 \ Esportes

UFC no Engenhão

Engenhão: palco do próximo UFC

Agora o martelo está batido. Depois dos organizadores do UFC tentarem adiar a luta de Anderson Silva devido à realização da Rio +20 (mais detalhes em O UFC pode ser adiado), o evento foi mesmo confirmado para o dia 23 de junho, no Engenhão.

Quem está feliz da vida é o Botafogo. Depois de faturar um milhão de reais com o show de Roger Waters, o clube agora deverá arrecadar 1,5 milhão de reais com as lutas. Isso porque a ideia é cobrar ingressos ainda mais caros do que o show do ex-Pink Floyd.

Por Lauro Jardim
17:32 \ Congresso

Goianos desfalcados

Longe do Congresso

Desde que resolveu submergir para ler os grampos telefônicos da Operação Monte Carlo, Demóstenes Torres vem colecionando faltas no plenário do Senado e nas comissões.

Ontem, Demóstenes seguia entocado num sítio no entorno do Distrito Federal e nem os próprios assessores sabiam dizer a data de seu retorno ao Congresso. Pelo visto, os goianos vão continuar desfalcados no Senado.

Por Lauro Jardim
16:29 \ Futebol

Conca multimilionário

Conca: salário chinês, mordomia no Rio

Darío Conca, ex-ídolo tricolor que resolveu ganhar a vida na China, começou a desfrutar da vida de milionário.

Acaba de comprar oito terrenos no imenso condomínio em que Ronaldinho Gaúcho tem uma mansão no Rio de Janeiro.

Por Lauro Jardim
15:42 \ Judiciário

Recursos de Kakay

Reclamação protocolada

Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, acaba de protocolar uma reclamação no STF. Ele pretende anular as escutas que flagraram seu cliente Demóstenes Torres em conversas com o bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Além do protocolo eletrônico, Kakay imprimiu uma via da reclamação. Quer entregar a cópia a Ricardo Lewandowski e, se possível, tomar um café com o ministro para explicar pessoalmente o pedido de anulação.

Por Lauro Jardim
15:31 \ Partidos

Sem rumo

Sem sinal do Planalto

Paulinho da Força tem conversa marcada com Carlos Lupi amanhã para ver se finalmente transforma em realidade as ameaças do PDT de devolver o Ministério do Trabalho.

Há pelo menos duas semanas integrantes da cúpula pedetista anunciam a intenção de retaliar o Planalto pela demora em entregar a pasta do Trabalho a um pedetista “puro-sangue”.

Apesar dos recados, nem Ideli Salvatti nem ninguém do governo procurou o partido para discutir a situação. Para os pedetistas, o silêncio, tem um significado: o Planalto vai fazer com o PDT o mesmo que fez com o PR.

Por Lauro Jardim
14:47 \ Governo

Plataforma para Ana

Assessoria privada no ministério

O Ministério da Cultura vai pagar 5 milhões de reais para uma empresa privada realizar um certo “projeto de governança, risco e conformidade” na pasta comandada por Ana de Hollanda. Trata-se de uma plataforma bastante utilizada no meio empresarial para padronizar procedimentos, cumprir regulamentos oficiais, controlar riscos e facilitar a divulgação de informações corporativas.

Por Lauro Jardim
13:24 \ Futebol

Reebok quer mudar

São Paulo proibido de ter terceiro uniforme

A Reebok está tentando articular na diretoria do São Paulo uma mudança no estatuto do clube.

Hoje, o São Paulo proíbe a confecção de um terceiro uniforme, ao contrário de outros times que cada vez mais usam e abusam das camisas de cores diferentes.

A ideia seria lançar um novo modelo no segundo semestre.

Por Lauro Jardim
12:33 \ Futebol

Bombeiro baiano

Jaques Wagner: um dos poucos que não quer briga com a Fifa

Jaques Wagner esteve na sede da Fifa na semana passada para tentar garantir Salvador como uma das sedes da Copa das Confederações. Reuniu-se com Jérôme Valcke, aquele do pé no traseiro. E voltou disposto a atuar como bombeiro: quer reaproximar o governo brasileiro de Valcke.

Por Lauro Jardim
11:42 \ Televisão

Abaixo do esperado

Datena: ibope fraco

A estreia do programa de Datena na Band teve uma audiência bem fraca, apesar de acima do que a emissora alcançava antes. Quem Fica em Pé alcançou três pontos segundo a prévia do Ibope para a Grande São Paulo. Ficou bem atrás da líder Globo com 38 pontos e a Record com sete.

Por Lauro Jardim
10:22 \ Governo

O pico de Temer

Em Noronha

Teve turista que foi passar o feriadão de Páscoa em Fernando de Noronha e voltou para casa com uma foto de Michel Temer de brinde. Reconhecido por turistas, Temer, de bermudão e camiseta (com Marcela, Michelzinho e mais dois seguranças do GSI a tiracolo), não se esquivou das fotos.

Por Lauro Jardim
9:28 \ Esportes

Djokovic em favela

Número um do mundo quer inaugurar quadra em favela do Rio de Janeiro

Petkovic embarcou para a Sérvia na semana passada para negociar a vinda de Novak Djokovic ao Brasil para uma partida de exibição contra Gustavo Kuerten.

Djokovic pretende participar da inauguração da quadra de tênis em uma favela do Rio de Janeiro – a Rocinha está entre as cotadas.

Por Lauro Jardim
8:36 \ Judiciário

A religião no STF

Maioria cristã

Nesta quarta-feira o STF deve liberar a interrupção de gravidez nos casos de fetos anecéfalos.

A decisão vai representar uma grande derrota para a igreja católica, principalmente numa corte de maioria cristã.

Dos onze ministros, nove são católicos. Fogem à regra Luiz Fux, que é judeu, e o futuro presidente da Corte, Ayres Britto, adepto do holismo.

Por Lauro Jardim
7:34 \ Congresso

Mudanças no julgamento

Beira-mar, um dos bandidos mais perigosos do país

Está na pauta da reunião da CCJ do Senado desta quarta-feira proposta que estabelece novas regras para o julgamento na primeira instância da Justiça de crimes praticados por organizações criminosas.

Entre os principais pontos da proposta, o texto abre a possibilidade de criação de um colegiado de juízes de primeira instância para análise dos processos e autoriza a alienação antecipada dos bens apreendidos ou sequestrados que tenham relação organizações criminosas.

Por Lauro Jardim
7:07 \ Cultura

Em restauração

Restauração milionária

O Ministério da Cultura autorizou uma empresa de restauração de São Paulo a captar, via Lei Rouanet, 4,5 milhões de reais para bancar a restauração do Museu Brasileiro de Escultura, que fica em São Paulo. As obras envolvem o fortalecimento das estruturas do museu e eliminação de infiltrações no teto do prédio.

Por Lauro Jardim
6:33 \ Diversos

Show cancelado

Faltou pouco para Cher cantar em São Paulo

Com o contrato praticamente assinado para vir pela primeira vez ao Brasil, os empresários da americana Cher desistiram na última hora da primeira turnê latino-americana da cantora. Os promotores brasileiros da turnê já haviam até reservado o estádio do Morumbi para que Cher cantasse ali no dia 9 de junho.

A data não foi escolhida à toa: é a véspera da Parada Gay de São Paulo. Ou seja, não haveria a menor chance de não serem vendidos todos os cerca de 60 000 ingressos para um espetáculo do maior dos ícones gays.

Por Lauro Jardim
6:04 \ Judiciário

No ataque

Quem vazou?

Cansada de ver o nome de seu cliente todos os dias no noticiário, a defesa do bicheiro Carlinhos Cachoeira partiu para o ataque e enviou à Justiça um pedido de abertura de inquérito policial.

Os advogados querem saber quem foi o responsável pelo vazamento dos diálogos da operação Monte Carlo.

Na prática, a defesa quer arrumar um jeito de ocupar quem vem lhe causando tanta dor de cabeça.

Por Lauro Jardim
6:03 \ Congresso

A CPI do Cachoeira

Pressão dos colegas

Depois de passar 2011 com o rótulo de inimigo das CPIs, Marco Maia convive agora com a pressão dos colegas para instalar na Câmara uma investigação sobre as relações do bicheiro Carlinhos Cachoeira com diferentes instâncias da República.

Maia abriu até o momento três CPIs para apurar denúncias de trabalho escravo, exploração sexual de crianças e adolescentes e tráfico de pessoas. Ele também mandou arquivar quatro pedidos de investigação alegando ausência de “fato determinado”. Diante de tantas evidências de envolvimento de parlamentares de diferentes partidos com Cachoeira, Maia vive o dilema.

Se abrir a CPI, corre o risco de detonar um processo que poderá tragar um número incerto de deputados, inclusive do seu próprio partido, o PT. Permanecendo indiferente ou até mesmo determinando o arquivamento do pedido, Maia arcará sozinho com o ônus de engavetar um dos casos de corrupção mais controversos dos últimos tempos.

Por Lauro Jardim

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados