Blogs e Colunistas

Arquivo de 20 de março de 2012

terça-feira, 20 de março de 2012

20:22 \ Futebol

Marin na Corte

Marin em Brasília

Quem desembarca daqui a pouco em Brasília para sua primeira visita no novo cargo é José Maria Marin.

Por Lauro Jardim
20:00 \ Congresso

PR quer assinar CPI

Recado de Blairo Maggi à oposição: o PR topa assinar a CPI da Saúde se o requerimento da comissão se limitar a investigar os contratos das empresas denunciadas pelo Fantástico. CPI do fim do mundo não vai rolar. 

Por Lauro Jardim
19:23 \ Congresso

Foco de tensão

Sarney provoca ciúmes

A comissão especial de notáveis, criada por José Sarney para discutir um novo pacto federativo, se transformou no novo foco de tensão no Senado. Sarney havia prometido a um grupo de senadores, entre eles Delcídio Amaral e Eunício Oliveira, que deixaria as discussões federativas a cargo da CAE e da CCJ, comissões comandadas por ambos, respectivamente.

A ideia dos senadores era explorar os dividendos do assunto nas comissões, realizando audiências públicas sobre as questões federativas com os tais “notáveis” de convidados.

Ocorre que Sarney resolveu descumprir a promessa e surpreendeu todo mundo ao anunciar a comissão especial, entregue ao comando de Nelson Jobim. Delcídio não quer nem ouvir falar no nome de Sarney. Eunício também ficou mordido. Quem vai brilhar agora é Jobim.

Por Lauro Jardim
18:21 \ Economia

Tudo parado

A greve nas obras da usina de Jirau completa uma semana hoje. Está tudo parado. E o impasse para o retorno ao trabalho continua.

Por Lauro Jardim
17:32 \ Brasil

Contrato rompido

TIM perde milhões no Rio

O governo do Rio de Janeiro rompeu o contrato milionário que havia fechado no fim de 2010 com a Intelig/TIM para ser fornecedora de serviços de telecomunicação.

Segundo o Diário Oficial fluminense, a ruptura ocorreu por ‘inexecução das obrigações devidas’.  O contrato era de 225 milhões de reais por dois anos. Uma nova licitação será feita ainda este ano.

Por Lauro Jardim
16:29 \ Governo

O PAC da Caixa

Pressão no trabalho da Caixa

Aguinaldo Ribeiro escolheu a Caixa Econômica Federal com alvo prioritário de suas ações no Ministério das Cidades. Descontente com as estatísticas do Minha Casa, Minha Vida, Aguinaldo tem dito que irá cobrar o fim da lentidão do banco na contratação de financiamentos do programa:

- Vou lançar o Programa de Aceleração da Caixa.

Por Lauro Jardim
15:23 \ Economia

Vai, mas fica

Berenguer no Conselho de Administração

José Berenguer, vice-presidente sênior do Santander, deixa o banco espanhol no dia 31. E começa como sócio do Gávea, de Arminio Fraga, no dia 10 de maio.

Berenguer continuará, contudo, ligado ao Santander. Passará a integrar o conselho de administração do banco.

Por Lauro Jardim
14:33 \ Futebol

Garoto propaganda

Fabio fecha com a Olympikus

Depois de fechar com o Cruzeiro, a Olympikus definiu qual jogador do elenco será patrocinado pelo clube. Nada de Montillo, principal estrela da celeste. O goleiro Fabio foi o escolhido do elenco para realizar ações de marketing durante o ano.

Por Lauro Jardim
13:22 \ Brasil

Deixou esperando

Bezerra deu o cano

Fernando Bezerra deu o cano ontem em Cid Gomes, prefeitos, deputados estaduais e federais e lideranças políticas de municípios do Norte do Ceará.

Alegando reunião de última hora com Dilma Rousseff, Bezerra deixou todo mundo ao sol em Canindé, onde assinaria investimentos do projeto São José, voltado para agricultura familiar e de pequenos proprietários.

Bezerra e Cid anunciariam 17 milhões de reais para 55 subprojetos de abastecimento de água e 109 tratores para mecanização agrícola, beneficiando 147 associações de 81 municípios cearenses. Cid não quis marcar nova data para um novo evento.

Por Lauro Jardim
12:22 \ Congresso

Mudança na OAB

Contra a casta

Está na pauta da reunião desta tarde da CCJ da Câmara o projeto de Lincoln Portela que pretende mudar os critérios de eleição para cargos de comando nos órgãos da OAB em todo o país.

Pela norma atual, o advogado precisa ter pelo menos cinco anos de exercício da profissão para poder se candidatar a um cargo na entidade.

Portela propõe a retirada da barreira de cinco anos alegando que a regra exclui os jovens profissionais do processo de comando da entidade e “cria uma casta” de advogados.

Por Lauro Jardim
12:21 \ Congresso

Dia nacional

Vicentinho quer criar data comemorativa

É mais um desses projetos que não mudam a vida de ninguém mas, vira e mexe, são analisados no Congresso. A CCJ da Câmara pode analisar hoje proposta de Vicentinho para instituir o dia 6 de agosto como o Dia Nacional dos Profissionais da Educação, a ser comemorado anualmente.

Por que o dia 6 de agosto? É o dia que Dilma Rousseff sancionou a Lei 12 014, definindo as categorias de trabalhadores classificados como profissionais da educação. O nobre deputado ajudaria muito mais a classe de educadores se lutasse pelo pagamento do piso nacional dos professores, ainda desrespeitado nos estados, ou por melhorias nas escolas, por exemplo.

Por Lauro Jardim
12:12 \ Economia

Minoritários reclamam

Os minoritários da encrencada Laep  se reúnem logo mais na sede paulista da CVM. Vão reclamar da falta de transparência da empresa.

Por Lauro Jardim
11:48 \ Brasil

Nova perícia

O carro após o acidente

Está sendo feita uma nova perícia neste momento no Mercedes-Benz SLR McLaren de Thor Batista, que está na garagem da casa do seu pai, Eike.

A propósito, o carro de Thor não era blindado.

Por Lauro Jardim
11:47 \ Brasil

Thor vai falar

Thor Batista decidiu, com a concordância do pai, Eike, dar uma entrevista coletiva amanhã, após o seu depoimento à Polícia sobre o acidente de sábado.

(Atualização: no final da tarde, a família Batista deicidiu adiar os planos de uma entrevista coletiva neste momento)

Por Lauro Jardim
11:37 \ Governo

Ajuda da CGU

Agnelo: CGU em cima

Dirceu Barbano pediu ontem a Jorge Hage os serviços da CGU na auditoria instalada na Anvisa para investigar irregularidades envolvendo a gestão de Agnelo Queiroz e o grupo farmacêutico Hipolabor. Um auditor da CGU deverá auxiliar no trabalho que tem como foco a investigação sobre a concessão de licenças ao laboratório.

Segundo publicou O Estado de S. Paulo na semana passada, uma agenda apreendida em buscas autorizadas pela Justiça de Minas mostrou registros de supostos pagamentos a Agnelo em 2010, ano em que deixou a diretoria da Anvisa para concorrer ao governo do DF. 

Durante seu mandato na Anvisa, Agnelo liberou certificados de “boas práticas” para que o Hipolabor e empresas de seu grupo registrassem medicamentos, podendo comercializá-los, e firmassem contratos com o poder público. As autorizações ignoraram histórico do laboratório de interdições sanitárias, suspensão de medicamentos reprovados e processos judiciais por morte de pacientes.

Por Lauro Jardim
11:29 \ Congresso

Dedução de IR

Projeto tem parecer favorável

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado vota amanhã um  projeto de Cyro Miranda que inclui os gastos com medicamentos na lista de despesas passíveis de dedução no imposto de renda de pessoa física. Pelo texto, estão enquadrados na possibilidade de abatimento de IR gastos relacionados à aquisição de medicamentos para o contribuinte e para seus dependentes.

A dedução é condicionada à comprovação de receituário médico e nota fiscal, exatamente como já ocorre no abatimento de despesas com exames laboratoriais, serviços radiológicos, aparelhos ortopédicos, próteses ortopédicas e dentárias.

Por Lauro Jardim
10:32 \ Religião

Valdemiro atrasa

Valdemiro atrasa pagamentos

Além de brigar com Edir Macedo, Valdemiro Santiago está incomodando mais um dono de TV. Desde domingo, a disputa com a Record chegou ao ápice após uma reportagem no Domingo Espetacular revelar que Valdemiro comprou fazendas com dinheiro da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Valdemiro, que assumiu as madrugadas da Band, está atrasando os pagamentos para a emissora da família Saad.

(Atualização: A Band entrou em contato e informou que não existe nenhuma pendência entre a Igreja Mundial do Poder de Deus, de Valdemiro Santiago, e o Grupo Bandeirantes . O Radar mantém a informação publicada.)

Por Lauro Jardim
9:23 \ Congresso

Primeiro embate

A guerra do ICMS

Está marcado para hoje à tarde, na CCJ do Senado, o primeiro embate público dos estados na discussão da chamada Resolução 72, que pretende unificar o ICMS das importações em 4%. Governadores de estados que receiam perder arrecadação, como Marconi Perillo (GO), Raimundo Colombo (SC) e Renato Casagrande (ES) já confirmaram presença. Nelson Barbosa, Paulo Skaf, da Fiesp, Artur Henrique, da CUT, e Cid Gomes também estarão presentes.

Por Lauro Jardim
8:32 \ Diversos

Propaganda alterada

Propaganda alterada

A Itaipava terá que fazer uma alteração em um anúncio de TV da campanha Only You na Praia.

Na propaganda, um homem aparece brindando a cerveja depois de dirigir um carro a caminho da praia. Para continuar no ar, a cena terá que ser retirada do comercial.

Por Lauro Jardim

Relatório pronto

É hoje que sai o relatório da ANP sobre a Chevron

Hoje, fica pronto o relatório da ANP sobre o vazamento da Chevron ocorrido em novembro. O documento será enviado à empresa, que terá 30 dias para contestar o relatório.

Por Lauro Jardim

Sem metralhadora

Sem conversa

O Planalto fez chegar a Blairo Maggi e sua turma de rebelados o seguinte recado: Dilma Rousseff só aceita negociar quando Blairo retirar a metralhadora de cima da mesa. Nada indica, porém, que o recado tenha sido assimilado pelo PR.

Por Lauro Jardim
6:32 \ Diversos

Mais um

Show fechado em Florianópolis

Paul McCartney confirmou que fará um show em Florianópolis (Leia mais em De Novo). A apresentação acontecerá na Ressacada, estádio do Avaí, em 25 de abril, dois dias depois dos shows em Recife.

Os ingressos no Nordeste serão mais baratos que os do Sul. O bilhete mais caro em Pernambuco custará 600 reais, enquanto em Santa Catarina sairá por 800 reais. Serão postos à venda 130 000 ingressos para os dois dias em Recife e 30 000 para o show de Florianópolis.

Por Lauro Jardim
6:03 \ Governo

Menos atribuições

Caneta para o secretário

Com o nome constantemente na berlinda, Ana de Hollanda assinou na sexta-feira passada portaria para delegar ao secretário-executivo Vitor Ortiz e a outros dirigentes de órgãos vinculados à pasta a competência para autorizar a celebração e prorrogação de contratos e a concessão de despesas e passagens a servidores da pasta.

Pela portaria, Ortiz e outros dirigentes da Cultura não precisam mais da ministra para celebrar ou renovar contratos de até 10 milhões de reais. Ana tem ainda menos atribuições.

Por Lauro Jardim

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados