Mario Mendes

#ProntoFalei

9 pós-verdades e uma certeira

No Facebook não se falou de outra coisa. Decidi não resistir e criei minha própria versão da brincadeira.

No Facebook não se falou de outra coisa. Algum gaiato de plantão propôs um jogo no qual cada membro da rede social deve listar dez ítens – nove verdadeiros e um falso – sobre suas vidas. Vale desde encontro com celebridades e feitos heróicos, até micos monumentais e indiscrições de alcova. A brincadeira se alastrou provocando reações divertidas, as tretas de sempre e, claro, a indignação pernóstica do moralismo politicamente correto.

Decidi não resistir e criei a minha própria versão:

1 Excomunhão para todo aquele que for contra o Papa Francisco e não incluir um “Primeiramente: Fora, Temer!” antes do Pai Nosso.

2 No Dia do Índio, Chay Suede recebeu multa milionária por apropriação cultural ao interpretar um silvícola, em Novo Mundo, sem a devida autorização da Funai.

3 Segundo a super série Os Dias Eram Assim, o gênero sofrência foi inventado nos anos 70 por Ivan Lins e Milton Nascimento.

4 Para não melindrar militância LGBT, Maria Fernanda Cândido fez laboratório com Cher, em Hollywood, para ser a mãe de um garoto trans em A Força do Querer.

5 Para agilizar o processo, o juiz Moro substituirá as 87 testemunhas arroladas por Lula pelos 40 Ali Babás de Paulo Maluf. (in memoriam Telmo Martino)

6 Na abertura do Parque Augusta, prefeito Doria promete intensa programação cultural, incluindo Roda de Conversa Sobre Bom Retiro Little Seul e Oficina de Amarramento de Suéter de Cashmere Sobre os Ombros.

7 Do além túmulo, Paulo Francis envia mensagem declarando estar rindo à bandeiras despregadas enquanto assombra “essa canaille“, no pós-vida em Brasília.

8 Já o fantasma de Roberto Campos promete vir toda noite puxar o pé do jornalista Elio Gaspari.

9 Netflix está produzindo série adolescente sobre a Loira do Banheiro para reverter o estrago de Thirteen Reasons Why.

10 “Bem-aventurados os caolhos, porque só vêem a metade” – Millôr Fernandes

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Paulo Bandarra

    Dória beija a mão do representante do Papai Noel na terra. Olha a cara de desconforto do mesmo ao ser beijado por um neoliberal.

    Curtir