Blogs e Colunistas

pcdob

13/08/2013

às 22:54 \ Câmara dos Deputados

Câmara devolve simbolicamente mandatos de Jorge Amado e mais 13 cassados em 1948

Em ato simbólico, o plenário da Câmara dos Deputados devolveu nesta terça-feira os mandatos parlamentares de 14 deputados federais do PCdoB cassados em 1948. Entre os homenageados estão o escritor Jorge Amado e o terrorista Carlos Marighella.

Os parlamentares foram eleitos em 1945 para a Assembleia Constituinte de 1946 e cassados três anos depois, em 1948. Além de Amado e Marighella, receberam simbolicamente seus mandatos de volta Maurício Grabois, um dos fundadores do PCdoB, João Amazonas, Francisco Gomes, Agostinho Dias de Oliveira, Alcêdo de Moraes Coutinho, Gregório Lourenço Bezerra, Abílio Fernandes, Claudino José da Silva, Henrique Cordeiro Oest, Gervásio Gomes de Azevedo, José Maria Crispim e Oswaldo Pacheco da Silva.

A devolução dos mandatos aos deputados cassados é possível porque uma decisão da Câmara tomada em março deste ano anulou resolução da Mesa Diretora da Casa, adotada em 10 de janeiro de 1948, que havia acabado com os mandatos dos deputados federais filiados ao PCdoB.

(Laryssa Borges, de Brasília)

 

21/02/2013

às 18:50 \ Yoani Sánchez

Estudantes se mobilizam em apoio a Yoani em SP

Um grupo de cerca de 30 pessoas, a maioria estudantes, contrário à ditadura de Cuba resolveu desafiar os manifestantes que têm infernizado a blogueira Yoani Sánchez desde que ela chegou ao Brasil. Na tarde desta quinta-feira, a cubana participa de um bate-papo numa livraria na avenida Paulista, em São Paulo. Cerca de 50 membros da União da Juventude Socialista (UJS), ligada ao PCdoB, e apoiadora da ditadura dos irmãos Castro se juntaram em frente ao local para tentar impedir a ativista de se manifestar.

Porém, desta vez, o grupo teve de enfrentar apoiadores da cubana. Com faixas e cartazes onde era possível ler “Trocamos Yoani por Zé Dirceu” e “Passagem só de ida para Cuba, quem quer?”, os estudantes travaram uma batalha de nervos com os admiradores de Fidel.

Segundo os participantes do protesto pró-Yoani, a manifestação foi combinada pela internet e não tem respaldo de nenhum partido político. “Queremos mostrar que nem todos os brasileiros são a favor de uma ditadura. Queremos ouvi-la e deixá-la falar”, disse o estudante de engenharia florestal da Universidade de São Paulo (USP) Edgar Cutar, de 24 anos.

Um grupo de 12 homens da Polícia Militar acompanha as manifestações.

Leia também: Yoani critica silêncio do Brasil com relação aos direitos humanos em Cuba

(Jean-Philip Struck, de São Paulo)

26/06/2012

às 19:26 \ Eleições 2012

Ex-secretária de Esporte de Marta será vice de Haddad

Uma semana depois de a deputada Luiza Erundina desistir de ser vice na chapa do petista Fernando Haddad na disputa pela Prefeitura de São Paulo, o PT anunciará nesta quarta-feira a presidente estadual do PCdoB, Nádia Campeão, como a nova vice.

Secretária municipal de Esporte durante a gestão Marta Suplicy (2001-2005), Nádia foi definida vice depois de uma reunião entre a coordenação da campanha de Haddad e a direção paulistana do PSB, nesta tarde. Os socialistas, que ainda reivindicavam a vaga, concordaram a com indicação da comunista, que acontece dois dias depois de o vereador comunista Netinho de Paula desistir de sua pré-candidatura a prefeito para apoiar o PT.

- Concordamos porque ela é uma pessoa com quem Haddad tem afinidade política. Não adiantava ser alguém com quem ele não tivesse essa afinidade – afirmou ao site de VEJA o vereador Juscelino Gadelha, secretário-geral do PSB em São Paulo.

Mesmo com a definição e com o anúncio marcado na sede do diretório municipal do PT, os comunistas afirmam que Nádia ainda não foi formalmente convidada. De acordo com a direção do PCdoB em São Paulo, o partido também indicou aos petistas os nomes do vereador Jamil Murad e da deputada estadual Leci Brandão, e só definirão quem ocupará a vaga depois de uma reunião com Fernando Haddad na manhã desta quarta-feira. Na prática, porém, a ex-secretária de Marta é a escolhida.

(Thais Arbex, de São Paulo)

25/06/2012

às 13:57 \ Eleições 2012

PCdoB fecha aliança com PT e Netinho ‘desabafa’ no twitter

A poucas horas de o PCdoB anunciar a retirada da pré-candidatura do vereador Netinho de Paula à prefeitura de São Paulo para apoiar o petista Fernando Haddad, o cantor usou seu perfil no twitter para desabafar.

“Pra quem veio de onde vim, nunca, nada foi fácil”, escreveu. “A gente vai vivendo, né? Errando pra aprender, se decepcionando pra se proteger, se machucando pra crescer e chorando pra sorrir. Quando cai uma vez, caiu pra aprender a se levantar em outra. Enquanto as pessoas me abraçarem nas ruas, enquanto as mãos simples baterem no peito em silêncio para me compartimentar, estarei aqui!”

O ponto central das negociações entre os dois partidos focou a candidatura à reeleição de Netinho – o maior puxador de votos do PCdoB e que, assim, deve garantir a eleição de Jamil Murad e Orlando Silva à Câmara Municipal. O acordo entre comunistas e petistas prevê que Netinho discursará em todos os comícios da campanha de Haddad. Além disso, Lula está trabalhando pessoalmente para que o vereador conquiste espaço em uma grande emissora para o seu programa de TV.

(Thais Arbex, de São Paulo)

21/06/2012

às 16:43 \ Eleições 2012

Chalita também espera PCdoB para definir seu vice

O deputado Gabriel Chalita (Foto: Fábio Guinalz/Fotoarena)

Assim como o PT, o deputado Gabriel Chalita, pré-candidato do PMDB à prefeitura de São Paulo, também espera uma resposta do PCdoB sobre uma aliança em torno de sua candidatura para definir a vice da sua chapa. A expectativa de Chalita é que a definição dos comunistas saia nesta sexta-feira.

Na avaliação de Chalita, a chapa dos sonhos teria a presidente estadual do PCdoB em São Paulo, Nádia Campeão, como vice e o vereador Netinho de Paula como o puxador de votos para a Câmara Municipal de São Paulo. Sem representantes na Casa, o PMDB acredita que a aliança com o PCdoB beneficiaria os dois partidos: os comunistas entrariam com os candidatos a vereador e a legenda do vice-presidente Michel Temer com o tempo de TV.

No próximo domingo, o PMDB homologará a candidatura de Chalita e a coligação com PSC, PTC e PSL – que darão, ao todo, cerca de 5 minutos para o peemedebista no horário eleitoral.

PMDB e PSC se coligarão proporcionalmente, lançando juntos 110 candidatos a vereador. PTC e PSL formarão outra chapa com 110 postulantes à Câmara paulistana.

(Thais Arbex, de São Paulo)

20/06/2012

às 14:14 \ Eleições 2012

Em busca do PCdoB, Haddad toma café da manhã com Orlando Silva

No dia seguinte em que a deputada Luiza Erundina (PSB-SP) desistiu de ser vice na chapa do PT em São Paulo, o pré-candidato petista, Fernando Haddad, recebeu o ex-ministro do Esporte, Orlando Silva, do PCdoB, para um café da manhã.

O PT espera uma definição dos comunistas para tomar a decisão sobre a vice. A expectativa do partido é selar o acordo com o PCdoB até o fim da semana e garantir, assim, a maior fatia do tempo do horário eleitoral.

Assim que soube que Erundina não abriria mão de seus princípios para fazer campanha ao lado de Paulo Maluf (PP), Haddad ligou para os comunistas para avisar sobre a mudança de cenário. O interlocutor escolhido foi o ex-ministro.

Os comunistas, no entanto, ainda esperam uma contrapartida do PT que compense a desistência da candidatura do vereador Netinho de Paula. Com a saída de Erundina, negociam até a indicação da deputada Leci Brandão para a vaga. Os petistas, no entanto, pediram que o partido indique mais nomes.

A prioridade do PCdoB é viabilizar a chapa própria de vereadores. Apesar de ter apenas dois dos 55 parlamentares na Câmara Municipal, a legenda aposta na chapa pura com cerca de 80 candidatos a vereador, sem coligação proporcional com o PT, para garantir ao menos três cadeiras no Legislativo paulista: reelegendo Netinho (que será o puxador de votos) e Jamil Murad e elegendo Orlando Silva.

Embora a direção nacional do PSB tenha afirmado que abre mão da indicação da vice, os nomes da deputada federal Keiko Ota e do ex-jogador Marcelinho Carioca, ambos socialistas, também são cotados para a vaga.

(Thais Arbex, de São Paulo)

17/05/2012

às 20:48 \ Eleições 2012

Serra se reúne com direção do PCdoB

Há alguns dias, o ex-governador José Serra se reuniu com a direção do PCdoB, em São Paulo. Na pauta, a discussão do apoio dos comunistas à sua candidatura à prefeitura de São Paulo.

O PCdoB afirmou a Serra que a candidatura do vereador Netinho de Paula está mantida. Nos bastidores, no entanto, os comunistas – que fazem parte do governo Kassab – estão em negociações com o PT e com o PMDB.

(Thais Arbex, de São Paulo)

 

17/05/2012

às 20:30 \ Eleições 2012

Bloquinho: encontro em Brasília para discutir aliança em SP

Na noite de terça-feira, o pré-candidato do PDT a prefeito de São Paulo, deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, se reuniu, em Brasília, com Márcio França, presidente estadual do PSB em São Paulo e secretário de Turismo do governo Alckmin, e com Nádia Campeão, presidente estadual do PCdoB paulista. Na pauta, a formação de uma coligação entre os três partidos – que juntos formam o bloquinho na Câmara dos Deputados.

Foi colocada em discussão a possibilidade de lançar ou o nome do próprio Paulinho ou o do vereador Netinho de Paula, pré-candidato dos comunistas à sucessão do Gilberto Kassab. A definição seria feita com base nas pesquisas eleitorais – quem estivesse na frente até as convenções partidárias ficaria com a cabeça de chapa.

Seria uma forma de França tentar convencer o PSB e seu presidente, o governador Eduardo Campos, a não fechar a cada vez mais provável aliança com o PT do ex-ministro Fernando Haddad. O acordo não avançou. Um dos motivos é que, apesar de garantir a manutenção da candidatura de Netinho, o PCdoB está num namoro cada vez mais intenso com o PMDB de Gabriel Chalita.

(Thais Arbex, de São Paulo)

 

23/03/2012

às 9:29 \ Eleições 2012

A chapa ideal de Chalita para a disputa em São Paulo

Pré-candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo, o deputado Gabriel Chalita tem trabalhado para formar o que considera a chapa ideal para disputar a sucessão do prefeito Gilberto Kassab. Na avaliação de Chalita, a chapa dos sonhos teria o ex-deputado Celso Russomano (PRB) como vice e Netinho de Paula (PCdoB) como candidato a vereador e puxador de votos da coligação para a Câmara Municipal de São Paulo.

No final de fevereiro, Chalita esteve na liderança do PRB na Câmara e iniciou conversas com o presidente nacional do partido, Marcos Pereira. A entrada de José Serra na disputa fez com que ele apostasse em nova arrumação nas legendas. O partido, ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, por enquanto aposta na candidatura de Russomano e anunciou aliança com os nanicos PT do B e PTN para disputa na capital paulista. Mas nada é impossível.

Chalita já tem o apoio do PTC e do PSC.

Com os comunistas – Sem representantes na Câmara Municipal, o PMDB acredita que a aliança com o PCdoB beneficiaria os dois partidos: os comunistas entrariam com os candidatos a vereador e a legenda do vice-presidente Michel Temer com o tempo de TV.

O namoro entre as legendas foi intenso durante o carnaval. Na quarta, Temer tomou café da manhã com o ministro Aldo Rebelo e reforçou a vontade de ver PMDB e PCdoB caminhando juntos em São Paulo.

(Thais Arbex, de São Paulo)

20/03/2012

às 16:39 \ Eleições 2012

Ex-ministro do Esporte será pai pela segunda vez

Cinco meses depois de deixar o primeiro escalão do governo Dilma, o ex-ministro do Esporte, Orlando Silva (PCdoB), se prepara para ser pai novamente. Sua mulher, a atriz Ana Petta, está grávida de um mês. Eles já são pais de Maria, de cinco anos.

O segundo filho do ex-ministro nascerá em novembro, um mês depois do resultado das eleições. Orlando será candidato a vereador pela capital paulista. A ideia dos comunistas é que ele seja o puxador de votos do partido para a Câmara Municipal de São Paulo.

Leia também: Orlando Silva: “Saio com o sentimento do dever cumprido”

(Thais Arbex, de São Paulo)

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados