Blogs e Colunistas

27/04/2012

às 15:25 \ Senado

Paulo Paim Show

O senador Paulo Paim (PT-RS) é o recordista de discursos na atual legislatura. Mas, nessa sexta-feira, ele superou a si mesmo: em um plenário esvaziado, o petista falou durante 42 minutos; abordou nove assuntos principais, incluindo incontáveis sub-temas, e chegou às lágrimas.

Paim começou falando do acordo de navegação na hidrovia Uruguai-Brasil (“É de muita importância). Depois, analisou a decisão do STF que liberou as cotas raciais (“Entrou para a história do nosso país”).  Em seguida, passou avaliar a causa dos quilombolas (“Pessoas que amam a natureza e que moram em casas de pau a pique”). Voltou às cotas e chorou ao tratar do tema (“Eu não queria, mas acontece”).

O petista também comentou a briga judicial que Internacional e São Paulo travam em torno do jogador Oscar (“Um jovem lutador que só quer trabalhar”). E até deu conselhos a alunos de uma escola de Patos de Minas (MG) que visitavam o Congresso (“Recomendo a vocês muito estudo, muito esporte”).

Aplausos – Sem perder o fôlego, o petista lembrou a chegada do Dia do Trabalho (“Eu gostaria que fosse o Dia do Trabalhador”). Mandou um beijo aos estudantes mineiros que iam embora (“Tchau para vocês”). Defendeu a causa dos aposentados (“São o símbolo do trabalho”). Discorreu sobre o projeto do Estatuto da Juventude (“Temos que pensar nos jovens”). Animou os participantes do programa previdenciário do setor aeronáutico (“A luta não terminou”). E encerrou aplaudindo, literalmente, o Supremo (“Minhas palmas, hoje, são para o STF”).

A manifestação só não foi acompanhada pelo plenário porque já não havia ninguém presente: apenas o paciente Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), que não podia ir embora porque estava na presidência da sessão.

(Gabriel Castro, de Brasília) 

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

37 Comentários

  1. Serafim M Machado

    -

    16/08/2012 às 20:02

    A pergunta que não quer calar: A quem interessa a obrigatoriedade do voto?
    Por gentileza, Senhores Ministros: Supremo Tribunal Federal, Superior Tribunal de Justiça , Tribunal Superior Eleitoral, Senhores; Senadores e Deputados Federais, expliquem ao Povo, se a obrigatoriedade do voto é sã na Democracia?

  2. Dinho

    -

    03/05/2012 às 9:13

    Já se sabe porque deputados e senadores falam para plenários vazios: é para que suass falas apareçam na “Voz do Brasil” e sejam ouvidas em suas bases eleitorais. Para as bases, é sinal de trabalho. E o resultado é, como deve-se esperar, nulo.

  3. geran

    -

    02/05/2012 às 10:13

    Com tantos problemas que este pobre país tem para serem solucionados, ou pelos menos que houvesse uma tentativa de solução, vem esse cara(que ja DEVERIA ESTAR APOSENTADO) falar de futebol, da briga São PauloxInternacional etc outras baboseiras mais. Vide o comentário do aluno Jo, postado 30.04. às 9:28 que nos da uma ideia real da palhaçada que ocorre no congresso nacional.

  4. maria madalena veredas

    -

    01/05/2012 às 1:56

    Veja, assim que tiver dinheiro eu volto a comprar, só compro nas bancas começo do mes, OEA/CIDH vamos á vitoria. Alienada não fico.
    Eles querem Aposentados sem dinheiro, depois que tanto trabalhou e pagou para o Brasil crescer. Dito por Pres. Lula, Previdencia ajudou construir:Brasilia, Ponte Rio-Niteroi.Pres. Dilma deu menos que a Inflação 2012 aos aposentados RGPS-Urbano, pagamos e não recebemos. Paim e todos Deputados, Senadores, Ministros: se aposenta ganhando Integral. Pres. Dilma pode dar aumento até 2015, e teve apoio de todos os Deputados e Senadores, eles não precisa mais Votar salario minimo!
    P.Paim, por que não abandona o PT que veio deixar aposentado agonizando abandonado. Por que não sai do PT que só te zombam, como faz com os aposentados. Não acreditamos mais em Paim a muito tempo, nos transformou em batata quente: Senado vota e e Deputado vota e Presidente Lula e Dilma Veta, não há dinheiro; não somos alienados e quando temos dinheiro compramos Jornais, Veja. Se não temos esperamos vizinho jogar no lixo e lemos.
    PT ajudamos sua fundação, fomos petista, esse é seu erro, agora Aposentado abandonado, quem constroi tambem pode destruir, nos sabemos o caminho é só voltar atraz e destruir como esta destruindo Aposentado RGPS-Urbano: sem dinheiro,hospital, sem medico e remédio.
    Jogo combinado: vamos Votar e ganhamos a eleição deputado e senador, Presindete pode VETAR.
    Vamos vencer na OEA/CIDH, e estamos falando a todos, como nos humilha, União leva luta do Voto, troca de idéias, internet e boca a boca e de graça como fissemos para construir PT, agora a destrir.
    Desculpa, agora a noite tivemos reunião de Aposentado, estamos cansados e exauridos.
    Obrigado, a toda familia Veja e CIVITA!

  5. Carlos

    -

    30/04/2012 às 12:13

    Pura falta do que fazer, ai o cara fala e fala e fala……. mas não diz nada , deveria portar-se de maneira diferente por exemplo defendendo a moral e os bons costumes que não existem em seu partido.
    Asssim é o Pais em que vevimos gastamos uma fortuna para manter estes seres abjetos no poder.

  6. -

    30/04/2012 às 9:28

    Eu era um dos alunos que estavam lá. Fiquei muito envergonhado. Parecia que era ema novela, um Senador preparando seu próprio capitulo. Foi muito chato e constrangedor. Com pode algum falar daquela maneira, totalmente falso, individualista , enganador. Tenho muita pena do S. Paim, ele se transformou em algo vergonhoso para si próprio. Eu nunca mais entro naquele lugar, me deixou traumatizado.

  7. Helena

    -

    29/04/2012 às 18:32

    A Veja, uma revista conceituada e com excelentes jornalistas, com alta credibilidade junto aos seus eleitores a opinião pública , eu admiro a seriedade e responsablidade do jornalismo investigativo e o alto nível das suas matérias. Eu leio todos os dias o blog do Reinaldo de Azevedo, além das matérias, eu leio, também, todos os comentários.
    Eu também, concordo que a Veja poderia nos ajudar na nossa luta desigual travada contra este governo, se não nos ajudarem, o nosso futuro será sombrio, não sabemos até quando poderemos manter um simples convênio médico, pois, se ficarmos doentes e depender do SUS, morreremos nos corredores dos hospitais sem atendimento e/ou pelas mãos de médicos e enfermeiros incompetentes. O povo não aguenta mais tanta corrupção, neste governo, com obras superfaturadas, todos os dias lemos que foi comprovado desvio de dinheiro em quase todos os órgãos do governo. O dinheiro da saúde é desviado por quadrilhas muito bem montadas, há desvio de remédios. Não há fiscalização, não há punição, aliás a impunidade corre solta por todo este país. No entanto, na hora de fazer justiça com os aposentados acima de um salário, do INSS; todos os membros do governo, sem exceção, gritam que não há dinheiro, vem com a desculpa esfarrapada da crise internacional, etc. etc. Não confiamos no PT e nem nos partidos que compõem a base do mesmo. Todos estão lá, legislando em causa própria.
    Portanto, tenho certeza que se a Veja nos apoiasse, eles se sentiriam um tanto quanto encomodados.

  8. Anderley do Nascimento

    -

    28/04/2012 às 18:25

    Na verdade, quem defende hoje, o senador Paulo Paim,está pouco se lixando para que o mesmo, seja desmoralizado pelo seu próprio partido que é o PT!. Desde que, nós aposentados roubados, estejamos sendo sacrificados.Nos comentários em defesa do senador, não vi ninquem falando da falta de ética do seu próprio partido! Que estadista é esse, que o seu partido o sacaneia sempre?.Mesmo que ele esteja de conluio com o governo, para os seus eleitores cá fora,esta com o nivel de acxeitação muito baixo.Somos aposentados “pobres”, mais não somos ignorantes nem cegos ! Sds.

  9. José Claudio do Amaral

    -

    28/04/2012 às 17:56

    Esta decisão do STF, não é para deixar nenhum afro-descendente orgulhoso. Pois os seus ministros, acabaram por proclamar através de seus votos, que os negros são menos inteligente do que as demais raças. Ao mesmo tempo, em que os coloca como desiguais perante a lei. Na verdade, seria mais justo, que a corte tivesse reconhecido o direito de cotas para os pobres, independente da cor da pele, pois seria mais justo. Afinal, será que só existem pobres na raça negra? E as demais, são todas ricas? Todavia, isso não passou de uma jogada politica do governo, para camuflar a sua incompetência pelo não invesmento no ensino público. Porém, se o mesmo fosse de boa qualidade, todos concorreriam iguamente a uma vaga nas faculdades públicas. E é bom que se diga, que a nossa educação nunca foi prioridade em nenhum governo, pois os mesmos querem o povo desinformado, e politicamente analfabeto, para tirarem dividendos eleitoreiros dos mesmos. Daqui a pouco virão os homo-afetivos, os bolsistas e etc, reinvindicarem também os ses direitos nesse trem dos cotistas. Portanto, o senador Paim, o governo e a nossa suprema corte, que embarcou nesta canôa furada, desrespeitando a nossa constituição, aonde todos são iguais perante a lei, e dando um tiro nos próprios pés, atropelando a nossa carta magna! Paim, eu sou um aposentado e ganho mais do que um salário minimo. Portanto, faço parte da categoria mais usurpada, despreviligiada e injustiçada, deste país. Contudo, é de se perguntar: Por quê o senhor não cria também um projeto estendendo essa cota para os nossos filhos? Visto que estamos em desigualdades com as demais categorias? Portanto, meus irmãos afros-descendentes, vcs não tem nada a comemorarem pela decisão da corte maior do Brasil, em os proclamar como sendo a raça mais desprovida de neurônios do que as demais! Finalmente, a inteligência não se mede pela cor da pele, mas sim, por umensino público de qualidade, que o governo nega em dar a todas as raças!! Ademais,Paim,estamos esperando pela a provação dos seus projetos, que nos devolvem o que nos usurparam, mas que o Marco Maia, o menino obediente da Dilma, insiste em mantê-los engavetados. Então? Nós haveremos de esperar ad eternum? Vergonha!

  10. Itamar França

    -

    28/04/2012 às 17:38

    É amigos, um guerreiro por nossa causa (aposentados massacrados)o erro é seu partido PT, mas este senador é o que podemos dizer que tem dignidade, espero que o meu comentário seja um reforço para que aposentados, amigos, familiares e aqueles que sabem que num futuro também será um de nós entre nesta luta, ajudar o senador nesta luta pedindo ajuda a CIDH/OEA, uma ajuda internacional, uma vez que o nosso governo não respeita o que diz os direitos humanos, assim também estaremos ajudando esta luta por nós, volto a repetir, do senador, e ainda mais que ele preside o grupo de direitos humanos no congresso nacional.

  11. Luiz

    -

    28/04/2012 às 14:08

    Um grande senador, Paulo Paim (PT), representa o Rio Grande com muita luta e sabedoria, todos os senadores, sem exceção, respeitam e admiram Paulo Paim, ele é um dos notáveis do Congresso Nacional, devo dizer que ele está todas as sextas lá no Senado, cumprindo com sua obrigação, mesmo que esteja só, mas está lá, informando o povo brasileiro.

  12. maria madalena veredas

    -

    28/04/2012 às 12:24

    Quantos pedimos ao Senador P.Paim, saia do PT, va para um partido que te respeita, somos nos os Aposentados que pagamos INSS e desempregados- pagamos da comida que não comemos, que o Elegemos Senador. Anos de recusa, Ama mais o PT do que os Aposentados que votam nele,saia dos pelegos que defende Aposentados RGPS-Urbano. Hoje cansamos e estamo no face Assinando OEA/CIDH para receber os 4 salarios que pagamos e muitos com 2 e hoje com 1 S/M. Já temos as assinatura e quanto mais assinatuaras fortes seremos, documentos sendo encaminhados OEA. Triste fim P.Paim volta aos Aposentos para ser respeitado. Deus esta ao lado dos Jutos que luta Paim. Pres.Dilma pode dar o salário até 2015, não precisa Deputado e Senador, Paim só o Sr. Pode lutar pelo seu respeito agora perante o Brasi. Pois Aposentados RGPS-Urbano que pagou e não recebe estão em todo Brasil! Aposentados RGPS-Urbano, sem COBAP, Centrais Sindicais e sem Politicos, último foi senador Paulo Paim, pense, estou triste por ver como te trata. Deus só fica ao lado dos Justos que Luta, vem com a gente aposentado que esta lendo, obrigada Veja!

  13. geran

    -

    28/04/2012 às 10:58

    Para mim, o paim ja extrapolou seu tempo na politica. Temos politicos mais idosos mas não falam tanto coco como esse cara, especialistas em estatutos de tudo quanto é coisa mas que nenhum funciona.E tambem esta na hora de seus eleitores serem alfabetizados e pararem de votar nesse cara.
    Oficializou, como o stf, o preconceito racial no Brasil. Deus permite que esse preconceito não mescle com o odio que começa a regurgitar no meio do povo.Se algo acontecer, politicos nesse naipe e mais o tal de frei damião, serão os maiores culpados.

  14. j vito

    -

    27/04/2012 às 23:28

    vai pra globo la tem uma boca na novela das 8

  15. WALDIR

    -

    27/04/2012 às 23:18

    PELO MENOS A RAÇA NEGRA E MULATOS TEM UM REPRESENTANTE FERRENHO PELAS SUAS JUSTAS REENVIDICAÇÕES,E OLHA QUE SOU BRANCO E DIANTE DEUS SOMOS TODOS IGUAIS PENA QUE PERANTE DA NOSSA JUSTIÇA A COISA NÃO É BEM ASSIM.

  16. Claudia

    -

    27/04/2012 às 20:43

    Que micão!

  17. J.Batista Santos

    -

    27/04/2012 às 20:30

    De fato. Se existe um Senador embromador ele se chama PAULO PAIM. Só vive de discurso e nada de prático acontece. Barbaridade Che!!!

  18. Pino 2897

    -

    27/04/2012 às 20:02

    Esse cara é comuna, como sua turma. Só isso.

  19. ALGUEM ME AJUDA AI...

    -

    27/04/2012 às 19:52

    Este Senador do pt que o proprio pt despreza porque sempre apresenta projetos demagogicos que o seu partido nao aceita nem discutir, como recuperacao das perdas dos aposentados que ganham acima do minimo.Resumindo, nunca aprovou nada, mas em cima desses temas vai fazendo nome e se reelegendo mandato apos mandato, tendo se tornado um politico profissional. Concordo com os que dizem que ele ja deveria ter trocado de partido. Para nao naufragar na ultima eleicao usou uma candidata de Caxias do Sul como boi de piranha, caso contrario nao teria conseguido a reeleicao. Onde andara esta senhora? Alguem sabe? com certeza foi agraciada com algum cargo publico como recompensa.

  20. WILLIAM TELLES

    -

    27/04/2012 às 19:47

    Esse “çenador” é apenas um há mais entre os 81 (oitenta e hum) inclusive os três inúteis de São Paulo que contribuem para que o “braziu” sirva de chacota mundial, num é “mesmu cunpanherus” kkkkkkkkkkkkkkkk !!!!!

  21. delmo oliveira

    -

    27/04/2012 às 19:18

    Esse tal de Paulo Paim(PT/RS) reflete bem a cara atual do Congresso Nacional(com raríssimas exceções). É digno de pena, será se consegue chegar em frente de um espelho e refletir seu proceder como senador representando um Estado do quilate do Rio Grande do Sul. Realmente nossos políticos estão mais para artistas circenses. Como nosso Congresso se apequenou, que tristeza, como brasileiro, eu vi ele, uma tal de Ana Amélia e o Decano do Senado Pedro Simon, na tarde de ontem(26/04)ficarem usando o plenário do Senado Federal, para falar de um jogador de nome Oscar, que não quer jogar no São Paulo(mesmo com contrato assinado com o mesmo), pois sente vontade de voltar para o Internacional, desliguei na hora a TV. Parecia um programa Esportivo, cujo o debate tinha 3(três) senadores da República defendendo a volta de um jogador, como se o Rio Grande do Sul, merecesse tal espetáculo. Foi deprimente, lamentável, fico triste pela admiração de tenho pelo senador Pedro Simon(PMDB/RS) e virtude da sua trajetória na nossa política.

  22. Gil

    -

    27/04/2012 às 19:05

    E o Rio Grande do Sul ainda manda uma figura como essa para o Senado em Brasília…
    O estado deveria mudar o nome: Rio Pequeno do Sul.

  23. manoel

    -

    27/04/2012 às 19:05

    sou um trabalhador, e fico triste quando vejo, pessoas denegrir um cidadão como paulo paim,a luta deste senador, é vista por todos,a luta das 40 horas semanais, ele esta sozinho e você silvio quantas vezes moveu o dedo para ser aprovado, os seus representante traiu, quando aprovou o fator previdênciario,porque quem te representa são os deputados,mas para melhorar sua intelectualidade vá ao seu psdb ou ao demo e peça para eles ajudar o paulo paim a ajudar quem trabalha neste pais rico de trabalhadores que vive vá troco da comida

  24. Anderley do Nascimento

    -

    27/04/2012 às 18:46

    ESTE SENADOR,PERDE NA HISTÓRIA POLÍTICA DESTE PAIS,QUANDO NÃO ABANDONOU O SEU PARTIDO (PT),ASSIM COMO FIZERAM ALGUNS DOS SEUS COLEGAS BRIOSOS.FOI USADO,SACANEADO,ACHINCALHADO,DESCREDIBILISADO,DESRESPEITADO SENDO VÁRIAS VEZES FAZENDO OUVIDOS DE MERCADOR QUANDO SEUS ELEITORES (APOSENTADOS) PEDIAM PARA QUE CAISSE FORA DO PT.CERTAMENTE,ESTARIA HOJE,DOMINANDO MUITO BEM SEUS PROPÓSITOS EM OUTRO PARTIDO.MAS NÃO:PREFERIU “TRAIR” OS SEUS ELEITORES,FAZENDO O JÔGO DO GOVERNO, QUE AGORA O FAZ DE PALHAÇO.SENADOR PAULO PAIM:V.EXCIA É UM TRAÍRA,ASSIM COMO O DEPUTADO MARCO MAIA,QUE SE NÃO ESTÁ CONIVENTE COM O SENHOR,TAMBEM É TRAIRA.TRAI V.EXCIA E TRAI TAMBEM OS APOSENTADOS AO SENTAR EM CIMA DOS SEUS PROJETOS EM FAVOR DOS APOSENTADOS QUE RECEBEM A CIMA DO PISO PREVIDENCIARIO.SENADOR PAULO PAIM V.EXCIA ESTÁ SENDO “RIDICULARIZADO MAIS UMA VÊZ.CONTINUE COM SUA CONVICÇÕES ERRADAS!SUA CARREIRA ESTÁ NO FIM.O SEU PRÓPRIO PARTIDO ESTÁ ACABANDO COM ELA,E V.EXCIA PERMITE. ESTA É A VINGANÇA DOS APOSENTADOS ROUBADOS PELO SEU GOVERNO.Adeus senador.

  25. -

    27/04/2012 às 18:37

    Este senador instituiu finalmente no brasil – em minúsculas mesmo!, de hoje, o racismo, pois ao “cometer” esta deferência em relação ao direito às cotas – de certas castas, segundo o senador, pois é assim que leio seus discursos caracterizados por uma demagogia barata, fácil de ser vendida – ele exclui e excluiu o direito de todos os demais brasileiros pobres de usufruir do mesmo Estado de Direito Individual de cada cidadão deste precário BRASIL, que está se afastando celeremente de aquisições, em geral, das coisas por mérito!. Haja demagogia!!! Penso que ele se tornou um polo de geração de conflitos no seio da Sociedade Brasileira.

  26. Nilton Pezzi

    -

    27/04/2012 às 18:29

    Se o cara fica quieto e não fala, dizem que não faz nada. Se fala, dizem que é enganador e demagogo. Aí fica difícil… O negócio é quem não acreditar nas instiutições não votar mais. Ou votar nos Demóstenes e outros que tais, que posam de bons meninos e frequentam as cachoeiras.

  27. Fernando Costa

    -

    27/04/2012 às 18:26

    Paulo Paim, uma figura que enobrece nosso congresso de tão poucos valores. Daqui, digo eu – meus aplausos vão para Paulo Paim.

  28. SILVIO

    -

    27/04/2012 às 18:08

    ESSE É O SENADOR MAIS FALSO DE TODOS.ENROLA OS APOSENTADOS PARA CONSEGUIR VOTOS. PIOR QUE OS VELHINHOS ACREDITAM, AINDA…..
    OU ALGUÉM AINDA ACREDITA QUE ELLE “LUTA PELO SALÁRIO MÍNIMO.MENTIROSO,PÓR SER PETISTA ELLE SABE QUE NADA VAI SER APROVADO. CHOROU, É ?
    NÃO DORMIREI ESTA NOITE….

  29. Almir Papalardo

    -

    27/04/2012 às 18:00

    A Revista Veja pela grande aceitação e credibilidade que desperta na população brasileira, bem que poderia abraçar a causa dos aposentados, pensionistas e aposentáveis, pois trata-se, sem dúvidas alguma, do segmento mais prejudicado da sociedade. Por que razão a Previdência usa dois percentuais diferentes na correção das aposentadorias? Isto não é preconceito e discriminação contra aposentados que recebem entre os pisos mínimo e máximo? Estes aposentados que recebem benefícios maiores não faziam descontos maiores para o INSS? E por que o trabalhador ao requerer a sua aposentadoria tem logo um corte que pode chegar até 40%? Se pretendiam mudar as regras, teriam que adotá-las a partir da sua aprovação no Congresso, mas, respeitando sempre aqueles trabalhadores antigos, que já tinham os seus direitos adquiridos e, portanto, intocáveis. A Veja que é uma sentinela na vida pública do país, denunciando corrupção e falta de ética, poderia muito bem se interessar sobre o assunto.Os aposentados estão encaminhando denúncia a OEA/CIDH.

  30. ZéDoCerrado

    -

    27/04/2012 às 17:43

    Nosso legislativo precisa de grandes estadistas como este senador. Os assuntos abordados são todos relevantes à vida cotidiana dos seus concidadãos e eleitores. “Grande estadista”.

  31. João Sidney Pontes

    -

    27/04/2012 às 17:34

    É por estas e outras,que os aposentados usurpados,estão entrando em massa com petição na comissão interamericana de direitos humanos(CIDH)da organização dos estados americanos(OEA)cobrando o governo brasileiro seus direitos adquiridos usurpados ja por vários governos com uma defasagem próxima de 80% em seus proventos,além de estarem enviando documentações para a CIDH que comprovam esta exclusão dos aposentados,o que o governo está fazendo é rasgando a constituição e passando por cima,pois fere os direitos adquiridos e humanos,além de caber aí uma ADIN ação de inconstitucionalidade,pois ninguém pode tirar direitos adquiridos de quem trabalhou e contribuiu por décadas para a previdencia.o que o paim faz é jogo de cena!os aposentados exigem que sejam votados PLS que estão engavetados na câmara que faz justiça com a classe,mais o colegiado do PT não permitem colocar em pauta e votar em plenário por ser a maioria na câmara,então por isso o pedido de ajuda a CIDH da OEA.

  32. Francisco Berta Canibal.

    -

    27/04/2012 às 16:58

    A Revolução das Lágrimas, começou pelo Paim-PT, já………e tem gente que ainda acredita, este é o maior problema do Brasil, tem gente que ainda acredita em lula e dilma, e cia. Puff.

  33. Zeca Domingues

    -

    27/04/2012 às 16:57

    Demagogia pura! Queria ver se o congresso fosse em uma capital aqui no sudeste se essa palhaçada iria acontecer.

  34. HERCILIO JOSE

    -

    27/04/2012 às 16:56

    E PROPIO DO SENADOR PAIM QUANDO ASSUME A PALAVRA COM SEUS BLA BLA INFINDAVEIS ,COMO O DE HOJE QUARENTA E DOIS MINUTOS EM UM BLA BLA QUE OS ALUNOS DE UMA ESCOLA DO INTERIOR DE MINAS SE MANDARAM NÃO AGUENTARAM AS PANTOMINAS DES CHATONILDO.

  35. E_manuel.Rs

    -

    27/04/2012 às 16:50

    As eleições estão ai; e os aposentados que recebem mais de um salario minimo, bem como seus familiares que sobrevivem com esse aumento resignado saberão responder na hora de votar.

  36. Aldo Matias Pereira

    -

    27/04/2012 às 16:34

    Mas é claro que ele tinha de chorar. O governo lhe tirou o pão da boca quando decidiu que o salário mínimo seria corrigido por decreto e, com isso, acabou com o discurso dele. Como é que agora vai fazer seus infindáveis e mentirosos discursos para dizer que o salário mínimo tem de ser aquele “calculado” (eu diria chutado, para ser fiel à realidade) pelo DIEESE? Além disso, o que um sindicalista como ele poderia ter para falar depois que seu dono deixou a presidência?

  37. murilo

    -

    27/04/2012 às 16:27

    O Paim seria cômico, se não fosse triste o papel que ele exerce. Luta pelos aposentados e pelo fim do fator previdenciário e o governo do partido dele nada faz, não mexe uma vírgula, e nada acontece. Acredito que não enganará mais nas próximas eleições !

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados