PUBLICIDADE

Falta de cálcio nos ossos

segunda-feira, 13 de outubro de 2008 | 8:23


Pouca gente sabe, mas a normalidade estrutural do sistema ósseo baseia-se em dois aspectos: a quantidade de cálcio (gramas de cálcio por área óssea) e a qualidade do osso – ou sua capacidade de trocas metabólicas de minerais (cálcio e fósforo) e ausência de micro fraturas. As principais doenças que atingem o esqueleto humano são: a osteoporose, em que os ossos ficam "porosos". Neste caso, eles podem estar com bastante cálcio, mas sua integridade estrutural está seriamente afetada, levando a fragilidade e possibilidade de fratura. E a osteopenia (pouco cálcio nos ossos) que indica uma condição esquelética com teor de cálcio abaixo do normal.

Entre as mulheres, é comum a perda de cálcio e as mudanças arquitetônicas dos ossos após o período da menopausa. Em homens também pode ocorrer osteoporose, principalmente se, por condições diversas, houver queda do hormônio masculino (testosterona) por período longo de tempo. Tanto no organismo feminino quanto no masculino, a fragilidade óssea se concentra na coluna vertebral (principalmente lombar), e na articulação coxo-femural. Observações clínicas indicam que mulheres caucasianas (brancas) e orientais (coreanas, chinesas, japonesas) têm maior prevalência de osteoporose em comparação às mulheres de etnia africana (negras).

Causas de osteoporose

A osteoporose pode ser induzida pelo uso prolongado de "cortisona" ou medicamentos similares para tratamento a longo prazo de doenças reumáticas, por exemplo. O excesso de função da tireóide (hipertireoidismo) ou o uso abusivo de hormônios de tireóide com o objetivo de emagrecer pode roubar cálcio dos ossos tornando o sistema ósseo desmineralizado e frágil. Durante toda nossa vida o osso é extremamente ativo, se regenerando continuamente. O esqueleto é extremamente renovável durante a vida do ser humano.

Os ciclos de destruição do osso velho e formação de novo osso é estimulado pelos chamados hormônios sexuais, ou seja, o estrógeno para mulher e o testosterona para o homem. Quando estes hormônios diminuem com a idade, o estímulo para geração de "osso novo" diminui. Esta situação, obviamente, leva a um esqueleto mais frágil e sujeito a fraturas. Para ter uma idéia da magnitude do problema admite-se que, nos EUA, existam 25 milhões de mulheres com osteoporose pós-menopausa, levando a cerca de 1,3 milhões de fraturas anuais, principalmente do colo do fêmur.

Fatores que levam a ossos sadios

O fator mais importante para ser ter um esqueleto saudável por mais tempo é cuidar dele no período em que o corpo ainda está jovem. A mulher jovem que faz exercícios, pratica esporte, anda diariamente, mantém-se ativa e nutricionalmente ingere boas quantidades de cálcio por dia, irá formar ossos excelentes e terá pouca chance de desenvolver osteoporose na menopausa. Por outro lado, a mulher jovem sedentária, que rejeita alimentos ricos em cálcio (leite, queijo, manteiga, iogurtes) e ainda fuma formará osso de qualidade discutível e terá muita probabilidade de desenvolver osteoporose.

Estudos recentes indicam que a ingestão de muita cafeína (seja por café, seja por refrigerantes contendo cafeína) pode interferir na absorção do cálcio pelo tubo digestivo, levando a menor mineralização do esqueleto. Outro fator importante é a menopausa precoce (antes dos 40 anos) porque leva a uma queda prematura do nível de hormônios femininos, essenciais para manutenção do sistema ósseo.

O risco para fraturas

De forma geral o risco para fraturas irá dobrar, a cada década, após os 50 anos de idade para as mulheres. Uma mulher de 55 anos teria chance de 2%/ano de ter fratura enquanto uma de 75 anos apresenta 8%/ano. Outro ponto a ser considerado é a postura da coluna vertebral. A falta de exercícios e o sedentarismo, criam condições de haver atrofia da musculatura para-vertebral. Comprovou-se que as mulheres idosas apresentam três vezes mais quedas acidentais comparativamente a homens da mesma idade, devido ao fato de terem postura anormal. É importante conhecer este fato e procurar realizar exercícios apropriados para postura.

Tratamento de osteoporose

O mais importante para a mulher é a reposição hormonal com estrógeno natural ou outros tipos de substâncias hormonais semelhantes ao hormônio feminino (tibolona, ramoxifeno). A reposição hormonal, não havendo contra indicações, irá fortalecer os ossos, principalmente se a necessidade de acrescentarmos suplementação de cálcio. O tratamento com hormônio masculino no caso de homens idosos com nível muito baixo de testosterona é amplamente aceitável como medida terapêutica capaz de corrigir a osteoporose masculina. Cabe ao médico decidir qual a melhor terapêutica para conservar o seu osso em boa forma.

    30 comentários em “Falta de cálcio nos ossos”

    1. Adhemar disse:

      Parabýns pela artigo. Contudo, gostaria que fosse aprofundado o tema sobre as paratireýides. Obrigado

    2. Wellington disse:

      A ingestão regular de cloreto de magnésio também é muito eficiente contra a falta de cálcio nos ossos.

    3. Sérgio Demarchi disse:

      Para o tratamento da osteoporose alýmde uma reposiýýo diýria de cýlcio, magnýsio e vit.D,pode ser complementada por verduras tipo couve, brýcolis e espinafre que sýo ricos em cýlcio e outras vitaminas. Eu tiveuma grande recuperaýýo na massa ýssea. O exercýcio fýsico tambým ý recomendývel.Sýrgio Demarchi

    4. Creso disse:

      Eu tomo o suplemento mineral naturalDOLOMITA: calcio e magnesio;DolomitexQuando os cereais, (mantimentos) eramproduzidos manualmente em terras de cultura roxa absorviam todos os elementos.

    5. IRENE disse:

      Sinto dores nos ossos da bacia na parte da frente, fui ao pronto socorro ,fiz raio x o medico falou que eu estava com calcificação. sou leiga no assunto , quero saber a calza? e que alimento posso ou não comer?

    6. Rafael Menezes disse:

      ola, doutor gostaria de saber o q a falta de calcio pode causar, muito obrigado e tudo d bom.

    7. elzanir disse:

      tratamento natural

    8. Flávia Fernandes disse:

      Tenho 46 anos e fui diagnosticada com osteopenia aos 40, sempre malhei (sou prof de Ed. Física), me alimento bem(sou finalista de Nutrição). Desde o diagnóstico, minha ginecologista me receitou alendronato sódico(semanal) e suplementação de cálcio(diário), além disso, passei a correr ao sol (7h) quase diariamente. Nas densintometrias posteriores não houve avanço da doença, mas também não regrediu. É possivel ganho ósseo na minha idade ? Ainda não entrei na menopausa.

    9. vera disse:

      minha mae tem 61 anos ela esta com muitas dores nas costas ela acha que e a coluna levamos ela ao medico ele disse que pode ser orteoporose,qual o melhor remedio para o tratamento o que ela nao pode comer e oque pode comer para ter um resultado melhor desde ja agrdeco a atencao

    10. juliana olmedo disse:

      Acabei de descobrir que estou com deficiência de calcio, tenho apenas 33 anos e gostaria de saber, se eu fizer o tratamento certo de calcio, os meus ossos voltem , e se é demorado esse tratamento ou não. Por favor me responda;; Como de tudo, hoje dieta balanceada,antes na adolescencia passei nescecidade de não ter comida em casa. Mas sinto muita fraqueza nos ossos isso me atrapalha a fazer os exercicios, não consigo abaixar e nem tão pouco levantar.

    11. Marcio disse:

      boa noite no almoço eu estava comeno uma couxa de galinha e sentim algo estranho no siso e sentim q uma ponta dele quebro e fui força com o dedo e o dente quebro um pedaço pos ferifiquei o dente pra ver se estava podre e o dente esta bom sem care oq seria isto falta de calsio minha idade e 29 anos trabalho no ar livre pos so operado de empilhadeira

    12. carla disse:

      Tenho 17 anos. Desde pequena meus ossos do joelho perdem a flexibilidade ao andar. Agora tanto o joelho como outras partes do corpo, ex: pé, coluna, braço, punho… doem muito, estou com fraqueza no corpo.Podem me responder por favor, que tipo de doença pode ser???GRATA!

    13. Natalia disse:

      Sinto muita dor nas pernas, sinto o meu osso latejar, sem que eu tenha batido. O que será? Alimentação irregular?

    14. telma disse:

      olá minha vizinha tem um filho de 14 anos e qualquer esforço quebra os ossos o que pode ser isso?

    15. nilda disse:

      Boa Noite tenho um aduvida, pois fiz uma cirurgia de redução do intestino e por isso tenho falta de calcio tomo Oscal e gostaria de saber se algum dia vou poder parar de tomar esse medicamento?pois tenho 39 anos e uso tambem o Puran T4AtenciosamenteNilda L. Rodrigues

    16. Shirley disse:

      Minha mãe anda com fraqueza nos joelhos é negra e tem 58 anos, levei no clinoco geral do sus e até agira nada, não souberam informar, o que devo fazer ou onde leva-la?Grata

    17. rosania fernandes disse:

      eu sofri um acidemte e quebrei o feme faz 10 meses mais não está calcificando direito. mas eu estou andando de moleta faço fisioterapia e hidroginastica.

    18. telmamaria da silva disse:

      oi sinto muita dores no braço o medico disse que era tendinete isto tem cura

    19. Priscila disse:

      Gostaria de saber se falta de cálcio pode causar inchação e dores em todos os membros?Obrigada

    20. sirley disse:

      osteoporose

    21. robson disse:

      oi,faço hemodialise a seis anos e estou com 26 anos agora,estou com muitas dores nas pernas gostaria de sa ber se pode ser falta de calçio??

    22. andreia disse:

      Meus dentes da frente tão lascanto todo o que eu devo fazer tenho 27 anos, será que é falta de calcio????

    23. anastasia disse:

      faço uso de calcio diariamente,indicado pelo meu ortopedista,mas mesmo assim todos os anos quando faço a densiometria ossea,a perda de calcio e maior.gostaria de saber porque esta acontecendo isso.tenho 57 anos

    24. amelia facein disse:

      boa tarde doutor tenho 33 anos e ultimamente tenho sentindo muitas dores nos ossos.minha mao fica dormente ate dormindo, tenho problema de esporrão no pé esquerdo e sinto fortes dores no pe.
      meus ossos doem ate dormindo .nao sei mais o que fazer.me ajude por favor.

    25. amelia facein disse:

      boa tarde doutor tenho 33 anos e ultimamente tenho sentindo muitas dores nos ossos.minha mao fica dormente ate dormindo, tenho problema de esporrão no pé esquerdo e sinto fortes dores no pe.
      meus ossos doem ate dormindo .nao sei mais o que fazer.me ajude por favor.
      o que ser isso.

    26. renato disse:

      tenho 28 anos sinto muitas dores na coluna pode ser osteoporose
      homens com menos de 30 anos pode ter osteoporose

    27. cida disse:

      Dr. boa noite, gostaria de saber mais sobre esporrão. minha mae tem 71 anos ja vez varios tratamentos não teve nenhum resultado, o ultimo medico sugeriu cirugia mas a cardiologista nao aprovou adeia , os dos motivos ter que ficar 45 dias de jeso. O sr. conheci o tratamento mais natural para essa doença retratando principalmente a idade. obrigada

    28. DEJAIR NUNES disse:

      bom dia , Gostaria de saber o que fazer , pois minha esposa está com a taxa de calcio nos ossos 0,31 isso é menos que uma criança de 2 anos tem , ela pesa 60 k, entrou no climaterio por força de uma cirurgia de Retirada do Ovario Trompas e Utero. Ela toma 4 comp de Osteonutri , tem uma alimentação a base de calcio como manda o figurino , nao bebe nem fuma . Ah, a medica dela disse que isso é uma doença IDEOPATICA.

    29. arlete tognetti disse:

      boa tarde, minha mãe tem 75 anos, esta fazendo hemodialise a 2 meses, neste periodo teve uma elisipela que ainda estou tratando com o gel suf-gel , esta com uma dor cronica nas pernas, não sei mas o que fazer, esta tomando varios remedios como tilex de 8 em 8 horas e não passa, gostaria de saber se esta dor e ref. ao tratamento de hemodialise ou da elisepela e o que devo fazer.

    30. avani andrade de oliveira disse:

      eu fiz duas cirurgia na coluna na lombar, o medico falou que eu estava com ernia de disco,por falta de vitaminas nos ossos ñ entendo tenho 38 anos e tenho uma vida ativa e saudavel.gostaria de uma cegunda opinião.

    Comentar

    Powered by WP Hashcash