PUBLICIDADE

O que fazer com a criança que ‘molha a cama’

segunda-feira, 29 de junho de 2009 | 7:40

O fato de crianças escolares entre 8 e 14 anos urinarem na cama durante a noite, de forma involuntária (enurese), é bem mais comum do que se julga. Em estudo conduzido nos Estados Unidos 20% dos escolares no (primeiro grau) apresentaram, ocasionalmente, enurese noturna. Uma minoria, ou seja, 4% dos escolares molham a cama mais de quatro vezes por semana. O fenômeno é muito mais comum em meninos do que em meninas (meninos 7 a 9%, meninas 3 a 6%). As causas que levam a criança à molhar a cama durante o sono podem ser originarias de distúrbios emocionais. É bem conhecido o fato de que, para uma criança em idade escolar, o nascimento de um irmão ou uma irmã leva as atitudes de ciúmes, sensação de perda da exclusividade de ter os pais só para si, o seu espaço na casa terá de ser dividido e, mesmo com toda a preparação da criança durante a gravidez, os sintomas emotivos surgem no decorrer do nascimento, da amamentação e do desenvolvimento do irmão.

Havendo uma causa orgânica, por exemplo, uma bexiga de baixa capacidade de armazenamento, a criança passará a não controlar a emissão de urina à noite. Pais pouco compreensivos, mal informados, ou que não falam com o pediatra, podem piorar a situação, zangando-se com a criança, chamando-a de nomes impróprios, apontando a vergonha de ter a cama molhada, enfim, piorando o sentimento de culpa da criança. Outro rude golpe emocional para criança é a separação dos pais, o fato dos pais darem mais sinais de afeto e amor a outro irmão criando um ambiente emocional que predispõe a enurese.

Mecanismos que favorecem a enurese

Embora pareça trivial o fato de a criança ter constipação intestinal este é um fator desencadeante de enurese. A massa fecal, no intestino chamado de sigmoide, no lado esquerdo do abdômen pode comprimir a bexiga, reduzindo a sua capacidade de armazenar a urina. Mais uma vez, se a criança já tem uma bexiga de baixa capacidade este fator adicional irá provocar a emissão involuntária noturna de urina.

A constipação intestinal pode chegar a 36% das crianças que são trazidas ao médico. Por outro lado, a observação cotidiana do hábito de tomar líquidos indica que a maioria dos escolares não ingere líquidos durante a manhã e boa parte da tarde. Chegam em casa com muita sede, pelos exercícios comuns da vida escolar, e ingerem a maior parte dos líquidos necessários ao fim da tarde e à noite. Tal fato irá propiciar uma bexiga muito cheia antes de dormir e a criança deve ser instruída para esvaziá-la antes de ir para a cama. No entanto o resíduo de urina vesical é maior em criança com baixa capacidade volumétrica da bexiga e tal fato pode levar a enurese.

Infecções urinárias (cistite) mais comum nas meninas é outra causa frequente de enurese. Dor à micção, ardor durante o ato micional, frequentes idas ao banheiro são sintomas de cistite. O exame de urina irá confirmar a infecção que deve ser prontamente tratada.

Exames que podem ajudar no diagnóstico

É imperativo o exame completo da urina colhida, se possível, em frasco adequado e no laboratório. Com este exame afasta-se a presença de açúcar na urina (diabetes), infecção urinária (cistite) e doenças renais. Outro exame muito importante é a ultrassonografia da bexiga, que deve estar cheia. Mede-se a capacidade da bexiga, destacando-se se a criança tem baixa capacidade de armazenar líquido. Verifica-se, igualmente, se após a criança esvaziar a bexiga, quanto de resíduo permanece dentro da bexiga. No caso de haver resíduo maior que o normal, indica que a criança é incapaz de esvaziar completamente a bexiga o que, inevitavelmente, levará à emissão noturna.

Tratamentos aconselhados para a enurese

A terapêutica de enurese visa fazer cessar a emissão involuntária durante a noite e suas consequências para a criança, a qual se sente envergonhada, com baixa autoestima, e diferente de outras crianças. Três tipos de tratamentos deverão ser considerados. A decisão de iniciar a terapêutica nunca deverá ser baseada na afirmativa de que quando crescer este problema de molhar a cama irá desaparecer. O tratamento comportamental é baseado no fato de que a criança deverá ter hábitos intestinais e urinários normais durante a vida diurna.

A criança deverá esvaziar a bexiga antes de dormir, ingerir pouco líquido até o momento de ir para a cama e ter todo apoio psicológico dos pais e irmãos. A motivação para dar continuidade a um programa físico e emocional demanda um bom terapêutica (psicológico) e  pais cooperativos. O mais realista é aguardar resultados positivos lentos e contínuos, mas sempre elogiados. Estudos realizados em crianças com enurese indicaram que cerca de 60% tiveram “cura” da enurese em seis meses ou mais.

O método do alarme

O método do alarme deve ser um dos primeiros a ser utilizado, pois sua eficácia é excelente. Neste método um dispositivo colocado na cama emite um alarme sonoro quando o líquido vesical é vertido. Com o alarme a criança e os pais acordam. Cria-se o que se chama de reflexo condicionado. A eficiência deste sistema é surpreendente: em mais de 3.000 crianças estudadas com enurese o alarme conseguiu a cura da enurese em 65% das crianças. As que não conseguiram resultado positivo tinham o volume vesical muito menor do que o esperado para a idade. Depois que o sistema de alarme funciona a imensa maioria das crianças deixa de apresentar a enurese.

Métodos que empregam remédios

O nosso corpo secreta hormônio, pela hipófise posterior, que é chamado de hormônio antidiurético. A indústria farmacêutica já produz um agente químico similar chamado de desmopressina, que deve ser ingerido por via oral com a recomendação da criança não tomar água antes e após dormir (isto é, acordar para tomar água). Isto porque esta substância pode reter excesso de água levando a que se chama de “intoxicação aquosa” A desmopressina é altamente eficaz na eliminação da enurese (68%) e, novamente, as crianças que não tiveram o problema resolvido tinham diminuta capacidade vesical.

Outro medicamento que pode ser empregado é um tipo de antidepressivo chamado, genericamente, de tricíclico, que tem o nome de imipramina. O consenso geral é que este medicamento somente deve ser usado quando os outros métodos falharam, não foram aceitos pelos pais ou existe contra indicação por qualquer motivo.

    27 comentários em “O que fazer com a criança que ‘molha a cama’”

    1. Andréia disse:

      Oi, esta coluna descreveu o que minha família passou, pois o meu filho apresentou este problema de enurese noturna e tentamos de tudo. Só conseguimos resolver com terapia e o tempo de cura foi mais ou menos o que está escrito. Hoje ele não apresenta mais enurese noturna, então sugiro aos pais que tenham este problema dentro de casa que procurem ajuda de um terapeuta.Atenciosamente…..

    2. Junio disse:

      Esse tópico foi muito oportuno para que eu possa ajudar meu sobrinho, que há algum tempo está tendo esse problema e sinto que ele sofre por isso.Com certeza o resultado será positivo.Obrigado pela matéria esclarecedora.

    3. flavia disse:

      xixi na cama

    4. Vanessa disse:

      Interessante…

    5. Andréa disse:

      Achei bem interessante esse método do alarme. Onde posso compar o dispositivo?Moramos em Copacabana, Rio de Janeiro.Obrigada,fico aguardando retorno…Andréa.

    6. Nathan Khornnes, NY disse:

      Como pode o brasileiro ter boa saude se temos sabido que menos da metade da populacao brasileira possui saneamento ba’sico? Veja abaixo, extraido da Folha de SP de 2/Jul/2009:15h35 Pesquisa mostra que menos da metade da população do Brasil tem rede de esgoto da Folha Online 02/7/09.Estariam os medicos fazendo o jogo dos governantes em detrimento da verdade a respeito dessa noticia da Folha?Um caso a pensar…

    7. JOANA D'ARC AP.HUDINIK disse:

      prezado senhor,adorei o metodo do alarme,pois ate dispensaria o remedio(droga),irei tentar,pois é tao dificil assimabraços

    8. marina disse:

      urnar na cama.

    9. ligia disse:

      fiz xixi na cama ate os 9 anosde idade.qd resolvi este problema,o medo se instalou e mim.sofri muito com o medo,o que foi resolvido atraves de remedio e terapia.ajudem seus filhos que tem este problema,a maioria das vezes e emocional.

    10. Carolina M. Fructuoso disse:

      Agora as pessoas que sofrem de enurese noturna já podem encontrar o método do alarme aqui no Brasil, a empresa Audicon em Santa Rita do Sapucaí-MG fabrica o alarme chamado Xixi Control.

    11. ed pe disse:

      gostaria de sbae pq mesmo depois dos 23 ainda sim nao paro de urina na cma se algue sobe de uma resposta me diga pq isso me encomoda muito

    12. [...] nos Estados Unidos 20% dos escolares no (primeiro grau) apresentaram … fique por dentro clique aqui. Fonte: [...]

    13. [...] idade escolar, o nascimento de um irmão ou uma irmã leva as atitudes de … fique por dentro clique aqui. Fonte: [...]

    14. Anônimo disse:

      Eu, 46 anos, às vezes, faço xixi na cama, mas parece também estar relacionado com o relaxamento muscular em algum estágio mais profundo de sono, e, no exato momento que isto ocorre, todas as vezes eu sonho que estou em algum banheiro de algum lugar, daí acordo imediatamente. A ereção noturna parece estar ligada com isto, pois ao tentar segurar o xixi durante a noite, o pênis de alguma forma fica ereto. Que coisa curiosa não?

    15. Anônimo disse:

      No inverno é bem mais frequente isto ocorrer.

    16. nilce bianco disse:

      Sou mae, fiz xixi na cama ate os 10 anos, meu filho mais velho fez ate os 7anos, o mais novo esta com 7 anos e faz todas as noites; ele e muito seguro, nao tem vergonha mas tem muita vontade de parar, acredito nao ser emocional.

    17. marileia disse:

      gostaria de saber onde encontrar este alarme dispositivo para meu filho qie faz xixi

    18. Willy disse:

      Desde 1999 existe o Alarme Urinário Pipi-Stop para tratamento da Enurese Noturna. O Pipi-Stop é tão confiável e eficiente que há alguns anos é exportado para a Europa onde também é sucesso.

    19. anonimo disse:

      tenho 18 anos e…
      de vez em quando faço xixi na cama
      todas as vezes eu sonho que estou fazendo em qualquer lugar e acordo todo molhado.
      meu sono é muito profundo, isso tambem atrapalha por eu nao conseguir acordar antes para ir ao banheiro.o que devo fazer para conseguir parar com isso
      procurar um medico? talvez, mas e a vergonha?
      espero que me ajudem por favor.

    20. anonimo disse:

      o problema é sério porque desde criança é assim
      já queimei troçentos colchões

    21. RCR disse:

      Minha filha tem 7 anos de idade e urina na cama,ela está fazendo um tratamento com um remédio chamado: Oxibutinina há 2 semanas,em quanto tempo o tratamento começa a fazer efeito?Obrigada.

    22. Anonimo disse:

      tenho 27 anos,mas de crianca n tive esse pblema so na adlescencia.
      isso mto poucas vezes actece comigo ,sonhar a fazer xixi na cama e fazer e outras vezes tbem sonhei e csegui acdar a tempo.
      E eu bebo mta agua so q tbem dpois d uns 20 minutos vou a casa d banho,basta ingerir um liquido tenho q ir a WC. sera normal?

    23. Maicon disse:

      Olá , meu nome é Maicon e eu urino na cama desde os 7 anos , hj eu tenho 14 anos completo 15 no dia 24 de Dezembro e … 4 vezes por semana eu acordo molhado(xixi).Tenho sono profundo e isso atrapalha a mim de acordar na hora. Sou presionado pela minha familia todo dia antes de dormir.
      Sinto vergonha quando alguém fala sobre urinação noturna, esse problema me atrapalhou varias vezes com garotas por elas descobrirem meu problema.
      Quando penso no futuro como seria c eu estivesse na cama com a minha mulher e derrepente eu acordasse molhado :S, Isso me dá um dessanimo da vida . As vezes tenho vontade de fujir de casa ,sumir para onde ninguém podesse olhar na minha cara e me chamar de “mijão” q é uma coisa q me encomoda muito. Tenho muita vontade de parar de urinar durante a noite, por que talvez isso pode me atrapalhar muito na minha vida social. Gostaria muito q alguém me ajudasse nesse problema, Não tenho vcergonha de ir ao médico e converssar sobre esta problema .
      poi o q eu mais quero é parar com esse problema q encomoda muita gente.
      Obrigado pela ATENÇÂO.

      MSN para contato: maicon.mbb@hotmail.com

    24. Mariusa Hitomi disse:

      Achei interessantíssimo o artigo, referente à mudança de hábitos de como ingerir líquidos mais na parte da manhã e durante o correr da tarde, evitando assim, a constipação, portanto, hábitos urinários e intestinais são muito importantes. A parte psicológica também conta, onde os irmãos não devem “gozar” do irmão ou irmã que tenha esse problema ou os pais não devem proferir palavras rudes ao filho ou filha.
      Mas o que mais me chamou atenção, foi em relação ao sistema de alarme, como reflexo condicionado, dando uma idéia. Esse soar do alarme pode ser um alarme do rádio relógio ou celular – sempre no mesmo horário da manhã, a criança voltando a dormir logo após, evitando assim, a enurese noturna.
      Aconselho às pessoas buscarem ajuda de um terapeuta que ja trabalhem com esse desequilíbrio.
      Obrigada pela atenção.

    25. marcela disse:

      eu tenho 15 anos minha irma so dorme comigo sempre que acordamos estamos molhada ñ sei se sou eu ou ela que fazemos esse mico me ajjude

      mande aresposta aqui no site eu vem ve

    26. Ma.Ilza Macedo Moraes Santos disse:

      Não sei mais o que fazer o meu filho de 7 anos faz xixi na cama todos os dias,
      converso bastante com ele,mas não tem geito,como conseguir terapia ?Qual o profissional
      procurar?Como funciona o tratamento?
      Já o levei ao pediatra já fez os exames de rotina fisicamente tudo normal.
      °

    27. Ma.Ilza Macedo Moraes Santos disse:

      Quero resposta pelo meu E-mail

    Comentar

    Powered by WP Hashcash